SlideShare uma empresa Scribd logo
Cuida da tua identidade crística.
SEMANA SANTA NA VISÃO ESPÍRITA
                                                           Mantém-te simples e sem atavios.
 1. INTRODUÇÃO
                                                            Cultiva a bondade e faze-te útil.
           Como o Espiritismo vê os fatos da
           Sexta-feira Santa? Qual o                       Sorri e ama, auxiliando sempre.
           procedimento do espírita no
           “sábado de aleluia”? E o domingo           Não importa que não sejas conhecido ou
                                                 afamado, lutando porém para seres iluminado.
           de Páscoa?
 2. NA DOUTRINA ESPÍRITA                                Apresenta Jesus e oculta-te, recorda-O e
           Não há “semana santa” nem             esquece as tuas ambições enganosas, fazendo que
           quaresma                             todos aqueles que se te acerquem, vejam-nO em ti.
           É uma prática católica, apenas            Vinculado a Jesus, seja a tua identidade dEle.
           Comemos carne na sexta-feira
 3. A VINDA DE JESUS DE NAZARÉ
           Mil anos para sua descida à Terra
           O maior médium de Deus – Jesus
           Cristo ( o ungido)
           Os ensinamentos de Jesus – suas
           parábolas
 4. OS MILAGRES DE JESUS
           Água em vinho
           A cura do cego (ex. de Chico que
           lambeu uma ferida)
           A cura dos 10 leprosos
           Expulsão dos demônios
           A mulher hemorrágica
           Ressurreição de Lázaro
 5. A TRAIÇÃO DE JUDAS
           Os Evangelhos Apócrifos - o
           Evangelho de Judas
           O verdadeiro desejo de Judas
           A malhação de Judas
 6. A MORTE DE JESUS CRISTO
           Apenas 33 anos de existência
           A cruxificação
           A descida de Jesus à “mansão dos
           mortos”
           A salvação de Judas
 7. A RESSURREIÇÃO DE JESUS
           O corpo de Jesus
           A visita aos apóstolos
           (materialização)
           A Páscoa: libertação espiritual
 8. A MENSAGEM DO CRISTO
           “Amai a Deus sobre todas as coisas
           e ao próximo como a ti mesmo.”

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

3 lição
3 lição3 lição
Estudo bíblico 49 Foi por você
Estudo bíblico 49   Foi por  vocêEstudo bíblico 49   Foi por  você
Estudo bíblico 49 Foi por você
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
1 - Por que sou cristão?
1 - Por que sou cristão?1 - Por que sou cristão?
1 - Por que sou cristão?
Pibatef Primeira Igreja Batista
 
Semana Santa
Semana SantaSemana Santa
Semana Santa
jucrismm
 
Abc evanglismo
Abc evanglismoAbc evanglismo
Abc evanglismo
Engrácia Cudiva
 
Convite especial
Convite especialConvite especial
Convite especial
Luana Curvelo
 
PÁSCOA
PÁSCOAPÁSCOA
Aula qual é o verdadeiro significado da páscoa
Aula qual é o verdadeiro significado da páscoaAula qual é o verdadeiro significado da páscoa
Aula qual é o verdadeiro significado da páscoa
Metodista_Barreto
 
Sábado Santo
Sábado SantoSábado Santo
Sábado Santo
Carla Brígida
 
As tradições da páscoa
As tradições da páscoa As tradições da páscoa
As tradições da páscoa
profmoralebicc
 
Cristo morto e cristo-vivo
Cristo morto e cristo-vivoCristo morto e cristo-vivo
Cristo morto e cristo-vivo
Grupo Espírita Mensageiros
 
Evangelho no-lar-blog
Evangelho no-lar-blogEvangelho no-lar-blog
A Honra
A HonraA Honra
A Honra
luiscandido
 
Apresentação sobre páscoa nas religiões
Apresentação sobre páscoa nas religiõesApresentação sobre páscoa nas religiões
Apresentação sobre páscoa nas religiões
Egnaldo Barreto
 
Escatologia estudo 02
Escatologia estudo 02Escatologia estudo 02
Escatologia estudo 02
Joao Franca
 
O verdadeiro sentido da Páscoa
O verdadeiro sentido da PáscoaO verdadeiro sentido da Páscoa
O verdadeiro sentido da Páscoa
Milton Panetto Junior
 
Nota de falecimento
Nota de falecimentoNota de falecimento
Nota de falecimento
Fer Nanda
 
A páscoa cristã
A páscoa cristãA páscoa cristã
A páscoa cristã
Fatima Ribeiro
 
Estudo pascoa
Estudo pascoa Estudo pascoa
Estudo pascoa
Antonio Miranda Pereira
 
A REGRA DE OURO DA FAMILIA
A REGRA DE OURO DA FAMILIAA REGRA DE OURO DA FAMILIA
A REGRA DE OURO DA FAMILIA
Pr Ivair Augusto
 

Mais procurados (20)

3 lição
3 lição3 lição
3 lição
 
Estudo bíblico 49 Foi por você
Estudo bíblico 49   Foi por  vocêEstudo bíblico 49   Foi por  você
Estudo bíblico 49 Foi por você
 
1 - Por que sou cristão?
1 - Por que sou cristão?1 - Por que sou cristão?
1 - Por que sou cristão?
 
Semana Santa
Semana SantaSemana Santa
Semana Santa
 
Abc evanglismo
Abc evanglismoAbc evanglismo
Abc evanglismo
 
Convite especial
Convite especialConvite especial
Convite especial
 
PÁSCOA
PÁSCOAPÁSCOA
PÁSCOA
 
Aula qual é o verdadeiro significado da páscoa
Aula qual é o verdadeiro significado da páscoaAula qual é o verdadeiro significado da páscoa
Aula qual é o verdadeiro significado da páscoa
 
Sábado Santo
Sábado SantoSábado Santo
Sábado Santo
 
As tradições da páscoa
As tradições da páscoa As tradições da páscoa
As tradições da páscoa
 
Cristo morto e cristo-vivo
Cristo morto e cristo-vivoCristo morto e cristo-vivo
Cristo morto e cristo-vivo
 
Evangelho no-lar-blog
Evangelho no-lar-blogEvangelho no-lar-blog
Evangelho no-lar-blog
 
A Honra
A HonraA Honra
A Honra
 
Apresentação sobre páscoa nas religiões
Apresentação sobre páscoa nas religiõesApresentação sobre páscoa nas religiões
Apresentação sobre páscoa nas religiões
 
Escatologia estudo 02
Escatologia estudo 02Escatologia estudo 02
Escatologia estudo 02
 
O verdadeiro sentido da Páscoa
O verdadeiro sentido da PáscoaO verdadeiro sentido da Páscoa
O verdadeiro sentido da Páscoa
 
Nota de falecimento
Nota de falecimentoNota de falecimento
Nota de falecimento
 
A páscoa cristã
A páscoa cristãA páscoa cristã
A páscoa cristã
 
Estudo pascoa
Estudo pascoa Estudo pascoa
Estudo pascoa
 
A REGRA DE OURO DA FAMILIA
A REGRA DE OURO DA FAMILIAA REGRA DE OURO DA FAMILIA
A REGRA DE OURO DA FAMILIA
 

Destaque

ο ερωτας στην τέχνη
ο ερωτας στην τέχνηο ερωτας στην τέχνη
ο ερωτας στην τέχνη
gioula3
 
Crushed Grape promo
Crushed Grape promoCrushed Grape promo
Crushed Grape promo
Shelley Myers
 
The Power of Compounding
The Power of CompoundingThe Power of Compounding
The Power of Compounding
Shannon Boschy
 
Henry fayol
Henry fayolHenry fayol
Henry fayol
Pandora Atenea
 
Normas uso biblio
Normas uso biblioNormas uso biblio
Normas uso biblio
arboleda2014
 
Pembenihan Ikan Karper
Pembenihan Ikan KarperPembenihan Ikan Karper
Pembenihan Ikan Karper
Agus Rochdianto
 
método científico
método científicométodo científico
método científico
Gianluca Ercolano
 
MPalazzoRes 7-2015
MPalazzoRes 7-2015MPalazzoRes 7-2015
MPalazzoRes 7-2015
Michelle Palazzo
 
Pamela
PamelaPamela
Pamela
PameVasquez
 
Decalago
DecalagoDecalago
Decalago
JenniLiu
 
Unacem recibe distintivo de empresa socialmente responsable
Unacem recibe distintivo de empresa socialmente responsableUnacem recibe distintivo de empresa socialmente responsable
Unacem recibe distintivo de empresa socialmente responsable
Perú 2021
 
test
testtest
test
bixxx
 
LESSON NOTE YEAR 1 - W1D3
LESSON NOTE YEAR 1 - W1D3LESSON NOTE YEAR 1 - W1D3
LESSON NOTE YEAR 1 - W1D3
Aida Omer
 
Autoafirmación pgr 2016
Autoafirmación pgr 2016Autoafirmación pgr 2016
Autoafirmación pgr 2016
fomtv
 
Office2010 iconsgallery
Office2010 iconsgalleryOffice2010 iconsgallery
Office2010 iconsgallery
SSU Foundation
 
Lectura para 1n36
Lectura para 1n36Lectura para 1n36
Lectura para 1n36
Richard Romero Puma
 

Destaque (18)

ο ερωτας στην τέχνη
ο ερωτας στην τέχνηο ερωτας στην τέχνη
ο ερωτας στην τέχνη
 
Crushed Grape promo
Crushed Grape promoCrushed Grape promo
Crushed Grape promo
 
The Power of Compounding
The Power of CompoundingThe Power of Compounding
The Power of Compounding
 
Henry fayol
Henry fayolHenry fayol
Henry fayol
 
Normas uso biblio
Normas uso biblioNormas uso biblio
Normas uso biblio
 
Pembenihan Ikan Karper
Pembenihan Ikan KarperPembenihan Ikan Karper
Pembenihan Ikan Karper
 
método científico
método científicométodo científico
método científico
 
MPalazzoRes 7-2015
MPalazzoRes 7-2015MPalazzoRes 7-2015
MPalazzoRes 7-2015
 
Pamela
PamelaPamela
Pamela
 
Decalago
DecalagoDecalago
Decalago
 
Unacem recibe distintivo de empresa socialmente responsable
Unacem recibe distintivo de empresa socialmente responsableUnacem recibe distintivo de empresa socialmente responsable
Unacem recibe distintivo de empresa socialmente responsable
 
Prevision mardi
Prevision mardiPrevision mardi
Prevision mardi
 
test
testtest
test
 
LESSON NOTE YEAR 1 - W1D3
LESSON NOTE YEAR 1 - W1D3LESSON NOTE YEAR 1 - W1D3
LESSON NOTE YEAR 1 - W1D3
 
1885 86 images
1885 86 images1885 86 images
1885 86 images
 
Autoafirmación pgr 2016
Autoafirmación pgr 2016Autoafirmación pgr 2016
Autoafirmación pgr 2016
 
Office2010 iconsgallery
Office2010 iconsgalleryOffice2010 iconsgallery
Office2010 iconsgallery
 
Lectura para 1n36
Lectura para 1n36Lectura para 1n36
Lectura para 1n36
 

Semelhante a Doc6 a semana santa e o espiritismo

A luz
A luzA luz
A Luz
A LuzA Luz
Novos horizontes ed. junho 2015
Novos horizontes ed. junho 2015 Novos horizontes ed. junho 2015
Novos horizontes ed. junho 2015
Pascom Paroquia Nssc
 
Folha de São Pedro - O Jornal da Paróquia de São Pedro (Salvador-BA) - Abril ...
Folha de São Pedro - O Jornal da Paróquia de São Pedro (Salvador-BA) - Abril ...Folha de São Pedro - O Jornal da Paróquia de São Pedro (Salvador-BA) - Abril ...
Folha de São Pedro - O Jornal da Paróquia de São Pedro (Salvador-BA) - Abril ...
ParoquiaDeSaoPedro
 
A questão da idolatria
A questão da idolatriaA questão da idolatria
A questão da idolatria
Manoel Moreira
 
Credo parte 4
Credo parte 4Credo parte 4
Páscoa
Páscoa Páscoa
Páscoa
santuario13
 
Palestra Natal e Espiritismo
Palestra Natal e EspiritismoPalestra Natal e Espiritismo
Palestra Natal e Espiritismo
Victor Passos
 
62 boletim da ipbjn - 31-03-2013
62   boletim da ipbjn - 31-03-201362   boletim da ipbjn - 31-03-2013
62 boletim da ipbjn - 31-03-2013
ipbjn
 
Cateq pt 12
Cateq pt 12Cateq pt 12
Cateq pt 12
Cursos Católicos
 
Palestra de natal
Palestra de natalPalestra de natal
Palestra de natal
Sergio Lino
 
O Evangelho De Judas Ebd Abril De 2006
O Evangelho De Judas Ebd Abril De 2006O Evangelho De Judas Ebd Abril De 2006
O Evangelho De Judas Ebd Abril De 2006
Evaldo Beranger
 
Espiritualidade
EspiritualidadeEspiritualidade
Espiritualidade
AGUINALDO MARAGNO
 
Espiritualidade
EspiritualidadeEspiritualidade
Espiritualidade
AGUINALDO MARAGNO
 
O evangelho de judas
O evangelho de judasO evangelho de judas
O evangelho de judas
Simone Pitta
 
Ult+326
Ult+326Ult+326
Ult+326
Francisco Sá
 
Boletim informativo fevereiro 2012
Boletim informativo fevereiro 2012Boletim informativo fevereiro 2012
Boletim informativo fevereiro 2012
fespiritacrista
 
Boletim informativo fevereiro 2012
Boletim informativo   fevereiro 2012Boletim informativo   fevereiro 2012
Boletim informativo fevereiro 2012
fespiritacrista
 
Série Eucaristia (Frei Rogério Soares)
Série Eucaristia (Frei Rogério Soares)Série Eucaristia (Frei Rogério Soares)
Série Eucaristia (Frei Rogério Soares)
FreiRogerio
 
Ahistoria da igreja parte 02
Ahistoria da igreja parte 02Ahistoria da igreja parte 02
Ahistoria da igreja parte 02
Mauricio Borges
 

Semelhante a Doc6 a semana santa e o espiritismo (20)

A luz
A luzA luz
A luz
 
A Luz
A LuzA Luz
A Luz
 
Novos horizontes ed. junho 2015
Novos horizontes ed. junho 2015 Novos horizontes ed. junho 2015
Novos horizontes ed. junho 2015
 
Folha de São Pedro - O Jornal da Paróquia de São Pedro (Salvador-BA) - Abril ...
Folha de São Pedro - O Jornal da Paróquia de São Pedro (Salvador-BA) - Abril ...Folha de São Pedro - O Jornal da Paróquia de São Pedro (Salvador-BA) - Abril ...
Folha de São Pedro - O Jornal da Paróquia de São Pedro (Salvador-BA) - Abril ...
 
A questão da idolatria
A questão da idolatriaA questão da idolatria
A questão da idolatria
 
Credo parte 4
Credo parte 4Credo parte 4
Credo parte 4
 
Páscoa
Páscoa Páscoa
Páscoa
 
Palestra Natal e Espiritismo
Palestra Natal e EspiritismoPalestra Natal e Espiritismo
Palestra Natal e Espiritismo
 
62 boletim da ipbjn - 31-03-2013
62   boletim da ipbjn - 31-03-201362   boletim da ipbjn - 31-03-2013
62 boletim da ipbjn - 31-03-2013
 
Cateq pt 12
Cateq pt 12Cateq pt 12
Cateq pt 12
 
Palestra de natal
Palestra de natalPalestra de natal
Palestra de natal
 
O Evangelho De Judas Ebd Abril De 2006
O Evangelho De Judas Ebd Abril De 2006O Evangelho De Judas Ebd Abril De 2006
O Evangelho De Judas Ebd Abril De 2006
 
Espiritualidade
EspiritualidadeEspiritualidade
Espiritualidade
 
Espiritualidade
EspiritualidadeEspiritualidade
Espiritualidade
 
O evangelho de judas
O evangelho de judasO evangelho de judas
O evangelho de judas
 
Ult+326
Ult+326Ult+326
Ult+326
 
Boletim informativo fevereiro 2012
Boletim informativo fevereiro 2012Boletim informativo fevereiro 2012
Boletim informativo fevereiro 2012
 
Boletim informativo fevereiro 2012
Boletim informativo   fevereiro 2012Boletim informativo   fevereiro 2012
Boletim informativo fevereiro 2012
 
Série Eucaristia (Frei Rogério Soares)
Série Eucaristia (Frei Rogério Soares)Série Eucaristia (Frei Rogério Soares)
Série Eucaristia (Frei Rogério Soares)
 
Ahistoria da igreja parte 02
Ahistoria da igreja parte 02Ahistoria da igreja parte 02
Ahistoria da igreja parte 02
 

Mais de Neusa Lustosa

Os sonhos
Os sonhosOs sonhos
Os sonhos
Neusa Lustosa
 
Palestra Conflitos Conjugais
Palestra Conflitos ConjugaisPalestra Conflitos Conjugais
Palestra Conflitos Conjugais
Neusa Lustosa
 
Obsessão e suas características
Obsessão e suas característicasObsessão e suas características
Obsessão e suas características
Neusa Lustosa
 
Obsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessãoObsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessão
Neusa Lustosa
 
Visaoespiritasonosonhos
VisaoespiritasonosonhosVisaoespiritasonosonhos
Visaoespiritasonosonhos
Neusa Lustosa
 
Doc7 conflitos conjugais
Doc7 conflitos conjugaisDoc7 conflitos conjugais
Doc7 conflitos conjugais
Neusa Lustosa
 
Doc5 justiça da reencarnação
Doc5   justiça da reencarnaçãoDoc5   justiça da reencarnação
Doc5 justiça da reencarnação
Neusa Lustosa
 
Doc4 profecias e espiritismo
Doc4   profecias e espiritismoDoc4   profecias e espiritismo
Doc4 profecias e espiritismo
Neusa Lustosa
 
Doc3 obsessão e desobsessão
Doc3   obsessão e desobsessãoDoc3   obsessão e desobsessão
Doc3 obsessão e desobsessão
Neusa Lustosa
 
Doc2 sonhos
Doc2 sonhosDoc2 sonhos
Doc2 sonhos
Neusa Lustosa
 
Doc2 o passe
Doc2   o passeDoc2   o passe
Doc2 o passe
Neusa Lustosa
 
Doc1 tratamento espiritual
Doc1 tratamento espiritualDoc1 tratamento espiritual
Doc1 tratamento espiritual
Neusa Lustosa
 
Doc1 depressão
Doc1 depressãoDoc1 depressão
Doc1 depressão
Neusa Lustosa
 

Mais de Neusa Lustosa (13)

Os sonhos
Os sonhosOs sonhos
Os sonhos
 
Palestra Conflitos Conjugais
Palestra Conflitos ConjugaisPalestra Conflitos Conjugais
Palestra Conflitos Conjugais
 
Obsessão e suas características
Obsessão e suas característicasObsessão e suas características
Obsessão e suas características
 
Obsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessãoObsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessão
 
Visaoespiritasonosonhos
VisaoespiritasonosonhosVisaoespiritasonosonhos
Visaoespiritasonosonhos
 
Doc7 conflitos conjugais
Doc7 conflitos conjugaisDoc7 conflitos conjugais
Doc7 conflitos conjugais
 
Doc5 justiça da reencarnação
Doc5   justiça da reencarnaçãoDoc5   justiça da reencarnação
Doc5 justiça da reencarnação
 
Doc4 profecias e espiritismo
Doc4   profecias e espiritismoDoc4   profecias e espiritismo
Doc4 profecias e espiritismo
 
Doc3 obsessão e desobsessão
Doc3   obsessão e desobsessãoDoc3   obsessão e desobsessão
Doc3 obsessão e desobsessão
 
Doc2 sonhos
Doc2 sonhosDoc2 sonhos
Doc2 sonhos
 
Doc2 o passe
Doc2   o passeDoc2   o passe
Doc2 o passe
 
Doc1 tratamento espiritual
Doc1 tratamento espiritualDoc1 tratamento espiritual
Doc1 tratamento espiritual
 
Doc1 depressão
Doc1 depressãoDoc1 depressão
Doc1 depressão
 

Último

Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptxApresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
AlexandreCarvalho858758
 
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf radedgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
carla983678
 
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptxBatismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
nadeclarice
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
DavidBertelli3
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
Rogério Augusto Ayres de Araujo
 
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
PIB Penha
 
3 - O Caráter do Cristão 2. Lição 3: O CARÁTER DO CRISTÃO (2)
3 - O Caráter do Cristão 2. Lição 3: O CARÁTER DO CRISTÃO (2)3 - O Caráter do Cristão 2. Lição 3: O CARÁTER DO CRISTÃO (2)
3 - O Caráter do Cristão 2. Lição 3: O CARÁTER DO CRISTÃO (2)
PIB Penha
 
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são pe...
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são  pe...2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são  pe...
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são pe...
PIB Penha
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Ricardo Azevedo
 
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
PIB Penha
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
AntonioMugiba
 
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.pptEncontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
SanturioTacararu
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
Nilson Almeida
 
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
EdimarEdigesso
 
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
Marta Gomes
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
PIB Penha
 
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.128 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
PIB Penha
 

Último (20)

Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptxApresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
 
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf radedgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
 
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptxBatismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
 
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
 
3 - O Caráter do Cristão 2. Lição 3: O CARÁTER DO CRISTÃO (2)
3 - O Caráter do Cristão 2. Lição 3: O CARÁTER DO CRISTÃO (2)3 - O Caráter do Cristão 2. Lição 3: O CARÁTER DO CRISTÃO (2)
3 - O Caráter do Cristão 2. Lição 3: O CARÁTER DO CRISTÃO (2)
 
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são pe...
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são  pe...2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são  pe...
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são pe...
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
 
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
 
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.pptEncontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
 
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
 
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
 
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.128 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
 

Doc6 a semana santa e o espiritismo

  • 1. Cuida da tua identidade crística. SEMANA SANTA NA VISÃO ESPÍRITA Mantém-te simples e sem atavios. 1. INTRODUÇÃO Cultiva a bondade e faze-te útil. Como o Espiritismo vê os fatos da Sexta-feira Santa? Qual o Sorri e ama, auxiliando sempre. procedimento do espírita no “sábado de aleluia”? E o domingo Não importa que não sejas conhecido ou afamado, lutando porém para seres iluminado. de Páscoa? 2. NA DOUTRINA ESPÍRITA Apresenta Jesus e oculta-te, recorda-O e Não há “semana santa” nem esquece as tuas ambições enganosas, fazendo que quaresma todos aqueles que se te acerquem, vejam-nO em ti. É uma prática católica, apenas Vinculado a Jesus, seja a tua identidade dEle. Comemos carne na sexta-feira 3. A VINDA DE JESUS DE NAZARÉ Mil anos para sua descida à Terra O maior médium de Deus – Jesus Cristo ( o ungido) Os ensinamentos de Jesus – suas parábolas 4. OS MILAGRES DE JESUS Água em vinho A cura do cego (ex. de Chico que lambeu uma ferida) A cura dos 10 leprosos Expulsão dos demônios A mulher hemorrágica Ressurreição de Lázaro 5. A TRAIÇÃO DE JUDAS Os Evangelhos Apócrifos - o Evangelho de Judas O verdadeiro desejo de Judas A malhação de Judas 6. A MORTE DE JESUS CRISTO Apenas 33 anos de existência A cruxificação A descida de Jesus à “mansão dos mortos” A salvação de Judas 7. A RESSURREIÇÃO DE JESUS O corpo de Jesus A visita aos apóstolos (materialização) A Páscoa: libertação espiritual 8. A MENSAGEM DO CRISTO “Amai a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo.”