SlideShare uma empresa Scribd logo
Para reflexão e ...
acção.
A diferença entre os países
pobres e os ricos
não é a idade do país .
Países como
Índia e Egipto,
têm mais de
3000 anos e são pobres.
Por outro lado,
Canadá, Austrália e Nova
Zelândia,
que há 150 anos eram
 inexpressivos, hoje são
países desenvolvidos e ricos.
A diferença entre países
pobres e ricos também
não  reside nos recursos
 naturais disponíveis .
O Japão possui um território
limitado, 80%  montanhoso, inadequado para a agricultura e a
criação de gado, mas é a segunda
economia mundial.
O país é como uma imensa fábrica
flutuante, importando matéria-prima
do mundo todo e exportando
produtos manufacturados.
Outro exemplo é a Suíça , que não
planta cacau mas  tem o melhor
chocolate do mundo.
No seu pequeno território cria
animais e  cultiva o solo durante
apenas quatro meses no ano. Não
obstante,
fabrica lacticínios
da
melhor qualidade.
A Suíça é também um país
pequeno que passa uma
imagem de  segurança, ordem e
trabalho, o que o transformou na
caixa forte do  mundo.
Executivos de países  ricos que
se relacionam com seus pares
de países pobres mostram que

não há diferença
intelectual significativa .
A raça ou a cor da pele
também não são
importantes.
Imigrantes rotulados de
preguiçosos nos seus países de
origem são a força produtiva de
países europeus ricos.
Qual é então a
diferença ?
A diferença é a atitude das
pessoas, moldada ao  longo
dos anos pela educação e pela
cultura.
Ao analisarmos a conduta das
pessoas nos  países ricos e
desenvolvidos, constatamos que
a grande maioria segue os 
seguintes princípios de vida:
1. A ética, como princípio  básico.
2. A integridade.
3. A responsabilidade.
4. O respeito às leis e  regulamentos.
5. O respeito pelo direito dos demais  cidadãos.
6. O amor ao trabalho.
7. O esforço pela poupança e pelo  investimento.
8. O desejo de superação.
9. A pontualidade.
Nos países pobres apenas
uma minoria segue esses
princípios básicos na sua
vida diária.
Não somos pobres porque
nos faltam recursos
naturais ou porque a
natureza foi cruel
connosco.
Somos pobres porque
nos falta atitude.

Falta-nos vontade  para cumprir
e ensinar esses princípios de
funcionamento das sociedades
ricas e desenvolvidas.
SOMOS ASSIM, POR QUERER LEVAR
VANTAGENS SOBRE TUDO E TODOS.
SOMOS ASSIM POR VER ALGO DE
ERRADO E DIZER: “DEIXA-PRA-LÁ”
OS NOSSOS POLÍTICOS TÊM ATITUDES
POUCO DIGNIFICANTES.
ESBANJAMOS DINHEIRO EM VAIDADES
QUE FAZ FALTA PARA O ESSENCIAL.
Se amas

Portugal
faz circular esta mensagem
para que grande quantidade
de pessoas pense no
assunto e MUDE atitude!!!
Especialmente
nesta época que se
avizinha,
PENSA NISSO...

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Porque os paises pobres são pobres
Porque os paises pobres são pobresPorque os paises pobres são pobres
Porque os paises pobres são pobres
madnan00
 
Atitude Tudo
Atitude TudoAtitude Tudo
Atitude Tudo
Severo Moreira
 
Atitude eh tudo__ro
Atitude eh tudo__roAtitude eh tudo__ro
Atitude eh tudo__ro
Garantindo Gerações
 
Atitude é Tudo !!!
Atitude é Tudo !!!Atitude é Tudo !!!
Atitude é Tudo !!!
guestb0efcb
 
Atitude é tudo
Atitude é tudoAtitude é tudo
Atitude é tudo
Anderson Silva
 
Segredos das nacoes
Segredos das nacoesSegredos das nacoes
Segredos das nacoes
Mensagens Virtuais
 
Atitude e tudo
Atitude e tudoAtitude e tudo
Atitude e tudo
Mensagens Virtuais
 
Atitude eh tudo
Atitude eh tudoAtitude eh tudo
Atitude eh tudo
guest1edc15c
 
Para reflexao e acao
Para reflexao e acaoPara reflexao e acao
Para reflexao e acao
Mensagens Virtuais
 
Segredos as Nações
Segredos as NaçõesSegredos as Nações
Segredos as Nações
Yair Gustavo Pereira
 
Segredos das Nacoes
Segredos das NacoesSegredos das Nacoes
Segredos das Nacoes
site curiosidades
 
Atitude - Segredos das Nações
Atitude - Segredos das NaçõesAtitude - Segredos das Nações
Atitude - Segredos das Nações
atitudemogi
 
Segredosdas NaçõEs
Segredosdas NaçõEsSegredosdas NaçõEs
Segredosdas NaçõEs
Priscila Angel
 
Segredosdas nacoes
Segredosdas nacoesSegredosdas nacoes
Segredosdas nacoes
Amadeu Wolff
 
Segredosdas Nacoes
Segredosdas NacoesSegredosdas Nacoes
Segredosdas Nacoes
guest38b9324b
 
Segredosdas Nacoes
Segredosdas NacoesSegredosdas Nacoes
Segredosdas Nacoes
gueste94460
 

Mais procurados (16)

Porque os paises pobres são pobres
Porque os paises pobres são pobresPorque os paises pobres são pobres
Porque os paises pobres são pobres
 
Atitude Tudo
Atitude TudoAtitude Tudo
Atitude Tudo
 
Atitude eh tudo__ro
Atitude eh tudo__roAtitude eh tudo__ro
Atitude eh tudo__ro
 
Atitude é Tudo !!!
Atitude é Tudo !!!Atitude é Tudo !!!
Atitude é Tudo !!!
 
Atitude é tudo
Atitude é tudoAtitude é tudo
Atitude é tudo
 
Segredos das nacoes
Segredos das nacoesSegredos das nacoes
Segredos das nacoes
 
Atitude e tudo
Atitude e tudoAtitude e tudo
Atitude e tudo
 
Atitude eh tudo
Atitude eh tudoAtitude eh tudo
Atitude eh tudo
 
Para reflexao e acao
Para reflexao e acaoPara reflexao e acao
Para reflexao e acao
 
Segredos as Nações
Segredos as NaçõesSegredos as Nações
Segredos as Nações
 
Segredos das Nacoes
Segredos das NacoesSegredos das Nacoes
Segredos das Nacoes
 
Atitude - Segredos das Nações
Atitude - Segredos das NaçõesAtitude - Segredos das Nações
Atitude - Segredos das Nações
 
Segredosdas NaçõEs
Segredosdas NaçõEsSegredosdas NaçõEs
Segredosdas NaçõEs
 
Segredosdas nacoes
Segredosdas nacoesSegredosdas nacoes
Segredosdas nacoes
 
Segredosdas Nacoes
Segredosdas NacoesSegredosdas Nacoes
Segredosdas Nacoes
 
Segredosdas Nacoes
Segredosdas NacoesSegredosdas Nacoes
Segredosdas Nacoes
 

Destaque

Restaurador 03
Restaurador 03Restaurador 03
Restaurador 03
Leogomez (Yajdiel)
 
Libro ped 202
Libro ped 202Libro ped 202
Libro ped 202
adalgisa001
 
La escuela inclusiva
La escuela inclusivaLa escuela inclusiva
La escuela inclusiva
pilarvieites
 
Descrição completa theobroma speciosum cacauí
Descrição completa theobroma speciosum  cacauíDescrição completa theobroma speciosum  cacauí
Descrição completa theobroma speciosum cacauí
Rogger Wins
 
7101 22579-1-pb
7101 22579-1-pb7101 22579-1-pb
7101 22579-1-pb
Rogger Wins
 
Plan experimentos
Plan experimentosPlan experimentos
Plan experimentos
Rogger Wins
 
Aula 4 - Conhecendo as Estruturas de Repetição
Aula 4 - Conhecendo as Estruturas de RepetiçãoAula 4 - Conhecendo as Estruturas de Repetição
Aula 4 - Conhecendo as Estruturas de Repetição
Paulo Roberto Donatilio Rego
 
Mi familia
Mi familiaMi familia
Mi familia
Renee Giglia
 
Dissertacao juliana muller freire (1)
Dissertacao juliana muller freire (1)Dissertacao juliana muller freire (1)
Dissertacao juliana muller freire (1)
Rogger Wins
 
Auto cad
Auto cadAuto cad
Auto cad
Rogger Wins
 
Práctica de word franklin sancan
Práctica de word franklin sancanPráctica de word franklin sancan
Práctica de word franklin sancan
franksancan20
 
Generación net
Generación netGeneración net
Generación net
210404
 
Taller elevator pitch 3.2
Taller elevator pitch 3.2Taller elevator pitch 3.2
Taller elevator pitch 3.2
Ariel Jones
 
As nossas fantasias para o baile de Outono
As nossas fantasias para o baile de OutonoAs nossas fantasias para o baile de Outono
As nossas fantasias para o baile de Outono
Patricia Carvalho
 
MK.Art Plannig Proyecto Final
MK.Art Plannig Proyecto FinalMK.Art Plannig Proyecto Final
MK.Art Plannig Proyecto Final
Cristina Samaniego
 
Wendy salas planificacion
Wendy salas planificacionWendy salas planificacion
Wendy salas planificacion
wendysaw10
 
Presentación preentrega
Presentación preentregaPresentación preentrega
Presentación preentrega
Laura Punti
 
Tim Grupo Creativo
Tim Grupo CreativoTim Grupo Creativo
Tim Grupo Creativo
marcolo311
 
Marketing in cinemas
Marketing in cinemasMarketing in cinemas
Marketing in cinemas
Ramesh Kalwaniya
 
Presentacion5 template
Presentacion5   templatePresentacion5   template
Presentacion5 template
Ariel Jones
 

Destaque (20)

Restaurador 03
Restaurador 03Restaurador 03
Restaurador 03
 
Libro ped 202
Libro ped 202Libro ped 202
Libro ped 202
 
La escuela inclusiva
La escuela inclusivaLa escuela inclusiva
La escuela inclusiva
 
Descrição completa theobroma speciosum cacauí
Descrição completa theobroma speciosum  cacauíDescrição completa theobroma speciosum  cacauí
Descrição completa theobroma speciosum cacauí
 
7101 22579-1-pb
7101 22579-1-pb7101 22579-1-pb
7101 22579-1-pb
 
Plan experimentos
Plan experimentosPlan experimentos
Plan experimentos
 
Aula 4 - Conhecendo as Estruturas de Repetição
Aula 4 - Conhecendo as Estruturas de RepetiçãoAula 4 - Conhecendo as Estruturas de Repetição
Aula 4 - Conhecendo as Estruturas de Repetição
 
Mi familia
Mi familiaMi familia
Mi familia
 
Dissertacao juliana muller freire (1)
Dissertacao juliana muller freire (1)Dissertacao juliana muller freire (1)
Dissertacao juliana muller freire (1)
 
Auto cad
Auto cadAuto cad
Auto cad
 
Práctica de word franklin sancan
Práctica de word franklin sancanPráctica de word franklin sancan
Práctica de word franklin sancan
 
Generación net
Generación netGeneración net
Generación net
 
Taller elevator pitch 3.2
Taller elevator pitch 3.2Taller elevator pitch 3.2
Taller elevator pitch 3.2
 
As nossas fantasias para o baile de Outono
As nossas fantasias para o baile de OutonoAs nossas fantasias para o baile de Outono
As nossas fantasias para o baile de Outono
 
MK.Art Plannig Proyecto Final
MK.Art Plannig Proyecto FinalMK.Art Plannig Proyecto Final
MK.Art Plannig Proyecto Final
 
Wendy salas planificacion
Wendy salas planificacionWendy salas planificacion
Wendy salas planificacion
 
Presentación preentrega
Presentación preentregaPresentación preentrega
Presentación preentrega
 
Tim Grupo Creativo
Tim Grupo CreativoTim Grupo Creativo
Tim Grupo Creativo
 
Marketing in cinemas
Marketing in cinemasMarketing in cinemas
Marketing in cinemas
 
Presentacion5 template
Presentacion5   templatePresentacion5   template
Presentacion5 template
 

Semelhante a Atitude(portugal) (2)

Diferenca entre paises ricos e pobres
Diferenca entre paises ricos e pobresDiferenca entre paises ricos e pobres
Diferenca entre paises ricos e pobres
J. C.
 
Segredosdas Nacoes
Segredosdas NacoesSegredosdas Nacoes
Segredosdas Nacoes
guestd6ce63
 
Segredosdas Nacoes
Segredosdas NacoesSegredosdas Nacoes
Segredosdas Nacoes
guestd6ce63
 
Segredosdas Nacoes
Segredosdas NacoesSegredosdas Nacoes
Segredosdas Nacoes
guestd6ce63
 
Segredosdas Nacoes
Segredosdas NacoesSegredosdas Nacoes
Segredosdas Nacoes
Ricardo Cerrone
 
Segredosdas Nacoes
Segredosdas NacoesSegredosdas Nacoes
Segredosdas Nacoes
guestd6ce63
 
Atitude
AtitudeAtitude
A DiferençA Entre Os Paises
A DiferençA Entre Os PaisesA DiferençA Entre Os Paises
A DiferençA Entre Os Paises
guestac93573
 
Porque_os_paises_sao_diferentes
Porque_os_paises_sao_diferentesPorque_os_paises_sao_diferentes
Porque_os_paises_sao_diferentes
primaquim
 
Porque os países sao diferentes
Porque os países sao diferentesPorque os países sao diferentes
Porque os países sao diferentes
Leonardo Michel
 
Porque os paises_sao_diferentes
Porque os paises_sao_diferentesPorque os paises_sao_diferentes
Porque os paises_sao_diferentes
Clarisete Oliveira
 
Porque Os Paises Sao Diferentes
Porque Os Paises Sao DiferentesPorque Os Paises Sao Diferentes
Porque Os Paises Sao Diferentes
Carlos Costa
 
Porque Os Paises Sao Diferentes
Porque Os Paises Sao DiferentesPorque Os Paises Sao Diferentes
Porque Os Paises Sao Diferentes
Carlos Costa
 
Porque Os Paises Sao Diferentes
Porque Os Paises Sao DiferentesPorque Os Paises Sao Diferentes
Porque Os Paises Sao Diferentes
Carlos Costa
 

Semelhante a Atitude(portugal) (2) (14)

Diferenca entre paises ricos e pobres
Diferenca entre paises ricos e pobresDiferenca entre paises ricos e pobres
Diferenca entre paises ricos e pobres
 
Segredosdas Nacoes
Segredosdas NacoesSegredosdas Nacoes
Segredosdas Nacoes
 
Segredosdas Nacoes
Segredosdas NacoesSegredosdas Nacoes
Segredosdas Nacoes
 
Segredosdas Nacoes
Segredosdas NacoesSegredosdas Nacoes
Segredosdas Nacoes
 
Segredosdas Nacoes
Segredosdas NacoesSegredosdas Nacoes
Segredosdas Nacoes
 
Segredosdas Nacoes
Segredosdas NacoesSegredosdas Nacoes
Segredosdas Nacoes
 
Atitude
AtitudeAtitude
Atitude
 
A DiferençA Entre Os Paises
A DiferençA Entre Os PaisesA DiferençA Entre Os Paises
A DiferençA Entre Os Paises
 
Porque_os_paises_sao_diferentes
Porque_os_paises_sao_diferentesPorque_os_paises_sao_diferentes
Porque_os_paises_sao_diferentes
 
Porque os países sao diferentes
Porque os países sao diferentesPorque os países sao diferentes
Porque os países sao diferentes
 
Porque os paises_sao_diferentes
Porque os paises_sao_diferentesPorque os paises_sao_diferentes
Porque os paises_sao_diferentes
 
Porque Os Paises Sao Diferentes
Porque Os Paises Sao DiferentesPorque Os Paises Sao Diferentes
Porque Os Paises Sao Diferentes
 
Porque Os Paises Sao Diferentes
Porque Os Paises Sao DiferentesPorque Os Paises Sao Diferentes
Porque Os Paises Sao Diferentes
 
Porque Os Paises Sao Diferentes
Porque Os Paises Sao DiferentesPorque Os Paises Sao Diferentes
Porque Os Paises Sao Diferentes
 

Mais de archibald29

American indians in the far west american country
American indians in the far west american countryAmerican indians in the far west american country
American indians in the far west american country
archibald29
 
Paris - visita ao museu Rodin
Paris - visita ao museu RodinParis - visita ao museu Rodin
Paris - visita ao museu Rodin
archibald29
 
Uma visita ao jardim do Luxembourg
Uma visita ao jardim do LuxembourgUma visita ao jardim do Luxembourg
Uma visita ao jardim do Luxembourg
archibald29
 
Farrapos de poesia e som com f.pessoa
Farrapos de poesia e som com f.pessoaFarrapos de poesia e som com f.pessoa
Farrapos de poesia e som com f.pessoa
archibald29
 
Alda lara
Alda laraAlda lara
Alda lara
archibald29
 
Cataratas Vitoria
Cataratas VitoriaCataratas Vitoria
Cataratas Vitoria
archibald29
 
Colesterol
ColesterolColesterol
Colesterol
archibald29
 
A lição da borboleta
A lição da borboletaA lição da borboleta
A lição da borboleta
archibald29
 

Mais de archibald29 (8)

American indians in the far west american country
American indians in the far west american countryAmerican indians in the far west american country
American indians in the far west american country
 
Paris - visita ao museu Rodin
Paris - visita ao museu RodinParis - visita ao museu Rodin
Paris - visita ao museu Rodin
 
Uma visita ao jardim do Luxembourg
Uma visita ao jardim do LuxembourgUma visita ao jardim do Luxembourg
Uma visita ao jardim do Luxembourg
 
Farrapos de poesia e som com f.pessoa
Farrapos de poesia e som com f.pessoaFarrapos de poesia e som com f.pessoa
Farrapos de poesia e som com f.pessoa
 
Alda lara
Alda laraAlda lara
Alda lara
 
Cataratas Vitoria
Cataratas VitoriaCataratas Vitoria
Cataratas Vitoria
 
Colesterol
ColesterolColesterol
Colesterol
 
A lição da borboleta
A lição da borboletaA lição da borboleta
A lição da borboleta
 

Último

GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdfJOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
ClaudiaMainoth
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
JoanaFigueira11
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 

Último (20)

GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdfJOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 

Atitude(portugal) (2)

  • 1. Para reflexão e ... acção. A diferença entre os países pobres e os ricos não é a idade do país .
  • 2. Países como Índia e Egipto, têm mais de 3000 anos e são pobres.
  • 3. Por outro lado, Canadá, Austrália e Nova Zelândia, que há 150 anos eram  inexpressivos, hoje são países desenvolvidos e ricos.
  • 4. A diferença entre países pobres e ricos também não  reside nos recursos  naturais disponíveis .
  • 5. O Japão possui um território limitado, 80%  montanhoso, inadequado para a agricultura e a criação de gado, mas é a segunda economia mundial. O país é como uma imensa fábrica flutuante, importando matéria-prima do mundo todo e exportando produtos manufacturados.
  • 6. Outro exemplo é a Suíça , que não planta cacau mas  tem o melhor chocolate do mundo. No seu pequeno território cria animais e  cultiva o solo durante apenas quatro meses no ano. Não obstante, fabrica lacticínios da melhor qualidade.
  • 7. A Suíça é também um país pequeno que passa uma imagem de  segurança, ordem e trabalho, o que o transformou na caixa forte do  mundo.
  • 8. Executivos de países  ricos que se relacionam com seus pares de países pobres mostram que não há diferença intelectual significativa .
  • 9. A raça ou a cor da pele também não são importantes. Imigrantes rotulados de preguiçosos nos seus países de origem são a força produtiva de países europeus ricos.
  • 10. Qual é então a diferença ?
  • 11. A diferença é a atitude das pessoas, moldada ao  longo dos anos pela educação e pela cultura.
  • 12. Ao analisarmos a conduta das pessoas nos  países ricos e desenvolvidos, constatamos que a grande maioria segue os  seguintes princípios de vida:
  • 13. 1. A ética, como princípio  básico. 2. A integridade. 3. A responsabilidade. 4. O respeito às leis e  regulamentos. 5. O respeito pelo direito dos demais  cidadãos. 6. O amor ao trabalho. 7. O esforço pela poupança e pelo  investimento. 8. O desejo de superação. 9. A pontualidade.
  • 14. Nos países pobres apenas uma minoria segue esses princípios básicos na sua vida diária.
  • 15. Não somos pobres porque nos faltam recursos naturais ou porque a natureza foi cruel connosco.
  • 16. Somos pobres porque nos falta atitude. Falta-nos vontade  para cumprir e ensinar esses princípios de funcionamento das sociedades ricas e desenvolvidas.
  • 17. SOMOS ASSIM, POR QUERER LEVAR VANTAGENS SOBRE TUDO E TODOS. SOMOS ASSIM POR VER ALGO DE ERRADO E DIZER: “DEIXA-PRA-LÁ” OS NOSSOS POLÍTICOS TÊM ATITUDES POUCO DIGNIFICANTES. ESBANJAMOS DINHEIRO EM VAIDADES QUE FAZ FALTA PARA O ESSENCIAL.
  • 18. Se amas Portugal faz circular esta mensagem para que grande quantidade de pessoas pense no assunto e MUDE atitude!!!
  • 19. Especialmente nesta época que se avizinha, PENSA NISSO...