SlideShare uma empresa Scribd logo
A transferência da Corte Portuguesa e
   o governo de D. João VI no Brasil
             (1808-1821)
1. Antecedentes:
> As Guerras Napoleônicas e o Bloqueio Continental (1806);
> A “Convenção
    Secreta”(1807) e a
          “Fuga”.

Napoleão Bonaparte   O embarque da Corte Portuguesa
                          (27/novembro/1807)
A travessia do Atlântico levou quase dois meses




                                     General Junot
2. As primeiras medidas tomadas pelo príncipe
regente D. João ao chegar ao Brasil:
> Abertura dos Portos às Nações Amigas (28 de
janeiro               de               1808);
>     Revogação    do    Alvará   de    1785;
> Criação do Banco do Brasil.
        Porto do Rio de Janeiro e Paço Imperial
        (antigo Palácio dos Vice-Reis)
Paço Imperial




                                              D. Maria I

Desembarque da Corte em Salvador              Príncipe
                                              regente
                                              D. João



                                   Carlota
                                   Joaquina
Distribuição de títulos de nobreza




Cerimônia do Beija-Mão, no Palácio de São Cristóvão
3. Outras medidas:
> Criação de diversos órgãos públicos (a saber).
           Faculdade de Medicina e Anatomia de Salvador
Biblioteca Real, Rio de Janeiro
Os tratados de 1810 com a Inglaterra:
> Aliança e Amizade;
> Comércio e Navegação.




                                        Inglaterra: 15%
                                        Portugal: 16%
                                        Demais países: 24%




Por aqui entravam as mercadorias dos mais diversos países
Observe a
diversidade
dos
produtos
importados
pelo Brasil
no início do
séc. XIX




         Observe o
         crescimento
         demográfico da
         capital da
         colônia durante
         a estada da
         Corte no Brasil.
4. A elevação do Brasil a Reino Unido a Portugal
e Algarves (1815)




         Reunião do Congresso de Viena (1815)
A aclamação de D. João VI, após a morte de
        sua mãe, D. Maria I (1816)




                  D. Maria I e
                  D. Pedro III
6. Revolução Pernambucana de 1817
            "Sem grande corte na Corte
            Não se goza um bem geral;
            Que o corte é que nos faz bem,
            A Corte, é quem nos faz mal."
6.1. Principais fatores do movimento:
   > A decadência político-econômica do Nordeste;
   > A influência do Iluminismo e da Revolução
Francesa;
   > O aumento da tributação para sustentar o
conforto da Corte instalada no Brasil.




                                                          Recife, início do séc. XIX
Recife, início do séc. XIX

                             D. João e Carlota Joaquina
Transferência da corte portuguesa para o brasil
Cipriano
Liderança:        Barata




                              Manuel de Carvalho
                              Paes de Andrade

                             Padre Miguelinho




             Frei
             Caneca
7. Revolução “liberal” do Porto (1820)
7.1. Principais exigências feitas a D. João VI:
     > retorno imediato para Portugal;
     > reconhecimento da Constituição (limitação
    de seus poderes);
     > recolonização do Brasil.




                                      Lord William
                                      BERESFORD
8. O retorno de D.João VI para Portugal e a
           Regência de D. Pedro
                                 José
                                 Bonifácio, Patrono
                                 da Independência
> D. Pedro passa a sofrer pressões das Cortes
portuguesas, já que seu retorno seria a condição
essencial para o projeto de recolonização;
> A aristocracia brasileira, que compôs o Partido
Brasileiro, articulou-se para segurar D. Pedro no Brasil;

8.2. A divisão do Partido Brasileiro: radicais e
conservadores.

                   Gonçalves Lêdo




                               José Bonifácio
O Dia do “Fico”
9 de janeiro de 1822
“Independência ou morte!”
9. Limites da independência:
> Apesar da emancipação política, a estrutura
socioeconômica do Brasil permaneceu
inalterada, ou seja, o latifúndio agro-exportador e
escravista foi mantido de acordo com os anseios da
aristocracia;
> Permanecemos fiéis à “divisão internacional do
trabalho exportando matérias-primas e importando
manufaturados.




               Adam Smith, defensor da
               liberdade de comércio e
               da divisão internacional
               do trabalho

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Período Joanino (1808-1821)
Período Joanino (1808-1821)Período Joanino (1808-1821)
Período Joanino (1808-1821)
Valéria Shoujofan
 
Segundo Reinado
Segundo ReinadoSegundo Reinado
Segundo Reinado
Portal do Vestibulando
 
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
Isabela Espíndola
 
Revoluções inglesas
Revoluções inglesasRevoluções inglesas
Revoluções inglesas
Professor de História
 
A revolução inglesa
A revolução inglesaA revolução inglesa
A revolução inglesa
Janayna Lira
 
1° ano aula slide - feudalismo
1° ano   aula slide - feudalismo1° ano   aula slide - feudalismo
1° ano aula slide - feudalismo
Daniel Alves Bronstrup
 
Absolutismo
AbsolutismoAbsolutismo
Absolutismo
Paulo Alexandre
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
edna2
 
Guerra da cisplatina
Guerra da cisplatinaGuerra da cisplatina
Guerra da cisplatina
Lorena-Cerbino
 
A União Ibérica e o Brasil holandês
A União Ibérica e o Brasil holandêsA União Ibérica e o Brasil holandês
A União Ibérica e o Brasil holandês
Ramiro Bicca
 
Crise do Sistema Colonial
Crise do Sistema ColonialCrise do Sistema Colonial
Crise do Sistema Colonial
eiprofessor
 
A crise do sistema colonial e a independência
A crise do sistema colonial e a independênciaA crise do sistema colonial e a independência
A crise do sistema colonial e a independência
Andreia Regina Moura Mendes
 
INDEPENDÊNCIA DO BRASIL
INDEPENDÊNCIA DO BRASILINDEPENDÊNCIA DO BRASIL
INDEPENDÊNCIA DO BRASIL
Andrea Lemos
 
A vinda da família real para o brasil
A vinda da família real para o brasilA vinda da família real para o brasil
A vinda da família real para o brasil
Brunno Andrade
 
Primeiro Reinado (1822-1831)
Primeiro Reinado (1822-1831)Primeiro Reinado (1822-1831)
Primeiro Reinado (1822-1831)
Edenilson Morais
 
Brasil Império (Primeiro Reinado / Regências / Segundo Reinado)
Brasil Império (Primeiro Reinado / Regências / Segundo Reinado)Brasil Império (Primeiro Reinado / Regências / Segundo Reinado)
Brasil Império (Primeiro Reinado / Regências / Segundo Reinado)
profrogerio1
 
Brasil imperial
Brasil imperialBrasil imperial
Brasil imperial
Vivihistoria
 
Mineração no Brasil Colônia
Mineração no Brasil ColôniaMineração no Brasil Colônia
Mineração no Brasil Colônia
Jerry Guimarães
 
O império napoleônico
O império napoleônicoO império napoleônico
O império napoleônico
Edenilson Morais
 
9. revolução inglesa
9. revolução inglesa9. revolução inglesa
9. revolução inglesa
José Augusto Fiorin
 

Mais procurados (20)

Período Joanino (1808-1821)
Período Joanino (1808-1821)Período Joanino (1808-1821)
Período Joanino (1808-1821)
 
Segundo Reinado
Segundo ReinadoSegundo Reinado
Segundo Reinado
 
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
 
Revoluções inglesas
Revoluções inglesasRevoluções inglesas
Revoluções inglesas
 
A revolução inglesa
A revolução inglesaA revolução inglesa
A revolução inglesa
 
1° ano aula slide - feudalismo
1° ano   aula slide - feudalismo1° ano   aula slide - feudalismo
1° ano aula slide - feudalismo
 
Absolutismo
AbsolutismoAbsolutismo
Absolutismo
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
 
Guerra da cisplatina
Guerra da cisplatinaGuerra da cisplatina
Guerra da cisplatina
 
A União Ibérica e o Brasil holandês
A União Ibérica e o Brasil holandêsA União Ibérica e o Brasil holandês
A União Ibérica e o Brasil holandês
 
Crise do Sistema Colonial
Crise do Sistema ColonialCrise do Sistema Colonial
Crise do Sistema Colonial
 
A crise do sistema colonial e a independência
A crise do sistema colonial e a independênciaA crise do sistema colonial e a independência
A crise do sistema colonial e a independência
 
INDEPENDÊNCIA DO BRASIL
INDEPENDÊNCIA DO BRASILINDEPENDÊNCIA DO BRASIL
INDEPENDÊNCIA DO BRASIL
 
A vinda da família real para o brasil
A vinda da família real para o brasilA vinda da família real para o brasil
A vinda da família real para o brasil
 
Primeiro Reinado (1822-1831)
Primeiro Reinado (1822-1831)Primeiro Reinado (1822-1831)
Primeiro Reinado (1822-1831)
 
Brasil Império (Primeiro Reinado / Regências / Segundo Reinado)
Brasil Império (Primeiro Reinado / Regências / Segundo Reinado)Brasil Império (Primeiro Reinado / Regências / Segundo Reinado)
Brasil Império (Primeiro Reinado / Regências / Segundo Reinado)
 
Brasil imperial
Brasil imperialBrasil imperial
Brasil imperial
 
Mineração no Brasil Colônia
Mineração no Brasil ColôniaMineração no Brasil Colônia
Mineração no Brasil Colônia
 
O império napoleônico
O império napoleônicoO império napoleônico
O império napoleônico
 
9. revolução inglesa
9. revolução inglesa9. revolução inglesa
9. revolução inglesa
 

Semelhante a Transferência da corte portuguesa para o brasil

Brasil transferência da corte
Brasil transferência da corteBrasil transferência da corte
Brasil transferência da corte
Carlos Zaranza
 
Brasil da independencia ao 2 reianado
Brasil  da independencia ao 2 reianadoBrasil  da independencia ao 2 reianado
Brasil da independencia ao 2 reianado
Professor de História
 
Família real no brasil
Família real no brasilFamília real no brasil
Família real no brasil
harlissoncarvalho
 
Processo de independência do brasil
Processo de independência do brasilProcesso de independência do brasil
Processo de independência do brasil
Carlos Teles de Menezes Junior
 
A Corte portuguesa ppt.ppt
A Corte portuguesa ppt.pptA Corte portuguesa ppt.ppt
A Corte portuguesa ppt.ppt
RenataRodrigues504820
 
A Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.ppt
A Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.pptA Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.ppt
A Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.ppt
RenataRodrigues504820
 
Manifestações contra a metrópole revoltas nativistas
Manifestações contra a metrópole revoltas nativistasManifestações contra a metrópole revoltas nativistas
Manifestações contra a metrópole revoltas nativistas
Ócio do Ofício
 
A transferência da corte para o brasil 1808
A transferência da corte para o brasil 1808A transferência da corte para o brasil 1808
A transferência da corte para o brasil 1808
ProfessoresColeguium
 
Independência do brasil
Independência do brasilIndependência do brasil
Independência do brasil
Isabel Aguiar
 
Revolução liberal portuguesa de1820
Revolução liberal portuguesa de1820Revolução liberal portuguesa de1820
Revolução liberal portuguesa de1820
Maria Gomes
 
Brasil colonia periodo_joanino_resumido
Brasil colonia periodo_joanino_resumidoBrasil colonia periodo_joanino_resumido
Brasil colonia periodo_joanino_resumido
Karla Fonseca
 
A Fase de D. João VI
A Fase de D. João VIA Fase de D. João VI
A Fase de D. João VI
Barbarataliuli
 
A Fase de D. João VI
A Fase de D. João VIA Fase de D. João VI
A Fase de D. João VI
Barbarataliuli
 
Roteiro7.O.processo.de.emancipação.política.da.América.portuguesa.pdf
Roteiro7.O.processo.de.emancipação.política.da.América.portuguesa.pdfRoteiro7.O.processo.de.emancipação.política.da.América.portuguesa.pdf
Roteiro7.O.processo.de.emancipação.política.da.América.portuguesa.pdf
CristianeOliveiraCru
 
Chegada da Família Real – início do processo de independência do brasil
Chegada da Família Real – início do processo de independência do brasilChegada da Família Real – início do processo de independência do brasil
Chegada da Família Real – início do processo de independência do brasil
Felipe de Souza
 
Capitulo 09 10 independencia do brasil
Capitulo 09 10 independencia do brasilCapitulo 09 10 independencia do brasil
Capitulo 09 10 independencia do brasil
Educandário Imaculada Conceição
 
Independência Brasil (1).pptx
Independência Brasil (1).pptxIndependência Brasil (1).pptx
Independência Brasil (1).pptx
MichaelAgnes2
 
Processo de independência do Brasil
Processo de independência do BrasilProcesso de independência do Brasil
Processo de independência do Brasil
Ana Souza
 
A fr no brasil e a independência
A fr no brasil e a independênciaA fr no brasil e a independência
A fr no brasil e a independência
Wilton Moretto
 
10 revliberal1820
10 revliberal182010 revliberal1820
10 revliberal1820
R C
 

Semelhante a Transferência da corte portuguesa para o brasil (20)

Brasil transferência da corte
Brasil transferência da corteBrasil transferência da corte
Brasil transferência da corte
 
Brasil da independencia ao 2 reianado
Brasil  da independencia ao 2 reianadoBrasil  da independencia ao 2 reianado
Brasil da independencia ao 2 reianado
 
Família real no brasil
Família real no brasilFamília real no brasil
Família real no brasil
 
Processo de independência do brasil
Processo de independência do brasilProcesso de independência do brasil
Processo de independência do brasil
 
A Corte portuguesa ppt.ppt
A Corte portuguesa ppt.pptA Corte portuguesa ppt.ppt
A Corte portuguesa ppt.ppt
 
A Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.ppt
A Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.pptA Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.ppt
A Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.ppt
 
Manifestações contra a metrópole revoltas nativistas
Manifestações contra a metrópole revoltas nativistasManifestações contra a metrópole revoltas nativistas
Manifestações contra a metrópole revoltas nativistas
 
A transferência da corte para o brasil 1808
A transferência da corte para o brasil 1808A transferência da corte para o brasil 1808
A transferência da corte para o brasil 1808
 
Independência do brasil
Independência do brasilIndependência do brasil
Independência do brasil
 
Revolução liberal portuguesa de1820
Revolução liberal portuguesa de1820Revolução liberal portuguesa de1820
Revolução liberal portuguesa de1820
 
Brasil colonia periodo_joanino_resumido
Brasil colonia periodo_joanino_resumidoBrasil colonia periodo_joanino_resumido
Brasil colonia periodo_joanino_resumido
 
A Fase de D. João VI
A Fase de D. João VIA Fase de D. João VI
A Fase de D. João VI
 
A Fase de D. João VI
A Fase de D. João VIA Fase de D. João VI
A Fase de D. João VI
 
Roteiro7.O.processo.de.emancipação.política.da.América.portuguesa.pdf
Roteiro7.O.processo.de.emancipação.política.da.América.portuguesa.pdfRoteiro7.O.processo.de.emancipação.política.da.América.portuguesa.pdf
Roteiro7.O.processo.de.emancipação.política.da.América.portuguesa.pdf
 
Chegada da Família Real – início do processo de independência do brasil
Chegada da Família Real – início do processo de independência do brasilChegada da Família Real – início do processo de independência do brasil
Chegada da Família Real – início do processo de independência do brasil
 
Capitulo 09 10 independencia do brasil
Capitulo 09 10 independencia do brasilCapitulo 09 10 independencia do brasil
Capitulo 09 10 independencia do brasil
 
Independência Brasil (1).pptx
Independência Brasil (1).pptxIndependência Brasil (1).pptx
Independência Brasil (1).pptx
 
Processo de independência do Brasil
Processo de independência do BrasilProcesso de independência do Brasil
Processo de independência do Brasil
 
A fr no brasil e a independência
A fr no brasil e a independênciaA fr no brasil e a independência
A fr no brasil e a independência
 
10 revliberal1820
10 revliberal182010 revliberal1820
10 revliberal1820
 

Mais de Portal do Vestibulando

Idade Média - Feudalismo - Reino Franco
Idade Média - Feudalismo - Reino FrancoIdade Média - Feudalismo - Reino Franco
Idade Média - Feudalismo - Reino Franco
Portal do Vestibulando
 
Sociedades Pré-colombianas: Toltecas, Olmecas, Incas, Nazca, Maias, Astecas
Sociedades Pré-colombianas: Toltecas, Olmecas, Incas, Nazca, Maias, AstecasSociedades Pré-colombianas: Toltecas, Olmecas, Incas, Nazca, Maias, Astecas
Sociedades Pré-colombianas: Toltecas, Olmecas, Incas, Nazca, Maias, Astecas
Portal do Vestibulando
 
Independência dos EUA
Independência dos EUAIndependência dos EUA
Independência dos EUA
Portal do Vestibulando
 
Ditadura militar anos de chumbo (1964-1985)
Ditadura militar   anos de chumbo (1964-1985)Ditadura militar   anos de chumbo (1964-1985)
Ditadura militar anos de chumbo (1964-1985)
Portal do Vestibulando
 
07 revolução mexicana
07   revolução mexicana07   revolução mexicana
07 revolução mexicana
Portal do Vestibulando
 
Período entre guerras - crise de 1929 - nazifascismo
Período entre guerras - crise de 1929 - nazifascismoPeríodo entre guerras - crise de 1929 - nazifascismo
Período entre guerras - crise de 1929 - nazifascismo
Portal do Vestibulando
 
Guerra Fria - Atualizada
Guerra Fria - AtualizadaGuerra Fria - Atualizada
Guerra Fria - Atualizada
Portal do Vestibulando
 
Nova República
Nova RepúblicaNova República
Nova República
Portal do Vestibulando
 
Senhora
SenhoraSenhora
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto históricoBrasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
Portal do Vestibulando
 
Absolutismo
AbsolutismoAbsolutismo
Questão Palestina
Questão PalestinaQuestão Palestina
Questão Palestina
Portal do Vestibulando
 
Descolonização afro-asiática
Descolonização afro-asiáticaDescolonização afro-asiática
Descolonização afro-asiática
Portal do Vestibulando
 
África nos tempos de tráfico atlântico
África nos tempos de tráfico atlânticoÁfrica nos tempos de tráfico atlântico
África nos tempos de tráfico atlântico
Portal do Vestibulando
 
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto históricoBrasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
Portal do Vestibulando
 
Brasil Colônia: revoltas nativistas e separatistas
Brasil Colônia: revoltas nativistas e separatistasBrasil Colônia: revoltas nativistas e separatistas
Brasil Colônia: revoltas nativistas e separatistas
Portal do Vestibulando
 
Brasil: Economia Colonial
Brasil: Economia ColonialBrasil: Economia Colonial
Brasil: Economia Colonial
Portal do Vestibulando
 
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto históricoBrasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
Portal do Vestibulando
 
Cuca Vestibulares - Maratona PSC 1 - Manaus
Cuca Vestibulares - Maratona PSC 1 - ManausCuca Vestibulares - Maratona PSC 1 - Manaus
Cuca Vestibulares - Maratona PSC 1 - Manaus
Portal do Vestibulando
 
Religiões de matriz africana
Religiões de matriz africanaReligiões de matriz africana
Religiões de matriz africana
Portal do Vestibulando
 

Mais de Portal do Vestibulando (20)

Idade Média - Feudalismo - Reino Franco
Idade Média - Feudalismo - Reino FrancoIdade Média - Feudalismo - Reino Franco
Idade Média - Feudalismo - Reino Franco
 
Sociedades Pré-colombianas: Toltecas, Olmecas, Incas, Nazca, Maias, Astecas
Sociedades Pré-colombianas: Toltecas, Olmecas, Incas, Nazca, Maias, AstecasSociedades Pré-colombianas: Toltecas, Olmecas, Incas, Nazca, Maias, Astecas
Sociedades Pré-colombianas: Toltecas, Olmecas, Incas, Nazca, Maias, Astecas
 
Independência dos EUA
Independência dos EUAIndependência dos EUA
Independência dos EUA
 
Ditadura militar anos de chumbo (1964-1985)
Ditadura militar   anos de chumbo (1964-1985)Ditadura militar   anos de chumbo (1964-1985)
Ditadura militar anos de chumbo (1964-1985)
 
07 revolução mexicana
07   revolução mexicana07   revolução mexicana
07 revolução mexicana
 
Período entre guerras - crise de 1929 - nazifascismo
Período entre guerras - crise de 1929 - nazifascismoPeríodo entre guerras - crise de 1929 - nazifascismo
Período entre guerras - crise de 1929 - nazifascismo
 
Guerra Fria - Atualizada
Guerra Fria - AtualizadaGuerra Fria - Atualizada
Guerra Fria - Atualizada
 
Nova República
Nova RepúblicaNova República
Nova República
 
Senhora
SenhoraSenhora
Senhora
 
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto históricoBrasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
 
Absolutismo
AbsolutismoAbsolutismo
Absolutismo
 
Questão Palestina
Questão PalestinaQuestão Palestina
Questão Palestina
 
Descolonização afro-asiática
Descolonização afro-asiáticaDescolonização afro-asiática
Descolonização afro-asiática
 
África nos tempos de tráfico atlântico
África nos tempos de tráfico atlânticoÁfrica nos tempos de tráfico atlântico
África nos tempos de tráfico atlântico
 
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto históricoBrasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
 
Brasil Colônia: revoltas nativistas e separatistas
Brasil Colônia: revoltas nativistas e separatistasBrasil Colônia: revoltas nativistas e separatistas
Brasil Colônia: revoltas nativistas e separatistas
 
Brasil: Economia Colonial
Brasil: Economia ColonialBrasil: Economia Colonial
Brasil: Economia Colonial
 
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto históricoBrasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
 
Cuca Vestibulares - Maratona PSC 1 - Manaus
Cuca Vestibulares - Maratona PSC 1 - ManausCuca Vestibulares - Maratona PSC 1 - Manaus
Cuca Vestibulares - Maratona PSC 1 - Manaus
 
Religiões de matriz africana
Religiões de matriz africanaReligiões de matriz africana
Religiões de matriz africana
 

Transferência da corte portuguesa para o brasil

  • 1. A transferência da Corte Portuguesa e o governo de D. João VI no Brasil (1808-1821)
  • 2. 1. Antecedentes: > As Guerras Napoleônicas e o Bloqueio Continental (1806);
  • 3. > A “Convenção Secreta”(1807) e a “Fuga”. Napoleão Bonaparte O embarque da Corte Portuguesa (27/novembro/1807)
  • 4. A travessia do Atlântico levou quase dois meses General Junot
  • 5. 2. As primeiras medidas tomadas pelo príncipe regente D. João ao chegar ao Brasil: > Abertura dos Portos às Nações Amigas (28 de janeiro de 1808); > Revogação do Alvará de 1785; > Criação do Banco do Brasil. Porto do Rio de Janeiro e Paço Imperial (antigo Palácio dos Vice-Reis)
  • 6. Paço Imperial D. Maria I Desembarque da Corte em Salvador Príncipe regente D. João Carlota Joaquina
  • 7. Distribuição de títulos de nobreza Cerimônia do Beija-Mão, no Palácio de São Cristóvão
  • 8. 3. Outras medidas: > Criação de diversos órgãos públicos (a saber). Faculdade de Medicina e Anatomia de Salvador
  • 9. Biblioteca Real, Rio de Janeiro
  • 10. Os tratados de 1810 com a Inglaterra: > Aliança e Amizade; > Comércio e Navegação. Inglaterra: 15% Portugal: 16% Demais países: 24% Por aqui entravam as mercadorias dos mais diversos países
  • 11. Observe a diversidade dos produtos importados pelo Brasil no início do séc. XIX Observe o crescimento demográfico da capital da colônia durante a estada da Corte no Brasil.
  • 12. 4. A elevação do Brasil a Reino Unido a Portugal e Algarves (1815) Reunião do Congresso de Viena (1815)
  • 13. A aclamação de D. João VI, após a morte de sua mãe, D. Maria I (1816) D. Maria I e D. Pedro III
  • 14. 6. Revolução Pernambucana de 1817 "Sem grande corte na Corte Não se goza um bem geral; Que o corte é que nos faz bem, A Corte, é quem nos faz mal."
  • 15. 6.1. Principais fatores do movimento: > A decadência político-econômica do Nordeste; > A influência do Iluminismo e da Revolução Francesa; > O aumento da tributação para sustentar o conforto da Corte instalada no Brasil. Recife, início do séc. XIX Recife, início do séc. XIX D. João e Carlota Joaquina
  • 17. Cipriano Liderança: Barata Manuel de Carvalho Paes de Andrade Padre Miguelinho Frei Caneca
  • 18. 7. Revolução “liberal” do Porto (1820) 7.1. Principais exigências feitas a D. João VI: > retorno imediato para Portugal; > reconhecimento da Constituição (limitação de seus poderes); > recolonização do Brasil. Lord William BERESFORD
  • 19. 8. O retorno de D.João VI para Portugal e a Regência de D. Pedro José Bonifácio, Patrono da Independência
  • 20. > D. Pedro passa a sofrer pressões das Cortes portuguesas, já que seu retorno seria a condição essencial para o projeto de recolonização; > A aristocracia brasileira, que compôs o Partido Brasileiro, articulou-se para segurar D. Pedro no Brasil; 8.2. A divisão do Partido Brasileiro: radicais e conservadores. Gonçalves Lêdo José Bonifácio
  • 21. O Dia do “Fico” 9 de janeiro de 1822
  • 23. 9. Limites da independência: > Apesar da emancipação política, a estrutura socioeconômica do Brasil permaneceu inalterada, ou seja, o latifúndio agro-exportador e escravista foi mantido de acordo com os anseios da aristocracia; > Permanecemos fiéis à “divisão internacional do trabalho exportando matérias-primas e importando manufaturados. Adam Smith, defensor da liberdade de comércio e da divisão internacional do trabalho