SlideShare uma empresa Scribd logo
Matiné Pensante

?

Bruxelas, 9 de Novembro de 2013

Nuno Antunes
nantunes74@gmail.com
Brief
“Matiné Pensante”
O teu painel:
Portugal Re-Inventado

Ponto de Partida:
Projeto que apresentaste no TEDx,
salientando o envolvimento que fizeste
com a “tua” Comunidade

Tens:
15 a 20 minutos
Que
tomate
somos?
Os Imperfeccionistas
Impulsos
“Co-Words”
Do “Me” para o “We”

“Os seres humanos são 90% chimpanzés
e 10% abelhas”
Psicólogo Social Jonathan Haidt, no livro “The Righteous Minds”

“We Economy”
Equilíbrio entre o sucesso pessoal e os valores de
sociabilidade, comunidade e bem-estar

A vida é cada vez mais “Co”
“CoPreneurs” / “CoWorking” / Co-Criação
CooPetição
Conectividade
Comunidade
Comunidade
“Chez Antunes”

Peixeiro
Talhante
“Babysitter”
“Pet-Sitter”
“Personal Trainer”
Massagens

youtube pesquisar: “no money so what”
slideshare pesquisar: no money so what
Os Lugares
Para perdurar

Colocar o lugar no Mapa
“Shortlist”

Referência
Os lugares precisam de ganhar uma reputação que perdure,
para além das campanhas publicitárias pontuais

Criar ferramentas diferenciadoras de
atracção “magnética”
Para a construção dessa referência
Ferramentas
de Atracção
Histórias
Nova Zelândia/ Senhor dos
Anéis

Eventos
Austin, Texas/ SXSW

Economia
Pittsburg/ The Steel City

Natureza
Himalais/ Expedições

Estruturas
Bilbao/ Guggenheim
“UnStuff Life”

Na nossa casa e na nossa cabeça
“Grounded Consumer”

O consumo não é a nossa vida, apenas faz parte
Somos o que vivemos - não precisamos de “ter” para “ser”

“Trim the Fat, Not the Fun”

Repensar a Qualidade de Vida
Começar um novo negócio, que dê prazer - os beneficiados
e os prejudicados

“Lipstick Factor”
Leonard Lauder
“UnStuff Life”

Na nossa casa e na nossa cabeça
JOMO - “Joy of Missing Out”
Como oposição ao FOMO (“Fear of Missing Out”).
Estar fora das Redes Sociais, do impacto das notícias 24/7
e fugir do dilúvio de emails.

Natureza como antídoto

As pessoas procuram a natureza para escaparem das
pressões, poluições e convenções

Ligar ao nativo

Apelo para se ligar à “terra” / origem, às pessoas e lugares
“Back to
Basics”

Herdade do
Reguenguinho /
Monte Góis
Correr na rua
“Chez Antunes
Mobile”
Sobreira Formosa
“Portugal’s
Power
Ups”
...e não só
Território
Sol
Mar e Praia
Campo
Golfe
Lisboa, Cascais e
Sintra
Porto, Douro e Minho
Arrábida, Tróia e
Costa Alentejana
Robalos, Amêijoas e
Camarões da Costa
Pequeno
Periférico
Estruturas
Estradas
Transportes
Hospitais
Alojamento
Restaurantes
Organização
Expo 98
Euro 2004

Património pouco
cuidado
Edifícios abandonados
“Software”
Estruturas
História
Cultura
Desporto
Gastronomia
Vinhos
Temos Mundo
Eventos
Política
Justiça
Burocracia
Não é prioritário
Portugueses
Estruturas

“

Bons a Conversar
e Comerciar
Agostinho da Silva

O predomínio da
imaginação sobre a
inteligência; o
predomínio da
emoção sobre a
paixão; a
adaptabilidade
instintiva.
Fernando Pessoa

Resignado, Humilde
e Macambúzio,
Fatalista
e Sonâmbulo
Guerra Junqueiro

“
quintessential.co.uk
“

’cunha’ é bem visto porque é um sinal de
confiança / formais e conservadores / ligam muito
às aparências / adoramos hierarquias / chefes
autoritários / não se dão muito bem com mail
e telefones / atitude relaxada em relação ao
tempo e não acham cruciais os prazos e horários
simpáticos mas desorganizados

“
executiveplanet.com
“
delicados / não nos ofendemos facilmente
falamos inglês / não nos preocupamos
muito com pormenores / gostam de humor
e de anedotas / reuniões são mal conduzidas /
pouco espírito de equipa / gostamos de mandar /
burocracia de bradar aos céus / ‘amanhã’ e ‘para
a semana’ são termos relativos / muito difícil
saber quando se aperta a mão e quando se dá um
beijinho / Não se deve espreguiçar; comer
com a mão; lamber os dedos; virar as
costas / Tudo em Portugal é decidido à
mesa

“
Eficiência
Eficácia
Processo
Produtividade
“Just in Time”
Racional
Sempre igual
Em série

Foco:
Optimizar

VS

Cuidamos da imagem
Somos malandros
Fazemos rir
O tempo é para saber
viver
Encantadores
Cavalheiros
Gostamos de pessoas
Temos boas maneiras

Foco:
Relacionar
Os Imperfeccionistas
Todos iguais
“Commodity”
Não é assunto
Sem sabor
Congelado
Redondinho

É Perfeito
Todos iguais
“Commodity”
Não é assunto
Sem sabor
Congelado
Redondinho

Todos diferentes
Valioso
Desperta atenção
Saboroso
Intenso
Irregular

É Perfeito

É Imperfeito
Os
Imperfeccionistas
Não
é
isto
Imperfeccionista
=

1/

“

...ter um distúrbio neurótico no qual a pessoa
sente constante insatisfação com o seu desempenho
e dúvidas sobre a qualidade do seu trabalho,
levando o indivíduo a escr upulosidade,
verificações de pormenores, obstinação,
prudência e rigidez excessivas...
Wikipédia

“
Imperfeccionismo
Descodificado
O Autêntico / O Verdadeiro / O Genuíno
Sentimento / Calor / Beijo / Abraço / Sorrir / Encanto
O Improviso / O Acaso / O Manual
Inconsciência para o Erro
Criatividade
Ter Graça
Ter uma Identidade / Ser Único

Contrario
As Convenções / Os Parâmetros / Os Filtros / Os Modelos / As Regras
O Aperto de Mão
O “Standartizado” / A Produção em Massa
A Commodity
O Congelado / As Ofertas Enceradas em Locais Reluzentes
O Previsível / O Medo de Errar
A Média
Contrariar o Perfeito
“

No Chiado, o metro quadrado é proibitivo
para as lojas independentes.
Como as multinacionais entraram no retalho
obsessivo, as cidades, agora, parecem
corredores de aeroporto.
Catarina Portas, in Visão

“
!

Problema
Político
Apelo da Imperfeição
“

Talking about beauty is “boring”;
Discussing ugliness makes things
“interesting”.

“

Stephen Bayley, Ugly: The Aesthetics of Everything
Uma
Ideia
Afinal é fácil
“

Precisamos de aceitar o país tal como ele é é um pacote! Tirar partido daquilo
que já há...não daquilo que poderia ter se
tivesse meios.
É muito fácil de vender Portugal. Não
há qualquer problema! Imagino com outros
países, como a Áustria, é difícil apresentálos.
M. Esteves Cardoso in O Portugal de Miguel Esteves Cardoso, entrevista a Rui Ramos

“
Estruturas
Já existem

Património pouco
cuidado
Edifícios
“moribundos”
Aldeias abandonadas
Lugares
Mais que publicidade
Ferramenta estrutural de atracção

Referência na Europa

Fomenta a reputação:
“Portugal, país dos Imperfeccionistas”
Produto
Turismo

Turismo rural e pequenos hotéis

Habitação (para estrangeiros)
Interesse de investidores norte-americanos e do centro / norte
da Europa

Atividades económicas paralelas
Construção
Gastronomia
Serviços de Apoio
Lavandaria
Jardinagem
Agricultura
Publicidade
Transportes
“CoPreneurs”
Ideia

Cada ativo é uma “Venda em Grupo”
Projeto de longo-prazo
Permite que pequenos investidores se associem em
volta de um projeto - não teriam a capacidade de o
desenvolver individualmente na totalidade
Gera oportunidades de trabalho, para quem
quer ou necessita de repensar a sua vida

Apoios

Em vez de subsídio de desemprego (no caso dos
desempregados), apoiar financeiramente o empreendedor
no projeto
Formação (Ex: na Hotelaria)
Financiamento a taxas de juro muito baixas e por
um período muito alargado
“CoPreneurs”
Aldeias
Drave
Anta de Mazes
Cabrum
Rocha Amarela
Talurdo
Safira
O que conseguimos
Aumentar as exportações
Desenvolver a economia local
Fixar a população - evitar a emigração
Fomentar o empreendedorismo
Aproximar gerações
Preservar a memória colectiva
Posicionar o país - colocar Portugal mais no mapa
Cuidar e desenvolver o nosso património
Ter uma ideia estrutural
Impulsos

Portugal

“Co-Words”

Território

Lugares

Estrutura

UnStuff Life

“Software”
Portugueses

Imperfeição
É só isto!
“

Sabine escreve para a Côte Sud e Nanette é a editora da
Flower Power Travel
Quando lhes falei no Algarve, disseram-me que não era esse o tipo
de turismo que procuravam. Queriam algo diferente, menos
conhecido, mais ecológico, longe da confusão, dos
turistas e das festas. Queriam exemplos de bom
gosto, simplicidade e paz. É que para confusão e “fiesta”, já
existe Espanha...
O que pretendiam mesmo é o genuíno, aquilo que vai sendo cada
vez mais difícil de encontrar por essa Europa fora, como
uma praia selvagem, aldeias onde se faz o pão em forno de
lenha, o queijo artesanal, mais uns percursos por serras,
vales e montanhas que sejam bons para caminhadas e uns
parques com rios e bosques e sítios para descansar o corpo e a
alma. Tudo isto temperado com um bom clima, boa mesa,
bom vinho e bons preços...
Maria de Lurdes Vale, Vogal do Turismo de Portugal, artigo DN Opinião 12 de Junho de 2011

“
Os
Imperfeccionistas
Nuno Antunes
nantunes74@gmail.com
+ 351 93 505 14 78

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Os Imperfeccionistas

Gil Giardelli Www Versus Wwd A Web 3
Gil Giardelli Www Versus Wwd A Web 3Gil Giardelli Www Versus Wwd A Web 3
Gil Giardelli Www Versus Wwd A Web 3
ESPMinovadoresdigitais
 
Desafios Olímpicos - Prof. Doutor Pedro Matos
Desafios Olímpicos - Prof. Doutor Pedro MatosDesafios Olímpicos - Prof. Doutor Pedro Matos
Desafios Olímpicos - Prof. Doutor Pedro Matos
democraciaportuguesa
 
Zong 1ª Edição
Zong 1ª EdiçãoZong 1ª Edição
Zong 1ª Edição
revistazong
 
Semanário | 01 a 07 de Outubro de 2012
Semanário | 01 a 07 de Outubro de 2012Semanário | 01 a 07 de Outubro de 2012
Semanário | 01 a 07 de Outubro de 2012
BirutaIdeiasMirabolantes
 
Newsletter nº4 (Outubro 2012)
Newsletter nº4 (Outubro  2012)Newsletter nº4 (Outubro  2012)
Newsletter nº4 (Outubro 2012)
psdriotinto
 
Sebrae Ms Com Gil Giardelli
Sebrae Ms Com Gil GiardelliSebrae Ms Com Gil Giardelli
Sebrae Ms Com Gil Giardelli
SEBRAE MS
 
Cidades participação e futuro noites na pólis mangualde 20 setembro_vf
Cidades participação e futuro noites na pólis mangualde 20 setembro_vfCidades participação e futuro noites na pólis mangualde 20 setembro_vf
Cidades participação e futuro noites na pólis mangualde 20 setembro_vf
José Carlos Mota
 
Protocolo
ProtocoloProtocolo
Protocolo
andreiafcarvalho
 
Protocolo
ProtocoloProtocolo
Protocolo
andreiafcarvalho
 
Integra do discurso completo de mujica na onu. 09.2013
Integra do discurso completo de mujica na onu. 09.2013Integra do discurso completo de mujica na onu. 09.2013
Integra do discurso completo de mujica na onu. 09.2013
iberezbmello
 
Interculturalidade 44ideias 2007
Interculturalidade 44ideias 2007Interculturalidade 44ideias 2007
Interculturalidade 44ideias 2007
ProfessoraCarlaFerna
 
Intervenção diretorascml projetouaw 02 12 13
Intervenção diretorascml projetouaw 02 12 13Intervenção diretorascml projetouaw 02 12 13
Intervenção diretorascml projetouaw 02 12 13
Madalena Vassalo
 
Intervenção diretorascml projetouaw 02 12 13
Intervenção diretorascml projetouaw 02 12 13Intervenção diretorascml projetouaw 02 12 13
Intervenção diretorascml projetouaw 02 12 13
Madalena Vassalo
 
Document (1)
Document (1)Document (1)
Document (1)
pettrovic
 
V SIMINOVE - A Comunicação como ferramenta do processo de inovação tecnológic...
V SIMINOVE - A Comunicação como ferramenta do processo de inovação tecnológic...V SIMINOVE - A Comunicação como ferramenta do processo de inovação tecnológic...
V SIMINOVE - A Comunicação como ferramenta do processo de inovação tecnológic...
Sistema Mineiro de Inovação
 
Fundação Talento Documento De Aprendizagens E ConclusõEs Geral Comunidade
Fundação Talento Documento De Aprendizagens E ConclusõEs Geral ComunidadeFundação Talento Documento De Aprendizagens E ConclusõEs Geral Comunidade
Fundação Talento Documento De Aprendizagens E ConclusõEs Geral Comunidade
Tiago Forjaz
 
Vi Enjac Rj Assessoria De ComunicaçãO Na Era Digital 4.0 Com Gil Giardelli
Vi Enjac Rj Assessoria De ComunicaçãO Na Era Digital 4.0 Com Gil Giardelli Vi Enjac Rj Assessoria De ComunicaçãO Na Era Digital 4.0 Com Gil Giardelli
Vi Enjac Rj Assessoria De ComunicaçãO Na Era Digital 4.0 Com Gil Giardelli
Gil Giardelli
 
“Start up Factorys, Economia 2.0 e a Humanidade 4.0” de Gil Giardelli na 21o ...
“Start up Factorys, Economia 2.0 e a Humanidade 4.0” de Gil Giardelli na 21o ...“Start up Factorys, Economia 2.0 e a Humanidade 4.0” de Gil Giardelli na 21o ...
“Start up Factorys, Economia 2.0 e a Humanidade 4.0” de Gil Giardelli na 21o ...
Gil Giardelli
 
Workshop "Quem Tramou a Mudança?"
Workshop "Quem Tramou a Mudança?"Workshop "Quem Tramou a Mudança?"
Workshop "Quem Tramou a Mudança?"
WeChange
 
XVCCP Pow Industry - Carlos Martins
XVCCP Pow Industry - Carlos MartinsXVCCP Pow Industry - Carlos Martins
XVCCP Pow Industry - Carlos Martins
Clube Criativos de Portugal
 

Semelhante a Os Imperfeccionistas (20)

Gil Giardelli Www Versus Wwd A Web 3
Gil Giardelli Www Versus Wwd A Web 3Gil Giardelli Www Versus Wwd A Web 3
Gil Giardelli Www Versus Wwd A Web 3
 
Desafios Olímpicos - Prof. Doutor Pedro Matos
Desafios Olímpicos - Prof. Doutor Pedro MatosDesafios Olímpicos - Prof. Doutor Pedro Matos
Desafios Olímpicos - Prof. Doutor Pedro Matos
 
Zong 1ª Edição
Zong 1ª EdiçãoZong 1ª Edição
Zong 1ª Edição
 
Semanário | 01 a 07 de Outubro de 2012
Semanário | 01 a 07 de Outubro de 2012Semanário | 01 a 07 de Outubro de 2012
Semanário | 01 a 07 de Outubro de 2012
 
Newsletter nº4 (Outubro 2012)
Newsletter nº4 (Outubro  2012)Newsletter nº4 (Outubro  2012)
Newsletter nº4 (Outubro 2012)
 
Sebrae Ms Com Gil Giardelli
Sebrae Ms Com Gil GiardelliSebrae Ms Com Gil Giardelli
Sebrae Ms Com Gil Giardelli
 
Cidades participação e futuro noites na pólis mangualde 20 setembro_vf
Cidades participação e futuro noites na pólis mangualde 20 setembro_vfCidades participação e futuro noites na pólis mangualde 20 setembro_vf
Cidades participação e futuro noites na pólis mangualde 20 setembro_vf
 
Protocolo
ProtocoloProtocolo
Protocolo
 
Protocolo
ProtocoloProtocolo
Protocolo
 
Integra do discurso completo de mujica na onu. 09.2013
Integra do discurso completo de mujica na onu. 09.2013Integra do discurso completo de mujica na onu. 09.2013
Integra do discurso completo de mujica na onu. 09.2013
 
Interculturalidade 44ideias 2007
Interculturalidade 44ideias 2007Interculturalidade 44ideias 2007
Interculturalidade 44ideias 2007
 
Intervenção diretorascml projetouaw 02 12 13
Intervenção diretorascml projetouaw 02 12 13Intervenção diretorascml projetouaw 02 12 13
Intervenção diretorascml projetouaw 02 12 13
 
Intervenção diretorascml projetouaw 02 12 13
Intervenção diretorascml projetouaw 02 12 13Intervenção diretorascml projetouaw 02 12 13
Intervenção diretorascml projetouaw 02 12 13
 
Document (1)
Document (1)Document (1)
Document (1)
 
V SIMINOVE - A Comunicação como ferramenta do processo de inovação tecnológic...
V SIMINOVE - A Comunicação como ferramenta do processo de inovação tecnológic...V SIMINOVE - A Comunicação como ferramenta do processo de inovação tecnológic...
V SIMINOVE - A Comunicação como ferramenta do processo de inovação tecnológic...
 
Fundação Talento Documento De Aprendizagens E ConclusõEs Geral Comunidade
Fundação Talento Documento De Aprendizagens E ConclusõEs Geral ComunidadeFundação Talento Documento De Aprendizagens E ConclusõEs Geral Comunidade
Fundação Talento Documento De Aprendizagens E ConclusõEs Geral Comunidade
 
Vi Enjac Rj Assessoria De ComunicaçãO Na Era Digital 4.0 Com Gil Giardelli
Vi Enjac Rj Assessoria De ComunicaçãO Na Era Digital 4.0 Com Gil Giardelli Vi Enjac Rj Assessoria De ComunicaçãO Na Era Digital 4.0 Com Gil Giardelli
Vi Enjac Rj Assessoria De ComunicaçãO Na Era Digital 4.0 Com Gil Giardelli
 
“Start up Factorys, Economia 2.0 e a Humanidade 4.0” de Gil Giardelli na 21o ...
“Start up Factorys, Economia 2.0 e a Humanidade 4.0” de Gil Giardelli na 21o ...“Start up Factorys, Economia 2.0 e a Humanidade 4.0” de Gil Giardelli na 21o ...
“Start up Factorys, Economia 2.0 e a Humanidade 4.0” de Gil Giardelli na 21o ...
 
Workshop "Quem Tramou a Mudança?"
Workshop "Quem Tramou a Mudança?"Workshop "Quem Tramou a Mudança?"
Workshop "Quem Tramou a Mudança?"
 
XVCCP Pow Industry - Carlos Martins
XVCCP Pow Industry - Carlos MartinsXVCCP Pow Industry - Carlos Martins
XVCCP Pow Industry - Carlos Martins
 

Os Imperfeccionistas

  • 1. Matiné Pensante ? Bruxelas, 9 de Novembro de 2013 Nuno Antunes nantunes74@gmail.com
  • 2. Brief “Matiné Pensante” O teu painel: Portugal Re-Inventado Ponto de Partida: Projeto que apresentaste no TEDx, salientando o envolvimento que fizeste com a “tua” Comunidade Tens: 15 a 20 minutos
  • 6. “Co-Words” Do “Me” para o “We” “Os seres humanos são 90% chimpanzés e 10% abelhas” Psicólogo Social Jonathan Haidt, no livro “The Righteous Minds” “We Economy” Equilíbrio entre o sucesso pessoal e os valores de sociabilidade, comunidade e bem-estar A vida é cada vez mais “Co” “CoPreneurs” / “CoWorking” / Co-Criação CooPetição Conectividade Comunidade
  • 8. Os Lugares Para perdurar Colocar o lugar no Mapa “Shortlist” Referência Os lugares precisam de ganhar uma reputação que perdure, para além das campanhas publicitárias pontuais Criar ferramentas diferenciadoras de atracção “magnética” Para a construção dessa referência
  • 9. Ferramentas de Atracção Histórias Nova Zelândia/ Senhor dos Anéis Eventos Austin, Texas/ SXSW Economia Pittsburg/ The Steel City Natureza Himalais/ Expedições Estruturas Bilbao/ Guggenheim
  • 10. “UnStuff Life” Na nossa casa e na nossa cabeça “Grounded Consumer” O consumo não é a nossa vida, apenas faz parte Somos o que vivemos - não precisamos de “ter” para “ser” “Trim the Fat, Not the Fun” Repensar a Qualidade de Vida Começar um novo negócio, que dê prazer - os beneficiados e os prejudicados “Lipstick Factor” Leonard Lauder
  • 11. “UnStuff Life” Na nossa casa e na nossa cabeça JOMO - “Joy of Missing Out” Como oposição ao FOMO (“Fear of Missing Out”). Estar fora das Redes Sociais, do impacto das notícias 24/7 e fugir do dilúvio de emails. Natureza como antídoto As pessoas procuram a natureza para escaparem das pressões, poluições e convenções Ligar ao nativo Apelo para se ligar à “terra” / origem, às pessoas e lugares
  • 12. “Back to Basics” Herdade do Reguenguinho / Monte Góis Correr na rua “Chez Antunes Mobile” Sobreira Formosa
  • 14. Território Sol Mar e Praia Campo Golfe Lisboa, Cascais e Sintra Porto, Douro e Minho Arrábida, Tróia e Costa Alentejana Robalos, Amêijoas e Camarões da Costa Pequeno Periférico
  • 17. Portugueses Estruturas “ Bons a Conversar e Comerciar Agostinho da Silva O predomínio da imaginação sobre a inteligência; o predomínio da emoção sobre a paixão; a adaptabilidade instintiva. Fernando Pessoa Resignado, Humilde e Macambúzio, Fatalista e Sonâmbulo Guerra Junqueiro “
  • 18. quintessential.co.uk “ ’cunha’ é bem visto porque é um sinal de confiança / formais e conservadores / ligam muito às aparências / adoramos hierarquias / chefes autoritários / não se dão muito bem com mail e telefones / atitude relaxada em relação ao tempo e não acham cruciais os prazos e horários simpáticos mas desorganizados “
  • 19. executiveplanet.com “ delicados / não nos ofendemos facilmente falamos inglês / não nos preocupamos muito com pormenores / gostam de humor e de anedotas / reuniões são mal conduzidas / pouco espírito de equipa / gostamos de mandar / burocracia de bradar aos céus / ‘amanhã’ e ‘para a semana’ são termos relativos / muito difícil saber quando se aperta a mão e quando se dá um beijinho / Não se deve espreguiçar; comer com a mão; lamber os dedos; virar as costas / Tudo em Portugal é decidido à mesa “
  • 20. Eficiência Eficácia Processo Produtividade “Just in Time” Racional Sempre igual Em série Foco: Optimizar VS Cuidamos da imagem Somos malandros Fazemos rir O tempo é para saber viver Encantadores Cavalheiros Gostamos de pessoas Temos boas maneiras Foco: Relacionar
  • 22. Todos iguais “Commodity” Não é assunto Sem sabor Congelado Redondinho É Perfeito
  • 23. Todos iguais “Commodity” Não é assunto Sem sabor Congelado Redondinho Todos diferentes Valioso Desperta atenção Saboroso Intenso Irregular É Perfeito É Imperfeito
  • 26. Imperfeccionista = 1/ “ ...ter um distúrbio neurótico no qual a pessoa sente constante insatisfação com o seu desempenho e dúvidas sobre a qualidade do seu trabalho, levando o indivíduo a escr upulosidade, verificações de pormenores, obstinação, prudência e rigidez excessivas... Wikipédia “
  • 27. Imperfeccionismo Descodificado O Autêntico / O Verdadeiro / O Genuíno Sentimento / Calor / Beijo / Abraço / Sorrir / Encanto O Improviso / O Acaso / O Manual Inconsciência para o Erro Criatividade Ter Graça Ter uma Identidade / Ser Único Contrario As Convenções / Os Parâmetros / Os Filtros / Os Modelos / As Regras O Aperto de Mão O “Standartizado” / A Produção em Massa A Commodity O Congelado / As Ofertas Enceradas em Locais Reluzentes O Previsível / O Medo de Errar A Média
  • 28. Contrariar o Perfeito “ No Chiado, o metro quadrado é proibitivo para as lojas independentes. Como as multinacionais entraram no retalho obsessivo, as cidades, agora, parecem corredores de aeroporto. Catarina Portas, in Visão “
  • 30. Apelo da Imperfeição “ Talking about beauty is “boring”; Discussing ugliness makes things “interesting”. “ Stephen Bayley, Ugly: The Aesthetics of Everything
  • 32. Afinal é fácil “ Precisamos de aceitar o país tal como ele é é um pacote! Tirar partido daquilo que já há...não daquilo que poderia ter se tivesse meios. É muito fácil de vender Portugal. Não há qualquer problema! Imagino com outros países, como a Áustria, é difícil apresentálos. M. Esteves Cardoso in O Portugal de Miguel Esteves Cardoso, entrevista a Rui Ramos “
  • 34. Lugares Mais que publicidade Ferramenta estrutural de atracção Referência na Europa Fomenta a reputação: “Portugal, país dos Imperfeccionistas”
  • 35. Produto Turismo Turismo rural e pequenos hotéis Habitação (para estrangeiros) Interesse de investidores norte-americanos e do centro / norte da Europa Atividades económicas paralelas Construção Gastronomia Serviços de Apoio Lavandaria Jardinagem Agricultura Publicidade Transportes
  • 36. “CoPreneurs” Ideia Cada ativo é uma “Venda em Grupo” Projeto de longo-prazo Permite que pequenos investidores se associem em volta de um projeto - não teriam a capacidade de o desenvolver individualmente na totalidade Gera oportunidades de trabalho, para quem quer ou necessita de repensar a sua vida Apoios Em vez de subsídio de desemprego (no caso dos desempregados), apoiar financeiramente o empreendedor no projeto Formação (Ex: na Hotelaria) Financiamento a taxas de juro muito baixas e por um período muito alargado
  • 38. O que conseguimos Aumentar as exportações Desenvolver a economia local Fixar a população - evitar a emigração Fomentar o empreendedorismo Aproximar gerações Preservar a memória colectiva Posicionar o país - colocar Portugal mais no mapa Cuidar e desenvolver o nosso património Ter uma ideia estrutural
  • 40. É só isto! “ Sabine escreve para a Côte Sud e Nanette é a editora da Flower Power Travel Quando lhes falei no Algarve, disseram-me que não era esse o tipo de turismo que procuravam. Queriam algo diferente, menos conhecido, mais ecológico, longe da confusão, dos turistas e das festas. Queriam exemplos de bom gosto, simplicidade e paz. É que para confusão e “fiesta”, já existe Espanha... O que pretendiam mesmo é o genuíno, aquilo que vai sendo cada vez mais difícil de encontrar por essa Europa fora, como uma praia selvagem, aldeias onde se faz o pão em forno de lenha, o queijo artesanal, mais uns percursos por serras, vales e montanhas que sejam bons para caminhadas e uns parques com rios e bosques e sítios para descansar o corpo e a alma. Tudo isto temperado com um bom clima, boa mesa, bom vinho e bons preços... Maria de Lurdes Vale, Vogal do Turismo de Portugal, artigo DN Opinião 12 de Junho de 2011 “