SlideShare uma empresa Scribd logo
- O que Jesus prega não é uma moral do progresso a longo
prazo:
• Suas exigências se fundam na terrível gravidade do momento.
• É iminente a crise suprema: O TEMPO PRESENTE É A HORA
DA OPÇÃO.
• Mais uma vez, Deus oferece uma oportunidade, ultima chance
de arrependimento e decisão.
- É Como se fosse uma Lei marcial, emanada na fase final e
decisiva de uma grande Guerra mundial.
- O Sermão da Montanha é dirigido a pessoas que tem
consciência de estarem aos pés duma muralha condenada, que
ameaça cair sobre eles a qualquer instante, as pessoas que
estão na situação do moribundo que não tem mais que alguns
minutos de vida.
Sermão da Montanha
1
www.duvidacatolica.blogspot.com.br
- As palavras do Sermão da Montanha, é um apelo ao esforço
supremo antes da catástrofe; convidam, pela ultima vez, a penitência,
antes do fim.
- Por ser tão critica a situação, Jesus exige dos seus que eles
destruam todas as pontes atrás de si, não devem ter mais nenhuma
ligação com o mundo: “Que os mortos sepultem os Mortos!”
- Nesta situação apocalíptica, de nada adianta possuir bens; para não
nos tornar prisioneiros deles; o discípulo deve praticar o desapego.
- Até mesmo o direito de autodefesa, nesta hora derradeira deve ser
abandonado-(Mateus 5,38s).
- Nesta hora, Jesus exige o Dom de Si sem precedentes, que chega
ao amor aos inimigos.
- Tudo isso são mandamentos heroicos, válidos apenas para o curto
período que separa o fim e que requer sacrifícios inauditos.
- O “Sermão da Montanha” representa uma “Ética de emergência”.
O Sermão da Montanha - Jeremias.
Sermão da Montanha
2
www.duvidacatolica.blogspot.com.br
MATEUS 5
1.Jesus subiu a montanha... 2.Então abriu a boca e ensinava:
Sermão da Montanha
Mateus 5
3
www.duvidacatolica.blogspot.com.br
www.duvidacatolica.blogspot.com.br
4
3.Bem aventurados os
pobres de coração,
porque deles É o reino dos
céus.
SERMÃO DA MONTANHA
MATEUS 5
www.duvidacatolica.blogspot.com.br
5
4.Bem aventurados os que
choram,
porque serão consolados.
SERMÃO DA MONTANHA
MATEUS 5
www.duvidacatolica.blogspot.com.br
6
5.Bem aventurados os
mansos,
porque possuirão a terra.
SERMÃO DA MONTANHA
MATEUS 5
www.duvidacatolica.blogspot.com.br
7
6.Bem aventurados os que
tem fome e sede de justiça,
porque serão saciados.
SERMÃO DA MONTANHA
MATEUS 5
www.duvidacatolica.blogspot.com.br
8
7.Bem aventurados os
misericordiosos,
porque alcançarão
misericórdia.
SERMÃO DA MONTANHA
MATEUS 5
www.duvidacatolica.blogspot.com.br
9
8.Bem aventurados os
puros de coração,
porque verão a Deus.
SERMÃO DA MONTANHA
MATEUS 5
www.duvidacatolica.blogspot.com.br
10
SERMÃO DA MONTANHA
MATEUS 5
9.Bem aventurados os que
promovem a paz,
porque serão chamados
filhos de Deus.
www.duvidacatolica.blogspot.com.br
11
porque deles é o Reino dos
céus.
8.BEM AVENTURADOS OS PUROS DE
CORAÇÃO,
SERMÃO DA MONTANHA
MATEUS 5
10.Bem aventurados os que são
perseguidos por causa da justiça,
www.duvidacatolica.blogspot.com.br
12
11.Bem aventurados sereis
quando vos caluniarem,
quando vos perseguirem e
disserem falsamente todo o mal
contra vós por causa de mim.
12.Alegrai-vos e exultai,
porque será grande a vossa
recompensa nos céus, pois
assim perseguiram os
profetas que vieram antes de
vós.
SERMÃO DA MONTANHA
MATEUS 5
www.duvidacatolica.blogspot.com.br
13
13.Vós sois o sal da terra. 14.Vós sois a luz do mundo.
SERMÃO DA MONTANHA
MATEUS 5
www.duvidacatolica.blogspot.com.br
14
17.Não julgueis que vim
abolir a Lei e o profetas.
18.Em verdade vos digo:
• * Aquele que violar um
destes Mandamentos, e
ensinar assim os
homens, será declarado
menor no Reino dos
céus.
• * Aquele que os guardar
e ensinar será
declarado grande no
Reino dos céus.
SERMÃO DA MONTANHA
MATEUS 5
www.duvidacatolica.blogspot.com.br
15
21.Ouvistes o que foi dito:
“Não matarás”, mas quem
matar será castigado pelo
juízo do tribunal.
22.Mas Eu vos digo:
Todo aquele que se irar
com seu irmão será
castigado pelos juízes...
Entra em acordo com seu
adversário enquanto está
a caminho com ele.
SERMÃO DA MONTANHA
MATEUS 5
www.duvidacatolica.blogspot.com.br
16
27.Ouvistes o que foi dito:
“Não cometerás adultério”.
28.Eu porém vos digo:
Todo aquele que lançar um
olhar de cobiça para uma
mulher, já adulterou com
ela em seu coração.
SERMÃO DA MONTANHA
MATEUS 5
www.duvidacatolica.blogspot.com.br
17
31.Foi também dito:
“Todo aquele que rejeitar
sua mulher, dê-lhe carta de
divórcio”.
32.Eu, porém, vos digo:
Todo aquele que rejeita
sua mulher, a faz tornar-se
adúltera... e todo aquele
que desposa uma mulher
rejeitada comete um
adultério.
SERMÃO DA MONTANHA
MATEUS 5
www.duvidacatolica.blogspot.com.br
18
33.Ouvistes o que foi dito:
“Não jurarás falso, mas
cumprirás para com o
Senhor os teus
juramentos”
34.Eu, porém, vos digo:
Não jureis de modo
algum, nem pelo céu,
porque é trono de Deus;
nem pela terra, porque é
o escabelo de seus pés...
Dizei somente: „sim‟ se é
„sim‟; „não‟ , se é „não‟.
Tudo o que passa além
disto vem do maligno.
SERMÃO DA MONTANHA
MATEUS 5
www.duvidacatolica.blogspot.com.br
19
38.Tendes ouvido:
“Olho por olho, dente por
dente”
39.Eu, porém, vos digo:
Não resistais ao mal.
Se alguém te ferir a face
direita, oferece-lhe
também a outra...
SERMÃO DA MONTANHA
MATEUS 5
ENTE”
www.duvidacatolica.blogspot.com.br
20
43.Tendes ouvido:
“Amarás o teu próximo e
poderás odiar teu inimigo”
44.Eu, porém, vos digo:
Amai os vossos inimigos,
fazei bem aos que vos
odeiam, orai pelos que
vos perseguem...
Se amais somente os que
vos amam, que
recompensa tereis, que
fazes de extraordinário?
Não fazem assim os
publicanos e pagãos?
Sede perfeitos , assim
como vosso Pai celeste,
é perfeito.
SERMÃO DA MONTANHA
MATEUS 5

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Felicidade e Liberdade - Youcat School (Comunidade Oásis)
Felicidade e Liberdade - Youcat School (Comunidade Oásis)Felicidade e Liberdade - Youcat School (Comunidade Oásis)
Felicidade e Liberdade - Youcat School (Comunidade Oásis)
Comunidade Católica Oásis
 
Roteiro homilético do 6.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 15.02.2015...
Roteiro homilético do 6.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 15.02.2015...Roteiro homilético do 6.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 15.02.2015...
Roteiro homilético do 6.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 15.02.2015...
José Luiz Silva Pinto
 
Lição 02 | O batismo e as tentações | Escola Sabatina | Power point
Lição 02 | O batismo e as tentações | Escola Sabatina | Power pointLição 02 | O batismo e as tentações | Escola Sabatina | Power point
Lição 02 | O batismo e as tentações | Escola Sabatina | Power point
jespadill
 
Lição 02 ester
Lição 02 esterLição 02 ester
2014 2 TRI LIÇÃO 10 - O MINISTÉRIO DE MESTRE OU DOUTOR
2014 2 TRI LIÇÃO 10 - O MINISTÉRIO DE MESTRE OU DOUTOR2014 2 TRI LIÇÃO 10 - O MINISTÉRIO DE MESTRE OU DOUTOR
2014 2 TRI LIÇÃO 10 - O MINISTÉRIO DE MESTRE OU DOUTOR
Natalino das Neves Neves
 
LIÇÃO 10- O MINISTÉRIO DE MESTRE OU DOUTOR
LIÇÃO 10- O MINISTÉRIO DE MESTRE OU DOUTORLIÇÃO 10- O MINISTÉRIO DE MESTRE OU DOUTOR
LIÇÃO 10- O MINISTÉRIO DE MESTRE OU DOUTOR
Alexsandro Martins
 
O Sermão da Montanha
O Sermão da MontanhaO Sermão da Montanha
O Sermão da Montanha
Igreja Bíblica da Confissão
 
Cateq pt 15
Cateq pt 15Cateq pt 15
Cateq pt 15
Cursos Católicos
 
lição 4 A tentação de Jesus
lição 4  A tentação de Jesuslição 4  A tentação de Jesus
lição 4 A tentação de Jesus
antonio vieira
 
A Nova AliançA De Cristo
A Nova AliançA De CristoA Nova AliançA De Cristo
A Nova AliançA De Cristo
DimensaoCatolica
 
Mateus 005
Mateus   005Mateus   005
Mateus 005
Marcos Nori
 
Roteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano a – 09.02.2014 – verde...
Roteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano a – 09.02.2014 – verde...Roteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano a – 09.02.2014 – verde...
Roteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano a – 09.02.2014 – verde...
José Luiz Silva Pinto
 
As Bem-Aventuranças - Sermão do Monte
As Bem-Aventuranças - Sermão do MonteAs Bem-Aventuranças - Sermão do Monte
As Bem-Aventuranças - Sermão do Monte
Mensageiros De Luz
 
Roteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano c
Roteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano cRoteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano c
Roteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano c
José Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético do 4.º domingo do tempo comum ano c
Roteiro homilético do 4.º domingo do tempo comum  ano cRoteiro homilético do 4.º domingo do tempo comum  ano c
Roteiro homilético do 4.º domingo do tempo comum ano c
José Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético do 3.º domingo do tempo comum – ano c
Roteiro homilético do 3.º domingo do tempo comum – ano cRoteiro homilético do 3.º domingo do tempo comum – ano c
Roteiro homilético do 3.º domingo do tempo comum – ano c
José Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético do 9.º domingo do tempo comum ano c
Roteiro homilético do 9.º domingo do tempo comum   ano cRoteiro homilético do 9.º domingo do tempo comum   ano c
Roteiro homilético do 9.º domingo do tempo comum ano c
José Luiz Silva Pinto
 
O sermão da montanha ( Leonardo Pereira
O sermão da montanha ( Leonardo Pereira O sermão da montanha ( Leonardo Pereira
O sermão da montanha ( Leonardo Pereira
Leonardo Pereira
 
Roteiro para Estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo
Roteiro para Estudo do Evangelho Segundo o EspiritismoRoteiro para Estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo
Roteiro para Estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo
Movimento da Fraternidade
 
Sermão da montanha
Sermão da montanhaSermão da montanha
Sermão da montanha
Graça Maciel
 

Destaque (20)

Felicidade e Liberdade - Youcat School (Comunidade Oásis)
Felicidade e Liberdade - Youcat School (Comunidade Oásis)Felicidade e Liberdade - Youcat School (Comunidade Oásis)
Felicidade e Liberdade - Youcat School (Comunidade Oásis)
 
Roteiro homilético do 6.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 15.02.2015...
Roteiro homilético do 6.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 15.02.2015...Roteiro homilético do 6.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 15.02.2015...
Roteiro homilético do 6.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 15.02.2015...
 
Lição 02 | O batismo e as tentações | Escola Sabatina | Power point
Lição 02 | O batismo e as tentações | Escola Sabatina | Power pointLição 02 | O batismo e as tentações | Escola Sabatina | Power point
Lição 02 | O batismo e as tentações | Escola Sabatina | Power point
 
Lição 02 ester
Lição 02 esterLição 02 ester
Lição 02 ester
 
2014 2 TRI LIÇÃO 10 - O MINISTÉRIO DE MESTRE OU DOUTOR
2014 2 TRI LIÇÃO 10 - O MINISTÉRIO DE MESTRE OU DOUTOR2014 2 TRI LIÇÃO 10 - O MINISTÉRIO DE MESTRE OU DOUTOR
2014 2 TRI LIÇÃO 10 - O MINISTÉRIO DE MESTRE OU DOUTOR
 
LIÇÃO 10- O MINISTÉRIO DE MESTRE OU DOUTOR
LIÇÃO 10- O MINISTÉRIO DE MESTRE OU DOUTORLIÇÃO 10- O MINISTÉRIO DE MESTRE OU DOUTOR
LIÇÃO 10- O MINISTÉRIO DE MESTRE OU DOUTOR
 
O Sermão da Montanha
O Sermão da MontanhaO Sermão da Montanha
O Sermão da Montanha
 
Cateq pt 15
Cateq pt 15Cateq pt 15
Cateq pt 15
 
lição 4 A tentação de Jesus
lição 4  A tentação de Jesuslição 4  A tentação de Jesus
lição 4 A tentação de Jesus
 
A Nova AliançA De Cristo
A Nova AliançA De CristoA Nova AliançA De Cristo
A Nova AliançA De Cristo
 
Mateus 005
Mateus   005Mateus   005
Mateus 005
 
Roteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano a – 09.02.2014 – verde...
Roteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano a – 09.02.2014 – verde...Roteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano a – 09.02.2014 – verde...
Roteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano a – 09.02.2014 – verde...
 
As Bem-Aventuranças - Sermão do Monte
As Bem-Aventuranças - Sermão do MonteAs Bem-Aventuranças - Sermão do Monte
As Bem-Aventuranças - Sermão do Monte
 
Roteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano c
Roteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano cRoteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano c
Roteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano c
 
Roteiro homilético do 4.º domingo do tempo comum ano c
Roteiro homilético do 4.º domingo do tempo comum  ano cRoteiro homilético do 4.º domingo do tempo comum  ano c
Roteiro homilético do 4.º domingo do tempo comum ano c
 
Roteiro homilético do 3.º domingo do tempo comum – ano c
Roteiro homilético do 3.º domingo do tempo comum – ano cRoteiro homilético do 3.º domingo do tempo comum – ano c
Roteiro homilético do 3.º domingo do tempo comum – ano c
 
Roteiro homilético do 9.º domingo do tempo comum ano c
Roteiro homilético do 9.º domingo do tempo comum   ano cRoteiro homilético do 9.º domingo do tempo comum   ano c
Roteiro homilético do 9.º domingo do tempo comum ano c
 
O sermão da montanha ( Leonardo Pereira
O sermão da montanha ( Leonardo Pereira O sermão da montanha ( Leonardo Pereira
O sermão da montanha ( Leonardo Pereira
 
Roteiro para Estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo
Roteiro para Estudo do Evangelho Segundo o EspiritismoRoteiro para Estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo
Roteiro para Estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo
 
Sermão da montanha
Sermão da montanhaSermão da montanha
Sermão da montanha
 

Mais de JP Sanita

Sermão da Montanha, Mateus 7
Sermão da Montanha, Mateus 7Sermão da Montanha, Mateus 7
Sermão da Montanha, Mateus 7
JP Sanita
 
Sermão da Montanha, Mateus 6
Sermão da Montanha, Mateus 6Sermão da Montanha, Mateus 6
Sermão da Montanha, Mateus 6
JP Sanita
 
Catecismo Igreja Católica, diário 04.2014
Catecismo Igreja Católica, diário 04.2014Catecismo Igreja Católica, diário 04.2014
Catecismo Igreja Católica, diário 04.2014
JP Sanita
 
Catecismo da igreja católica, indice 4ª parte
Catecismo da igreja católica, indice 4ª parteCatecismo da igreja católica, indice 4ª parte
Catecismo da igreja católica, indice 4ª parte
JP Sanita
 
Catecismo da Igreja Católica, prólogo
Catecismo da Igreja Católica, prólogoCatecismo da Igreja Católica, prólogo
Catecismo da Igreja Católica, prólogo
JP Sanita
 
Catecismo da Igreja Católica, diário 02.2014
Catecismo da Igreja Católica, diário 02.2014Catecismo da Igreja Católica, diário 02.2014
Catecismo da Igreja Católica, diário 02.2014
JP Sanita
 
Catecismo da Igreja Católica, diário 01.2014
Catecismo da Igreja Católica, diário 01.2014Catecismo da Igreja Católica, diário 01.2014
Catecismo da Igreja Católica, diário 01.2014
JP Sanita
 
Ano litúrgico 2014
Ano litúrgico 2014Ano litúrgico 2014
Ano litúrgico 2014
JP Sanita
 
Catecismo da igreja católica, indice rápido
Catecismo da igreja católica, indice rápidoCatecismo da igreja católica, indice rápido
Catecismo da igreja católica, indice rápido
JP Sanita
 
Catecismo da igreja católica, indice rápido
Catecismo da igreja católica, indice rápidoCatecismo da igreja católica, indice rápido
Catecismo da igreja católica, indice rápido
JP Sanita
 
Ano da fé
Ano da féAno da fé
Ano da fé
JP Sanita
 
Credo Católico
Credo CatólicoCredo Católico
Credo Católico
JP Sanita
 

Mais de JP Sanita (12)

Sermão da Montanha, Mateus 7
Sermão da Montanha, Mateus 7Sermão da Montanha, Mateus 7
Sermão da Montanha, Mateus 7
 
Sermão da Montanha, Mateus 6
Sermão da Montanha, Mateus 6Sermão da Montanha, Mateus 6
Sermão da Montanha, Mateus 6
 
Catecismo Igreja Católica, diário 04.2014
Catecismo Igreja Católica, diário 04.2014Catecismo Igreja Católica, diário 04.2014
Catecismo Igreja Católica, diário 04.2014
 
Catecismo da igreja católica, indice 4ª parte
Catecismo da igreja católica, indice 4ª parteCatecismo da igreja católica, indice 4ª parte
Catecismo da igreja católica, indice 4ª parte
 
Catecismo da Igreja Católica, prólogo
Catecismo da Igreja Católica, prólogoCatecismo da Igreja Católica, prólogo
Catecismo da Igreja Católica, prólogo
 
Catecismo da Igreja Católica, diário 02.2014
Catecismo da Igreja Católica, diário 02.2014Catecismo da Igreja Católica, diário 02.2014
Catecismo da Igreja Católica, diário 02.2014
 
Catecismo da Igreja Católica, diário 01.2014
Catecismo da Igreja Católica, diário 01.2014Catecismo da Igreja Católica, diário 01.2014
Catecismo da Igreja Católica, diário 01.2014
 
Ano litúrgico 2014
Ano litúrgico 2014Ano litúrgico 2014
Ano litúrgico 2014
 
Catecismo da igreja católica, indice rápido
Catecismo da igreja católica, indice rápidoCatecismo da igreja católica, indice rápido
Catecismo da igreja católica, indice rápido
 
Catecismo da igreja católica, indice rápido
Catecismo da igreja católica, indice rápidoCatecismo da igreja católica, indice rápido
Catecismo da igreja católica, indice rápido
 
Ano da fé
Ano da féAno da fé
Ano da fé
 
Credo Católico
Credo CatólicoCredo Católico
Credo Católico
 

Último

JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
JonasRibeiro61
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
ESCRIBA DE CRISTO
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Nilson Almeida
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
AlessandroSanches8
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 

Último (16)

JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 

Sermão da Montanha, Mateus 5

  • 1. - O que Jesus prega não é uma moral do progresso a longo prazo: • Suas exigências se fundam na terrível gravidade do momento. • É iminente a crise suprema: O TEMPO PRESENTE É A HORA DA OPÇÃO. • Mais uma vez, Deus oferece uma oportunidade, ultima chance de arrependimento e decisão. - É Como se fosse uma Lei marcial, emanada na fase final e decisiva de uma grande Guerra mundial. - O Sermão da Montanha é dirigido a pessoas que tem consciência de estarem aos pés duma muralha condenada, que ameaça cair sobre eles a qualquer instante, as pessoas que estão na situação do moribundo que não tem mais que alguns minutos de vida. Sermão da Montanha 1 www.duvidacatolica.blogspot.com.br
  • 2. - As palavras do Sermão da Montanha, é um apelo ao esforço supremo antes da catástrofe; convidam, pela ultima vez, a penitência, antes do fim. - Por ser tão critica a situação, Jesus exige dos seus que eles destruam todas as pontes atrás de si, não devem ter mais nenhuma ligação com o mundo: “Que os mortos sepultem os Mortos!” - Nesta situação apocalíptica, de nada adianta possuir bens; para não nos tornar prisioneiros deles; o discípulo deve praticar o desapego. - Até mesmo o direito de autodefesa, nesta hora derradeira deve ser abandonado-(Mateus 5,38s). - Nesta hora, Jesus exige o Dom de Si sem precedentes, que chega ao amor aos inimigos. - Tudo isso são mandamentos heroicos, válidos apenas para o curto período que separa o fim e que requer sacrifícios inauditos. - O “Sermão da Montanha” representa uma “Ética de emergência”. O Sermão da Montanha - Jeremias. Sermão da Montanha 2 www.duvidacatolica.blogspot.com.br
  • 3. MATEUS 5 1.Jesus subiu a montanha... 2.Então abriu a boca e ensinava: Sermão da Montanha Mateus 5 3 www.duvidacatolica.blogspot.com.br
  • 4. www.duvidacatolica.blogspot.com.br 4 3.Bem aventurados os pobres de coração, porque deles É o reino dos céus. SERMÃO DA MONTANHA MATEUS 5
  • 5. www.duvidacatolica.blogspot.com.br 5 4.Bem aventurados os que choram, porque serão consolados. SERMÃO DA MONTANHA MATEUS 5
  • 6. www.duvidacatolica.blogspot.com.br 6 5.Bem aventurados os mansos, porque possuirão a terra. SERMÃO DA MONTANHA MATEUS 5
  • 7. www.duvidacatolica.blogspot.com.br 7 6.Bem aventurados os que tem fome e sede de justiça, porque serão saciados. SERMÃO DA MONTANHA MATEUS 5
  • 8. www.duvidacatolica.blogspot.com.br 8 7.Bem aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia. SERMÃO DA MONTANHA MATEUS 5
  • 9. www.duvidacatolica.blogspot.com.br 9 8.Bem aventurados os puros de coração, porque verão a Deus. SERMÃO DA MONTANHA MATEUS 5
  • 10. www.duvidacatolica.blogspot.com.br 10 SERMÃO DA MONTANHA MATEUS 5 9.Bem aventurados os que promovem a paz, porque serão chamados filhos de Deus.
  • 11. www.duvidacatolica.blogspot.com.br 11 porque deles é o Reino dos céus. 8.BEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃO, SERMÃO DA MONTANHA MATEUS 5 10.Bem aventurados os que são perseguidos por causa da justiça,
  • 12. www.duvidacatolica.blogspot.com.br 12 11.Bem aventurados sereis quando vos caluniarem, quando vos perseguirem e disserem falsamente todo o mal contra vós por causa de mim. 12.Alegrai-vos e exultai, porque será grande a vossa recompensa nos céus, pois assim perseguiram os profetas que vieram antes de vós. SERMÃO DA MONTANHA MATEUS 5
  • 13. www.duvidacatolica.blogspot.com.br 13 13.Vós sois o sal da terra. 14.Vós sois a luz do mundo. SERMÃO DA MONTANHA MATEUS 5
  • 14. www.duvidacatolica.blogspot.com.br 14 17.Não julgueis que vim abolir a Lei e o profetas. 18.Em verdade vos digo: • * Aquele que violar um destes Mandamentos, e ensinar assim os homens, será declarado menor no Reino dos céus. • * Aquele que os guardar e ensinar será declarado grande no Reino dos céus. SERMÃO DA MONTANHA MATEUS 5
  • 15. www.duvidacatolica.blogspot.com.br 15 21.Ouvistes o que foi dito: “Não matarás”, mas quem matar será castigado pelo juízo do tribunal. 22.Mas Eu vos digo: Todo aquele que se irar com seu irmão será castigado pelos juízes... Entra em acordo com seu adversário enquanto está a caminho com ele. SERMÃO DA MONTANHA MATEUS 5
  • 16. www.duvidacatolica.blogspot.com.br 16 27.Ouvistes o que foi dito: “Não cometerás adultério”. 28.Eu porém vos digo: Todo aquele que lançar um olhar de cobiça para uma mulher, já adulterou com ela em seu coração. SERMÃO DA MONTANHA MATEUS 5
  • 17. www.duvidacatolica.blogspot.com.br 17 31.Foi também dito: “Todo aquele que rejeitar sua mulher, dê-lhe carta de divórcio”. 32.Eu, porém, vos digo: Todo aquele que rejeita sua mulher, a faz tornar-se adúltera... e todo aquele que desposa uma mulher rejeitada comete um adultério. SERMÃO DA MONTANHA MATEUS 5
  • 18. www.duvidacatolica.blogspot.com.br 18 33.Ouvistes o que foi dito: “Não jurarás falso, mas cumprirás para com o Senhor os teus juramentos” 34.Eu, porém, vos digo: Não jureis de modo algum, nem pelo céu, porque é trono de Deus; nem pela terra, porque é o escabelo de seus pés... Dizei somente: „sim‟ se é „sim‟; „não‟ , se é „não‟. Tudo o que passa além disto vem do maligno. SERMÃO DA MONTANHA MATEUS 5
  • 19. www.duvidacatolica.blogspot.com.br 19 38.Tendes ouvido: “Olho por olho, dente por dente” 39.Eu, porém, vos digo: Não resistais ao mal. Se alguém te ferir a face direita, oferece-lhe também a outra... SERMÃO DA MONTANHA MATEUS 5
  • 20. ENTE” www.duvidacatolica.blogspot.com.br 20 43.Tendes ouvido: “Amarás o teu próximo e poderás odiar teu inimigo” 44.Eu, porém, vos digo: Amai os vossos inimigos, fazei bem aos que vos odeiam, orai pelos que vos perseguem... Se amais somente os que vos amam, que recompensa tereis, que fazes de extraordinário? Não fazem assim os publicanos e pagãos? Sede perfeitos , assim como vosso Pai celeste, é perfeito. SERMÃO DA MONTANHA MATEUS 5