SlideShare uma empresa Scribd logo
Sexta-feira, Março 07, 2008


Os ventos estão a soprar a favor da cultura
triunfense




Depois do estrondoso sucesso do carnaval o Centro Cultural
Qorpo santo está prestes a tornar-se uma Fundação Cultural

Gladis Maia

Há mais de duas décadas, em abril de 1985, liderados pelo
escritor Fernando de Castro Freitas, escolhido por
unanimidade como Presidente Honorário,alguns jovens e
outros cidadãos triunfenses, não tão jovens, reuniram-se com
o intuito de formar uma agremiação que reunisse no seu
afazer todas as artes. O encontro foi no Teatro Municipal e
dele saiu constituído os grupos de trabalho da associação e
sua diretoria.

Foi seu primeiro Presidente Rodrigo Casagrande Pacheco;
Vice, Vânius Olegário Machado; Secretária, Maria Cristina
Schubert; Adjunta, Tânia Souza; Tesoureira, Ângela
Fernandes;     Adjunto,    João     Luiz   Vieira    Lopes.
Naquele primeiro encontro oficial, como registra a primeira
ata da instituição, datada de 26 de abril, formaram-se as
seguintes frentes de trabalho: TEATRO E LITERATURA
(Adriana Esswein, Maria Camargo, Mariam Georges, João
Maria Alencastro, Salete Brietzki, Rosana Tavares, Lauro
Franco); MÚSICA E DANÇA (Volnei Teixeira, Vinícius Barreto,
Luis Carlos Santos; CORAL (Presidente, Egidio Xavier Maia;
Secretário, Airton Machado; Tesoureira, Laci Carvalho);
TRADIÇÃO E FOLCLORE (Eliana Gonzatti, Cléris Borba, Ivo
Rambor de Souza e Egidio Maia); HISTÓRIA E PESQUISA (Odila
Casagrande Pacheco, Fernando Freitas, Martíria Souza, João
Maria Alencastro); ARTES PLÁSTICAS (Margareth Volkweis,
Vânius Machado, Giancarlo Tavares); CINEMA E FOTOGRAFIA
(Manoel Soares da Silva, Miguel Ângelo Aires, Clóvis Ramos
Viana, Leandro Flores); GRUPO DE APOIO EM PORTO ALEGRE
(Selma Alencastro, Fidelis Valnei Merg, Gladis Xavier Maia,
Gildo Campos, Rute Martins, Elma Santana, Eugênio Cleto
Campani).

Num passar de olhos pela lista de nomes acima percebe-se
que muitos cidadãos triunfenses - mesmo que alguns estejam
longe daqui - continuam com seus projetos na área cultural e
que outros, infelizmente, já partiram do nosso convívio. Aos
primeiros convocamos para que retornem trazendo outras
pessoas amigas ou conhecidas, ao seio do Centro Cultural
Qorpo Santo, já quase-quase Fundação, novamente como
colaboradores. E, aos últimos, rogamos que torçam por nós de
onde estiverem, pela continuidade deste honroso trabalho em
favor de Triunfo e de seu povo, pois só a cultura distingue
uma cidade, um estado, um país, um continente de outros.
Com esta matéria, a primeira de muitas, queremos registrar
todos os passos que estamos a dar para que a Fundação Qorpo
Santo de fato e de direito assim denominada se constitua na
reunião de tudo que se realiza em termos de cultura na nossa
cidade tornando-se um legado cultural aos que nos
sucederem.

Na manhã do sábado 1º de março, em assembléia geral,
reunida na Câmara de Vereadores, os presentes,
representantes de vários segmentos de nossa sociedade,
aprovaram o estatuto da fundação, após a realização, em
paralelo, da leitura do mesmo em data-show, quando foram
feitas várias emendas, supressões e correções sugeridas ao
texto original pelos componentes da plenária. Deste histórico
encontro foi escolhido o Grupo Gestor, que faz parte das
Comissões de Trabalho, denominadas coordenações. São elas:

COORDENADORA GERAL – Odila Lourdes Rubin de Vasconcelos
DE ADMINISTRAÇÃO – Maristane Teresinha Pasa Vieira Figueiró
DE FINANÇAS – João Ramos Matias
DE PATRIMÔNIO – Pedro Canízio dias de Carvalho
DE LEGISLAÇÃO – Adroaldo Renosto
DE COMUNICAÇÃO – Gladis Xavier Maia
DE CULTURA – Inalda de Siqueira Guedes
Na próxima matéria estaremos entrevistando a Coordenadora
Geral da Fundação, Odila Vasconcelos, e nas subseqüentes
cada um dos membros da diretoria. Até lá!
Postado por Sentinela do Jacuí às 4:10 PM

Fonte: http://jornnalsentinela.blogspot.com/2008/03/os-ventos-esto-soprar-favor-da-cultura.html

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Dissertacao douglas ceccagno
Dissertacao douglas ceccagnoDissertacao douglas ceccagno
Dissertacao douglas ceccagnoGladis Maia
 
Lileana moura franco_de_sa
Lileana moura franco_de_saLileana moura franco_de_sa
Lileana moura franco_de_saGladis Maia
 
Matéria qorpo santo gladis
Matéria qorpo santo gladisMatéria qorpo santo gladis
Matéria qorpo santo gladisGladis Maia
 
Tese caes da_provincia
Tese caes da_provinciaTese caes da_provincia
Tese caes da_provinciaGladis Maia
 

Destaque (9)

Artigo10 adv06
Artigo10   adv06Artigo10   adv06
Artigo10 adv06
 
00758
0075800758
00758
 
Dissertacao douglas ceccagno
Dissertacao douglas ceccagnoDissertacao douglas ceccagno
Dissertacao douglas ceccagno
 
Lileana moura franco_de_sa
Lileana moura franco_de_saLileana moura franco_de_sa
Lileana moura franco_de_sa
 
Mateusemateusa
MateusemateusaMateusemateusa
Mateusemateusa
 
Matéria qorpo santo gladis
Matéria qorpo santo gladisMatéria qorpo santo gladis
Matéria qorpo santo gladis
 
Final
FinalFinal
Final
 
Tese caes da_provincia
Tese caes da_provinciaTese caes da_provincia
Tese caes da_provincia
 
Industrial housing
Industrial housingIndustrial housing
Industrial housing
 

Semelhante a Notícia antiga sentinela

Atas de Reunião do Conselho Municipal do Patrimônio Cultural de Araçaí/MG
Atas de Reunião do Conselho Municipal do Patrimônio Cultural de Araçaí/MGAtas de Reunião do Conselho Municipal do Patrimônio Cultural de Araçaí/MG
Atas de Reunião do Conselho Municipal do Patrimônio Cultural de Araçaí/MGedublogger
 
Guia do Arquivo Público Municipal Olímpio Michael Gonzaga
Guia do Arquivo Público Municipal Olímpio Michael GonzagaGuia do Arquivo Público Municipal Olímpio Michael Gonzaga
Guia do Arquivo Público Municipal Olímpio Michael GonzagaArquivo Público de Paracatu
 
Cultura ms 2010_digital[1] fronteiras
Cultura ms 2010_digital[1] fronteirasCultura ms 2010_digital[1] fronteiras
Cultura ms 2010_digital[1] fronteirasAline Sesti Cerutti
 
Relatório 1ª Conferência Municipal de Cultura do Rio de Janeiro (2009)
Relatório 1ª Conferência Municipal de Cultura do Rio de Janeiro (2009)Relatório 1ª Conferência Municipal de Cultura do Rio de Janeiro (2009)
Relatório 1ª Conferência Municipal de Cultura do Rio de Janeiro (2009)Gabriela Agustini
 
Plano Municipal de Cultura de Feira de Santana (2016)
Plano Municipal de Cultura de Feira de Santana (2016)Plano Municipal de Cultura de Feira de Santana (2016)
Plano Municipal de Cultura de Feira de Santana (2016)Feirenses
 
Case matracas colunistas
Case matracas colunistasCase matracas colunistas
Case matracas colunistasRogério Rocha
 
RUAS DE IRAUÇUBA E SEUS HOMENAGEADOS
RUAS DE IRAUÇUBA E SEUS HOMENAGEADOSRUAS DE IRAUÇUBA E SEUS HOMENAGEADOS
RUAS DE IRAUÇUBA E SEUS HOMENAGEADOSGeraldina Braga
 
FÓRUM DE CULTURA DE TERESÓPOLIS
FÓRUM DE CULTURA DE TERESÓPOLISFÓRUM DE CULTURA DE TERESÓPOLIS
FÓRUM DE CULTURA DE TERESÓPOLISandnovas
 
Patrimonios vivos 2010
Patrimonios vivos 2010Patrimonios vivos 2010
Patrimonios vivos 2010Marta Tavares
 
Jornal Farol Das Gerais - Edição 213 - Data 18 de Janeiro. Ano 2017 - Versão...
Jornal Farol Das Gerais -  Edição 213 - Data 18 de Janeiro. Ano 2017 - Versão...Jornal Farol Das Gerais -  Edição 213 - Data 18 de Janeiro. Ano 2017 - Versão...
Jornal Farol Das Gerais - Edição 213 - Data 18 de Janeiro. Ano 2017 - Versão...Sua Concorrencia
 
EDIÇÃO Nº 86.1 CAPA SERRANO
EDIÇÃO Nº 86.1 CAPA SERRANOEDIÇÃO Nº 86.1 CAPA SERRANO
EDIÇÃO Nº 86.1 CAPA SERRANOEcos Alcântaras
 
SNC - Marcos e Desentendimentos
SNC - Marcos e DesentendimentosSNC - Marcos e Desentendimentos
SNC - Marcos e DesentendimentosPawlo Cidade
 
Portaria n 28 comissão organização oficinas povos tradicionais de terreiros
Portaria n 28 comissão organização oficinas povos tradicionais de terreirosPortaria n 28 comissão organização oficinas povos tradicionais de terreiros
Portaria n 28 comissão organização oficinas povos tradicionais de terreirosCarlos França
 
Newsletter nº4 (Outubro 2012)
Newsletter nº4 (Outubro  2012)Newsletter nº4 (Outubro  2012)
Newsletter nº4 (Outubro 2012)psdriotinto
 
Plano municipal de cultura (Versão do FMCT entregue ao conselho)
Plano municipal de cultura (Versão do FMCT entregue ao conselho)Plano municipal de cultura (Versão do FMCT entregue ao conselho)
Plano municipal de cultura (Versão do FMCT entregue ao conselho)Fórum De Cultura
 
Uma História de Dignidade
Uma História de DignidadeUma História de Dignidade
Uma História de DignidadeGrupo Dignidade
 

Semelhante a Notícia antiga sentinela (20)

Revista cultura ms
Revista cultura   msRevista cultura   ms
Revista cultura ms
 
Culturams n5 2012_para_web
Culturams n5 2012_para_webCulturams n5 2012_para_web
Culturams n5 2012_para_web
 
Atas de Reunião do Conselho Municipal do Patrimônio Cultural de Araçaí/MG
Atas de Reunião do Conselho Municipal do Patrimônio Cultural de Araçaí/MGAtas de Reunião do Conselho Municipal do Patrimônio Cultural de Araçaí/MG
Atas de Reunião do Conselho Municipal do Patrimônio Cultural de Araçaí/MG
 
Guia do Arquivo Público Municipal Olímpio Michael Gonzaga
Guia do Arquivo Público Municipal Olímpio Michael GonzagaGuia do Arquivo Público Municipal Olímpio Michael Gonzaga
Guia do Arquivo Público Municipal Olímpio Michael Gonzaga
 
Cultura ms 2010_digital[1] fronteiras
Cultura ms 2010_digital[1] fronteirasCultura ms 2010_digital[1] fronteiras
Cultura ms 2010_digital[1] fronteiras
 
Relatório 1ª cmc
Relatório 1ª cmcRelatório 1ª cmc
Relatório 1ª cmc
 
Relatório 1ª Conferência Municipal de Cultura do Rio de Janeiro (2009)
Relatório 1ª Conferência Municipal de Cultura do Rio de Janeiro (2009)Relatório 1ª Conferência Municipal de Cultura do Rio de Janeiro (2009)
Relatório 1ª Conferência Municipal de Cultura do Rio de Janeiro (2009)
 
Plano Municipal de Cultura de Feira de Santana (2016)
Plano Municipal de Cultura de Feira de Santana (2016)Plano Municipal de Cultura de Feira de Santana (2016)
Plano Municipal de Cultura de Feira de Santana (2016)
 
Case matracas colunistas
Case matracas colunistasCase matracas colunistas
Case matracas colunistas
 
RUAS DE IRAUÇUBA E SEUS HOMENAGEADOS
RUAS DE IRAUÇUBA E SEUS HOMENAGEADOSRUAS DE IRAUÇUBA E SEUS HOMENAGEADOS
RUAS DE IRAUÇUBA E SEUS HOMENAGEADOS
 
FÓRUM DE CULTURA DE TERESÓPOLIS
FÓRUM DE CULTURA DE TERESÓPOLISFÓRUM DE CULTURA DE TERESÓPOLIS
FÓRUM DE CULTURA DE TERESÓPOLIS
 
Patrimonios vivos 2010
Patrimonios vivos 2010Patrimonios vivos 2010
Patrimonios vivos 2010
 
Jornal Farol Das Gerais - Edição 213 - Data 18 de Janeiro. Ano 2017 - Versão...
Jornal Farol Das Gerais -  Edição 213 - Data 18 de Janeiro. Ano 2017 - Versão...Jornal Farol Das Gerais -  Edição 213 - Data 18 de Janeiro. Ano 2017 - Versão...
Jornal Farol Das Gerais - Edição 213 - Data 18 de Janeiro. Ano 2017 - Versão...
 
EDIÇÃO Nº 86.1 CAPA SERRANO
EDIÇÃO Nº 86.1 CAPA SERRANOEDIÇÃO Nº 86.1 CAPA SERRANO
EDIÇÃO Nº 86.1 CAPA SERRANO
 
Pagina 3
Pagina   3Pagina   3
Pagina 3
 
SNC - Marcos e Desentendimentos
SNC - Marcos e DesentendimentosSNC - Marcos e Desentendimentos
SNC - Marcos e Desentendimentos
 
Portaria n 28 comissão organização oficinas povos tradicionais de terreiros
Portaria n 28 comissão organização oficinas povos tradicionais de terreirosPortaria n 28 comissão organização oficinas povos tradicionais de terreiros
Portaria n 28 comissão organização oficinas povos tradicionais de terreiros
 
Newsletter nº4 (Outubro 2012)
Newsletter nº4 (Outubro  2012)Newsletter nº4 (Outubro  2012)
Newsletter nº4 (Outubro 2012)
 
Plano municipal de cultura (Versão do FMCT entregue ao conselho)
Plano municipal de cultura (Versão do FMCT entregue ao conselho)Plano municipal de cultura (Versão do FMCT entregue ao conselho)
Plano municipal de cultura (Versão do FMCT entregue ao conselho)
 
Uma História de Dignidade
Uma História de DignidadeUma História de Dignidade
Uma História de Dignidade
 

Mais de Gladis Maia

O qorpo santo_da_escrita
O qorpo santo_da_escritaO qorpo santo_da_escrita
O qorpo santo_da_escritaGladis Maia
 
O qorpo santo da escrita
O qorpo santo da escritaO qorpo santo da escrita
O qorpo santo da escritaGladis Maia
 
Um credor da fazenda nacional
Um credor da fazenda nacionalUm credor da fazenda nacional
Um credor da fazenda nacionalGladis Maia
 
Um atrevido ou um brilhante escondido
Um atrevido ou um brilhante escondidoUm atrevido ou um brilhante escondido
Um atrevido ou um brilhante escondidoGladis Maia
 
Um assovio univ da amazônia
Um assovio   univ da amazôniaUm assovio   univ da amazônia
Um assovio univ da amazôniaGladis Maia
 
Parque farroupilha por qsanto
Parque farroupilha por qsantoParque farroupilha por qsanto
Parque farroupilha por qsantoGladis Maia
 
O marinheiro escritor
O marinheiro escritorO marinheiro escritor
O marinheiro escritorGladis Maia
 
O marido extremosos ou o pai cuidadoso
O marido extremosos ou o pai cuidadosoO marido extremosos ou o pai cuidadoso
O marido extremosos ou o pai cuidadosoGladis Maia
 
Mateus e mateusa
Mateus e mateusaMateus e mateusa
Mateus e mateusaGladis Maia
 
Eu sou a vida eu não sou a morte
Eu sou a vida  eu não sou a morteEu sou a vida  eu não sou a morte
Eu sou a vida eu não sou a morteGladis Maia
 
Duas páginas em branco
Duas páginas em brancoDuas páginas em branco
Duas páginas em brancoGladis Maia
 
Certa entidade em busca de outra
Certa entidade em busca de outraCerta entidade em busca de outra
Certa entidade em busca de outraGladis Maia
 
As relações naturais
As relações naturaisAs relações naturais
As relações naturaisGladis Maia
 
A separação de dois esposos
A separação de dois espososA separação de dois esposos
A separação de dois espososGladis Maia
 
A impossibilidade da santificação
A impossibilidade da santificaçãoA impossibilidade da santificação
A impossibilidade da santificaçãoGladis Maia
 
Uma pitada de rapé
Uma pitada de rapéUma pitada de rapé
Uma pitada de rapéGladis Maia
 
06 luiz fernando_ramos
06 luiz fernando_ramos06 luiz fernando_ramos
06 luiz fernando_ramosGladis Maia
 

Mais de Gladis Maia (20)

O qorpo santo_da_escrita
O qorpo santo_da_escritaO qorpo santo_da_escrita
O qorpo santo_da_escrita
 
O qorpo santo da escrita
O qorpo santo da escritaO qorpo santo da escrita
O qorpo santo da escrita
 
T rvol14sum
T rvol14sumT rvol14sum
T rvol14sum
 
Um parto
Um partoUm parto
Um parto
 
Um credor da fazenda nacional
Um credor da fazenda nacionalUm credor da fazenda nacional
Um credor da fazenda nacional
 
Um atrevido ou um brilhante escondido
Um atrevido ou um brilhante escondidoUm atrevido ou um brilhante escondido
Um atrevido ou um brilhante escondido
 
Um assovio univ da amazônia
Um assovio   univ da amazôniaUm assovio   univ da amazônia
Um assovio univ da amazônia
 
Parque farroupilha por qsanto
Parque farroupilha por qsantoParque farroupilha por qsanto
Parque farroupilha por qsanto
 
O marinheiro escritor
O marinheiro escritorO marinheiro escritor
O marinheiro escritor
 
O marido extremosos ou o pai cuidadoso
O marido extremosos ou o pai cuidadosoO marido extremosos ou o pai cuidadoso
O marido extremosos ou o pai cuidadoso
 
Mateus e mateusa
Mateus e mateusaMateus e mateusa
Mateus e mateusa
 
Eu sou a vida eu não sou a morte
Eu sou a vida  eu não sou a morteEu sou a vida  eu não sou a morte
Eu sou a vida eu não sou a morte
 
Duas páginas em branco
Duas páginas em brancoDuas páginas em branco
Duas páginas em branco
 
Dous irmãos
Dous irmãosDous irmãos
Dous irmãos
 
Certa entidade em busca de outra
Certa entidade em busca de outraCerta entidade em busca de outra
Certa entidade em busca de outra
 
As relações naturais
As relações naturaisAs relações naturais
As relações naturais
 
A separação de dois esposos
A separação de dois espososA separação de dois esposos
A separação de dois esposos
 
A impossibilidade da santificação
A impossibilidade da santificaçãoA impossibilidade da santificação
A impossibilidade da santificação
 
Uma pitada de rapé
Uma pitada de rapéUma pitada de rapé
Uma pitada de rapé
 
06 luiz fernando_ramos
06 luiz fernando_ramos06 luiz fernando_ramos
06 luiz fernando_ramos
 

Notícia antiga sentinela

  • 1. Sexta-feira, Março 07, 2008 Os ventos estão a soprar a favor da cultura triunfense Depois do estrondoso sucesso do carnaval o Centro Cultural Qorpo santo está prestes a tornar-se uma Fundação Cultural Gladis Maia Há mais de duas décadas, em abril de 1985, liderados pelo escritor Fernando de Castro Freitas, escolhido por unanimidade como Presidente Honorário,alguns jovens e outros cidadãos triunfenses, não tão jovens, reuniram-se com o intuito de formar uma agremiação que reunisse no seu afazer todas as artes. O encontro foi no Teatro Municipal e dele saiu constituído os grupos de trabalho da associação e sua diretoria. Foi seu primeiro Presidente Rodrigo Casagrande Pacheco; Vice, Vânius Olegário Machado; Secretária, Maria Cristina Schubert; Adjunta, Tânia Souza; Tesoureira, Ângela Fernandes; Adjunto, João Luiz Vieira Lopes. Naquele primeiro encontro oficial, como registra a primeira ata da instituição, datada de 26 de abril, formaram-se as seguintes frentes de trabalho: TEATRO E LITERATURA (Adriana Esswein, Maria Camargo, Mariam Georges, João Maria Alencastro, Salete Brietzki, Rosana Tavares, Lauro Franco); MÚSICA E DANÇA (Volnei Teixeira, Vinícius Barreto,
  • 2. Luis Carlos Santos; CORAL (Presidente, Egidio Xavier Maia; Secretário, Airton Machado; Tesoureira, Laci Carvalho); TRADIÇÃO E FOLCLORE (Eliana Gonzatti, Cléris Borba, Ivo Rambor de Souza e Egidio Maia); HISTÓRIA E PESQUISA (Odila Casagrande Pacheco, Fernando Freitas, Martíria Souza, João Maria Alencastro); ARTES PLÁSTICAS (Margareth Volkweis, Vânius Machado, Giancarlo Tavares); CINEMA E FOTOGRAFIA (Manoel Soares da Silva, Miguel Ângelo Aires, Clóvis Ramos Viana, Leandro Flores); GRUPO DE APOIO EM PORTO ALEGRE (Selma Alencastro, Fidelis Valnei Merg, Gladis Xavier Maia, Gildo Campos, Rute Martins, Elma Santana, Eugênio Cleto Campani). Num passar de olhos pela lista de nomes acima percebe-se que muitos cidadãos triunfenses - mesmo que alguns estejam longe daqui - continuam com seus projetos na área cultural e que outros, infelizmente, já partiram do nosso convívio. Aos primeiros convocamos para que retornem trazendo outras pessoas amigas ou conhecidas, ao seio do Centro Cultural Qorpo Santo, já quase-quase Fundação, novamente como colaboradores. E, aos últimos, rogamos que torçam por nós de onde estiverem, pela continuidade deste honroso trabalho em favor de Triunfo e de seu povo, pois só a cultura distingue uma cidade, um estado, um país, um continente de outros. Com esta matéria, a primeira de muitas, queremos registrar todos os passos que estamos a dar para que a Fundação Qorpo Santo de fato e de direito assim denominada se constitua na reunião de tudo que se realiza em termos de cultura na nossa cidade tornando-se um legado cultural aos que nos sucederem. Na manhã do sábado 1º de março, em assembléia geral, reunida na Câmara de Vereadores, os presentes, representantes de vários segmentos de nossa sociedade, aprovaram o estatuto da fundação, após a realização, em paralelo, da leitura do mesmo em data-show, quando foram feitas várias emendas, supressões e correções sugeridas ao texto original pelos componentes da plenária. Deste histórico
  • 3. encontro foi escolhido o Grupo Gestor, que faz parte das Comissões de Trabalho, denominadas coordenações. São elas: COORDENADORA GERAL – Odila Lourdes Rubin de Vasconcelos DE ADMINISTRAÇÃO – Maristane Teresinha Pasa Vieira Figueiró DE FINANÇAS – João Ramos Matias DE PATRIMÔNIO – Pedro Canízio dias de Carvalho DE LEGISLAÇÃO – Adroaldo Renosto DE COMUNICAÇÃO – Gladis Xavier Maia DE CULTURA – Inalda de Siqueira Guedes Na próxima matéria estaremos entrevistando a Coordenadora Geral da Fundação, Odila Vasconcelos, e nas subseqüentes cada um dos membros da diretoria. Até lá! Postado por Sentinela do Jacuí às 4:10 PM Fonte: http://jornnalsentinela.blogspot.com/2008/03/os-ventos-esto-soprar-favor-da-cultura.html