SlideShare uma empresa Scribd logo
“Eu digo que, de agora em diante, não
beberei deste fruto da videira até aquele
dia em que beberei o vinho novo com vocês
no Reino de meu Pai". (Mt 26:29)
Jesus estava com seu limite
de tempo decretado.
Seu relacionamento com DEUS
na terra, determina seu
relacionamento com DEUS na
eternidade.
COMO SERÁ A
ETERNIDADE ?
Se esta for a sua última Noite?
DEUS tem um propósito
para sua vida na terra,
porém, este propósito
não termina aqui.
Se esta for a sua última Noite?
Se esta for a sua última Noite?
Se esta for a sua última Noite?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Nova criatura
Nova criaturaNova criatura
Nova criatura
Sthefanie Vieira
 
Palestra - Hábitos dos casais felizes
Palestra - Hábitos dos casais felizesPalestra - Hábitos dos casais felizes
Palestra - Hábitos dos casais felizes
Pr Ismael Carvalho
 
Planejamento do conteudo 6ª comin 2010
Planejamento do conteudo 6ª comin 2010Planejamento do conteudo 6ª comin 2010
Planejamento do conteudo 6ª comin 2010
Lucia Verissimo
 
Livro sem palavras
Livro sem palavrasLivro sem palavras
Livro sem palavras
gilberto bueno filho
 
O livro sem palavras e Semadinho
O livro sem palavras e SemadinhoO livro sem palavras e Semadinho
O livro sem palavras e Semadinho
Lucia Verissimo
 
MARCOS (PARTE 16) O EVANGELHO ABRE AS PORTAS DO REINO AOS REJEITADOS
MARCOS (PARTE 16) O EVANGELHO ABRE AS PORTAS DO REINO AOS REJEITADOSMARCOS (PARTE 16) O EVANGELHO ABRE AS PORTAS DO REINO AOS REJEITADOS
MARCOS (PARTE 16) O EVANGELHO ABRE AS PORTAS DO REINO AOS REJEITADOS
Pr Davi Passos - Estudos Bíblicos
 
Nova criatura
Nova criaturaNova criatura
Nova criatura
rafael gomide
 
Familia; a base
Familia; a baseFamilia; a base
Familia; a base
Sidinei Kauer
 
Mandamentos para o casal esposa
Mandamentos para o casal  esposaMandamentos para o casal  esposa
Mandamentos para o casal esposa
Pr Ismael Carvalho
 
Vencendo o medo
 Vencendo o medo Vencendo o medo
Vencendo o medo
Anderson Menger
 
A gloria da segunda casa - beatriz
A gloria da segunda casa -  beatrizA gloria da segunda casa -  beatriz
A gloria da segunda casa - beatriz
Leandro Lima
 
Msg327
Msg327Msg327
A luz de deus em nós
A luz de deus em nósA luz de deus em nós
A luz de deus em nós
Arcy Nísia
 
Vem espirito santo pentecostes 2010 eun
Vem espirito santo  pentecostes 2010 eunVem espirito santo  pentecostes 2010 eun
Vem espirito santo pentecostes 2010 eun
babins
 
Gesto de amor
Gesto de amorGesto de amor
Gesto de amor
elenir duarte dias
 
O tempo em que vivemos
O tempo em que vivemosO tempo em que vivemos
O tempo em que vivemos
Jorge Aymar Costa
 

Mais procurados (16)

Nova criatura
Nova criaturaNova criatura
Nova criatura
 
Palestra - Hábitos dos casais felizes
Palestra - Hábitos dos casais felizesPalestra - Hábitos dos casais felizes
Palestra - Hábitos dos casais felizes
 
Planejamento do conteudo 6ª comin 2010
Planejamento do conteudo 6ª comin 2010Planejamento do conteudo 6ª comin 2010
Planejamento do conteudo 6ª comin 2010
 
Livro sem palavras
Livro sem palavrasLivro sem palavras
Livro sem palavras
 
O livro sem palavras e Semadinho
O livro sem palavras e SemadinhoO livro sem palavras e Semadinho
O livro sem palavras e Semadinho
 
MARCOS (PARTE 16) O EVANGELHO ABRE AS PORTAS DO REINO AOS REJEITADOS
MARCOS (PARTE 16) O EVANGELHO ABRE AS PORTAS DO REINO AOS REJEITADOSMARCOS (PARTE 16) O EVANGELHO ABRE AS PORTAS DO REINO AOS REJEITADOS
MARCOS (PARTE 16) O EVANGELHO ABRE AS PORTAS DO REINO AOS REJEITADOS
 
Nova criatura
Nova criaturaNova criatura
Nova criatura
 
Familia; a base
Familia; a baseFamilia; a base
Familia; a base
 
Mandamentos para o casal esposa
Mandamentos para o casal  esposaMandamentos para o casal  esposa
Mandamentos para o casal esposa
 
Vencendo o medo
 Vencendo o medo Vencendo o medo
Vencendo o medo
 
A gloria da segunda casa - beatriz
A gloria da segunda casa -  beatrizA gloria da segunda casa -  beatriz
A gloria da segunda casa - beatriz
 
Msg327
Msg327Msg327
Msg327
 
A luz de deus em nós
A luz de deus em nósA luz de deus em nós
A luz de deus em nós
 
Vem espirito santo pentecostes 2010 eun
Vem espirito santo  pentecostes 2010 eunVem espirito santo  pentecostes 2010 eun
Vem espirito santo pentecostes 2010 eun
 
Gesto de amor
Gesto de amorGesto de amor
Gesto de amor
 
O tempo em que vivemos
O tempo em que vivemosO tempo em que vivemos
O tempo em que vivemos
 

Destaque

Características do vencedor e do perdedor
Características do vencedor e do perdedorCaracterísticas do vencedor e do perdedor
Características do vencedor e do perdedor
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
ABENÇOA QUEM É ABENÇOADO - Pr. Dário Rocha
ABENÇOA QUEM É ABENÇOADO - Pr. Dário RochaABENÇOA QUEM É ABENÇOADO - Pr. Dário Rocha
ABENÇOA QUEM É ABENÇOADO - Pr. Dário Rocha
Dário Melo
 
O quanto você realmente ama.
O quanto você realmente ama.O quanto você realmente ama.
O quanto você realmente ama.
Dário Melo
 
O que realmente importa!
O que realmente importa!O que realmente importa!
O que realmente importa!
Dário Melo
 
Mensagem: A quem você está dando ouvidos? - Pr. Dário Rocha
Mensagem: A quem você está dando ouvidos? - Pr. Dário RochaMensagem: A quem você está dando ouvidos? - Pr. Dário Rocha
Mensagem: A quem você está dando ouvidos? - Pr. Dário Rocha
Dário Melo
 
Nem tudo facil
Nem tudo  facilNem tudo  facil
Nem tudo facil
Geraldo Caetano
 
E book-guia-da-motivacao
E book-guia-da-motivacaoE book-guia-da-motivacao
E book-guia-da-motivacao
Jane Cesca
 
Você faz a diferença
Você faz a diferençaVocê faz a diferença
Você faz a diferença
madalenacarvalho
 
Quatro propostas de Faraó
Quatro propostas de FaraóQuatro propostas de Faraó
Quatro propostas de Faraó
Dário Melo
 
Tipos de sermões
Tipos de sermõesTipos de sermões
Tipos de sermões
Gilson Barbosa
 
Seja um vencedor
Seja um vencedorSeja um vencedor
Seja um vencedor
Amadeu Wolff
 
O QUE FAZES AQUI?
O QUE FAZES AQUI?O QUE FAZES AQUI?
O QUE FAZES AQUI?
Dário Melo
 
A pesca Milagrosa
A pesca MilagrosaA pesca Milagrosa
A pesca Milagrosa
Dário Melo
 
A Coragem de Fazer a Diferença
A Coragem de Fazer a DiferençaA Coragem de Fazer a Diferença
A Coragem de Fazer a Diferença
-
 
"Ao vencedor... lhe darei uma pedrinha branca"
"Ao vencedor... lhe darei uma pedrinha branca""Ao vencedor... lhe darei uma pedrinha branca"
"Ao vencedor... lhe darei uma pedrinha branca"
Ramón Zazatt
 
14 palavras de deus de levantar até defunto
14  palavras de deus de levantar até defunto14  palavras de deus de levantar até defunto
14 palavras de deus de levantar até defunto
Jair de Barros
 
Um novo vencedor slide
Um novo vencedor   slide Um novo vencedor   slide
Um novo vencedor slide
Diaconisa Cris Silva
 
Vasos ou cacos?
Vasos ou cacos?Vasos ou cacos?
Vasos ou cacos?
Ramón Zazatt
 
Transfomando barro em vaso de Honra.
Transfomando barro em vaso de Honra.Transfomando barro em vaso de Honra.
Transfomando barro em vaso de Honra.
Dário Melo
 
Fazendo a diferença
Fazendo a diferençaFazendo a diferença
Fazendo a diferença
upa1ipac
 

Destaque (20)

Características do vencedor e do perdedor
Características do vencedor e do perdedorCaracterísticas do vencedor e do perdedor
Características do vencedor e do perdedor
 
ABENÇOA QUEM É ABENÇOADO - Pr. Dário Rocha
ABENÇOA QUEM É ABENÇOADO - Pr. Dário RochaABENÇOA QUEM É ABENÇOADO - Pr. Dário Rocha
ABENÇOA QUEM É ABENÇOADO - Pr. Dário Rocha
 
O quanto você realmente ama.
O quanto você realmente ama.O quanto você realmente ama.
O quanto você realmente ama.
 
O que realmente importa!
O que realmente importa!O que realmente importa!
O que realmente importa!
 
Mensagem: A quem você está dando ouvidos? - Pr. Dário Rocha
Mensagem: A quem você está dando ouvidos? - Pr. Dário RochaMensagem: A quem você está dando ouvidos? - Pr. Dário Rocha
Mensagem: A quem você está dando ouvidos? - Pr. Dário Rocha
 
Nem tudo facil
Nem tudo  facilNem tudo  facil
Nem tudo facil
 
E book-guia-da-motivacao
E book-guia-da-motivacaoE book-guia-da-motivacao
E book-guia-da-motivacao
 
Você faz a diferença
Você faz a diferençaVocê faz a diferença
Você faz a diferença
 
Quatro propostas de Faraó
Quatro propostas de FaraóQuatro propostas de Faraó
Quatro propostas de Faraó
 
Tipos de sermões
Tipos de sermõesTipos de sermões
Tipos de sermões
 
Seja um vencedor
Seja um vencedorSeja um vencedor
Seja um vencedor
 
O QUE FAZES AQUI?
O QUE FAZES AQUI?O QUE FAZES AQUI?
O QUE FAZES AQUI?
 
A pesca Milagrosa
A pesca MilagrosaA pesca Milagrosa
A pesca Milagrosa
 
A Coragem de Fazer a Diferença
A Coragem de Fazer a DiferençaA Coragem de Fazer a Diferença
A Coragem de Fazer a Diferença
 
"Ao vencedor... lhe darei uma pedrinha branca"
"Ao vencedor... lhe darei uma pedrinha branca""Ao vencedor... lhe darei uma pedrinha branca"
"Ao vencedor... lhe darei uma pedrinha branca"
 
14 palavras de deus de levantar até defunto
14  palavras de deus de levantar até defunto14  palavras de deus de levantar até defunto
14 palavras de deus de levantar até defunto
 
Um novo vencedor slide
Um novo vencedor   slide Um novo vencedor   slide
Um novo vencedor slide
 
Vasos ou cacos?
Vasos ou cacos?Vasos ou cacos?
Vasos ou cacos?
 
Transfomando barro em vaso de Honra.
Transfomando barro em vaso de Honra.Transfomando barro em vaso de Honra.
Transfomando barro em vaso de Honra.
 
Fazendo a diferença
Fazendo a diferençaFazendo a diferença
Fazendo a diferença
 

Mais de Dário Melo

O olhar de Jesus
O olhar de JesusO olhar de Jesus
O olhar de Jesus
Dário Melo
 
Igreja Corpo de Cristo
Igreja Corpo de CristoIgreja Corpo de Cristo
Igreja Corpo de Cristo
Dário Melo
 
Domingo EBD 13/10/13 - Mordomia Relacional
Domingo EBD 13/10/13 - Mordomia RelacionalDomingo EBD 13/10/13 - Mordomia Relacional
Domingo EBD 13/10/13 - Mordomia Relacional
Dário Melo
 
Domingo 02/06 - ENTUSIASMO
Domingo 02/06 - ENTUSIASMODomingo 02/06 - ENTUSIASMO
Domingo 02/06 - ENTUSIASMO
Dário Melo
 
Vencer traumas, decepções e perdas
Vencer traumas, decepções e perdasVencer traumas, decepções e perdas
Vencer traumas, decepções e perdas
Dário Melo
 
4 passos para o erro de Pedro
4 passos para o erro de Pedro4 passos para o erro de Pedro
4 passos para o erro de Pedro
Dário Melo
 
Geografia do Brasil
Geografia do BrasilGeografia do Brasil
Geografia do Brasil
Dário Melo
 
A IGREJA É IMPORTANTE?
A IGREJA É IMPORTANTE?A IGREJA É IMPORTANTE?
A IGREJA É IMPORTANTE?
Dário Melo
 
Introdução Dissertativa - Estatísticas
Introdução Dissertativa - EstatísticasIntrodução Dissertativa - Estatísticas
Introdução Dissertativa - Estatísticas
Dário Melo
 
Hidrografia Geral e do Brasil
Hidrografia Geral e do BrasilHidrografia Geral e do Brasil
Hidrografia Geral e do Brasil
Dário Melo
 
Mensagem: A quem você está dando ouvidos? - Pr. Dário Rocha
Mensagem: A quem você está dando ouvidos? - Pr. Dário RochaMensagem: A quem você está dando ouvidos? - Pr. Dário Rocha
Mensagem: A quem você está dando ouvidos? - Pr. Dário Rocha
Dário Melo
 
Prova objetiva - Gincana - Módulo B
Prova objetiva - Gincana - Módulo BProva objetiva - Gincana - Módulo B
Prova objetiva - Gincana - Módulo B
Dário Melo
 
Prova objetiva - Gincana - Módulo A
Prova objetiva - Gincana - Módulo AProva objetiva - Gincana - Módulo A
Prova objetiva - Gincana - Módulo A
Dário Melo
 
O poder do entusiasmo na família
O poder do entusiasmo na famíliaO poder do entusiasmo na família
O poder do entusiasmo na família
Dário Melo
 
Uma família de gente como a gente!
Uma família de gente como a gente!Uma família de gente como a gente!
Uma família de gente como a gente!
Dário Melo
 
A tragédia do Titanic 1902 - O que podemos aprender com ela?
A tragédia do Titanic 1902 - O que podemos aprender com ela?A tragédia do Titanic 1902 - O que podemos aprender com ela?
A tragédia do Titanic 1902 - O que podemos aprender com ela?
Dário Melo
 
Uma virada 360º em minha de forma amar
Uma virada 360º em minha de forma amarUma virada 360º em minha de forma amar
Uma virada 360º em minha de forma amar
Dário Melo
 
ibcj 02-out-2011 pr dário
ibcj 02-out-2011 pr dárioibcj 02-out-2011 pr dário
ibcj 02-out-2011 pr dário
Dário Melo
 
Primeiro Mandamento
Primeiro MandamentoPrimeiro Mandamento
Primeiro Mandamento
Dário Melo
 
As três dimensões do olhar humano.
As três dimensões do olhar humano.As três dimensões do olhar humano.
As três dimensões do olhar humano.
Dário Melo
 

Mais de Dário Melo (20)

O olhar de Jesus
O olhar de JesusO olhar de Jesus
O olhar de Jesus
 
Igreja Corpo de Cristo
Igreja Corpo de CristoIgreja Corpo de Cristo
Igreja Corpo de Cristo
 
Domingo EBD 13/10/13 - Mordomia Relacional
Domingo EBD 13/10/13 - Mordomia RelacionalDomingo EBD 13/10/13 - Mordomia Relacional
Domingo EBD 13/10/13 - Mordomia Relacional
 
Domingo 02/06 - ENTUSIASMO
Domingo 02/06 - ENTUSIASMODomingo 02/06 - ENTUSIASMO
Domingo 02/06 - ENTUSIASMO
 
Vencer traumas, decepções e perdas
Vencer traumas, decepções e perdasVencer traumas, decepções e perdas
Vencer traumas, decepções e perdas
 
4 passos para o erro de Pedro
4 passos para o erro de Pedro4 passos para o erro de Pedro
4 passos para o erro de Pedro
 
Geografia do Brasil
Geografia do BrasilGeografia do Brasil
Geografia do Brasil
 
A IGREJA É IMPORTANTE?
A IGREJA É IMPORTANTE?A IGREJA É IMPORTANTE?
A IGREJA É IMPORTANTE?
 
Introdução Dissertativa - Estatísticas
Introdução Dissertativa - EstatísticasIntrodução Dissertativa - Estatísticas
Introdução Dissertativa - Estatísticas
 
Hidrografia Geral e do Brasil
Hidrografia Geral e do BrasilHidrografia Geral e do Brasil
Hidrografia Geral e do Brasil
 
Mensagem: A quem você está dando ouvidos? - Pr. Dário Rocha
Mensagem: A quem você está dando ouvidos? - Pr. Dário RochaMensagem: A quem você está dando ouvidos? - Pr. Dário Rocha
Mensagem: A quem você está dando ouvidos? - Pr. Dário Rocha
 
Prova objetiva - Gincana - Módulo B
Prova objetiva - Gincana - Módulo BProva objetiva - Gincana - Módulo B
Prova objetiva - Gincana - Módulo B
 
Prova objetiva - Gincana - Módulo A
Prova objetiva - Gincana - Módulo AProva objetiva - Gincana - Módulo A
Prova objetiva - Gincana - Módulo A
 
O poder do entusiasmo na família
O poder do entusiasmo na famíliaO poder do entusiasmo na família
O poder do entusiasmo na família
 
Uma família de gente como a gente!
Uma família de gente como a gente!Uma família de gente como a gente!
Uma família de gente como a gente!
 
A tragédia do Titanic 1902 - O que podemos aprender com ela?
A tragédia do Titanic 1902 - O que podemos aprender com ela?A tragédia do Titanic 1902 - O que podemos aprender com ela?
A tragédia do Titanic 1902 - O que podemos aprender com ela?
 
Uma virada 360º em minha de forma amar
Uma virada 360º em minha de forma amarUma virada 360º em minha de forma amar
Uma virada 360º em minha de forma amar
 
ibcj 02-out-2011 pr dário
ibcj 02-out-2011 pr dárioibcj 02-out-2011 pr dário
ibcj 02-out-2011 pr dário
 
Primeiro Mandamento
Primeiro MandamentoPrimeiro Mandamento
Primeiro Mandamento
 
As três dimensões do olhar humano.
As três dimensões do olhar humano.As três dimensões do olhar humano.
As três dimensões do olhar humano.
 

Último

1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
Marta Gomes
 
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf radedgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
carla983678
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Ricardo Azevedo
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
Nilson Almeida
 
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.pptEncontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
SanturioTacararu
 
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptxBatismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
nadeclarice
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptxApresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
AlexandreCarvalho858758
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
Rogério Augusto Ayres de Araujo
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
AntonioMugiba
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
DavidBertelli3
 

Último (14)

1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
 
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf radedgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
 
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.pptEncontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
 
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptxBatismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptxApresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
 

Se esta for a sua última Noite?