SlideShare uma empresa Scribd logo
Exercícios para fixação e revisão.
  1.Pesquisamos o assunto;  estávamos, pois, preparados . Oração coordenada:   a) assindética b) sindética explicativa c) sindética conclusiva d) sindética aditiva
  1.Pesquisamos o assunto;  estávamos, pois, preparados . Oração coordenada:   a) assindética b) sindética explicativa c) sindética conclusiva d) sindética aditiva
  2. Assinale a oração coordenada sindética explicativa. a) Foi à praia  e não tomou banho . b) “Penso,  logo existo .” c) Espere-me lá fora,  que preciso falar-lhe . d) Não só pintava,  mas também fazia versos .
  2. Assinale a oração coordenada sindética explicativa. a) Foi à praia  e não tomou banho . b) “Penso,  logo existo .” c) Espere-me lá fora,  que preciso falar-lhe . d) Não só pintava,  mas também fazia versos .
3. Marque a opção em que o período não apresenta orações coordenadas.   a) Ou pagas a prestação, ou perderás o aparelho. b) Ele é um bom filho, logo será um bom marido. c) Dizem por aí que haverá uma paralisação. d) Marcos é grego, no entanto torce pela Itália.
3. Marque a opção em que o período não apresenta orações coordenadas.   a) Ou pagas a prestação, ou perderás o aparelho. b) Ele é um bom filho, logo será um bom marido. c) Dizem por aí que haverá uma paralisação. d) Marcos é grego, no entanto torce pela Itália.
4) Assinale a oração subordinada adjetiva restritiva.   a) Convém  que nos respeitemos . b) A chuva  que caiu ontem salvará a plantação . c) Desejo  que sejas feliz . d) Cabral,  que descobriu o Brasil , era um grande navegante português.
4) Assinale a oração subordinada adjetiva restritiva.   a) Convém  que nos respeitemos . b) A chuva  que caiu ontem salvará a plantação . c) Desejo  que sejas feliz . d) Cabral,  que descobriu o Brasil , era um grande navegante português.
5) Na oração “Todos perceberam o problema”, o termo em destaque exerce a mesma função sintática da oração grifada em:   a) Preciso  de que me ajudem . b) Receava  que a comia acabasse . c) Expliquei tudo,  todavia ele não compreendeu . d) Recebi o computador  que havia encomendado .  
5) Na oração “Todos perceberam o problema”, o termo em destaque exerce a mesma função sintática da oração grifada em:   a) Preciso  de que me ajudem . b) Receava  que a comia acabasse . c) Expliquei tudo,  todavia ele não compreendeu . d) Recebi o computador  que havia encomendado .  
6) Assinale o período que apresenta oração subordinada adjetiva restritiva.   a) Veja onde está o cachorro. b) Não me disseram que era tarde. c) Estava sujo o rio onde ele se lavou. d) É bom que venham todos.  
6) Assinale o período que apresenta oração subordinada adjetiva restritiva.   a) Veja onde está o cachorro. b) Não me disseram que era tarde. c) Estava sujo o rio onde ele se lavou. d) É bom que venham todos.  
7) Só não há oração subordinada adjetiva em:   a) Tudo que falou estava correto. b) A pessoa de quem fiz queixa desculpou-se. c) Todos quantos aqui estão são amigos. d) O normal seria que ele falasse alguma coisa.  
7) Só não há oração subordinada adjetiva em:   a) Tudo que falou estava correto. b) A pessoa de quem fiz queixa desculpou-se. c) Todos quantos aqui estão são amigos. d) O normal seria que ele falasse alguma coisa.  
7) Só não há oração subordinada adjetiva em:   a) Tudo que falou estava correto. b) A pessoa de quem fiz queixa desculpou-se. c) Todos quantos aqui estão são amigos. d) O normal seria que ele falasse alguma coisa.  
8) Assinale o exemplo de oração subordinada adjetiva explicativa.   a) O livro cujo autor conheci está esgotado. b) Paulo, que é português, não gostou da brincadeira. c) Os meninos, quando viram a mãe, sorriram. d) Escreva mais, que sua letra está muito ruim.  
8) Assinale o exemplo de oração subordinada adjetiva explicativa.   a) O livro cujo autor conheci está esgotado. b) Paulo, que é português, não gostou da brincadeira. c) Os meninos, quando viram a mãe, sorriram. d) Escreva mais, que sua letra está muito ruim.  
9) Não sabia  que estava sendo filmado . Oração subordinada substantiva:   Subjetiva  c) predicativa b) objetiva direta  d) objetiva indireta  
9) Não sabia  que estava sendo filmado . Oração subordinada substantiva:   Subjetiva  c) predicativa b) objetiva direta  d) objetiva indireta  
10) É importante  que reformem todo o prédio . Oração subordinada substantiva:   a) objetiva direta  c) apositiva b) Subjetiva  d) predicativa  
10) É importante  que reformem todo o prédio . Oração subordinada substantiva:   a) objetiva direta  c) apositiva b) Subjetiva  d) predicativa  
11) Não tenho dúvida  de que vencerei as dificuldades . Oração subordinada substantiva:   a) objetiva indireta  c) apositiva b) subjetiva  d) completiva nominal  
11) Não tenho dúvida  de que vencerei as dificuldades . Oração subordinada substantiva:   a) objetiva indireta  c) apositiva b) subjetiva  d) completiva nominal  
12) Assinale o erro na análise da oração subordinada substantiva.   a) A verdade é  que poucos se interessam pelo caso.  (predicativa) b) É certo  que voltarei amanhã . (subjetiva) c) Só dizia uma coisa:  que era inocente . (apositiva) d) Aspiro  a que todos sejam aprovados . (completiva nominal)  
12) Assinale o erro na análise da oração subordinada substantiva.   a) A verdade é  que poucos se interessam pelo caso.  (predicativa) b) É certo  que voltarei amanhã . (subjetiva) c) Só dizia uma coisa:  que era inocente . (apositiva) d) Aspiro  a que todos sejam aprovados . (completiva nominal)  
13) Assinale a opção em que a oração destacada exerce a mesma função sintática do termo grifado na frase abaixo.   Nós  a  entregaremos amanhã.   a) O bom seria  que ninguém dissesse nada . b) Tinha medo  de que o prejudicassem . c) Após a palestra, Luís afirmou  que tudo mudaria . d) Urge  que nos apressemos .  
13) Assinale a opção em que a oração destacada exerce a mesma função sintática do termo grifado na frase abaixo.   Nós  a  entregaremos amanhã.   a) O bom seria  que ninguém dissesse nada . b) Tinha medo  de que o prejudicassem . c) Após a palestra, Luís afirmou  que tudo mudaria . d) Urge  que nos apressemos .  
14) Eles saíram  assim que amanheceu . Oração subordinada adverbial:   a) causal  c) temporal b) condicional  d) proporcional  
14) Eles saíram  assim que amanheceu . Oração subordinada adverbial:   a) causal  c) temporal b) condicional  d) proporcional  
15) Cheguei bem cedo  uma vez que precisava preparar-me . Oração subordinada adverbial:   a) final  c) consecutiva b) comparativa  d) causal  
15) Cheguei bem cedo  uma vez que precisava preparar-me . Oração subordinada adverbial:   a) final  c) consecutiva b) comparativa  d) causal  
16)  Ainda que o ajudasse , ele não conseguiria. Oração subordinada adverbial:   a) concessiva  c) temporal b) conformativa  d) condicional  
16)  Ainda que o ajudasse , ele não conseguiria. Oração subordinada adverbial:   a) concessiva  c) temporal b) conformativa  d) condicional  
17)  Quanto mais pesquisa , mais descobre coisas interessantes. Oração subordinada adverbial:   a) causal  c) proporcional b) final  d) comparativa  
17)  Quanto mais pesquisa , mais descobre coisas interessantes. Oração subordinada adverbial:   a) causal  c) proporcional b) final  d) comparativa  
18) Comeu tanto  que passou mal .   Oração subordinada adverbial:   a) consecutiva  c) concessiva b) causal  d) proporcional
18) Comeu tanto  que passou mal .   Oração subordinada adverbial:   a) consecutiva  c) concessiva b) causal  d) proporcional
19) Era inteligente  como o pai .   Oração subordinada adverbial:   conformativa  c) temporal b) comparativa  d) concessiva
19) Era inteligente  como o pai .   Oração subordinada adverbial:   conformativa  c) temporal b) comparativa  d) concessiva
20) Assinale o erro na análise da oração subordinada adverbial.   a)  Se chover muito , a festa será adiada. (condicional) b) Abrimos a janela  para que entrasse o ar puro . (final) c) Agi  como eles determinaram . (comparativa) d)  Já que solicitaram , devolverei o produto. (causal)
20) Assinale o erro na análise da oração subordinada adverbial.   a)  Se chover muito , a festa será adiada. (condicional) b) Abrimos a janela  para que entrasse o ar puro . (final) c) Agi  como eles determinaram . (comparativa) d)  Já que solicitaram , devolverei o produto. (causal)
  21) Marque a opção em que o período apresenta orações com relacionamento de causa e conseqüência.   a) Entramos logo,  para que eles não nos vissem. b) Ia ficando vermelho  à medida que corria . c)  Como estava fraco , desistiu de participar da competição. d)  Desde que sejas sincero , conseguirás convencê-la.
  21) Marque a opção em que o período apresenta orações com relacionamento de causa e conseqüência.   a) Entramos logo,  para que eles não nos vissem. b) Ia ficando vermelho  à medida que corria . c)  Como estava fraco , desistiu de participar da competição. d)  Desde que sejas sincero , conseguirás convencê-la.
  22)  Doente que estivesse , viajou para a Europa. Oração subordinada adverbial:   a) conformativa b) temporal c) concessiva d) proporcional
  22)  Doente que estivesse , viajou para a Europa. Oração subordinada adverbial:   a) conformativa b) temporal c) concessiva d) proporcional
    23) Assinale o erro na análise da oração subordinada adverbial.   a)  Caso haja problemas , todos serão avisados. (condicional) b)  Segundo nos contaram , ele ficou muito aborrecido. (causal) c)  Assim que o trem chegou , todos embarcaram. (temporal) d)  Quanto menos cuidas da tua saúde , mais te aproximas da morte. (proporcional)
    23) Assinale o erro na análise da oração subordinada adverbial.   a)  Caso haja problemas , todos serão avisados. (condicional) b)  Segundo nos contaram , ele ficou muito aborrecido. (causal) c)  Assim que o trem chegou , todos embarcaram. (temporal) d)  Quanto menos cuidas da tua saúde , mais te aproximas da morte. (proporcional)
24) Marque a oração subordinada adverbial temporal.   a)  Desde que chegou , não ficou calado. b) Tamanho foi seu susto,  que perdeu a voz . c)  Caso duvidem , trarei documentos. d) Levantou os braços  para que todos o vissem .
24) Marque a oração subordinada adverbial temporal.   a)  Desde que chegou , não ficou calado. b) Tamanho foi seu susto,  que perdeu a voz . c)  Caso duvidem , trarei documentos. d) Levantou os braços  para que todos o vissem .
  25) Observe os períodos abaixo. Conquanto chorasse, não convenceu ninguém. Enquanto a roupa secava, a mulher preparava a comida. As orações iniciais têm, respectivamente, valor de:   a) concessão e tempo b) condição e proporção c) concessão e proporção d) tempo e causa
  25) Observe os períodos abaixo. Conquanto chorasse, não convenceu ninguém. Enquanto a roupa secava, a mulher preparava a comida. As orações iniciais têm, respectivamente, valor de:   a) concessão e tempo b) condição e proporção c) concessão e proporção d) tempo e causa
26) Assinale o erro de análise da oração em destaque. a) Constava nos autos  que eles haviam morrido . (subordinada substantiva objetiva direta) b) Necessitava  de que o levassem no colo . (subordinada substantiva objetiva indireta) c) Mostrou-me o instrumento  que seria utilizado . (subordinada adjetiva restritiva) d) Não entrarás  sem que a porta seja arrombada . (subordinada adverbial condicional)
26) Assinale o erro de análise da oração em destaque. a) Constava nos autos  que eles haviam morrido . (subordinada substantiva objetiva direta) b) Necessitava  de que o levassem no colo . (subordinada substantiva objetiva indireta) c) Mostrou-me o instrumento  que seria utilizado . (subordinada adjetiva restritiva) d) Não entrarás  sem que a porta seja arrombada . (subordinada adverbial condicional)
27) Marque o erro na análise da oração destacada.   a) Garantiu aquela funcionária  que eu seria convocado . (subordinada substantiva objetiva direta) b) Rodrigo , que trabalha ali , pode ajudar. (subordinada adjetiva explicativa) c) Fuja,  porque ele vem aí.  (subordinada adverbial causal) d) Não tinha dúvida  de que era estimado . (subordinada substantiva completiva nominal)
27) Marque o erro na análise da oração destacada.   a) Garantiu aquela funcionária  que eu seria convocado . (subordinada substantiva objetiva direta) b) Rodrigo , que trabalha ali , pode ajudar. (subordinada adjetiva explicativa) c) Fuja,  porque ele vem aí.  (subordinada adverbial causal) d) Não tinha dúvida  de que era estimado . (subordinada substantiva completiva nominal)
  28) Assinale o erro na análise da oração reduzida.   a) Após sair, o mecânico sentiu-se mal. (subordinada adverbial temporal reduzida de infinitivo) b) Tenho medo de errar. (subordinada substantiva completiva nominal reduzida de infinitivo) c) Vi um menino chorando. (subordinada adjetiva restritiva reduzida de gerúndio) d) Trabalhando mais, você teria progredido. (subordinada adverbial final reduzida de gerúndio)  
  28) Assinale o erro na análise da oração reduzida.   a) Após sair, o mecânico sentiu-se mal. (subordinada adverbial temporal reduzida de infinitivo) b) Tenho medo de errar. (subordinada substantiva completiva nominal reduzida de infinitivo) c) Vi um menino chorando. (subordinada adjetiva restritiva reduzida de gerúndio) d) Trabalhando mais, você teria progredido. (subordinada adverbial final reduzida de gerúndio)  
29) A oração reduzida que expressa finalidade é:   a) Encerrado o jogo, entregaram os troféus. b) Apressei-me para assistir ao jogo todo. c) Reclamando, nada conseguiu do patrão. d) Gostava de ser conduzido.  
29) A oração reduzida que expressa finalidade é:   a) Encerrado o jogo, entregaram os troféus. b) Apressei-me para assistir ao jogo todo. c) Reclamando, nada conseguiu do patrão. d) Gostava de ser conduzido.  
30) (CESGRANRIO) Assinale a classificação CORRETA da oração sublinhada.   “ Caíra no fim do pátio, debaixo de um juazeiro,  depois tomara conta da casa deserta ."   a) subordinada adverbial temporal b) subordinada adverbial proporcional c) subordinada adverbial consecutiva d) coordenada sindética conclusiva e) coordenada assindética  
30) (CESGRANRIO) Assinale a classificação CORRETA da oração sublinhada.   “ Caíra no fim do pátio, debaixo de um juazeiro,  depois tomara conta da casa deserta ."   a) subordinada adverbial temporal b) subordinada adverbial proporcional c) subordinada adverbial consecutiva d) coordenada sindética conclusiva e) coordenada assindética  
TEXTO PARA AS PRÓXIMAS 3 QUESTÕES.  Além de parecer não ter rotação, a Terra parece também estar imóvel no meio dos céus. Ptolomeu dá argumentos astronômicos para tentar mostrar isso. Para entender esses argumentos, é necessário lembrar que, na antigüidade, imaginava-se que todas as estrelas (mas não os planetas) estavam distribuídas sobre uma superfície esférica, cujo raio não parecia ser muito superior à distância da Terra aos planetas. Suponhamos agora que a Terra esteja no centro da esfera das estrelas.
Neste caso, o céu visível à noite deve abranger, de cada vez, exatamente a metade da esfera das estrelas. E assim parece realmente ocorrer: em qualquer noite, de horizonte a horizonte, é possível contemplar, a cada instante, a metade do zodíaco. Se, no entanto, a Terra estivesse longe do centro da esfera estrelar, então o campo de visão à noite não seria, em geral, a metade da esfera: algumas vezes poderíamos ver mais da metade, outras vêzes poderíamos ver menos da metade do  zodíaco, de horizonte a horizonte. Portanto, a evidência astronômica parece indicar que a Terra está no centro da esfera de estrelas. E se ela está sempre nesse centro, ela não se move em relação às estrelas.   (Roberto de A. Martins, Introdução geral ao "Commentariolus" de Nicolau Copérnico)  
31. O terceiro período ("Para entender esses... da Terra aos planetas.") representa, no texto, a) o principal argumento de Ptolomeu. b) o pressuposto da teoria de Ptolomeu. c) a base para as teorias posteriores à de Ptolomeu. d) a hipótese suficiente para Ptolomeu retomar as teorias anteriores. e) o fundamento para o desmentido da teoria de Ptolomeu.  
31. O terceiro período ("Para entender esses... da Terra aos planetas.") representa, no texto, a) o principal argumento de Ptolomeu. b) o pressuposto da teoria de Ptolomeu. c) a base para as teorias posteriores à de Ptolomeu. d) a hipótese suficiente para Ptolomeu retomar as teorias anteriores. e) o fundamento para o desmentido da teoria de Ptolomeu.  
32. Expressões que, no texto, denunciam subjetividade na apresentação dos fatos são: a) parece também estar imóvel - dá argumentos - é necessário lembrar. b) é necessário lembrar - imaginava-se - suponhamos. c) imaginava-se - esteja - deve abranger. d) tentar mostrar - suponhamos - parece realmente ocorrer. e) parece realmente ocorrer - é possível contemplar - não se move.  
32. Expressões que, no texto, denunciam subjetividade na apresentação dos fatos são: a) parece também estar imóvel - dá argumentos - é necessário lembrar. b) é necessário lembrar - imaginava-se - suponhamos. c) imaginava-se - esteja - deve abranger. d) tentar mostrar - suponhamos - parece realmente ocorrer. e) parece realmente ocorrer - é possível contemplar - não se move.  
33. Os termos "além de", "no entanto", "então", "portanto" estabelecem no texto, relações, respectivamente, de: a) distanciamento - objeção - tempo - efeito. b) adição - objeção - tempo - conclusão. c) distanciamento - conseqüência - conclusão - efeito. d) distanciamento - oposição - tempo - conseqüência. e) adição - oposição - conseqüência - conclusão.  
33. Os termos "além de", "no entanto", "então", "portanto" estabelecem no texto, relações, respectivamente, de: a) distanciamento - objeção - tempo - efeito. b) adição - objeção - tempo - conclusão. c) distanciamento - conseqüência - conclusão - efeito. d) distanciamento - oposição - tempo - conseqüência. e) adição - oposição - conseqüência - conclusão.  
34. (Fuvest) Leia as frases a seguir e assinale a que está correta. a) A jovem que eu lhe falei à pouco vai ser entrevistada. b) A jovem que a pouco foi entrevistada é aquela que eu lhe falei. c) A jovem de cuja eu lhe falei há pouco é aquela que foi entrevistada. d) A jovem que há pouco foi entrevistada é aquela que eu lhe falei. e) A jovem que há pouco foi entrevistada é aquela que eu lhe falei.
34. (Fuvest) Leia as frases a seguir e assinale a que está correta. a) A jovem que eu lhe falei à pouco vai ser entrevistada. b) A jovem que a pouco foi entrevistada é aquela que eu lhe falei. c) A jovem de cuja eu lhe falei há pouco é aquela que foi entrevistada. d) A jovem que há pouco foi entrevistada é aquela que eu lhe falei. e) A jovem que há pouco foi entrevistada é aquela que eu lhe falei.
35. (Ita) Cada alternativa da questão a seguir consta de dois itens. A primeira oração do item 1 deve estar na forma reduzida correta no item 2. Assinale a alternativa em que isso 'não' ocorre:   a) 1 - Porque saiu de casa, se machucou. 2 - Por sair de casa, se machucou. b) 1 - Quando saiu de casa, ouviu um apito. 2 - Tendo saído de casa, ouviu um apito. c) 1 - Já que se aprontara, queria ver o espetáculo. 2 - Tendo se aprontado, queria ver o espetáculo. d) 1 - Porque saiu da linha, foi despedido. 2 - Saindo da linha, foi despedido. e) 1 - Depois que soube o resultado, alegrou-se. 2 - Sabido o resultado, alegrou-se.
35. (Ita) Cada alternativa da questão a seguir consta de dois itens. A primeira oração do item 1 deve estar na forma reduzida correta no item 2. Assinale a alternativa em que isso 'não' ocorre:   a) 1 - Porque saiu de casa, se machucou. 2 - Por sair de casa, se machucou. b) 1 - Quando saiu de casa, ouviu um apito. 2 - Tendo saído de casa, ouviu um apito. c) 1 - Já que se aprontara, queria ver o espetáculo. 2 - Tendo se aprontado, queria ver o espetáculo. d) 1 - Porque saiu da linha, foi despedido. 2 - Saindo da linha, foi despedido. e) 1 - Depois que soube o resultado, alegrou-se. 2 - Sabido o resultado, alegrou-se.
  36. (Ita) O item 2 deve apresentar a oração reduzida correta, no infinitivo flexionado, ou não.   a) 1 - Para que soubésseis do ocorrido, trouxe-vos o jornal. 2 - Para saberdes do ocorrido, trouxe-vos o jornal. b) 1 - Afirmou que estávamos prontos. 2 - Afirmou estarmos prontos. c) 1 - Afirmaram que estavam prontos. 2 - Afirmaram estar prontos. d) 1 - Mandou que saíssemos. 2 - Mandou-nos sairmos. e) 1 - Pediu que trouxésseis o material. 2 - Pediu trazerdes o material.
  36. (Ita) O item 2 deve apresentar a oração reduzida correta, no infinitivo flexionado, ou não.   a) 1 - Para que soubésseis do ocorrido, trouxe-vos o jornal. 2 - Para saberdes do ocorrido, trouxe-vos o jornal. b) 1 - Afirmou que estávamos prontos. 2 - Afirmou estarmos prontos. c) 1 - Afirmaram que estavam prontos. 2 - Afirmaram estar prontos. d) 1 - Mandou que saíssemos. 2 - Mandou-nos sairmos. e) 1 - Pediu que trouxésseis o material. 2 - Pediu trazerdes o material.
37. (Ita) O item 2 deve ligar as orações do item 1, empregando corretamente um pronome relativo. Assinale a alternativa em que isso 'não' ocorre:   a) 1 - O caminho era longo. O atalho do caminho era perigoso. 2 - O caminho, cujo atalho era perigoso, era longo. b) 1 - O caminho era longo. O atalho do caminho era perigoso. 2 - Longo era o caminho cujo atalho era perigoso. c) 1 - São pessoas necessárias, com o auxílio delas sobreviverei. 2 - São pessoas necessárias, cujo auxílio sobreviverei. d) 1 - Era honorável figura, o presidente. De suas mãos recebi o prêmio. 2- O presidente, de cujas mãos recebi o prêmio, era honorável figura. e) 1 - A árvore era antiga, pelos galhos dela passavam fios telefônicos. 2 - A árvore, por cujos galhos fios telefônicos passavam, era antiga.
37. (Ita) O item 2 deve ligar as orações do item 1, empregando corretamente um pronome relativo. Assinale a alternativa em que isso 'não' ocorre:   a) 1 - O caminho era longo. O atalho do caminho era perigoso. 2 - O caminho, cujo atalho era perigoso, era longo. b) 1 - O caminho era longo. O atalho do caminho era perigoso. 2 - Longo era o caminho cujo atalho era perigoso. c) 1 - São pessoas necessárias, com o auxílio delas sobreviverei. 2 - São pessoas necessárias, cujo auxílio sobreviverei. d) 1 - Era honorável figura, o presidente. De suas mãos recebi o prêmio. 2- O presidente, de cujas mãos recebi o prêmio, era honorável figura. e) 1 - A árvore era antiga, pelos galhos dela passavam fios telefônicos. 2 - A árvore, por cujos galhos fios telefônicos passavam, era antiga.
38. Proposição única: Julgue as estruturas que seguem, empregando V ou F.   a) Os relatórios  a que  aspiro desapareceram da pasta.  [  V  – F ]   b)  As fichas  as quais   aludiram  provam que Murilo é incapaz.  [ V –  F  ] c) Renato encontrou as irmãs  em quem  confiamos [  V  – F ]   d) Há drogas  aonde  ele se hospedou.  [ V –  F  ]   e) O apartamento  no qual  chegamos há pinturas raras.  [ V –  F  ]  
  f) Os livros  a cujas  páginas me referi esclarecem complexos tópicos.  [  V  – F ]   g) O bairro  por onde  caminhei não proporciona segurança.  [  V  – F ]    h) O  bairro  de onde  vim não proporciona segurança. [  V  – F ]   i)  O bairro  onde  moro não proporciona segurança. [  V  – F ]   j) O bairro  aonde  andei não proporciona segurança. [ V –  F  ]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A arte do cinema: Como se faz um filme - Teresa Silva
A arte do cinema: Como se faz um filme - Teresa SilvaA arte do cinema: Como se faz um filme - Teresa Silva
A arte do cinema: Como se faz um filme - Teresa Silva
Teresa Silva
 
Dossier de Pré-Produção
Dossier de Pré-ProduçãoDossier de Pré-Produção
Dossier de Pré-Produção
Glowbal Information Technologies
 
Roteiro pedro pazelli slide apresentação
Roteiro pedro pazelli slide apresentaçãoRoteiro pedro pazelli slide apresentação
Roteiro pedro pazelli slide apresentação
Isvaldo Souza
 
Film History 3
Film History 3Film History 3
Film History 3
John Grace
 
June parties in Brazil
June parties in BrazilJune parties in Brazil
June parties in Brazil
Casa Thomas Jefferson
 
Escrita guiao
Escrita guiaoEscrita guiao
Escrita guiao
Teresa Pombo
 
Web Documentário
Web DocumentárioWeb Documentário
Web Documentário
Jp Martins
 
Técnicas fotográficas
Técnicas fotográficasTécnicas fotográficas
Técnicas fotográficas
Marcio Duarte
 
History of film timeline
History of film timelineHistory of film timeline
History of film timeline
carshaltongirlsmedia
 
AULA 2: História da Animação
AULA 2: História da AnimaçãoAULA 2: História da Animação
AULA 2: História da Animação
Dra. Camila Hamdan
 
Oficina de Introdução ao Roteiro Audiovisual
Oficina de Introdução ao Roteiro AudiovisualOficina de Introdução ao Roteiro Audiovisual
Oficina de Introdução ao Roteiro Audiovisual
Paola Giovana
 
Seminário de Língua Inglesa- Roteiro do trabalho
Seminário de Língua Inglesa- Roteiro do trabalho  Seminário de Língua Inglesa- Roteiro do trabalho
Seminário de Língua Inglesa- Roteiro do trabalho
SHEILA MONTEIRO
 
Introdução ao Audiovisual
Introdução ao Audiovisual Introdução ao Audiovisual
Introdução ao Audiovisual
Vinícius Souza
 
Unidade A3 - Breve história do cinema BRASILEIRO.pdf
Unidade A3 - Breve história do cinema BRASILEIRO.pdfUnidade A3 - Breve história do cinema BRASILEIRO.pdf
Unidade A3 - Breve história do cinema BRASILEIRO.pdf
Thiago Assumpção
 
Warner Bros. Synergy and Convergence
Warner Bros. Synergy and ConvergenceWarner Bros. Synergy and Convergence
Warner Bros. Synergy and Convergence
GDBrew
 
A hora-da-estrela (1)
A hora-da-estrela (1)A hora-da-estrela (1)
A hora-da-estrela (1)
Junior Xavier
 
Jorge Amado
Jorge AmadoJorge Amado
Jorge Amado
Cláudia Heloísa
 
Clarice Lispector - A hora da estrela.
Clarice Lispector - A hora da estrela.Clarice Lispector - A hora da estrela.
Clarice Lispector - A hora da estrela.
Daniele dos Santos Souza Onodera
 
Cinematography lesson 4 - lighting
Cinematography   lesson 4 - lightingCinematography   lesson 4 - lighting
Cinematography lesson 4 - lighting
South Sefton College
 
CINEMA - Parte 1 (O início da história)
CINEMA - Parte 1 (O início da história)CINEMA - Parte 1 (O início da história)
CINEMA - Parte 1 (O início da história)
Mauricio Mallet Duprat
 

Mais procurados (20)

A arte do cinema: Como se faz um filme - Teresa Silva
A arte do cinema: Como se faz um filme - Teresa SilvaA arte do cinema: Como se faz um filme - Teresa Silva
A arte do cinema: Como se faz um filme - Teresa Silva
 
Dossier de Pré-Produção
Dossier de Pré-ProduçãoDossier de Pré-Produção
Dossier de Pré-Produção
 
Roteiro pedro pazelli slide apresentação
Roteiro pedro pazelli slide apresentaçãoRoteiro pedro pazelli slide apresentação
Roteiro pedro pazelli slide apresentação
 
Film History 3
Film History 3Film History 3
Film History 3
 
June parties in Brazil
June parties in BrazilJune parties in Brazil
June parties in Brazil
 
Escrita guiao
Escrita guiaoEscrita guiao
Escrita guiao
 
Web Documentário
Web DocumentárioWeb Documentário
Web Documentário
 
Técnicas fotográficas
Técnicas fotográficasTécnicas fotográficas
Técnicas fotográficas
 
History of film timeline
History of film timelineHistory of film timeline
History of film timeline
 
AULA 2: História da Animação
AULA 2: História da AnimaçãoAULA 2: História da Animação
AULA 2: História da Animação
 
Oficina de Introdução ao Roteiro Audiovisual
Oficina de Introdução ao Roteiro AudiovisualOficina de Introdução ao Roteiro Audiovisual
Oficina de Introdução ao Roteiro Audiovisual
 
Seminário de Língua Inglesa- Roteiro do trabalho
Seminário de Língua Inglesa- Roteiro do trabalho  Seminário de Língua Inglesa- Roteiro do trabalho
Seminário de Língua Inglesa- Roteiro do trabalho
 
Introdução ao Audiovisual
Introdução ao Audiovisual Introdução ao Audiovisual
Introdução ao Audiovisual
 
Unidade A3 - Breve história do cinema BRASILEIRO.pdf
Unidade A3 - Breve história do cinema BRASILEIRO.pdfUnidade A3 - Breve história do cinema BRASILEIRO.pdf
Unidade A3 - Breve história do cinema BRASILEIRO.pdf
 
Warner Bros. Synergy and Convergence
Warner Bros. Synergy and ConvergenceWarner Bros. Synergy and Convergence
Warner Bros. Synergy and Convergence
 
A hora-da-estrela (1)
A hora-da-estrela (1)A hora-da-estrela (1)
A hora-da-estrela (1)
 
Jorge Amado
Jorge AmadoJorge Amado
Jorge Amado
 
Clarice Lispector - A hora da estrela.
Clarice Lispector - A hora da estrela.Clarice Lispector - A hora da estrela.
Clarice Lispector - A hora da estrela.
 
Cinematography lesson 4 - lighting
Cinematography   lesson 4 - lightingCinematography   lesson 4 - lighting
Cinematography lesson 4 - lighting
 
CINEMA - Parte 1 (O início da história)
CINEMA - Parte 1 (O início da história)CINEMA - Parte 1 (O início da história)
CINEMA - Parte 1 (O início da história)
 

Semelhante a Aula 16

Vozes verbais
Vozes verbaisVozes verbais
14. Orações subordinadas substantivas.pptx
14. Orações subordinadas substantivas.pptx14. Orações subordinadas substantivas.pptx
14. Orações subordinadas substantivas.pptx
gilsonsantos519255
 
Tm 3 8ano
Tm 3 8anoTm 3 8ano
Tm38ano 120911195408-phpapp02
Tm38ano 120911195408-phpapp02Tm38ano 120911195408-phpapp02
Tm38ano 120911195408-phpapp02
Douglas Rangel
 
Tm38ano 120911195408-phpapp02
Tm38ano 120911195408-phpapp02Tm38ano 120911195408-phpapp02
Tm38ano 120911195408-phpapp02
Douglas Rangel
 
Respostas no final da postagem.docx
Respostas no final da postagem.docxRespostas no final da postagem.docx
Respostas no final da postagem.docx
ClaudemirOliviera
 
1158684838
11586848381158684838
1158684838
bella_bezerra
 
Classificação das orações coordenadas
Classificação das orações coordenadasClassificação das orações coordenadas
Classificação das orações coordenadas
Mila E Wlamir
 
Exercícios período simples-aluno
Exercícios período simples-alunoExercícios período simples-aluno
Exercícios período simples-aluno
Mírian Fiúza
 
Exercícios classes gramaticais
Exercícios classes gramaticaisExercícios classes gramaticais
Exercícios classes gramaticais
Joao Olivera
 
Cefet/Coltec Aula 14 Orações Subordinadas Teste
Cefet/Coltec Aula 14  Orações Subordinadas TesteCefet/Coltec Aula 14  Orações Subordinadas Teste
Cefet/Coltec Aula 14 Orações Subordinadas Teste
ProfFernandaBraga
 
Cefet/Coltec Intensivo - Aula 14 Orações subordinadas teste
Cefet/Coltec Intensivo - Aula 14  Orações subordinadas testeCefet/Coltec Intensivo - Aula 14  Orações subordinadas teste
Cefet/Coltec Intensivo - Aula 14 Orações subordinadas teste
ProfFernandaBraga
 
Exercícios sobre classes de palavras
Exercícios sobre classes de palavrasExercícios sobre classes de palavras
Exercícios sobre classes de palavras
Maria Gnv
 
Advérbio - Auxiliar de Promotoria I
Advérbio - Auxiliar de Promotoria IAdvérbio - Auxiliar de Promotoria I
Advérbio - Auxiliar de Promotoria I
Tio Hatiro
 
Revisão de Crase, sujeito e predicado 6, 7, 8 e 9
Revisão de Crase, sujeito e predicado 6, 7, 8 e 9Revisão de Crase, sujeito e predicado 6, 7, 8 e 9
Revisão de Crase, sujeito e predicado 6, 7, 8 e 9
RafaellaFlix
 
50 1 exercícios morfologia
50 1 exercícios morfologia50 1 exercícios morfologia
50 1 exercícios morfologia
maria edineuma marreira
 
Exercícios classes gramaticais
Exercícios classes gramaticaisExercícios classes gramaticais
Exercícios classes gramaticais
Geija Fortunato
 
Revisão 3º ano (1 b) gabarito
Revisão 3º ano (1 b) gabaritoRevisão 3º ano (1 b) gabarito
Revisão 3º ano (1 b) gabarito
Danielle Teixeira
 
Tarefas mínimas 2 9ano 2012
Tarefas mínimas 2  9ano 2012Tarefas mínimas 2  9ano 2012
Tarefas mínimas 2 9ano 2012
Eliasdelimaneto Educação
 
Tarefas mínimas 1 8ºano
Tarefas mínimas 1 8ºanoTarefas mínimas 1 8ºano
Tarefas mínimas 1 8ºano
Elias de Lima Neto
 

Semelhante a Aula 16 (20)

Vozes verbais
Vozes verbaisVozes verbais
Vozes verbais
 
14. Orações subordinadas substantivas.pptx
14. Orações subordinadas substantivas.pptx14. Orações subordinadas substantivas.pptx
14. Orações subordinadas substantivas.pptx
 
Tm 3 8ano
Tm 3 8anoTm 3 8ano
Tm 3 8ano
 
Tm38ano 120911195408-phpapp02
Tm38ano 120911195408-phpapp02Tm38ano 120911195408-phpapp02
Tm38ano 120911195408-phpapp02
 
Tm38ano 120911195408-phpapp02
Tm38ano 120911195408-phpapp02Tm38ano 120911195408-phpapp02
Tm38ano 120911195408-phpapp02
 
Respostas no final da postagem.docx
Respostas no final da postagem.docxRespostas no final da postagem.docx
Respostas no final da postagem.docx
 
1158684838
11586848381158684838
1158684838
 
Classificação das orações coordenadas
Classificação das orações coordenadasClassificação das orações coordenadas
Classificação das orações coordenadas
 
Exercícios período simples-aluno
Exercícios período simples-alunoExercícios período simples-aluno
Exercícios período simples-aluno
 
Exercícios classes gramaticais
Exercícios classes gramaticaisExercícios classes gramaticais
Exercícios classes gramaticais
 
Cefet/Coltec Aula 14 Orações Subordinadas Teste
Cefet/Coltec Aula 14  Orações Subordinadas TesteCefet/Coltec Aula 14  Orações Subordinadas Teste
Cefet/Coltec Aula 14 Orações Subordinadas Teste
 
Cefet/Coltec Intensivo - Aula 14 Orações subordinadas teste
Cefet/Coltec Intensivo - Aula 14  Orações subordinadas testeCefet/Coltec Intensivo - Aula 14  Orações subordinadas teste
Cefet/Coltec Intensivo - Aula 14 Orações subordinadas teste
 
Exercícios sobre classes de palavras
Exercícios sobre classes de palavrasExercícios sobre classes de palavras
Exercícios sobre classes de palavras
 
Advérbio - Auxiliar de Promotoria I
Advérbio - Auxiliar de Promotoria IAdvérbio - Auxiliar de Promotoria I
Advérbio - Auxiliar de Promotoria I
 
Revisão de Crase, sujeito e predicado 6, 7, 8 e 9
Revisão de Crase, sujeito e predicado 6, 7, 8 e 9Revisão de Crase, sujeito e predicado 6, 7, 8 e 9
Revisão de Crase, sujeito e predicado 6, 7, 8 e 9
 
50 1 exercícios morfologia
50 1 exercícios morfologia50 1 exercícios morfologia
50 1 exercícios morfologia
 
Exercícios classes gramaticais
Exercícios classes gramaticaisExercícios classes gramaticais
Exercícios classes gramaticais
 
Revisão 3º ano (1 b) gabarito
Revisão 3º ano (1 b) gabaritoRevisão 3º ano (1 b) gabarito
Revisão 3º ano (1 b) gabarito
 
Tarefas mínimas 2 9ano 2012
Tarefas mínimas 2  9ano 2012Tarefas mínimas 2  9ano 2012
Tarefas mínimas 2 9ano 2012
 
Tarefas mínimas 1 8ºano
Tarefas mínimas 1 8ºanoTarefas mínimas 1 8ºano
Tarefas mínimas 1 8ºano
 

Mais de gsbq

Aula 1 WEB
Aula 1 WEBAula 1 WEB
Aula 1 WEB
gsbq
 
Aula 9 WEB
Aula 9 WEBAula 9 WEB
Aula 9 WEB
gsbq
 
Aula 8 WEB
Aula 8 WEBAula 8 WEB
Aula 8 WEB
gsbq
 
Aula 7 WEB
Aula 7 WEBAula 7 WEB
Aula 7 WEB
gsbq
 
Aula 6 WEB
Aula 6 WEBAula 6 WEB
Aula 6 WEB
gsbq
 
Aula 5 WEB
Aula 5 WEBAula 5 WEB
Aula 5 WEB
gsbq
 
Aula 4 WEB
Aula 4 WEBAula 4 WEB
Aula 4 WEB
gsbq
 
Aula 3 WEB
Aula 3 WEBAula 3 WEB
Aula 3 WEB
gsbq
 
Aula 2 WEB
Aula 2 WEBAula 2 WEB
Aula 2 WEB
gsbq
 
Aula 1 WEB
Aula 1 WEBAula 1 WEB
Aula 1 WEB
gsbq
 
Aula 5 PROC.CIVIL
Aula 5 PROC.CIVILAula 5 PROC.CIVIL
Aula 5 PROC.CIVIL
gsbq
 
Aula 4 PROC.CIVIL
Aula 4 PROC.CIVILAula 4 PROC.CIVIL
Aula 4 PROC.CIVIL
gsbq
 
Aula 3 PROC.CIVIL
Aula 3 PROC.CIVILAula 3 PROC.CIVIL
Aula 3 PROC.CIVIL
gsbq
 
Aula 2 PROC.CIVIL
Aula 2 PROC.CIVILAula 2 PROC.CIVIL
Aula 2 PROC.CIVIL
gsbq
 
Aula 2 PROC.TRABALHO
Aula 2 PROC.TRABALHOAula 2 PROC.TRABALHO
Aula 2 PROC.TRABALHO
gsbq
 
Aula 1 - PROC.CIVIL
Aula 1 - PROC.CIVILAula 1 - PROC.CIVIL
Aula 1 - PROC.CIVIL
gsbq
 
Aula 2 PROC.TRABALHO
Aula 2 PROC.TRABALHOAula 2 PROC.TRABALHO
Aula 2 PROC.TRABALHO
gsbq
 
Aula 1 PROC.TRABALHO
Aula 1 PROC.TRABALHOAula 1 PROC.TRABALHO
Aula 1 PROC.TRABALHO
gsbq
 
Aula 2 D. TRABALHO
Aula 2 D. TRABALHOAula 2 D. TRABALHO
Aula 2 D. TRABALHO
gsbq
 
Aula 6 D.TRABALHO
Aula 6 D.TRABALHOAula 6 D.TRABALHO
Aula 6 D.TRABALHO
gsbq
 

Mais de gsbq (20)

Aula 1 WEB
Aula 1 WEBAula 1 WEB
Aula 1 WEB
 
Aula 9 WEB
Aula 9 WEBAula 9 WEB
Aula 9 WEB
 
Aula 8 WEB
Aula 8 WEBAula 8 WEB
Aula 8 WEB
 
Aula 7 WEB
Aula 7 WEBAula 7 WEB
Aula 7 WEB
 
Aula 6 WEB
Aula 6 WEBAula 6 WEB
Aula 6 WEB
 
Aula 5 WEB
Aula 5 WEBAula 5 WEB
Aula 5 WEB
 
Aula 4 WEB
Aula 4 WEBAula 4 WEB
Aula 4 WEB
 
Aula 3 WEB
Aula 3 WEBAula 3 WEB
Aula 3 WEB
 
Aula 2 WEB
Aula 2 WEBAula 2 WEB
Aula 2 WEB
 
Aula 1 WEB
Aula 1 WEBAula 1 WEB
Aula 1 WEB
 
Aula 5 PROC.CIVIL
Aula 5 PROC.CIVILAula 5 PROC.CIVIL
Aula 5 PROC.CIVIL
 
Aula 4 PROC.CIVIL
Aula 4 PROC.CIVILAula 4 PROC.CIVIL
Aula 4 PROC.CIVIL
 
Aula 3 PROC.CIVIL
Aula 3 PROC.CIVILAula 3 PROC.CIVIL
Aula 3 PROC.CIVIL
 
Aula 2 PROC.CIVIL
Aula 2 PROC.CIVILAula 2 PROC.CIVIL
Aula 2 PROC.CIVIL
 
Aula 2 PROC.TRABALHO
Aula 2 PROC.TRABALHOAula 2 PROC.TRABALHO
Aula 2 PROC.TRABALHO
 
Aula 1 - PROC.CIVIL
Aula 1 - PROC.CIVILAula 1 - PROC.CIVIL
Aula 1 - PROC.CIVIL
 
Aula 2 PROC.TRABALHO
Aula 2 PROC.TRABALHOAula 2 PROC.TRABALHO
Aula 2 PROC.TRABALHO
 
Aula 1 PROC.TRABALHO
Aula 1 PROC.TRABALHOAula 1 PROC.TRABALHO
Aula 1 PROC.TRABALHO
 
Aula 2 D. TRABALHO
Aula 2 D. TRABALHOAula 2 D. TRABALHO
Aula 2 D. TRABALHO
 
Aula 6 D.TRABALHO
Aula 6 D.TRABALHOAula 6 D.TRABALHO
Aula 6 D.TRABALHO
 

Aula 16

  • 2.   1.Pesquisamos o assunto; estávamos, pois, preparados . Oração coordenada:   a) assindética b) sindética explicativa c) sindética conclusiva d) sindética aditiva
  • 3.   1.Pesquisamos o assunto; estávamos, pois, preparados . Oração coordenada:   a) assindética b) sindética explicativa c) sindética conclusiva d) sindética aditiva
  • 4.   2. Assinale a oração coordenada sindética explicativa. a) Foi à praia e não tomou banho . b) “Penso, logo existo .” c) Espere-me lá fora, que preciso falar-lhe . d) Não só pintava, mas também fazia versos .
  • 5.   2. Assinale a oração coordenada sindética explicativa. a) Foi à praia e não tomou banho . b) “Penso, logo existo .” c) Espere-me lá fora, que preciso falar-lhe . d) Não só pintava, mas também fazia versos .
  • 6. 3. Marque a opção em que o período não apresenta orações coordenadas.   a) Ou pagas a prestação, ou perderás o aparelho. b) Ele é um bom filho, logo será um bom marido. c) Dizem por aí que haverá uma paralisação. d) Marcos é grego, no entanto torce pela Itália.
  • 7. 3. Marque a opção em que o período não apresenta orações coordenadas.   a) Ou pagas a prestação, ou perderás o aparelho. b) Ele é um bom filho, logo será um bom marido. c) Dizem por aí que haverá uma paralisação. d) Marcos é grego, no entanto torce pela Itália.
  • 8. 4) Assinale a oração subordinada adjetiva restritiva.   a) Convém que nos respeitemos . b) A chuva que caiu ontem salvará a plantação . c) Desejo que sejas feliz . d) Cabral, que descobriu o Brasil , era um grande navegante português.
  • 9. 4) Assinale a oração subordinada adjetiva restritiva.   a) Convém que nos respeitemos . b) A chuva que caiu ontem salvará a plantação . c) Desejo que sejas feliz . d) Cabral, que descobriu o Brasil , era um grande navegante português.
  • 10. 5) Na oração “Todos perceberam o problema”, o termo em destaque exerce a mesma função sintática da oração grifada em:   a) Preciso de que me ajudem . b) Receava que a comia acabasse . c) Expliquei tudo, todavia ele não compreendeu . d) Recebi o computador que havia encomendado .  
  • 11. 5) Na oração “Todos perceberam o problema”, o termo em destaque exerce a mesma função sintática da oração grifada em:   a) Preciso de que me ajudem . b) Receava que a comia acabasse . c) Expliquei tudo, todavia ele não compreendeu . d) Recebi o computador que havia encomendado .  
  • 12. 6) Assinale o período que apresenta oração subordinada adjetiva restritiva.   a) Veja onde está o cachorro. b) Não me disseram que era tarde. c) Estava sujo o rio onde ele se lavou. d) É bom que venham todos.  
  • 13. 6) Assinale o período que apresenta oração subordinada adjetiva restritiva.   a) Veja onde está o cachorro. b) Não me disseram que era tarde. c) Estava sujo o rio onde ele se lavou. d) É bom que venham todos.  
  • 14. 7) Só não há oração subordinada adjetiva em:   a) Tudo que falou estava correto. b) A pessoa de quem fiz queixa desculpou-se. c) Todos quantos aqui estão são amigos. d) O normal seria que ele falasse alguma coisa.  
  • 15. 7) Só não há oração subordinada adjetiva em:   a) Tudo que falou estava correto. b) A pessoa de quem fiz queixa desculpou-se. c) Todos quantos aqui estão são amigos. d) O normal seria que ele falasse alguma coisa.  
  • 16. 7) Só não há oração subordinada adjetiva em:   a) Tudo que falou estava correto. b) A pessoa de quem fiz queixa desculpou-se. c) Todos quantos aqui estão são amigos. d) O normal seria que ele falasse alguma coisa.  
  • 17. 8) Assinale o exemplo de oração subordinada adjetiva explicativa.   a) O livro cujo autor conheci está esgotado. b) Paulo, que é português, não gostou da brincadeira. c) Os meninos, quando viram a mãe, sorriram. d) Escreva mais, que sua letra está muito ruim.  
  • 18. 8) Assinale o exemplo de oração subordinada adjetiva explicativa.   a) O livro cujo autor conheci está esgotado. b) Paulo, que é português, não gostou da brincadeira. c) Os meninos, quando viram a mãe, sorriram. d) Escreva mais, que sua letra está muito ruim.  
  • 19. 9) Não sabia que estava sendo filmado . Oração subordinada substantiva:   Subjetiva c) predicativa b) objetiva direta d) objetiva indireta  
  • 20. 9) Não sabia que estava sendo filmado . Oração subordinada substantiva:   Subjetiva c) predicativa b) objetiva direta d) objetiva indireta  
  • 21. 10) É importante que reformem todo o prédio . Oração subordinada substantiva:   a) objetiva direta c) apositiva b) Subjetiva d) predicativa  
  • 22. 10) É importante que reformem todo o prédio . Oração subordinada substantiva:   a) objetiva direta c) apositiva b) Subjetiva d) predicativa  
  • 23. 11) Não tenho dúvida de que vencerei as dificuldades . Oração subordinada substantiva:   a) objetiva indireta c) apositiva b) subjetiva d) completiva nominal  
  • 24. 11) Não tenho dúvida de que vencerei as dificuldades . Oração subordinada substantiva:   a) objetiva indireta c) apositiva b) subjetiva d) completiva nominal  
  • 25. 12) Assinale o erro na análise da oração subordinada substantiva.   a) A verdade é que poucos se interessam pelo caso. (predicativa) b) É certo que voltarei amanhã . (subjetiva) c) Só dizia uma coisa: que era inocente . (apositiva) d) Aspiro a que todos sejam aprovados . (completiva nominal)  
  • 26. 12) Assinale o erro na análise da oração subordinada substantiva.   a) A verdade é que poucos se interessam pelo caso. (predicativa) b) É certo que voltarei amanhã . (subjetiva) c) Só dizia uma coisa: que era inocente . (apositiva) d) Aspiro a que todos sejam aprovados . (completiva nominal)  
  • 27. 13) Assinale a opção em que a oração destacada exerce a mesma função sintática do termo grifado na frase abaixo.   Nós a entregaremos amanhã.   a) O bom seria que ninguém dissesse nada . b) Tinha medo de que o prejudicassem . c) Após a palestra, Luís afirmou que tudo mudaria . d) Urge que nos apressemos .  
  • 28. 13) Assinale a opção em que a oração destacada exerce a mesma função sintática do termo grifado na frase abaixo.   Nós a entregaremos amanhã.   a) O bom seria que ninguém dissesse nada . b) Tinha medo de que o prejudicassem . c) Após a palestra, Luís afirmou que tudo mudaria . d) Urge que nos apressemos .  
  • 29. 14) Eles saíram assim que amanheceu . Oração subordinada adverbial:   a) causal c) temporal b) condicional d) proporcional  
  • 30. 14) Eles saíram assim que amanheceu . Oração subordinada adverbial:   a) causal c) temporal b) condicional d) proporcional  
  • 31. 15) Cheguei bem cedo uma vez que precisava preparar-me . Oração subordinada adverbial:   a) final c) consecutiva b) comparativa d) causal  
  • 32. 15) Cheguei bem cedo uma vez que precisava preparar-me . Oração subordinada adverbial:   a) final c) consecutiva b) comparativa d) causal  
  • 33. 16) Ainda que o ajudasse , ele não conseguiria. Oração subordinada adverbial:   a) concessiva c) temporal b) conformativa d) condicional  
  • 34. 16) Ainda que o ajudasse , ele não conseguiria. Oração subordinada adverbial:   a) concessiva c) temporal b) conformativa d) condicional  
  • 35. 17) Quanto mais pesquisa , mais descobre coisas interessantes. Oração subordinada adverbial:   a) causal c) proporcional b) final d) comparativa  
  • 36. 17) Quanto mais pesquisa , mais descobre coisas interessantes. Oração subordinada adverbial:   a) causal c) proporcional b) final d) comparativa  
  • 37. 18) Comeu tanto que passou mal .   Oração subordinada adverbial:   a) consecutiva c) concessiva b) causal d) proporcional
  • 38. 18) Comeu tanto que passou mal .   Oração subordinada adverbial:   a) consecutiva c) concessiva b) causal d) proporcional
  • 39. 19) Era inteligente como o pai .   Oração subordinada adverbial:   conformativa c) temporal b) comparativa d) concessiva
  • 40. 19) Era inteligente como o pai .   Oração subordinada adverbial:   conformativa c) temporal b) comparativa d) concessiva
  • 41. 20) Assinale o erro na análise da oração subordinada adverbial.   a) Se chover muito , a festa será adiada. (condicional) b) Abrimos a janela para que entrasse o ar puro . (final) c) Agi como eles determinaram . (comparativa) d) Já que solicitaram , devolverei o produto. (causal)
  • 42. 20) Assinale o erro na análise da oração subordinada adverbial.   a) Se chover muito , a festa será adiada. (condicional) b) Abrimos a janela para que entrasse o ar puro . (final) c) Agi como eles determinaram . (comparativa) d) Já que solicitaram , devolverei o produto. (causal)
  • 43.   21) Marque a opção em que o período apresenta orações com relacionamento de causa e conseqüência.   a) Entramos logo, para que eles não nos vissem. b) Ia ficando vermelho à medida que corria . c) Como estava fraco , desistiu de participar da competição. d) Desde que sejas sincero , conseguirás convencê-la.
  • 44.   21) Marque a opção em que o período apresenta orações com relacionamento de causa e conseqüência.   a) Entramos logo, para que eles não nos vissem. b) Ia ficando vermelho à medida que corria . c) Como estava fraco , desistiu de participar da competição. d) Desde que sejas sincero , conseguirás convencê-la.
  • 45.   22) Doente que estivesse , viajou para a Europa. Oração subordinada adverbial:   a) conformativa b) temporal c) concessiva d) proporcional
  • 46.   22) Doente que estivesse , viajou para a Europa. Oração subordinada adverbial:   a) conformativa b) temporal c) concessiva d) proporcional
  • 47.     23) Assinale o erro na análise da oração subordinada adverbial.   a) Caso haja problemas , todos serão avisados. (condicional) b) Segundo nos contaram , ele ficou muito aborrecido. (causal) c) Assim que o trem chegou , todos embarcaram. (temporal) d) Quanto menos cuidas da tua saúde , mais te aproximas da morte. (proporcional)
  • 48.     23) Assinale o erro na análise da oração subordinada adverbial.   a) Caso haja problemas , todos serão avisados. (condicional) b) Segundo nos contaram , ele ficou muito aborrecido. (causal) c) Assim que o trem chegou , todos embarcaram. (temporal) d) Quanto menos cuidas da tua saúde , mais te aproximas da morte. (proporcional)
  • 49. 24) Marque a oração subordinada adverbial temporal.   a) Desde que chegou , não ficou calado. b) Tamanho foi seu susto, que perdeu a voz . c) Caso duvidem , trarei documentos. d) Levantou os braços para que todos o vissem .
  • 50. 24) Marque a oração subordinada adverbial temporal.   a) Desde que chegou , não ficou calado. b) Tamanho foi seu susto, que perdeu a voz . c) Caso duvidem , trarei documentos. d) Levantou os braços para que todos o vissem .
  • 51.   25) Observe os períodos abaixo. Conquanto chorasse, não convenceu ninguém. Enquanto a roupa secava, a mulher preparava a comida. As orações iniciais têm, respectivamente, valor de:   a) concessão e tempo b) condição e proporção c) concessão e proporção d) tempo e causa
  • 52.   25) Observe os períodos abaixo. Conquanto chorasse, não convenceu ninguém. Enquanto a roupa secava, a mulher preparava a comida. As orações iniciais têm, respectivamente, valor de:   a) concessão e tempo b) condição e proporção c) concessão e proporção d) tempo e causa
  • 53. 26) Assinale o erro de análise da oração em destaque. a) Constava nos autos que eles haviam morrido . (subordinada substantiva objetiva direta) b) Necessitava de que o levassem no colo . (subordinada substantiva objetiva indireta) c) Mostrou-me o instrumento que seria utilizado . (subordinada adjetiva restritiva) d) Não entrarás sem que a porta seja arrombada . (subordinada adverbial condicional)
  • 54. 26) Assinale o erro de análise da oração em destaque. a) Constava nos autos que eles haviam morrido . (subordinada substantiva objetiva direta) b) Necessitava de que o levassem no colo . (subordinada substantiva objetiva indireta) c) Mostrou-me o instrumento que seria utilizado . (subordinada adjetiva restritiva) d) Não entrarás sem que a porta seja arrombada . (subordinada adverbial condicional)
  • 55. 27) Marque o erro na análise da oração destacada.   a) Garantiu aquela funcionária que eu seria convocado . (subordinada substantiva objetiva direta) b) Rodrigo , que trabalha ali , pode ajudar. (subordinada adjetiva explicativa) c) Fuja, porque ele vem aí. (subordinada adverbial causal) d) Não tinha dúvida de que era estimado . (subordinada substantiva completiva nominal)
  • 56. 27) Marque o erro na análise da oração destacada.   a) Garantiu aquela funcionária que eu seria convocado . (subordinada substantiva objetiva direta) b) Rodrigo , que trabalha ali , pode ajudar. (subordinada adjetiva explicativa) c) Fuja, porque ele vem aí. (subordinada adverbial causal) d) Não tinha dúvida de que era estimado . (subordinada substantiva completiva nominal)
  • 57.   28) Assinale o erro na análise da oração reduzida.   a) Após sair, o mecânico sentiu-se mal. (subordinada adverbial temporal reduzida de infinitivo) b) Tenho medo de errar. (subordinada substantiva completiva nominal reduzida de infinitivo) c) Vi um menino chorando. (subordinada adjetiva restritiva reduzida de gerúndio) d) Trabalhando mais, você teria progredido. (subordinada adverbial final reduzida de gerúndio)  
  • 58.   28) Assinale o erro na análise da oração reduzida.   a) Após sair, o mecânico sentiu-se mal. (subordinada adverbial temporal reduzida de infinitivo) b) Tenho medo de errar. (subordinada substantiva completiva nominal reduzida de infinitivo) c) Vi um menino chorando. (subordinada adjetiva restritiva reduzida de gerúndio) d) Trabalhando mais, você teria progredido. (subordinada adverbial final reduzida de gerúndio)  
  • 59. 29) A oração reduzida que expressa finalidade é:   a) Encerrado o jogo, entregaram os troféus. b) Apressei-me para assistir ao jogo todo. c) Reclamando, nada conseguiu do patrão. d) Gostava de ser conduzido.  
  • 60. 29) A oração reduzida que expressa finalidade é:   a) Encerrado o jogo, entregaram os troféus. b) Apressei-me para assistir ao jogo todo. c) Reclamando, nada conseguiu do patrão. d) Gostava de ser conduzido.  
  • 61. 30) (CESGRANRIO) Assinale a classificação CORRETA da oração sublinhada.   “ Caíra no fim do pátio, debaixo de um juazeiro, depois tomara conta da casa deserta ."   a) subordinada adverbial temporal b) subordinada adverbial proporcional c) subordinada adverbial consecutiva d) coordenada sindética conclusiva e) coordenada assindética  
  • 62. 30) (CESGRANRIO) Assinale a classificação CORRETA da oração sublinhada.   “ Caíra no fim do pátio, debaixo de um juazeiro, depois tomara conta da casa deserta ."   a) subordinada adverbial temporal b) subordinada adverbial proporcional c) subordinada adverbial consecutiva d) coordenada sindética conclusiva e) coordenada assindética  
  • 63. TEXTO PARA AS PRÓXIMAS 3 QUESTÕES. Além de parecer não ter rotação, a Terra parece também estar imóvel no meio dos céus. Ptolomeu dá argumentos astronômicos para tentar mostrar isso. Para entender esses argumentos, é necessário lembrar que, na antigüidade, imaginava-se que todas as estrelas (mas não os planetas) estavam distribuídas sobre uma superfície esférica, cujo raio não parecia ser muito superior à distância da Terra aos planetas. Suponhamos agora que a Terra esteja no centro da esfera das estrelas.
  • 64. Neste caso, o céu visível à noite deve abranger, de cada vez, exatamente a metade da esfera das estrelas. E assim parece realmente ocorrer: em qualquer noite, de horizonte a horizonte, é possível contemplar, a cada instante, a metade do zodíaco. Se, no entanto, a Terra estivesse longe do centro da esfera estrelar, então o campo de visão à noite não seria, em geral, a metade da esfera: algumas vezes poderíamos ver mais da metade, outras vêzes poderíamos ver menos da metade do zodíaco, de horizonte a horizonte. Portanto, a evidência astronômica parece indicar que a Terra está no centro da esfera de estrelas. E se ela está sempre nesse centro, ela não se move em relação às estrelas. (Roberto de A. Martins, Introdução geral ao "Commentariolus" de Nicolau Copérnico)  
  • 65. 31. O terceiro período ("Para entender esses... da Terra aos planetas.") representa, no texto, a) o principal argumento de Ptolomeu. b) o pressuposto da teoria de Ptolomeu. c) a base para as teorias posteriores à de Ptolomeu. d) a hipótese suficiente para Ptolomeu retomar as teorias anteriores. e) o fundamento para o desmentido da teoria de Ptolomeu.  
  • 66. 31. O terceiro período ("Para entender esses... da Terra aos planetas.") representa, no texto, a) o principal argumento de Ptolomeu. b) o pressuposto da teoria de Ptolomeu. c) a base para as teorias posteriores à de Ptolomeu. d) a hipótese suficiente para Ptolomeu retomar as teorias anteriores. e) o fundamento para o desmentido da teoria de Ptolomeu.  
  • 67. 32. Expressões que, no texto, denunciam subjetividade na apresentação dos fatos são: a) parece também estar imóvel - dá argumentos - é necessário lembrar. b) é necessário lembrar - imaginava-se - suponhamos. c) imaginava-se - esteja - deve abranger. d) tentar mostrar - suponhamos - parece realmente ocorrer. e) parece realmente ocorrer - é possível contemplar - não se move.  
  • 68. 32. Expressões que, no texto, denunciam subjetividade na apresentação dos fatos são: a) parece também estar imóvel - dá argumentos - é necessário lembrar. b) é necessário lembrar - imaginava-se - suponhamos. c) imaginava-se - esteja - deve abranger. d) tentar mostrar - suponhamos - parece realmente ocorrer. e) parece realmente ocorrer - é possível contemplar - não se move.  
  • 69. 33. Os termos "além de", "no entanto", "então", "portanto" estabelecem no texto, relações, respectivamente, de: a) distanciamento - objeção - tempo - efeito. b) adição - objeção - tempo - conclusão. c) distanciamento - conseqüência - conclusão - efeito. d) distanciamento - oposição - tempo - conseqüência. e) adição - oposição - conseqüência - conclusão.  
  • 70. 33. Os termos "além de", "no entanto", "então", "portanto" estabelecem no texto, relações, respectivamente, de: a) distanciamento - objeção - tempo - efeito. b) adição - objeção - tempo - conclusão. c) distanciamento - conseqüência - conclusão - efeito. d) distanciamento - oposição - tempo - conseqüência. e) adição - oposição - conseqüência - conclusão.  
  • 71. 34. (Fuvest) Leia as frases a seguir e assinale a que está correta. a) A jovem que eu lhe falei à pouco vai ser entrevistada. b) A jovem que a pouco foi entrevistada é aquela que eu lhe falei. c) A jovem de cuja eu lhe falei há pouco é aquela que foi entrevistada. d) A jovem que há pouco foi entrevistada é aquela que eu lhe falei. e) A jovem que há pouco foi entrevistada é aquela que eu lhe falei.
  • 72. 34. (Fuvest) Leia as frases a seguir e assinale a que está correta. a) A jovem que eu lhe falei à pouco vai ser entrevistada. b) A jovem que a pouco foi entrevistada é aquela que eu lhe falei. c) A jovem de cuja eu lhe falei há pouco é aquela que foi entrevistada. d) A jovem que há pouco foi entrevistada é aquela que eu lhe falei. e) A jovem que há pouco foi entrevistada é aquela que eu lhe falei.
  • 73. 35. (Ita) Cada alternativa da questão a seguir consta de dois itens. A primeira oração do item 1 deve estar na forma reduzida correta no item 2. Assinale a alternativa em que isso 'não' ocorre:   a) 1 - Porque saiu de casa, se machucou. 2 - Por sair de casa, se machucou. b) 1 - Quando saiu de casa, ouviu um apito. 2 - Tendo saído de casa, ouviu um apito. c) 1 - Já que se aprontara, queria ver o espetáculo. 2 - Tendo se aprontado, queria ver o espetáculo. d) 1 - Porque saiu da linha, foi despedido. 2 - Saindo da linha, foi despedido. e) 1 - Depois que soube o resultado, alegrou-se. 2 - Sabido o resultado, alegrou-se.
  • 74. 35. (Ita) Cada alternativa da questão a seguir consta de dois itens. A primeira oração do item 1 deve estar na forma reduzida correta no item 2. Assinale a alternativa em que isso 'não' ocorre:   a) 1 - Porque saiu de casa, se machucou. 2 - Por sair de casa, se machucou. b) 1 - Quando saiu de casa, ouviu um apito. 2 - Tendo saído de casa, ouviu um apito. c) 1 - Já que se aprontara, queria ver o espetáculo. 2 - Tendo se aprontado, queria ver o espetáculo. d) 1 - Porque saiu da linha, foi despedido. 2 - Saindo da linha, foi despedido. e) 1 - Depois que soube o resultado, alegrou-se. 2 - Sabido o resultado, alegrou-se.
  • 75.   36. (Ita) O item 2 deve apresentar a oração reduzida correta, no infinitivo flexionado, ou não.   a) 1 - Para que soubésseis do ocorrido, trouxe-vos o jornal. 2 - Para saberdes do ocorrido, trouxe-vos o jornal. b) 1 - Afirmou que estávamos prontos. 2 - Afirmou estarmos prontos. c) 1 - Afirmaram que estavam prontos. 2 - Afirmaram estar prontos. d) 1 - Mandou que saíssemos. 2 - Mandou-nos sairmos. e) 1 - Pediu que trouxésseis o material. 2 - Pediu trazerdes o material.
  • 76.   36. (Ita) O item 2 deve apresentar a oração reduzida correta, no infinitivo flexionado, ou não.   a) 1 - Para que soubésseis do ocorrido, trouxe-vos o jornal. 2 - Para saberdes do ocorrido, trouxe-vos o jornal. b) 1 - Afirmou que estávamos prontos. 2 - Afirmou estarmos prontos. c) 1 - Afirmaram que estavam prontos. 2 - Afirmaram estar prontos. d) 1 - Mandou que saíssemos. 2 - Mandou-nos sairmos. e) 1 - Pediu que trouxésseis o material. 2 - Pediu trazerdes o material.
  • 77. 37. (Ita) O item 2 deve ligar as orações do item 1, empregando corretamente um pronome relativo. Assinale a alternativa em que isso 'não' ocorre:   a) 1 - O caminho era longo. O atalho do caminho era perigoso. 2 - O caminho, cujo atalho era perigoso, era longo. b) 1 - O caminho era longo. O atalho do caminho era perigoso. 2 - Longo era o caminho cujo atalho era perigoso. c) 1 - São pessoas necessárias, com o auxílio delas sobreviverei. 2 - São pessoas necessárias, cujo auxílio sobreviverei. d) 1 - Era honorável figura, o presidente. De suas mãos recebi o prêmio. 2- O presidente, de cujas mãos recebi o prêmio, era honorável figura. e) 1 - A árvore era antiga, pelos galhos dela passavam fios telefônicos. 2 - A árvore, por cujos galhos fios telefônicos passavam, era antiga.
  • 78. 37. (Ita) O item 2 deve ligar as orações do item 1, empregando corretamente um pronome relativo. Assinale a alternativa em que isso 'não' ocorre:   a) 1 - O caminho era longo. O atalho do caminho era perigoso. 2 - O caminho, cujo atalho era perigoso, era longo. b) 1 - O caminho era longo. O atalho do caminho era perigoso. 2 - Longo era o caminho cujo atalho era perigoso. c) 1 - São pessoas necessárias, com o auxílio delas sobreviverei. 2 - São pessoas necessárias, cujo auxílio sobreviverei. d) 1 - Era honorável figura, o presidente. De suas mãos recebi o prêmio. 2- O presidente, de cujas mãos recebi o prêmio, era honorável figura. e) 1 - A árvore era antiga, pelos galhos dela passavam fios telefônicos. 2 - A árvore, por cujos galhos fios telefônicos passavam, era antiga.
  • 79. 38. Proposição única: Julgue as estruturas que seguem, empregando V ou F.   a) Os relatórios a que aspiro desapareceram da pasta. [ V – F ]   b) As fichas as quais aludiram provam que Murilo é incapaz. [ V – F ] c) Renato encontrou as irmãs em quem confiamos [ V – F ]   d) Há drogas aonde ele se hospedou. [ V – F ]   e) O apartamento no qual chegamos há pinturas raras. [ V – F ]  
  • 80.   f) Os livros a cujas páginas me referi esclarecem complexos tópicos. [ V – F ]   g) O bairro por onde caminhei não proporciona segurança. [ V – F ]   h) O bairro de onde vim não proporciona segurança. [ V – F ]   i) O bairro onde moro não proporciona segurança. [ V – F ]   j) O bairro aonde andei não proporciona segurança. [ V – F ]