SlideShare uma empresa Scribd logo
Litoral Norte SC | 1º de julho de 2017 #187 | ANO IV | www.expressodaspraias.com.br
R. Antônio Quintino Pires, 43
Balneário Piçarras
Mudanças no Plano
Diretor vão definir o
rumo das cidades
Feras da velocidade chegam a Penha dia 10 para o Brasileiro de Kart
Luan Santana está entre
as atrações nacionais da
Festa do Pirão 2017
PÁGINA 14
Bares e restaurantes
locais promovem festival
“Mar de Sabores”
PÁGINA 11
PÁGINA 08
População de Penha e Piçarras é chamada a participar do debate que vai decidir sobre
questões como altura de prédios, zoneamento e preservação de praias
DIVULGAÇÃO | AMAPG
DIVULGAÇÃO
Feras da velocidade chegam a Penha dia 10 para o Brasileiro de Kart
DIVULGAÇÃO
PÁGINA 17
Moradores plantam mudas e exigem implantação de
parque natural na Ponta da Vigia Página 09
02
Um jornal da Expresso das Praias Comunicações Ltda.
Reportagem:
Alan Willian Rosa /JP
Revisão:
Jane Cardozo da Silveira SC0187/JP
Editor responsável:
Leandro Cardozo de Souza SC4308/JP
Rua Victor Molin, 123 - Centro
Balneário Piçarras/SC - 88380-000
47 3345 4170
reportagem@expressodaspraias.com.br
www.expressodaspraias.com.br
As opiniões expressas
em artigos e colunas
assinadas não refle-
tem necessariamente
a opinião do jornal e
são de responsabili-
dade de seus autores.
Departamento Comercial:
Ana Paula Salvador
comercial@expressodaspraias.com.br
47 9 84962841
Circulação quinzenal - Litoral Norte
Política de verdade
O conjunto de ideias e de valores em torno dos quais
se projeta a sociedade deixou há tempos de ser o que é
praticado pela maioria dos partidos e ocupantes de car-
gos eletivos. Esta talvez seja a principal característica
de democracias imaturas ou frágeis; os partidos e mo-
vimentos acabam por se tornar um fim em si mesmos,
um mecanismo de aliciação de apoios em busca de po-
der. Mas ainda há exemplos próximos de como a força
de um ideal e de um projeto pode mobilizar pessoas em
torno de uma causa, uma construção coletiva do estado
de bem-estar social.
Enquanto prefeitos, vereadores, deputados e outros re-
presentantes eleitos debatem “quem”, a sociedade or-
ganizada e lideranças locais mantêm vivo o espírito da
verdadeira política, que a partir dos “porquês”, planeja
o “quando”, o “como” e “o onde”.
Na Penha, onde é preciso conservar importantes re-
servas ambientais com potencial turístico, a ação de
movimentos ambientais e sociais tem sido a principal,
senão a única, movimentação em torno da preservação
e exploração sustentável dessas áreas. Não porque os
políticos eleitos simplesmente não se interessem pelo
assunto, mas porque esse assunto não está na agenda
política do município.
E quem determina esta agenda deveria ser a população,
com mais participação na formulação de políticas pú-
blicas como o Plano Diretor, em debate nos municípios
de Piçarras e Penha. A revisão antecipada para este ano
deve trazer à discussão temas controvertidos, como a
verticalização de áreas que nem sequer contam com sa-
neamento básico, como a Praia de São Miguel.
É fato que a pauta ambiental não está entre os assuntos
preferidos nas Câmaras Municipais, mas deveria. Afinal,
a poluição dos rios, o avanço do mar sobre as praias e o
turismo como fonte de renda são questões prementes.
Mas, como na maioria dos debates em tempos de re-
des sociais, o senso comum determina o rumo a seguir.
Enquanto isso, professores, como Gilberto Manzoni,
lideranças comunitárias e ambientalistas continuam a
fazer a política que realmente transforma, àquela vol-
tada ao debate de ideias e de soluções para o mundo que
nos cerca.
Editorial
redacao@expressodaspraias.com.br
CARAMUJO
DIVULGAÇÃO
www.expressodaspraias.com.br/daredacao
Alerta de saúde
A proliferação ​de uma espécie invasora, introduzida ilegalmente no Brasil, voltou a preocupar. Trata-se
do “Achatina fulica”, mais conhecido como caramujo-gigante-africano. De acordo com a pesquisadora
Silvana Thiengo, da Fundação Osvaldo Cruz, existem duas zoonoses que podem ser transmitidas pelo
animal: a meningite eosinofílica, que não tem registro de nenhum caso no Brasil, e a angiostrongilíase
abdominal, com casos já registrados no Brasil, mas não transmitidos pelo caramujo africano. Ela é cau-
sada pelo parasito Angiostrongylus costaricensis, muitas vezes é assintomática, mas em alguns casos
pode levar ao óbito por perfuração intestinal e peritonite. O agente de saúde de Balneário Piçarras, André
Ladewig, explica que o caramujo se prolifera durante períodos de maior umidade. “A partir das denúncias
recebidas, vamos até o local para a aplicação do pesticida, que é completamente eficaz contra a praga”,
explica André. Como o veneno aplicado pela Vigilância nos terrenos baldios não pode ser aplicado em
quintais residenciais, a Vigilância recomenda que, para eliminar a praga, ela deve ser jogada em um balde
com água e bastante sal, ou ainda serem amassados, cobertos com cal virgem e depois enterrados.“Para
capturá-los, utilize luvas ou sacos plásticos para proteger as mãos. Sempre”, alerta André. As denúncias
de locais com a presença do caramujo africano devem ser feitas à Vigilância pelo telefone 3347.2018.
Litoral Norte, SC 1º/07/2017
www.expressodaspraias.com.br Opinião
03Painel
Litoral Norte, SC - 1º/07/2017
www.expressodaspraias.com.br
HERANÇA
ELEITOR
SERVIÇO
TRÂNSITO
Giovanna Leandro comentou a reportagem “Polícia Civil
investiga possível envolvimento de adolescente em acidente
com vítima fatal”: - Esse menino filho do dono da loja, mesmo
sendo menor de idade, dirige a empilhadeira da loja pois certo dia
veio de frente comigo quase colidindo com meu carro. Ele anda em
alta velocidade pelas ruas do Itacolomi.. Ele pode não ser o que
estava dirigindo no momento. Mas que ele dirige muito pelas ruas
do Itacolomi isso todo mundo sabe. - via facebook
Helena Cristina: - Acho que cabe somente à Justiça julgar,
infelizmente foi uma fatalidade, se foi o de menor a Justiça, diante
das perícias, irá descobrir e a empresa sofrerá as consequências.
Agora todos inventam um monte de coisas. Agora todo mundo
viu. Tá na hora de as pessoas ter mais opiniões próprias do que
acreditar em fofocas, deixar de falar o que não viu. A justiça divina
existe e não falha, se realmente são culpados mais cedo ou mais
tarde irão pagar. - via facebook.
CANJICA
Roseli Machado comentou a reportagem “Quitute junino:
Janete Teixeira revela o segredo da canjica”: - Saudades da dona
Janete.Foi uma excelente diretora.Tenho certeza também que sua
receita da canjica é uma delíciaaaaaaa.Bjs..... - via facebook
Salete Salvador: - Eu já provei, é uma delícia!!! - via facebook
CARGOS
Sônia Mafra comentou a reportagem “João Bento quer rever
proibição para que vereadores assumam cargos na Prefeitura”:
- Pois é, na hora de pedir voto vão trabalhar pelo povo, fazer isso e
aquilo, agora não tem o que fazer. - via facebook
Dianefer Machado: - Consigo imaginar uma roda com alguns
vereadores rindo e zombando de nós, a gente deve ter cara de
palhaço mesmo. Afinal não dá pra ‘’ajudar’’ o povo recebendo
míseros 6mil por mês né? Tem que ter salário de secretário
também. Piada mesmo.- via facebook
Estação do Leitor
www.expressodaspraias.com.br/participe
@expressodaspraias
Cemitério da Lagoa é demarcado e recebe sinalização educativa
Cadastramento biométrico começa em todos os municípios
Prefeitura de Penha retoma horário normal de atendimento
Desativado em 1929 e atu-
almente tomado pela mata
nativa, o antigo Cemitério
da Lagoa, em Barra Velha,
foi demarcado nessa se-
mana como forma de re-
lembrar o local histórico.
A revitalização foi possível
por conta de um Termo de
Ajustamento de Conduta
firmado entre a Fundação
do Meio Ambiente (Fun-
dema), Ministério Público
e a empresa Irineu Imó-
veis, que é a proprietária
do loteamento onde se
A partir da próxima segun-
da-feira (3), todos os 295
municípios de Santa Ca-
tarina estarão cadastrando
eleitores biometricamen-
te. A data representa a con-
cretização de uma das me-
tas do Tribunal Regional
Eleitoral de Santa Catarina
para o ano de 2017.
Para fazer a biometria, é
As repartições públicas
municipais de Penha vol-
tam a funcionar em expe-
diente normal - das 8 às
12h e das 13h30 às 17h30 a
partir do dia 03 de julho.
Desde janeiro, a Prefei-
encontra o cemitério. A
área, em que não se poderá
mais construir, foi cercada
e teve entulhos recolhidos;
placas informativas foram
colocadas ao fim das duas
ruas que dão acesso ao lo-
cal pelo Bairro Quinta dos
Açorianos. Segundo o ve-
reador e historiador, Julia-
no Bernardes, a área cor-
responde à maioria, mas
não à totalidade do cemi-
tério. O outro espaço seria
nas encostas da lagoa.
- São poucos corpos que
necessário que o eleitor
leve documento de iden-
tificação com foto, com-
provante de residência
recente e comprovante de
alistamento militar – para
os homens maiores de 18
anos e que vão fazer o pri-
meiro título.
A biometria é um método
tecnológico que permi-
ainda estão enterrados no
local. As famílias que ti-
nham melhores condições
de vida fizeram o transpor-
te para o novo cemitério.
Há 20 anos ainda era pos-
sível encontrar cerâmicas e
cruzes, mas foram destru-
ídas pela ação do homem.
A existência do Cemitério
da Lagoa, como ficou co-
nhecido, está documen-
tada desde 1800, mas há
relatos de que tenha sido
criado antes mesmo dessa
data.
te reconhecer, verificar e
identificar uma pessoa por
meio de suas impressões
digitais, que são únicas. Na
Justiça Eleitoral, o cadas-
tro biométrico é utilizado
para tornar as eleições ain-
da mais seguras e prevenir
fraudes. O cadastramento
biométrico iniciou-se em
março de 2008 em São
João Batista.
tura determinou por seis
meses o funcionamen-
to em turno único de seis
horas por dia. A medida
teve como objetivo redu-
zir gastos com energia elé-
trica e combustível, entre
outros. Mas o município
não divulgou estimativas
de valores economizados.
A medida não se aplicou às
redes de saúde e educação,
além da Secretaria de Ser-
viços Urbanos, que conti-
nuaram funcionando em
expediente normal.
Litoral Norte, SC 1º/07/2017
www.expressodaspraias.com.br
Operadores turísticos
participam de curso
Penha - A Prefeitura e
o Parque Beto Carrero
World realizaram dias 22
e 29/06 os dois primeiros
cursos de capacitação
para profissionais
ligados ao turismo. O
objetivo principal é
incentivar a divulgação
do empreendimento, mas
os participantes também
recebem treinamento
especializado da equipe
comercial do parque para
estimular o visitante a
conhecer outros roteiros
que a região oferece e
assim aumentar o tempo
de estadia na cidade.
Novas turmas, ainda
sem data definida, estão
previstas para este segundo
semestre. As inscrições
gratuitas, exclusivas para
profissionais de Penha,
estão abertas no site https://
goo.gl/Es9v8X. O diretor
comercial do parque,
Roberto Vertemati, revela
que a intenção é expandir
o treinamento para outros
municípios da região ainda
neste ano.
- Esta é uma atualização
que começamos a realizar
com a linha de frente do
atendimento na cidade,
secretário de Turismo
Arnaldo Dias.
Lígia Maria Xavier é
proprietária de um dos
hotéis mais antigos
da cidade. Há 20
anos ela começou o
empreendimento numa
casa com apenas três
quartos e dois banheiros.
Hoje, o hotel tem 27 leitos.
- Crescemos com o parque
e continuamos a acreditar
no sonho do Beto. Por isso
estou feliz de estar aqui
hoje. O treinamento foi
muito produtivo e com
certeza vamos passar o
que aprendemos para
nossos clientes - opina a
empresária.
Desafio é estimular o setor a divulgar outros atrativos da
região, além do maior parque temático da América Latina
04
para que todos estejam
alinhados e possam falar
sobre nossas atrações
e produtos com mais
propriedade”, explica.
Profissionalização
O encontro com duração
de oito horas é direcionado
aossetoresdehospedagem,
gastronomia, transporte
receptivo e agências.
Aborda a valorização do
profissional e do Turismo
como fonte de emprego e
renda no município.
- Esta capacitação é
importante porque é este
profissional que recebe
o turista na cidade, antes
mesmo de ele chegar
ao parque - comenta o
Rota Digital
George Menezes
www.expressodaspraias.com.br/rotadigital
DIVULGAÇÃO | BCW
DIVULGAÇÃO
Economia
Nintendo anuncia Super Nintendo Classic
Edition
Seguindo o sucesso do NES Classic Edition, ou NES Mini, versão
menor do NES lançada no ano passado com 30 games na memó-
ria e que rapidamente esgotou nas lojas se tornando um item de
colecionador, a Nintendo anunciou pouco após a E3 o Super Nin-
tendo Classic Edition, ou carinhosamente chamado, SNES Mini.
Com lançamento programado para 29 de setembro, a “nova” ver-
são do Super Nintendo vem com dois controles, cabo HDMI e 21
games na memória, incluindo clássicos como Super Mario World,
Super Mario Kart, The Legend of Zelda: A Link to the Past, F-Zero,
Super Metroid, e o nunca antes lançado ou jogado, Star Fox 2.
Com preço sugerido de US$ 79.99 – cerca de R$ 265,00 sem
impostos, a chance de o Super Nintendo Classic Edition tam-
bém esgotar rapidamente nas prateleiras é grande, mesmo a
Nintendo comentando estar preparando estoques maiores que
os do NES Classic.
No Brasil, muito
provavelmente a
compra dependerá
de importadores
e vendedores
independentes.
Mais detalhes no
website oficial (em
inglês) http://www.
nintendo.com/su-
per-nes-classic
Novas
turmas
estão previstas
para este
semestre
Com ações em queda acentuada diante de crise global, empresa pediu recuperação fiscal em três países
05
Piçarras - A crise inter-
nacional que afeta a cor-
poração Takata preocupa
a comunidade local, mas
a empresa garante que
não há pedido de falência
em território brasileiro.
As ações da multinacio-
nal fabricante de airbags
estão despencando desde
o início do ano, quando
anunciou um mega recall
(substituição de peças pos-
sivelmente defeituosas). O
prejuízo para quem inves-
tiu na corporação já atinge
a casa dos 60%. Desde 2004
em operação no litoral ca-
tarinense, a companhia de
origem japonesa emprega
190 funcionários em Pi-
çarras.
No Brasil, a Takata-Petri,
instalada em Jundiaí (SP) é
responsável pelas demais
filiais na América Latina.
Por intermédio do setor de
recursos humanos, a em-
presa garantiu ao Expresso
das Praias que não sofre-
rá com a crise. Segundo a
gerente Vanessa Provença-
li, a Takata fez um pedido
de recuperação judicial, já
iniciado no Japão, Estados
Unidos e México. No Brasil
o procedimento está pre-
visto no Capítulo 11 da Lei
de Falências.
- Quando as contas não fe-
cham a empresa faz esse
pedido como forma de
demonstrar que ela pode
se recuperar antes que seja
necessária a falência. Ago-
ra eles terão dois anos para
provar que o caixa de en-
trada é maior que a sua sa-
ída, explicou.
A não recuperação deixa-
ria a empresa ainda mais
próxima de uma possível
venda à Key Safety Sys-
tems, fabricante america-
na de airbags, que perten-
ce à chinesa Ningbo Joyson
Electronic.
Enquanto isso no Brasil e
Uruguai, a gerente afirma
Takata garante que não há pedido
de falência no território nacional
Litoral Norte, SC 1º/07/2017
www.expressodaspraias.com.brEconomia
que a empresa apresenta
uma “saúde financeira só-
lida para honrar com seus
compromissos” por isso
não será preciso seguir o
mesmo caminho das de-
mais filiais do grupo.
Substituição milionária
ATakata é responsável pelo
maior recall do mundo au-
tomobilístico. Fabricante
de infláveis para montado-
ras como a Honda, Toyo-
ta, BMW, General Motors,
Nissan e outras grandes
marcas, já precisou trocar
os equipamentos em mais
de 30 milhões de veículos
e estima-se que outros 80
milhões estejam equipa-
dos com airbags defeituo-
sos.
O problema foi descober-
to pelas montadoras em
2015 quando identificado
que um dos produtos, em
contato com o calor e a
umidade, rachava a carca-
ça metálica. No momento
em que o airbag é inflado,
uma explosão disparava
pedaços de metal nos ocu-
pantes do carro, principal-
mente no motorista. Ao
todo, 16 mortes já foram
confirmadas por acidentes
com o equipamento.
“Quando as contas não
fecham, a empresa faz
esse pedido como forma
de demonstrar que ela
pode se recuperar antes
que seja necessária a
falência”
Vanessa Provençali,
gerente de Recursos Humanos
06 Litoral Norte, SC 1º/07/2017
www.expressodaspraias.com.br Informe Publicitário
07Litoral Norte, SC 1º/07/2017
www.expressodaspraias.com.brPolítica
Governador foi recebido por prefeitos da região para
anunciar segunda etapa do programa de investimentos
Colombo apresenta
Fundam na Amfri
Itajaí - Em encontro re-
alizado na quarta (28), a
segunda etapa do Fundo
de Apoio aos Municípios
(Fundam) foi apresentada
pelo governador Raimun-
do Colombo. Represen-
tantes do poder executivo
e legislativo dos 11 muni-
cípios da região lotaram a
sede da AMFRI para pres-
tigiar o evento.
- É uma oportunidade para
mostrar o que deu certo e
foi realizado na primeira
edição e definir a melhor
dinâmica para colocar-
mos em prática o Fundam
2, com a participação dos
gestores municipaiis - dis-
se o governador.
Colombo destacou que
Santa Catarina foi o últi-
mo estado a entrar na cri-
se e será o primeiro a sair
dela, por conta de escolhas
acertadas. “Investimos no
nosso turismo e tivemos
uma boa temporada de ve-
rão; na safra, e o clima nos
ajudou com uma produ-
ção extraordinária; e nas
exportações que até agora
tem ajudado a puxar a eco-
nomia em setores impor-
tantes”. Colombo conside-
rou também a decisão do
estado em não aumentar
impostos. “Somos compe-
titivos, atraímos grandes
investimentos porque está
mais barato produzir aqui”,
completou.
A Presidente da AMFRI e
Prefeita de Bombinhas,
Ana Paula da Silva, assim
como os outros nove pre-
feitos presentes aproveita-
ram a oportunidade para
agradecer pelo bom rela-
cionamento com o gover-
no do estado, que já deu
muitos frutos neste pri-
meiro semestre, e solici-
tar que a região continue
tendo cada vez mais aten-
ção em suas necessidades.
Entre os pleitos constam: o
Centro de Eventos e o Hos-
“Investimos no nosso
turismo e tivemos
uma boa temporada
de verão; na safra, e
o clima nos ajudou
com uma produção
extraordinária”
Raimundo Colombo,
governador de SC
pital Ruth Cardoso de Bal-
neário Camboriú, o acesso
a Bombinhas e Porto Belo,
e rodovias em Itajaí.
Depois de ouvir e conhe-
cer os pleitos de todos os
prefeitos, o governador
reforçou a importância da
segunda edição do Fun-
dam e reafirmou que é
fundamental para o cres-
cimento social e econô-
mico de Santa Catarina.
“Um estado forte se faz
com municípios fortes.
Com o Fundam, eles têm
o recurso e a autonomia
de realizar as obras que
vão, realmente, atender às
demandas de cada comu-
nidade”, concluiu. Para os
11 municípios da AMFRI
foram disponibilizados na
primeira edição do Fun-
dam mais de R$ 30 mi-
lhões. Os recursos foram
investidos em infraestru-
tura, aquisição de máqui-
nas, construção de ponte e
de centro de atendimento
à criança, adolescente e à
família.
Câmara de Penha aprova criação de
Procuradoria Especial da Mulher
A Câmara de Vereado-
res de Penha aprovou a
criação da Procuradoria
Especial da Mulher. O
Projeto de Lei nº 3/2017,
de autoria da vereadora
Maria Juraci Alexandrino
(PMDB), contou com o
apoio de todos os verea-
dores e deve vigorar até o
fim de agosto. O objetivo
da instituição é garantir a
proteção dos direitos das
mulheres, principalmen-
te contra a violência e a
discriminação.
- O programa deve pro-
mover seminários, pales-
tras sobre saúde e violên-
cia contra a mulher, entre
outros temas. Também
queremos trazer as mu-
lheres para o parlamento,
para que elas participem
efetivamente da vida pú-
blica”, ressalta Juraci, pre-
sidente da Câmara de Ve-
readores.
Para o funcionamento
efetivo da Procuradoria,
o legislativo está buscan-
do parcerias com as po-
lícias Civil e Militar, com
o Poder Judiciário, com a
DIREITOS
Secretaria de Assistência
Social e com a sociedade
civil organizada. “Já tive-
mos uma conversa com
a psicóloga Brunella Gui-
doni, da Polícia Civil e
também com a delegada
Danielle Gonzalez que se
prontificaram a nos auxi-
liar neste projeto”, afirma
a autora da proposta.
A equipe do novo pro-
jeto será constituída por
uma procuradora espe-
cial da mulher que deve
ser obrigatoriamente
uma vereadora. Caso não
haja vereadora eleita no
mandato, o presidente da
Câmara fará a indicação.
Outras duas procurado-
ras adjuntas, designadas
pela presidente da câma-
ra no início de cada ano
legislativo, terão manda-
to de um ano.
Entre as responsabilida-
des do trio, está acompa-
nhar o desenvolvimento
de programas dos go-
vernos federal, estadual
e municipal que visem à
promoção da igualdade
de gênero.
Zoneamento da cidade, altura de edificações, padrões
urbanísticos e ambientais serão apresentados em audiência
Conselho da Cidade reúne propostas
de atualização para o Plano Diretor
Começou oficialmente a
revisão do Plano Diretor
de Penha. Como prevê a
legislação, a cidade deve
revisar seu plano diretor,
código de obras e código
de posturas a cada dez
anos. Na terça-feira, 04 de
Proposta de verticalização e alterações no zoneamento também estão em debate no município de Penha
Piçarras - O colegiado
eleito para discussão e re-
visão do Plano Diretor ini-
ciará na próxima semana a
elaboração da minuta do
projeto de lei que institui
as diretrizes para os próxi-
mos 10 anos. As propostas
que impactam diretamen-
te na ocupação do espaço
urbano foram discutidas
por 53 representantes da
sociedade civil e do mer-
cado e debatidas ao longo
de 82 encontros. Entre as
principais discussões do
Conselho da Cidade (Con-
cidade) está a criação de
uma marina na foz do Rio
Piçarras e a mudança na
altura máxima das edifica-
ções.
A secretária de Planeja-
mento, Deisy Martins, que
não atende pessoalmente
julho, o Concidade discute
a criação de loteamento no
Bairro Nossa Senhora de
Fátima. A reunião, como
a maioria dos encontros
do Concidade, será na
Câmara Municipal de
Vereadores a partir das 19
à reportagem do Expres-
so das Praias, e, portanto,
não pôde ter suas afirma-
ções contrapostas, disse
por meio da Assessoria de
Imprensa que o objetivo é
de finalizar os trabalhos na
primeira quinzena de ju-
lho. A seguir uma audiên-
cia pública deve ser mar-
cada para que as propostas
sejam debatidas com a co-
munidade.
As mudanças têm dois
aspectos: o primeiro, de
ordem legal, adapta a le-
gislação vigente, fazendo
com que “seja elaborado
um documento harmô-
nico contendo todos os
aspectos relacionados ao
desenvolvimento urbano
municipal”. O outro aspec-
to, segundo ela, visa prepa-
rar o município para “uma
nova realidade” em que
haja menos dependência
econômica da temporada
de verão.
- A marina é um desejo que
já surgiu várias vezes ao
longo dos últimos anos
e passou a ser uma meta.
Em geral as marinas têm
um papel de qualificação
do turismo gerando ne-
gócios, empregos e atrati-
vidade - afirma Deisy em
nota.
Segundo ela, embora o
município já tenha alguns
empreendimentos do
ramo ao longo do rio, estes
têm limitações em relação
ao tamanho das embarca-
ções devido à ponte. Com
a construção da marina,
a ideia é atrair uma nova
classe de barcos e junto
com eles, proprietários
Altura
de prédios
é uma das
pautas
Litoral Norte, SC 1º/07/2017
www.expressodaspraias.com.br08 Cidade
com maior poder
de investimento. Um ví-
deo futurístico do empre-
endimento foi idealizado
pela empresa Le Padron
- Planejamento e Consul-
toria Técnica, com a assi-
natura da Prefeitura de Pi-
çarras. No entanto, Deisy
afirma que essa é apenas
uma ideia em debate.
- Esse é um investimen-
to privado onde o poder
público exerce o papel de
animador e fomentador.
Precisamos mostrar estas
intenções para atrair inte-
ressados em empreender
na cidade.
Verticalização
Embora não tenham sido
divulgadas em detalhes, o
Concidade debate também
importantes propostas de
mudança na altura de edi-
ficações, no zoneamento
da cidade e no aproveita-
mento do solo.
Se aprovada, a atualização
ainda precisará passar pelo
crivo dos vereadores.
DIVULGAÇÃO
horas e é aberta a toda a
comunidade.Aconferência
municipal abrindo os
trabalhos aconteceu dia
13, terça-feira, também
na Câmara. Membros do
Concidade, sociedade
civil organizada e demais
moradores se fizeram
presentes no encontro,
que elegeu um grupo de
trabalho para coordenar o
processo de revisão. Temas
controvertidos como a
verticalização de áreas
próximas a praias agrestes
devem ser debatidos, como
antecipa o membro do
Concidade e professor da
Univali, Gilberto Manzoni:
“É muito importante que
a comunidade participe
e se inteire do que se está
propondo” - ele adverte.
09
Leandro Cardozo de Souza
Penha - As discussões em
torno da atualização do
Plano Diretor devem tra-
zer para o debate a pro-
teção de um dos últimos
resquícios de mata nativa
no Litoral Norte. Previs-
to para ser implementado
em 24 meses após a cria-
ção do plano, em 2007, o
Parque Natural da Ponta
da Vigia ainda não saiu do
papel. No fim de junho,
entidades e lideranças co-
munitárias promoveram o
plantio de mudas no local
para lembrar a inércia do
Comunidade reivindica implantação
do Parque Natural da Ponta da Vigia
Prevista no Plano Diretor em 2007 para ser implementada em 24 meses, iniciativa não saiu do papel
poder público até agora
para garantir a proteção
daquela área.
Procurado pela reporta-
gem, o Governo Municipal
informou que, para imple-
mentar a proposta, é preci-
so um plano de manejo e
para isso deverá aguardar a
reformulação do Plano Di-
retor do Município. “Agora
temos que seguir o trâmi-
te apropriado para que os
parques ambientais pos-
sam funcionar totalmente
dentro da legalidade”, in-
forma a Assessoria de Im-
prensa.
A gestão atual do municí-
pio lamentou o atraso no
processo e garantiu ainda
que pretende criar uma
fundação de meio ambien-
te para fiscalizar e proteger
essas áreas.
Um estudo elaborado pela
professora Rosemeri Ma-
renzi, da Univali, descreve
a diversidade de espécies,
a importância da preserva-
ção do local e sugere meios
de exploração sustentável
da área. Ela questiona o
processo de implementa-
ção:
- Não tem lógica fazer o
Plano de Manejo antes do
ato legal de criação de uma
Litoral Norte, SC 1º/07/2017
www.expressodaspraias.com.brComunidade
Veja a galeria de fotos:
www.expressodaspraias.com.br
unidade de conservação. O
que precisa para que o par-
que saia do papel é um es-
tudo técnico que justifique
este ato legal. E no caso do
Parque da Ponta da Vigia,
este estudo já existe. O que
precisa é apenas a Audiên-
cia Pública de apresenta-
ção da proposta - contesta.
Potencial esquecido
A proposta de exploração
do parque inclui a imple-
mentação de equipamen-
tos turísticos, restauran-
te, mirante. Um modelo
semelhante ao do Parque
Unipraias em Balneário
Camboriú.
- Mais uma vez a gente vê
a morosidade do poder
público perdendo a opor-
tunidade de fazer história
no município. Porque cer-
tamente o parque vai agre-
gar valor à economia local
- lamenta o professor da
Univali, Gilberto Manzo-
ni, membro da Associação
de Moradores e Amigos
da Praia Grande. Ele cita
o número de visitantes do
Beto Carrero para exem-
plificar o potencial de um
equipamento de turismo
junto à natureza.
10 Litoral Norte, SC 1º/07/2017
www.expressodaspraias.com.br Comunidade
Água que chega turva
revolta consumidores
Piçarras - A qualidade
da água que chegou às
torneiras na comunidade
do Bairro Itacolomi foi
motivo de reclamações
feitas por moradores. Um
vídeopublicadonainternet
no sábado, 24, mostra a
água turva saindo de forma
contínua em uma torneira
enquanto o proprietário
lavava seu carro. A
denúncia motivou outros
moradores que alegaram
não ser fato isolado. Uma
das internautas afirma que
o Bairro Nossa Senhora
da Paz também sofre
com a qualidade ruim do
abastecimento.
O denunciante, Carlos
Henrique Reimer, alega
que nesse caso a água só
voltou a sua tonalidade
normal no fim do dia. Para
ele, ficou constatado após a
publicação que se trata de
um problema generalizado
e precisa de solução.
- Preciso limpar a minha
caixa de água a cada três
meses. Há sempre uma
camada de lama. É curioso,
pois os índices que
constam na fatura de água
apresentam uma água com
ótima qualidade.
na estação de tratamento,
ou no religamento da
rede após manutenção,
quando a pressão da água
faz desprender resíduos
da tubulação. “Na região
norte onde há muitas
construtoras em atividade,
os rompimentos são
constantes e podem afetar
os moradores.”
A gerência da unidade
pede para que haja maior
comunicaçãodapopulação
com a Casan pelo fone de
plantão 3345-0739. Luiz
destaca que é possível,
inclusive, que uma equipe
se desloque para fazer a
limpeza da tubulação de
cavalete de forma gratuita
para o morador.
Gerência da concessionária afirma não ter registrado
reclamações da comunidade que postou vídeos na internet
A informação é contestada
pelo gerente da Casan no
município, Luiz Carlos
Pereira. Ele afirma que não
há registro de problemas
nessa data e nenhuma
reclamação foi protocolada
junto à entidade. “Se não
houver a reivindicação
formal eu não tenho como
deslocar uma equipe de
manutenção. O pessoal
reclama através da internet
onde não podemos
acompanhar.” Luiz destaca
que a Casan realizou há
um mês a limpeza nas
adutoras.
No entanto, ele reconhece
que pode haver turbidez
em dois casos isolados:
quando há manutenção
REPRODUÇÃO | FACEBOOK
Imagens
foram
publicadas em
rede social
Prefeitura vai contratar empresa para
elaborar plano municipal de drenagem
O impacto das chuvas e
enchentes no município
de Barra Velha passará
a ser estudado por uma
empresa privada e por
um grupo de conselhei-
ros com o objetivo de
criar um plano munici-
pal de drenagem. O es-
tudo técnico no valor de
R$42 mil será desenvol-
vido pela Empresa Evo-
lua Ambiental, vencedora
do processo licitatório. As
reuniões se iniciaram na
semana passada, na Câ-
mara de Vereadores, e o
prazo para conclusão é de
4 meses.
O processo será acom-
panhado pela Defesa
Civil, Secretaria de Pla-
nejamento, Conselho de
Saneamento e pelos Nú-
cleos Comunitários de
Proteção e Defesa Civil.
Na primeira reunião, a
região da Quinta dos Aço-
rianos e as imediações da
Rua Evaristo Lopes Du-
tra, em Itajuba, foram
definidos como os pontos
críticos da cidade que ne-
ALAGAMENTO
cessitam de ações emer-
genciais. Outras ruas do
Bairro São Cristóvão e
Rua Paraná, no Centro,
também foram citadas.
Segundo o Diretor da De-
fesa Civil, Elton Cunha,
os grupos fornecerão os
históricos de enchentes
em cada região atingida e
os pontos críticos de cada
um. “O laudo técnico
vai nos orientar dizendo
onde e como o Executivo
pode gastar recurso com
a garantia de que a obra
vai surtir efeito.”
O Plano de Drenagem e
Manejo das Águas Plu-
viais abrangerá as áreas
urbanas do município e
será dividido em tópicos
que discutem os indi-
cadores populacionais,
sanitários e epidemio-
lógicos, além de definir
programas e ações para
atendimento, ações para
emergências e contin-
gências, e outras necessi-
dades.
“O laudo técnico vai nos
orientar dizendo onde e
como o Executivo pode
gastar recurso ”
Elton Cunha,
diretor da Defesa Civil
do Serviço Brasileiro de
Apoio às Micro e Pequenas
Empresas (Sebrae), que
realizou a capacitação dos
estabelecimentos partici-
pantes por meio de cursos
intensivos iniciados em
abril. As ações envolveram
a elaboração de pratos,
estratégias de mercado,
atendimento e formulação
de cardápios.
- Qualquer fomento da
economia passa pelo pe-
queno porte e isso se faz
com oportunidades. Es-
ses empreendedores não
olharam as dificuldades da
crise, e sim as oportuni-
dades - frisa o gerente de
Leia na íntegra e assista: www.expressodaspraias.com.br
Estação 2CULTURA | COMPORTAMENTO | LAZER
11Litoral Norte, SC 1º/07/2017
www.expressodaspraias.com.br
Adiversidade da cozi-
nha local é tema do
novo Festival Gastronômi-
co “Um Mar de Sabores”
que se inicia neste sábado,
1º, em 11 estabelecimentos
da cidade. O menu prepa-
rado exclusivamente para
o festival tem 33 opções
de cardápio com entrada,
prato principal e sobreme-
sa e foi apresentado para
convidados e imprensa dia
28, no Iate Clube, durante
o lançamento oficial.
Dos sabores da cozinha tí-
pica do litoral, como o pi-
rão de frutos do mar, ou da
culinária italiana, até o fast
food com um toque de so-
fisticação, como o cachor-
ro quente com costelinha
de porco e molho barbe-
cue, todas as opções são
comercializadas a preço
único de R$39,90.
Entre os participantes es-
tão: Challenge Food Hou-
se, Hot Dog da Scheila,
Maria do Carmo Cama e
Café Bistrô, North Beach
Restaurante & Bar, Pira-
ta Burger, Restaurante do
Capitão, Restaurante Pe-
tisqueira Zezinho, Risotte-
ria Arancina, Rua da Praia,
Tampa’s e Tutty’s.
O festival tem o apoio
projetos do Sebrae, Celso
Orlando. Segundo os da-
dos da entidade, os em-
preendimentos de peque-
no porte correspondem
a 99,2% da economia
local.
- Através dessa par-
ceria nossos restau-
rantes estarão muito
mais preparados. Bal-
neário Piçarras pode se
destacar ainda mais no tu-
rismo estadual, não só pe-
las nossas belezas naturais,
mas por essa diversidade
gastronômica, que só nós
temos - aposta a secretária
de turismo Susan Correa.
E se depender da vontade
dos participantes, o festi-
val já é sucesso. A Chef Va-
nessa Vagnotti destaca que
a iniciativa é uma opção
para o turista que vem à
cidade e quer comer bem.
- Além da qualidade, por
um preço convidativo.
Isso mostra o quanto que-
remos ter nossos estabele-
cimentos cheios. Estamos
todos esperançosos no
mesmo barco, remando
juntos neste mar de sabo-
res - afirma empolgada a
ex-participante do progra-
ma “MasterChef”, da Band.
Mar de Sabor
Neste mês de julho, menu do Festival Gastronômico de
Piçarras tem mais de 30 opções a preço único: R$ 39,90
REPRODUÇÃO | APPLE CORP
Pratos foram
apresentados
para convidados
dia 28
“Qualquer fomento da
economia passa pelo
pequeno porte e isso se
faz com oportunidades.
Esses empreendedores
não olharam as
dificuldades da crise, e
sim as oportunidades”
Celso Orlando,
gerente de projetos/SEBRAE
CLEITON REINERT | DIVULGAÇÃO/PMBP
Litoral Norte, SC 1º/07/2017
www.expressodaspraias.com.br Estação²12
Comissão avalia
projetos para edital
Profissionais
devem verificar
quais propostas
se enquadram nas
exigências da Lei de
Incentivo à Cultura
Piçarras - Os interessados
em participar da seleção
para o edital Ivone Pires
de Incentivo à Cultura
precisam entregar pesso-
almente a inscrição e do-
cumentação exigida até o
dia 5 de julho. A Fundação
Municipal de Cultura fica
na Avenida Getúlio Vargas,
1.113, e atende de segunda
a sexta, das 8h às 12h e das
13h30 às 17h30.
Podem concorrer projetos
de caráter estritamente ar-
tístico e cultural apresenta-
dos por pessoas físicas que
estejam em dia com suas
obrigações fiscais e traba-
lhistas; sejam maiores de
18 anos; tenham residên-
cia comprovada na cida-
de de Balneário Piçarras
há, no mínimo, dois anos.
Cada proponente poderá
inscrever até três projetos,
podendo ser contemplado
em apenas um.
A Fundação divulgou dia
26 a relação dos profissio-
nais que irão selecionar
Ivone
Pires: poeta
da praia dá
nome ao edital
de incentivo à
cultura
DIVULGAÇÃO
os projetos
artísticos e cul-
turais desenvolvidos com
apoio do município neste
ano. Os profissionais con-
vocados terão a respon-
sabilidade de analisar os
conteúdos e emitir pare-
ceres avaliativos e técnicos
dos projetos inscritos no
Edital Ivone Pires.
A jornalista especializada
em cinema e linguagem
audiovisual, Talita Rodri-
gues, de Joinville, será uma
das responsáveis por fazer
essa avaliação. Segundo
ela, o trabalho da comissão
é verificar e entender o que
o proponente pretende,
qual a importância do pro-
jeto para a comunidade e
de que maneira ele pode se
multiplicar. Para quem vai
participar do processo, ela
dá uma dica:
- Sou proponente de edi-
tais da minha cidade e já
fui parecerista de editais
de outras cidades. O que
digo tanto como propo-
nente quanto parecerista é
que a principal dificuldade
é deixar claro qual é a ideia
do projeto.
Confira o edital e a relação
completa de pareceristas:
Tenho por costume abrir as refeições com uma sopinha apetitosa
aproveitando ingredientes que eu tenha em casa. Sempre tem-
pero a água da sopa com uma folha de louro e sal grosso. Uma
combinação harmoniosa é a sopa de abóbora moranga, gengibre
e cebola. Depois de cozidos os ingredientes, deixo esfriar um pou-
co e passo no liquidificador, fica um creme muito saboroso com
um toque apimentado do gengibre.
Quem quer eliminar alguns quilos extras que incomodam pode
optar pelas sopas ou cremes que saciam rapidamente, têm baixas
calorias e o melhor de tudo que sempre serão saudáveis. Você
pode criar os seus cremes de acordo com seus legumes preferi-
dos. Não precisa colocar gordura nenhuma, seja moderado com
o sal e ousado com os temperos frescos: salsinha, cebolinha,
alho-poró, salsão, manjericão, hortelã, coentro fresco etc.
Sopa Verde
Ingredientes:
1 litro de água temperada com 1 folha de louro e ½ colher de sal
grosso
1 cebola picada
1 maço de brócolis
1 batata doce mediana sem casca e cortada em cubos
Modo de preparo:
1.Numa panela leve para ferver a água com o louro e o sal
2.Adicione a cebola, brócolis e batata doce picados
3.Depois de todos os ingredientes ficarem cozidos, deixe amornar
e passe no liquidificador até formar um creme.
Sabor de Lúcuma
Mila Schreiber
Para esquentar o inverno
www.expressodaspraias.com.br/sabordelucuma www.expressodaspraias.com.br
“a principal dificuldade
é deixar claro qual é a
ideia do projeto ”
Talita Rodrigues,
jornalista, parecerista do edital
13Expresso VIP
Litoral Norte, SC 1º/07/2017
www.expressodaspraias.com.br
Mar de Sabor
A noite de lançamento do Festival “Um Mar de Sabores” reuniu
representantes da gastronomia local em Piçarras nessa quarta, 28.
Onze restaurantes apresentaram os menus exclusivos para o evento
que promete movimentar a cidade em julho. Na foto, da esq. para dir.:
publicitário Rafael Fontes; vereador de Barra Velha, Thiago Pinheiro;
Odair Bettoni; Kátia Tomacelli; Antônio da Pousada Ilha Feia; Eron
Bettoni.
Arquivo Pessoal
Em clima junino, a
família do Maycon
Willian fez um ensaio
lindo pelas lentes da
fotógrafa Ju Fortes,
em Barra Velha. A
mamãe Danny Souza
quis eternizar este
momento alegre com
as filhas Lorena e
Lohana e o marido.
Veja mais e envie sua foto:
www.expressodaspraias.com.br
Ju Fortes- Fotografia
Curso de Macarons O Chef Eduardo Culpi veio ensinar
como é que se faz o lindo, colorido e delicioso doce tipicamente
francês que conquistou o mundo. Ele foi recebido pela Chef Patissier de
Piçarras, Luiza Teixeira, e pelos sócios proprietários da loja Sonho de
Doce, Gustavo Schreiner e Jéssica Maestri, que organizaram o evento.
Ana Paula Salvador
Novidade doce
A partir deste sábado, a
comunidade de Barra Velha
passa a contar com mais uma
opção no ramo de panificação.
O casal Marciel e Aline
inauguram a Panificadora e
Confeitaria Alice, no Bairro
Jardim Icaraí, com uma ampla
variedade de pães, doces e
salgados. Confira!
Alan Willian - Expresso das Praias
Ana Paula Salvador
Fatos e Photos
Arraiá em família
14
Estão definidos os shows nacionais
da 21ª Festa do Pirão em Barra Velha
Programação vai se estender entre 06
e 10 de setembro com Luan Santana,
Zezé di Camargo e Luciano e Trio Parada
Dura como principais atrações
A 21ª Festa Nacional do
Pirão, que está agenda-
da para os dias 06 a 10 de
setembro, já tem progra-
mação de shows nacionais
definida. O resultado do
processo licitatório para a
escolha da empresa orga-
nizadora foi divulgado na
manhã dessa sexta-feira,
30, e teve a Drial Eventos
como vencedora pelo va-
lor de R$ 349,5 mil.
Com uma grade de shows
predominantemente ser-
taneja, a festa trará nomes
conhecidos como Luan
Santana (06/09), Antony
e Gabriel (07/09), Zezé
di Camargo e Luciano
(08/09) e a dupla Munhoz
e Mariano (09/09). No úl-
timo dia da programação,
(10/09), o Trio Parada Dura
se apresenta para o público
com entrada gratuita.
Apesar de licitada, a grade
principal de shows ainda
pode ser alterada até a data
da sua homologação, que
deve acontecer na próxima
semana.
Lançamento
O lançamento oficial do
evento deve ser feito na se-
gunda quinzena de julho.
A expectativa da Funda-
ção Municipal de Turismo,
Esporte e Cultura é atrair
aproximadamente 100 mil
pessoas nos cinco dias de
festa.
De acordo com o Presi-
dente da Fumtec, Daniel
Pontes da Cunha, o pirão
está garantido novamente
por meio do trabalho das
associações locais, que vão
oferecer mais de 10 varia-
ções do prato. Uma ampla
praça de alimentação deve
ser montada para com-
portar aproximadamente
duas mil pessoas sentadas.
Além dos shows nacionais
e regionais, a programação
cultural deve ser apresen-
tada em breve.
Litoral Norte, SC 1º/07/2017
www.expressodaspraias.com.br Estação²
A principal novidade da
edição 2017 será o retorno
do rodeio country. A are-
na será instalada ao lado
do Ginásio Alfredo José de
Borba. Para Daniel, ape-
sar de não haver ligação
cultural entre o rodeio e a
festa, a iniciativa deve tra-
zer um público diferente,
agregando mais interesses
ao evento. A entrada no ro-
deio será gratuita.
No pavilhão de shows, ou-
tra novidade será o novo
palco alternativo permi-
tindo que haja atrações
Luan Santana
está entre
os artistas
confirmados
DIVULGAÇÃO |
regionais antes do show
principal.
A licitação inclui ainda um
pavilhão gastronômico,
um pavilhão cultural e a
instalação da Vila Açoriana
dentro do ginásio de es-
portes.
Apesar de ter anunciado
anteriormente que realiza-
ria uma festa com caráter
popular, o governo muni-
cipal voltou atrás e man-
teve apenas um dia com
acesso gratuito ao show.
Segundo o Presidente da
Fumtec, a inclusão do ro-
deio traz uma opção a mais
para o visitante, o que jus-
tificaria a popularidade da
festa. Daniel destaca que os
ingressos do primeiro lote
serão vendidos a preços
mais acessíveis e informa
que a venda já vai começar
após o lançamento da fes-
ta.
Uma ampla praça
de alimentação
deve ser montada
para comportar
aproximadamente duas
mil pessoas sentadas
㐀㜀ⴀ ㌀㌀㐀㔀 ㌀ ㌀㌀
㐀㜀ⴀ 㤀ⴀ㠀㐀㔀㄀ ㈀㠀㔀 
䐀攀氀椀瘀攀爀礀⬀⬀  䜀伀匀吀伀匀伀
    䈀䄀刀䄀吀伀匀漀爀瘀攀琀攀猀
䌀 䄀
匀 䔀 䤀
刀 伀
䄀愀
䄀瘀⸀ 䨀漀猀 吀攀洀椀猀琀挀氀攀猀 搀攀 䴀愀挀攀搀漀 ⠀䈀攀椀爀愀 䴀愀爀⤀ ⴀ 䈀愀氀渀⸀ 倀椀愀爀爀愀猀 ⴀ 匀䌀
O governo municipal
voltou atrás e manteve
apenas um dia com
acesso gratuito ao show
mar as decisões e determi-
nar os destinos da maioria.
E assim como em 1939 as
lideranças russas decidiram
apoiar a Alemanha e aprisio-
nar os poloneses, em 1941 os
bolcheviques foram atacados
pelos nazistas e mudaram de
lado. Daí em diante a situação
Litoral Norte, SC 1º/07/2017
www.expressodaspraias.com.br
Preamar
Jane Cardozo da Silveira
15
* Jane Cardozo da Silveira, jornalista com mestrado em Turismo, professora no Curso de Jornalismo da Univali
N
este sexto capítulo da
história contada por Zó-
fia Ziobro, ela revela como
enfrentaram e venceram uma
prova duríssima: a escassez de
comida nas estepes geladas.
Acompanhe a narrativa:
- O meu irmão [Jan, o mais ve-
lho dos três] descobriu que a
alguns quilômetros de distância
tinha uma fazenda, então nós es-
capávamos do campo e íamos às
vezes lá; eles ofereciam para nós
pão e leite. Aquele pão e leite era
tão gostoso! Íamos pelo meio do
mato, pela floresta, quando pas-
sava uma patrulha militar, eles
nos escondiam. Os russos tudo
eram gente boa. Eles falavam que
nós é que éramos felizes, porque
quando a guerra terminasse ía-
mos poder voltar para as nossas
casas - eles achavam, né? Eu
aprendi que o povo russo foi
sempre muito oprimido. Até o
chefe do campo, era tudo gente
boa.
Dona Zófia faz questão de sa-
lientar isso, ela não quer saber
de generalizações e nem que
se confunda o povo acolhe-
dor e solidário daquele país
com seus líderes políticos be-
licosos e opressores.
Só que era na mão destes últi-
mos que estava o poder de to-
dos prisioneiros, entre eles os
Ziobro, iria começar lenta-
mente a mudar:
- Depois que os russos romperam
com a Alemanha, quem quisesse
sair do campo podia. Mas como
sair de lá, daquela mata? Eu sei
que teve um casal de judeus, eles
se perderam. Uma vez também eu
www.expressodaspraias.com.br/preamar
Fome de viver
Durante a II Guerra, confinados em um campo de
trabalho forçado na Sibéria, os irmãos Jan, Antônio e
Zófia descobriram a força da solidariedade
Fonte: http://www.mdig.com.br/index.php?itemid=38047 e Arquivo pessoal Zófia Ziobro
“Depois que os russos
romperam com a
Alemanha, quem
quisesse sair do campo
podia. Mas como sair
de lá, daquela mata?
Acampamento
de refugiados
e, no detalhe, o
“cadete” Antônio
Ziobro
saí com um grupo de crianças no
mato e nós nos perdemos – re-
lembra dona Zófia com um
olhar que ainda hoje revela o
susto. Então lhe pergunto se
nunca depararam com ursos
ou outros animais selvagens
na estepe e a resposta é cho-
cante pelo que representa em
termos de desolação e isola-
mento:
- Nem animais tinha naquele lu-
gar, nem ursos, nem pássaros. No
campo tinham uns cachorros que
pareciam mais raposas, mas eram
cachorros. Tinha neve, muita,
muita neve e o que chamamos de
noites claras, alguns meses em que
não caía a noite, era diferente lá.
Depois, quando os russos libe-
raram, quem teve coragem de
sair... Primeiro um grupo de ho-
mens combinou e o meu irmão
Jan se juntou a eles. Resolveram
sair para o Sul da Rússia, onde
começou a ser formado um exér-
cito polonês. Ele chegou até lá e
entrou para a escola de cadetes;
um tempo depois a minha mãe
criou coragem, juntou algumas
pessoas, alugaram trenós e nós
também resolvemos seguir. Sei
que demorou um pouco, mas nós
conseguimos sair. Como o exér-
cito estava tentando salvar os
poloneses que estavam na Rússia,
de vez em quando tinham umas
patrulhas, uns lugares onde aco-
lhiam a gente e nos ajudavam na
viagem para que nós chegássemos
até o [rio] Volga. Depois, no Vol-
ga, nos embarcaram em navios e
descemos até mais perto do Sul.
E lá também tinha acampamen-
to dos poloneses e nos colocaram
em trens. Eu sei que chegamos até
o acampamento do exército po-
lonês e a minha mãe logo entrou
lá nos escritórios para ajudar; o
Antônio entrou também na escola
dos cadetes; ele ficou doente, pe-
gou tifo, pegou pneumonia, tudo
que é doença, avisaram que tal-
vez não ia sair vivo. Quando nós
saímos da Rússia, ele ficou porque
estava doente.
Antes da saída, Zófia enfren-
taria mais provações. Veja na
próxima edição.
Litoral Norte, SC 1º/07/2017
www.expressodaspraias.com.br16 Informe Publicitário
Penha - Mais de 500 pi-
lotos são esperados no
Kartódromo Beto Carre-
ro entre 10 e 22 de julho
para a principal disputa
da modalidade no país. O
52º Campeonato Brasilei-
ro faz parte da agenda de
aniversário do município.
A pista recebeu no último
fim de semana de junho as
disputas da segunda etapa
da Copa SPR de Kart. Con-
siderada uma prévia para
a disputa nacional, a prova
teve a participação de 234
pilotos. Junto com mecâ-
nicos e chefes de equipe,
eles tiveram a oportunida-
de de acertar os carros para
o Campeonato Brasileiro.
Serão promovidas corridas
todos os dias, sendo a pri-
meira fase disputada entre
os dias 10 e 15 de julho, e a
segunda fase entre os dias
17 e 22 de julho.
O evento é promovido
pela Confederação Brasi-
leira de Automobilismo,
sob supervisão da Federa-
ção Internacional de Au-
tomobilismo (FIA), com
apoio da Prefeitura.
O prefeito Aquiles da Cos-
ta comemorou a confirma-
ção da cidade como sede
da prova, que pode atrair,
segundo a Prefeitura, mi-
lhares de visitantes:
- O turismo de eventos é
uma das alternativas para
combatermos a sazonali-
dade do movimento turís-
tico, não dependendo ape-
nas do verão para termos
visitantes, movimentando
assim todo o nosso setor
turístico, hotéis, pousadas,
restaurantes e o comércio
em geral durante o ano
inteiro”, afirma o prefeito.
Disputa acirrada
De acordo com a CBA, o
Campeonato Brasileiro
deste ano ultrapassou o
SKUSA 2016 em núme-
ro de inscritos e já figura
como o maior da atuali-
dade. A competição tem
18 categorias diferentes,
envolvendo pilotos de di-
ferentes faixas etárias: Ca-
detes, F4 Graduados, F4
Sênior, F4 Super Sênior,
Graduados, Júnior, Júnior
Menor, Mirim, Novatos,
Sênior A, Sênior B, Shifter
Graduados, Shifter Sênior,
Sudam, Sudam Júnior, Su-
per F4, Super Sênior, Su-
per Sênior Master e Vinta-
ge.
As inscrições seguem aber-
tas no site da CBA (www.
cba.org.br) e até a próxima
segunda-feira (3) podem
ser feitas com o valor pro-
mocional. Devido ao nú-
mero de inscritos, os horá-
Campeonato Brasileiro de Kart tem
mais de 500 pilotos confirmados
Maior competição da modalidade vai
ser disputada entre 10 e 22 de julho
17
Provas
envolvem 18
categorias
Esporte
Litoral Norte, SC 1º/07/2017
www.expressodaspraias.com.br
Erno Drehmer
rios oficiais também foram
alterados.
As categorias F4 Sênior e
F4 Super Sênior, que esta-
vam previstas para corre-
rem em conjunto, tiveram
seus grids separados. Além
disso, a categoria Cadete,
que já conta com 49 ins-
critos, terá suas atividades
divididas em dois grupos
para os treinos e tomada
de tempos, e em quatro
grupos para as corridas
classificatórias.
Os novos horários estão no
site da CBA pelo link dire-
to: https://goo.gl/P1yT3r
Copa SPR
Faltando duas semanas
para o Campeonato Bra-
sileiro de Kart, a pista de
Penha recebeu as disputas
da segunda etapa da Copa
SPR. Foi um teste para a
organização do Brasilei-
ro projetar detalhes como
aproveitamento do espaço
físico, logística e seguran-
ça.
- Para nós foi muito impor-
tante esta movimentação
tão grande na corrida da
Copa SPR. Tivemos uma
noção próxima do que ire-
mos receber nas duas fa-
ses do Brasileiro. Estamos
nos atendo a cada detalhe
da competição para que,
na hora certa, tudo cor-
ra exatamente conforme
o planejado”, comentou o
dirigente mineiro Pedro
Sereno, presidente da Co-
missão Nacional de Kart –
CNK.
“O turismo de eventos é
uma das alternativas
para combatermos
a sazonalidade do
movimento turístico, não
dependendo apenas
do verão para termos
visitantes”,
Aquiles da Costa,
prefeito de Penha
18
Equipe local encerra primeira etapa
invicta e lidera a Liga Leste/Norte
Cidade recebeu a etapa de abertura da competição durante o
último fim de semana de junho; próximo desafio é em outubro
Partida mais
acirrada foi
disputada contra
a equipe do
Marcílio Dias
Litoral Norte, SC 1º/07/2017
www.expressodaspraias.com.br Esporte
Campeonato de Dominó homenageia ex-vereador de Penha
Está definida a tabela de
mais um Campeonato
Municipal de Dominó, que
neste ano vai envolver 12
equipes representando ba-
res da cidade. Recanto dos
Pinheiros e Vino do Giná-
sio farão a primeira par-
tida, às 19h30, no Bar Re-
canto dos Pinheiros, dia 21.
O campeonato se estende
até outubro e a taça home-
nageia o ex-vereador e ex-
-secretário de Agricultura,
Alcides de Souza, falecido
no ano passado e um en-
tusiasta do dominó e da
bocha.
Os times estão divididos
em duas chaves com as
equipes jogando entre si.
Os quatro times com me-
Barra Velha - A equipe lo-
cal de handebol feminino,
formada por atletas da Es-
cola Estadual Conselheiro
Astrogildo Odon Aguiar,
estreou com vitórias na
Liga Leste/Norte. As par-
tidas pelo Grupo A foram
realizadas no sábado, 24,
no ginásio Alfredo José de
Borba. A competição reú-
ne 14 equipes com atletas
entre 12 e 14 anos, dividi-
das em três chaves. As do-
nas da casa foram as únicas
Foto: Alan Willian
a encerrar a primeira etapa
invictas em quatro jogos -
com 74 gols marcados e 44
sofridos.
A rodada se iniciou com
aquele que seria o duelo
mais emocionante do dia.
Sob o comando do pro-
fessor Jairo Hermógenes,
a equipe entrou em qua-
dra para enfrentar o forte
elenco do Clube Náutico
Marcílio Dias, de Itajaí. As
visitantes mostravam mais
eficiência nas finalizações
e comandaram a partida
sempre com um gol de
vantagem. Mas, no último
minuto, as donas da casa
conseguiram o empate e
a virada. Faltando apenas
10 segundos, a equipe de
Itajaí ainda teve a oportu-
nidade de buscar o empate
na cobrança do tiro direto,
mas não obteve sucesso e
a partida terminou em 15
a 14.
Nas demais partidas a
equipe de Barra Velha ven-
ceu com maior saldo de
gols. Derrotou os times de
Balneário Camboriú e Ita-
pema por 17 a 07 e a equi-
pe de Joinville por 25 a 16.
Maria Clara Collicchio,
com 18 gols, e Jamille Ge-
ASSOCIAÇÃO ASSISTENCIAL PERPÉTUO SOCORRO
Av. Vereador João Figueredo, 1011
CNPJ 76.701.515/0001-80
Utilidade Pública Municipal Lei 352/89
Utilidade Pública Estadual Lei 702/87
Utilidade Pública Federal CNAS – 28010000248/93-25
Balneário Piçarras – SC
ass.per.socorro@bol.com.br
EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA
	 A Presidente da Associação Assistencial Perpétuo Socorro, no uso das atribui-
ções que lhe confere o Estatuto Social, convoca os Associados desta entidade, em gozo
de seus direitos associativos, para participarem da ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA a
ser realizada no dia 20 de julho de 2017, às 15 horas, na Sede da Associação, sita na Av.
Vereador João Figueredo, 1011 – Centro – Balneário Piçarras, em primeira convocação,
ou 15 minutos após, com qualquer número de associados presentes, para deliberarem
sobre a seguinte ORDEM DO DIA:
1- Eleição e posse da nova diretoria para o biênio 2017 a 2019.
2- A inscrição deverá ocorrer na Secretaria da AAPS até 15 (quinze) dias antes da elei-
ção, que se realizará dentre as chapas devidamente inscritas.
3- Somente poderão integrar as chapas associadas, contribuintes que comprovem a
frequência regular há pelo menos 1 (um) ano.
Balneário Piçarras, 27 de junho de 2017.
Ivete MariaTelles Pimenta
PRESIDENTE
nauck, com 16, fo-
ram as principais go-
leadoras do time da casa.
Para o treinador Jairo, o
resultado foi satisfatório,
mas ele aponta dois fatores
que preocupam a equipe:
- Nosso time consegue
criar boas jogadas, que
impressionam o adversá-
rio, mas está pecando na
finalização. A bola não está
entrando. Por outro lado, o
A PEDIDO
adversário está fu-
rando fácil a nossa
defesa - avalia.
A próxima etapa da com-
petição será no dia 21 de
outubro, com jogos em
Itapema pelo Grupo A.
Antes, em julho, a equipe
deve participar da fase re-
gional dos Jogos Escolares,
representando a Escola Es-
tadual Conselheiro Astro-
gildo Odon Aguiar.
lhor pontuação irão para
as quartas de final.
A premiação será de 1.200
reais e um porco para o
campeão, 800 reais e uma
ovelha para o vice e 400
reais e 30kg de costela
para o terceiro colocado.
Os três primeiros lugares
também ganharão troféus
e medalhas.
Torneio tem partidas bem disputadas e média alta de gols
Campeonato de
Futsal em Piçarras
começa com goleada
Otradicionalcampeonato
de futsal de Penha terá
muitas novidades neste
ano, a começar pela
categoria dos veteranos,
pela primeiravez incluída
dentro da competição,
atendendo a um pedido
dos próprios times. O
evento também terá
um número maior de
participantes na categoria
livre, chegando a 16 times,
e isso porque a Fundação
Municipal de Esportes
(FME) limitou o número
de inscrições. “Nossa
prioridade foi garantir a
qualidade e a organização
do campeonato”, explica
o diretor da FME, Carlos
César de Souza.
Oito times se inscreveram
na categoria dos
veteranos, para atletas a
partir dos 35 anos. Já na
categoria livre, a idade
mínima exigida é de 16
anos.
A competição será
disputada em duas
fases: primeiro, a de
classificação, em que as
equipes foram divididas
em chaves com quatro
times cada. Enquanto no
livre serão quatro chaves
de quatro, nos veteranos
serão duas chaves de
quatro. Em ambos se
classificarão para a fase
final os dois melhores
de cada chave, com a
diferença que enquanto
na categoria livre terá
Na Penha, competição vai ser aberta
no dia do aniversário do município
O Campeonato Munici-
pal de Futsal promovido
pela Secretaria de Espor-
tes e Lazer começou nes-
sa semana com 12 jogos
e muitos gols. O torneio
conta com 48 equipes di-
vididas em três categorias,
24 equipes disputando a
categoria livre, 12 no fe-
minino, 8 de veteranos e 4
equipes na categoria mas-
ter, a novidade desta edi-
ção. A segunda rodada se
inicia na próxima semana
com jogos na segunda, ter-
ça, quarta e sexta-feira.
Nos jogos da primeira ro-
dada pela categoria livre,
o Real Charme venceu
o Recreativo pelo placar
de 8 a 4. Luciano da Silva
marcou 3 gols na vitória e
quartas de final, nos
veteranos os classificados
vão direto para as semi-
finais.
A competição começa
no dia do aniversário
do município, 19 de
julho, com solenidade de
abertura no Ginásio de
Esportes “Sebastião João
de Souza”. O primeiro
jogo será pela categoria
dos veteranos, entre
as equipes do Quati e
Sampa. Amigos do Zico
e Beira-Mar fazem a
primeira partida na
categoria livre.
Com exceção da rodada
da abertura, que será
numa quarta-feira, os
demais jogos serão nas
quintas-feiras e sábados,
quatro jogos por noite,
revezando as categorias
livre com veterano.
Enquanto a final da
categoria dos veteranos
está marcada para 12 de
agosto, a grande final da
categoria livre deverá
ser em 02 de setembro.
Também terá disputa
e premiação para o
terceiro lugar em ambas
as categorias.
Além de troféus e
medalhas, haverá
premiação em dinheiro
na categoria livre: 1.200
reais para o campeão,
800 reais para o vice, e
400 reais para o terceiro
lugar. (Da Assessoria de
Imprensa - PMP)
é o artilheiro da categoria.
O Borussiarras entrou em
quadra para enfrentar o
Vila FC e aplicou o placar
de 4 a 1, enquanto o Atlé-
tico Piçarras venceu o Ra-
cing por 5 a 3. O Mevepi
goleou o Metropol por 7 a
0 e o Big Soccer derrotou o
Donel Transporte em jogo
equilibrado com o placar
de 2 a 1.
No feminino, as meninas
do Pride não tomaram co-
nhecimento do Vila FF e
aplicaram a goleada de 10
a 1. O TB Society venceu
o Beira Rio por 5 a 0. Pelo
veterano, o Borussia ven-
ceu o 2ª Feirinos por 7 a 3.
Na categoria master, Sport
Senna abriu a rodada ven-
cendo o Morretes por 6 a 2.
A rodada encerrou com os
confrontos entre Amigos
do Futeba x Takata (vete-
rano), Moreia da Praia x
Pérolas (feminino) e Ami-
gos do Futeba x Babilô-
nia (livre).De acordo com
o secretário de Esportes,
Fernando Manoel Santos,
os primeiros jogos mostra-
ram que as equipes se re-
forçaram. “Tinham times
que não conseguiam jogar
de igual pra igual com ou-
tros e dessa vez entraram
em quadra totalmente re-
novados” Sobre a inclusão
da categoria master, Fer-
nando explica: “A categoria
veteranos era para todos
os jogadores acima de 35
anos, ficava muito amplo.
Resolvemos restringir pra
atender a essa demanda.”
19Esporte
Litoral Norte, SC 1º/07/2017
www.expressodaspraias.com.br
+ CATEGORIAS
Litoral Norte, SC 1º/07/2017
www.expressodaspraias.com.br20
Homens jovens, negros e
com baixa escolaridade
estão entre a maioria
das 59.080 vítimas de
homicídio registradas no
Brasil em 2015. A situação
desafia as autoridades
do setor de segurança
pública e foi denunciada
no recém-publicado Atlas
da Violência 2017, que
classifica a quantidade
como “exorbitante” e
alerta: esse número
supera de longe o
registrado em ataques
terroristas no mundo.
Futuro comprometido
O Atlas da Violência 2017
é assinado pelo Instituto
de Pesquisa Econômica
Aplicada – Ipea e pelo
Fórum Brasileiro de
Segurança Pública. As
entidades responsáveis
pela pesquisa chamam
a atenção para o fato de
que, na última década,
a violência contra
jovens e negros só tem
aumentado.
“O que se observou nos
dados é um futuro da
nação comprometido.
Entre 2005 e 2015,
nada menos do
Vítimas de homicídio no Brasil
superam as de terrorismo no mundo
VIOLÊNCIA
Segurança
que 318 mil jovens
foram assassinados.
Analisando o ano de
2015, a participação do
homicídio como causa
de mortalidade da
juventude masculina,
entre 15 a 29 anos de
idade, correspondeu a
47,8% do total de óbitos (e
53,8% se considerarmos
apenas os homens entre
15 a 19 anos). Nesse último
ano, 60,9 indivíduos
para cada grupo de 100
mil jovens, entre 15 e
29, foram mortos. Se
considerarmos apenas
a juventude masculina,
este indicador aumenta
para 113,6” - avalia o
documento.
Ao analisar o problema
em perspectiva, o Atlas
salienta: “Depois da
diminuição da marcha
de crescimento dos
homicídios contra jovens
entre os anos 80 (+89,9%),
os anos 90 (+20,3%) e
os anos 2000 (+2,5%),
verificou-se um aumento
de 17,2% na taxa de
homicídio de indivíduos
de 15 a 29 anos entre
2005 e 2015”.
O suspeito estava escondido no forro do estabelecimento
Homem invade loja e
é preso em flagrante
Barra Velha - A Polícia
Militar prendeu na
madrugada de terça-feira,
27, um homem que acabara
de invadir uma verdureira
na Rua Paraná, no centro
da cidade. O que chamou a
atenção da guarnição foi o
local onde ele se escondeu.
O assaltante entrou pelo
teto do estabelecimento e
foi localizado em cima do
forro plástico.
A movimentação suspeita
foiidentificadapelaCentral
de Videomonitoramento.
Por meio do sistema de
câmeras foi possível avistar
um homem rondando o
comércio e desaparecendo
em seguida. As viaturas
foram acionadas para
o local e constataram
que o suspeito estaria
andando no telhado dos
estabelecimentos.
Os policiais fizeram um
cerco e localizaram o
homem no telhado da
verdureira carregando
três sacolas com objetos
furtados do comércio.
A PM afirma que após
negociação, conseguiu
convencer o homem a
descer do telhado e se
entregar.
Além dos produtos
DIVULGAÇÃO | PM/SC
Jovem foi
conduzido à
Delegacia
furtados, foi encontrado
com o jovem um cheque
no valor de R$100,
também roubado do local.
Ele foi preso em flagrante
e conduzido até a
Delegacia de Polícia Civil
do município.
O Tenente Ruy Florêncio
Teixeira Junior ressaltou a
importância das câmeras
de videomitoramento para
a prisão.
- A ocorrência deixa
clara a importância deste
tipo de ferramenta para
a atuação preventiva e
proativa da Polícia Militar.
Se não fosse a presença
da câmera e a atenção
diligente do policial,
teríamos mais um furto
consumado no município
- comemora. Segundo
ele, já está planejada a
instalação de mais câmeras
para ampliar o sistema de
videomonitoramento.
“Se não fosse a
presença da câmera e
a atenção diligente do
policial, teríamos mais
um furto consumado
no município”,
Tenente Ruy Florêncio,
comandante da PM
Litoral Norte, SC 1º/07/2017
www.expressodaspraias.com.br 21Informe Publicitário
22 Litoral Norte, SC 1º/07/2017
www.expressodaspraias.com.br Segurança
Piçarras - A Polícia Civil
abriu inquérito para inves-
tigar o acidente de trânsi-
to que resultou na morte
de Helen Mirela Luz San-
tos, 23 anos, na manhã de
sábado, dia 24. A colisão
entre uma motocicleta e
um caminhão aconteceu
na esquina da Rua Mário
Neto com a Avenida Nereu
Ramos, no Bairro Itacolo-
mi. A passageira da moto
acabou atingida por um
segundo caminhão que vi-
nha em sentido contrário e
morreu na hora.
A delegada Danielle Gon-
zalles conta que o motoris-
ta F.M.O, 38 anos, se apre-
sentou como condutor
do primeiro caminhão, e
A.I.O, 39 anos, como mo-
torista do segundo cami-
nhão. Os dois aceitaram
fazer o teste do bafômetro,
que deu resultado negativo
para a presença de álcool
no sangue. Eles foram libe-
rados em seguida, pois não
ficou constatado dolo (in-
tenção) de atingir a vítima.
Outra versão
No entanto, a versão apre-
sentada por F.M.O. é con-
testada por pessoas que
estavam próximas ao local
na hora do fato. Algumas
delas afirmaram ao Ex-
presso das Praias que não
era ele quem dirigia o pri-
meiro caminhão, mas o fi-
lho do dono, que é menor.
De acordo com a testemu-
nha que acionou o socorro,
o veículo cortou a frente
da motocicleta conduzida
por Carlos Roberto Oli-
veira, 27, que colidiu com
a ponta do parachoque do
caminhão. Helen, que es-
tava na garupa, foi lançada
sobre a pista contrária e
atropelada. Ainda segundo
esse relato, após o aciden-
te, o menor teria trocado
de lugar com F.M.O, que
se apresentou em seguida
como condutor.
- Ele sumiu do local do
acidente e só apareceu um
tempo depois
já na presença da mãe -
afirma uma das testemu-
nhas.
O caminhão envolvido
no caso é de um material
de construção local. O
proprietário, Gilson Pe-
reira, 50, é também o pai
do adolescente apontado
como condutor. Ele nega
que o filho estivesse na di-
reção.
- Eu não vou pagar R$2 mil
reais para um funcionário
para ele sentar no banco
do lado enquanto meu fi-
lho dirige o caminhão. Isso
é história inventada pelos
outros.
O caso é tratado como ho-
micídio culposo, quando
não há a intenção de ma-
tar. De acordo com o Art.
302 do Código Brasileiro
de Trânsito, a pena é de
detenção de dois a quatro
anos e suspensão ou proi-
bição da habilitação.
Polícia apura se adolescente dirigia
veículo que provocou acidente fatal
Jovem de 23 anos foi atropelada após ser lançada na pista
ARQUIVO | REPRODUÇÃO/GOOGLE
Acesso
Norte, próximo
de onde se
registrou o
acidente
A PEDIDO
ESTADO DE SANTA CATARINA / PODER JUDICIÁRIO
Comarca – Balneário Piçarras / 1ª Vara
Rua Eulálio da Trindade, 26, Centro - CEP 88380-000, Fone: (47) 3347- 4026
Balneário Piçarras-SC
E-mail: balpicarras.vara1@tjsc.jus.br
Juiz de Direito: Marcelo Trevisan Tambosi
Chefe de Cartório: Anselmo Luiz Fagundes
EDITAL DE CITAÇÃO – RITO ORDINÁRIO – COM PRAZO DE 20 DIAS
Procedimento Sumário n.0300854-40.2014.8.24.0048
Autor: José Renato Nunes
Requerido: Alfredo Brunetti e José Izar
Citando(a)(s): Alfredo Brunetti e José Izar, em lugar incerto e desconhecido, brasileiro (a)
Pelo presente, a(s) pessoa(s) acima identificada(s), atualmente em local incerto ou não
sabido, FICA(M) CIENTE(S) de que neste Juízo de Direito tramitam os autos do processo
epigrafado e CITADA(S) para responder à ação, querendo, em 15 dias úteis, contados do
primeiro dia útil seguinte ao transcurso do prazo deste edital. ADVERTÊNCIA: Se o réu
não contestar a ação, será considerado revel e presumir-se-ão verdadeiras as alegações
formuladas pelo autor (art. 344 do CPC). E para que chegue ao conhecimento de todos,
partes e terceiros, foi expedido o presente edital, o qual será afixado no local de costume
e publicado 1 vez(es), com intervalo de 0 dias, na forma da lei.
Balneário Piçarras (SC), 02 de junho de 2016.
Marlene da Cunha
Código de Normas da Corregedoria-Geral da Justiça – Art. 212
DOCUMENTO ASSINADO DIGITALMENTE
Lei n. 11.419/2006, art. 1°, 2°, III, “a”
Cidade pode opinar sobre segurança
pública em pesquisa na internet
Questionário do Conselho de Segurança levanta dados que vão contribuir com estratégias para o setor
23
“Precisamos de um
retrato mais fiel da
nossa situação e pra
isso devemos atingir no
mínimo 3 mil respostas”
Tenente Ruy Florêncio,
comandante da Polícia Militar
Litoral Norte, SC 1º/07/2017
www.expressodaspraias.com.brSegurança
Barra Velha - Uma pesqui-
sa na internet elaborada
pelo Conselho Municipal
de Segurança (Conseg) e
colocada no ar há duas se-
manas levanta a opinião
dos moradores sobre o
combate à criminalidade
no município. O levan-
tamento aborda todos os
bairros e avalia estratégias
para enfrentar a violência.
Como o número de res-
postas até o momento é
considerado baixo, cerca
de 150, o formulário ficará
disponível por tempo in-
determinado no endereço:
https://goo.gl/K6dz3W.
O objetivo da pesquisa
é identificar problemas
e planejar ações de pre-
venção e enfrentamento.
Entre as questões, o inter-
nauta pode avaliar o de-
sempenho das polícias e
demais órgãos de seguran-
ça e identificar áreas mais
inseguras ou protegidas da
cidade.
-Se a pesquisa identificar
que em determinado bair-
ro há um alto índice de
violência devido ao consu-
mo de álcool, vamos moti-
var a implantação do A.A.
Se apontar para consumo
de drogas, motivaremos
a implantação do Amor
Exigente. E assim vamos
criando estratégias que
condizem com os resulta-
dos, - explica a presidente
do Conselho, Léia da Ban-
ca.
O Tenente Ruy Florêncio,
comandante da Polícia Mi-
litar em Barra Velha, afir-
ma que a instituição tem
acompanhado a atuação
do Conseg e colaborou
na criação do formulário.
Mas ressalta que é preciso
uma amostragem maior
para que se tenha um pa-
norama mais amplo sobre
o que pensa a comunidade.
- Precisamos de um retrato
mais fiel da nossa situação
e pra isso devemos atingir
no mínimo 3 mil respostas
- esclarece.
O levantamento é feito ex-
clusivamente pela internet
e o grupo busca formas
de divulgação para atingir
mais moradores.
Sem registro, sem dados
Uma das questões diz res-
peito ao registro do bole-
tim de ocorrência. É por
meio desse documento
que as estatísticas de cri-
mes são alimentadas para
direcionar as políticas de
segurança. Mas muitos
participantes têm afirma-
do que não registraram o
B.O. quando foram vítimas
de crimes
Há quatro meses no co-
mando da Polícia Militar
em Barra Velha, o Tenente
Ruy garante que uma pos-
tura de mais proximida-
de com a população deve
aumentar a confiança na
atuação do estado frente à
criminalidade.
- É uma nova fase que es-
tamos implantando de co-
locar a Polícia como uma
força legítima da comu-
nidade em que servimos.
Vamos estreitar laços para
que as pessoas não se inti-
midem em vir nos procu-
rar - assegura, ao afirmar
que as mudanças serão
graduais. - Estamos frean-
do o crescimento [da vio-
lência]. A partir dos 10 me-
ses esperamos reduzir esse
índice - completa sem citar
números.
Ele vê no projeto Rede de
Vizinhos uma alternativa
para colaborar com a segu-
rança. “Atualmente temos
apenas 9 grupos instituí-
dos. Queremos aumentar
essa parceria”. Nos próxi-
mos dias, PM e Conseg vão
discutir a criação de novas
Redes de Vizinhos.
Alan Willian
Piçarras - O estudante
Ruan Pablo Cabral da Silva,
de 11 anos, é o novo goleiro
titular do Figueirense Sub-
13. Formado na escolinha
de futebol do município,
ele deve seguir a rotina de
viagens para Florianópolis
até o fim do ano, quando
se encerram as rodadas
do Campeonato Estadual.
Agora, em julho, o foco da
equipe está na Taça Brasil,
que será disputada na capi-
tal catarinense.
Sonho que se
sonha junto
Atleta revelação nas quadras quer
defender time europeu nos gramados
- Estou muito feliz. É bom,
né? Estar disputando com
os melhores times. Eu
acredito que vou conseguir
o que eu quero - afirma
Ruan, confiante. Na casa
dele, em Piçarras, nossa
reportagem foi recebida
antes do embarque.
Ruan conta que tentou jo-
gar na linha, mas não se
adaptou. Sua vocação é
para atuar na defesa. Nes-
se ponto da conversa ele
se levanta, vai até a cozi-
nha, contabiliza os troféus
expostos sobre a geladei-
ra e informa: dois deles
conquistou no futebol de
campo, onde pretende se
profissionalizar e sonha
defender as cores do Bar-
celona.
Foco e esforço
Mas esse não é um sonho
que ele sonha só. O pai, Jai-
ro Cláudio da Silva, é um
entusiasta do futebol local,
e o principal apoiador dele
na busca por esses objeti-
vos. Ele conta que bastou
um treino para que o filho
despertasse interesse entre
os dirigentes do Figueiren-
se.
A primeira competição foi
disputada dias 17 e 18 em
São José dos Pinhais (PR).
Em sete jogos, Ruan foi
o goleiro menos vazado,
com cinco gols sofridos, e
ajudou a equipe a ser cam-
peã da Taça Futsal Clubes.
Em março, o jovem che-
gou até às fases finais de
uma seleção para o Inter-
nacional de Porto Alegre.
Dos 350 inscritos, Ruan
ficou entre os 23 pré-sele-
cionados. Não passou para
as fases seguintes por causa
da estatura. Mas o pai ga-
rante que ele compensa os
1,56 de altura com muita
força de vontade:
- O guri é um super-ho-
mem. Defende muito. Essa
coisa de goleiro alto só
existe aqui no Brasil - afir-
ma Jairo.
O camisa 1 do Figueirense
Sub-13 terá que viajar três
vezes por mês para treinar
na capital. Enquanto isso,
continua treinando forte
na escolinha municipal,
sob o comando do profes-
sor Marcos Paulo Santos.
ALAN WILLIAN
Ruan
conquistou
primeira vitória
como titular do
Figueira
“Estou muito feliz. É bom,
né? Estar disputando
com os melhores times”
Ruan Pablo,
goleiro Sub13 do Figueirense
Litoral Norte, SC 1º/07/2017
www.expressodaspraias.com.br24 Esporte
Veja Mais:
www.expressodaspraias.com.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, FEVEREIRO 2019
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, FEVEREIRO 2019GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, FEVEREIRO 2019
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, FEVEREIRO 2019
Adilson Moreira
 
Jornal opção 170 ed online
Jornal opção 170 ed onlineJornal opção 170 ed online
Jornal opção 170 ed online
Alair Arruda
 
EDIÇÃO 356 DE 27 DE NOVEMBRO DE 2019
EDIÇÃO 356 DE 27 DE NOVEMBRO DE 2019EDIÇÃO 356 DE 27 DE NOVEMBRO DE 2019
EDIÇÃO 356 DE 27 DE NOVEMBRO DE 2019
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 318
EDIÇÃO 318EDIÇÃO 318
EDIÇÃO 318
Afonso Pena
 
Jornal digital 16 06-17
Jornal digital 16 06-17Jornal digital 16 06-17
Jornal digital 16 06-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal A Cidade Edição Digital Completa. Edição n. 1091 que circula no dia 3...
 Jornal A Cidade Edição Digital Completa. Edição n. 1091 que circula no dia 3... Jornal A Cidade Edição Digital Completa. Edição n. 1091 que circula no dia 3...
Jornal A Cidade Edição Digital Completa. Edição n. 1091 que circula no dia 3...
JornalACidade
 
EDIÇÃO 453 DE 24 DE SSETEMBRO DE 2021
EDIÇÃO 453 DE 24 DE SSETEMBRO DE 2021EDIÇÃO 453 DE 24 DE SSETEMBRO DE 2021
EDIÇÃO 453 DE 24 DE SSETEMBRO DE 2021
JulianoPena4
 
CULTURARTEEN 155 - Deputada Rosângela Zeidan
CULTURARTEEN 155 - Deputada Rosângela ZeidanCULTURARTEEN 155 - Deputada Rosângela Zeidan
CULTURARTEEN 155 - Deputada Rosângela Zeidan
Pery Salgado
 
Jornal Farol das Geraes. Edição 205 / 28 de Fevereiro.
Jornal Farol das Geraes. Edição 205 / 28 de Fevereiro.Jornal Farol das Geraes. Edição 205 / 28 de Fevereiro.
Jornal Farol das Geraes. Edição 205 / 28 de Fevereiro.
Sua Concorrencia
 
Prata Segue em Frente - Julho
Prata Segue em Frente - JulhoPrata Segue em Frente - Julho
Prata Segue em Frente - Julho
siteduprata
 
Jornal digital 4623_ter_10032015
Jornal digital 4623_ter_10032015Jornal digital 4623_ter_10032015
Jornal digital 4623_ter_10032015
Jornal Correio do Sul
 
Jornal Tirbuna Regional 85 1 à 15 de novembro de 2013
Jornal Tirbuna Regional 85 1 à 15 de novembro de 2013Jornal Tirbuna Regional 85 1 à 15 de novembro de 2013
Jornal Tirbuna Regional 85 1 à 15 de novembro de 2013
OrienteSP Soluções Digitais
 
Retrospectiva 2013 - AVSQ
Retrospectiva 2013 - AVSQRetrospectiva 2013 - AVSQ
Retrospectiva 2013 - AVSQ
A Voz de Santa Quitéria
 
EDIÇÃO 294
EDIÇÃO 294EDIÇÃO 294
EDIÇÃO 294
Afonso Pena
 
Jornal opção 204
Jornal opção 204Jornal opção 204
Jornal opção 204
Alair Arruda
 
Jornal opção 171 ed online
Jornal opção 171 ed onlineJornal opção 171 ed online
Jornal opção 171 ed online
Alair Arruda
 
Pag. 3 pb pdf
Pag. 3 pb pdfPag. 3 pb pdf
Pag. 3 pb pdf
Ed Claudio Cruz
 
EDIÇÃO 236
EDIÇÃO 236 EDIÇÃO 236
EDIÇÃO 236
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 291
EDIÇÃO 291EDIÇÃO 291
EDIÇÃO 291
Afonso Pena
 

Mais procurados (19)

GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, FEVEREIRO 2019
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, FEVEREIRO 2019GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, FEVEREIRO 2019
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, FEVEREIRO 2019
 
Jornal opção 170 ed online
Jornal opção 170 ed onlineJornal opção 170 ed online
Jornal opção 170 ed online
 
EDIÇÃO 356 DE 27 DE NOVEMBRO DE 2019
EDIÇÃO 356 DE 27 DE NOVEMBRO DE 2019EDIÇÃO 356 DE 27 DE NOVEMBRO DE 2019
EDIÇÃO 356 DE 27 DE NOVEMBRO DE 2019
 
EDIÇÃO 318
EDIÇÃO 318EDIÇÃO 318
EDIÇÃO 318
 
Jornal digital 16 06-17
Jornal digital 16 06-17Jornal digital 16 06-17
Jornal digital 16 06-17
 
Jornal A Cidade Edição Digital Completa. Edição n. 1091 que circula no dia 3...
 Jornal A Cidade Edição Digital Completa. Edição n. 1091 que circula no dia 3... Jornal A Cidade Edição Digital Completa. Edição n. 1091 que circula no dia 3...
Jornal A Cidade Edição Digital Completa. Edição n. 1091 que circula no dia 3...
 
EDIÇÃO 453 DE 24 DE SSETEMBRO DE 2021
EDIÇÃO 453 DE 24 DE SSETEMBRO DE 2021EDIÇÃO 453 DE 24 DE SSETEMBRO DE 2021
EDIÇÃO 453 DE 24 DE SSETEMBRO DE 2021
 
CULTURARTEEN 155 - Deputada Rosângela Zeidan
CULTURARTEEN 155 - Deputada Rosângela ZeidanCULTURARTEEN 155 - Deputada Rosângela Zeidan
CULTURARTEEN 155 - Deputada Rosângela Zeidan
 
Jornal Farol das Geraes. Edição 205 / 28 de Fevereiro.
Jornal Farol das Geraes. Edição 205 / 28 de Fevereiro.Jornal Farol das Geraes. Edição 205 / 28 de Fevereiro.
Jornal Farol das Geraes. Edição 205 / 28 de Fevereiro.
 
Prata Segue em Frente - Julho
Prata Segue em Frente - JulhoPrata Segue em Frente - Julho
Prata Segue em Frente - Julho
 
Jornal digital 4623_ter_10032015
Jornal digital 4623_ter_10032015Jornal digital 4623_ter_10032015
Jornal digital 4623_ter_10032015
 
Jornal Tirbuna Regional 85 1 à 15 de novembro de 2013
Jornal Tirbuna Regional 85 1 à 15 de novembro de 2013Jornal Tirbuna Regional 85 1 à 15 de novembro de 2013
Jornal Tirbuna Regional 85 1 à 15 de novembro de 2013
 
Retrospectiva 2013 - AVSQ
Retrospectiva 2013 - AVSQRetrospectiva 2013 - AVSQ
Retrospectiva 2013 - AVSQ
 
EDIÇÃO 294
EDIÇÃO 294EDIÇÃO 294
EDIÇÃO 294
 
Jornal opção 204
Jornal opção 204Jornal opção 204
Jornal opção 204
 
Jornal opção 171 ed online
Jornal opção 171 ed onlineJornal opção 171 ed online
Jornal opção 171 ed online
 
Pag. 3 pb pdf
Pag. 3 pb pdfPag. 3 pb pdf
Pag. 3 pb pdf
 
EDIÇÃO 236
EDIÇÃO 236 EDIÇÃO 236
EDIÇÃO 236
 
EDIÇÃO 291
EDIÇÃO 291EDIÇÃO 291
EDIÇÃO 291
 

Semelhante a Expresso das Praias #187

Jornal Destaque dos Vales.. março - abril - 2016.
Jornal Destaque dos Vales..  março - abril - 2016.Jornal Destaque dos Vales..  março - abril - 2016.
Jornal Destaque dos Vales.. março - abril - 2016.
Sua Concorrencia
 
Jornal Cidade - Ano II - Nº 28
Jornal Cidade - Ano II - Nº 28Jornal Cidade - Ano II - Nº 28
Jornal Cidade - Ano II - Nº 28
Jornal Cidade
 
Jornal digital 16 11-17
Jornal digital 16 11-17Jornal digital 16 11-17
Jornal digital 16 11-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal Cidade - Ano II - Nº 32
Jornal Cidade - Ano II - Nº 32Jornal Cidade - Ano II - Nº 32
Jornal Cidade - Ano II - Nº 32
Jornal Cidade
 
31-05-17 Jornal Digital
31-05-17 Jornal Digital31-05-17 Jornal Digital
31-05-17 Jornal Digital
Jornal Correio do Sul
 
JORNAL DO MUNICÍPIO -maio de 2015
JORNAL DO MUNICÍPIO -maio de 2015JORNAL DO MUNICÍPIO -maio de 2015
JORNAL DO MUNICÍPIO -maio de 2015
Pery Salgado
 
Jornal digital 11 10-17
Jornal digital 11 10-17Jornal digital 11 10-17
Jornal digital 11 10-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal Repórter Notícias - Edição 64
Jornal Repórter Notícias - Edição 64Jornal Repórter Notícias - Edição 64
Jornal Repórter Notícias - Edição 64
Daniela Bercot
 
Jornal digital 4773_ter_13102015
Jornal digital 4773_ter_13102015Jornal digital 4773_ter_13102015
Jornal digital 4773_ter_13102015
Jornal Correio do Sul
 
Informativo AMARLE - 3
Informativo AMARLE  - 3Informativo AMARLE  - 3
Informativo AMARLE - 3
AMARLE
 
O campo de peixes e os senhores do asfalto 2007
O campo de peixes e os senhores do asfalto 2007O campo de peixes e os senhores do asfalto 2007
O campo de peixes e os senhores do asfalto 2007
Comunidade Campeche
 
Jornal meio ambiente ftc
Jornal meio ambiente   ftcJornal meio ambiente   ftc
Jornal meio ambiente ftc
José Roberto
 
Jornal meio ambiente ftc
Jornal meio ambiente   ftcJornal meio ambiente   ftc
Jornal meio ambiente ftc
José Roberto
 
Direito a terra
Direito  a terraDireito  a terra
Direito a terra
tyromello
 
Edição nº 21_do_primeira_pauta,_o_jornal_laboratório_do_ielusc,_joinville
Edição nº 21_do_primeira_pauta,_o_jornal_laboratório_do_ielusc,_joinvilleEdição nº 21_do_primeira_pauta,_o_jornal_laboratório_do_ielusc,_joinville
Edição nº 21_do_primeira_pauta,_o_jornal_laboratório_do_ielusc,_joinville
Associação Educacional Luterana Bom Jesus/Ielusc
 
Jornal opção 152 online
Jornal opção 152 onlineJornal opção 152 online
Jornal opção 152 online
Alair Arruda
 
Jornal Ipiranga Seu Estilo de Vida - Abril
Jornal Ipiranga Seu Estilo de Vida  - AbrilJornal Ipiranga Seu Estilo de Vida  - Abril
Jornal Ipiranga Seu Estilo de Vida - Abril
Elejota Editora
 
Jornal opção 169 ed online
Jornal opção 169 ed onlineJornal opção 169 ed online
Jornal opção 169 ed online
Alair Arruda
 
Tipo carioca - maio 2013
Tipo carioca - maio 2013Tipo carioca - maio 2013
Tipo carioca - maio 2013
Jornal Tipo Carioca
 
Jn 10 05
Jn 10 05Jn 10 05
Jn 10 05
daquimoc
 

Semelhante a Expresso das Praias #187 (20)

Jornal Destaque dos Vales.. março - abril - 2016.
Jornal Destaque dos Vales..  março - abril - 2016.Jornal Destaque dos Vales..  março - abril - 2016.
Jornal Destaque dos Vales.. março - abril - 2016.
 
Jornal Cidade - Ano II - Nº 28
Jornal Cidade - Ano II - Nº 28Jornal Cidade - Ano II - Nº 28
Jornal Cidade - Ano II - Nº 28
 
Jornal digital 16 11-17
Jornal digital 16 11-17Jornal digital 16 11-17
Jornal digital 16 11-17
 
Jornal Cidade - Ano II - Nº 32
Jornal Cidade - Ano II - Nº 32Jornal Cidade - Ano II - Nº 32
Jornal Cidade - Ano II - Nº 32
 
31-05-17 Jornal Digital
31-05-17 Jornal Digital31-05-17 Jornal Digital
31-05-17 Jornal Digital
 
JORNAL DO MUNICÍPIO -maio de 2015
JORNAL DO MUNICÍPIO -maio de 2015JORNAL DO MUNICÍPIO -maio de 2015
JORNAL DO MUNICÍPIO -maio de 2015
 
Jornal digital 11 10-17
Jornal digital 11 10-17Jornal digital 11 10-17
Jornal digital 11 10-17
 
Jornal Repórter Notícias - Edição 64
Jornal Repórter Notícias - Edição 64Jornal Repórter Notícias - Edição 64
Jornal Repórter Notícias - Edição 64
 
Jornal digital 4773_ter_13102015
Jornal digital 4773_ter_13102015Jornal digital 4773_ter_13102015
Jornal digital 4773_ter_13102015
 
Informativo AMARLE - 3
Informativo AMARLE  - 3Informativo AMARLE  - 3
Informativo AMARLE - 3
 
O campo de peixes e os senhores do asfalto 2007
O campo de peixes e os senhores do asfalto 2007O campo de peixes e os senhores do asfalto 2007
O campo de peixes e os senhores do asfalto 2007
 
Jornal meio ambiente ftc
Jornal meio ambiente   ftcJornal meio ambiente   ftc
Jornal meio ambiente ftc
 
Jornal meio ambiente ftc
Jornal meio ambiente   ftcJornal meio ambiente   ftc
Jornal meio ambiente ftc
 
Direito a terra
Direito  a terraDireito  a terra
Direito a terra
 
Edição nº 21_do_primeira_pauta,_o_jornal_laboratório_do_ielusc,_joinville
Edição nº 21_do_primeira_pauta,_o_jornal_laboratório_do_ielusc,_joinvilleEdição nº 21_do_primeira_pauta,_o_jornal_laboratório_do_ielusc,_joinville
Edição nº 21_do_primeira_pauta,_o_jornal_laboratório_do_ielusc,_joinville
 
Jornal opção 152 online
Jornal opção 152 onlineJornal opção 152 online
Jornal opção 152 online
 
Jornal Ipiranga Seu Estilo de Vida - Abril
Jornal Ipiranga Seu Estilo de Vida  - AbrilJornal Ipiranga Seu Estilo de Vida  - Abril
Jornal Ipiranga Seu Estilo de Vida - Abril
 
Jornal opção 169 ed online
Jornal opção 169 ed onlineJornal opção 169 ed online
Jornal opção 169 ed online
 
Tipo carioca - maio 2013
Tipo carioca - maio 2013Tipo carioca - maio 2013
Tipo carioca - maio 2013
 
Jn 10 05
Jn 10 05Jn 10 05
Jn 10 05
 

Mais de Leandro Cardozo de Souza

Dialogo 2012
Dialogo 2012Dialogo 2012
17 panorama
17 panorama17 panorama
18 educacao
18 educacao18 educacao
19 educacao
19 educacao19 educacao
20 saude
20 saude20 saude
22 esporte
22 esporte22 esporte
02 opiniao
02 opiniao02 opiniao
01 capa
01 capa01 capa
23 esporte
23 esporte23 esporte
24 contracapa
24 contracapa24 contracapa
21 seguranca
21 seguranca21 seguranca
16 panorama
16 panorama16 panorama
06 politica
06 politica06 politica

Mais de Leandro Cardozo de Souza (13)

Dialogo 2012
Dialogo 2012Dialogo 2012
Dialogo 2012
 
17 panorama
17 panorama17 panorama
17 panorama
 
18 educacao
18 educacao18 educacao
18 educacao
 
19 educacao
19 educacao19 educacao
19 educacao
 
20 saude
20 saude20 saude
20 saude
 
22 esporte
22 esporte22 esporte
22 esporte
 
02 opiniao
02 opiniao02 opiniao
02 opiniao
 
01 capa
01 capa01 capa
01 capa
 
23 esporte
23 esporte23 esporte
23 esporte
 
24 contracapa
24 contracapa24 contracapa
24 contracapa
 
21 seguranca
21 seguranca21 seguranca
21 seguranca
 
16 panorama
16 panorama16 panorama
16 panorama
 
06 politica
06 politica06 politica
06 politica
 

Expresso das Praias #187

  • 1. Litoral Norte SC | 1º de julho de 2017 #187 | ANO IV | www.expressodaspraias.com.br R. Antônio Quintino Pires, 43 Balneário Piçarras Mudanças no Plano Diretor vão definir o rumo das cidades Feras da velocidade chegam a Penha dia 10 para o Brasileiro de Kart Luan Santana está entre as atrações nacionais da Festa do Pirão 2017 PÁGINA 14 Bares e restaurantes locais promovem festival “Mar de Sabores” PÁGINA 11 PÁGINA 08 População de Penha e Piçarras é chamada a participar do debate que vai decidir sobre questões como altura de prédios, zoneamento e preservação de praias DIVULGAÇÃO | AMAPG DIVULGAÇÃO Feras da velocidade chegam a Penha dia 10 para o Brasileiro de Kart DIVULGAÇÃO PÁGINA 17 Moradores plantam mudas e exigem implantação de parque natural na Ponta da Vigia Página 09
  • 2. 02 Um jornal da Expresso das Praias Comunicações Ltda. Reportagem: Alan Willian Rosa /JP Revisão: Jane Cardozo da Silveira SC0187/JP Editor responsável: Leandro Cardozo de Souza SC4308/JP Rua Victor Molin, 123 - Centro Balneário Piçarras/SC - 88380-000 47 3345 4170 reportagem@expressodaspraias.com.br www.expressodaspraias.com.br As opiniões expressas em artigos e colunas assinadas não refle- tem necessariamente a opinião do jornal e são de responsabili- dade de seus autores. Departamento Comercial: Ana Paula Salvador comercial@expressodaspraias.com.br 47 9 84962841 Circulação quinzenal - Litoral Norte Política de verdade O conjunto de ideias e de valores em torno dos quais se projeta a sociedade deixou há tempos de ser o que é praticado pela maioria dos partidos e ocupantes de car- gos eletivos. Esta talvez seja a principal característica de democracias imaturas ou frágeis; os partidos e mo- vimentos acabam por se tornar um fim em si mesmos, um mecanismo de aliciação de apoios em busca de po- der. Mas ainda há exemplos próximos de como a força de um ideal e de um projeto pode mobilizar pessoas em torno de uma causa, uma construção coletiva do estado de bem-estar social. Enquanto prefeitos, vereadores, deputados e outros re- presentantes eleitos debatem “quem”, a sociedade or- ganizada e lideranças locais mantêm vivo o espírito da verdadeira política, que a partir dos “porquês”, planeja o “quando”, o “como” e “o onde”. Na Penha, onde é preciso conservar importantes re- servas ambientais com potencial turístico, a ação de movimentos ambientais e sociais tem sido a principal, senão a única, movimentação em torno da preservação e exploração sustentável dessas áreas. Não porque os políticos eleitos simplesmente não se interessem pelo assunto, mas porque esse assunto não está na agenda política do município. E quem determina esta agenda deveria ser a população, com mais participação na formulação de políticas pú- blicas como o Plano Diretor, em debate nos municípios de Piçarras e Penha. A revisão antecipada para este ano deve trazer à discussão temas controvertidos, como a verticalização de áreas que nem sequer contam com sa- neamento básico, como a Praia de São Miguel. É fato que a pauta ambiental não está entre os assuntos preferidos nas Câmaras Municipais, mas deveria. Afinal, a poluição dos rios, o avanço do mar sobre as praias e o turismo como fonte de renda são questões prementes. Mas, como na maioria dos debates em tempos de re- des sociais, o senso comum determina o rumo a seguir. Enquanto isso, professores, como Gilberto Manzoni, lideranças comunitárias e ambientalistas continuam a fazer a política que realmente transforma, àquela vol- tada ao debate de ideias e de soluções para o mundo que nos cerca. Editorial redacao@expressodaspraias.com.br CARAMUJO DIVULGAÇÃO www.expressodaspraias.com.br/daredacao Alerta de saúde A proliferação ​de uma espécie invasora, introduzida ilegalmente no Brasil, voltou a preocupar. Trata-se do “Achatina fulica”, mais conhecido como caramujo-gigante-africano. De acordo com a pesquisadora Silvana Thiengo, da Fundação Osvaldo Cruz, existem duas zoonoses que podem ser transmitidas pelo animal: a meningite eosinofílica, que não tem registro de nenhum caso no Brasil, e a angiostrongilíase abdominal, com casos já registrados no Brasil, mas não transmitidos pelo caramujo africano. Ela é cau- sada pelo parasito Angiostrongylus costaricensis, muitas vezes é assintomática, mas em alguns casos pode levar ao óbito por perfuração intestinal e peritonite. O agente de saúde de Balneário Piçarras, André Ladewig, explica que o caramujo se prolifera durante períodos de maior umidade. “A partir das denúncias recebidas, vamos até o local para a aplicação do pesticida, que é completamente eficaz contra a praga”, explica André. Como o veneno aplicado pela Vigilância nos terrenos baldios não pode ser aplicado em quintais residenciais, a Vigilância recomenda que, para eliminar a praga, ela deve ser jogada em um balde com água e bastante sal, ou ainda serem amassados, cobertos com cal virgem e depois enterrados.“Para capturá-los, utilize luvas ou sacos plásticos para proteger as mãos. Sempre”, alerta André. As denúncias de locais com a presença do caramujo africano devem ser feitas à Vigilância pelo telefone 3347.2018. Litoral Norte, SC 1º/07/2017 www.expressodaspraias.com.br Opinião
  • 3. 03Painel Litoral Norte, SC - 1º/07/2017 www.expressodaspraias.com.br HERANÇA ELEITOR SERVIÇO TRÂNSITO Giovanna Leandro comentou a reportagem “Polícia Civil investiga possível envolvimento de adolescente em acidente com vítima fatal”: - Esse menino filho do dono da loja, mesmo sendo menor de idade, dirige a empilhadeira da loja pois certo dia veio de frente comigo quase colidindo com meu carro. Ele anda em alta velocidade pelas ruas do Itacolomi.. Ele pode não ser o que estava dirigindo no momento. Mas que ele dirige muito pelas ruas do Itacolomi isso todo mundo sabe. - via facebook Helena Cristina: - Acho que cabe somente à Justiça julgar, infelizmente foi uma fatalidade, se foi o de menor a Justiça, diante das perícias, irá descobrir e a empresa sofrerá as consequências. Agora todos inventam um monte de coisas. Agora todo mundo viu. Tá na hora de as pessoas ter mais opiniões próprias do que acreditar em fofocas, deixar de falar o que não viu. A justiça divina existe e não falha, se realmente são culpados mais cedo ou mais tarde irão pagar. - via facebook. CANJICA Roseli Machado comentou a reportagem “Quitute junino: Janete Teixeira revela o segredo da canjica”: - Saudades da dona Janete.Foi uma excelente diretora.Tenho certeza também que sua receita da canjica é uma delíciaaaaaaa.Bjs..... - via facebook Salete Salvador: - Eu já provei, é uma delícia!!! - via facebook CARGOS Sônia Mafra comentou a reportagem “João Bento quer rever proibição para que vereadores assumam cargos na Prefeitura”: - Pois é, na hora de pedir voto vão trabalhar pelo povo, fazer isso e aquilo, agora não tem o que fazer. - via facebook Dianefer Machado: - Consigo imaginar uma roda com alguns vereadores rindo e zombando de nós, a gente deve ter cara de palhaço mesmo. Afinal não dá pra ‘’ajudar’’ o povo recebendo míseros 6mil por mês né? Tem que ter salário de secretário também. Piada mesmo.- via facebook Estação do Leitor www.expressodaspraias.com.br/participe @expressodaspraias Cemitério da Lagoa é demarcado e recebe sinalização educativa Cadastramento biométrico começa em todos os municípios Prefeitura de Penha retoma horário normal de atendimento Desativado em 1929 e atu- almente tomado pela mata nativa, o antigo Cemitério da Lagoa, em Barra Velha, foi demarcado nessa se- mana como forma de re- lembrar o local histórico. A revitalização foi possível por conta de um Termo de Ajustamento de Conduta firmado entre a Fundação do Meio Ambiente (Fun- dema), Ministério Público e a empresa Irineu Imó- veis, que é a proprietária do loteamento onde se A partir da próxima segun- da-feira (3), todos os 295 municípios de Santa Ca- tarina estarão cadastrando eleitores biometricamen- te. A data representa a con- cretização de uma das me- tas do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina para o ano de 2017. Para fazer a biometria, é As repartições públicas municipais de Penha vol- tam a funcionar em expe- diente normal - das 8 às 12h e das 13h30 às 17h30 a partir do dia 03 de julho. Desde janeiro, a Prefei- encontra o cemitério. A área, em que não se poderá mais construir, foi cercada e teve entulhos recolhidos; placas informativas foram colocadas ao fim das duas ruas que dão acesso ao lo- cal pelo Bairro Quinta dos Açorianos. Segundo o ve- reador e historiador, Julia- no Bernardes, a área cor- responde à maioria, mas não à totalidade do cemi- tério. O outro espaço seria nas encostas da lagoa. - São poucos corpos que necessário que o eleitor leve documento de iden- tificação com foto, com- provante de residência recente e comprovante de alistamento militar – para os homens maiores de 18 anos e que vão fazer o pri- meiro título. A biometria é um método tecnológico que permi- ainda estão enterrados no local. As famílias que ti- nham melhores condições de vida fizeram o transpor- te para o novo cemitério. Há 20 anos ainda era pos- sível encontrar cerâmicas e cruzes, mas foram destru- ídas pela ação do homem. A existência do Cemitério da Lagoa, como ficou co- nhecido, está documen- tada desde 1800, mas há relatos de que tenha sido criado antes mesmo dessa data. te reconhecer, verificar e identificar uma pessoa por meio de suas impressões digitais, que são únicas. Na Justiça Eleitoral, o cadas- tro biométrico é utilizado para tornar as eleições ain- da mais seguras e prevenir fraudes. O cadastramento biométrico iniciou-se em março de 2008 em São João Batista. tura determinou por seis meses o funcionamen- to em turno único de seis horas por dia. A medida teve como objetivo redu- zir gastos com energia elé- trica e combustível, entre outros. Mas o município não divulgou estimativas de valores economizados. A medida não se aplicou às redes de saúde e educação, além da Secretaria de Ser- viços Urbanos, que conti- nuaram funcionando em expediente normal.
  • 4. Litoral Norte, SC 1º/07/2017 www.expressodaspraias.com.br Operadores turísticos participam de curso Penha - A Prefeitura e o Parque Beto Carrero World realizaram dias 22 e 29/06 os dois primeiros cursos de capacitação para profissionais ligados ao turismo. O objetivo principal é incentivar a divulgação do empreendimento, mas os participantes também recebem treinamento especializado da equipe comercial do parque para estimular o visitante a conhecer outros roteiros que a região oferece e assim aumentar o tempo de estadia na cidade. Novas turmas, ainda sem data definida, estão previstas para este segundo semestre. As inscrições gratuitas, exclusivas para profissionais de Penha, estão abertas no site https:// goo.gl/Es9v8X. O diretor comercial do parque, Roberto Vertemati, revela que a intenção é expandir o treinamento para outros municípios da região ainda neste ano. - Esta é uma atualização que começamos a realizar com a linha de frente do atendimento na cidade, secretário de Turismo Arnaldo Dias. Lígia Maria Xavier é proprietária de um dos hotéis mais antigos da cidade. Há 20 anos ela começou o empreendimento numa casa com apenas três quartos e dois banheiros. Hoje, o hotel tem 27 leitos. - Crescemos com o parque e continuamos a acreditar no sonho do Beto. Por isso estou feliz de estar aqui hoje. O treinamento foi muito produtivo e com certeza vamos passar o que aprendemos para nossos clientes - opina a empresária. Desafio é estimular o setor a divulgar outros atrativos da região, além do maior parque temático da América Latina 04 para que todos estejam alinhados e possam falar sobre nossas atrações e produtos com mais propriedade”, explica. Profissionalização O encontro com duração de oito horas é direcionado aossetoresdehospedagem, gastronomia, transporte receptivo e agências. Aborda a valorização do profissional e do Turismo como fonte de emprego e renda no município. - Esta capacitação é importante porque é este profissional que recebe o turista na cidade, antes mesmo de ele chegar ao parque - comenta o Rota Digital George Menezes www.expressodaspraias.com.br/rotadigital DIVULGAÇÃO | BCW DIVULGAÇÃO Economia Nintendo anuncia Super Nintendo Classic Edition Seguindo o sucesso do NES Classic Edition, ou NES Mini, versão menor do NES lançada no ano passado com 30 games na memó- ria e que rapidamente esgotou nas lojas se tornando um item de colecionador, a Nintendo anunciou pouco após a E3 o Super Nin- tendo Classic Edition, ou carinhosamente chamado, SNES Mini. Com lançamento programado para 29 de setembro, a “nova” ver- são do Super Nintendo vem com dois controles, cabo HDMI e 21 games na memória, incluindo clássicos como Super Mario World, Super Mario Kart, The Legend of Zelda: A Link to the Past, F-Zero, Super Metroid, e o nunca antes lançado ou jogado, Star Fox 2. Com preço sugerido de US$ 79.99 – cerca de R$ 265,00 sem impostos, a chance de o Super Nintendo Classic Edition tam- bém esgotar rapidamente nas prateleiras é grande, mesmo a Nintendo comentando estar preparando estoques maiores que os do NES Classic. No Brasil, muito provavelmente a compra dependerá de importadores e vendedores independentes. Mais detalhes no website oficial (em inglês) http://www. nintendo.com/su- per-nes-classic Novas turmas estão previstas para este semestre
  • 5. Com ações em queda acentuada diante de crise global, empresa pediu recuperação fiscal em três países 05 Piçarras - A crise inter- nacional que afeta a cor- poração Takata preocupa a comunidade local, mas a empresa garante que não há pedido de falência em território brasileiro. As ações da multinacio- nal fabricante de airbags estão despencando desde o início do ano, quando anunciou um mega recall (substituição de peças pos- sivelmente defeituosas). O prejuízo para quem inves- tiu na corporação já atinge a casa dos 60%. Desde 2004 em operação no litoral ca- tarinense, a companhia de origem japonesa emprega 190 funcionários em Pi- çarras. No Brasil, a Takata-Petri, instalada em Jundiaí (SP) é responsável pelas demais filiais na América Latina. Por intermédio do setor de recursos humanos, a em- presa garantiu ao Expresso das Praias que não sofre- rá com a crise. Segundo a gerente Vanessa Provença- li, a Takata fez um pedido de recuperação judicial, já iniciado no Japão, Estados Unidos e México. No Brasil o procedimento está pre- visto no Capítulo 11 da Lei de Falências. - Quando as contas não fe- cham a empresa faz esse pedido como forma de demonstrar que ela pode se recuperar antes que seja necessária a falência. Ago- ra eles terão dois anos para provar que o caixa de en- trada é maior que a sua sa- ída, explicou. A não recuperação deixa- ria a empresa ainda mais próxima de uma possível venda à Key Safety Sys- tems, fabricante america- na de airbags, que perten- ce à chinesa Ningbo Joyson Electronic. Enquanto isso no Brasil e Uruguai, a gerente afirma Takata garante que não há pedido de falência no território nacional Litoral Norte, SC 1º/07/2017 www.expressodaspraias.com.brEconomia que a empresa apresenta uma “saúde financeira só- lida para honrar com seus compromissos” por isso não será preciso seguir o mesmo caminho das de- mais filiais do grupo. Substituição milionária ATakata é responsável pelo maior recall do mundo au- tomobilístico. Fabricante de infláveis para montado- ras como a Honda, Toyo- ta, BMW, General Motors, Nissan e outras grandes marcas, já precisou trocar os equipamentos em mais de 30 milhões de veículos e estima-se que outros 80 milhões estejam equipa- dos com airbags defeituo- sos. O problema foi descober- to pelas montadoras em 2015 quando identificado que um dos produtos, em contato com o calor e a umidade, rachava a carca- ça metálica. No momento em que o airbag é inflado, uma explosão disparava pedaços de metal nos ocu- pantes do carro, principal- mente no motorista. Ao todo, 16 mortes já foram confirmadas por acidentes com o equipamento. “Quando as contas não fecham, a empresa faz esse pedido como forma de demonstrar que ela pode se recuperar antes que seja necessária a falência” Vanessa Provençali, gerente de Recursos Humanos
  • 6. 06 Litoral Norte, SC 1º/07/2017 www.expressodaspraias.com.br Informe Publicitário
  • 7. 07Litoral Norte, SC 1º/07/2017 www.expressodaspraias.com.brPolítica Governador foi recebido por prefeitos da região para anunciar segunda etapa do programa de investimentos Colombo apresenta Fundam na Amfri Itajaí - Em encontro re- alizado na quarta (28), a segunda etapa do Fundo de Apoio aos Municípios (Fundam) foi apresentada pelo governador Raimun- do Colombo. Represen- tantes do poder executivo e legislativo dos 11 muni- cípios da região lotaram a sede da AMFRI para pres- tigiar o evento. - É uma oportunidade para mostrar o que deu certo e foi realizado na primeira edição e definir a melhor dinâmica para colocar- mos em prática o Fundam 2, com a participação dos gestores municipaiis - dis- se o governador. Colombo destacou que Santa Catarina foi o últi- mo estado a entrar na cri- se e será o primeiro a sair dela, por conta de escolhas acertadas. “Investimos no nosso turismo e tivemos uma boa temporada de ve- rão; na safra, e o clima nos ajudou com uma produ- ção extraordinária; e nas exportações que até agora tem ajudado a puxar a eco- nomia em setores impor- tantes”. Colombo conside- rou também a decisão do estado em não aumentar impostos. “Somos compe- titivos, atraímos grandes investimentos porque está mais barato produzir aqui”, completou. A Presidente da AMFRI e Prefeita de Bombinhas, Ana Paula da Silva, assim como os outros nove pre- feitos presentes aproveita- ram a oportunidade para agradecer pelo bom rela- cionamento com o gover- no do estado, que já deu muitos frutos neste pri- meiro semestre, e solici- tar que a região continue tendo cada vez mais aten- ção em suas necessidades. Entre os pleitos constam: o Centro de Eventos e o Hos- “Investimos no nosso turismo e tivemos uma boa temporada de verão; na safra, e o clima nos ajudou com uma produção extraordinária” Raimundo Colombo, governador de SC pital Ruth Cardoso de Bal- neário Camboriú, o acesso a Bombinhas e Porto Belo, e rodovias em Itajaí. Depois de ouvir e conhe- cer os pleitos de todos os prefeitos, o governador reforçou a importância da segunda edição do Fun- dam e reafirmou que é fundamental para o cres- cimento social e econô- mico de Santa Catarina. “Um estado forte se faz com municípios fortes. Com o Fundam, eles têm o recurso e a autonomia de realizar as obras que vão, realmente, atender às demandas de cada comu- nidade”, concluiu. Para os 11 municípios da AMFRI foram disponibilizados na primeira edição do Fun- dam mais de R$ 30 mi- lhões. Os recursos foram investidos em infraestru- tura, aquisição de máqui- nas, construção de ponte e de centro de atendimento à criança, adolescente e à família. Câmara de Penha aprova criação de Procuradoria Especial da Mulher A Câmara de Vereado- res de Penha aprovou a criação da Procuradoria Especial da Mulher. O Projeto de Lei nº 3/2017, de autoria da vereadora Maria Juraci Alexandrino (PMDB), contou com o apoio de todos os verea- dores e deve vigorar até o fim de agosto. O objetivo da instituição é garantir a proteção dos direitos das mulheres, principalmen- te contra a violência e a discriminação. - O programa deve pro- mover seminários, pales- tras sobre saúde e violên- cia contra a mulher, entre outros temas. Também queremos trazer as mu- lheres para o parlamento, para que elas participem efetivamente da vida pú- blica”, ressalta Juraci, pre- sidente da Câmara de Ve- readores. Para o funcionamento efetivo da Procuradoria, o legislativo está buscan- do parcerias com as po- lícias Civil e Militar, com o Poder Judiciário, com a DIREITOS Secretaria de Assistência Social e com a sociedade civil organizada. “Já tive- mos uma conversa com a psicóloga Brunella Gui- doni, da Polícia Civil e também com a delegada Danielle Gonzalez que se prontificaram a nos auxi- liar neste projeto”, afirma a autora da proposta. A equipe do novo pro- jeto será constituída por uma procuradora espe- cial da mulher que deve ser obrigatoriamente uma vereadora. Caso não haja vereadora eleita no mandato, o presidente da Câmara fará a indicação. Outras duas procurado- ras adjuntas, designadas pela presidente da câma- ra no início de cada ano legislativo, terão manda- to de um ano. Entre as responsabilida- des do trio, está acompa- nhar o desenvolvimento de programas dos go- vernos federal, estadual e municipal que visem à promoção da igualdade de gênero.
  • 8. Zoneamento da cidade, altura de edificações, padrões urbanísticos e ambientais serão apresentados em audiência Conselho da Cidade reúne propostas de atualização para o Plano Diretor Começou oficialmente a revisão do Plano Diretor de Penha. Como prevê a legislação, a cidade deve revisar seu plano diretor, código de obras e código de posturas a cada dez anos. Na terça-feira, 04 de Proposta de verticalização e alterações no zoneamento também estão em debate no município de Penha Piçarras - O colegiado eleito para discussão e re- visão do Plano Diretor ini- ciará na próxima semana a elaboração da minuta do projeto de lei que institui as diretrizes para os próxi- mos 10 anos. As propostas que impactam diretamen- te na ocupação do espaço urbano foram discutidas por 53 representantes da sociedade civil e do mer- cado e debatidas ao longo de 82 encontros. Entre as principais discussões do Conselho da Cidade (Con- cidade) está a criação de uma marina na foz do Rio Piçarras e a mudança na altura máxima das edifica- ções. A secretária de Planeja- mento, Deisy Martins, que não atende pessoalmente julho, o Concidade discute a criação de loteamento no Bairro Nossa Senhora de Fátima. A reunião, como a maioria dos encontros do Concidade, será na Câmara Municipal de Vereadores a partir das 19 à reportagem do Expres- so das Praias, e, portanto, não pôde ter suas afirma- ções contrapostas, disse por meio da Assessoria de Imprensa que o objetivo é de finalizar os trabalhos na primeira quinzena de ju- lho. A seguir uma audiên- cia pública deve ser mar- cada para que as propostas sejam debatidas com a co- munidade. As mudanças têm dois aspectos: o primeiro, de ordem legal, adapta a le- gislação vigente, fazendo com que “seja elaborado um documento harmô- nico contendo todos os aspectos relacionados ao desenvolvimento urbano municipal”. O outro aspec- to, segundo ela, visa prepa- rar o município para “uma nova realidade” em que haja menos dependência econômica da temporada de verão. - A marina é um desejo que já surgiu várias vezes ao longo dos últimos anos e passou a ser uma meta. Em geral as marinas têm um papel de qualificação do turismo gerando ne- gócios, empregos e atrati- vidade - afirma Deisy em nota. Segundo ela, embora o município já tenha alguns empreendimentos do ramo ao longo do rio, estes têm limitações em relação ao tamanho das embarca- ções devido à ponte. Com a construção da marina, a ideia é atrair uma nova classe de barcos e junto com eles, proprietários Altura de prédios é uma das pautas Litoral Norte, SC 1º/07/2017 www.expressodaspraias.com.br08 Cidade com maior poder de investimento. Um ví- deo futurístico do empre- endimento foi idealizado pela empresa Le Padron - Planejamento e Consul- toria Técnica, com a assi- natura da Prefeitura de Pi- çarras. No entanto, Deisy afirma que essa é apenas uma ideia em debate. - Esse é um investimen- to privado onde o poder público exerce o papel de animador e fomentador. Precisamos mostrar estas intenções para atrair inte- ressados em empreender na cidade. Verticalização Embora não tenham sido divulgadas em detalhes, o Concidade debate também importantes propostas de mudança na altura de edi- ficações, no zoneamento da cidade e no aproveita- mento do solo. Se aprovada, a atualização ainda precisará passar pelo crivo dos vereadores. DIVULGAÇÃO horas e é aberta a toda a comunidade.Aconferência municipal abrindo os trabalhos aconteceu dia 13, terça-feira, também na Câmara. Membros do Concidade, sociedade civil organizada e demais moradores se fizeram presentes no encontro, que elegeu um grupo de trabalho para coordenar o processo de revisão. Temas controvertidos como a verticalização de áreas próximas a praias agrestes devem ser debatidos, como antecipa o membro do Concidade e professor da Univali, Gilberto Manzoni: “É muito importante que a comunidade participe e se inteire do que se está propondo” - ele adverte.
  • 9. 09 Leandro Cardozo de Souza Penha - As discussões em torno da atualização do Plano Diretor devem tra- zer para o debate a pro- teção de um dos últimos resquícios de mata nativa no Litoral Norte. Previs- to para ser implementado em 24 meses após a cria- ção do plano, em 2007, o Parque Natural da Ponta da Vigia ainda não saiu do papel. No fim de junho, entidades e lideranças co- munitárias promoveram o plantio de mudas no local para lembrar a inércia do Comunidade reivindica implantação do Parque Natural da Ponta da Vigia Prevista no Plano Diretor em 2007 para ser implementada em 24 meses, iniciativa não saiu do papel poder público até agora para garantir a proteção daquela área. Procurado pela reporta- gem, o Governo Municipal informou que, para imple- mentar a proposta, é preci- so um plano de manejo e para isso deverá aguardar a reformulação do Plano Di- retor do Município. “Agora temos que seguir o trâmi- te apropriado para que os parques ambientais pos- sam funcionar totalmente dentro da legalidade”, in- forma a Assessoria de Im- prensa. A gestão atual do municí- pio lamentou o atraso no processo e garantiu ainda que pretende criar uma fundação de meio ambien- te para fiscalizar e proteger essas áreas. Um estudo elaborado pela professora Rosemeri Ma- renzi, da Univali, descreve a diversidade de espécies, a importância da preserva- ção do local e sugere meios de exploração sustentável da área. Ela questiona o processo de implementa- ção: - Não tem lógica fazer o Plano de Manejo antes do ato legal de criação de uma Litoral Norte, SC 1º/07/2017 www.expressodaspraias.com.brComunidade Veja a galeria de fotos: www.expressodaspraias.com.br unidade de conservação. O que precisa para que o par- que saia do papel é um es- tudo técnico que justifique este ato legal. E no caso do Parque da Ponta da Vigia, este estudo já existe. O que precisa é apenas a Audiên- cia Pública de apresenta- ção da proposta - contesta. Potencial esquecido A proposta de exploração do parque inclui a imple- mentação de equipamen- tos turísticos, restauran- te, mirante. Um modelo semelhante ao do Parque Unipraias em Balneário Camboriú. - Mais uma vez a gente vê a morosidade do poder público perdendo a opor- tunidade de fazer história no município. Porque cer- tamente o parque vai agre- gar valor à economia local - lamenta o professor da Univali, Gilberto Manzo- ni, membro da Associação de Moradores e Amigos da Praia Grande. Ele cita o número de visitantes do Beto Carrero para exem- plificar o potencial de um equipamento de turismo junto à natureza.
  • 10. 10 Litoral Norte, SC 1º/07/2017 www.expressodaspraias.com.br Comunidade Água que chega turva revolta consumidores Piçarras - A qualidade da água que chegou às torneiras na comunidade do Bairro Itacolomi foi motivo de reclamações feitas por moradores. Um vídeopublicadonainternet no sábado, 24, mostra a água turva saindo de forma contínua em uma torneira enquanto o proprietário lavava seu carro. A denúncia motivou outros moradores que alegaram não ser fato isolado. Uma das internautas afirma que o Bairro Nossa Senhora da Paz também sofre com a qualidade ruim do abastecimento. O denunciante, Carlos Henrique Reimer, alega que nesse caso a água só voltou a sua tonalidade normal no fim do dia. Para ele, ficou constatado após a publicação que se trata de um problema generalizado e precisa de solução. - Preciso limpar a minha caixa de água a cada três meses. Há sempre uma camada de lama. É curioso, pois os índices que constam na fatura de água apresentam uma água com ótima qualidade. na estação de tratamento, ou no religamento da rede após manutenção, quando a pressão da água faz desprender resíduos da tubulação. “Na região norte onde há muitas construtoras em atividade, os rompimentos são constantes e podem afetar os moradores.” A gerência da unidade pede para que haja maior comunicaçãodapopulação com a Casan pelo fone de plantão 3345-0739. Luiz destaca que é possível, inclusive, que uma equipe se desloque para fazer a limpeza da tubulação de cavalete de forma gratuita para o morador. Gerência da concessionária afirma não ter registrado reclamações da comunidade que postou vídeos na internet A informação é contestada pelo gerente da Casan no município, Luiz Carlos Pereira. Ele afirma que não há registro de problemas nessa data e nenhuma reclamação foi protocolada junto à entidade. “Se não houver a reivindicação formal eu não tenho como deslocar uma equipe de manutenção. O pessoal reclama através da internet onde não podemos acompanhar.” Luiz destaca que a Casan realizou há um mês a limpeza nas adutoras. No entanto, ele reconhece que pode haver turbidez em dois casos isolados: quando há manutenção REPRODUÇÃO | FACEBOOK Imagens foram publicadas em rede social Prefeitura vai contratar empresa para elaborar plano municipal de drenagem O impacto das chuvas e enchentes no município de Barra Velha passará a ser estudado por uma empresa privada e por um grupo de conselhei- ros com o objetivo de criar um plano munici- pal de drenagem. O es- tudo técnico no valor de R$42 mil será desenvol- vido pela Empresa Evo- lua Ambiental, vencedora do processo licitatório. As reuniões se iniciaram na semana passada, na Câ- mara de Vereadores, e o prazo para conclusão é de 4 meses. O processo será acom- panhado pela Defesa Civil, Secretaria de Pla- nejamento, Conselho de Saneamento e pelos Nú- cleos Comunitários de Proteção e Defesa Civil. Na primeira reunião, a região da Quinta dos Aço- rianos e as imediações da Rua Evaristo Lopes Du- tra, em Itajuba, foram definidos como os pontos críticos da cidade que ne- ALAGAMENTO cessitam de ações emer- genciais. Outras ruas do Bairro São Cristóvão e Rua Paraná, no Centro, também foram citadas. Segundo o Diretor da De- fesa Civil, Elton Cunha, os grupos fornecerão os históricos de enchentes em cada região atingida e os pontos críticos de cada um. “O laudo técnico vai nos orientar dizendo onde e como o Executivo pode gastar recurso com a garantia de que a obra vai surtir efeito.” O Plano de Drenagem e Manejo das Águas Plu- viais abrangerá as áreas urbanas do município e será dividido em tópicos que discutem os indi- cadores populacionais, sanitários e epidemio- lógicos, além de definir programas e ações para atendimento, ações para emergências e contin- gências, e outras necessi- dades. “O laudo técnico vai nos orientar dizendo onde e como o Executivo pode gastar recurso ” Elton Cunha, diretor da Defesa Civil
  • 11. do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), que realizou a capacitação dos estabelecimentos partici- pantes por meio de cursos intensivos iniciados em abril. As ações envolveram a elaboração de pratos, estratégias de mercado, atendimento e formulação de cardápios. - Qualquer fomento da economia passa pelo pe- queno porte e isso se faz com oportunidades. Es- ses empreendedores não olharam as dificuldades da crise, e sim as oportuni- dades - frisa o gerente de Leia na íntegra e assista: www.expressodaspraias.com.br Estação 2CULTURA | COMPORTAMENTO | LAZER 11Litoral Norte, SC 1º/07/2017 www.expressodaspraias.com.br Adiversidade da cozi- nha local é tema do novo Festival Gastronômi- co “Um Mar de Sabores” que se inicia neste sábado, 1º, em 11 estabelecimentos da cidade. O menu prepa- rado exclusivamente para o festival tem 33 opções de cardápio com entrada, prato principal e sobreme- sa e foi apresentado para convidados e imprensa dia 28, no Iate Clube, durante o lançamento oficial. Dos sabores da cozinha tí- pica do litoral, como o pi- rão de frutos do mar, ou da culinária italiana, até o fast food com um toque de so- fisticação, como o cachor- ro quente com costelinha de porco e molho barbe- cue, todas as opções são comercializadas a preço único de R$39,90. Entre os participantes es- tão: Challenge Food Hou- se, Hot Dog da Scheila, Maria do Carmo Cama e Café Bistrô, North Beach Restaurante & Bar, Pira- ta Burger, Restaurante do Capitão, Restaurante Pe- tisqueira Zezinho, Risotte- ria Arancina, Rua da Praia, Tampa’s e Tutty’s. O festival tem o apoio projetos do Sebrae, Celso Orlando. Segundo os da- dos da entidade, os em- preendimentos de peque- no porte correspondem a 99,2% da economia local. - Através dessa par- ceria nossos restau- rantes estarão muito mais preparados. Bal- neário Piçarras pode se destacar ainda mais no tu- rismo estadual, não só pe- las nossas belezas naturais, mas por essa diversidade gastronômica, que só nós temos - aposta a secretária de turismo Susan Correa. E se depender da vontade dos participantes, o festi- val já é sucesso. A Chef Va- nessa Vagnotti destaca que a iniciativa é uma opção para o turista que vem à cidade e quer comer bem. - Além da qualidade, por um preço convidativo. Isso mostra o quanto que- remos ter nossos estabele- cimentos cheios. Estamos todos esperançosos no mesmo barco, remando juntos neste mar de sabo- res - afirma empolgada a ex-participante do progra- ma “MasterChef”, da Band. Mar de Sabor Neste mês de julho, menu do Festival Gastronômico de Piçarras tem mais de 30 opções a preço único: R$ 39,90 REPRODUÇÃO | APPLE CORP Pratos foram apresentados para convidados dia 28 “Qualquer fomento da economia passa pelo pequeno porte e isso se faz com oportunidades. Esses empreendedores não olharam as dificuldades da crise, e sim as oportunidades” Celso Orlando, gerente de projetos/SEBRAE CLEITON REINERT | DIVULGAÇÃO/PMBP
  • 12. Litoral Norte, SC 1º/07/2017 www.expressodaspraias.com.br Estação²12 Comissão avalia projetos para edital Profissionais devem verificar quais propostas se enquadram nas exigências da Lei de Incentivo à Cultura Piçarras - Os interessados em participar da seleção para o edital Ivone Pires de Incentivo à Cultura precisam entregar pesso- almente a inscrição e do- cumentação exigida até o dia 5 de julho. A Fundação Municipal de Cultura fica na Avenida Getúlio Vargas, 1.113, e atende de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30. Podem concorrer projetos de caráter estritamente ar- tístico e cultural apresenta- dos por pessoas físicas que estejam em dia com suas obrigações fiscais e traba- lhistas; sejam maiores de 18 anos; tenham residên- cia comprovada na cida- de de Balneário Piçarras há, no mínimo, dois anos. Cada proponente poderá inscrever até três projetos, podendo ser contemplado em apenas um. A Fundação divulgou dia 26 a relação dos profissio- nais que irão selecionar Ivone Pires: poeta da praia dá nome ao edital de incentivo à cultura DIVULGAÇÃO os projetos artísticos e cul- turais desenvolvidos com apoio do município neste ano. Os profissionais con- vocados terão a respon- sabilidade de analisar os conteúdos e emitir pare- ceres avaliativos e técnicos dos projetos inscritos no Edital Ivone Pires. A jornalista especializada em cinema e linguagem audiovisual, Talita Rodri- gues, de Joinville, será uma das responsáveis por fazer essa avaliação. Segundo ela, o trabalho da comissão é verificar e entender o que o proponente pretende, qual a importância do pro- jeto para a comunidade e de que maneira ele pode se multiplicar. Para quem vai participar do processo, ela dá uma dica: - Sou proponente de edi- tais da minha cidade e já fui parecerista de editais de outras cidades. O que digo tanto como propo- nente quanto parecerista é que a principal dificuldade é deixar claro qual é a ideia do projeto. Confira o edital e a relação completa de pareceristas: Tenho por costume abrir as refeições com uma sopinha apetitosa aproveitando ingredientes que eu tenha em casa. Sempre tem- pero a água da sopa com uma folha de louro e sal grosso. Uma combinação harmoniosa é a sopa de abóbora moranga, gengibre e cebola. Depois de cozidos os ingredientes, deixo esfriar um pou- co e passo no liquidificador, fica um creme muito saboroso com um toque apimentado do gengibre. Quem quer eliminar alguns quilos extras que incomodam pode optar pelas sopas ou cremes que saciam rapidamente, têm baixas calorias e o melhor de tudo que sempre serão saudáveis. Você pode criar os seus cremes de acordo com seus legumes preferi- dos. Não precisa colocar gordura nenhuma, seja moderado com o sal e ousado com os temperos frescos: salsinha, cebolinha, alho-poró, salsão, manjericão, hortelã, coentro fresco etc. Sopa Verde Ingredientes: 1 litro de água temperada com 1 folha de louro e ½ colher de sal grosso 1 cebola picada 1 maço de brócolis 1 batata doce mediana sem casca e cortada em cubos Modo de preparo: 1.Numa panela leve para ferver a água com o louro e o sal 2.Adicione a cebola, brócolis e batata doce picados 3.Depois de todos os ingredientes ficarem cozidos, deixe amornar e passe no liquidificador até formar um creme. Sabor de Lúcuma Mila Schreiber Para esquentar o inverno www.expressodaspraias.com.br/sabordelucuma www.expressodaspraias.com.br “a principal dificuldade é deixar claro qual é a ideia do projeto ” Talita Rodrigues, jornalista, parecerista do edital
  • 13. 13Expresso VIP Litoral Norte, SC 1º/07/2017 www.expressodaspraias.com.br Mar de Sabor A noite de lançamento do Festival “Um Mar de Sabores” reuniu representantes da gastronomia local em Piçarras nessa quarta, 28. Onze restaurantes apresentaram os menus exclusivos para o evento que promete movimentar a cidade em julho. Na foto, da esq. para dir.: publicitário Rafael Fontes; vereador de Barra Velha, Thiago Pinheiro; Odair Bettoni; Kátia Tomacelli; Antônio da Pousada Ilha Feia; Eron Bettoni. Arquivo Pessoal Em clima junino, a família do Maycon Willian fez um ensaio lindo pelas lentes da fotógrafa Ju Fortes, em Barra Velha. A mamãe Danny Souza quis eternizar este momento alegre com as filhas Lorena e Lohana e o marido. Veja mais e envie sua foto: www.expressodaspraias.com.br Ju Fortes- Fotografia Curso de Macarons O Chef Eduardo Culpi veio ensinar como é que se faz o lindo, colorido e delicioso doce tipicamente francês que conquistou o mundo. Ele foi recebido pela Chef Patissier de Piçarras, Luiza Teixeira, e pelos sócios proprietários da loja Sonho de Doce, Gustavo Schreiner e Jéssica Maestri, que organizaram o evento. Ana Paula Salvador Novidade doce A partir deste sábado, a comunidade de Barra Velha passa a contar com mais uma opção no ramo de panificação. O casal Marciel e Aline inauguram a Panificadora e Confeitaria Alice, no Bairro Jardim Icaraí, com uma ampla variedade de pães, doces e salgados. Confira! Alan Willian - Expresso das Praias Ana Paula Salvador Fatos e Photos Arraiá em família
  • 14. 14 Estão definidos os shows nacionais da 21ª Festa do Pirão em Barra Velha Programação vai se estender entre 06 e 10 de setembro com Luan Santana, Zezé di Camargo e Luciano e Trio Parada Dura como principais atrações A 21ª Festa Nacional do Pirão, que está agenda- da para os dias 06 a 10 de setembro, já tem progra- mação de shows nacionais definida. O resultado do processo licitatório para a escolha da empresa orga- nizadora foi divulgado na manhã dessa sexta-feira, 30, e teve a Drial Eventos como vencedora pelo va- lor de R$ 349,5 mil. Com uma grade de shows predominantemente ser- taneja, a festa trará nomes conhecidos como Luan Santana (06/09), Antony e Gabriel (07/09), Zezé di Camargo e Luciano (08/09) e a dupla Munhoz e Mariano (09/09). No úl- timo dia da programação, (10/09), o Trio Parada Dura se apresenta para o público com entrada gratuita. Apesar de licitada, a grade principal de shows ainda pode ser alterada até a data da sua homologação, que deve acontecer na próxima semana. Lançamento O lançamento oficial do evento deve ser feito na se- gunda quinzena de julho. A expectativa da Funda- ção Municipal de Turismo, Esporte e Cultura é atrair aproximadamente 100 mil pessoas nos cinco dias de festa. De acordo com o Presi- dente da Fumtec, Daniel Pontes da Cunha, o pirão está garantido novamente por meio do trabalho das associações locais, que vão oferecer mais de 10 varia- ções do prato. Uma ampla praça de alimentação deve ser montada para com- portar aproximadamente duas mil pessoas sentadas. Além dos shows nacionais e regionais, a programação cultural deve ser apresen- tada em breve. Litoral Norte, SC 1º/07/2017 www.expressodaspraias.com.br Estação² A principal novidade da edição 2017 será o retorno do rodeio country. A are- na será instalada ao lado do Ginásio Alfredo José de Borba. Para Daniel, ape- sar de não haver ligação cultural entre o rodeio e a festa, a iniciativa deve tra- zer um público diferente, agregando mais interesses ao evento. A entrada no ro- deio será gratuita. No pavilhão de shows, ou- tra novidade será o novo palco alternativo permi- tindo que haja atrações Luan Santana está entre os artistas confirmados DIVULGAÇÃO | regionais antes do show principal. A licitação inclui ainda um pavilhão gastronômico, um pavilhão cultural e a instalação da Vila Açoriana dentro do ginásio de es- portes. Apesar de ter anunciado anteriormente que realiza- ria uma festa com caráter popular, o governo muni- cipal voltou atrás e man- teve apenas um dia com acesso gratuito ao show. Segundo o Presidente da Fumtec, a inclusão do ro- deio traz uma opção a mais para o visitante, o que jus- tificaria a popularidade da festa. Daniel destaca que os ingressos do primeiro lote serão vendidos a preços mais acessíveis e informa que a venda já vai começar após o lançamento da fes- ta. Uma ampla praça de alimentação deve ser montada para comportar aproximadamente duas mil pessoas sentadas 㐀㜀ⴀ ㌀㌀㐀㔀 ㌀ ㌀㌀ 㐀㜀ⴀ 㤀ⴀ㠀㐀㔀㄀ ㈀㠀㔀  䐀攀氀椀瘀攀爀礀⬀⬀  䜀伀匀吀伀匀伀     䈀䄀刀䄀吀伀匀漀爀瘀攀琀攀猀 䌀 䄀 匀 䔀 䤀 刀 伀 䄀愀 䄀瘀⸀ 䨀漀猀 吀攀洀椀猀琀挀氀攀猀 搀攀 䴀愀挀攀搀漀 ⠀䈀攀椀爀愀 䴀愀爀⤀ ⴀ 䈀愀氀渀⸀ 倀椀愀爀爀愀猀 ⴀ 匀䌀 O governo municipal voltou atrás e manteve apenas um dia com acesso gratuito ao show
  • 15. mar as decisões e determi- nar os destinos da maioria. E assim como em 1939 as lideranças russas decidiram apoiar a Alemanha e aprisio- nar os poloneses, em 1941 os bolcheviques foram atacados pelos nazistas e mudaram de lado. Daí em diante a situação Litoral Norte, SC 1º/07/2017 www.expressodaspraias.com.br Preamar Jane Cardozo da Silveira 15 * Jane Cardozo da Silveira, jornalista com mestrado em Turismo, professora no Curso de Jornalismo da Univali N este sexto capítulo da história contada por Zó- fia Ziobro, ela revela como enfrentaram e venceram uma prova duríssima: a escassez de comida nas estepes geladas. Acompanhe a narrativa: - O meu irmão [Jan, o mais ve- lho dos três] descobriu que a alguns quilômetros de distância tinha uma fazenda, então nós es- capávamos do campo e íamos às vezes lá; eles ofereciam para nós pão e leite. Aquele pão e leite era tão gostoso! Íamos pelo meio do mato, pela floresta, quando pas- sava uma patrulha militar, eles nos escondiam. Os russos tudo eram gente boa. Eles falavam que nós é que éramos felizes, porque quando a guerra terminasse ía- mos poder voltar para as nossas casas - eles achavam, né? Eu aprendi que o povo russo foi sempre muito oprimido. Até o chefe do campo, era tudo gente boa. Dona Zófia faz questão de sa- lientar isso, ela não quer saber de generalizações e nem que se confunda o povo acolhe- dor e solidário daquele país com seus líderes políticos be- licosos e opressores. Só que era na mão destes últi- mos que estava o poder de to- dos prisioneiros, entre eles os Ziobro, iria começar lenta- mente a mudar: - Depois que os russos romperam com a Alemanha, quem quisesse sair do campo podia. Mas como sair de lá, daquela mata? Eu sei que teve um casal de judeus, eles se perderam. Uma vez também eu www.expressodaspraias.com.br/preamar Fome de viver Durante a II Guerra, confinados em um campo de trabalho forçado na Sibéria, os irmãos Jan, Antônio e Zófia descobriram a força da solidariedade Fonte: http://www.mdig.com.br/index.php?itemid=38047 e Arquivo pessoal Zófia Ziobro “Depois que os russos romperam com a Alemanha, quem quisesse sair do campo podia. Mas como sair de lá, daquela mata? Acampamento de refugiados e, no detalhe, o “cadete” Antônio Ziobro saí com um grupo de crianças no mato e nós nos perdemos – re- lembra dona Zófia com um olhar que ainda hoje revela o susto. Então lhe pergunto se nunca depararam com ursos ou outros animais selvagens na estepe e a resposta é cho- cante pelo que representa em termos de desolação e isola- mento: - Nem animais tinha naquele lu- gar, nem ursos, nem pássaros. No campo tinham uns cachorros que pareciam mais raposas, mas eram cachorros. Tinha neve, muita, muita neve e o que chamamos de noites claras, alguns meses em que não caía a noite, era diferente lá. Depois, quando os russos libe- raram, quem teve coragem de sair... Primeiro um grupo de ho- mens combinou e o meu irmão Jan se juntou a eles. Resolveram sair para o Sul da Rússia, onde começou a ser formado um exér- cito polonês. Ele chegou até lá e entrou para a escola de cadetes; um tempo depois a minha mãe criou coragem, juntou algumas pessoas, alugaram trenós e nós também resolvemos seguir. Sei que demorou um pouco, mas nós conseguimos sair. Como o exér- cito estava tentando salvar os poloneses que estavam na Rússia, de vez em quando tinham umas patrulhas, uns lugares onde aco- lhiam a gente e nos ajudavam na viagem para que nós chegássemos até o [rio] Volga. Depois, no Vol- ga, nos embarcaram em navios e descemos até mais perto do Sul. E lá também tinha acampamen- to dos poloneses e nos colocaram em trens. Eu sei que chegamos até o acampamento do exército po- lonês e a minha mãe logo entrou lá nos escritórios para ajudar; o Antônio entrou também na escola dos cadetes; ele ficou doente, pe- gou tifo, pegou pneumonia, tudo que é doença, avisaram que tal- vez não ia sair vivo. Quando nós saímos da Rússia, ele ficou porque estava doente. Antes da saída, Zófia enfren- taria mais provações. Veja na próxima edição.
  • 16. Litoral Norte, SC 1º/07/2017 www.expressodaspraias.com.br16 Informe Publicitário
  • 17. Penha - Mais de 500 pi- lotos são esperados no Kartódromo Beto Carre- ro entre 10 e 22 de julho para a principal disputa da modalidade no país. O 52º Campeonato Brasilei- ro faz parte da agenda de aniversário do município. A pista recebeu no último fim de semana de junho as disputas da segunda etapa da Copa SPR de Kart. Con- siderada uma prévia para a disputa nacional, a prova teve a participação de 234 pilotos. Junto com mecâ- nicos e chefes de equipe, eles tiveram a oportunida- de de acertar os carros para o Campeonato Brasileiro. Serão promovidas corridas todos os dias, sendo a pri- meira fase disputada entre os dias 10 e 15 de julho, e a segunda fase entre os dias 17 e 22 de julho. O evento é promovido pela Confederação Brasi- leira de Automobilismo, sob supervisão da Federa- ção Internacional de Au- tomobilismo (FIA), com apoio da Prefeitura. O prefeito Aquiles da Cos- ta comemorou a confirma- ção da cidade como sede da prova, que pode atrair, segundo a Prefeitura, mi- lhares de visitantes: - O turismo de eventos é uma das alternativas para combatermos a sazonali- dade do movimento turís- tico, não dependendo ape- nas do verão para termos visitantes, movimentando assim todo o nosso setor turístico, hotéis, pousadas, restaurantes e o comércio em geral durante o ano inteiro”, afirma o prefeito. Disputa acirrada De acordo com a CBA, o Campeonato Brasileiro deste ano ultrapassou o SKUSA 2016 em núme- ro de inscritos e já figura como o maior da atuali- dade. A competição tem 18 categorias diferentes, envolvendo pilotos de di- ferentes faixas etárias: Ca- detes, F4 Graduados, F4 Sênior, F4 Super Sênior, Graduados, Júnior, Júnior Menor, Mirim, Novatos, Sênior A, Sênior B, Shifter Graduados, Shifter Sênior, Sudam, Sudam Júnior, Su- per F4, Super Sênior, Su- per Sênior Master e Vinta- ge. As inscrições seguem aber- tas no site da CBA (www. cba.org.br) e até a próxima segunda-feira (3) podem ser feitas com o valor pro- mocional. Devido ao nú- mero de inscritos, os horá- Campeonato Brasileiro de Kart tem mais de 500 pilotos confirmados Maior competição da modalidade vai ser disputada entre 10 e 22 de julho 17 Provas envolvem 18 categorias Esporte Litoral Norte, SC 1º/07/2017 www.expressodaspraias.com.br Erno Drehmer rios oficiais também foram alterados. As categorias F4 Sênior e F4 Super Sênior, que esta- vam previstas para corre- rem em conjunto, tiveram seus grids separados. Além disso, a categoria Cadete, que já conta com 49 ins- critos, terá suas atividades divididas em dois grupos para os treinos e tomada de tempos, e em quatro grupos para as corridas classificatórias. Os novos horários estão no site da CBA pelo link dire- to: https://goo.gl/P1yT3r Copa SPR Faltando duas semanas para o Campeonato Bra- sileiro de Kart, a pista de Penha recebeu as disputas da segunda etapa da Copa SPR. Foi um teste para a organização do Brasilei- ro projetar detalhes como aproveitamento do espaço físico, logística e seguran- ça. - Para nós foi muito impor- tante esta movimentação tão grande na corrida da Copa SPR. Tivemos uma noção próxima do que ire- mos receber nas duas fa- ses do Brasileiro. Estamos nos atendo a cada detalhe da competição para que, na hora certa, tudo cor- ra exatamente conforme o planejado”, comentou o dirigente mineiro Pedro Sereno, presidente da Co- missão Nacional de Kart – CNK. “O turismo de eventos é uma das alternativas para combatermos a sazonalidade do movimento turístico, não dependendo apenas do verão para termos visitantes”, Aquiles da Costa, prefeito de Penha
  • 18. 18 Equipe local encerra primeira etapa invicta e lidera a Liga Leste/Norte Cidade recebeu a etapa de abertura da competição durante o último fim de semana de junho; próximo desafio é em outubro Partida mais acirrada foi disputada contra a equipe do Marcílio Dias Litoral Norte, SC 1º/07/2017 www.expressodaspraias.com.br Esporte Campeonato de Dominó homenageia ex-vereador de Penha Está definida a tabela de mais um Campeonato Municipal de Dominó, que neste ano vai envolver 12 equipes representando ba- res da cidade. Recanto dos Pinheiros e Vino do Giná- sio farão a primeira par- tida, às 19h30, no Bar Re- canto dos Pinheiros, dia 21. O campeonato se estende até outubro e a taça home- nageia o ex-vereador e ex- -secretário de Agricultura, Alcides de Souza, falecido no ano passado e um en- tusiasta do dominó e da bocha. Os times estão divididos em duas chaves com as equipes jogando entre si. Os quatro times com me- Barra Velha - A equipe lo- cal de handebol feminino, formada por atletas da Es- cola Estadual Conselheiro Astrogildo Odon Aguiar, estreou com vitórias na Liga Leste/Norte. As par- tidas pelo Grupo A foram realizadas no sábado, 24, no ginásio Alfredo José de Borba. A competição reú- ne 14 equipes com atletas entre 12 e 14 anos, dividi- das em três chaves. As do- nas da casa foram as únicas Foto: Alan Willian a encerrar a primeira etapa invictas em quatro jogos - com 74 gols marcados e 44 sofridos. A rodada se iniciou com aquele que seria o duelo mais emocionante do dia. Sob o comando do pro- fessor Jairo Hermógenes, a equipe entrou em qua- dra para enfrentar o forte elenco do Clube Náutico Marcílio Dias, de Itajaí. As visitantes mostravam mais eficiência nas finalizações e comandaram a partida sempre com um gol de vantagem. Mas, no último minuto, as donas da casa conseguiram o empate e a virada. Faltando apenas 10 segundos, a equipe de Itajaí ainda teve a oportu- nidade de buscar o empate na cobrança do tiro direto, mas não obteve sucesso e a partida terminou em 15 a 14. Nas demais partidas a equipe de Barra Velha ven- ceu com maior saldo de gols. Derrotou os times de Balneário Camboriú e Ita- pema por 17 a 07 e a equi- pe de Joinville por 25 a 16. Maria Clara Collicchio, com 18 gols, e Jamille Ge- ASSOCIAÇÃO ASSISTENCIAL PERPÉTUO SOCORRO Av. Vereador João Figueredo, 1011 CNPJ 76.701.515/0001-80 Utilidade Pública Municipal Lei 352/89 Utilidade Pública Estadual Lei 702/87 Utilidade Pública Federal CNAS – 28010000248/93-25 Balneário Piçarras – SC ass.per.socorro@bol.com.br EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA A Presidente da Associação Assistencial Perpétuo Socorro, no uso das atribui- ções que lhe confere o Estatuto Social, convoca os Associados desta entidade, em gozo de seus direitos associativos, para participarem da ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA a ser realizada no dia 20 de julho de 2017, às 15 horas, na Sede da Associação, sita na Av. Vereador João Figueredo, 1011 – Centro – Balneário Piçarras, em primeira convocação, ou 15 minutos após, com qualquer número de associados presentes, para deliberarem sobre a seguinte ORDEM DO DIA: 1- Eleição e posse da nova diretoria para o biênio 2017 a 2019. 2- A inscrição deverá ocorrer na Secretaria da AAPS até 15 (quinze) dias antes da elei- ção, que se realizará dentre as chapas devidamente inscritas. 3- Somente poderão integrar as chapas associadas, contribuintes que comprovem a frequência regular há pelo menos 1 (um) ano. Balneário Piçarras, 27 de junho de 2017. Ivete MariaTelles Pimenta PRESIDENTE nauck, com 16, fo- ram as principais go- leadoras do time da casa. Para o treinador Jairo, o resultado foi satisfatório, mas ele aponta dois fatores que preocupam a equipe: - Nosso time consegue criar boas jogadas, que impressionam o adversá- rio, mas está pecando na finalização. A bola não está entrando. Por outro lado, o A PEDIDO adversário está fu- rando fácil a nossa defesa - avalia. A próxima etapa da com- petição será no dia 21 de outubro, com jogos em Itapema pelo Grupo A. Antes, em julho, a equipe deve participar da fase re- gional dos Jogos Escolares, representando a Escola Es- tadual Conselheiro Astro- gildo Odon Aguiar. lhor pontuação irão para as quartas de final. A premiação será de 1.200 reais e um porco para o campeão, 800 reais e uma ovelha para o vice e 400 reais e 30kg de costela para o terceiro colocado. Os três primeiros lugares também ganharão troféus e medalhas.
  • 19. Torneio tem partidas bem disputadas e média alta de gols Campeonato de Futsal em Piçarras começa com goleada Otradicionalcampeonato de futsal de Penha terá muitas novidades neste ano, a começar pela categoria dos veteranos, pela primeiravez incluída dentro da competição, atendendo a um pedido dos próprios times. O evento também terá um número maior de participantes na categoria livre, chegando a 16 times, e isso porque a Fundação Municipal de Esportes (FME) limitou o número de inscrições. “Nossa prioridade foi garantir a qualidade e a organização do campeonato”, explica o diretor da FME, Carlos César de Souza. Oito times se inscreveram na categoria dos veteranos, para atletas a partir dos 35 anos. Já na categoria livre, a idade mínima exigida é de 16 anos. A competição será disputada em duas fases: primeiro, a de classificação, em que as equipes foram divididas em chaves com quatro times cada. Enquanto no livre serão quatro chaves de quatro, nos veteranos serão duas chaves de quatro. Em ambos se classificarão para a fase final os dois melhores de cada chave, com a diferença que enquanto na categoria livre terá Na Penha, competição vai ser aberta no dia do aniversário do município O Campeonato Munici- pal de Futsal promovido pela Secretaria de Espor- tes e Lazer começou nes- sa semana com 12 jogos e muitos gols. O torneio conta com 48 equipes di- vididas em três categorias, 24 equipes disputando a categoria livre, 12 no fe- minino, 8 de veteranos e 4 equipes na categoria mas- ter, a novidade desta edi- ção. A segunda rodada se inicia na próxima semana com jogos na segunda, ter- ça, quarta e sexta-feira. Nos jogos da primeira ro- dada pela categoria livre, o Real Charme venceu o Recreativo pelo placar de 8 a 4. Luciano da Silva marcou 3 gols na vitória e quartas de final, nos veteranos os classificados vão direto para as semi- finais. A competição começa no dia do aniversário do município, 19 de julho, com solenidade de abertura no Ginásio de Esportes “Sebastião João de Souza”. O primeiro jogo será pela categoria dos veteranos, entre as equipes do Quati e Sampa. Amigos do Zico e Beira-Mar fazem a primeira partida na categoria livre. Com exceção da rodada da abertura, que será numa quarta-feira, os demais jogos serão nas quintas-feiras e sábados, quatro jogos por noite, revezando as categorias livre com veterano. Enquanto a final da categoria dos veteranos está marcada para 12 de agosto, a grande final da categoria livre deverá ser em 02 de setembro. Também terá disputa e premiação para o terceiro lugar em ambas as categorias. Além de troféus e medalhas, haverá premiação em dinheiro na categoria livre: 1.200 reais para o campeão, 800 reais para o vice, e 400 reais para o terceiro lugar. (Da Assessoria de Imprensa - PMP) é o artilheiro da categoria. O Borussiarras entrou em quadra para enfrentar o Vila FC e aplicou o placar de 4 a 1, enquanto o Atlé- tico Piçarras venceu o Ra- cing por 5 a 3. O Mevepi goleou o Metropol por 7 a 0 e o Big Soccer derrotou o Donel Transporte em jogo equilibrado com o placar de 2 a 1. No feminino, as meninas do Pride não tomaram co- nhecimento do Vila FF e aplicaram a goleada de 10 a 1. O TB Society venceu o Beira Rio por 5 a 0. Pelo veterano, o Borussia ven- ceu o 2ª Feirinos por 7 a 3. Na categoria master, Sport Senna abriu a rodada ven- cendo o Morretes por 6 a 2. A rodada encerrou com os confrontos entre Amigos do Futeba x Takata (vete- rano), Moreia da Praia x Pérolas (feminino) e Ami- gos do Futeba x Babilô- nia (livre).De acordo com o secretário de Esportes, Fernando Manoel Santos, os primeiros jogos mostra- ram que as equipes se re- forçaram. “Tinham times que não conseguiam jogar de igual pra igual com ou- tros e dessa vez entraram em quadra totalmente re- novados” Sobre a inclusão da categoria master, Fer- nando explica: “A categoria veteranos era para todos os jogadores acima de 35 anos, ficava muito amplo. Resolvemos restringir pra atender a essa demanda.” 19Esporte Litoral Norte, SC 1º/07/2017 www.expressodaspraias.com.br + CATEGORIAS
  • 20. Litoral Norte, SC 1º/07/2017 www.expressodaspraias.com.br20 Homens jovens, negros e com baixa escolaridade estão entre a maioria das 59.080 vítimas de homicídio registradas no Brasil em 2015. A situação desafia as autoridades do setor de segurança pública e foi denunciada no recém-publicado Atlas da Violência 2017, que classifica a quantidade como “exorbitante” e alerta: esse número supera de longe o registrado em ataques terroristas no mundo. Futuro comprometido O Atlas da Violência 2017 é assinado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – Ipea e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública. As entidades responsáveis pela pesquisa chamam a atenção para o fato de que, na última década, a violência contra jovens e negros só tem aumentado. “O que se observou nos dados é um futuro da nação comprometido. Entre 2005 e 2015, nada menos do Vítimas de homicídio no Brasil superam as de terrorismo no mundo VIOLÊNCIA Segurança que 318 mil jovens foram assassinados. Analisando o ano de 2015, a participação do homicídio como causa de mortalidade da juventude masculina, entre 15 a 29 anos de idade, correspondeu a 47,8% do total de óbitos (e 53,8% se considerarmos apenas os homens entre 15 a 19 anos). Nesse último ano, 60,9 indivíduos para cada grupo de 100 mil jovens, entre 15 e 29, foram mortos. Se considerarmos apenas a juventude masculina, este indicador aumenta para 113,6” - avalia o documento. Ao analisar o problema em perspectiva, o Atlas salienta: “Depois da diminuição da marcha de crescimento dos homicídios contra jovens entre os anos 80 (+89,9%), os anos 90 (+20,3%) e os anos 2000 (+2,5%), verificou-se um aumento de 17,2% na taxa de homicídio de indivíduos de 15 a 29 anos entre 2005 e 2015”. O suspeito estava escondido no forro do estabelecimento Homem invade loja e é preso em flagrante Barra Velha - A Polícia Militar prendeu na madrugada de terça-feira, 27, um homem que acabara de invadir uma verdureira na Rua Paraná, no centro da cidade. O que chamou a atenção da guarnição foi o local onde ele se escondeu. O assaltante entrou pelo teto do estabelecimento e foi localizado em cima do forro plástico. A movimentação suspeita foiidentificadapelaCentral de Videomonitoramento. Por meio do sistema de câmeras foi possível avistar um homem rondando o comércio e desaparecendo em seguida. As viaturas foram acionadas para o local e constataram que o suspeito estaria andando no telhado dos estabelecimentos. Os policiais fizeram um cerco e localizaram o homem no telhado da verdureira carregando três sacolas com objetos furtados do comércio. A PM afirma que após negociação, conseguiu convencer o homem a descer do telhado e se entregar. Além dos produtos DIVULGAÇÃO | PM/SC Jovem foi conduzido à Delegacia furtados, foi encontrado com o jovem um cheque no valor de R$100, também roubado do local. Ele foi preso em flagrante e conduzido até a Delegacia de Polícia Civil do município. O Tenente Ruy Florêncio Teixeira Junior ressaltou a importância das câmeras de videomitoramento para a prisão. - A ocorrência deixa clara a importância deste tipo de ferramenta para a atuação preventiva e proativa da Polícia Militar. Se não fosse a presença da câmera e a atenção diligente do policial, teríamos mais um furto consumado no município - comemora. Segundo ele, já está planejada a instalação de mais câmeras para ampliar o sistema de videomonitoramento. “Se não fosse a presença da câmera e a atenção diligente do policial, teríamos mais um furto consumado no município”, Tenente Ruy Florêncio, comandante da PM
  • 21. Litoral Norte, SC 1º/07/2017 www.expressodaspraias.com.br 21Informe Publicitário
  • 22. 22 Litoral Norte, SC 1º/07/2017 www.expressodaspraias.com.br Segurança Piçarras - A Polícia Civil abriu inquérito para inves- tigar o acidente de trânsi- to que resultou na morte de Helen Mirela Luz San- tos, 23 anos, na manhã de sábado, dia 24. A colisão entre uma motocicleta e um caminhão aconteceu na esquina da Rua Mário Neto com a Avenida Nereu Ramos, no Bairro Itacolo- mi. A passageira da moto acabou atingida por um segundo caminhão que vi- nha em sentido contrário e morreu na hora. A delegada Danielle Gon- zalles conta que o motoris- ta F.M.O, 38 anos, se apre- sentou como condutor do primeiro caminhão, e A.I.O, 39 anos, como mo- torista do segundo cami- nhão. Os dois aceitaram fazer o teste do bafômetro, que deu resultado negativo para a presença de álcool no sangue. Eles foram libe- rados em seguida, pois não ficou constatado dolo (in- tenção) de atingir a vítima. Outra versão No entanto, a versão apre- sentada por F.M.O. é con- testada por pessoas que estavam próximas ao local na hora do fato. Algumas delas afirmaram ao Ex- presso das Praias que não era ele quem dirigia o pri- meiro caminhão, mas o fi- lho do dono, que é menor. De acordo com a testemu- nha que acionou o socorro, o veículo cortou a frente da motocicleta conduzida por Carlos Roberto Oli- veira, 27, que colidiu com a ponta do parachoque do caminhão. Helen, que es- tava na garupa, foi lançada sobre a pista contrária e atropelada. Ainda segundo esse relato, após o aciden- te, o menor teria trocado de lugar com F.M.O, que se apresentou em seguida como condutor. - Ele sumiu do local do acidente e só apareceu um tempo depois já na presença da mãe - afirma uma das testemu- nhas. O caminhão envolvido no caso é de um material de construção local. O proprietário, Gilson Pe- reira, 50, é também o pai do adolescente apontado como condutor. Ele nega que o filho estivesse na di- reção. - Eu não vou pagar R$2 mil reais para um funcionário para ele sentar no banco do lado enquanto meu fi- lho dirige o caminhão. Isso é história inventada pelos outros. O caso é tratado como ho- micídio culposo, quando não há a intenção de ma- tar. De acordo com o Art. 302 do Código Brasileiro de Trânsito, a pena é de detenção de dois a quatro anos e suspensão ou proi- bição da habilitação. Polícia apura se adolescente dirigia veículo que provocou acidente fatal Jovem de 23 anos foi atropelada após ser lançada na pista ARQUIVO | REPRODUÇÃO/GOOGLE Acesso Norte, próximo de onde se registrou o acidente A PEDIDO ESTADO DE SANTA CATARINA / PODER JUDICIÁRIO Comarca – Balneário Piçarras / 1ª Vara Rua Eulálio da Trindade, 26, Centro - CEP 88380-000, Fone: (47) 3347- 4026 Balneário Piçarras-SC E-mail: balpicarras.vara1@tjsc.jus.br Juiz de Direito: Marcelo Trevisan Tambosi Chefe de Cartório: Anselmo Luiz Fagundes EDITAL DE CITAÇÃO – RITO ORDINÁRIO – COM PRAZO DE 20 DIAS Procedimento Sumário n.0300854-40.2014.8.24.0048 Autor: José Renato Nunes Requerido: Alfredo Brunetti e José Izar Citando(a)(s): Alfredo Brunetti e José Izar, em lugar incerto e desconhecido, brasileiro (a) Pelo presente, a(s) pessoa(s) acima identificada(s), atualmente em local incerto ou não sabido, FICA(M) CIENTE(S) de que neste Juízo de Direito tramitam os autos do processo epigrafado e CITADA(S) para responder à ação, querendo, em 15 dias úteis, contados do primeiro dia útil seguinte ao transcurso do prazo deste edital. ADVERTÊNCIA: Se o réu não contestar a ação, será considerado revel e presumir-se-ão verdadeiras as alegações formuladas pelo autor (art. 344 do CPC). E para que chegue ao conhecimento de todos, partes e terceiros, foi expedido o presente edital, o qual será afixado no local de costume e publicado 1 vez(es), com intervalo de 0 dias, na forma da lei. Balneário Piçarras (SC), 02 de junho de 2016. Marlene da Cunha Código de Normas da Corregedoria-Geral da Justiça – Art. 212 DOCUMENTO ASSINADO DIGITALMENTE Lei n. 11.419/2006, art. 1°, 2°, III, “a”
  • 23. Cidade pode opinar sobre segurança pública em pesquisa na internet Questionário do Conselho de Segurança levanta dados que vão contribuir com estratégias para o setor 23 “Precisamos de um retrato mais fiel da nossa situação e pra isso devemos atingir no mínimo 3 mil respostas” Tenente Ruy Florêncio, comandante da Polícia Militar Litoral Norte, SC 1º/07/2017 www.expressodaspraias.com.brSegurança Barra Velha - Uma pesqui- sa na internet elaborada pelo Conselho Municipal de Segurança (Conseg) e colocada no ar há duas se- manas levanta a opinião dos moradores sobre o combate à criminalidade no município. O levan- tamento aborda todos os bairros e avalia estratégias para enfrentar a violência. Como o número de res- postas até o momento é considerado baixo, cerca de 150, o formulário ficará disponível por tempo in- determinado no endereço: https://goo.gl/K6dz3W. O objetivo da pesquisa é identificar problemas e planejar ações de pre- venção e enfrentamento. Entre as questões, o inter- nauta pode avaliar o de- sempenho das polícias e demais órgãos de seguran- ça e identificar áreas mais inseguras ou protegidas da cidade. -Se a pesquisa identificar que em determinado bair- ro há um alto índice de violência devido ao consu- mo de álcool, vamos moti- var a implantação do A.A. Se apontar para consumo de drogas, motivaremos a implantação do Amor Exigente. E assim vamos criando estratégias que condizem com os resulta- dos, - explica a presidente do Conselho, Léia da Ban- ca. O Tenente Ruy Florêncio, comandante da Polícia Mi- litar em Barra Velha, afir- ma que a instituição tem acompanhado a atuação do Conseg e colaborou na criação do formulário. Mas ressalta que é preciso uma amostragem maior para que se tenha um pa- norama mais amplo sobre o que pensa a comunidade. - Precisamos de um retrato mais fiel da nossa situação e pra isso devemos atingir no mínimo 3 mil respostas - esclarece. O levantamento é feito ex- clusivamente pela internet e o grupo busca formas de divulgação para atingir mais moradores. Sem registro, sem dados Uma das questões diz res- peito ao registro do bole- tim de ocorrência. É por meio desse documento que as estatísticas de cri- mes são alimentadas para direcionar as políticas de segurança. Mas muitos participantes têm afirma- do que não registraram o B.O. quando foram vítimas de crimes Há quatro meses no co- mando da Polícia Militar em Barra Velha, o Tenente Ruy garante que uma pos- tura de mais proximida- de com a população deve aumentar a confiança na atuação do estado frente à criminalidade. - É uma nova fase que es- tamos implantando de co- locar a Polícia como uma força legítima da comu- nidade em que servimos. Vamos estreitar laços para que as pessoas não se inti- midem em vir nos procu- rar - assegura, ao afirmar que as mudanças serão graduais. - Estamos frean- do o crescimento [da vio- lência]. A partir dos 10 me- ses esperamos reduzir esse índice - completa sem citar números. Ele vê no projeto Rede de Vizinhos uma alternativa para colaborar com a segu- rança. “Atualmente temos apenas 9 grupos instituí- dos. Queremos aumentar essa parceria”. Nos próxi- mos dias, PM e Conseg vão discutir a criação de novas Redes de Vizinhos.
  • 24. Alan Willian Piçarras - O estudante Ruan Pablo Cabral da Silva, de 11 anos, é o novo goleiro titular do Figueirense Sub- 13. Formado na escolinha de futebol do município, ele deve seguir a rotina de viagens para Florianópolis até o fim do ano, quando se encerram as rodadas do Campeonato Estadual. Agora, em julho, o foco da equipe está na Taça Brasil, que será disputada na capi- tal catarinense. Sonho que se sonha junto Atleta revelação nas quadras quer defender time europeu nos gramados - Estou muito feliz. É bom, né? Estar disputando com os melhores times. Eu acredito que vou conseguir o que eu quero - afirma Ruan, confiante. Na casa dele, em Piçarras, nossa reportagem foi recebida antes do embarque. Ruan conta que tentou jo- gar na linha, mas não se adaptou. Sua vocação é para atuar na defesa. Nes- se ponto da conversa ele se levanta, vai até a cozi- nha, contabiliza os troféus expostos sobre a geladei- ra e informa: dois deles conquistou no futebol de campo, onde pretende se profissionalizar e sonha defender as cores do Bar- celona. Foco e esforço Mas esse não é um sonho que ele sonha só. O pai, Jai- ro Cláudio da Silva, é um entusiasta do futebol local, e o principal apoiador dele na busca por esses objeti- vos. Ele conta que bastou um treino para que o filho despertasse interesse entre os dirigentes do Figueiren- se. A primeira competição foi disputada dias 17 e 18 em São José dos Pinhais (PR). Em sete jogos, Ruan foi o goleiro menos vazado, com cinco gols sofridos, e ajudou a equipe a ser cam- peã da Taça Futsal Clubes. Em março, o jovem che- gou até às fases finais de uma seleção para o Inter- nacional de Porto Alegre. Dos 350 inscritos, Ruan ficou entre os 23 pré-sele- cionados. Não passou para as fases seguintes por causa da estatura. Mas o pai ga- rante que ele compensa os 1,56 de altura com muita força de vontade: - O guri é um super-ho- mem. Defende muito. Essa coisa de goleiro alto só existe aqui no Brasil - afir- ma Jairo. O camisa 1 do Figueirense Sub-13 terá que viajar três vezes por mês para treinar na capital. Enquanto isso, continua treinando forte na escolinha municipal, sob o comando do profes- sor Marcos Paulo Santos. ALAN WILLIAN Ruan conquistou primeira vitória como titular do Figueira “Estou muito feliz. É bom, né? Estar disputando com os melhores times” Ruan Pablo, goleiro Sub13 do Figueirense Litoral Norte, SC 1º/07/2017 www.expressodaspraias.com.br24 Esporte Veja Mais: www.expressodaspraias.com.br