SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 15
Baixar para ler offline
20 | Edição #39 |
capa
• por Simone Galib
VisitGoldenIsles/Divulgação
Estados como Geórgia, Carolina do Sul e Tennessee,
ainda pouco explorados pelos brasileiros, revelam
o autêntico modo norte-americano de viver e já
serviram de cenários para inúmeros best sellers
do cinema. Há cidades históricas, praias, ilhas
douradas, montanhas, população hospitaleira
e uma farta gastronomia. Divirta-se!
SUL DOS EUA:
CHARME, SUÍNGUE E SABOR
21| www.viagenssa.com |
22 | Edição #39 |
capa
S
e você costuma viajar a Mia-
mi, Nova York ou Califórnia
e pensa que conhece os Es-
tados Unidos, ainda há muito que
descobrir. Nesses locais estamos na
América, sim, mas eles têm uma
cultura miscigenada, fruto da imi-
gração e do grande fluxo de turistas
dos mais diversos países do mundo,
com diferentes sotaques. Para vi-
venciar mesmo o autêntico ameri-
can way of life inclua o Sul do país
no próximo roteiro. Você vai se sen-
tir, literalmente, em diversos cená-
rios de filmes, interagindo com gen-
te muito hospitaleira e tranquila.
Em estados como Geórgia,
Tennessee e Carolina do Sul en-
contramos parte das verdadeiras
raízes da América do Norte e al-
guns dos seus maiores símbolos.
O jeito tipicamente americano de
viver está na gastronomia, nos des-
tilados, na música, nos monumen-
tos históricos, na rotina pacata da
população, nas casas sem portões
ou grades, instaladas em ruas tran-
quilas, arborizadas e extremamen-
te limpas; nas paisagens de cidade-
zinhas bucólicas, onde à tarde as
pessoas sentam-se em confortáveis
cadeiras na praça central, em fren-
te a um enorme chafariz, para ler
um livro ou simplesmente deixar
o tempo passar, ao som de blues e
country. Ou ainda vão dar uma vol-
ta na roda gigante – porque pratica-
mente toda cidade tem a sua e eles
adoram parque de diversões.
É um modo de viver muito pe-
culiar, em que dificilmente ouvi-
mos outra língua que não seja o in-
glês – e com sotaque sulista. Porém,
o mais interessante é que junto a
esse estilo, digamos assim, meio
interiorano, também marcam pre-
sença forte a modernidade, a tec-
nologia, as grandes redes de lojas
de departamento, os melhores su-
permercados, grandes museus, os
sempre atrativos outlets, as princi-
pais cadeias hoteleiras, super aquá-
rios e o showbiz, com festivais de
música e apresentações de estrelas
Driftwood Beach, na Georgia, tem um dos cenários mais exóticos à beira-mar
23| www.viagenssa.com |
Vista aérea do campo de golfe do The Cloister, resort em Sea Island, na Geórgia
Os enormes tanques, forrados de peixes coloridos, do aquário de Myrtle Beach, na Carolina do Sul
Iluminação de Natal na bucólica Pigeon Forge, no Tennessee
nacionais e internacionais. O Sul é
cheio de ritmos e de suingue!.
Essa mistura dá um sabor muito
especial à região. Atlanta, na Geór-
gia, é a porta de entrada para quem
vai de avião. Tem um dos aeroportos
mais movimentados do mundo, o
Hartsfield-Jackson, que está somen-
te a duas horas de voo de cerca de
80% das 150 maiores áreas metro-
politanas do país. Abriga também
o World of Coca-Cola, um espaço
multimídia que conta a história de
um dos produtos mais populares do
planeta. Geórgia tem ainda cidade-
zinhas históricas, como Savannah,
e ilhas deliciosas, de água cristalina
e vida mansa, que não por acaso fo-
ram batizadas de Golden Isles.
Em Tennessee, berço da músi-
ca country, do blues e do soul, entre
outros ritmos, há parques nacio-
nais, como o Great Smoky Moun-
tains que nos leva para as alturas
e nos tira o fôlego, literalmente. Na
Carolina do Sul, mais cidadezinhas
bucólicas à beira-mar, que têm um
quê de Caribe, e oferecem uma óti-
ma infraestrutura para esportes
náuticos, campos de golfe e ativida-
des ao ar livre.
Enfim, cenários diferentes de
mar e montanhas são o que não fal-
tam nessa região, ainda pouco ex-
plorada pelos brasileiros, que amam
os Estados Unidos (o Brasil é o 5º
mercado emissor de turistas para o
país). Prepare-se para uma farra gas-
tronômica, porque a comida é farta,
diversificada, apimentada e vem em
porções generosas, bem do jeito que
o norte-americano tanto gosta.
Nas páginas a seguir, um peque-
no roteiro de autênticas descobertas
nos Sul dos EUA. Welcome!
SimoneGalibTennesseeVacation/Divulgação
C
onsiderada a capital do Sul
dos Estados Unidos, Atlanta
é a cidade grande da Geór-
gia (cerca de 448 mil habitantes),
que mescla o velho e o novo Sul.
Tem grandes lojas de departamen-
to, shoppings descolados, butiques
de marcas internacionais, restau-
rantes e hotéis cinco estrelas, bis-
trôs charmosos, teatros, centros de
arte e cultura. Mas guarda também
fatos importantes da história, como
o museu Marter Luther King Jr., pas-
tor protestante, ativista e um dos fi-
lhos mais ilustres filhos da terra.
Nosso roteiro começou em uma
manhã de outono em downtown,
onde foi construído o Centenneal
Olympic Park, sede dos jogos olím-
picos de 1996. Hoje o parque, com
cerca de 9 mil m², todo arborizado
e florido, é um dos grandes centros
de entretenimento da cidade, com
praças, playgrounds, shows e con-
certos. É ali que também está a Fon-
te dos Anéis, onde as pessoas cos-
tumam se refrescar nos dias mais
quentes da primavera e do verão.
Aliás, a Vila Olímpica é um óti-
mo ponto de partida, porque nos
arredores ficam outras boas atra-
ções. A primeira delas é o Geórgia
Aquarium, um programa e tanto
para quem gosta da vida marinha.
É considerado o maior do mundo e
custou US$ 250 milhões. Com um
design contemporâneo, ele abriga
mais de 100 mil animais de diferen-
tes espécies e de vários lugares do
planeta. Ali, tudo é gigantesco: são
30 milhões de água doce e salgada,
circulando em vários túneis e enor-
mes tanques, que simulam seus ha-
bitats naturais. Carregue a bateria
de seu celular, ou leve uma câmera
fotográfica bem turbinada, e reser-
ve pelo menos duas horas para per-
correr os seus túneis e corredores.
A poucos metros do aquário,
está o World of Coca-Cola, um es-
paço multimídia que traça a linha
do tempo do refrigerante, com salas
onde o público pode interagir em 4D,
entrar no clima vintage das antigas
garrafas e, claro, tomar muita Co-
ca-Cola, porque há máquinas com
os mais diversos tipos da bebida ao
redor do mundo, para degustação.
Ninguém resiste a comprar gifts na
loja que faz jus ao nome do lugar,
ou seja, o mundo da Coca-Cola. Um
programa divertido e uma das atra-
ções mais concorridas da cidade.
Ainda em downtown está o CNN
Atlanta Studio, onde é possível fazer
um tour pelos bastidores da notícia.
24 | Edição #39 |
capa
ATLANTA ÉVELHO SUL
COM SOTAQUE MODERNO
A chama eterna no Martin Luther Kinf Jr. Center, em Atlanta
Fotos:VisitAtlanta/Divulgação
ÀMODAANTIGA
Uma das melhores maneiras
de conhecer Atlanta é fazer tours
guiados, seja de carro, ônibus ou de
bike. Mas, para entrar mesmo no
clima sulista, aposte no bondinho
histórico, que percorre os diversos
pontos de atração. E, assim, a gen-
te vai descobrindo um pouco mais
sobre a cidade, com suas antigas
mansões, muitas praças, áreas ar-
borizadas e bairros tranquilos.
Se você gosta de história, não
deixe de ir ao Martin Luther King
Jr National Historic Site, no distrito
de Sweet Auburn. Fica aberto du-
rante todo o ano, oferecendo visi-
tas à casa onde MLK Jr. nasceu, ao
túmulo da família e à Igreja Batista
Ebenezer, onde três gerações costu-
mavam pregar. Ele ficou conhecido
internacionalmente por ser um dos
maiores líderes dos direitos civis
dos negros dos Estados Unidos.
COMPRAS
Atlanta abriga ótimos sho-
ppings, como o Lenox Square,
onde estão lojas como Bulgari e
Michael Kors, Macy´s, Bloomingda-
le e Neiman Marcus, entre outras.
Tem também o Phipps Plaza, na
Peachtree Street, em frente ao Le-
nox, com lojas de roupas e de cal-
çados sofisticados. Afinal, mesmo
com o câmbio nada a favor, fazer
compras nos EUA é ainda uma das
atividades que mais nos fascinam.
E sempre encontramos algo que
realmente vale a pena trazer!
Vamos em frente. Nossa próxi-
ma parada? Savannah...
25| www.viagenssa.com |
O skyline com os tons do outono em Atlanta
As garrafas gigantes no World of Coca-Cola, no centro da cidade
Tours no tróleibus histórico é uma das melhores formas de conhecer Atlanta
SimoneGalib
U
ma das mais agradáveis
surpresas desse roteiro
foi desembarcar em Sa-
vannah, no Condado de Chatham,
a cidade mais antiga da Geórgia
(fundada em 1733) e uma das mais
charmosas também, tanto pela ar-
quitetura quanto pelo astral. É um
lugar alegre, cheio de gente jovem,
com mais de 20 praças com árvores
milenares, parques e bons restau-
rantes. Em 2014, entrou no ranking
das dez melhores cidades dos EUA
da conceituada Travel + Leisure Ma-
gazine. E recebe cerca de 7 milhões
de turistas por ano.
Savannah é também um dos
locais prediletos do cinema norte
-americano. Serviu de cenário para
vários filmes, como Forest Gump,
com Tom Hanks, e Midnight in the
Garden of Good and Evil (Meia-Noite
no Jardim do Bem e do Mal), entre
tantos outros. Outro detalhe curio-
so: é considerada a cidade mais
“assombrada” da América. Tem até
um tour tipo “caça-fantasmas”, que
percorre à noite locais onde, diz a
lenda, há aparições de espíritos que
ainda vivem por lá, “alguns petu-
lantes, outros amigáveis, uns tris-
tes, e outros ainda assustadores”.
Uau!!!
SAVANNAH,ALTO ASTRAL
E CENÁRIO DE CINEMA
26 | Edição #39 |
capa
O chafariz do Forsyth Park, um dos locais mais frequentados no centro de Savannah
Fotos:VisitSavannah/Divulgação
A cidade é convidativa para ser
desfrutada a pé. E essa caminhada
deve começar pelo centro, onde es-
tão fincadas as raízes de sua histó-
ria, com vários monumentos e boa
amostra de sua arquitetura, que in-
clui edifícios coloniais e vitorianos,
impecavelmente restaurados, ruas
residenciais descoladas e igrejas
seculares, como a bela Catedral de
São João Baptista.
A River Street é um dos lugares
mais bucólicos. Tem hotéis, lojas de
souvenirs e de guloseimas, como a
Savannah´s Candy Kitchen, a mais
tradicional da cidade e com os mais
diferentes doces. A gente não sabe
nem para onde olhar de tantas delí-
cias coloridas espalhadas pela loja.
Essa rua margeia o rio Savannah,
de onde partem pequenos cruzei-
ros, com brunch e jantar, para ex-
plorar a região. O pôr do sol ali é
incrível! (savannahriverboat.com).
Embora tenha muita área ver-
de, é o Forsyth Park, com árvores
frondosas cheias de pássaros e até
de esquilos, um dos locais predi-
letos dos moradores de Savannah
para fazer exercícios físicos e curtir
a natureza. Tem um enorme chafa-
riz, que é o point de self dos turistas.
E, para fechar essa caminhada
pelo centro, tome um delicioso sor-
vete, ou café, no Leopold´s Ice Cream
(leopoldsicecream.com), uma sor-
veteria com 100 anos de história,
paredes forradas com cartazes de
cinema e cujas receitas de seus sa-
borosos ice creams a família guarda
a sete chaves.
Acha que acabaram as desco-
bertas na Geórgia? Não, as Golden
Isles nos esperam..
27| www.viagenssa.com |
Carruagens levam
turistas para conhecer a
bucólica Savannah
Antigas carroças
cheias de plantas e
ervas são parte da
decoração de algumas
praças da cidade
A catedral de São João
Baptista, no centro
histórico da cidade
SimoneGalib
VisitSavannah/Divulgação
V
oltamos à estrada, enfren-
tamos fortes temporais
provocados pela passagem
do furacão Joaquim, no México, que
alagaram algumas cidades estraté-
gicas do nosso roteiro, mas como diz
o velho ditado “depois da tempesta-
de vem a calmaria”. E, assim, chega-
mos a um pequeno pedaço de paraí-
so ensolarado, na costa da Geórgia:
as Golden Isles, com praias de água
cristalina, céu azul, pântanos com
enormes crocodilos e aves mari-
nhas, plantações históricas e hotéis
aristocráticos, que já hospedaram
alguns dos principais milionários
norte-americanos e chefes de Esta-
do do mundo. São quatro ilhas, cada
uma com personalidade própria.
Nossa porta de entrada é a St.
AS ILHAS DOURADAS
DA Geórgia
Simons Island, a maior delas, que
mantém preservada sua história
desde que foi descoberta, há cerca
de 400 anos, por um explorador es-
panhol. Com uma temperatura em
torno de 27º em pleno outono (a
maioria dos dias são assim duran-
te todo o ano), a ilha tem inúmeros
campos de golfe, charmosos hotéis
e villas com amplas varandas de
frente para o mar azul, além de
sítios históricos e vegetação muito
peculiar. A vida naquelas paragens
é muito zen.
Para capturar o melhor ângu-
lo de St. Simons, você vai precisar
de um certo esforço, ou seja, subir
os 129 degraus do Lighthouse Mu-
seum, farol construído em 1872,
com escada estreita e em formato
de caracol. Há paradas estratégicas,
com janelas no meio do caminho,
de onde, aliás, muitos desistem.
Mas, vale a pena respirar fundo,
seguir adiante e chegar ao topo: a
vista de 360 º é incrível! Na volta,
vá até o píer para dar uma relaxa-
da, ou simplesmente observe os pe-
licanos, aves símbolo da ilha, que
ficam à espreita dos peixes jogados
pelos pescadores.
Os sabores do Sul marcam pre-
sença forte na gastronomia, espe-
cialmente nos cardápios à base de
frutos do mar, como o caranguejo,
saladas, carnes e o famoso barbe-
cue. Há também charmosos cafés
para um reforçado breakfast.
É muito tranquilo circular por St
Simons e há tours em tróleibus nos
28 | Edição #39 |
capa
Fachada do Jekyll Island Club, antigo refúgio de milionários norte-americanos, hoje transformado em resort em Jekyll Island, Geórgia
Fotos:VisitSeaIsland/Divulgação
quais você pode ter uma ideia geral
das principais atrações, como flo-
restas tropicais, e da história da ilha.
Aproveite para curtir esse cenário,
repleto de verde e sempre com aque-
la brisa gostosa que vem do mar.
REFÚGIODEPODEROSOS
Agora vamos para Jekyll Island,
que foi durante mais de quatro dé-
cadas o principal refúgio de famílias
de prestígio, como Pulitzer, Rocke-
feller e Vanderbilt, entre outras que,
e ali criaram o seu clube particular.
Esse reduto de milionários passou
ao longo do tempo de mão em mão
e hoje é um belo resort à beira-mar
em estilo colonial, ladeado de enor-
mes e bem cuidados jardins.
Localizado na parte históri-
ca da ilha, o clássico hotel oferece
157 apartamentos e infraestrutura
completa para lazer, como campos
de golfe e clube de praia. Seus res-
taurantes são super bem frequen-
tados, tanto para jantares românti-
cos, como para os mais casuais.
A ilha tem cerca de 16 mil qui-
lômetros de praias, praticamente in-
tocadas. A mais exótica delas é, sem
dúvida, Driftwood (ao norte), cujas
areias são ocupadas por enormes
galhos e troncos de árvores cente-
nárias que foram ali jogados pelo
vento e se petrificaram, formando
uma das mais inusitadas paisagens
à beira-mar. É considerada ainda
pelas revistas especializadas do país
como uma das mais românticas
para escapadas aos fins de semana.
GeórgiaONMYMIND
Chegar a Sea Island, ao cair
da tarde, para um jantar no super
top resort The Cloister foi uma
das surpresas mais incríveis do
roteiro. O elegante hotel, entre o
Black River e o Atlântico, causa
29| www.viagenssa.com |
O solarium do aristocrático resort cinco estrelas The Cloister, em Sea Island
impacto, especialmente ao pôr sol,
quando o prédio e os terraços ficam
inteiramente tingidos de dourado.
E alguns hóspedes vão para o bar
externo, debruçado sobre o rio, ou
ao deck particular, onde até podem
zarpar de iate, especialmente para
brindar esta happy hour, no melhor
sentido da palavra.
O resort cinco estrelas tem
muita história para contar. Foi
construído em 1928, em estilo me-
diterrâneo, e hoje é um dos mais
respeitados dos Estados Unidos.
Passou por uma reforma geral em
2006, mas a arquitetura e a decora-
ção aristocráticas foram totalmen-
te preservadas. São 175 elegantes
apartamentos e suítes, algumas de
frente para o rio, outras para o mar.
Paisagens bonitas são o que não
faltam nessa ilha de lazer, que tem
ainda spa, campo de golfe, um ci-
nema para 100 pessoas e ocean vil-
las com praia particular, onde você
pode fazer cavalgadas à beira-mar.
Nosso jantar foi no Summit
Room, uma sala imponente, com
uma mesa redonda enorme, onde
costumam ser recebidos os convi-
dados ilustres. Cada cadeira tem o
nome de um chefe de Estado, que
já passou por lá - e olha que não
foram poucos. Com essa noite fan-
tástica, nos despedimos de Golden
Isles, levando na lembrança a músi-
ca Geórgia on my mind, eternizada
por Ray Charles, hoje também slo-
gan do turismo do estado!
30 | Edição #39 |
capa
O topo do Lighthouse Museum (de 1872), em St. Simons Island, tem uma das mais belas vistas da ilha
Summit Room, no The Cloister, a sala reservada aos convidados ilustres, como os chefes de Estado
S
abe aquelas cidadezinhas
que inspiraram filmes ba-
seados em romances best
sellers? Muitas estão localizadas
na Carolina do Sul, estado vizinho
à Geórgia, com mais de 200 km de
costa e lugares de muita natureza
para atividades ao ar livre. Uma das
melhores praias é a Hilton Head
Island; Charleston é a cidade his-
tórica mais famosa, com uma ar-
quitetura diferenciada, e que serviu
de cenário para os longas Diário de
uma Paixão e Querido John.
Myrtle Beach, com inúmeros
hotéis à beira-mar, é uma espécie
de cidade playground. Além da boa
infraestrutura hoteleira, com mui-
tos resorts pé na areia, e parques
aquáticos, o balneário também
tem uma vida noturna movimen-
tada, que inclui teatros, ópera, ci-
nemas, bons restaurantes e locais
de entretenimento (estes muito
voltados para turistas), como os
Piratas do Caribe e o Lengends in
Concert, um show com covers de
gente famosa, tipo Elvis Presley,
Rod Stewart e Lionel Ritchie, entre
outros, e a WonderWorks - uma
casa de cabeça para baixo, com
brinquedos que simulam desde o
naufrágio do Titanic até situações
científicas e futuristas. O balneário
também abriga grandes lojas de
departamento, supermecados e vá-
rios outlets. Claro que não faltam
um ótimo aquário e a roda-gigante,
com direito ao skyline da cidade.
CAROLINA DO SUL
O CHARME BUCÓLICO DA
Costuma ser muito procura-
da pelos norte-americanos no ve-
rão em função de seus 95 km de
praias, perfeitas para a prática de
esportes náuticos, e pelos campos
de golfe profissionais, muitos deles
instalados em belos hotéis. Tem
restaurantes em estilo caribenho,
mexicano e, claro, as famosas har-
buguerias, com aqueles sanduí-
ches gigantes, e a comida típica
da região, que inclui muitos frutos
do mar. Por falar nisso, o Captain
Crab (www.captaincrab.org) é um
restaurante em formato de navio,
com um mega bufê self service. Os
caranguejos e lagostas são algumas
das especialidades da casa, onde
você pode comer à vontade.
Hora de descobrir as monta-
nhas! Nossa próxima escala? Ten-
nessee.
31| www.viagenssa.com |
A exótica fachada do WonderWorks, uma cabeça de ponta cabeça, na Carolina do Sul
Medusas no aquário de
Myrtle Beach
Fotos:SimoneGalib
O
cenário muda completa-
mente. Chegamos ao Ten-
nessee, terra de Elvis Pres-
ley(elenasceunacidadedeMenphis)
e também casa da famosa destilaria
do whisky Jack Daniels. Nossa esca-
TENNESSEE:
TERRA DOS DESTILADOS
E DOS URSOS NEGROS
la ali foi na charmosa e country Pi-
geon Forge, uma cidadezinha com
cerca de 6 mil habitantes, a apenas
8 km de uma das maiores atrações
do estado: o Great Smoky Moun-
tains, parque nacional que recebe 10
milhões de visitantes por ano, e que
também fica na divisa com o estado
da Carolina do Norte. Melhor ainda
foi a hospedagem em uma casa (de
madeira, tipo chalé, com nove quar-
tos), do Eagles Ridge Resort, no meio
SimoneGalib
32 | Edição #39 |
capa
Vista de Pigeon Forge, capturada do alto da roda gigante da cidade, no Tennessee
da floresta, mas com todo conforto,
equipada com wi-fi e vários avisos:
“cuidado com os ursos”.
Antigo lar dos Cherokee, hoje
a região, patrimônio da Unesco, é
também moradia dos ursos negros
que vivem no parque. Mas não são
apenas eles: há milhares de árvores,
1,5 mil espécies de flores e plantas,
cerca de 200 espécies de pássaros e
60 mamíferos, além de muitas ca-
choeiras e riachos. O nome foi dado
pelos próprios índios que descre-
viam as montanhas daquela cordi-
lheira como shaconage, cujo signifi-
cado é “azul como fumaça”.
Outra boa surpresa foi ter visi-
tado o parque no início de outubro,
quando a vegetação já começava
a ganhar as cores do outono e a
temperatura estava agradável. Po-
de-se subir até alguns de seus picos
de carro, mas chegar às alturas (o
pico mais alto é o Clingsman Dome,
com 2.025 metros de altitude) exige
certo preparo físico, porque há um
trecho que só pode ser feito a pé – e
a subida é íngreme.
Porém, a busca pela melhor
vista a partir da grande montanha
esfumaçada vale todo e qualquer
esforço. Ainda bem que há bancos
no meio do caminho para recupe-
rar o fôlego. É impressionante o nú-
mero de idosos (alguns até usando
No Tennessee, os nomes de algumas cidades dobram muitas letras, soando um
pouco estranhos aos nossos ouvidos. É o caso de Chattanooga, à beira do rio
Tennessee, outro bom ponto de partida para descobrir o estado. Fica a apenas
20 minutos de voo do aeroporto de Atlanta ou a duas horas de carro de lá.
Essa simpática cidade sulista tem um astral alegre e é ótima para andar
a pé. Na RiverWalk, há mais de 20 km de calçadas, com parques, lojas e
restaurantes ao longo do caminho. Além disso, tem bicicletas para alugar (elas
estão disponíveis 24 horas, por menos de US$ 10). Mas oferece ainda outra
peculiaridade: serviço de traslado elétrico gratuito (para turistas e moradores)
e estações de recarga, também gratuitas, para carros elétricos. Coisa boa, não?
Os highlights do centro são o Tennessee Aquarium, o maior de água doce
do mundo, e a antiga estação ferroviária. Construída em 1909, ela foi toda
restaurada, preservando-se a sua arquitetura. Batizada de Choo Choo Terminal
Station, hoje é um complexo de hotéis, com jardins bem cuidados. O antigo
trem a vapor estacionado na plataforma completa o toque vintage do lugar.
CHATTANOOGA,ACIDADESUSTENTÁVEL
FotosVacationTennessee/Divulgação
33| www.viagenssa.com |
O parque nacional Great Smoky Mountain recebe 10 milhões de turistas por ano e é o lar dos ursos negros, entre outras centenas espécies de animais e plantas
O velho moinho de Pigeon Forge, construído em 1830, ainda funciona
bengalas) que percorrem a trilha.
Vale tudo para chegar até o mirante,
onde nos sentimos nas nuvens – li-
teralmente! A paisagem é fantástica.
OVELHOMOINHO
Reserve pelo menos uns dois
dias para ficar em Pigeon Forge,
que é super acolhedora, mantendo
suas tradições históricas, como o
Old Mill, o velho moinho construí-
do em 1830 e que funciona até hoje.
Junto a ele, há um café-restaurante
(ideal para o breakfast) e uma loja,
repleta de souvenirs e guloseimas
dessa marca famosa no país. Qua-
se ao lado, funciona uma fábrica de
destilados locais, com direito a de-
gustação e muitas comprinhas.
Em contraponto, a cidade tam-
bém tem o seu lado playground, com
várias atrações, tipo circuito de kart,
o Museu Titanic e o WonderWorks (a
tal casa de cabeça para baixo), que
os norte-americanos adoram.
VOOS – A Deltan Airlines tem
voos diretos para Atlanta, a
partir de São Paulo, que duram
em média 10 horas e meia. Ali,
é possível alugar um carro e
explorar as cidades do Sul.
TEMPERATURA – No sul e sudeste
do país, o clima é subtropical,
com temperaturas em torno
de 30º no verão. No outono,
os dias são ensolarados e
mais frescos à noite (leve
roupas de meia estação e
casacos impermeáveis). Na
costa sudeste, há furacões
e tempestades tropicais na
primavera e no outono.
INFORMAÇÕES – Todas as cidades
mantêm centros de visitantes,
com amplo material turístico e
online. O site Discover America
(www.discoveramerica.com.
br) traz informações detalhadas
sobre todos os destinos do país
em português.
SERVIÇO
Se for durante o outono, vai
encontrar praças e as fachadas do
comércio enfeitadas com flores do
campo, bonecos de palha e mui-
tas abóboras. Esses elementos dão
boas-vindas à nova estação e sim-
bolizam a prosperidade.
Viagens S/A foi aos Estados Unidos a
convitedaBrandUSAedaTravelSouth.
VacationTennessee/Divulgação
SimoneGalib
34 | Edição #39 |
capa
O Tennessee Aquarium, em Chattanooga, é o maior de água doce do mundo
Abóboras, espantalhos e flores dão as boas vindas ao outono nas fachadas das lojas de Pigeon Forge

Mais conteúdo relacionado

Destaque (19)

Marriage and divorce according to Spiritism
Marriage and divorce according to SpiritismMarriage and divorce according to Spiritism
Marriage and divorce according to Spiritism
 
Family tree presentation
Family tree presentationFamily tree presentation
Family tree presentation
 
Family tree
Family treeFamily tree
Family tree
 
Family vocabulary slideshow
Family vocabulary slideshowFamily vocabulary slideshow
Family vocabulary slideshow
 
Result
ResultResult
Result
 
Aprendizaje autonomo y significativo lupita
Aprendizaje autonomo y significativo lupitaAprendizaje autonomo y significativo lupita
Aprendizaje autonomo y significativo lupita
 
Peter Gonda: Akadémia klasickej ekonómie /2. seminár/
Peter Gonda: Akadémia klasickej ekonómie /2. seminár/Peter Gonda: Akadémia klasickej ekonómie /2. seminár/
Peter Gonda: Akadémia klasickej ekonómie /2. seminár/
 
التحليل السياسي الحديث
التحليل السياسي الحديثالتحليل السياسي الحديث
التحليل السياسي الحديث
 
Password ms
Password msPassword ms
Password ms
 
διαστολή συστολή
διαστολή  συστολή  διαστολή  συστολή
διαστολή συστολή
 
משנים את המשוואה בוחר נבחר
משנים את המשוואה בוחר נבחרמשנים את המשוואה בוחר נבחר
משנים את המשוואה בוחר נבחר
 
학부모신문283호(20150401)
학부모신문283호(20150401)학부모신문283호(20150401)
학부모신문283호(20150401)
 
Recommendation, Faculty of Humanities
Recommendation, Faculty of HumanitiesRecommendation, Faculty of Humanities
Recommendation, Faculty of Humanities
 
Teach you how to choose an university
Teach you how to choose an universityTeach you how to choose an university
Teach you how to choose an university
 
Google
GoogleGoogle
Google
 
12345презентация1
12345презентация112345презентация1
12345презентация1
 
Thakur kapil kumar
Thakur kapil kumarThakur kapil kumar
Thakur kapil kumar
 
kosbiİK
kosbiİKkosbiİK
kosbiİK
 
Semana Santa 2015 Aste Santua
Semana Santa 2015 Aste SantuaSemana Santa 2015 Aste Santua
Semana Santa 2015 Aste Santua
 

Semelhante a SUL DOS EUA; CHARME, SUINGUE E SABOR

Louisiana para Melhor Viagem por Ana Paula Garrido
Louisiana para Melhor Viagem por Ana Paula GarridoLouisiana para Melhor Viagem por Ana Paula Garrido
Louisiana para Melhor Viagem por Ana Paula GarridoAna Paula Garrido
 
Viagem a Santo António - Texas, por Jay Bolton
Viagem a Santo António - Texas, por Jay BoltonViagem a Santo António - Texas, por Jay Bolton
Viagem a Santo António - Texas, por Jay Boltonmartasacadura
 
As 13 Cidades Mais Procuradas Do Mundo Para Se Visitar
As 13 Cidades Mais Procuradas Do Mundo Para Se VisitarAs 13 Cidades Mais Procuradas Do Mundo Para Se Visitar
As 13 Cidades Mais Procuradas Do Mundo Para Se VisitarViaje Mais Pagando Menos
 
Os 10 destinos dos EUA com mais atrações turísticas
Os 10 destinos dos EUA com mais atrações turísticasOs 10 destinos dos EUA com mais atrações turísticas
Os 10 destinos dos EUA com mais atrações turísticasViajar pelo Mundo
 
5 excursões imperdíveis em Punta Cana
5 excursões imperdíveis em Punta Cana5 excursões imperdíveis em Punta Cana
5 excursões imperdíveis em Punta CanaViajar pelo Mundo
 
3 programas inesquecíveis nos eua
3 programas inesquecíveis nos eua3 programas inesquecíveis nos eua
3 programas inesquecíveis nos euaSó mais uma Viagem
 
Respirar natureza
Respirar naturezaRespirar natureza
Respirar naturezaTurismozero
 
CST TRAVEL apresentação do serviços
CST TRAVEL apresentação do serviçosCST TRAVEL apresentação do serviços
CST TRAVEL apresentação do serviçosVeronica Esparza
 
A trip across the capital region
A trip across the capital regionA trip across the capital region
A trip across the capital regiondtrielli
 
Big 5 Copa It Mice
Big 5 Copa It MiceBig 5 Copa It Mice
Big 5 Copa It Micegueste768b32
 
Historiadores da Terra Dourada
Historiadores da Terra Dourada Historiadores da Terra Dourada
Historiadores da Terra Dourada Cláudia Burihan
 
O melhor do México - eDestinos
O melhor do México - eDestinosO melhor do México - eDestinos
O melhor do México - eDestinoseDestinos
 
Principais pontos turísticos da América do Sul e Central - por Maísa da Silva...
Principais pontos turísticos da América do Sul e Central - por Maísa da Silva...Principais pontos turísticos da América do Sul e Central - por Maísa da Silva...
Principais pontos turísticos da América do Sul e Central - por Maísa da Silva...Maísa Fernandes
 
Apresentacao do evento JAZZ AND BLUES
Apresentacao do evento JAZZ AND BLUESApresentacao do evento JAZZ AND BLUES
Apresentacao do evento JAZZ AND BLUESRota Eventos
 
Last news about lifestyle, people, resorts
Last news about lifestyle, people, resorts  Last news about lifestyle, people, resorts
Last news about lifestyle, people, resorts SIMONE GALIB
 
Aula oitavo slide
Aula oitavo slideAula oitavo slide
Aula oitavo slideEscola
 

Semelhante a SUL DOS EUA; CHARME, SUINGUE E SABOR (20)

Louisiana para Melhor Viagem por Ana Paula Garrido
Louisiana para Melhor Viagem por Ana Paula GarridoLouisiana para Melhor Viagem por Ana Paula Garrido
Louisiana para Melhor Viagem por Ana Paula Garrido
 
Viagem a Santo António - Texas, por Jay Bolton
Viagem a Santo António - Texas, por Jay BoltonViagem a Santo António - Texas, por Jay Bolton
Viagem a Santo António - Texas, por Jay Bolton
 
Quer viajar
Quer viajarQuer viajar
Quer viajar
 
As 13 Cidades Mais Procuradas Do Mundo Para Se Visitar
As 13 Cidades Mais Procuradas Do Mundo Para Se VisitarAs 13 Cidades Mais Procuradas Do Mundo Para Se Visitar
As 13 Cidades Mais Procuradas Do Mundo Para Se Visitar
 
Os 10 destinos dos EUA com mais atrações turísticas
Os 10 destinos dos EUA com mais atrações turísticasOs 10 destinos dos EUA com mais atrações turísticas
Os 10 destinos dos EUA com mais atrações turísticas
 
5 excursões imperdíveis em Punta Cana
5 excursões imperdíveis em Punta Cana5 excursões imperdíveis em Punta Cana
5 excursões imperdíveis em Punta Cana
 
3 programas inesquecíveis nos eua
3 programas inesquecíveis nos eua3 programas inesquecíveis nos eua
3 programas inesquecíveis nos eua
 
Respirar natureza
Respirar naturezaRespirar natureza
Respirar natureza
 
CST TRAVEL apresentação do serviços
CST TRAVEL apresentação do serviçosCST TRAVEL apresentação do serviços
CST TRAVEL apresentação do serviços
 
A trip across the capital region
A trip across the capital regionA trip across the capital region
A trip across the capital region
 
Big 5 Copa It Mice
Big 5 Copa It MiceBig 5 Copa It Mice
Big 5 Copa It Mice
 
Historiadores da Terra Dourada
Historiadores da Terra Dourada Historiadores da Terra Dourada
Historiadores da Terra Dourada
 
O melhor do México - eDestinos
O melhor do México - eDestinosO melhor do México - eDestinos
O melhor do México - eDestinos
 
Principais pontos turísticos da América do Sul e Central - por Maísa da Silva...
Principais pontos turísticos da América do Sul e Central - por Maísa da Silva...Principais pontos turísticos da América do Sul e Central - por Maísa da Silva...
Principais pontos turísticos da América do Sul e Central - por Maísa da Silva...
 
Apresentacao do evento JAZZ AND BLUES
Apresentacao do evento JAZZ AND BLUESApresentacao do evento JAZZ AND BLUES
Apresentacao do evento JAZZ AND BLUES
 
Last news about lifestyle, people, resorts
Last news about lifestyle, people, resorts  Last news about lifestyle, people, resorts
Last news about lifestyle, people, resorts
 
3 ano artes campo grande
 3 ano artes campo grande 3 ano artes campo grande
3 ano artes campo grande
 
Buenos Aires
Buenos AiresBuenos Aires
Buenos Aires
 
Rumo Certo
Rumo CertoRumo Certo
Rumo Certo
 
Aula oitavo slide
Aula oitavo slideAula oitavo slide
Aula oitavo slide
 

Mais de SIMONE GALIB

OS MELHORES ACESSÓRIOS DA ESTAÇÃO
OS MELHORES ACESSÓRIOS DA ESTAÇÃOOS MELHORES ACESSÓRIOS DA ESTAÇÃO
OS MELHORES ACESSÓRIOS DA ESTAÇÃOSIMONE GALIB
 
The news and best hotels around the world
The news and best hotels around the world The news and best hotels around the world
The news and best hotels around the world SIMONE GALIB
 
ROTA GOURMET NO URUGUAI
ROTA GOURMET NO URUGUAIROTA GOURMET NO URUGUAI
ROTA GOURMET NO URUGUAISIMONE GALIB
 
CONEXÃO: DESTINOS, GENTE E AFINS
CONEXÃO: DESTINOS, GENTE E AFINSCONEXÃO: DESTINOS, GENTE E AFINS
CONEXÃO: DESTINOS, GENTE E AFINSSIMONE GALIB
 
EMPREENDEDOR MULTIMÍDIA
EMPREENDEDOR MULTIMÍDIAEMPREENDEDOR MULTIMÍDIA
EMPREENDEDOR MULTIMÍDIASIMONE GALIB
 
Cardápio 5 estrelas dos eventos
Cardápio 5 estrelas dos eventos  Cardápio 5 estrelas dos eventos
Cardápio 5 estrelas dos eventos SIMONE GALIB
 
LENTE DE AUMENTO, O IMPÉRIO CHILLI BEANS
LENTE DE AUMENTO, O IMPÉRIO CHILLI BEANSLENTE DE AUMENTO, O IMPÉRIO CHILLI BEANS
LENTE DE AUMENTO, O IMPÉRIO CHILLI BEANSSIMONE GALIB
 
CONEXÃO/CONNECTION
CONEXÃO/CONNECTIONCONEXÃO/CONNECTION
CONEXÃO/CONNECTIONSIMONE GALIB
 
Viagens sa ed #35-gastronomia
Viagens sa ed #35-gastronomiaViagens sa ed #35-gastronomia
Viagens sa ed #35-gastronomiaSIMONE GALIB
 
Viagens sa ed #35-materia de capa-cvc
Viagens sa ed #35-materia de capa-cvcViagens sa ed #35-materia de capa-cvc
Viagens sa ed #35-materia de capa-cvcSIMONE GALIB
 
THE ART OF WINE MADE IN BRAZIL
THE ART OF WINE MADE IN BRAZILTHE ART OF WINE MADE IN BRAZIL
THE ART OF WINE MADE IN BRAZILSIMONE GALIB
 
MIAMI + BAHAMAS: SPECIAL LUXURY TRAVEL
 MIAMI + BAHAMAS: SPECIAL LUXURY TRAVEL MIAMI + BAHAMAS: SPECIAL LUXURY TRAVEL
MIAMI + BAHAMAS: SPECIAL LUXURY TRAVELSIMONE GALIB
 
Capa revista digital (3)
Capa revista digital (3)Capa revista digital (3)
Capa revista digital (3)SIMONE GALIB
 
POR QUE OS BRASILEIROS NÃO FREQUENTAM RESTAURANTES DE HOTÉIS?
POR QUE OS BRASILEIROS NÃO FREQUENTAM RESTAURANTES DE HOTÉIS?POR QUE OS BRASILEIROS NÃO FREQUENTAM RESTAURANTES DE HOTÉIS?
POR QUE OS BRASILEIROS NÃO FREQUENTAM RESTAURANTES DE HOTÉIS?SIMONE GALIB
 
Conexão Connection by Simone Galib Viagens S/A
Conexão Connection by Simone Galib Viagens S/AConexão Connection by Simone Galib Viagens S/A
Conexão Connection by Simone Galib Viagens S/ASIMONE GALIB
 

Mais de SIMONE GALIB (20)

BOOKS&MOVIES
BOOKS&MOVIESBOOKS&MOVIES
BOOKS&MOVIES
 
OS MELHORES ACESSÓRIOS DA ESTAÇÃO
OS MELHORES ACESSÓRIOS DA ESTAÇÃOOS MELHORES ACESSÓRIOS DA ESTAÇÃO
OS MELHORES ACESSÓRIOS DA ESTAÇÃO
 
The news and best hotels around the world
The news and best hotels around the world The news and best hotels around the world
The news and best hotels around the world
 
ROTA GOURMET NO URUGUAI
ROTA GOURMET NO URUGUAIROTA GOURMET NO URUGUAI
ROTA GOURMET NO URUGUAI
 
CONEXÃO: DESTINOS, GENTE E AFINS
CONEXÃO: DESTINOS, GENTE E AFINSCONEXÃO: DESTINOS, GENTE E AFINS
CONEXÃO: DESTINOS, GENTE E AFINS
 
EMPREENDEDOR MULTIMÍDIA
EMPREENDEDOR MULTIMÍDIAEMPREENDEDOR MULTIMÍDIA
EMPREENDEDOR MULTIMÍDIA
 
SHOP
SHOPSHOP
SHOP
 
Cardápio 5 estrelas dos eventos
Cardápio 5 estrelas dos eventos  Cardápio 5 estrelas dos eventos
Cardápio 5 estrelas dos eventos
 
LENTE DE AUMENTO, O IMPÉRIO CHILLI BEANS
LENTE DE AUMENTO, O IMPÉRIO CHILLI BEANSLENTE DE AUMENTO, O IMPÉRIO CHILLI BEANS
LENTE DE AUMENTO, O IMPÉRIO CHILLI BEANS
 
SIMONE GALIB
SIMONE GALIBSIMONE GALIB
SIMONE GALIB
 
CONEXÃO/CONNECTION
CONEXÃO/CONNECTIONCONEXÃO/CONNECTION
CONEXÃO/CONNECTION
 
Viagens sa ed #35-gastronomia
Viagens sa ed #35-gastronomiaViagens sa ed #35-gastronomia
Viagens sa ed #35-gastronomia
 
Viagens sa ed #35-materia de capa-cvc
Viagens sa ed #35-materia de capa-cvcViagens sa ed #35-materia de capa-cvc
Viagens sa ed #35-materia de capa-cvc
 
THE ART OF WINE MADE IN BRAZIL
THE ART OF WINE MADE IN BRAZILTHE ART OF WINE MADE IN BRAZIL
THE ART OF WINE MADE IN BRAZIL
 
MIAMI + BAHAMAS: SPECIAL LUXURY TRAVEL
 MIAMI + BAHAMAS: SPECIAL LUXURY TRAVEL MIAMI + BAHAMAS: SPECIAL LUXURY TRAVEL
MIAMI + BAHAMAS: SPECIAL LUXURY TRAVEL
 
Capa revista digital (3)
Capa revista digital (3)Capa revista digital (3)
Capa revista digital (3)
 
CONEXÃO
CONEXÃOCONEXÃO
CONEXÃO
 
HOTEL ÍCONE
HOTEL ÍCONEHOTEL ÍCONE
HOTEL ÍCONE
 
POR QUE OS BRASILEIROS NÃO FREQUENTAM RESTAURANTES DE HOTÉIS?
POR QUE OS BRASILEIROS NÃO FREQUENTAM RESTAURANTES DE HOTÉIS?POR QUE OS BRASILEIROS NÃO FREQUENTAM RESTAURANTES DE HOTÉIS?
POR QUE OS BRASILEIROS NÃO FREQUENTAM RESTAURANTES DE HOTÉIS?
 
Conexão Connection by Simone Galib Viagens S/A
Conexão Connection by Simone Galib Viagens S/AConexão Connection by Simone Galib Viagens S/A
Conexão Connection by Simone Galib Viagens S/A
 

SUL DOS EUA; CHARME, SUINGUE E SABOR

  • 1. 20 | Edição #39 | capa • por Simone Galib VisitGoldenIsles/Divulgação Estados como Geórgia, Carolina do Sul e Tennessee, ainda pouco explorados pelos brasileiros, revelam o autêntico modo norte-americano de viver e já serviram de cenários para inúmeros best sellers do cinema. Há cidades históricas, praias, ilhas douradas, montanhas, população hospitaleira e uma farta gastronomia. Divirta-se! SUL DOS EUA: CHARME, SUÍNGUE E SABOR
  • 3. 22 | Edição #39 | capa S e você costuma viajar a Mia- mi, Nova York ou Califórnia e pensa que conhece os Es- tados Unidos, ainda há muito que descobrir. Nesses locais estamos na América, sim, mas eles têm uma cultura miscigenada, fruto da imi- gração e do grande fluxo de turistas dos mais diversos países do mundo, com diferentes sotaques. Para vi- venciar mesmo o autêntico ameri- can way of life inclua o Sul do país no próximo roteiro. Você vai se sen- tir, literalmente, em diversos cená- rios de filmes, interagindo com gen- te muito hospitaleira e tranquila. Em estados como Geórgia, Tennessee e Carolina do Sul en- contramos parte das verdadeiras raízes da América do Norte e al- guns dos seus maiores símbolos. O jeito tipicamente americano de viver está na gastronomia, nos des- tilados, na música, nos monumen- tos históricos, na rotina pacata da população, nas casas sem portões ou grades, instaladas em ruas tran- quilas, arborizadas e extremamen- te limpas; nas paisagens de cidade- zinhas bucólicas, onde à tarde as pessoas sentam-se em confortáveis cadeiras na praça central, em fren- te a um enorme chafariz, para ler um livro ou simplesmente deixar o tempo passar, ao som de blues e country. Ou ainda vão dar uma vol- ta na roda gigante – porque pratica- mente toda cidade tem a sua e eles adoram parque de diversões. É um modo de viver muito pe- culiar, em que dificilmente ouvi- mos outra língua que não seja o in- glês – e com sotaque sulista. Porém, o mais interessante é que junto a esse estilo, digamos assim, meio interiorano, também marcam pre- sença forte a modernidade, a tec- nologia, as grandes redes de lojas de departamento, os melhores su- permercados, grandes museus, os sempre atrativos outlets, as princi- pais cadeias hoteleiras, super aquá- rios e o showbiz, com festivais de música e apresentações de estrelas Driftwood Beach, na Georgia, tem um dos cenários mais exóticos à beira-mar
  • 4. 23| www.viagenssa.com | Vista aérea do campo de golfe do The Cloister, resort em Sea Island, na Geórgia Os enormes tanques, forrados de peixes coloridos, do aquário de Myrtle Beach, na Carolina do Sul Iluminação de Natal na bucólica Pigeon Forge, no Tennessee nacionais e internacionais. O Sul é cheio de ritmos e de suingue!. Essa mistura dá um sabor muito especial à região. Atlanta, na Geór- gia, é a porta de entrada para quem vai de avião. Tem um dos aeroportos mais movimentados do mundo, o Hartsfield-Jackson, que está somen- te a duas horas de voo de cerca de 80% das 150 maiores áreas metro- politanas do país. Abriga também o World of Coca-Cola, um espaço multimídia que conta a história de um dos produtos mais populares do planeta. Geórgia tem ainda cidade- zinhas históricas, como Savannah, e ilhas deliciosas, de água cristalina e vida mansa, que não por acaso fo- ram batizadas de Golden Isles. Em Tennessee, berço da músi- ca country, do blues e do soul, entre outros ritmos, há parques nacio- nais, como o Great Smoky Moun- tains que nos leva para as alturas e nos tira o fôlego, literalmente. Na Carolina do Sul, mais cidadezinhas bucólicas à beira-mar, que têm um quê de Caribe, e oferecem uma óti- ma infraestrutura para esportes náuticos, campos de golfe e ativida- des ao ar livre. Enfim, cenários diferentes de mar e montanhas são o que não fal- tam nessa região, ainda pouco ex- plorada pelos brasileiros, que amam os Estados Unidos (o Brasil é o 5º mercado emissor de turistas para o país). Prepare-se para uma farra gas- tronômica, porque a comida é farta, diversificada, apimentada e vem em porções generosas, bem do jeito que o norte-americano tanto gosta. Nas páginas a seguir, um peque- no roteiro de autênticas descobertas nos Sul dos EUA. Welcome! SimoneGalibTennesseeVacation/Divulgação
  • 5. C onsiderada a capital do Sul dos Estados Unidos, Atlanta é a cidade grande da Geór- gia (cerca de 448 mil habitantes), que mescla o velho e o novo Sul. Tem grandes lojas de departamen- to, shoppings descolados, butiques de marcas internacionais, restau- rantes e hotéis cinco estrelas, bis- trôs charmosos, teatros, centros de arte e cultura. Mas guarda também fatos importantes da história, como o museu Marter Luther King Jr., pas- tor protestante, ativista e um dos fi- lhos mais ilustres filhos da terra. Nosso roteiro começou em uma manhã de outono em downtown, onde foi construído o Centenneal Olympic Park, sede dos jogos olím- picos de 1996. Hoje o parque, com cerca de 9 mil m², todo arborizado e florido, é um dos grandes centros de entretenimento da cidade, com praças, playgrounds, shows e con- certos. É ali que também está a Fon- te dos Anéis, onde as pessoas cos- tumam se refrescar nos dias mais quentes da primavera e do verão. Aliás, a Vila Olímpica é um óti- mo ponto de partida, porque nos arredores ficam outras boas atra- ções. A primeira delas é o Geórgia Aquarium, um programa e tanto para quem gosta da vida marinha. É considerado o maior do mundo e custou US$ 250 milhões. Com um design contemporâneo, ele abriga mais de 100 mil animais de diferen- tes espécies e de vários lugares do planeta. Ali, tudo é gigantesco: são 30 milhões de água doce e salgada, circulando em vários túneis e enor- mes tanques, que simulam seus ha- bitats naturais. Carregue a bateria de seu celular, ou leve uma câmera fotográfica bem turbinada, e reser- ve pelo menos duas horas para per- correr os seus túneis e corredores. A poucos metros do aquário, está o World of Coca-Cola, um es- paço multimídia que traça a linha do tempo do refrigerante, com salas onde o público pode interagir em 4D, entrar no clima vintage das antigas garrafas e, claro, tomar muita Co- ca-Cola, porque há máquinas com os mais diversos tipos da bebida ao redor do mundo, para degustação. Ninguém resiste a comprar gifts na loja que faz jus ao nome do lugar, ou seja, o mundo da Coca-Cola. Um programa divertido e uma das atra- ções mais concorridas da cidade. Ainda em downtown está o CNN Atlanta Studio, onde é possível fazer um tour pelos bastidores da notícia. 24 | Edição #39 | capa ATLANTA ÉVELHO SUL COM SOTAQUE MODERNO A chama eterna no Martin Luther Kinf Jr. Center, em Atlanta Fotos:VisitAtlanta/Divulgação
  • 6. ÀMODAANTIGA Uma das melhores maneiras de conhecer Atlanta é fazer tours guiados, seja de carro, ônibus ou de bike. Mas, para entrar mesmo no clima sulista, aposte no bondinho histórico, que percorre os diversos pontos de atração. E, assim, a gen- te vai descobrindo um pouco mais sobre a cidade, com suas antigas mansões, muitas praças, áreas ar- borizadas e bairros tranquilos. Se você gosta de história, não deixe de ir ao Martin Luther King Jr National Historic Site, no distrito de Sweet Auburn. Fica aberto du- rante todo o ano, oferecendo visi- tas à casa onde MLK Jr. nasceu, ao túmulo da família e à Igreja Batista Ebenezer, onde três gerações costu- mavam pregar. Ele ficou conhecido internacionalmente por ser um dos maiores líderes dos direitos civis dos negros dos Estados Unidos. COMPRAS Atlanta abriga ótimos sho- ppings, como o Lenox Square, onde estão lojas como Bulgari e Michael Kors, Macy´s, Bloomingda- le e Neiman Marcus, entre outras. Tem também o Phipps Plaza, na Peachtree Street, em frente ao Le- nox, com lojas de roupas e de cal- çados sofisticados. Afinal, mesmo com o câmbio nada a favor, fazer compras nos EUA é ainda uma das atividades que mais nos fascinam. E sempre encontramos algo que realmente vale a pena trazer! Vamos em frente. Nossa próxi- ma parada? Savannah... 25| www.viagenssa.com | O skyline com os tons do outono em Atlanta As garrafas gigantes no World of Coca-Cola, no centro da cidade Tours no tróleibus histórico é uma das melhores formas de conhecer Atlanta SimoneGalib
  • 7. U ma das mais agradáveis surpresas desse roteiro foi desembarcar em Sa- vannah, no Condado de Chatham, a cidade mais antiga da Geórgia (fundada em 1733) e uma das mais charmosas também, tanto pela ar- quitetura quanto pelo astral. É um lugar alegre, cheio de gente jovem, com mais de 20 praças com árvores milenares, parques e bons restau- rantes. Em 2014, entrou no ranking das dez melhores cidades dos EUA da conceituada Travel + Leisure Ma- gazine. E recebe cerca de 7 milhões de turistas por ano. Savannah é também um dos locais prediletos do cinema norte -americano. Serviu de cenário para vários filmes, como Forest Gump, com Tom Hanks, e Midnight in the Garden of Good and Evil (Meia-Noite no Jardim do Bem e do Mal), entre tantos outros. Outro detalhe curio- so: é considerada a cidade mais “assombrada” da América. Tem até um tour tipo “caça-fantasmas”, que percorre à noite locais onde, diz a lenda, há aparições de espíritos que ainda vivem por lá, “alguns petu- lantes, outros amigáveis, uns tris- tes, e outros ainda assustadores”. Uau!!! SAVANNAH,ALTO ASTRAL E CENÁRIO DE CINEMA 26 | Edição #39 | capa O chafariz do Forsyth Park, um dos locais mais frequentados no centro de Savannah Fotos:VisitSavannah/Divulgação
  • 8. A cidade é convidativa para ser desfrutada a pé. E essa caminhada deve começar pelo centro, onde es- tão fincadas as raízes de sua histó- ria, com vários monumentos e boa amostra de sua arquitetura, que in- clui edifícios coloniais e vitorianos, impecavelmente restaurados, ruas residenciais descoladas e igrejas seculares, como a bela Catedral de São João Baptista. A River Street é um dos lugares mais bucólicos. Tem hotéis, lojas de souvenirs e de guloseimas, como a Savannah´s Candy Kitchen, a mais tradicional da cidade e com os mais diferentes doces. A gente não sabe nem para onde olhar de tantas delí- cias coloridas espalhadas pela loja. Essa rua margeia o rio Savannah, de onde partem pequenos cruzei- ros, com brunch e jantar, para ex- plorar a região. O pôr do sol ali é incrível! (savannahriverboat.com). Embora tenha muita área ver- de, é o Forsyth Park, com árvores frondosas cheias de pássaros e até de esquilos, um dos locais predi- letos dos moradores de Savannah para fazer exercícios físicos e curtir a natureza. Tem um enorme chafa- riz, que é o point de self dos turistas. E, para fechar essa caminhada pelo centro, tome um delicioso sor- vete, ou café, no Leopold´s Ice Cream (leopoldsicecream.com), uma sor- veteria com 100 anos de história, paredes forradas com cartazes de cinema e cujas receitas de seus sa- borosos ice creams a família guarda a sete chaves. Acha que acabaram as desco- bertas na Geórgia? Não, as Golden Isles nos esperam.. 27| www.viagenssa.com | Carruagens levam turistas para conhecer a bucólica Savannah Antigas carroças cheias de plantas e ervas são parte da decoração de algumas praças da cidade A catedral de São João Baptista, no centro histórico da cidade SimoneGalib VisitSavannah/Divulgação
  • 9. V oltamos à estrada, enfren- tamos fortes temporais provocados pela passagem do furacão Joaquim, no México, que alagaram algumas cidades estraté- gicas do nosso roteiro, mas como diz o velho ditado “depois da tempesta- de vem a calmaria”. E, assim, chega- mos a um pequeno pedaço de paraí- so ensolarado, na costa da Geórgia: as Golden Isles, com praias de água cristalina, céu azul, pântanos com enormes crocodilos e aves mari- nhas, plantações históricas e hotéis aristocráticos, que já hospedaram alguns dos principais milionários norte-americanos e chefes de Esta- do do mundo. São quatro ilhas, cada uma com personalidade própria. Nossa porta de entrada é a St. AS ILHAS DOURADAS DA Geórgia Simons Island, a maior delas, que mantém preservada sua história desde que foi descoberta, há cerca de 400 anos, por um explorador es- panhol. Com uma temperatura em torno de 27º em pleno outono (a maioria dos dias são assim duran- te todo o ano), a ilha tem inúmeros campos de golfe, charmosos hotéis e villas com amplas varandas de frente para o mar azul, além de sítios históricos e vegetação muito peculiar. A vida naquelas paragens é muito zen. Para capturar o melhor ângu- lo de St. Simons, você vai precisar de um certo esforço, ou seja, subir os 129 degraus do Lighthouse Mu- seum, farol construído em 1872, com escada estreita e em formato de caracol. Há paradas estratégicas, com janelas no meio do caminho, de onde, aliás, muitos desistem. Mas, vale a pena respirar fundo, seguir adiante e chegar ao topo: a vista de 360 º é incrível! Na volta, vá até o píer para dar uma relaxa- da, ou simplesmente observe os pe- licanos, aves símbolo da ilha, que ficam à espreita dos peixes jogados pelos pescadores. Os sabores do Sul marcam pre- sença forte na gastronomia, espe- cialmente nos cardápios à base de frutos do mar, como o caranguejo, saladas, carnes e o famoso barbe- cue. Há também charmosos cafés para um reforçado breakfast. É muito tranquilo circular por St Simons e há tours em tróleibus nos 28 | Edição #39 | capa Fachada do Jekyll Island Club, antigo refúgio de milionários norte-americanos, hoje transformado em resort em Jekyll Island, Geórgia Fotos:VisitSeaIsland/Divulgação
  • 10. quais você pode ter uma ideia geral das principais atrações, como flo- restas tropicais, e da história da ilha. Aproveite para curtir esse cenário, repleto de verde e sempre com aque- la brisa gostosa que vem do mar. REFÚGIODEPODEROSOS Agora vamos para Jekyll Island, que foi durante mais de quatro dé- cadas o principal refúgio de famílias de prestígio, como Pulitzer, Rocke- feller e Vanderbilt, entre outras que, e ali criaram o seu clube particular. Esse reduto de milionários passou ao longo do tempo de mão em mão e hoje é um belo resort à beira-mar em estilo colonial, ladeado de enor- mes e bem cuidados jardins. Localizado na parte históri- ca da ilha, o clássico hotel oferece 157 apartamentos e infraestrutura completa para lazer, como campos de golfe e clube de praia. Seus res- taurantes são super bem frequen- tados, tanto para jantares românti- cos, como para os mais casuais. A ilha tem cerca de 16 mil qui- lômetros de praias, praticamente in- tocadas. A mais exótica delas é, sem dúvida, Driftwood (ao norte), cujas areias são ocupadas por enormes galhos e troncos de árvores cente- nárias que foram ali jogados pelo vento e se petrificaram, formando uma das mais inusitadas paisagens à beira-mar. É considerada ainda pelas revistas especializadas do país como uma das mais românticas para escapadas aos fins de semana. GeórgiaONMYMIND Chegar a Sea Island, ao cair da tarde, para um jantar no super top resort The Cloister foi uma das surpresas mais incríveis do roteiro. O elegante hotel, entre o Black River e o Atlântico, causa 29| www.viagenssa.com | O solarium do aristocrático resort cinco estrelas The Cloister, em Sea Island
  • 11. impacto, especialmente ao pôr sol, quando o prédio e os terraços ficam inteiramente tingidos de dourado. E alguns hóspedes vão para o bar externo, debruçado sobre o rio, ou ao deck particular, onde até podem zarpar de iate, especialmente para brindar esta happy hour, no melhor sentido da palavra. O resort cinco estrelas tem muita história para contar. Foi construído em 1928, em estilo me- diterrâneo, e hoje é um dos mais respeitados dos Estados Unidos. Passou por uma reforma geral em 2006, mas a arquitetura e a decora- ção aristocráticas foram totalmen- te preservadas. São 175 elegantes apartamentos e suítes, algumas de frente para o rio, outras para o mar. Paisagens bonitas são o que não faltam nessa ilha de lazer, que tem ainda spa, campo de golfe, um ci- nema para 100 pessoas e ocean vil- las com praia particular, onde você pode fazer cavalgadas à beira-mar. Nosso jantar foi no Summit Room, uma sala imponente, com uma mesa redonda enorme, onde costumam ser recebidos os convi- dados ilustres. Cada cadeira tem o nome de um chefe de Estado, que já passou por lá - e olha que não foram poucos. Com essa noite fan- tástica, nos despedimos de Golden Isles, levando na lembrança a músi- ca Geórgia on my mind, eternizada por Ray Charles, hoje também slo- gan do turismo do estado! 30 | Edição #39 | capa O topo do Lighthouse Museum (de 1872), em St. Simons Island, tem uma das mais belas vistas da ilha Summit Room, no The Cloister, a sala reservada aos convidados ilustres, como os chefes de Estado
  • 12. S abe aquelas cidadezinhas que inspiraram filmes ba- seados em romances best sellers? Muitas estão localizadas na Carolina do Sul, estado vizinho à Geórgia, com mais de 200 km de costa e lugares de muita natureza para atividades ao ar livre. Uma das melhores praias é a Hilton Head Island; Charleston é a cidade his- tórica mais famosa, com uma ar- quitetura diferenciada, e que serviu de cenário para os longas Diário de uma Paixão e Querido John. Myrtle Beach, com inúmeros hotéis à beira-mar, é uma espécie de cidade playground. Além da boa infraestrutura hoteleira, com mui- tos resorts pé na areia, e parques aquáticos, o balneário também tem uma vida noturna movimen- tada, que inclui teatros, ópera, ci- nemas, bons restaurantes e locais de entretenimento (estes muito voltados para turistas), como os Piratas do Caribe e o Lengends in Concert, um show com covers de gente famosa, tipo Elvis Presley, Rod Stewart e Lionel Ritchie, entre outros, e a WonderWorks - uma casa de cabeça para baixo, com brinquedos que simulam desde o naufrágio do Titanic até situações científicas e futuristas. O balneário também abriga grandes lojas de departamento, supermecados e vá- rios outlets. Claro que não faltam um ótimo aquário e a roda-gigante, com direito ao skyline da cidade. CAROLINA DO SUL O CHARME BUCÓLICO DA Costuma ser muito procura- da pelos norte-americanos no ve- rão em função de seus 95 km de praias, perfeitas para a prática de esportes náuticos, e pelos campos de golfe profissionais, muitos deles instalados em belos hotéis. Tem restaurantes em estilo caribenho, mexicano e, claro, as famosas har- buguerias, com aqueles sanduí- ches gigantes, e a comida típica da região, que inclui muitos frutos do mar. Por falar nisso, o Captain Crab (www.captaincrab.org) é um restaurante em formato de navio, com um mega bufê self service. Os caranguejos e lagostas são algumas das especialidades da casa, onde você pode comer à vontade. Hora de descobrir as monta- nhas! Nossa próxima escala? Ten- nessee. 31| www.viagenssa.com | A exótica fachada do WonderWorks, uma cabeça de ponta cabeça, na Carolina do Sul Medusas no aquário de Myrtle Beach Fotos:SimoneGalib
  • 13. O cenário muda completa- mente. Chegamos ao Ten- nessee, terra de Elvis Pres- ley(elenasceunacidadedeMenphis) e também casa da famosa destilaria do whisky Jack Daniels. Nossa esca- TENNESSEE: TERRA DOS DESTILADOS E DOS URSOS NEGROS la ali foi na charmosa e country Pi- geon Forge, uma cidadezinha com cerca de 6 mil habitantes, a apenas 8 km de uma das maiores atrações do estado: o Great Smoky Moun- tains, parque nacional que recebe 10 milhões de visitantes por ano, e que também fica na divisa com o estado da Carolina do Norte. Melhor ainda foi a hospedagem em uma casa (de madeira, tipo chalé, com nove quar- tos), do Eagles Ridge Resort, no meio SimoneGalib 32 | Edição #39 | capa Vista de Pigeon Forge, capturada do alto da roda gigante da cidade, no Tennessee
  • 14. da floresta, mas com todo conforto, equipada com wi-fi e vários avisos: “cuidado com os ursos”. Antigo lar dos Cherokee, hoje a região, patrimônio da Unesco, é também moradia dos ursos negros que vivem no parque. Mas não são apenas eles: há milhares de árvores, 1,5 mil espécies de flores e plantas, cerca de 200 espécies de pássaros e 60 mamíferos, além de muitas ca- choeiras e riachos. O nome foi dado pelos próprios índios que descre- viam as montanhas daquela cordi- lheira como shaconage, cujo signifi- cado é “azul como fumaça”. Outra boa surpresa foi ter visi- tado o parque no início de outubro, quando a vegetação já começava a ganhar as cores do outono e a temperatura estava agradável. Po- de-se subir até alguns de seus picos de carro, mas chegar às alturas (o pico mais alto é o Clingsman Dome, com 2.025 metros de altitude) exige certo preparo físico, porque há um trecho que só pode ser feito a pé – e a subida é íngreme. Porém, a busca pela melhor vista a partir da grande montanha esfumaçada vale todo e qualquer esforço. Ainda bem que há bancos no meio do caminho para recupe- rar o fôlego. É impressionante o nú- mero de idosos (alguns até usando No Tennessee, os nomes de algumas cidades dobram muitas letras, soando um pouco estranhos aos nossos ouvidos. É o caso de Chattanooga, à beira do rio Tennessee, outro bom ponto de partida para descobrir o estado. Fica a apenas 20 minutos de voo do aeroporto de Atlanta ou a duas horas de carro de lá. Essa simpática cidade sulista tem um astral alegre e é ótima para andar a pé. Na RiverWalk, há mais de 20 km de calçadas, com parques, lojas e restaurantes ao longo do caminho. Além disso, tem bicicletas para alugar (elas estão disponíveis 24 horas, por menos de US$ 10). Mas oferece ainda outra peculiaridade: serviço de traslado elétrico gratuito (para turistas e moradores) e estações de recarga, também gratuitas, para carros elétricos. Coisa boa, não? Os highlights do centro são o Tennessee Aquarium, o maior de água doce do mundo, e a antiga estação ferroviária. Construída em 1909, ela foi toda restaurada, preservando-se a sua arquitetura. Batizada de Choo Choo Terminal Station, hoje é um complexo de hotéis, com jardins bem cuidados. O antigo trem a vapor estacionado na plataforma completa o toque vintage do lugar. CHATTANOOGA,ACIDADESUSTENTÁVEL FotosVacationTennessee/Divulgação 33| www.viagenssa.com | O parque nacional Great Smoky Mountain recebe 10 milhões de turistas por ano e é o lar dos ursos negros, entre outras centenas espécies de animais e plantas O velho moinho de Pigeon Forge, construído em 1830, ainda funciona
  • 15. bengalas) que percorrem a trilha. Vale tudo para chegar até o mirante, onde nos sentimos nas nuvens – li- teralmente! A paisagem é fantástica. OVELHOMOINHO Reserve pelo menos uns dois dias para ficar em Pigeon Forge, que é super acolhedora, mantendo suas tradições históricas, como o Old Mill, o velho moinho construí- do em 1830 e que funciona até hoje. Junto a ele, há um café-restaurante (ideal para o breakfast) e uma loja, repleta de souvenirs e guloseimas dessa marca famosa no país. Qua- se ao lado, funciona uma fábrica de destilados locais, com direito a de- gustação e muitas comprinhas. Em contraponto, a cidade tam- bém tem o seu lado playground, com várias atrações, tipo circuito de kart, o Museu Titanic e o WonderWorks (a tal casa de cabeça para baixo), que os norte-americanos adoram. VOOS – A Deltan Airlines tem voos diretos para Atlanta, a partir de São Paulo, que duram em média 10 horas e meia. Ali, é possível alugar um carro e explorar as cidades do Sul. TEMPERATURA – No sul e sudeste do país, o clima é subtropical, com temperaturas em torno de 30º no verão. No outono, os dias são ensolarados e mais frescos à noite (leve roupas de meia estação e casacos impermeáveis). Na costa sudeste, há furacões e tempestades tropicais na primavera e no outono. INFORMAÇÕES – Todas as cidades mantêm centros de visitantes, com amplo material turístico e online. O site Discover America (www.discoveramerica.com. br) traz informações detalhadas sobre todos os destinos do país em português. SERVIÇO Se for durante o outono, vai encontrar praças e as fachadas do comércio enfeitadas com flores do campo, bonecos de palha e mui- tas abóboras. Esses elementos dão boas-vindas à nova estação e sim- bolizam a prosperidade. Viagens S/A foi aos Estados Unidos a convitedaBrandUSAedaTravelSouth. VacationTennessee/Divulgação SimoneGalib 34 | Edição #39 | capa O Tennessee Aquarium, em Chattanooga, é o maior de água doce do mundo Abóboras, espantalhos e flores dão as boas vindas ao outono nas fachadas das lojas de Pigeon Forge