SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 16
O PODERO PODER
DA LÍNGUADA LÍNGUA
Clicar para passagem de slides / ligar o somClicar para passagem de slides / ligar o som
Conta-se que certa vez um mercador grego,Conta-se que certa vez um mercador grego,
rico, ofereceu um banquete com comidasrico, ofereceu um banquete com comidas
especiais. Chamou seu escravo eespeciais. Chamou seu escravo e
ordenou-lhe que fosse ao mercado comprarordenou-lhe que fosse ao mercado comprar
a melhor iguaria.a melhor iguaria.
O escravo retornou com belo prato. OO escravo retornou com belo prato. O
mercador removeu o pano e assustado disse:mercador removeu o pano e assustado disse:
-Língua ?!! Este é o prato mais delicioso ?-Língua ?!! Este é o prato mais delicioso ?
O escravo, sem levantar a cabeça, respondeu:O escravo, sem levantar a cabeça, respondeu:
- A língua é o prato mais delicioso, sim- A língua é o prato mais delicioso, sim
senhor. É com a língua que pedimos água...senhor. É com a língua que pedimos água...
...dizemos “mamãe”, fazemos amigos,...dizemos “mamãe”, fazemos amigos,
perdoamos. Com a língua reunimos pessoas,perdoamos. Com a língua reunimos pessoas,
dizemos “meu Deus”, oramos, cantamos,dizemos “meu Deus”, oramos, cantamos,
dizemos “eu te amo”...dizemos “eu te amo”...
O mercador, não muito convencido, quisO mercador, não muito convencido, quis
testar a sabedoria de seu escravo, e o mandoutestar a sabedoria de seu escravo, e o mandou
de volta ao mercado, desta vez para trazer ode volta ao mercado, desta vez para trazer o
pior alimento. O escravo voltou com um lindopior alimento. O escravo voltou com um lindo
prato, coberto por fino tecido. O mercador,prato, coberto por fino tecido. O mercador,
ansioso, retirou o pano para conheceransioso, retirou o pano para conhecer
o pior alimento.o pior alimento.
-Língua, outra vez?!!, disse, espantado.-Língua, outra vez?!!, disse, espantado.
-Sim, língua, respondeu o escravo. É com a-Sim, língua, respondeu o escravo. É com a
língua que condenamos, separamos,língua que condenamos, separamos,
provocamos intrigas e ciúmes, blasfemamos.provocamos intrigas e ciúmes, blasfemamos.
É com ela que expulsamos, isolamos,É com ela que expulsamos, isolamos,
enganamos nosso irmão, xingamosenganamos nosso irmão, xingamos
pai e mãe...pai e mãe...
Não há nada pior que a língua; não há nadaNão há nada pior que a língua; não há nada
melhor que a língua. Depende do modomelhor que a língua. Depende do modo
que a usamos.que a usamos.
Muitos males têm sido causados por uma sóMuitos males têm sido causados por uma só
palavra ou frase proferida . Diz um ditado quepalavra ou frase proferida . Diz um ditado que
“falar é prata, calar é ouro”. Palavras ferem,“falar é prata, calar é ouro”. Palavras ferem,
matam, magoam, semeiam dúvidas, fazemmatam, magoam, semeiam dúvidas, fazem
pecar, geram ódio...e muitas vezes quem diz opecar, geram ódio...e muitas vezes quem diz o
que quer, ouve o que não quer.que quer, ouve o que não quer.
Uma palavra, uma frase, podem doer mais queUma palavra, uma frase, podem doer mais que
a dor física. A dor física pode cessar com uma dor física. A dor física pode cessar com um
medicamento, mas a dor provocada por umamedicamento, mas a dor provocada por uma
palavra ou frase, muitas vezes nem o tempopalavra ou frase, muitas vezes nem o tempo
apaga, e, quando apagada, costumaapaga, e, quando apagada, costuma
deixar cicatrizes.deixar cicatrizes.
O pecado da língua é tão sério que ocupa todoO pecado da língua é tão sério que ocupa todo
o capítulo 3 e parte do capítulo 4 dao capítulo 3 e parte do capítulo 4 da
epístola de Tiago, no Novo Testamento.epístola de Tiago, no Novo Testamento.
A Bíblia nos ensina que “os lábios do justoA Bíblia nos ensina que “os lábios do justo
apascentam a muitos, mas por falta de senso,apascentam a muitos, mas por falta de senso,
morrem os tolos” (Provérbios 10:21)morrem os tolos” (Provérbios 10:21)
Jesus, censurando os fariseus, disse-lhes queJesus, censurando os fariseus, disse-lhes que
“a boca fala do que está cheio o coração”“a boca fala do que está cheio o coração”
(Mateus 12:34), e advertiu: “Digo-vos que de(Mateus 12:34), e advertiu: “Digo-vos que de
toda palavra frívola que proferirem os homens,toda palavra frívola que proferirem os homens,
dela darão conta no dia do juízo; porquedela darão conta no dia do juízo; porque
pelas tuas palavras seráspelas tuas palavras serás
justificado e pela tuas palavrasjustificado e pela tuas palavras
serás condenado” (Mateus 12:36-37).serás condenado” (Mateus 12:36-37).
O piloto de um navio dirige-o para qualquerO piloto de um navio dirige-o para qualquer
direção controlando um pequeno leme. Dadireção controlando um pequeno leme. Da
mesma forma um cavalo é dirigidomesma forma um cavalo é dirigido
por nós quando lhe pomos freios na boca.por nós quando lhe pomos freios na boca.
Sejamos vigilantes sobre o uso da língua, e,Sejamos vigilantes sobre o uso da língua, e,
“deixando a mentira, fale cada um“deixando a mentira, fale cada um
a verdade com o seu próximo, porque somosa verdade com o seu próximo, porque somos
membros uns dos outros” (Efésiosmembros uns dos outros” (Efésios
4:25).4:25).
Que possamos usar nossa língua para dizer oQue possamos usar nossa língua para dizer o
quanto amamos nossos entes queridosquanto amamos nossos entes queridos
e amigos; para perdoar a quem nos ofende,e amigos; para perdoar a quem nos ofende,
para pedir perdão a quem ofendemos, parapara pedir perdão a quem ofendemos, para
oferecer ajuda ao necessitado, para elogiar,oferecer ajuda ao necessitado, para elogiar,
para ensinar, para proclamar a paz,para ensinar, para proclamar a paz,
para repelir a guerra, as fofocas, as intrigas, apara repelir a guerra, as fofocas, as intrigas, a
inveja, a maledicência..inveja, a maledicência..
Que nossos lábiosQue nossos lábios
louvem, sempre,louvem, sempre,
ao nosso Deus !ao nosso Deus !
Créditos:Créditos:
texto e montagem de slides: Manoel Nerivaldo Lopestexto e montagem de slides: Manoel Nerivaldo Lopes
e-mail:e-mail: menele@superig.com.brmenele@superig.com.br
imagens: olhares.comimagens: olhares.com
data; 24.05.2006data; 24.05.2006

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a 7252785 o-poder-da-lingua

A melhor e_a_pior_comida_do_mundo
A melhor e_a_pior_comida_do_mundoA melhor e_a_pior_comida_do_mundo
A melhor e_a_pior_comida_do_mundo
Aldo Cioffi
 
Locução profissional cistã
Locução profissional cistãLocução profissional cistã
Locução profissional cistã
WebExecutivo1
 
Gêneros textuais e tipos textuais
Gêneros textuais e tipos textuaisGêneros textuais e tipos textuais
Gêneros textuais e tipos textuais
Mirna Carvalho
 
Sermaodesantoantonioaospeixes
SermaodesantoantonioaospeixesSermaodesantoantonioaospeixes
Sermaodesantoantonioaospeixes
Mónica Alexandra
 
Repreensões gerais e particulares
Repreensões gerais e particularesRepreensões gerais e particulares
Repreensões gerais e particulares
Dina Baptista
 
áRvore de bons frutos
áRvore de bons frutosáRvore de bons frutos
áRvore de bons frutos
conectigrupo
 
23º Domingo do Tempo Comum - 09/09/2012 Xxiii tc b - dia 09.09.2012 - missa...
23º Domingo do Tempo Comum - 09/09/2012 Xxiii tc   b - dia 09.09.2012 - missa...23º Domingo do Tempo Comum - 09/09/2012 Xxiii tc   b - dia 09.09.2012 - missa...
23º Domingo do Tempo Comum - 09/09/2012 Xxiii tc b - dia 09.09.2012 - missa...
saobeneditoesaocristovao
 
Español - Heterogenéricos, Gêneros, Singular, Plural e Antônimos
Español - Heterogenéricos, Gêneros, Singular, Plural e AntônimosEspañol - Heterogenéricos, Gêneros, Singular, Plural e Antônimos
Español - Heterogenéricos, Gêneros, Singular, Plural e Antônimos
emnet0
 
Jogo final do ano
Jogo final do anoJogo final do ano
Jogo final do ano
Ana Pinto
 

Semelhante a 7252785 o-poder-da-lingua (20)

O Poder Da Lingua
O Poder Da LinguaO Poder Da Lingua
O Poder Da Lingua
 
A melhor e_a_pior_comida_do_mundo
A melhor e_a_pior_comida_do_mundoA melhor e_a_pior_comida_do_mundo
A melhor e_a_pior_comida_do_mundo
 
557 a palavra da vida
557   a palavra da vida557   a palavra da vida
557 a palavra da vida
 
Ler 244 aula extra noções de comunicação t.c.c.ripoli
Ler 244 aula extra noções de comunicação t.c.c.ripoliLer 244 aula extra noções de comunicação t.c.c.ripoli
Ler 244 aula extra noções de comunicação t.c.c.ripoli
 
Locução profissional cistã
Locução profissional cistãLocução profissional cistã
Locução profissional cistã
 
Gêneros textuais e tipos textuais
Gêneros textuais e tipos textuaisGêneros textuais e tipos textuais
Gêneros textuais e tipos textuais
 
Sermaodesantoantonioaospeixes
SermaodesantoantonioaospeixesSermaodesantoantonioaospeixes
Sermaodesantoantonioaospeixes
 
Estudo4 boas novas
Estudo4 boas novasEstudo4 boas novas
Estudo4 boas novas
 
Louvor das virtudes aos peixes
Louvor das virtudes aos peixesLouvor das virtudes aos peixes
Louvor das virtudes aos peixes
 
Repreensões gerais e particulares
Repreensões gerais e particularesRepreensões gerais e particulares
Repreensões gerais e particulares
 
Missa 05 08 de manhã
Missa 05 08 de manhãMissa 05 08 de manhã
Missa 05 08 de manhã
 
Diferenças Linguísticas
Diferenças Linguísticas Diferenças Linguísticas
Diferenças Linguísticas
 
3 Dom TC II
3 Dom TC II3 Dom TC II
3 Dom TC II
 
Sermão de santo antonio aos peixes
Sermão de santo antonio aos peixesSermão de santo antonio aos peixes
Sermão de santo antonio aos peixes
 
Pf port41-f1-2015-cad1
Pf port41-f1-2015-cad1Pf port41-f1-2015-cad1
Pf port41-f1-2015-cad1
 
áRvore de bons frutos
áRvore de bons frutosáRvore de bons frutos
áRvore de bons frutos
 
23º Domingo do Tempo Comum - 09/09/2012 Xxiii tc b - dia 09.09.2012 - missa...
23º Domingo do Tempo Comum - 09/09/2012 Xxiii tc   b - dia 09.09.2012 - missa...23º Domingo do Tempo Comum - 09/09/2012 Xxiii tc   b - dia 09.09.2012 - missa...
23º Domingo do Tempo Comum - 09/09/2012 Xxiii tc b - dia 09.09.2012 - missa...
 
Español - Heterogenéricos, Gêneros, Singular, Plural e Antônimos
Español - Heterogenéricos, Gêneros, Singular, Plural e AntônimosEspañol - Heterogenéricos, Gêneros, Singular, Plural e Antônimos
Español - Heterogenéricos, Gêneros, Singular, Plural e Antônimos
 
Jogo final do ano
Jogo final do anoJogo final do ano
Jogo final do ano
 
Produção de paráfrase (1)
Produção de paráfrase (1)Produção de paráfrase (1)
Produção de paráfrase (1)
 

Mais de antonio ferreira

Características do sacerdócio de samuel
Características do sacerdócio de samuelCaracterísticas do sacerdócio de samuel
Características do sacerdócio de samuel
antonio ferreira
 
Caracteristicas da pessoa sob influência de jezabel
Caracteristicas da pessoa sob influência de jezabelCaracteristicas da pessoa sob influência de jezabel
Caracteristicas da pessoa sob influência de jezabel
antonio ferreira
 
Campanha obede edom terceira semana
Campanha obede edom terceira semanaCampanha obede edom terceira semana
Campanha obede edom terceira semana
antonio ferreira
 
Buscar me-eis e me achareis
Buscar me-eis e me achareisBuscar me-eis e me achareis
Buscar me-eis e me achareis
antonio ferreira
 
Benefícios da obediência
Benefícios da obediênciaBenefícios da obediência
Benefícios da obediência
antonio ferreira
 
Benção e maldição ml 1
Benção e maldição ml 1Benção e maldição ml 1
Benção e maldição ml 1
antonio ferreira
 
Benção das alianças 2010
Benção das alianças 2010Benção das alianças 2010
Benção das alianças 2010
antonio ferreira
 
Avidaquevence 110324204737-phpapp02
Avidaquevence 110324204737-phpapp02Avidaquevence 110324204737-phpapp02
Avidaquevence 110324204737-phpapp02
antonio ferreira
 

Mais de antonio ferreira (20)

kathryn-kuhlman-nada-e-impossivel-para-Deus
  kathryn-kuhlman-nada-e-impossivel-para-Deus   kathryn-kuhlman-nada-e-impossivel-para-Deus
kathryn-kuhlman-nada-e-impossivel-para-Deus
 
A unçao dos ancioes ..O pai o filho o espirito santo transmissores de gloria
 A unçao dos ancioes ..O pai o filho o espirito santo transmissores de gloria  A unçao dos ancioes ..O pai o filho o espirito santo transmissores de gloria
A unçao dos ancioes ..O pai o filho o espirito santo transmissores de gloria
 
Don gossett há poder em suas palavras
Don gossett   há poder em suas palavrasDon gossett   há poder em suas palavras
Don gossett há poder em suas palavras
 
como-deus-pode-e-vai-salvar-seu-casamento
  como-deus-pode-e-vai-salvar-seu-casamento  como-deus-pode-e-vai-salvar-seu-casamento
como-deus-pode-e-vai-salvar-seu-casamento
 
jorge-linhares-artimanhas-das-trevas-e-do-o-inimigo
  jorge-linhares-artimanhas-das-trevas-e-do-o-inimigo  jorge-linhares-artimanhas-das-trevas-e-do-o-inimigo
jorge-linhares-artimanhas-das-trevas-e-do-o-inimigo
 
evidencia-que-exige-um-veredito-josh-mc-dowell
 evidencia-que-exige-um-veredito-josh-mc-dowell evidencia-que-exige-um-veredito-josh-mc-dowell
evidencia-que-exige-um-veredito-josh-mc-dowell
 
Carta de amor de deus
Carta de amor de deusCarta de amor de deus
Carta de amor de deus
 
Características do sacerdócio de samuel
Características do sacerdócio de samuelCaracterísticas do sacerdócio de samuel
Características do sacerdócio de samuel
 
Caracteristicas da pessoa sob influência de jezabel
Caracteristicas da pessoa sob influência de jezabelCaracteristicas da pessoa sob influência de jezabel
Caracteristicas da pessoa sob influência de jezabel
 
Cara de leão
Cara de leãoCara de leão
Cara de leão
 
Campanha obede edom terceira semana
Campanha obede edom terceira semanaCampanha obede edom terceira semana
Campanha obede edom terceira semana
 
Buscar me-eis e me achareis
Buscar me-eis e me achareisBuscar me-eis e me achareis
Buscar me-eis e me achareis
 
Caminho no meio do mar
Caminho no meio do marCaminho no meio do mar
Caminho no meio do mar
 
Benefícios da obediência
Benefícios da obediênciaBenefícios da obediência
Benefícios da obediência
 
Bençãos em cristo
Bençãos em cristoBençãos em cristo
Bençãos em cristo
 
Benção e maldição ml 1
Benção e maldição ml 1Benção e maldição ml 1
Benção e maldição ml 1
 
Benção das alianças 2010
Benção das alianças 2010Benção das alianças 2010
Benção das alianças 2010
 
Avidaquevence 110324204737-phpapp02
Avidaquevence 110324204737-phpapp02Avidaquevence 110324204737-phpapp02
Avidaquevence 110324204737-phpapp02
 
Benção apostólica
Benção apostólicaBenção apostólica
Benção apostólica
 
Autoridade
AutoridadeAutoridade
Autoridade
 

7252785 o-poder-da-lingua

  • 1. O PODERO PODER DA LÍNGUADA LÍNGUA Clicar para passagem de slides / ligar o somClicar para passagem de slides / ligar o som
  • 2. Conta-se que certa vez um mercador grego,Conta-se que certa vez um mercador grego, rico, ofereceu um banquete com comidasrico, ofereceu um banquete com comidas especiais. Chamou seu escravo eespeciais. Chamou seu escravo e ordenou-lhe que fosse ao mercado comprarordenou-lhe que fosse ao mercado comprar a melhor iguaria.a melhor iguaria.
  • 3. O escravo retornou com belo prato. OO escravo retornou com belo prato. O mercador removeu o pano e assustado disse:mercador removeu o pano e assustado disse: -Língua ?!! Este é o prato mais delicioso ?-Língua ?!! Este é o prato mais delicioso ? O escravo, sem levantar a cabeça, respondeu:O escravo, sem levantar a cabeça, respondeu: - A língua é o prato mais delicioso, sim- A língua é o prato mais delicioso, sim senhor. É com a língua que pedimos água...senhor. É com a língua que pedimos água...
  • 4. ...dizemos “mamãe”, fazemos amigos,...dizemos “mamãe”, fazemos amigos, perdoamos. Com a língua reunimos pessoas,perdoamos. Com a língua reunimos pessoas, dizemos “meu Deus”, oramos, cantamos,dizemos “meu Deus”, oramos, cantamos, dizemos “eu te amo”...dizemos “eu te amo”...
  • 5. O mercador, não muito convencido, quisO mercador, não muito convencido, quis testar a sabedoria de seu escravo, e o mandoutestar a sabedoria de seu escravo, e o mandou de volta ao mercado, desta vez para trazer ode volta ao mercado, desta vez para trazer o pior alimento. O escravo voltou com um lindopior alimento. O escravo voltou com um lindo prato, coberto por fino tecido. O mercador,prato, coberto por fino tecido. O mercador, ansioso, retirou o pano para conheceransioso, retirou o pano para conhecer o pior alimento.o pior alimento.
  • 6. -Língua, outra vez?!!, disse, espantado.-Língua, outra vez?!!, disse, espantado. -Sim, língua, respondeu o escravo. É com a-Sim, língua, respondeu o escravo. É com a língua que condenamos, separamos,língua que condenamos, separamos, provocamos intrigas e ciúmes, blasfemamos.provocamos intrigas e ciúmes, blasfemamos. É com ela que expulsamos, isolamos,É com ela que expulsamos, isolamos, enganamos nosso irmão, xingamosenganamos nosso irmão, xingamos pai e mãe...pai e mãe...
  • 7. Não há nada pior que a língua; não há nadaNão há nada pior que a língua; não há nada melhor que a língua. Depende do modomelhor que a língua. Depende do modo que a usamos.que a usamos.
  • 8. Muitos males têm sido causados por uma sóMuitos males têm sido causados por uma só palavra ou frase proferida . Diz um ditado quepalavra ou frase proferida . Diz um ditado que “falar é prata, calar é ouro”. Palavras ferem,“falar é prata, calar é ouro”. Palavras ferem, matam, magoam, semeiam dúvidas, fazemmatam, magoam, semeiam dúvidas, fazem pecar, geram ódio...e muitas vezes quem diz opecar, geram ódio...e muitas vezes quem diz o que quer, ouve o que não quer.que quer, ouve o que não quer.
  • 9. Uma palavra, uma frase, podem doer mais queUma palavra, uma frase, podem doer mais que a dor física. A dor física pode cessar com uma dor física. A dor física pode cessar com um medicamento, mas a dor provocada por umamedicamento, mas a dor provocada por uma palavra ou frase, muitas vezes nem o tempopalavra ou frase, muitas vezes nem o tempo apaga, e, quando apagada, costumaapaga, e, quando apagada, costuma deixar cicatrizes.deixar cicatrizes.
  • 10. O pecado da língua é tão sério que ocupa todoO pecado da língua é tão sério que ocupa todo o capítulo 3 e parte do capítulo 4 dao capítulo 3 e parte do capítulo 4 da epístola de Tiago, no Novo Testamento.epístola de Tiago, no Novo Testamento. A Bíblia nos ensina que “os lábios do justoA Bíblia nos ensina que “os lábios do justo apascentam a muitos, mas por falta de senso,apascentam a muitos, mas por falta de senso, morrem os tolos” (Provérbios 10:21)morrem os tolos” (Provérbios 10:21)
  • 11. Jesus, censurando os fariseus, disse-lhes queJesus, censurando os fariseus, disse-lhes que “a boca fala do que está cheio o coração”“a boca fala do que está cheio o coração” (Mateus 12:34), e advertiu: “Digo-vos que de(Mateus 12:34), e advertiu: “Digo-vos que de toda palavra frívola que proferirem os homens,toda palavra frívola que proferirem os homens, dela darão conta no dia do juízo; porquedela darão conta no dia do juízo; porque pelas tuas palavras seráspelas tuas palavras serás justificado e pela tuas palavrasjustificado e pela tuas palavras serás condenado” (Mateus 12:36-37).serás condenado” (Mateus 12:36-37).
  • 12. O piloto de um navio dirige-o para qualquerO piloto de um navio dirige-o para qualquer direção controlando um pequeno leme. Dadireção controlando um pequeno leme. Da mesma forma um cavalo é dirigidomesma forma um cavalo é dirigido por nós quando lhe pomos freios na boca.por nós quando lhe pomos freios na boca.
  • 13. Sejamos vigilantes sobre o uso da língua, e,Sejamos vigilantes sobre o uso da língua, e, “deixando a mentira, fale cada um“deixando a mentira, fale cada um a verdade com o seu próximo, porque somosa verdade com o seu próximo, porque somos membros uns dos outros” (Efésiosmembros uns dos outros” (Efésios 4:25).4:25).
  • 14. Que possamos usar nossa língua para dizer oQue possamos usar nossa língua para dizer o quanto amamos nossos entes queridosquanto amamos nossos entes queridos e amigos; para perdoar a quem nos ofende,e amigos; para perdoar a quem nos ofende, para pedir perdão a quem ofendemos, parapara pedir perdão a quem ofendemos, para oferecer ajuda ao necessitado, para elogiar,oferecer ajuda ao necessitado, para elogiar, para ensinar, para proclamar a paz,para ensinar, para proclamar a paz, para repelir a guerra, as fofocas, as intrigas, apara repelir a guerra, as fofocas, as intrigas, a inveja, a maledicência..inveja, a maledicência..
  • 15. Que nossos lábiosQue nossos lábios louvem, sempre,louvem, sempre, ao nosso Deus !ao nosso Deus !
  • 16. Créditos:Créditos: texto e montagem de slides: Manoel Nerivaldo Lopestexto e montagem de slides: Manoel Nerivaldo Lopes e-mail:e-mail: menele@superig.com.brmenele@superig.com.br imagens: olhares.comimagens: olhares.com data; 24.05.2006data; 24.05.2006