SlideShare uma empresa Scribd logo
1
TIRE SAFETY
SEGURANÇA DOS PNEUS
SAFETY is the number 1 value of the company!!!
Louis Raspino, President & CEO
2
1
A maioria de nós
operamos veículos
diariamente e quase
nunca prestamos atenção
a uma das mais
importantes partes do
veículo, os pneus
TIRE SAFETY
SEGURANÇA DOS PNEUS
3
Infelizmente, a maioria de
nós só mudará este mau
hábito quando já for tarde
demais.
TIRE SAFETY
SEGURANÇA DOS PNEUS
4
Sabia que os pneus caducam 4 anos
depois de data de fabrico e esta data
está estampada no lado do pneu?
TIRE SAFETY
SEGURANÇA DOS PNEUS
É fácil descobrir qual é a data
de validade de um pneu, basta
verificar o lado do pneu que
vai encontrar um número
impresso de 4 dígitos, isso
indica a semana e o ano em
que foi fabricado, a data de
validade é de 4 anos depois.
TIRE SAFETY
SEGURANÇA DOS PNEUS
6
Este numero indica que o pneu foi
fabricado na 7a. Semana de 2007 o que
é o mesmo que Fevereiro de 2007, isto
significa que tem data de validade até
Fevereiro de 2011
0 7 0 70 7 0 7
7a. Semana do ano “ Fevereiro” Ano de fabrico 2007
TIRE SAFETY
SEGURANÇA DOS PNEUS
7
Se utilizamos pneus caducados, é possível que
estes rebentem e o resultado pode ser um
acidente muito grave, inclusive fatal, seria um
bom hábito inspeccionar os pneus para verificar
se ainda não passaram a sua data de validade.
TIRE SAFETY
SEGURANÇA DOS PNEUS
8
Outro ponto importante que nos escapa muitas
vezes é o enchimento dos pneus, a maior parte
das estações de serviço calibram os pneus para 28
PSI e se souberem que vai apenas andar em
estrada, em muitos casos baixam a pressão para
24-26 PSI afirmando que vão “aquecer na estrada e
a pressão subirá” NÃO O PERMITA
TIRE SAFETY
SEGURANÇA DOS PNEUS
9
Na lateral do pneu, encontramos o valor máximo
admissível para a pressão, alguns pneus têm apenas
capacidade para a pressão máxima de 32 PSI, outros são
projectados para 44 PSI e alguns mesmo 50 PSI. Verifique
os pneus para ver qual é a máxima pressão que suportam
e é uma prática aceitável manter a pressão ligeiramente
abaixo desse valor.
TIRE SAFETY
SEGURANÇA DOS PNEUS
10
MAX PRESS ACEITÁVEL
32 PSI 28 PSI
44 PSI 35 PSI
50 PSI 44 PSI
Diferentes pneus são
projectados para diferentes
pressões, você pode encontrar
o valor máximo de pressão
dos pneus num pequeno
número próximo à jante sobre
um dos lados do pneu, nunca
poderá ultrapassar esta
pressão
(44 psi) MAX PRESS
TIRE SAFETY
SEGURANÇA DOS PNEUS
11
Uma pressão inferior ao recomendado faz
aumentar a temperatura do pneu. Através de
fotografias de infravermelhos obtidas em
pneus a alta velocidade, verifica-se que o
calor que produzirá danos aumenta na
medida que a pressão do pneu diminui.
Baseado em Pneus tamanho P235/75/R15
PERIGO!!
O calor excesivo
danifica os pneus
TIRE SAFETY
SEGURANÇA DOS PNEUS
12
Outro ponto importante a considerar
é a carga a que submetemos os
nossos pneus, muitas vezes
sobrecarregamos os veículos sem
prestar atenção ao esforço que isto
representa para os pneus, ao exceder
a capacidade máxima de carga pode
resultar na falha do mesmo e causar
um acidente
TIRE SAFETY
SEGURANÇA DOS PNEUS
13
Máxima Capacidade de Carga por PneuMáxima Capacidade de Carga por Pneu
A tabela mostra o
índice de carga e a
máxima capacidade
de carga por pneu
em libras e quilos.
TIRE SAFETY
SEGURANÇA DOS PNEUS
14
Load index 109 maximum load capacity 2271 lbs 1030 kg.
Índice de Carga 109 máxima capacidade de carga 2271 lbs. 1030 kg.
TIRE SAFETY
SEGURANÇA DOS PNEUS
15
A velocidade para que
um pneu que foi
projectado é indicada
por uma letra ao lado
do índice de carga, a
tabela mostra a gama
de velocidade em Km/h
e MPH
TIRE SAFETY
SEGURANÇA DOS PNEUS
16
Muitos de nós já compramos pneus
no passado e, quando nos
perguntam de que tamanho
queremos, socorremo-nos do pneu
velho para obter essa informação,
mas que significam esses números?
TIRE SAFETY
SEGURANÇA DOS PNEUS
17
P 265 / 60 R 18
Pneu para veículo de passageiros Largura do pneu em milímetros
Radial Tire
Pneu Radial
Relação da altura com a
largura do pneu, 60% da
largura neste caso
18 Inch Wheel
Jante de 18 Polegadas
TIRE SAFETY
SEGURANÇA DOS PNEUS
18
RESISTENCIA À TEMPERATURA / TEMPERATURE RESISTANCE
As letras indicarão a resistência de
um pneu ao calor. Estas classificam-
se do mas alto para o mais baixo tal
como A, B ou C
Simbolo
Symbol Area
A
Hot area
Area Quente
B
Normal Area
Area Normal
C
Cold Area
Area Fria
TIRE SAFETY
SEGURANÇA DOS PNEUS
19
TRACTION / TRACÇÃO
A tracção é a capacidade de um pneu para parar em pavimento
molhado. Um pneu de maior graduação deverá permitir uma maior
capacidade de parar o veículo numa via molhada, numa distância menor
do que um pneu de um menor grau.. A tracção está classificada do mais
alto para o mais baixo como “AA”,”A”, “B” y “C”
TIRE SAFETY
SEGURANÇA DOS PNEUS
20
TREADWEAR / DESGASTE
Este numero indica o ritmo ao qual o pneu se desgasta, quanto maior
for a graduação, mais tempo levará o pneu a desgastar-se. Por
conseguinte, um pneu de graduação 400 deveria durar o dobro que
duraria um de graduação 200
TIRE SAFETY
SEGURANÇA DOS PNEUS
21
O QUE DEVEMOS SABER SOBRE OS PNEUS
• Data de fabrico
• Máxima pressão de enchimento
• Tracção
• Desgaste
• Máxima capacidade de carga x pneu
• Variação de velocidade
• Resistência à temperatura
• Tamanho do pneu
TIRE SAFETY
SEGURANÇA DOS PNEUS

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Segurança dos_pneus
 Segurança dos_pneus Segurança dos_pneus
Segurança dos_pneus
João Vitor Soares Ramos
 
Seguranã§a dos pneus
Seguranã§a dos pneusSeguranã§a dos pneus
Seguranã§a dos pneus
Atitude Profissional
 
Pedofilia
PedofiliaPedofilia
Pedofilia
hilemorfismo
 
Segurança dos pneus
Segurança dos pneusSegurança dos pneus
Segurança dos pneus
Manuel Reis
 
Segurança dos pneus
Segurança dos pneusSegurança dos pneus
Segurança dos pneus
luar55
 
Substituição de pneus de automóveis
Substituição de pneus de automóveisSubstituição de pneus de automóveis
Substituição de pneus de automóveis
LM Frotas
 
Boletim orientacao-tecnica Pneus
Boletim orientacao-tecnica PneusBoletim orientacao-tecnica Pneus
Boletim orientacao-tecnica Pneus
restinho
 
Tudo sobre os pneus
Tudo sobre os pneusTudo sobre os pneus
Tudo sobre os pneus
Rui Augusto
 
O que pneu
O que pneuO que pneu
Pneus seminario
Pneus seminarioPneus seminario
Pneus seminario
Isaias E Clara
 

Mais procurados (10)

Segurança dos_pneus
 Segurança dos_pneus Segurança dos_pneus
Segurança dos_pneus
 
Seguranã§a dos pneus
Seguranã§a dos pneusSeguranã§a dos pneus
Seguranã§a dos pneus
 
Pedofilia
PedofiliaPedofilia
Pedofilia
 
Segurança dos pneus
Segurança dos pneusSegurança dos pneus
Segurança dos pneus
 
Segurança dos pneus
Segurança dos pneusSegurança dos pneus
Segurança dos pneus
 
Substituição de pneus de automóveis
Substituição de pneus de automóveisSubstituição de pneus de automóveis
Substituição de pneus de automóveis
 
Boletim orientacao-tecnica Pneus
Boletim orientacao-tecnica PneusBoletim orientacao-tecnica Pneus
Boletim orientacao-tecnica Pneus
 
Tudo sobre os pneus
Tudo sobre os pneusTudo sobre os pneus
Tudo sobre os pneus
 
O que pneu
O que pneuO que pneu
O que pneu
 
Pneus seminario
Pneus seminarioPneus seminario
Pneus seminario
 

Destaque

DW Research: GIS riscos ambientais em Luanda, 2000
DW Research: GIS riscos ambientais em Luanda, 2000DW Research: GIS riscos ambientais em Luanda, 2000
DW Research: GIS riscos ambientais em Luanda, 2000
Development Workshop Angola
 
A Nova Luanda, capital de Angola
A Nova Luanda, capital de AngolaA Nova Luanda, capital de Angola
A Nova Luanda, capital de Angola
Oracy Filho
 
Mulheres da nossa vida
Mulheres da nossa vidaMulheres da nossa vida
Mulheres da nossa vida
Oracy Filho
 
Dissertacao fernando rinaldi
Dissertacao fernando rinaldiDissertacao fernando rinaldi
Dissertacao fernando rinaldi
joaofelipeafilhado
 
Amelia Tomé e Sabrita Velasco - Crescimento Urbano e Qualidade de Vida em Lua...
Amelia Tomé e Sabrita Velasco - Crescimento Urbano e Qualidade de Vida em Lua...Amelia Tomé e Sabrita Velasco - Crescimento Urbano e Qualidade de Vida em Lua...
Amelia Tomé e Sabrita Velasco - Crescimento Urbano e Qualidade de Vida em Lua...
Development Workshop Angola
 
Escola antiga
Escola antigaEscola antiga
Escola antiga
escolajoseaniceto
 
Objetos escolares antigos
Objetos escolares antigosObjetos escolares antigos
Cesaltina Abreu - Espaços e Sociabilidades em Luanda, DW Debate 05/12/2014
Cesaltina Abreu - Espaços e Sociabilidades em Luanda, DW Debate 05/12/2014Cesaltina Abreu - Espaços e Sociabilidades em Luanda, DW Debate 05/12/2014
Cesaltina Abreu - Espaços e Sociabilidades em Luanda, DW Debate 05/12/2014
Development Workshop Angola
 
Ilídio Daio - Estratégia de Urbanização dos Musseques em Luanda, 12 de Abril ...
Ilídio Daio - Estratégia de Urbanização dos Musseques em Luanda, 12 de Abril ...Ilídio Daio - Estratégia de Urbanização dos Musseques em Luanda, 12 de Abril ...
Ilídio Daio - Estratégia de Urbanização dos Musseques em Luanda, 12 de Abril ...
Development Workshop Angola
 
Estudo Musseque em Luanda, caso Cazenga - Weba Kirimba, 04/09/2013
Estudo Musseque em Luanda, caso Cazenga - Weba Kirimba, 04/09/2013Estudo Musseque em Luanda, caso Cazenga - Weba Kirimba, 04/09/2013
Estudo Musseque em Luanda, caso Cazenga - Weba Kirimba, 04/09/2013
Development Workshop Angola
 
Urbanização em angola; desafios e oportunidades
Urbanização em angola; desafios e oportunidadesUrbanização em angola; desafios e oportunidades
Urbanização em angola; desafios e oportunidades
Planet Earth Institute
 
Escola antigamente
Escola antigamenteEscola antigamente
Escola antigamente
Marilene Terra
 
Nostalgia
NostalgiaNostalgia
Nostalgia
Oracy Filho
 
Materiais utilizados nas Escolas de Antigamente
Materiais utilizados nas Escolas de AntigamenteMateriais utilizados nas Escolas de Antigamente
Materiais utilizados nas Escolas de Antigamente
Oracy Filho
 
Tea time (Coleção de bules de chá)
Tea time (Coleção de bules de chá)Tea time (Coleção de bules de chá)
Tea time (Coleção de bules de chá)
Oracy Filho
 
Luanda
LuandaLuanda
Luanda
guida04
 
A escola antigamente, década de 50, 60 e 70
A escola antigamente, década de 50, 60 e 70 A escola antigamente, década de 50, 60 e 70
A escola antigamente, década de 50, 60 e 70
Silas Ramos
 

Destaque (17)

DW Research: GIS riscos ambientais em Luanda, 2000
DW Research: GIS riscos ambientais em Luanda, 2000DW Research: GIS riscos ambientais em Luanda, 2000
DW Research: GIS riscos ambientais em Luanda, 2000
 
A Nova Luanda, capital de Angola
A Nova Luanda, capital de AngolaA Nova Luanda, capital de Angola
A Nova Luanda, capital de Angola
 
Mulheres da nossa vida
Mulheres da nossa vidaMulheres da nossa vida
Mulheres da nossa vida
 
Dissertacao fernando rinaldi
Dissertacao fernando rinaldiDissertacao fernando rinaldi
Dissertacao fernando rinaldi
 
Amelia Tomé e Sabrita Velasco - Crescimento Urbano e Qualidade de Vida em Lua...
Amelia Tomé e Sabrita Velasco - Crescimento Urbano e Qualidade de Vida em Lua...Amelia Tomé e Sabrita Velasco - Crescimento Urbano e Qualidade de Vida em Lua...
Amelia Tomé e Sabrita Velasco - Crescimento Urbano e Qualidade de Vida em Lua...
 
Escola antiga
Escola antigaEscola antiga
Escola antiga
 
Objetos escolares antigos
Objetos escolares antigosObjetos escolares antigos
Objetos escolares antigos
 
Cesaltina Abreu - Espaços e Sociabilidades em Luanda, DW Debate 05/12/2014
Cesaltina Abreu - Espaços e Sociabilidades em Luanda, DW Debate 05/12/2014Cesaltina Abreu - Espaços e Sociabilidades em Luanda, DW Debate 05/12/2014
Cesaltina Abreu - Espaços e Sociabilidades em Luanda, DW Debate 05/12/2014
 
Ilídio Daio - Estratégia de Urbanização dos Musseques em Luanda, 12 de Abril ...
Ilídio Daio - Estratégia de Urbanização dos Musseques em Luanda, 12 de Abril ...Ilídio Daio - Estratégia de Urbanização dos Musseques em Luanda, 12 de Abril ...
Ilídio Daio - Estratégia de Urbanização dos Musseques em Luanda, 12 de Abril ...
 
Estudo Musseque em Luanda, caso Cazenga - Weba Kirimba, 04/09/2013
Estudo Musseque em Luanda, caso Cazenga - Weba Kirimba, 04/09/2013Estudo Musseque em Luanda, caso Cazenga - Weba Kirimba, 04/09/2013
Estudo Musseque em Luanda, caso Cazenga - Weba Kirimba, 04/09/2013
 
Urbanização em angola; desafios e oportunidades
Urbanização em angola; desafios e oportunidadesUrbanização em angola; desafios e oportunidades
Urbanização em angola; desafios e oportunidades
 
Escola antigamente
Escola antigamenteEscola antigamente
Escola antigamente
 
Nostalgia
NostalgiaNostalgia
Nostalgia
 
Materiais utilizados nas Escolas de Antigamente
Materiais utilizados nas Escolas de AntigamenteMateriais utilizados nas Escolas de Antigamente
Materiais utilizados nas Escolas de Antigamente
 
Tea time (Coleção de bules de chá)
Tea time (Coleção de bules de chá)Tea time (Coleção de bules de chá)
Tea time (Coleção de bules de chá)
 
Luanda
LuandaLuanda
Luanda
 
A escola antigamente, década de 50, 60 e 70
A escola antigamente, década de 50, 60 e 70 A escola antigamente, década de 50, 60 e 70
A escola antigamente, década de 50, 60 e 70
 

Semelhante a Segurança dos Pneus

Segurança dos pneus
Segurança dos pneusSegurança dos pneus
Segurança dos pneus
Maria João Vasconcelos
 
0 segurança dos-pneus
0    segurança dos-pneus0    segurança dos-pneus
0 segurança dos-pneus
luzberto
 
Segurança dos pneus
Segurança dos pneusSegurança dos pneus
Segurança dos pneus
Marcelo Freitas
 
Segurança dos_pneus
 Segurança dos_pneus Segurança dos_pneus
Segurança dos_pneus
João Vitor Soares Ramos
 
Seguranã§a dos pneus
Seguranã§a dos pneusSeguranã§a dos pneus
Seguranã§a dos pneus
Atitude Profissional
 
Seguranã§a dos pneus
Seguranã§a dos pneusSeguranã§a dos pneus
Seguranã§a dos pneus
Atitude Profissional
 
Seguranã§a dos pneus
Seguranã§a dos pneusSeguranã§a dos pneus
Seguranã§a dos pneus
Atitude Profissional
 
Segurança Nos Pneus
Segurança Nos PneusSegurança Nos Pneus
Segurança Nos Pneus
guest986e366
 
Folheto13 pt
Folheto13 ptFolheto13 pt
Folheto13 pt
norautopt50
 
Bridgestone ferias
Bridgestone feriasBridgestone ferias
Bridgestone ferias
Point Portugal
 
Pneu
PneuPneu
Guia pneus out17
Guia pneus out17Guia pneus out17
Guia pneus out17
NorautoItalia
 
Guia-pneus-out17
Guia-pneus-out17Guia-pneus-out17
Guia-pneus-out17
NorautoItalia
 
Pneus blog
Pneus blogPneus blog
Pneus blog
v8cicloturismo
 
Revista dos Pneus no 27 setembro 2014 ano VII
Revista dos Pneus no 27 setembro 2014 ano VIIRevista dos Pneus no 27 setembro 2014 ano VII
Revista dos Pneus no 27 setembro 2014 ano VII
Luis Martins
 
A Petrobras derruba um mito
A Petrobras derruba um mitoA Petrobras derruba um mito
A Petrobras derruba um mito
Douglas Flinto
 
Segurança dos pneus
Segurança dos pneusSegurança dos pneus
Segurança dos pneus
Jupira Silva
 
Segurança dos pneus
Segurança dos pneusSegurança dos pneus
Segurança dos pneus
Regis Koga
 

Semelhante a Segurança dos Pneus (18)

Segurança dos pneus
Segurança dos pneusSegurança dos pneus
Segurança dos pneus
 
0 segurança dos-pneus
0    segurança dos-pneus0    segurança dos-pneus
0 segurança dos-pneus
 
Segurança dos pneus
Segurança dos pneusSegurança dos pneus
Segurança dos pneus
 
Segurança dos_pneus
 Segurança dos_pneus Segurança dos_pneus
Segurança dos_pneus
 
Seguranã§a dos pneus
Seguranã§a dos pneusSeguranã§a dos pneus
Seguranã§a dos pneus
 
Seguranã§a dos pneus
Seguranã§a dos pneusSeguranã§a dos pneus
Seguranã§a dos pneus
 
Seguranã§a dos pneus
Seguranã§a dos pneusSeguranã§a dos pneus
Seguranã§a dos pneus
 
Segurança Nos Pneus
Segurança Nos PneusSegurança Nos Pneus
Segurança Nos Pneus
 
Folheto13 pt
Folheto13 ptFolheto13 pt
Folheto13 pt
 
Bridgestone ferias
Bridgestone feriasBridgestone ferias
Bridgestone ferias
 
Pneu
PneuPneu
Pneu
 
Guia pneus out17
Guia pneus out17Guia pneus out17
Guia pneus out17
 
Guia-pneus-out17
Guia-pneus-out17Guia-pneus-out17
Guia-pneus-out17
 
Pneus blog
Pneus blogPneus blog
Pneus blog
 
Revista dos Pneus no 27 setembro 2014 ano VII
Revista dos Pneus no 27 setembro 2014 ano VIIRevista dos Pneus no 27 setembro 2014 ano VII
Revista dos Pneus no 27 setembro 2014 ano VII
 
A Petrobras derruba um mito
A Petrobras derruba um mitoA Petrobras derruba um mito
A Petrobras derruba um mito
 
Segurança dos pneus
Segurança dos pneusSegurança dos pneus
Segurança dos pneus
 
Segurança dos pneus
Segurança dos pneusSegurança dos pneus
Segurança dos pneus
 

Mais de Oracy Filho

Museu de penicos
Museu de penicos Museu de penicos
Museu de penicos
Oracy Filho
 
As belezas do Pantanal Mato-grossense - Brasil
As belezas do Pantanal Mato-grossense - BrasilAs belezas do Pantanal Mato-grossense - Brasil
As belezas do Pantanal Mato-grossense - BrasilOracy Filho
 
Evolucão do Ábaco ao Computador
Evolucão do Ábaco ao ComputadorEvolucão do Ábaco ao Computador
Evolucão do Ábaco ao Computador
Oracy Filho
 
O sofrimento de Renoir
O sofrimento de RenoirO sofrimento de Renoir
O sofrimento de Renoir
Oracy Filho
 
Aeronautas & aeronaves - A história da aviação
Aeronautas & aeronaves - A história da aviaçãoAeronautas & aeronaves - A história da aviação
Aeronautas & aeronaves - A história da aviação
Oracy Filho
 
Emigrazione italiana
Emigrazione italiana Emigrazione italiana
Emigrazione italiana
Oracy Filho
 
Convento de mafra
Convento de mafraConvento de mafra
Convento de mafra
Oracy Filho
 
Auto & Technik MUSEUM SINSHEIM
Auto & Technik MUSEUM SINSHEIMAuto & Technik MUSEUM SINSHEIM
Auto & Technik MUSEUM SINSHEIM
Oracy Filho
 
Literatura e Arte
Literatura e ArteLiteratura e Arte
Literatura e ArteOracy Filho
 
Montage de la Tour Eiffel
Montage de la Tour Eiffel Montage de la Tour Eiffel
Montage de la Tour Eiffel
Oracy Filho
 
Bazar egípcio
Bazar egípcioBazar egípcio
Bazar egípcio
Oracy Filho
 
As mais lindas bibliotecas do planeta
As mais lindas bibliotecas do planetaAs mais lindas bibliotecas do planeta
As mais lindas bibliotecas do planeta
Oracy Filho
 
A história do bondinho do Pão de Açúcar - Rio de Janeiro
A história do bondinho do Pão de Açúcar - Rio de JaneiroA história do bondinho do Pão de Açúcar - Rio de Janeiro
A história do bondinho do Pão de Açúcar - Rio de Janeiro
Oracy Filho
 
Castelos de Portugal
Castelos de PortugalCastelos de Portugal
Castelos de Portugal
Oracy Filho
 
Exposição do Centenário da Abertura dos Portos no Rio de Janeiro 1908
Exposição do Centenário da Abertura dos Portos no Rio de Janeiro 1908Exposição do Centenário da Abertura dos Portos no Rio de Janeiro 1908
Exposição do Centenário da Abertura dos Portos no Rio de Janeiro 1908
Oracy Filho
 
NO JAPÃO, ASILO PARA CÃES GUIAS APOSENTADOS - Sapporo retirementhomefordogs
NO JAPÃO, ASILO PARA CÃES GUIAS APOSENTADOS - Sapporo retirementhomefordogsNO JAPÃO, ASILO PARA CÃES GUIAS APOSENTADOS - Sapporo retirementhomefordogs
NO JAPÃO, ASILO PARA CÃES GUIAS APOSENTADOS - Sapporo retirementhomefordogs
Oracy Filho
 
Museu Walter P. Chrysler
Museu Walter P. ChryslerMuseu Walter P. Chrysler
Museu Walter P. Chrysler
Oracy Filho
 
Pinturas de Rob Gonsalves
Pinturas de Rob GonsalvesPinturas de Rob Gonsalves
Pinturas de Rob Gonsalves
Oracy Filho
 
Frescos ou Murais
Frescos ou MuraisFrescos ou Murais
Frescos ou Murais
Oracy Filho
 
A Cidade Subterrânea de Derinkuyu
A Cidade Subterrânea de DerinkuyuA Cidade Subterrânea de Derinkuyu
A Cidade Subterrânea de Derinkuyu
Oracy Filho
 

Mais de Oracy Filho (20)

Museu de penicos
Museu de penicos Museu de penicos
Museu de penicos
 
As belezas do Pantanal Mato-grossense - Brasil
As belezas do Pantanal Mato-grossense - BrasilAs belezas do Pantanal Mato-grossense - Brasil
As belezas do Pantanal Mato-grossense - Brasil
 
Evolucão do Ábaco ao Computador
Evolucão do Ábaco ao ComputadorEvolucão do Ábaco ao Computador
Evolucão do Ábaco ao Computador
 
O sofrimento de Renoir
O sofrimento de RenoirO sofrimento de Renoir
O sofrimento de Renoir
 
Aeronautas & aeronaves - A história da aviação
Aeronautas & aeronaves - A história da aviaçãoAeronautas & aeronaves - A história da aviação
Aeronautas & aeronaves - A história da aviação
 
Emigrazione italiana
Emigrazione italiana Emigrazione italiana
Emigrazione italiana
 
Convento de mafra
Convento de mafraConvento de mafra
Convento de mafra
 
Auto & Technik MUSEUM SINSHEIM
Auto & Technik MUSEUM SINSHEIMAuto & Technik MUSEUM SINSHEIM
Auto & Technik MUSEUM SINSHEIM
 
Literatura e Arte
Literatura e ArteLiteratura e Arte
Literatura e Arte
 
Montage de la Tour Eiffel
Montage de la Tour Eiffel Montage de la Tour Eiffel
Montage de la Tour Eiffel
 
Bazar egípcio
Bazar egípcioBazar egípcio
Bazar egípcio
 
As mais lindas bibliotecas do planeta
As mais lindas bibliotecas do planetaAs mais lindas bibliotecas do planeta
As mais lindas bibliotecas do planeta
 
A história do bondinho do Pão de Açúcar - Rio de Janeiro
A história do bondinho do Pão de Açúcar - Rio de JaneiroA história do bondinho do Pão de Açúcar - Rio de Janeiro
A história do bondinho do Pão de Açúcar - Rio de Janeiro
 
Castelos de Portugal
Castelos de PortugalCastelos de Portugal
Castelos de Portugal
 
Exposição do Centenário da Abertura dos Portos no Rio de Janeiro 1908
Exposição do Centenário da Abertura dos Portos no Rio de Janeiro 1908Exposição do Centenário da Abertura dos Portos no Rio de Janeiro 1908
Exposição do Centenário da Abertura dos Portos no Rio de Janeiro 1908
 
NO JAPÃO, ASILO PARA CÃES GUIAS APOSENTADOS - Sapporo retirementhomefordogs
NO JAPÃO, ASILO PARA CÃES GUIAS APOSENTADOS - Sapporo retirementhomefordogsNO JAPÃO, ASILO PARA CÃES GUIAS APOSENTADOS - Sapporo retirementhomefordogs
NO JAPÃO, ASILO PARA CÃES GUIAS APOSENTADOS - Sapporo retirementhomefordogs
 
Museu Walter P. Chrysler
Museu Walter P. ChryslerMuseu Walter P. Chrysler
Museu Walter P. Chrysler
 
Pinturas de Rob Gonsalves
Pinturas de Rob GonsalvesPinturas de Rob Gonsalves
Pinturas de Rob Gonsalves
 
Frescos ou Murais
Frescos ou MuraisFrescos ou Murais
Frescos ou Murais
 
A Cidade Subterrânea de Derinkuyu
A Cidade Subterrânea de DerinkuyuA Cidade Subterrânea de Derinkuyu
A Cidade Subterrânea de Derinkuyu
 

Segurança dos Pneus

  • 1. 1 TIRE SAFETY SEGURANÇA DOS PNEUS SAFETY is the number 1 value of the company!!! Louis Raspino, President & CEO
  • 2. 2 1 A maioria de nós operamos veículos diariamente e quase nunca prestamos atenção a uma das mais importantes partes do veículo, os pneus TIRE SAFETY SEGURANÇA DOS PNEUS
  • 3. 3 Infelizmente, a maioria de nós só mudará este mau hábito quando já for tarde demais. TIRE SAFETY SEGURANÇA DOS PNEUS
  • 4. 4 Sabia que os pneus caducam 4 anos depois de data de fabrico e esta data está estampada no lado do pneu? TIRE SAFETY SEGURANÇA DOS PNEUS
  • 5. É fácil descobrir qual é a data de validade de um pneu, basta verificar o lado do pneu que vai encontrar um número impresso de 4 dígitos, isso indica a semana e o ano em que foi fabricado, a data de validade é de 4 anos depois. TIRE SAFETY SEGURANÇA DOS PNEUS
  • 6. 6 Este numero indica que o pneu foi fabricado na 7a. Semana de 2007 o que é o mesmo que Fevereiro de 2007, isto significa que tem data de validade até Fevereiro de 2011 0 7 0 70 7 0 7 7a. Semana do ano “ Fevereiro” Ano de fabrico 2007 TIRE SAFETY SEGURANÇA DOS PNEUS
  • 7. 7 Se utilizamos pneus caducados, é possível que estes rebentem e o resultado pode ser um acidente muito grave, inclusive fatal, seria um bom hábito inspeccionar os pneus para verificar se ainda não passaram a sua data de validade. TIRE SAFETY SEGURANÇA DOS PNEUS
  • 8. 8 Outro ponto importante que nos escapa muitas vezes é o enchimento dos pneus, a maior parte das estações de serviço calibram os pneus para 28 PSI e se souberem que vai apenas andar em estrada, em muitos casos baixam a pressão para 24-26 PSI afirmando que vão “aquecer na estrada e a pressão subirá” NÃO O PERMITA TIRE SAFETY SEGURANÇA DOS PNEUS
  • 9. 9 Na lateral do pneu, encontramos o valor máximo admissível para a pressão, alguns pneus têm apenas capacidade para a pressão máxima de 32 PSI, outros são projectados para 44 PSI e alguns mesmo 50 PSI. Verifique os pneus para ver qual é a máxima pressão que suportam e é uma prática aceitável manter a pressão ligeiramente abaixo desse valor. TIRE SAFETY SEGURANÇA DOS PNEUS
  • 10. 10 MAX PRESS ACEITÁVEL 32 PSI 28 PSI 44 PSI 35 PSI 50 PSI 44 PSI Diferentes pneus são projectados para diferentes pressões, você pode encontrar o valor máximo de pressão dos pneus num pequeno número próximo à jante sobre um dos lados do pneu, nunca poderá ultrapassar esta pressão (44 psi) MAX PRESS TIRE SAFETY SEGURANÇA DOS PNEUS
  • 11. 11 Uma pressão inferior ao recomendado faz aumentar a temperatura do pneu. Através de fotografias de infravermelhos obtidas em pneus a alta velocidade, verifica-se que o calor que produzirá danos aumenta na medida que a pressão do pneu diminui. Baseado em Pneus tamanho P235/75/R15 PERIGO!! O calor excesivo danifica os pneus TIRE SAFETY SEGURANÇA DOS PNEUS
  • 12. 12 Outro ponto importante a considerar é a carga a que submetemos os nossos pneus, muitas vezes sobrecarregamos os veículos sem prestar atenção ao esforço que isto representa para os pneus, ao exceder a capacidade máxima de carga pode resultar na falha do mesmo e causar um acidente TIRE SAFETY SEGURANÇA DOS PNEUS
  • 13. 13 Máxima Capacidade de Carga por PneuMáxima Capacidade de Carga por Pneu A tabela mostra o índice de carga e a máxima capacidade de carga por pneu em libras e quilos. TIRE SAFETY SEGURANÇA DOS PNEUS
  • 14. 14 Load index 109 maximum load capacity 2271 lbs 1030 kg. Índice de Carga 109 máxima capacidade de carga 2271 lbs. 1030 kg. TIRE SAFETY SEGURANÇA DOS PNEUS
  • 15. 15 A velocidade para que um pneu que foi projectado é indicada por uma letra ao lado do índice de carga, a tabela mostra a gama de velocidade em Km/h e MPH TIRE SAFETY SEGURANÇA DOS PNEUS
  • 16. 16 Muitos de nós já compramos pneus no passado e, quando nos perguntam de que tamanho queremos, socorremo-nos do pneu velho para obter essa informação, mas que significam esses números? TIRE SAFETY SEGURANÇA DOS PNEUS
  • 17. 17 P 265 / 60 R 18 Pneu para veículo de passageiros Largura do pneu em milímetros Radial Tire Pneu Radial Relação da altura com a largura do pneu, 60% da largura neste caso 18 Inch Wheel Jante de 18 Polegadas TIRE SAFETY SEGURANÇA DOS PNEUS
  • 18. 18 RESISTENCIA À TEMPERATURA / TEMPERATURE RESISTANCE As letras indicarão a resistência de um pneu ao calor. Estas classificam- se do mas alto para o mais baixo tal como A, B ou C Simbolo Symbol Area A Hot area Area Quente B Normal Area Area Normal C Cold Area Area Fria TIRE SAFETY SEGURANÇA DOS PNEUS
  • 19. 19 TRACTION / TRACÇÃO A tracção é a capacidade de um pneu para parar em pavimento molhado. Um pneu de maior graduação deverá permitir uma maior capacidade de parar o veículo numa via molhada, numa distância menor do que um pneu de um menor grau.. A tracção está classificada do mais alto para o mais baixo como “AA”,”A”, “B” y “C” TIRE SAFETY SEGURANÇA DOS PNEUS
  • 20. 20 TREADWEAR / DESGASTE Este numero indica o ritmo ao qual o pneu se desgasta, quanto maior for a graduação, mais tempo levará o pneu a desgastar-se. Por conseguinte, um pneu de graduação 400 deveria durar o dobro que duraria um de graduação 200 TIRE SAFETY SEGURANÇA DOS PNEUS
  • 21. 21 O QUE DEVEMOS SABER SOBRE OS PNEUS • Data de fabrico • Máxima pressão de enchimento • Tracção • Desgaste • Máxima capacidade de carga x pneu • Variação de velocidade • Resistência à temperatura • Tamanho do pneu TIRE SAFETY SEGURANÇA DOS PNEUS