SlideShare uma empresa Scribd logo
INTERAÇÕES
ECOLÓGICAS
CONCEITO
São relações que ocorrem entre indivíduos de
uma comunidade.
TIPOS DE RELAÇÕES
Intra-específicas: ocorrem entre indivíduos da
mesma espécie.
Interespecíficas: ocorrem entre indivíduos de
espécies diferentes.
Harmônicas: quando a relação traz benefícios
para todos os indivíduos envolvidos, ou somente
para um deles, sem causar prejuízo para aos
outros.
Desarmônica: quando a relação traz benefício
para somente um dos indivíduos causando
prejuízo para o outro.
RELAÇÕES INTRA-ESPECÍFICAS
HARMÔNICAS
Colônias: associações entre indivíduos que
mantém ligação anatômica entre si.
homotípicas – sem diferenciação entre
os indivíduos, e sem divisão de funções.
ex: colônia de bactérias
heterotípicas – com diferenciação entre
os indivíduos e com divisão de trabalho.
ex: caravela-do-mar, corais
Colônias de bactérias
coral
coral
Physalia
Sociedade: reunião de grandes grupos de
indivíduos, na qual existe um elevado grau de
hierarquia e divisão de trabalho.
ex: abelhas, cupins, formigas, lobos, etc...
Reuniões: agrupamentos temporários de
indivíduos em função de um determinado
estímulo.
ex: aves migratórias, reunião de insetos ao
redor de uma lâmpada
DESARMÔNICAS
Canibalismo: ocorre quando um indivíduo se
alimenta de outro da mesma espécie.
ex: viúva negra, louva-Deus
Competição intra-específica: ocorre quando
indivíduos da mesma espécie disputam algum
recurso ambiental, território ou direito de se
reproduzir.
ex: cães, elefantes-marinhos, leões, etc...
RELAÇÕES INTERESPECÍFICAS
HARMÔNICAS
Mutualismo (++): associação em que ambas
espécies envolvidas são beneficiadas, e há
relação de dependência entre elas.
Ex: líquens – associação entre fungos e
algas, em que o fungo fornece nutrientes
inorgânicos à alga, e a alga fornece
nutrientes orgânicos ao fungo
líquens
Cupins e protozoários: associação em que
os cupins fornecem alimento aos protozoários
que vivem em seu intestino, e os protozoários
liberam enzimas para digestão de celulose.
Protocooperação (++): associação em que
ambas espécies se beneficiam sem haver
relação de dependência entre elas.
Ex: ermitão e anêmona, jacaré e pássaro-
paliteiro, plantas e agentes polinizadores
Paguro e anêmona
Comensalismo (+0): ocorre quando um
organismo se alimenta dos restos de alimentos
deixados por outro organismo.
Ex: rêmoras e tubarões, hienas e leões
hienas
Inquilinismo (+0): ocorre quando um organismo
procura abrigo no corpo de outro organismo.
Ex: peixe-agulha e pepino-do-mar
Epifitismo: é um caso de inquilinismo entre
organismos vegetais, em que uma planta
cresce sobre outra, sem causar prejuízo
Ex: orquídeas, bromélias
Foresia (+0): ocorre quando um organismo é
transportado por outro.
Ex: carrapicho e picão que se prendem em
pêlos de animais ou em roupas
Sinfilia (+0): ocorre quando um organismo se
alimenta da excreção de outro organismo
Ex: formigas e pulgões
DESARMÔNICAS
Predatismo (+-): ocorre quando um organismo
captura e mata outro organismo para se
alimentar.
Ex: leão e zebra
Parasitismo (+-): ocorre quando um organismo
se alimenta de outro organismo, sem ter o
intuito de matá-lo
Ex: carrapato e vaca, pulga e cachorro,
tênia e homem, bactérias, vírus
Amensalismo (+-): ocorre quando um
organismo libera substâncias tóxicas que inibem
o crescimento, ou a reprodução de outros
organismos.
Ex: Penicillium, maré vermelha
Esclavagismo (+-): ocorre quando um
organismo se aproveita do trabalho de outro
Organismo.
Ex: chupim e tico-tico, formigas
Competição interespecífica (+-): ocorre quando
dois organismos de espécies diferentes ocupam
o mesmo nicho, disputando os mesmos recursos
ambientais

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a 8e8d209cd3f44ed453d461abc6dd0561.ppt

Aula Relações Ecológicas
Aula Relações EcológicasAula Relações Ecológicas
Aula Relações Ecológicas
Rosalia Azambuja
 
Ecologia
EcologiaEcologia
Ecologia
eebniltonkucker
 
2012_-_relacoes_ecologicas(1).ppt
2012_-_relacoes_ecologicas(1).ppt2012_-_relacoes_ecologicas(1).ppt
2012_-_relacoes_ecologicas(1).ppt
Ana Paula Lapponi
 
Relações ecológicas ii
Relações ecológicas iiRelações ecológicas ii
Relações ecológicas ii
Taiza Ferronato
 
Cap 6 um jeito de se virar no ambiente
Cap 6 um jeito de se virar no ambienteCap 6 um jeito de se virar no ambiente
Cap 6 um jeito de se virar no ambiente
Sarah Lemes
 
Relações entre os seres vivos
Relações entre os seres vivosRelações entre os seres vivos
Relações entre os seres vivos
Ercio Novaes
 
Interacções entre seres vivos
Interacções entre seres vivosInteracções entre seres vivos
Interacções entre seres vivos
Raquel Fabíola Fernandes
 
população, Biologia, 4° Bimestre Professora Raquel
 população, Biologia,  4° Bimestre Professora Raquel população, Biologia,  4° Bimestre Professora Raquel
população, Biologia, 4° Bimestre Professora Raquel
Raquel Alves
 
Relacoes entre-seres-vivos-pdf2
Relacoes entre-seres-vivos-pdf2Relacoes entre-seres-vivos-pdf2
Relacoes entre-seres-vivos-pdf2
Eduardo Henrique
 
Relações ecológicas entre seres vivos
Relações ecológicas entre seres vivos Relações ecológicas entre seres vivos
Relações ecológicas entre seres vivos
Vanessa Anzolin
 
Relações ecológicas 2
Relações ecológicas 2Relações ecológicas 2
Relações ecológicas 2
hugocampos2
 
Relações ecológicas
Relações ecológicas Relações ecológicas
Relações ecológicas
3a-manha
 
Relações ecológicas 2
Relações ecológicas 2Relações ecológicas 2
Relações ecológicas 2
XPaulinhaSilva
 
Didática 2
Didática 2Didática 2
Didática 2
Victor_DCAG
 
Ecologia e sustentabilidade
Ecologia e sustentabilidadeEcologia e sustentabilidade
Ecologia e sustentabilidade
Luciara Andrade
 
Interação entre os seres vivos
Interação entre os seres vivosInteração entre os seres vivos
Interação entre os seres vivos
wenea
 
129876887788470 relacoes ecologicas
129876887788470 relacoes ecologicas129876887788470 relacoes ecologicas
129876887788470 relacoes ecologicas
Viviane Godoi
 
Relações Ecológicas
Relações EcológicasRelações Ecológicas
Relações Ecológicas
Victor_DCAG
 
Ecologia-Relações Ecológicas
Ecologia-Relações Ecológicas Ecologia-Relações Ecológicas
Ecologia-Relações Ecológicas
Antonio Fernandes
 
Aula Relações ecológicas revisão para o ENEM
Aula Relações ecológicas revisão para o ENEMAula Relações ecológicas revisão para o ENEM
Aula Relações ecológicas revisão para o ENEM
Douglas Oliveira
 

Semelhante a 8e8d209cd3f44ed453d461abc6dd0561.ppt (20)

Aula Relações Ecológicas
Aula Relações EcológicasAula Relações Ecológicas
Aula Relações Ecológicas
 
Ecologia
EcologiaEcologia
Ecologia
 
2012_-_relacoes_ecologicas(1).ppt
2012_-_relacoes_ecologicas(1).ppt2012_-_relacoes_ecologicas(1).ppt
2012_-_relacoes_ecologicas(1).ppt
 
Relações ecológicas ii
Relações ecológicas iiRelações ecológicas ii
Relações ecológicas ii
 
Cap 6 um jeito de se virar no ambiente
Cap 6 um jeito de se virar no ambienteCap 6 um jeito de se virar no ambiente
Cap 6 um jeito de se virar no ambiente
 
Relações entre os seres vivos
Relações entre os seres vivosRelações entre os seres vivos
Relações entre os seres vivos
 
Interacções entre seres vivos
Interacções entre seres vivosInteracções entre seres vivos
Interacções entre seres vivos
 
população, Biologia, 4° Bimestre Professora Raquel
 população, Biologia,  4° Bimestre Professora Raquel população, Biologia,  4° Bimestre Professora Raquel
população, Biologia, 4° Bimestre Professora Raquel
 
Relacoes entre-seres-vivos-pdf2
Relacoes entre-seres-vivos-pdf2Relacoes entre-seres-vivos-pdf2
Relacoes entre-seres-vivos-pdf2
 
Relações ecológicas entre seres vivos
Relações ecológicas entre seres vivos Relações ecológicas entre seres vivos
Relações ecológicas entre seres vivos
 
Relações ecológicas 2
Relações ecológicas 2Relações ecológicas 2
Relações ecológicas 2
 
Relações ecológicas
Relações ecológicas Relações ecológicas
Relações ecológicas
 
Relações ecológicas 2
Relações ecológicas 2Relações ecológicas 2
Relações ecológicas 2
 
Didática 2
Didática 2Didática 2
Didática 2
 
Ecologia e sustentabilidade
Ecologia e sustentabilidadeEcologia e sustentabilidade
Ecologia e sustentabilidade
 
Interação entre os seres vivos
Interação entre os seres vivosInteração entre os seres vivos
Interação entre os seres vivos
 
129876887788470 relacoes ecologicas
129876887788470 relacoes ecologicas129876887788470 relacoes ecologicas
129876887788470 relacoes ecologicas
 
Relações Ecológicas
Relações EcológicasRelações Ecológicas
Relações Ecológicas
 
Ecologia-Relações Ecológicas
Ecologia-Relações Ecológicas Ecologia-Relações Ecológicas
Ecologia-Relações Ecológicas
 
Aula Relações ecológicas revisão para o ENEM
Aula Relações ecológicas revisão para o ENEMAula Relações ecológicas revisão para o ENEM
Aula Relações ecológicas revisão para o ENEM
 

Último

Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
SETCESP - Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
SETCESP - Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região
 
dengue atividade e caça-palavras 6 ano exercicios
dengue atividade e caça-palavras 6 ano exerciciosdengue atividade e caça-palavras 6 ano exercicios
dengue atividade e caça-palavras 6 ano exercicios
wfsouza2
 
Apresentação de Manejo do solo - Slides.pptx
Apresentação de Manejo do solo - Slides.pptxApresentação de Manejo do solo - Slides.pptx
Apresentação de Manejo do solo - Slides.pptx
Geagra UFG
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
SETCESP - Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
SETCESP - Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
SETCESP - Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
SETCESP - Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região
 

Último (8)

Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
 
dengue atividade e caça-palavras 6 ano exercicios
dengue atividade e caça-palavras 6 ano exerciciosdengue atividade e caça-palavras 6 ano exercicios
dengue atividade e caça-palavras 6 ano exercicios
 
Apresentação de Manejo do solo - Slides.pptx
Apresentação de Manejo do solo - Slides.pptxApresentação de Manejo do solo - Slides.pptx
Apresentação de Manejo do solo - Slides.pptx
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
 

8e8d209cd3f44ed453d461abc6dd0561.ppt

  • 2. CONCEITO São relações que ocorrem entre indivíduos de uma comunidade. TIPOS DE RELAÇÕES Intra-específicas: ocorrem entre indivíduos da mesma espécie. Interespecíficas: ocorrem entre indivíduos de espécies diferentes.
  • 3. Harmônicas: quando a relação traz benefícios para todos os indivíduos envolvidos, ou somente para um deles, sem causar prejuízo para aos outros. Desarmônica: quando a relação traz benefício para somente um dos indivíduos causando prejuízo para o outro.
  • 4. RELAÇÕES INTRA-ESPECÍFICAS HARMÔNICAS Colônias: associações entre indivíduos que mantém ligação anatômica entre si. homotípicas – sem diferenciação entre os indivíduos, e sem divisão de funções. ex: colônia de bactérias heterotípicas – com diferenciação entre os indivíduos e com divisão de trabalho. ex: caravela-do-mar, corais
  • 9. Sociedade: reunião de grandes grupos de indivíduos, na qual existe um elevado grau de hierarquia e divisão de trabalho. ex: abelhas, cupins, formigas, lobos, etc...
  • 10. Reuniões: agrupamentos temporários de indivíduos em função de um determinado estímulo. ex: aves migratórias, reunião de insetos ao redor de uma lâmpada
  • 11. DESARMÔNICAS Canibalismo: ocorre quando um indivíduo se alimenta de outro da mesma espécie. ex: viúva negra, louva-Deus
  • 12.
  • 13. Competição intra-específica: ocorre quando indivíduos da mesma espécie disputam algum recurso ambiental, território ou direito de se reproduzir. ex: cães, elefantes-marinhos, leões, etc...
  • 14.
  • 15. RELAÇÕES INTERESPECÍFICAS HARMÔNICAS Mutualismo (++): associação em que ambas espécies envolvidas são beneficiadas, e há relação de dependência entre elas. Ex: líquens – associação entre fungos e algas, em que o fungo fornece nutrientes inorgânicos à alga, e a alga fornece nutrientes orgânicos ao fungo
  • 17. Cupins e protozoários: associação em que os cupins fornecem alimento aos protozoários que vivem em seu intestino, e os protozoários liberam enzimas para digestão de celulose.
  • 18. Protocooperação (++): associação em que ambas espécies se beneficiam sem haver relação de dependência entre elas. Ex: ermitão e anêmona, jacaré e pássaro- paliteiro, plantas e agentes polinizadores
  • 20. Comensalismo (+0): ocorre quando um organismo se alimenta dos restos de alimentos deixados por outro organismo. Ex: rêmoras e tubarões, hienas e leões
  • 22. Inquilinismo (+0): ocorre quando um organismo procura abrigo no corpo de outro organismo. Ex: peixe-agulha e pepino-do-mar
  • 23. Epifitismo: é um caso de inquilinismo entre organismos vegetais, em que uma planta cresce sobre outra, sem causar prejuízo Ex: orquídeas, bromélias
  • 24. Foresia (+0): ocorre quando um organismo é transportado por outro. Ex: carrapicho e picão que se prendem em pêlos de animais ou em roupas
  • 25. Sinfilia (+0): ocorre quando um organismo se alimenta da excreção de outro organismo Ex: formigas e pulgões
  • 26. DESARMÔNICAS Predatismo (+-): ocorre quando um organismo captura e mata outro organismo para se alimentar. Ex: leão e zebra
  • 27.
  • 28. Parasitismo (+-): ocorre quando um organismo se alimenta de outro organismo, sem ter o intuito de matá-lo Ex: carrapato e vaca, pulga e cachorro, tênia e homem, bactérias, vírus
  • 29.
  • 30. Amensalismo (+-): ocorre quando um organismo libera substâncias tóxicas que inibem o crescimento, ou a reprodução de outros organismos. Ex: Penicillium, maré vermelha
  • 31. Esclavagismo (+-): ocorre quando um organismo se aproveita do trabalho de outro Organismo. Ex: chupim e tico-tico, formigas Competição interespecífica (+-): ocorre quando dois organismos de espécies diferentes ocupam o mesmo nicho, disputando os mesmos recursos ambientais