SlideShare uma empresa Scribd logo
crescimentopopulacional-160425141321.pdf
O crescimento populacional no mundo é
caracterizado como o aumento do número de
habitantes no planeta. Esse fenômeno é
consequência do crescimento vegetativo,
obtido através do saldo entre as taxas de
natalidade (nascimentos) e de mortalidade
(mortes). Quando a taxa de natalidade é
superior à taxa de mortalidade, temos um
crescimento vegetativo positivo, caso
contrário, a taxa é negativa.
CRESCIMENTO POPULACIONAL
DA SE POR ALGUNS FATORES
Taxa de natalidade: é o
número de crianças nascidas,
no período de um ano, para
cada 1.000 indivíduos na
população.
Taxa de mortalidade: é o número de óbitos, no
período de um ano, para cada 1.000 indivíduos na
população.
Ambas as taxas determinam o crescimento de uma
população. Esse crescimento também pode ser
afetado pela emigração e pela imigração.
O índice de fertilidade é o número
médio de descendentes gerados por uma
fêmea em seu período reprodutivo, esse
tipo de informação é muito útil em
certas populações para indicar aumento
ou diminuição da tendência ao
crescimento populacional.
ESTRUTURA ETÁRIA
A estrutura etária de uma população
costuma ser dividida em três faixas: os
jovens, que são do nascimento até 19
anos; os adultos, dos 20 anos até 59 anos e
os idosos, que vai dos 60 anos em diante.
As nações que possuem há varias décadas
baixos índices de natalidade e de
mortalidade, e uma expectativa de vida
elevada têm a grande maioria de sua
população na faixa etária dos adultos, uma
porcentagem de idosos relativamente alta
e a faixa dos jovens entre 30 a 35% do
total da população. Já os países
subdesenvolvidos, têm a maioria da
população na faixa jovem e a faixa dos
idosos bastante reduzida.
A estrutura etária de uma população não se
divide apenas nas três faixas (jovens, adultos,
idosos), pode-se também dividir a população
através de um gráfico, que se denomina
pirâmide etária, esse gráfico não informa
apenas informações sobre a faixa etária, mas
também da proporção dos sexos em cada
idade.
A pirâmide etária do Brasil tem sua base larga
e vai estreitando-se até atingir o topo, isso que
dizer que o numero de idosos é relativamente
pequeno. O gráfico do Brasil, mostra que
mesmo com todo o crescimento, continuamos a
ser um país jovem, pois no caso dos países
mais desenvolvidos, a base da pirâmide
costuma ser menos larga e o topo mais
dilatado.
Nas últimas décadas, ocorreu um aumento da terceira
idade e dos adultos e uma diminuição na porcentagem de
jovens, pois em 1950 a distribuição era a seguinte: 4,6% de
idosos, 43,1% de adultos e 52,3% de jovens. Isso aconteceu,
em decorrência da diminuição das taxas de mortalidade e
natalidade e do aumento da expectativa de vida. Apesar
dessa ligeira alteração nas porcentagens, o Brasil ainda
pode ser considerado como um país jovem, no sentido de
que as pessoas com até 19 anos de idade ainda constituem
a faixa mais numerosa da população. Além disso, a
proporção dos idoso no total da população é ainda pequena
em comparação a países como a Suécia ou os Estados
Unidos, sendo mais semelhante aos países do terceiro
mundo, mas conforme as pesquisas mostram, o Brasil está
caminhando para deixar de ser um país com um percentual
baixo de idosos.
crescimentopopulacional-160425141321.pdf
Existem contradições sobre a faixa etária do Brasil,
algumas pessoas dizem que o fato do Brasil ser um país
jovem é bom para o crescimento, outros dizem que isso é
um fator que atrapalha o sistema econômico. Esse fator
só seria positivo, se houvesse grandes investimentos na
educação e na saúde dos jovens, preparando-os para o
futuro. Mas como todos sabem, a situação da educação e
da saúde no Brasil não é das melhores, e que apenas uma
em cada 400 pessoas inicia ou conclui o ensino superior.
Com essa situação apenas as famílias de alta renda
poderão fornecer uma boa escolaridade aos seus filhos, e
com isso a situação do Brasil ser um país jovem não traz
benefícios nenhum.
crescimentopopulacional-160425141321.pdf
JAMERSON SILVA
ALENCAR
LEANDRO SOBREIRA
HELENILZA BRASIL
JESIONE
FRANCISCO LEONARDO
FONTES:
 INFO ESCOLA
 IBGE
 VESENTINI, Jose William. Brasil: sociedade &
espaço : geografia do Brasil. 28. ed. reform. e
atual. São Paulo: Atica, 1998. 352p. ISBN
8508070233

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a crescimentopopulacional-160425141321.pdf

1º Mc Grupo 03
1º Mc   Grupo 031º Mc   Grupo 03
1º Mc Grupo 03
ProfMario De Mori
 
2 o crescimento da população humana
2 o crescimento da população humana2 o crescimento da população humana
2 o crescimento da população humana
Pelo Siro
 
1º Ma Grupo 04
1º Ma   Grupo 041º Ma   Grupo 04
1º Ma Grupo 04
ProfMario De Mori
 
Geografia - População do Brasil
Geografia - População do BrasilGeografia - População do Brasil
Geografia - População do Brasil
Carson Souza
 
Aspectos da população mundial e do brasil 1º mb
Aspectos da população mundial e do brasil 1º mbAspectos da população mundial e do brasil 1º mb
Aspectos da população mundial e do brasil 1º mb
ProfMario De Mori
 
Aspectos da população mundial e do brasil 1º ma
Aspectos da população mundial e do brasil 1º maAspectos da população mundial e do brasil 1º ma
Aspectos da população mundial e do brasil 1º ma
ProfMario De Mori
 
País de idosos
País de idososPaís de idosos
País de idosos
dianalove15
 
Gb.16.indicadores.demograficos.fluxos.migratorios
Gb.16.indicadores.demograficos.fluxos.migratoriosGb.16.indicadores.demograficos.fluxos.migratorios
Gb.16.indicadores.demograficos.fluxos.migratorios
Fernando Machniewicz Knapik
 
Demografia
DemografiaDemografia
Demografia
Bruna Azevedo
 
Demografia
DemografiaDemografia
Demografia
profleofonseca
 
Evolução das populações: indicadores demográficos; estrutura etária das popul...
Evolução das populações: indicadores demográficos; estrutura etária das popul...Evolução das populações: indicadores demográficos; estrutura etária das popul...
Evolução das populações: indicadores demográficos; estrutura etária das popul...
inessalgado
 
Aspectos da população mundial e do brasil 1º mc
Aspectos da população mundial e do brasil 1º mcAspectos da população mundial e do brasil 1º mc
Aspectos da população mundial e do brasil 1º mc
ProfMario De Mori
 
Aula 7º (cap.4)
Aula 7º (cap.4)Aula 7º (cap.4)
Aula 7º (cap.4)
Alexandre Alves
 
REVISÃO DE CONTEÚDO SOBRE POPULAÇÃO
REVISÃO DE CONTEÚDO SOBRE POPULAÇÃOREVISÃO DE CONTEÚDO SOBRE POPULAÇÃO
REVISÃO DE CONTEÚDO SOBRE POPULAÇÃO
Conceição Fontolan
 
Aula 08 população do brasil
Aula 08   população do brasilAula 08   população do brasil
Aula 08 população do brasil
Jonatas Carlos
 
1º Va Grupo 03
1º Va   Grupo 031º Va   Grupo 03
1º Va Grupo 03
ProfMario De Mori
 
1º Va Grupo 03
1º Va   Grupo 031º Va   Grupo 03
1º Va Grupo 03
ProfMario De Mori
 
Demografia
DemografiaDemografia
Demografia
profleofonseca
 
Geografia - População, Demografia, Migração.
Geografia - População, Demografia, Migração.Geografia - População, Demografia, Migração.
Geografia - População, Demografia, Migração.
Carson Souza
 
Matéria lecionada
Matéria lecionadaMatéria lecionada
Matéria lecionada
Elisabete Muche
 

Semelhante a crescimentopopulacional-160425141321.pdf (20)

1º Mc Grupo 03
1º Mc   Grupo 031º Mc   Grupo 03
1º Mc Grupo 03
 
2 o crescimento da população humana
2 o crescimento da população humana2 o crescimento da população humana
2 o crescimento da população humana
 
1º Ma Grupo 04
1º Ma   Grupo 041º Ma   Grupo 04
1º Ma Grupo 04
 
Geografia - População do Brasil
Geografia - População do BrasilGeografia - População do Brasil
Geografia - População do Brasil
 
Aspectos da população mundial e do brasil 1º mb
Aspectos da população mundial e do brasil 1º mbAspectos da população mundial e do brasil 1º mb
Aspectos da população mundial e do brasil 1º mb
 
Aspectos da população mundial e do brasil 1º ma
Aspectos da população mundial e do brasil 1º maAspectos da população mundial e do brasil 1º ma
Aspectos da população mundial e do brasil 1º ma
 
País de idosos
País de idososPaís de idosos
País de idosos
 
Gb.16.indicadores.demograficos.fluxos.migratorios
Gb.16.indicadores.demograficos.fluxos.migratoriosGb.16.indicadores.demograficos.fluxos.migratorios
Gb.16.indicadores.demograficos.fluxos.migratorios
 
Demografia
DemografiaDemografia
Demografia
 
Demografia
DemografiaDemografia
Demografia
 
Evolução das populações: indicadores demográficos; estrutura etária das popul...
Evolução das populações: indicadores demográficos; estrutura etária das popul...Evolução das populações: indicadores demográficos; estrutura etária das popul...
Evolução das populações: indicadores demográficos; estrutura etária das popul...
 
Aspectos da população mundial e do brasil 1º mc
Aspectos da população mundial e do brasil 1º mcAspectos da população mundial e do brasil 1º mc
Aspectos da população mundial e do brasil 1º mc
 
Aula 7º (cap.4)
Aula 7º (cap.4)Aula 7º (cap.4)
Aula 7º (cap.4)
 
REVISÃO DE CONTEÚDO SOBRE POPULAÇÃO
REVISÃO DE CONTEÚDO SOBRE POPULAÇÃOREVISÃO DE CONTEÚDO SOBRE POPULAÇÃO
REVISÃO DE CONTEÚDO SOBRE POPULAÇÃO
 
Aula 08 população do brasil
Aula 08   população do brasilAula 08   população do brasil
Aula 08 população do brasil
 
1º Va Grupo 03
1º Va   Grupo 031º Va   Grupo 03
1º Va Grupo 03
 
1º Va Grupo 03
1º Va   Grupo 031º Va   Grupo 03
1º Va Grupo 03
 
Demografia
DemografiaDemografia
Demografia
 
Geografia - População, Demografia, Migração.
Geografia - População, Demografia, Migração.Geografia - População, Demografia, Migração.
Geografia - População, Demografia, Migração.
 
Matéria lecionada
Matéria lecionadaMatéria lecionada
Matéria lecionada
 

Mais de HitaloSantos7

Slides 1 - Textual Genres.pptxvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvv...
Slides 1 - Textual Genres.pptxvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvv...Slides 1 - Textual Genres.pptxvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvv...
Slides 1 - Textual Genres.pptxvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvv...
HitaloSantos7
 
Fitossanidade, Sanidade e Suinocultura.pptx
Fitossanidade, Sanidade e Suinocultura.pptxFitossanidade, Sanidade e Suinocultura.pptx
Fitossanidade, Sanidade e Suinocultura.pptx
HitaloSantos7
 
sistema circulatorio Enfermagehhhhhm.pptx
sistema circulatorio Enfermagehhhhhm.pptxsistema circulatorio Enfermagehhhhhm.pptx
sistema circulatorio Enfermagehhhhhm.pptx
HitaloSantos7
 
SOCIOLOGIA-O acesso à educação, políticas de geração de empregos e renda como...
SOCIOLOGIA-O acesso à educação, políticas de geração de empregos e renda como...SOCIOLOGIA-O acesso à educação, políticas de geração de empregos e renda como...
SOCIOLOGIA-O acesso à educação, políticas de geração de empregos e renda como...
HitaloSantos7
 
SOCIOLOGIA-O acesso à educação, políticas de geração de empregos e renda como...
SOCIOLOGIA-O acesso à educação, políticas de geração de empregos e renda como...SOCIOLOGIA-O acesso à educação, políticas de geração de empregos e renda como...
SOCIOLOGIA-O acesso à educação, políticas de geração de empregos e renda como...
HitaloSantos7
 
Patrimonialismo, autoridade pessoal e tradição sagrada.pptx
Patrimonialismo, autoridade pessoal e tradição sagrada.pptxPatrimonialismo, autoridade pessoal e tradição sagrada.pptx
Patrimonialismo, autoridade pessoal e tradição sagrada.pptx
HitaloSantos7
 
SOCIOLOGIA- As Desigualdades sociais e o Mundo Trabalho_.pptx
SOCIOLOGIA- As Desigualdades sociais e o Mundo Trabalho_.pptxSOCIOLOGIA- As Desigualdades sociais e o Mundo Trabalho_.pptx
SOCIOLOGIA- As Desigualdades sociais e o Mundo Trabalho_.pptx
HitaloSantos7
 
Taylorismo e Fordismo _ Movimento operário brasileiro.pptx
Taylorismo e Fordismo _ Movimento operário brasileiro.pptxTaylorismo e Fordismo _ Movimento operário brasileiro.pptx
Taylorismo e Fordismo _ Movimento operário brasileiro.pptx
HitaloSantos7
 
ÉTICA AULA 02.pptxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
ÉTICA AULA 02.pptxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxÉTICA AULA 02.pptxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
ÉTICA AULA 02.pptxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
HitaloSantos7
 
Fertilidade e manejo do solo.pptxmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm
Fertilidade e manejo do solo.pptxmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmFertilidade e manejo do solo.pptxmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm
Fertilidade e manejo do solo.pptxmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm
HitaloSantos7
 
Uso de pontuação e acentuaçãgvvvvvvvvvvvo.pptx
Uso de pontuação e acentuaçãgvvvvvvvvvvvo.pptxUso de pontuação e acentuaçãgvvvvvvvvvvvo.pptx
Uso de pontuação e acentuaçãgvvvvvvvvvvvo.pptx
HitaloSantos7
 
26112018114232980 (1).pptxjhhhhhhhhhhhhh
26112018114232980 (1).pptxjhhhhhhhhhhhhh26112018114232980 (1).pptxjhhhhhhhhhhhhh
26112018114232980 (1).pptxjhhhhhhhhhhhhh
HitaloSantos7
 
Apresentação de Slides Corporativo Preto e Branco_20231026_193008_0000.pptx
Apresentação de Slides Corporativo Preto e Branco_20231026_193008_0000.pptxApresentação de Slides Corporativo Preto e Branco_20231026_193008_0000.pptx
Apresentação de Slides Corporativo Preto e Branco_20231026_193008_0000.pptx
HitaloSantos7
 
Documento 27 (4).pdfhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh
Documento 27 (4).pdfhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhDocumento 27 (4).pdfhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh
Documento 27 (4).pdfhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh
HitaloSantos7
 
sistema esqueletico -hisbbjjxjcjhbjbcbjx
sistema esqueletico -hisbbjjxjcjhbjbcbjxsistema esqueletico -hisbbjjxjcjhbjbcbjx
sistema esqueletico -hisbbjjxjcjhbjbcbjx
HitaloSantos7
 
cidadanianobrasil-190605142924.pptx
cidadanianobrasil-190605142924.pptxcidadanianobrasil-190605142924.pptx
cidadanianobrasil-190605142924.pptx
HitaloSantos7
 
Apresentação de Slides Corporativo Preto e Branco_20231026_193008_0000 (2).pdf
Apresentação de Slides Corporativo Preto e Branco_20231026_193008_0000 (2).pdfApresentação de Slides Corporativo Preto e Branco_20231026_193008_0000 (2).pdf
Apresentação de Slides Corporativo Preto e Branco_20231026_193008_0000 (2).pdf
HitaloSantos7
 
DOC_ORADOR_C_11886_K-Comissao-Permanente-CAE-20130917CNJ016_parte2460_RESULTA...
DOC_ORADOR_C_11886_K-Comissao-Permanente-CAE-20130917CNJ016_parte2460_RESULTA...DOC_ORADOR_C_11886_K-Comissao-Permanente-CAE-20130917CNJ016_parte2460_RESULTA...
DOC_ORADOR_C_11886_K-Comissao-Permanente-CAE-20130917CNJ016_parte2460_RESULTA...
HitaloSantos7
 

Mais de HitaloSantos7 (18)

Slides 1 - Textual Genres.pptxvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvv...
Slides 1 - Textual Genres.pptxvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvv...Slides 1 - Textual Genres.pptxvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvv...
Slides 1 - Textual Genres.pptxvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvv...
 
Fitossanidade, Sanidade e Suinocultura.pptx
Fitossanidade, Sanidade e Suinocultura.pptxFitossanidade, Sanidade e Suinocultura.pptx
Fitossanidade, Sanidade e Suinocultura.pptx
 
sistema circulatorio Enfermagehhhhhm.pptx
sistema circulatorio Enfermagehhhhhm.pptxsistema circulatorio Enfermagehhhhhm.pptx
sistema circulatorio Enfermagehhhhhm.pptx
 
SOCIOLOGIA-O acesso à educação, políticas de geração de empregos e renda como...
SOCIOLOGIA-O acesso à educação, políticas de geração de empregos e renda como...SOCIOLOGIA-O acesso à educação, políticas de geração de empregos e renda como...
SOCIOLOGIA-O acesso à educação, políticas de geração de empregos e renda como...
 
SOCIOLOGIA-O acesso à educação, políticas de geração de empregos e renda como...
SOCIOLOGIA-O acesso à educação, políticas de geração de empregos e renda como...SOCIOLOGIA-O acesso à educação, políticas de geração de empregos e renda como...
SOCIOLOGIA-O acesso à educação, políticas de geração de empregos e renda como...
 
Patrimonialismo, autoridade pessoal e tradição sagrada.pptx
Patrimonialismo, autoridade pessoal e tradição sagrada.pptxPatrimonialismo, autoridade pessoal e tradição sagrada.pptx
Patrimonialismo, autoridade pessoal e tradição sagrada.pptx
 
SOCIOLOGIA- As Desigualdades sociais e o Mundo Trabalho_.pptx
SOCIOLOGIA- As Desigualdades sociais e o Mundo Trabalho_.pptxSOCIOLOGIA- As Desigualdades sociais e o Mundo Trabalho_.pptx
SOCIOLOGIA- As Desigualdades sociais e o Mundo Trabalho_.pptx
 
Taylorismo e Fordismo _ Movimento operário brasileiro.pptx
Taylorismo e Fordismo _ Movimento operário brasileiro.pptxTaylorismo e Fordismo _ Movimento operário brasileiro.pptx
Taylorismo e Fordismo _ Movimento operário brasileiro.pptx
 
ÉTICA AULA 02.pptxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
ÉTICA AULA 02.pptxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxÉTICA AULA 02.pptxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
ÉTICA AULA 02.pptxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
 
Fertilidade e manejo do solo.pptxmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm
Fertilidade e manejo do solo.pptxmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmFertilidade e manejo do solo.pptxmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm
Fertilidade e manejo do solo.pptxmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm
 
Uso de pontuação e acentuaçãgvvvvvvvvvvvo.pptx
Uso de pontuação e acentuaçãgvvvvvvvvvvvo.pptxUso de pontuação e acentuaçãgvvvvvvvvvvvo.pptx
Uso de pontuação e acentuaçãgvvvvvvvvvvvo.pptx
 
26112018114232980 (1).pptxjhhhhhhhhhhhhh
26112018114232980 (1).pptxjhhhhhhhhhhhhh26112018114232980 (1).pptxjhhhhhhhhhhhhh
26112018114232980 (1).pptxjhhhhhhhhhhhhh
 
Apresentação de Slides Corporativo Preto e Branco_20231026_193008_0000.pptx
Apresentação de Slides Corporativo Preto e Branco_20231026_193008_0000.pptxApresentação de Slides Corporativo Preto e Branco_20231026_193008_0000.pptx
Apresentação de Slides Corporativo Preto e Branco_20231026_193008_0000.pptx
 
Documento 27 (4).pdfhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh
Documento 27 (4).pdfhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhDocumento 27 (4).pdfhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh
Documento 27 (4).pdfhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh
 
sistema esqueletico -hisbbjjxjcjhbjbcbjx
sistema esqueletico -hisbbjjxjcjhbjbcbjxsistema esqueletico -hisbbjjxjcjhbjbcbjx
sistema esqueletico -hisbbjjxjcjhbjbcbjx
 
cidadanianobrasil-190605142924.pptx
cidadanianobrasil-190605142924.pptxcidadanianobrasil-190605142924.pptx
cidadanianobrasil-190605142924.pptx
 
Apresentação de Slides Corporativo Preto e Branco_20231026_193008_0000 (2).pdf
Apresentação de Slides Corporativo Preto e Branco_20231026_193008_0000 (2).pdfApresentação de Slides Corporativo Preto e Branco_20231026_193008_0000 (2).pdf
Apresentação de Slides Corporativo Preto e Branco_20231026_193008_0000 (2).pdf
 
DOC_ORADOR_C_11886_K-Comissao-Permanente-CAE-20130917CNJ016_parte2460_RESULTA...
DOC_ORADOR_C_11886_K-Comissao-Permanente-CAE-20130917CNJ016_parte2460_RESULTA...DOC_ORADOR_C_11886_K-Comissao-Permanente-CAE-20130917CNJ016_parte2460_RESULTA...
DOC_ORADOR_C_11886_K-Comissao-Permanente-CAE-20130917CNJ016_parte2460_RESULTA...
 

crescimentopopulacional-160425141321.pdf

  • 2. O crescimento populacional no mundo é caracterizado como o aumento do número de habitantes no planeta. Esse fenômeno é consequência do crescimento vegetativo, obtido através do saldo entre as taxas de natalidade (nascimentos) e de mortalidade (mortes). Quando a taxa de natalidade é superior à taxa de mortalidade, temos um crescimento vegetativo positivo, caso contrário, a taxa é negativa.
  • 3. CRESCIMENTO POPULACIONAL DA SE POR ALGUNS FATORES
  • 4. Taxa de natalidade: é o número de crianças nascidas, no período de um ano, para cada 1.000 indivíduos na população.
  • 5. Taxa de mortalidade: é o número de óbitos, no período de um ano, para cada 1.000 indivíduos na população. Ambas as taxas determinam o crescimento de uma população. Esse crescimento também pode ser afetado pela emigração e pela imigração.
  • 6. O índice de fertilidade é o número médio de descendentes gerados por uma fêmea em seu período reprodutivo, esse tipo de informação é muito útil em certas populações para indicar aumento ou diminuição da tendência ao crescimento populacional.
  • 8. A estrutura etária de uma população costuma ser dividida em três faixas: os jovens, que são do nascimento até 19 anos; os adultos, dos 20 anos até 59 anos e os idosos, que vai dos 60 anos em diante. As nações que possuem há varias décadas baixos índices de natalidade e de mortalidade, e uma expectativa de vida elevada têm a grande maioria de sua população na faixa etária dos adultos, uma porcentagem de idosos relativamente alta e a faixa dos jovens entre 30 a 35% do total da população. Já os países subdesenvolvidos, têm a maioria da população na faixa jovem e a faixa dos idosos bastante reduzida.
  • 9. A estrutura etária de uma população não se divide apenas nas três faixas (jovens, adultos, idosos), pode-se também dividir a população através de um gráfico, que se denomina pirâmide etária, esse gráfico não informa apenas informações sobre a faixa etária, mas também da proporção dos sexos em cada idade. A pirâmide etária do Brasil tem sua base larga e vai estreitando-se até atingir o topo, isso que dizer que o numero de idosos é relativamente pequeno. O gráfico do Brasil, mostra que mesmo com todo o crescimento, continuamos a ser um país jovem, pois no caso dos países mais desenvolvidos, a base da pirâmide costuma ser menos larga e o topo mais dilatado.
  • 10. Nas últimas décadas, ocorreu um aumento da terceira idade e dos adultos e uma diminuição na porcentagem de jovens, pois em 1950 a distribuição era a seguinte: 4,6% de idosos, 43,1% de adultos e 52,3% de jovens. Isso aconteceu, em decorrência da diminuição das taxas de mortalidade e natalidade e do aumento da expectativa de vida. Apesar dessa ligeira alteração nas porcentagens, o Brasil ainda pode ser considerado como um país jovem, no sentido de que as pessoas com até 19 anos de idade ainda constituem a faixa mais numerosa da população. Além disso, a proporção dos idoso no total da população é ainda pequena em comparação a países como a Suécia ou os Estados Unidos, sendo mais semelhante aos países do terceiro mundo, mas conforme as pesquisas mostram, o Brasil está caminhando para deixar de ser um país com um percentual baixo de idosos.
  • 12. Existem contradições sobre a faixa etária do Brasil, algumas pessoas dizem que o fato do Brasil ser um país jovem é bom para o crescimento, outros dizem que isso é um fator que atrapalha o sistema econômico. Esse fator só seria positivo, se houvesse grandes investimentos na educação e na saúde dos jovens, preparando-os para o futuro. Mas como todos sabem, a situação da educação e da saúde no Brasil não é das melhores, e que apenas uma em cada 400 pessoas inicia ou conclui o ensino superior. Com essa situação apenas as famílias de alta renda poderão fornecer uma boa escolaridade aos seus filhos, e com isso a situação do Brasil ser um país jovem não traz benefícios nenhum.
  • 14. JAMERSON SILVA ALENCAR LEANDRO SOBREIRA HELENILZA BRASIL JESIONE FRANCISCO LEONARDO
  • 15. FONTES:  INFO ESCOLA  IBGE  VESENTINI, Jose William. Brasil: sociedade & espaço : geografia do Brasil. 28. ed. reform. e atual. São Paulo: Atica, 1998. 352p. ISBN 8508070233