SlideShare uma empresa Scribd logo
"Em geral, as mães, mais que amar os filhos, amam-se nos filhos."  (Friedrich Nietzsche) MÃES SÓ MORREM QUANDO QUEREM
"Eu tinha 7 anos  quando matei minha mãe pela primeira vez. Eu não a queria junto a mim  quando chegasse à escola em meu 1º dia de aula. Eu me achava forte o suficiente  para enfrentar os desafios  que a nova vida iria me trazer.
Poucas semanas depois  descobri aliviado que ela ainda estava lá,  pronta para me defender não somente daqueles garotos brutamontes que me ameaçavam,  como das dificuldades intransponíveis da tabuada
Quando fiz 14 anos eu a matei novamente. Não a queria me impondo regras ou limites,  nem que me impedisse  de viver a plenitude dos vôos juvenis.
Mas logo no primeiro porre  eu felizmente a redescobri viva  foi quando ela não só me curou da ressaca, como impediu  que eu levasse uma vergonhosa surra  de meu pai.
Aos 18 anos  achei que mataria minha mãe definitivamente, sem chances para ressurreição. Entrara na faculdade,iria morar em república, faria política estudantil,  atividades em que a presença materna  não cabia em nenhuma hipótese.
Ledo engano: quando me descobri confuso sobre qual rumo seguir voltei à casa materna,  único espaço possível de guarida e compreensão.
Aos 23 anos  me dei conta de que a morte materna era possível, apenas requeria lentidão... Foi quando me casei,  finquei bandeira de independência  e segui viagem.
Mas bastou nascer a primeira filha para descobrir que o bicho mãe  se transformara num espécime  ainda mais vigoroso chamado avó. Para quem ainda não viveu a experiência,  avó é mãe em dose dupla...
Apesar de tudo  continuei acreditando na tese da morte  lenta e demorada,  e aos poucos fui me sentindo mais distante e autônomo, mesmo que a intervalos regulares  ela reaparecesse em minha vida desempenhando papéis importantes e únicos,  papéis que somente ela poderia protagonizar...
Mas o final dessa história,  ao contrário do que eu sempre imaginei,  foi ela quem definiu: quando menos esperava, ela decidiu morrer.
Assim, sem mais, nem menos,  sem pedir licença ou permissão,  sem data marcada ou ocasião para despedida. Ela simplesmente se foi,  deixando a lição que mães são para sempre. Ao contrário do que sempre imaginei,  são elas que decidem o quanto esta eternidade pode durar em vida,  e o quanto fica relegado  para o etéreo terreno da saudade.. Desconheço o autor Segue
Não sei... Se a vida é curta  Ou longa demais pra nós,  Mas sei  que nada do que vivemos Tem sentido,  se não tocarmos o coração das pessoas.
Muitas vezes basta ser:  Colo que acolhe,  Braço que envolve,  Palavra que conforta,  Silêncio que respeita,  Alegria que contagia,  Lágrima que corre,  Olhar que acaricia,  Desejo que sacia,  Amor que promove.
E isso não é coisa de outro mundo,  É o que dá sentido à vida
É o que faz com que ela  Não seja nem curta,  Nem longa demais,
Mas que seja intensa,  Verdadeira, pura... Enquanto durar Cora  Coralina.
O dito popular...  “ Mãe é uma só "...  vem sendo utilizado há muito tempo,  desde a Grécia Antiga toda primavera,  os gregos, celebravam em honra de Rhea,  a mãe dos Deuses.
Em 1600, surgiu o chamado "Mothering Day" para que as mães da Inglaterra  pudessem ser honradas,  fato que deu origem ao "mothering cake",  um bolo para as mães  que tornaria o dia ainda mais festivo..
Em 1907, Ana Jarvis, da Filadélfia,  iniciou uma campanha para estabelecer  o Dia nacional das Mães.  Ela sugeriu celebrar a data no segundo aniversário da morte de sua mãe,  um segundo domingo do mês de maio.  Ana Jarvis e seus apoiadores  firmaram-se no propósito  de estabelecer o Dia nacional das Mães.
Sua campanha prosperou e,  em 1911, o Dia das Mães  foi celebrado em quase todos os estados. Finalmente, em 1914 o presidente Wilson decretou oficialmente o Dia das Mães  como um feriado nacional,  fixado no segundo domingo de maio de cada ano.
[email_address]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Colecção "Uma aventura"- trabalho do 5ºB
Colecção "Uma aventura"- trabalho do 5ºBColecção "Uma aventura"- trabalho do 5ºB
Colecção "Uma aventura"- trabalho do 5ºB
casmaria
 
O meu livro é 5 estrelas
O meu livro é 5 estrelasO meu livro é 5 estrelas
O meu livro é 5 estrelas
Gabriel Gonçalves
 
Powerpoint diário cruzado...marta polt
Powerpoint diário cruzado...marta poltPowerpoint diário cruzado...marta polt
Powerpoint diário cruzado...marta polt
Clara Veiga
 
O meu primeiro álbum de poesias
O meu primeiro álbum de poesiasO meu primeiro álbum de poesias
O meu primeiro álbum de poesias
Maria Catarina
 
Ficha de leitura 8
Ficha de leitura 8Ficha de leitura 8
Ficha de leitura 8
PAFB
 
Jornal Letras do Baú
Jornal Letras do BaúJornal Letras do Baú
Jornal Letras do Baú
PLETZ.com -
 
Diário cruzado de joão e joana ppt
Diário cruzado de joão e joana pptDiário cruzado de joão e joana ppt
Diário cruzado de joão e joana ppt
Pk Pks
 
A turma de 4º ano apresenta-se
A turma de 4º ano apresenta-seA turma de 4º ano apresenta-se
A turma de 4º ano apresenta-se
Isabel DA COSTA
 

Mais procurados (8)

Colecção "Uma aventura"- trabalho do 5ºB
Colecção "Uma aventura"- trabalho do 5ºBColecção "Uma aventura"- trabalho do 5ºB
Colecção "Uma aventura"- trabalho do 5ºB
 
O meu livro é 5 estrelas
O meu livro é 5 estrelasO meu livro é 5 estrelas
O meu livro é 5 estrelas
 
Powerpoint diário cruzado...marta polt
Powerpoint diário cruzado...marta poltPowerpoint diário cruzado...marta polt
Powerpoint diário cruzado...marta polt
 
O meu primeiro álbum de poesias
O meu primeiro álbum de poesiasO meu primeiro álbum de poesias
O meu primeiro álbum de poesias
 
Ficha de leitura 8
Ficha de leitura 8Ficha de leitura 8
Ficha de leitura 8
 
Jornal Letras do Baú
Jornal Letras do BaúJornal Letras do Baú
Jornal Letras do Baú
 
Diário cruzado de joão e joana ppt
Diário cruzado de joão e joana pptDiário cruzado de joão e joana ppt
Diário cruzado de joão e joana ppt
 
A turma de 4º ano apresenta-se
A turma de 4º ano apresenta-seA turma de 4º ano apresenta-se
A turma de 4º ano apresenta-se
 

Destaque

Pai começa o começo
Pai  começa o começoPai  começa o começo
Pai começa o começo
Luiz Carlos Dias
 
O sal
O salO sal
Lembram Destes Lugares?
Lembram Destes Lugares?Lembram Destes Lugares?
Lembram Destes Lugares?
Luiz Carlos Dias
 
Etica para amador
Etica para amadorEtica para amador
Etica para amador
ana maria
 
Aprendiz da vida
Aprendiz da vidaAprendiz da vida
Aprendiz da vida
Luiz Carlos Dias
 
โครงงานคอม
โครงงานคอมโครงงานคอม
โครงงานคอม
Numpuengz' Piacker
 
Autógrafo de Deus
Autógrafo de DeusAutógrafo de Deus
Autógrafo de Deus
Luiz Carlos Dias
 
Presentación5
Presentación5Presentación5
Presentación5
MARCOINFANTEIN
 
Terapia do elogio
Terapia do elogioTerapia do elogio
Terapia do elogio
Luiz Carlos Dias
 
Àrea Tècnico Profesional
Àrea Tècnico ProfesionalÀrea Tècnico Profesional
Àrea Tècnico Profesional
4Life Research
 
Uma mente dois cérebros
Uma mente dois cérebrosUma mente dois cérebros
Uma mente dois cérebros
Luiz Carlos Dias
 
Encante-se e se emocione
Encante-se e se emocioneEncante-se e se emocione
Encante-se e se emocione
Luiz Carlos Dias
 
As fotos mais deslumbrantes de 2012
As fotos mais deslumbrantes de 2012As fotos mais deslumbrantes de 2012
As fotos mais deslumbrantes de 2012
Luiz Carlos Dias
 
Mel e Canela
Mel e CanelaMel e Canela
Mel e Canela
Luiz Carlos Dias
 
Porque 1 e um 2 e dois 3 e tres
Porque 1 e um 2 e dois 3 e tresPorque 1 e um 2 e dois 3 e tres
Porque 1 e um 2 e dois 3 e tres
Luiz Carlos Dias
 
Cascata do Caracol
Cascata do CaracolCascata do Caracol
Cascata do Caracol
Luiz Carlos Dias
 
Consciência de cada um
Consciência de cada umConsciência de cada um
Consciência de cada um
Luiz Carlos Dias
 
Viver mais e melhor
Viver mais e melhorViver mais e melhor
Viver mais e melhor
Luiz Carlos Dias
 
Nouveau Titanic
Nouveau TitanicNouveau Titanic
Nouveau Titanic
Luiz Carlos Dias
 
晨露
晨露晨露
晨露
psjlew
 

Destaque (20)

Pai começa o começo
Pai  começa o começoPai  começa o começo
Pai começa o começo
 
O sal
O salO sal
O sal
 
Lembram Destes Lugares?
Lembram Destes Lugares?Lembram Destes Lugares?
Lembram Destes Lugares?
 
Etica para amador
Etica para amadorEtica para amador
Etica para amador
 
Aprendiz da vida
Aprendiz da vidaAprendiz da vida
Aprendiz da vida
 
โครงงานคอม
โครงงานคอมโครงงานคอม
โครงงานคอม
 
Autógrafo de Deus
Autógrafo de DeusAutógrafo de Deus
Autógrafo de Deus
 
Presentación5
Presentación5Presentación5
Presentación5
 
Terapia do elogio
Terapia do elogioTerapia do elogio
Terapia do elogio
 
Àrea Tècnico Profesional
Àrea Tècnico ProfesionalÀrea Tècnico Profesional
Àrea Tècnico Profesional
 
Uma mente dois cérebros
Uma mente dois cérebrosUma mente dois cérebros
Uma mente dois cérebros
 
Encante-se e se emocione
Encante-se e se emocioneEncante-se e se emocione
Encante-se e se emocione
 
As fotos mais deslumbrantes de 2012
As fotos mais deslumbrantes de 2012As fotos mais deslumbrantes de 2012
As fotos mais deslumbrantes de 2012
 
Mel e Canela
Mel e CanelaMel e Canela
Mel e Canela
 
Porque 1 e um 2 e dois 3 e tres
Porque 1 e um 2 e dois 3 e tresPorque 1 e um 2 e dois 3 e tres
Porque 1 e um 2 e dois 3 e tres
 
Cascata do Caracol
Cascata do CaracolCascata do Caracol
Cascata do Caracol
 
Consciência de cada um
Consciência de cada umConsciência de cada um
Consciência de cada um
 
Viver mais e melhor
Viver mais e melhorViver mais e melhor
Viver mais e melhor
 
Nouveau Titanic
Nouveau TitanicNouveau Titanic
Nouveau Titanic
 
晨露
晨露晨露
晨露
 

Semelhante a Maes Morrem Quando Querem!!!

Maes so morrem quando querem
Maes so morrem quando queremMaes so morrem quando querem
Maes so morrem quando querem
Mensagens Virtuais
 
MãEs Morrem Quando Querem Juliana Ramires
MãEs Morrem Quando Querem   Juliana RamiresMãEs Morrem Quando Querem   Juliana Ramires
MãEs Morrem Quando Querem Juliana Ramires
Juliana Ramires
 
Mães (não) morrem ...
Mães (não) morrem ...Mães (não) morrem ...
Mães (não) morrem ...
Umberto Pacheco
 
OBRIGADA MÃE
OBRIGADA MÃEOBRIGADA MÃE
OBRIGADA MÃE
Helena
 
Maes nao morrem
Maes nao morremMaes nao morrem
Maes nao morrem
rebeccasantos
 
Maes nao morrem
Maes nao morremMaes nao morrem
Maes nao morrem
rebeccasantos
 
Mãe
MãeMãe
9.ª) mães não morrem (mensagem falada por luciana)
9.ª) mães não morrem (mensagem falada por luciana)9.ª) mães não morrem (mensagem falada por luciana)
9.ª) mães não morrem (mensagem falada por luciana)
Julio Cesar Fonseca
 
Maes nao morrem
Maes nao morremMaes nao morrem
Maes nao morrem
Jucelem Ramos
 
Mães nunca morrem... MUITO LINDO!!!
Mães nunca morrem... MUITO LINDO!!!Mães nunca morrem... MUITO LINDO!!!
Mães nunca morrem... MUITO LINDO!!!
Lucio Borges
 
Maes nao morrem
Maes nao morremMaes nao morrem
Maes morrem
Maes morremMaes morrem
Maes morrem
Osnir da Silva
 
Mães morrem
Mães morremMães morrem
Mães morrem
Luiz Carlos Dias
 
Maes morrem
Maes morremMaes morrem
Maes morrem
Sonia Savelli
 
Maes morrem
Maes morremMaes morrem
Maes morrem
izabelfonseca
 
Mães morrem
Mães morremMães morrem
Mães morrem
Sonia Savelli
 
Mães morrem
Mães morremMães morrem
Mães morrem
Sonia Savelli
 
0 maes morrem
0  maes morrem0  maes morrem
0 maes morrem
luzberto
 
Maes nao morrem
Maes nao morremMaes nao morrem
Maes nao morrem
colessencial
 
Maes Nao Morrem
Maes Nao MorremMaes Nao Morrem
Maes Nao Morrem
carlalves
 

Semelhante a Maes Morrem Quando Querem!!! (20)

Maes so morrem quando querem
Maes so morrem quando queremMaes so morrem quando querem
Maes so morrem quando querem
 
MãEs Morrem Quando Querem Juliana Ramires
MãEs Morrem Quando Querem   Juliana RamiresMãEs Morrem Quando Querem   Juliana Ramires
MãEs Morrem Quando Querem Juliana Ramires
 
Mães (não) morrem ...
Mães (não) morrem ...Mães (não) morrem ...
Mães (não) morrem ...
 
OBRIGADA MÃE
OBRIGADA MÃEOBRIGADA MÃE
OBRIGADA MÃE
 
Maes nao morrem
Maes nao morremMaes nao morrem
Maes nao morrem
 
Maes nao morrem
Maes nao morremMaes nao morrem
Maes nao morrem
 
Mãe
MãeMãe
Mãe
 
9.ª) mães não morrem (mensagem falada por luciana)
9.ª) mães não morrem (mensagem falada por luciana)9.ª) mães não morrem (mensagem falada por luciana)
9.ª) mães não morrem (mensagem falada por luciana)
 
Maes nao morrem
Maes nao morremMaes nao morrem
Maes nao morrem
 
Mães nunca morrem... MUITO LINDO!!!
Mães nunca morrem... MUITO LINDO!!!Mães nunca morrem... MUITO LINDO!!!
Mães nunca morrem... MUITO LINDO!!!
 
Maes nao morrem
Maes nao morremMaes nao morrem
Maes nao morrem
 
Maes morrem
Maes morremMaes morrem
Maes morrem
 
Mães morrem
Mães morremMães morrem
Mães morrem
 
Maes morrem
Maes morremMaes morrem
Maes morrem
 
Maes morrem
Maes morremMaes morrem
Maes morrem
 
Mães morrem
Mães morremMães morrem
Mães morrem
 
Mães morrem
Mães morremMães morrem
Mães morrem
 
0 maes morrem
0  maes morrem0  maes morrem
0 maes morrem
 
Maes nao morrem
Maes nao morremMaes nao morrem
Maes nao morrem
 
Maes Nao Morrem
Maes Nao MorremMaes Nao Morrem
Maes Nao Morrem
 

Mais de Luiz Carlos Dias

Portugal - Castelos e palácios
Portugal - Castelos e paláciosPortugal - Castelos e palácios
Portugal - Castelos e palácios
Luiz Carlos Dias
 
Serra da Estrela - Portugal
Serra da Estrela - PortugalSerra da Estrela - Portugal
Serra da Estrela - Portugal
Luiz Carlos Dias
 
Sevilha - Espanha
Sevilha - EspanhaSevilha - Espanha
Sevilha - Espanha
Luiz Carlos Dias
 
Malmö - Suécia - Cidade ecológica
Malmö - Suécia - Cidade ecológicaMalmö - Suécia - Cidade ecológica
Malmö - Suécia - Cidade ecológica
Luiz Carlos Dias
 
Geniale bilder
Geniale bilderGeniale bilder
Geniale bilder
Luiz Carlos Dias
 
A rota dos faraós
A rota dos faraósA rota dos faraós
A rota dos faraós
Luiz Carlos Dias
 
Inglaterra - Beachy Head
Inglaterra - Beachy HeadInglaterra - Beachy Head
Inglaterra - Beachy Head
Luiz Carlos Dias
 
Hotéis em Las Vegas - EUA
Hotéis em Las Vegas - EUAHotéis em Las Vegas - EUA
Hotéis em Las Vegas - EUA
Luiz Carlos Dias
 
Paris - França
Paris - FrançaParis - França
Paris - França
Luiz Carlos Dias
 
Palácio da Foz - Lisboa
Palácio da Foz  - LisboaPalácio da Foz  - Lisboa
Palácio da Foz - Lisboa
Luiz Carlos Dias
 
Festival Glace Neige
Festival Glace NeigeFestival Glace Neige
Festival Glace Neige
Luiz Carlos Dias
 
A sensação de sede
A sensação de sedeA sensação de sede
A sensação de sede
Luiz Carlos Dias
 
Portugal é lindo visto do céu
Portugal é lindo visto do céuPortugal é lindo visto do céu
Portugal é lindo visto do céu
Luiz Carlos Dias
 
Itália
ItáliaItália
Mãos
MãosMãos
Avenida Presidente Vargas - O antes, o durante e o depois
Avenida Presidente Vargas - O antes,  o durante e o depoisAvenida Presidente Vargas - O antes,  o durante e o depois
Avenida Presidente Vargas - O antes, o durante e o depois
Luiz Carlos Dias
 
Arraial do Cabo - Rio de Janeiro
Arraial do Cabo - Rio de JaneiroArraial do Cabo - Rio de Janeiro
Arraial do Cabo - Rio de Janeiro
Luiz Carlos Dias
 
Inglaterra - Beachy Head
Inglaterra - Beachy HeadInglaterra - Beachy Head
Inglaterra - Beachy Head
Luiz Carlos Dias
 
A travessia do caminho
A travessia do caminhoA travessia do caminho
A travessia do caminho
Luiz Carlos Dias
 
La route des pharaons
La route des pharaonsLa route des pharaons
La route des pharaons
Luiz Carlos Dias
 

Mais de Luiz Carlos Dias (20)

Portugal - Castelos e palácios
Portugal - Castelos e paláciosPortugal - Castelos e palácios
Portugal - Castelos e palácios
 
Serra da Estrela - Portugal
Serra da Estrela - PortugalSerra da Estrela - Portugal
Serra da Estrela - Portugal
 
Sevilha - Espanha
Sevilha - EspanhaSevilha - Espanha
Sevilha - Espanha
 
Malmö - Suécia - Cidade ecológica
Malmö - Suécia - Cidade ecológicaMalmö - Suécia - Cidade ecológica
Malmö - Suécia - Cidade ecológica
 
Geniale bilder
Geniale bilderGeniale bilder
Geniale bilder
 
A rota dos faraós
A rota dos faraósA rota dos faraós
A rota dos faraós
 
Inglaterra - Beachy Head
Inglaterra - Beachy HeadInglaterra - Beachy Head
Inglaterra - Beachy Head
 
Hotéis em Las Vegas - EUA
Hotéis em Las Vegas - EUAHotéis em Las Vegas - EUA
Hotéis em Las Vegas - EUA
 
Paris - França
Paris - FrançaParis - França
Paris - França
 
Palácio da Foz - Lisboa
Palácio da Foz  - LisboaPalácio da Foz  - Lisboa
Palácio da Foz - Lisboa
 
Festival Glace Neige
Festival Glace NeigeFestival Glace Neige
Festival Glace Neige
 
A sensação de sede
A sensação de sedeA sensação de sede
A sensação de sede
 
Portugal é lindo visto do céu
Portugal é lindo visto do céuPortugal é lindo visto do céu
Portugal é lindo visto do céu
 
Itália
ItáliaItália
Itália
 
Mãos
MãosMãos
Mãos
 
Avenida Presidente Vargas - O antes, o durante e o depois
Avenida Presidente Vargas - O antes,  o durante e o depoisAvenida Presidente Vargas - O antes,  o durante e o depois
Avenida Presidente Vargas - O antes, o durante e o depois
 
Arraial do Cabo - Rio de Janeiro
Arraial do Cabo - Rio de JaneiroArraial do Cabo - Rio de Janeiro
Arraial do Cabo - Rio de Janeiro
 
Inglaterra - Beachy Head
Inglaterra - Beachy HeadInglaterra - Beachy Head
Inglaterra - Beachy Head
 
A travessia do caminho
A travessia do caminhoA travessia do caminho
A travessia do caminho
 
La route des pharaons
La route des pharaonsLa route des pharaons
La route des pharaons
 

Último

Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
ArapiracaNoticiasFat
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
Estuda.com
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Falcão Brasil
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Luzia Gabriele
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
Falcão Brasil
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 
VIAGEM AO PASSADO -
VIAGEM AO PASSADO                        -VIAGEM AO PASSADO                        -
VIAGEM AO PASSADO -
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 

Maes Morrem Quando Querem!!!

  • 1. "Em geral, as mães, mais que amar os filhos, amam-se nos filhos." (Friedrich Nietzsche) MÃES SÓ MORREM QUANDO QUEREM
  • 2. "Eu tinha 7 anos quando matei minha mãe pela primeira vez. Eu não a queria junto a mim quando chegasse à escola em meu 1º dia de aula. Eu me achava forte o suficiente para enfrentar os desafios que a nova vida iria me trazer.
  • 3. Poucas semanas depois descobri aliviado que ela ainda estava lá, pronta para me defender não somente daqueles garotos brutamontes que me ameaçavam, como das dificuldades intransponíveis da tabuada
  • 4. Quando fiz 14 anos eu a matei novamente. Não a queria me impondo regras ou limites, nem que me impedisse de viver a plenitude dos vôos juvenis.
  • 5. Mas logo no primeiro porre eu felizmente a redescobri viva foi quando ela não só me curou da ressaca, como impediu que eu levasse uma vergonhosa surra de meu pai.
  • 6. Aos 18 anos achei que mataria minha mãe definitivamente, sem chances para ressurreição. Entrara na faculdade,iria morar em república, faria política estudantil, atividades em que a presença materna não cabia em nenhuma hipótese.
  • 7. Ledo engano: quando me descobri confuso sobre qual rumo seguir voltei à casa materna, único espaço possível de guarida e compreensão.
  • 8. Aos 23 anos me dei conta de que a morte materna era possível, apenas requeria lentidão... Foi quando me casei, finquei bandeira de independência e segui viagem.
  • 9. Mas bastou nascer a primeira filha para descobrir que o bicho mãe se transformara num espécime ainda mais vigoroso chamado avó. Para quem ainda não viveu a experiência, avó é mãe em dose dupla...
  • 10. Apesar de tudo continuei acreditando na tese da morte lenta e demorada, e aos poucos fui me sentindo mais distante e autônomo, mesmo que a intervalos regulares ela reaparecesse em minha vida desempenhando papéis importantes e únicos, papéis que somente ela poderia protagonizar...
  • 11. Mas o final dessa história, ao contrário do que eu sempre imaginei, foi ela quem definiu: quando menos esperava, ela decidiu morrer.
  • 12. Assim, sem mais, nem menos, sem pedir licença ou permissão, sem data marcada ou ocasião para despedida. Ela simplesmente se foi, deixando a lição que mães são para sempre. Ao contrário do que sempre imaginei, são elas que decidem o quanto esta eternidade pode durar em vida, e o quanto fica relegado para o etéreo terreno da saudade.. Desconheço o autor Segue
  • 13. Não sei... Se a vida é curta Ou longa demais pra nós, Mas sei que nada do que vivemos Tem sentido, se não tocarmos o coração das pessoas.
  • 14. Muitas vezes basta ser: Colo que acolhe, Braço que envolve, Palavra que conforta, Silêncio que respeita, Alegria que contagia, Lágrima que corre, Olhar que acaricia, Desejo que sacia, Amor que promove.
  • 15. E isso não é coisa de outro mundo, É o que dá sentido à vida
  • 16. É o que faz com que ela Não seja nem curta, Nem longa demais,
  • 17. Mas que seja intensa, Verdadeira, pura... Enquanto durar Cora Coralina.
  • 18. O dito popular... “ Mãe é uma só "... vem sendo utilizado há muito tempo, desde a Grécia Antiga toda primavera, os gregos, celebravam em honra de Rhea, a mãe dos Deuses.
  • 19. Em 1600, surgiu o chamado "Mothering Day" para que as mães da Inglaterra pudessem ser honradas, fato que deu origem ao "mothering cake", um bolo para as mães que tornaria o dia ainda mais festivo..
  • 20. Em 1907, Ana Jarvis, da Filadélfia, iniciou uma campanha para estabelecer o Dia nacional das Mães. Ela sugeriu celebrar a data no segundo aniversário da morte de sua mãe, um segundo domingo do mês de maio. Ana Jarvis e seus apoiadores firmaram-se no propósito de estabelecer o Dia nacional das Mães.
  • 21. Sua campanha prosperou e, em 1911, o Dia das Mães foi celebrado em quase todos os estados. Finalmente, em 1914 o presidente Wilson decretou oficialmente o Dia das Mães como um feriado nacional, fixado no segundo domingo de maio de cada ano.