SlideShare uma empresa Scribd logo
O ABSOLUTISMO
O IMPÉRIO PORTUGUÊS DO SÉC. XVIII
D. JOÃO V
O Transporte de escravos
 
OS ENGENHOS
 
ENGENHO DE AÇUCAR
NÚMERO DE ENGENHOS NO BRASIL
A PRODUÇÃO DE AÇÚCAR
O castigo dos escravos
 
OS BANDEIRANTES
AS BANDEIRAS/EXPEDIÇÕES
OS BANDEIRANTES
OS BANDEIRANTES
OS JESUÍTAS
ROTA DO OURO
MAPA MINEIRO DO BRASIL
O OURO DE LEI
O Transporte do ouro brasileiro
Lisboa – séc. XVIII
 
O CAVALEIRO
O “ JANOTA “
OS SARAUS
A MODA PARISIENSE
O hábito do chocolate
COCHE DE D. JOÃO V
IGREJA DE S. FRANCISCO NA BAÍA
AUTO-DE-FÉ
Tourada
A Burguesia
Os Banhos no Tejo
O Povo
O Moço de Fretes
CONVENTO de MAFRA
O CONVENTO DE MAFRA
O Palácio de Queluz
Interior do Palácio de Queluz
O Aqueduto das Águas -livres
D. JOSÉ I
 
O Atentado contra D. José
A EXECUÇÃO dos TÁVORAS
O Terramoto
O Terramoto de 1755
Ruínas do terramoto
A reconstrução da cidade
Antes e depois
Estrutura de casa Pombalina
 
A Lisboa Pombalina
A Expulsão dos Jesuítas
A Companhia dos vinhos do  Alto -Douro
OS BARCOS RABELOS
A INDÚSTRIA
A Companhia  da Marinha Grande
 
D. Maria I
D. Maria I e D. Pedro III - Rei consorte -
D.JOÃO VI
Dona Carlota Joaquina
D. JOÃO VI e Dona CARLOTA
Napoleão Bonaparte
AS INVASÕES FRANCESAS
AS INVASÕES FRANCESAS
O IMPÉRIO EUROPEU de NAPOLEÃO
Ingleses e franceses
O Bloqueio Continental
A FUGA DA CORTE PARA O BRASIL
A CHEGADA AO BRASIL
O DESENVOLVIMENTO DO BRASIL
A Burguesia Brasileira
AS INVASÕES FRANCESAS
JUNOT
A RESISTÊNCIA POPULAR
A PONTE DAS BARCAS
A TRAGÉDIA DA PONTE DAS BARCAS
OS FOCOS DE RESISTÊNCIA
A Resistência
LOISON  “O MANETA”
Batalha da Roliça
VIMIEIRO
A Ocupação das aldeias
General WELLESLEY
CARTOON A CONVENÇÃO de SINTRA
SOULT
A Resistência ao avanço de Soult
A Derrota das tropas de Soult
MASSENA
BATALHA DO BUÇACO
As Linhas de Torres Vedras
 
OS INVASORES
 
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

National gallery dublin 2011
National gallery dublin 2011National gallery dublin 2011
National gallery dublin 2011
Mario Ricca
 
Porto Liberal
Porto LiberalPorto Liberal
Porto Liberal
Maria Gomes
 
A arte e a cultura em Portugal do século XIX
A arte e a cultura em Portugal do século XIXA arte e a cultura em Portugal do século XIX
A arte e a cultura em Portugal do século XIX
anabelasilvasobral
 
A vinda da corte 1
A vinda da corte 1A vinda da corte 1
A vinda da corte 1
garridodocordel
 
Era Napoleônica
Era NapoleônicaEra Napoleônica
Era Napoleônica
Marcos Mamute
 
Origens da revolução francesa
Origens da revolução francesaOrigens da revolução francesa
Origens da revolução francesa
Lucilia Fonseca
 
D. carlos o artista
D. carlos   o artistaD. carlos   o artista
D. carlos o artista
Ana Luciano
 
Era napoleônica
Era napoleônicaEra napoleônica
Era napoleônica
Thúlio Alves
 
História 6º
História 6ºHistória 6º
História 6º
Gomes Guida
 
Belle époque
Belle époqueBelle époque
Belle époque
Guilherme Emmerick
 
Breve História do Teatro
Breve História do TeatroBreve História do Teatro
Breve História do Teatro
e- Arquivo
 
Galeria de imagens
Galeria de imagensGaleria de imagens
Galeria de imagens
Ricardo Arem
 
Reforma Urbana do Rio de Janeiro (início do século XX)
Reforma Urbana do Rio de Janeiro (início do século XX)Reforma Urbana do Rio de Janeiro (início do século XX)
Reforma Urbana do Rio de Janeiro (início do século XX)
Léo Rossetti
 
D.Carlos (Lacrimosa)
D.Carlos (Lacrimosa)D.Carlos (Lacrimosa)
D.Carlos (Lacrimosa)
Helena
 
O Rio de Janeiro que queria ser Paris
O Rio de Janeiro que queria ser ParisO Rio de Janeiro que queria ser Paris
O Rio de Janeiro que queria ser Paris
Luiz Carlos Dias
 
31 de janeiro de 1891 e regisidio
31 de janeiro de 1891 e regisidio31 de janeiro de 1891 e regisidio
31 de janeiro de 1891 e regisidio
Monica Andrade
 

Mais procurados (16)

National gallery dublin 2011
National gallery dublin 2011National gallery dublin 2011
National gallery dublin 2011
 
Porto Liberal
Porto LiberalPorto Liberal
Porto Liberal
 
A arte e a cultura em Portugal do século XIX
A arte e a cultura em Portugal do século XIXA arte e a cultura em Portugal do século XIX
A arte e a cultura em Portugal do século XIX
 
A vinda da corte 1
A vinda da corte 1A vinda da corte 1
A vinda da corte 1
 
Era Napoleônica
Era NapoleônicaEra Napoleônica
Era Napoleônica
 
Origens da revolução francesa
Origens da revolução francesaOrigens da revolução francesa
Origens da revolução francesa
 
D. carlos o artista
D. carlos   o artistaD. carlos   o artista
D. carlos o artista
 
Era napoleônica
Era napoleônicaEra napoleônica
Era napoleônica
 
História 6º
História 6ºHistória 6º
História 6º
 
Belle époque
Belle époqueBelle époque
Belle époque
 
Breve História do Teatro
Breve História do TeatroBreve História do Teatro
Breve História do Teatro
 
Galeria de imagens
Galeria de imagensGaleria de imagens
Galeria de imagens
 
Reforma Urbana do Rio de Janeiro (início do século XX)
Reforma Urbana do Rio de Janeiro (início do século XX)Reforma Urbana do Rio de Janeiro (início do século XX)
Reforma Urbana do Rio de Janeiro (início do século XX)
 
D.Carlos (Lacrimosa)
D.Carlos (Lacrimosa)D.Carlos (Lacrimosa)
D.Carlos (Lacrimosa)
 
O Rio de Janeiro que queria ser Paris
O Rio de Janeiro que queria ser ParisO Rio de Janeiro que queria ser Paris
O Rio de Janeiro que queria ser Paris
 
31 de janeiro de 1891 e regisidio
31 de janeiro de 1891 e regisidio31 de janeiro de 1891 e regisidio
31 de janeiro de 1891 e regisidio
 

Destaque

O Beco do Chão Salgado e o Processo dos Távoras em Belém
O Beco do Chão Salgado e o Processo dos Távoras em BelémO Beco do Chão Salgado e o Processo dos Távoras em Belém
O Beco do Chão Salgado e o Processo dos Távoras em Belém
Cascais - Portugal
 
Os Távoras
Os TávorasOs Távoras
Os Távoras
José Eduardo Amaro
 
Transferência da corte portuguesa para o brasil
Transferência da corte portuguesa para o brasilTransferência da corte portuguesa para o brasil
Transferência da corte portuguesa para o brasil
Portal do Vestibulando
 
Civilizações Pré-Colombianas: Maias, Astecas e Incas
Civilizações Pré-Colombianas: Maias, Astecas e IncasCivilizações Pré-Colombianas: Maias, Astecas e Incas
Civilizações Pré-Colombianas: Maias, Astecas e Incas
Lú Carvalho
 
Reformas pombalinas: educação
Reformas pombalinas: educaçãoReformas pombalinas: educação
Reformas pombalinas: educação
Maria Gomes
 
Brasil Colônia - economia
Brasil Colônia - economiaBrasil Colônia - economia
Brasil Colônia - economia
Portal do Vestibulando
 
Formação territorial e organização do espaço geográfico brasileiro
Formação territorial e organização do espaço geográfico brasileiroFormação territorial e organização do espaço geográfico brasileiro
Formação territorial e organização do espaço geográfico brasileiro
dantasrdl
 
Formação Territorial Do Brasil
Formação Territorial Do BrasilFormação Territorial Do Brasil
Formação Territorial Do Brasil
Luciano Pessanha
 

Destaque (8)

O Beco do Chão Salgado e o Processo dos Távoras em Belém
O Beco do Chão Salgado e o Processo dos Távoras em BelémO Beco do Chão Salgado e o Processo dos Távoras em Belém
O Beco do Chão Salgado e o Processo dos Távoras em Belém
 
Os Távoras
Os TávorasOs Távoras
Os Távoras
 
Transferência da corte portuguesa para o brasil
Transferência da corte portuguesa para o brasilTransferência da corte portuguesa para o brasil
Transferência da corte portuguesa para o brasil
 
Civilizações Pré-Colombianas: Maias, Astecas e Incas
Civilizações Pré-Colombianas: Maias, Astecas e IncasCivilizações Pré-Colombianas: Maias, Astecas e Incas
Civilizações Pré-Colombianas: Maias, Astecas e Incas
 
Reformas pombalinas: educação
Reformas pombalinas: educaçãoReformas pombalinas: educação
Reformas pombalinas: educação
 
Brasil Colônia - economia
Brasil Colônia - economiaBrasil Colônia - economia
Brasil Colônia - economia
 
Formação territorial e organização do espaço geográfico brasileiro
Formação territorial e organização do espaço geográfico brasileiroFormação territorial e organização do espaço geográfico brasileiro
Formação territorial e organização do espaço geográfico brasileiro
 
Formação Territorial Do Brasil
Formação Territorial Do BrasilFormação Territorial Do Brasil
Formação Territorial Do Brasil
 

Semelhante a O Absolutismo

O ABSOLUTISMO
O ABSOLUTISMOO ABSOLUTISMO
O ABSOLUTISMO
guesta78981
 
O ABSOLUTISMO
O ABSOLUTISMOO ABSOLUTISMO
O ABSOLUTISMO
guesta78981
 
O Absolutismo
O AbsolutismoO Absolutismo
O Absolutismo
guest22c5e7
 
D.João V
D.João VD.João V
o brasil flamenguista
o brasil flamenguistao brasil flamenguista
o brasil flamenguista
RegisdeSouzaMaxtarc
 
Grandes navegações1
Grandes  navegações1Grandes  navegações1
Grandes navegações1
nolascovelasco
 
O império colonial português no século XVIII
O império colonial português no século XVIIIO império colonial português no século XVIII
O império colonial português no século XVIII
anabelasilvasobral
 
O império colonial português no século xviii
O império colonial português no século xviiiO império colonial português no século xviii
O império colonial português no século xviii
Anabela Sobral
 
Retrospectiva Histórica Do Brasil Colônia
Retrospectiva Histórica Do Brasil ColôniaRetrospectiva Histórica Do Brasil Colônia
Retrospectiva Histórica Do Brasil Colônia
Fabio Santos
 
A descoberta e a exploração do ouro
A descoberta e a exploração do ouroA descoberta e a exploração do ouro
A descoberta e a exploração do ouro
Lucas Degiovani
 
I retrospectivahistricadobrasilcolnia-090423141328-phpapp01
I retrospectivahistricadobrasilcolnia-090423141328-phpapp01I retrospectivahistricadobrasilcolnia-090423141328-phpapp01
I retrospectivahistricadobrasilcolnia-090423141328-phpapp01
Sidnea Marinho
 
Brasil colonial
Brasil colonialBrasil colonial
Brasil colonial
Sidnea Marinho
 
CEGH - História do Rio de Janeiro (1)
CEGH - História do Rio de Janeiro (1)CEGH - História do Rio de Janeiro (1)
CEGH - História do Rio de Janeiro (1)
Prof Vaguito Sobrenome
 
História do brasil, invasões holandesas e francesa
História do brasil, invasões holandesas e francesaHistória do brasil, invasões holandesas e francesa
História do brasil, invasões holandesas e francesa
Ócio do Ofício
 
Conhecendo o centro do rio de janeiro Updated: Nov 2017
Conhecendo o centro do rio de janeiro  Updated: Nov 2017Conhecendo o centro do rio de janeiro  Updated: Nov 2017
Conhecendo o centro do rio de janeiro Updated: Nov 2017
Mauro Friedrich
 
Brasil Colônia
Brasil ColôniaBrasil Colônia
Brasil Colônia
Aulas de História
 
7.7 historia 8 ano
7.7   historia 8 ano7.7   historia 8 ano
7.7 historia 8 ano
Nivia Magalhães
 
6º tema i - da união ibérica a d. josé i
6º   tema i - da união ibérica a d. josé i6º   tema i - da união ibérica a d. josé i
6º tema i - da união ibérica a d. josé i
liedson
 
O LIBERALISMO
O LIBERALISMOO LIBERALISMO
O LIBERALISMO
guestbfbc7a
 
A família Real Portuguesa no Brasil
A família Real Portuguesa no BrasilA família Real Portuguesa no Brasil
A família Real Portuguesa no Brasil
Jefferson Alexandre Prado
 

Semelhante a O Absolutismo (20)

O ABSOLUTISMO
O ABSOLUTISMOO ABSOLUTISMO
O ABSOLUTISMO
 
O ABSOLUTISMO
O ABSOLUTISMOO ABSOLUTISMO
O ABSOLUTISMO
 
O Absolutismo
O AbsolutismoO Absolutismo
O Absolutismo
 
D.João V
D.João VD.João V
D.João V
 
o brasil flamenguista
o brasil flamenguistao brasil flamenguista
o brasil flamenguista
 
Grandes navegações1
Grandes  navegações1Grandes  navegações1
Grandes navegações1
 
O império colonial português no século XVIII
O império colonial português no século XVIIIO império colonial português no século XVIII
O império colonial português no século XVIII
 
O império colonial português no século xviii
O império colonial português no século xviiiO império colonial português no século xviii
O império colonial português no século xviii
 
Retrospectiva Histórica Do Brasil Colônia
Retrospectiva Histórica Do Brasil ColôniaRetrospectiva Histórica Do Brasil Colônia
Retrospectiva Histórica Do Brasil Colônia
 
A descoberta e a exploração do ouro
A descoberta e a exploração do ouroA descoberta e a exploração do ouro
A descoberta e a exploração do ouro
 
I retrospectivahistricadobrasilcolnia-090423141328-phpapp01
I retrospectivahistricadobrasilcolnia-090423141328-phpapp01I retrospectivahistricadobrasilcolnia-090423141328-phpapp01
I retrospectivahistricadobrasilcolnia-090423141328-phpapp01
 
Brasil colonial
Brasil colonialBrasil colonial
Brasil colonial
 
CEGH - História do Rio de Janeiro (1)
CEGH - História do Rio de Janeiro (1)CEGH - História do Rio de Janeiro (1)
CEGH - História do Rio de Janeiro (1)
 
História do brasil, invasões holandesas e francesa
História do brasil, invasões holandesas e francesaHistória do brasil, invasões holandesas e francesa
História do brasil, invasões holandesas e francesa
 
Conhecendo o centro do rio de janeiro Updated: Nov 2017
Conhecendo o centro do rio de janeiro  Updated: Nov 2017Conhecendo o centro do rio de janeiro  Updated: Nov 2017
Conhecendo o centro do rio de janeiro Updated: Nov 2017
 
Brasil Colônia
Brasil ColôniaBrasil Colônia
Brasil Colônia
 
7.7 historia 8 ano
7.7   historia 8 ano7.7   historia 8 ano
7.7 historia 8 ano
 
6º tema i - da união ibérica a d. josé i
6º   tema i - da união ibérica a d. josé i6º   tema i - da união ibérica a d. josé i
6º tema i - da união ibérica a d. josé i
 
O LIBERALISMO
O LIBERALISMOO LIBERALISMO
O LIBERALISMO
 
A família Real Portuguesa no Brasil
A família Real Portuguesa no BrasilA família Real Portuguesa no Brasil
A família Real Portuguesa no Brasil
 

Último

TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdfTOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
Momento da Informática
 
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdfEscola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
Gabriel de Mattos Faustino
 
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptxHistória da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
TomasSousa7
 
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
Faga1939
 
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptxLogica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Momento da Informática
 
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas PráticasSegurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Danilo Pinotti
 
Guardioes Digitais em ação: Como criar senhas seguras!
Guardioes Digitais em ação: Como criar senhas seguras!Guardioes Digitais em ação: Como criar senhas seguras!
Guardioes Digitais em ação: Como criar senhas seguras!
Jonathas Muniz
 

Último (7)

TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdfTOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
 
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdfEscola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
 
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptxHistória da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
 
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
 
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptxLogica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
 
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas PráticasSegurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
 
Guardioes Digitais em ação: Como criar senhas seguras!
Guardioes Digitais em ação: Como criar senhas seguras!Guardioes Digitais em ação: Como criar senhas seguras!
Guardioes Digitais em ação: Como criar senhas seguras!
 

O Absolutismo