SlideShare uma empresa Scribd logo
SUBTEMA
S4
4.2 SISTEMA NERVOSO
REGULAÇÃO DO
ORGANISMO HUMANO EM
RISCO
MISSÃO: CORPO HUMANO 9
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Devo ser capaz de
• Identificar os constituintes e as funções do sistema nervoso central e periférico e
relacionar a constituição do neurónio com o modo como ocorre a transmissão do
impulso nervoso.
• Distinguir ato voluntário de ato reflexo, relacionando-os com o papel do sistema
nervoso na regulação homeostática.
• Discutir o contributo da ciência e da tecnologia na identificação de doenças do
sistema nervoso e o contributo do cidadão na efetivação de medidas que contribuam
para o seu bom funcionamento.
Aprendizagens Essenciais
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Constituintes e funções do sistema nervoso central e
periférico
O sistema nervoso assegura o comando e a coordenação das funções
vitais do organismo além da receção das mensagens sensoriais.
É constituído pelo
• sistema nervoso central (encéfalo e medula espinal)
• pelo sistema nervoso periférico (nervos e gânglios)
Sistema nervoso periférico
Sistema nervoso central
Cérebro
Tronco cerebral
Cerebelo
Medula
espinal
Nervos
Gânglios
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Sistema nervoso central (SNC)
Encéfalo
Medula
espinal
Encéfalo
• Principal órgão do SNC.
• Constituído pelo cérebro, tronco cerebral e
cerebelo.
• Protegido pela caixa craniana e por três
membranas, as meninges.
• Coordena as atividades das células
nervosas.
Medula espinal
• Porção alongada do SNC que se
prolonga desde o tranco cerebral
até à região lombar.
• Alojada no interior da coluna
vertebral.
• Efetua a condução do impulso
nervoso, entre o encéfalo e os
órgãos periféricos.
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Sistema nervoso central (SNC)
Cérebro
Cérebro
• Apresenta pregas
sinuosas denominadas
circunvoluções que
aumentam a sua
superfície.
• Ocupa a parte superior
do crânio e é constituído
por duas metades, os
hemisférios.
• Capacitam o indivíduo
para funções como a
memória, o raciocínio, a
comunicação e a
aprendizagem.
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Sistema nervoso central (SNC)
Cérebro
Tronco cerebral
• Tem como principais
funções, o controle da
frequência cardíaca, da
respiração e da pressão
arterial.
• Intervém na regulação
do sono, da postura, dos
movimentos
involuntários e de
funções associadas aos
órgãos dos sentidos.
Tronco cerebral
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Sistema nervoso central (SNC)
Cérebro
Hipófise
• É através da hipófise e
de uma parte do cérebro
que se faz a
coordenação entre o
sistema nervoso e o
sistema hormonal.
Tronco cerebral
Hipófise
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Sistema nervoso central (SNC)
Cérebro
Hipotálamo
• Regula a temperatura
corporal e as sensações
de fome, de sede e de
sono e o comportamento
sexual.
Tronco cerebral
Hipófise
Hipotálamo
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Sistema nervoso central (SNC)
Cérebro
Cerebelo
• Tem como principais
funções a manutenção
do equilíbrio e a
coordenação da
atividade muscular.
Tronco cerebral
Hipófise
Hipotálamo
Cerebelo
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Sistema nervoso periférico (SNP)
Nervos cranianos
• Transmitem o influxo nervoso de
e para o encéfalo e localizam-se
preferencialmente nos órgãos
dos sentidos, da cabeça e da
face.
Nervos
cranianos
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Sistema nervoso periférico (SNP)
Nervos raquidianos
• Transmitem o influxo nervoso de
e para a medula espinal,
ramificando-se pelo organismo.
Nervos
cranianos
Nervos
raquidianos
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Sistema nervoso periférico (SNP)
Gânglios nervosos
• Pequenos corpos arredondados
existentes no trajeto de um
nervo.
• Apresentam como função
coordenar o impulso nervoso.
Nervos
cranianos
Nervos
raquidianos
Gânglios
nervosos
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Constituição do neurónio
Dendrites
• Prolongamentos
citoplasmáticos curtos por
onde os estímulos são
recebidos e encaminhados
para o corpo celular.
Dendrites
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Constituição do neurónio
Corpo celular
• Onde se localiza o núcleo, a
maior parte do citoplasma e os
organelos.
Dendrites
Corpo celular
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Constituição do neurónio
Axónio
• Prolongamentos
citoplasmáticos longos
responsáveis pela transmissão
dos impulsos nervosos
provenientes do corpo celular.
Dendrites
Corpo celular
Axónio
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Constituição do neurónio
Bainha de mielina
• Camada lipídica que envolve
os axónios com função
protetora.
Dendrites
Corpo celular
Axónio
Bainha de mielina
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Constituição do neurónio
Telodendrites
• Arborização terminal que
corresponde a prolongamentos
citoplasmáticos curtos.
Dendrites
Corpo celular
Axónio
Bainha de mielina
Telodendrites
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Tipos de neurónios
De acordo com a sua função, podem distinguir-se vários
tipos de neurónios
Neurónios sensitivos ou
aferentes
Neurónios motores ou
eferentes
Neurónios de
associação
Têm como função
transportar as mensagens
nervosas de órgãos
recetores, como a pele ou os
olhos, para o SNC.
Têm como função
transportar as respostas
emitidas pelo SNC até aos
órgãos efetores, como os
músculos e as glândulas.
Estabelecem a ligação entre
os neurónios sensitivos e os
neurónios motores.
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Impulso nervoso
Impulso ou influxo nervoso
Impulso nervoso
• Os neurónios respondem a estímulos transmitindo um sinal eletroquímico
através deles até outras células.
• Este sinal eletroquímico designa-se impulso ou influxo nervoso.
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Impulso nervoso
Sinapses
Sinapse
• A transmissão do impulso nervoso de um neurónio para outro ocorre através
das sinapses.
• São estruturas que se situam entre as telodendrites e as dendrites do neurónio
seguinte.
Impulso nervoso
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Impulso nervoso
Sinapses
Neurónio pré-sináptico
• Lança um neurotransmissor (substância química) na fenda sináptica.
Impulso nervoso
Sinapse
Neurotransmissores
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Impulso nervoso
Neurónio pós-sináptico
• O neurotransmissor é recebido pelo neurónio pós-sináptico, transmitindo-se
assim a informação de um neurónio para o seguinte.
Impulso nervoso
Sinapse
Neurónio pré-sinático
Neurotransmissores
Neurónio pós-sináptico
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Impulso nervoso
• A transmissão do neurotransmissor na fenda sináptica é de natureza química,
enquanto a transmissão do impulso nervoso ao longo do neurónio é de
natureza elétrica.
• Os impulsos recebidos pelos nervos aferentes vão ser conduzidos até ao SNC
que lhes dá a resposta adequada.
Impulso nervoso
Sinapse
Neurónio pré-sinático
Neurotransmissores
Neurónio pós-sinático
Link YouTube
Sinapse
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Atos voluntários
Ações determinadas pela vontade consciente e que são comandadas
pelo cérebro como, escrever, jogar à bola, correr, estudar.
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Atos reflexos
Atos reflexos que ocorrem em resposta a determinados estímulos e que
não dependem da vontade individual.
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Ato reflexo
1 - Estimulação de um recetor por um estímulo (pode tratar-se de um
agente físico ou químico).
1
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Ato reflexo
2 - Transmissão do estímulo pelos nervos sensitivos.
1
2
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Ato reflexo
3 - Condução da informação até ao centro nervoso.
1
2
3
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Ato reflexo
4 - Processamento da resposta à informação no centro nervoso da
espinal medula.
1
2
3
4
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Ato reflexo
5 - Os nervos motores transmitem a informação.
1
2
3
4
5
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Ato reflexo
6 - Os órgãos efetores reagem.
1
2
3
4
5
6
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Homeostasia
Capacidade que permite que as características do corpo humano se
mantenham dentro de parâmetros constantes.
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Termorregulação como exemplo de regulação
homeostática
Consiste na manutenção da temperatura corporal dentro de valores
mais ou menos constantes e é conseguida devido ao papel do sistema
nervoso, sendo um exemplo de regulação homeostática.
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Termorregulação
1 1
(1) O sensor da temperatura da pele
transmite informação de calor.
(1) O sensor da temperatura da pele
transmite informação de frio.
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Termorregulação
1
(2) Na medula, a informação é depois transmitida ao bolbo
raquidiano (3) e ao hipotálamo (4) onde é processada.
2 2
3
4
1
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Termorregulação
1
(5) Há ligação nervosa ao córtex cerebral tornando o fenómeno
consciente.
2 2
3
4
1
5
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Termorregulação
1
(6) Há ereção dos pelos e vasoconstrição periférica (7), como reação
à informação de frio processada pelo hipotálamo.
2 2
3
4
1
5
6
7
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Termorregulação
1
(8) Há relaxamento dos pelos e aumento da sudação (9), como
reação à informação de calor processada pelo hipotálamo.
2 2
3
4
1
5
6
7 8
9
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Termorregulação
1
Resposta à descida de
temperatura
2 2
3
4
1
5
6
7 8
9
Resposta à subida de
temperatura
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Abaixamento da temperatura do meio
• Vasoconstrição.
• Contração dos músculos eretores dos pelos.
• Tremuras
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Aumento da temperatura do meio
• Vasodilatação
• Relaxamento dos músculos eretores dos pelos
• Sede
• Sudorese
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Doenças podem afetar o sistema nervoso
Paralisia Epilepsia Alzheimer
Corresponde à perda de
função muscular provocada
por lesões nas áreas
motoras do cérebro ou nas
vias nervosas da medula
espinal.
Caracteriza-se por
convulsões recorrentes ou
breves episódios de
alteração da consciência
causada por uma atividade
elétrica anormal no cérebro.
Caracteriza pela diminuição
do número de células
cerebrais, resultando na
atrofia do tecido cerebral e
na deterioração da
capacidade mental.
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Contributos da ciência e da tecnologia para a saúde do
sistema nervoso
Potenciais
evocados
Eletroencefalograma
(EEG)
Eletromiograma
(EMG)
Corresponde à perda de
função muscular provocada
por lesões nas áreas
motoras do cérebro ou nas
vias nervosas da medula
espinal.
Caracteriza-se por
convulsões recorrentes ou
breves episódios de
alteração da consciência
causada por uma atividade
elétrica anormal no cérebro.
Caracteriza pela diminuição
do número de células
cerebrais, resultando na
atrofia do tecido cerebral e
na deterioração da
capacidade mental.
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Medidas que contribuem para o bom funcionamento do
sistema linfático
Pouco stress Vacinação
Estimulação cognitiva Descansar suficientemente
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Em síntese
SUBTEMA
S4
4.2 SISTEMA NERVOSO
REGULAÇÃO DO
ORGANISMO HUMANO EM
RISCO
MISSÃO: CORPO HUMANO 9
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Testa o que sabes
1 | O sistema nervoso central é constituído ...
A | pelos gânglios e pelo cerebelo.
B | pelos nervos e pelos gânglios.
C | pelo encéfalo e pela medula espinal.
D | pelo cérebro e pelos nervos.
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Testa o que sabes
1 | O sistema nervoso central é constituído ...
A | pelos gânglios e pelo cerebelo..
B | pelos nervos e pelos gânglios.
C | pelo encéfalo e pela medula espinal.
D | pelo cérebro e pelos nervos. Próxima pergunta
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Testa o que sabes
1 | O sistema nervoso central é constituído ...
Tentar novamente
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Testa o que sabes
2 | Na imagem, a letra...
A | C representa o axónio e a letra E
as dendrites.
B | D representa o corpo celular e a
letra C a bainha de mielina.
C | A representa as telodendrites e
a letra B o corpo celular.
D | E representa as telodendrites e
a letra A as dendrites.
1718854981
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Testa o que sabes
2 | Na imagem, a letra...
A | C representa o axónio e a letra E
as dendrites.
B | D representa o corpo celular e a
letra C a bainha de mielina.
C | A representa as telodendrites e
a letra B o corpo celular.
Próxima pergunta
D | E representa as telodendrites e
a letra A as dendrites.
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Testa o que sabes
2 | Na imagem, a letra...
Tentar novamente
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Testa o que sabes
3 | Uma das funções principais do cerebelo é...
A | a regulação dos movimentos
involuntários.
B | o controlo da frequência cardíaca.
C | a condução do impulso nervoso.
D | a manutenção do equilíbrio.
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Testa o que sabes
3 | Uma das funções principais do cerebelo é...
A | a regulação dos movimentos
involuntários.
B | o controlo da frequência cardíaca.
C | a condução do impulso nervoso.
D | a manutenção do equilíbrio. Próxima pergunta
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Testa o que sabes
3 | Uma das funções principais do cerebelo é...
Tentar novamente
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Testa o que sabes
4 | Uma das funções principais da medula espinal é...
A | intervir na regulação do sono e da
postura.
B | capacitar os indivíduos para funções como
a memória.
C | regular temperatura corporal.
D | conduzir o impulso nervoso.
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Testa o que sabes
4 | Uma das funções principais da medula espinal é...
Próxima pergunta
A | intervir na regulação do sono e da
postura.
B | capacitar os indivíduos para funções como
a memória.
C | regular temperatura corporal.
D | conduzir o impulso nervoso.
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Testa o que sabes
4 | Uma das funções principais da medula espinal é...
Tentar novamente
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Testa o que sabes
5 | Uma doença que pode afetar o sistema nervoso é ...
A | o Alzheimer caraterizado pela perda da
função muscular.
B | o Alzheimer caraterizado por uma atividade
elétrica anormal do cérebro.
C | a epilepsia caraterizada por convulsões
recorrentes.
D | a epilepsia que corresponde a uma forma
de demência.
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Testa o que sabes
5 | Uma doença que pode afetar o sistema nervoso é ...
A | o Alzheimer caraterizado pela perda da
função muscular.
B | o Alzheimer caraterizado por uma atividade
elétrica anormal do cérebro.
C | a epilepsia caraterizada por convulsões
recorrentes.
D | a epilepsia que corresponde a uma forma de
demência.
Terminar
4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
Testa o que sabes
5 | Uma doença que pode afetar o sistema nervoso é ...
Tentar novamente
SUBTEMA
S4
4.2 SISTEMA NERVOSO
REGULAÇÃO DO
ORGANISMO HUMANO EM
RISCO
MISSÃO: CORPO HUMANO 9

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a 12_mch9_nervoso.pptx...........................

SISTEMA NERVOSO_6ANO_23.pdf
SISTEMA NERVOSO_6ANO_23.pdfSISTEMA NERVOSO_6ANO_23.pdf
SISTEMA NERVOSO_6ANO_23.pdf
Simone Maia
 
Snh
SnhSnh
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
MatheusMesquitaMelo
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
Luís Rita
 
Neurofisiologia - organização do sistema nervoso - aula 1 capítulo 1
Neurofisiologia - organização do sistema nervoso - aula 1 capítulo 1Neurofisiologia - organização do sistema nervoso - aula 1 capítulo 1
Neurofisiologia - organização do sistema nervoso - aula 1 capítulo 1
Cleanto Santos Vieira
 
02. Anatomia e Fisiologia do Sistema nervoso
02. Anatomia e Fisiologia do Sistema nervoso02. Anatomia e Fisiologia do Sistema nervoso
02. Anatomia e Fisiologia do Sistema nervoso
Supia Bilai Bilai
 
Elementos estruturais e Funcionais básicos do Sistema Nervoso
Elementos estruturais e Funcionais básicos do Sistema NervosoElementos estruturais e Funcionais básicos do Sistema Nervoso
Elementos estruturais e Funcionais básicos do Sistema Nervoso
Carolina Cruz
 
Sistema Neuro-hormonal
Sistema Neuro-hormonalSistema Neuro-hormonal
Sistema Neuro-hormonal
Patrícia Santos
 
SISTEMA NEURO-HORMANAL --> 9ºANO
SISTEMA NEURO-HORMANAL --> 9ºANOSISTEMA NEURO-HORMANAL --> 9ºANO
SISTEMA NEURO-HORMANAL --> 9ºANO
Raquel Dias
 
Objetivos Ciências Naturais - Teste Nº3
Objetivos Ciências Naturais - Teste Nº3Objetivos Ciências Naturais - Teste Nº3
Objetivos Ciências Naturais - Teste Nº3
Maria Freitas
 
Sistema Neuro-Hormonal
Sistema Neuro-HormonalSistema Neuro-Hormonal
Sistema Neuro-Hormonal
Pedro Abreu
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Claudio Lucio
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Ana Conceição
 
AULA 7 sistema nervoso.pptx
AULA 7 sistema nervoso.pptxAULA 7 sistema nervoso.pptx
AULA 7 sistema nervoso.pptx
EdsondaRitaEgidioArm
 
Aula sistema-nervoso
Aula sistema-nervosoAula sistema-nervoso
Aula sistema-nervoso
propazleite
 
Sistema Neuro-hormonal
Sistema Neuro-hormonalSistema Neuro-hormonal
Sistema Neuro-hormonal
Patrícia Santos
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Natha Fisioterapia
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Luis Silio
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Luis Silio
 
Sistema neuro hormonal - 9 ano
Sistema neuro hormonal - 9 anoSistema neuro hormonal - 9 ano
Sistema neuro hormonal - 9 ano
Ana Tapadinhas
 

Semelhante a 12_mch9_nervoso.pptx........................... (20)

SISTEMA NERVOSO_6ANO_23.pdf
SISTEMA NERVOSO_6ANO_23.pdfSISTEMA NERVOSO_6ANO_23.pdf
SISTEMA NERVOSO_6ANO_23.pdf
 
Snh
SnhSnh
Snh
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
 
Neurofisiologia - organização do sistema nervoso - aula 1 capítulo 1
Neurofisiologia - organização do sistema nervoso - aula 1 capítulo 1Neurofisiologia - organização do sistema nervoso - aula 1 capítulo 1
Neurofisiologia - organização do sistema nervoso - aula 1 capítulo 1
 
02. Anatomia e Fisiologia do Sistema nervoso
02. Anatomia e Fisiologia do Sistema nervoso02. Anatomia e Fisiologia do Sistema nervoso
02. Anatomia e Fisiologia do Sistema nervoso
 
Elementos estruturais e Funcionais básicos do Sistema Nervoso
Elementos estruturais e Funcionais básicos do Sistema NervosoElementos estruturais e Funcionais básicos do Sistema Nervoso
Elementos estruturais e Funcionais básicos do Sistema Nervoso
 
Sistema Neuro-hormonal
Sistema Neuro-hormonalSistema Neuro-hormonal
Sistema Neuro-hormonal
 
SISTEMA NEURO-HORMANAL --> 9ºANO
SISTEMA NEURO-HORMANAL --> 9ºANOSISTEMA NEURO-HORMANAL --> 9ºANO
SISTEMA NEURO-HORMANAL --> 9ºANO
 
Objetivos Ciências Naturais - Teste Nº3
Objetivos Ciências Naturais - Teste Nº3Objetivos Ciências Naturais - Teste Nº3
Objetivos Ciências Naturais - Teste Nº3
 
Sistema Neuro-Hormonal
Sistema Neuro-HormonalSistema Neuro-Hormonal
Sistema Neuro-Hormonal
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
AULA 7 sistema nervoso.pptx
AULA 7 sistema nervoso.pptxAULA 7 sistema nervoso.pptx
AULA 7 sistema nervoso.pptx
 
Aula sistema-nervoso
Aula sistema-nervosoAula sistema-nervoso
Aula sistema-nervoso
 
Sistema Neuro-hormonal
Sistema Neuro-hormonalSistema Neuro-hormonal
Sistema Neuro-hormonal
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Sistema neuro hormonal - 9 ano
Sistema neuro hormonal - 9 anoSistema neuro hormonal - 9 ano
Sistema neuro hormonal - 9 ano
 

Mais de mariagrave

ae_tt9_question_tags.pptx.......................
ae_tt9_question_tags.pptx.......................ae_tt9_question_tags.pptx.......................
ae_tt9_question_tags.pptx.......................
mariagrave
 
ae_tt9_voluntary_work.pptx.................
ae_tt9_voluntary_work.pptx.................ae_tt9_voluntary_work.pptx.................
ae_tt9_voluntary_work.pptx.................
mariagrave
 
ae_tt9_past_perfect.pptx....................
ae_tt9_past_perfect.pptx....................ae_tt9_past_perfect.pptx....................
ae_tt9_past_perfect.pptx....................
mariagrave
 
ae_tt9_reported_speech_orders_a....................................dvice.pptx
ae_tt9_reported_speech_orders_a....................................dvice.pptxae_tt9_reported_speech_orders_a....................................dvice.pptx
ae_tt9_reported_speech_orders_a....................................dvice.pptx
mariagrave
 
ae_sh9_ppt_i4.pptx................................................
ae_sh9_ppt_i4.pptx................................................ae_sh9_ppt_i4.pptx................................................
ae_sh9_ppt_i4.pptx................................................
mariagrave
 
ae_sh9_ppt_i2.pptx..................................
ae_sh9_ppt_i2.pptx..................................ae_sh9_ppt_i2.pptx..................................
ae_sh9_ppt_i2.pptx..................................
mariagrave
 
ae_sh9_ppt_i1.pptx.............................
ae_sh9_ppt_i1.pptx.............................ae_sh9_ppt_i1.pptx.............................
ae_sh9_ppt_i1.pptx.............................
mariagrave
 
mpal9_cronica.pptx.............................
mpal9_cronica.pptx.............................mpal9_cronica.pptx.............................
mpal9_cronica.pptx.............................
mariagrave
 
ae_tt9_zero_first_conditional.pptx.................
ae_tt9_zero_first_conditional.pptx.................ae_tt9_zero_first_conditional.pptx.................
ae_tt9_zero_first_conditional.pptx.................
mariagrave
 
ae_tt9_connectors_concessive_clauses.pptx
ae_tt9_connectors_concessive_clauses.pptxae_tt9_connectors_concessive_clauses.pptx
ae_tt9_connectors_concessive_clauses.pptx
mariagrave
 
ae_tt9_relative_clauses.pptx..............................
ae_tt9_relative_clauses.pptx..............................ae_tt9_relative_clauses.pptx..............................
ae_tt9_relative_clauses.pptx..............................
mariagrave
 
ae_tt9_past_simple_past_continuous.pptx...
ae_tt9_past_simple_past_continuous.pptx...ae_tt9_past_simple_past_continuous.pptx...
ae_tt9_past_simple_past_continuous.pptx...
mariagrave
 
cvid9_ppt_u8.pptx..........................................
cvid9_ppt_u8.pptx..........................................cvid9_ppt_u8.pptx..........................................
cvid9_ppt_u8.pptx..........................................
mariagrave
 
enga8_past_simple_vs_past_continuous.pptx
enga8_past_simple_vs_past_continuous.pptxenga8_past_simple_vs_past_continuous.pptx
enga8_past_simple_vs_past_continuous.pptx
mariagrave
 
enga8_teen_dreams.pptx................................
enga8_teen_dreams.pptx................................enga8_teen_dreams.pptx................................
enga8_teen_dreams.pptx................................
mariagrave
 
enga8_common_teen_challenges..................pptx
enga8_common_teen_challenges..................pptxenga8_common_teen_challenges..................pptx
enga8_common_teen_challenges..................pptx
mariagrave
 
aq8_ppt_u5.pptx....................................
aq8_ppt_u5.pptx....................................aq8_ppt_u5.pptx....................................
aq8_ppt_u5.pptx....................................
mariagrave
 
aq8_ppt_u1.pptx.........................................
aq8_ppt_u1.pptx.........................................aq8_ppt_u1.pptx.........................................
aq8_ppt_u1.pptx.........................................
mariagrave
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
mariagrave
 
Gráficos de linha.pptx......................
Gráficos de linha.pptx......................Gráficos de linha.pptx......................
Gráficos de linha.pptx......................
mariagrave
 

Mais de mariagrave (20)

ae_tt9_question_tags.pptx.......................
ae_tt9_question_tags.pptx.......................ae_tt9_question_tags.pptx.......................
ae_tt9_question_tags.pptx.......................
 
ae_tt9_voluntary_work.pptx.................
ae_tt9_voluntary_work.pptx.................ae_tt9_voluntary_work.pptx.................
ae_tt9_voluntary_work.pptx.................
 
ae_tt9_past_perfect.pptx....................
ae_tt9_past_perfect.pptx....................ae_tt9_past_perfect.pptx....................
ae_tt9_past_perfect.pptx....................
 
ae_tt9_reported_speech_orders_a....................................dvice.pptx
ae_tt9_reported_speech_orders_a....................................dvice.pptxae_tt9_reported_speech_orders_a....................................dvice.pptx
ae_tt9_reported_speech_orders_a....................................dvice.pptx
 
ae_sh9_ppt_i4.pptx................................................
ae_sh9_ppt_i4.pptx................................................ae_sh9_ppt_i4.pptx................................................
ae_sh9_ppt_i4.pptx................................................
 
ae_sh9_ppt_i2.pptx..................................
ae_sh9_ppt_i2.pptx..................................ae_sh9_ppt_i2.pptx..................................
ae_sh9_ppt_i2.pptx..................................
 
ae_sh9_ppt_i1.pptx.............................
ae_sh9_ppt_i1.pptx.............................ae_sh9_ppt_i1.pptx.............................
ae_sh9_ppt_i1.pptx.............................
 
mpal9_cronica.pptx.............................
mpal9_cronica.pptx.............................mpal9_cronica.pptx.............................
mpal9_cronica.pptx.............................
 
ae_tt9_zero_first_conditional.pptx.................
ae_tt9_zero_first_conditional.pptx.................ae_tt9_zero_first_conditional.pptx.................
ae_tt9_zero_first_conditional.pptx.................
 
ae_tt9_connectors_concessive_clauses.pptx
ae_tt9_connectors_concessive_clauses.pptxae_tt9_connectors_concessive_clauses.pptx
ae_tt9_connectors_concessive_clauses.pptx
 
ae_tt9_relative_clauses.pptx..............................
ae_tt9_relative_clauses.pptx..............................ae_tt9_relative_clauses.pptx..............................
ae_tt9_relative_clauses.pptx..............................
 
ae_tt9_past_simple_past_continuous.pptx...
ae_tt9_past_simple_past_continuous.pptx...ae_tt9_past_simple_past_continuous.pptx...
ae_tt9_past_simple_past_continuous.pptx...
 
cvid9_ppt_u8.pptx..........................................
cvid9_ppt_u8.pptx..........................................cvid9_ppt_u8.pptx..........................................
cvid9_ppt_u8.pptx..........................................
 
enga8_past_simple_vs_past_continuous.pptx
enga8_past_simple_vs_past_continuous.pptxenga8_past_simple_vs_past_continuous.pptx
enga8_past_simple_vs_past_continuous.pptx
 
enga8_teen_dreams.pptx................................
enga8_teen_dreams.pptx................................enga8_teen_dreams.pptx................................
enga8_teen_dreams.pptx................................
 
enga8_common_teen_challenges..................pptx
enga8_common_teen_challenges..................pptxenga8_common_teen_challenges..................pptx
enga8_common_teen_challenges..................pptx
 
aq8_ppt_u5.pptx....................................
aq8_ppt_u5.pptx....................................aq8_ppt_u5.pptx....................................
aq8_ppt_u5.pptx....................................
 
aq8_ppt_u1.pptx.........................................
aq8_ppt_u1.pptx.........................................aq8_ppt_u1.pptx.........................................
aq8_ppt_u1.pptx.........................................
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
Gráficos de linha.pptx......................
Gráficos de linha.pptx......................Gráficos de linha.pptx......................
Gráficos de linha.pptx......................
 

Último

Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptxSlides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
jonny615148
 
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Militao Ricardo
 
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdfEXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
eltinhorg
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
Manuais Formação
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
AdrianoMontagna1
 
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
ALEXANDRODECASTRODOS
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Demetrio Ccesa Rayme
 
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdfO livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
dataprovider
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
AlessandraRibas7
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdfCD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
Manuais Formação
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 

Último (20)

Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptxSlides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
 
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
 
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdfEXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
 
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
 
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdfO livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdfCD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 

12_mch9_nervoso.pptx...........................

  • 1. SUBTEMA S4 4.2 SISTEMA NERVOSO REGULAÇÃO DO ORGANISMO HUMANO EM RISCO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
  • 2. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Devo ser capaz de • Identificar os constituintes e as funções do sistema nervoso central e periférico e relacionar a constituição do neurónio com o modo como ocorre a transmissão do impulso nervoso. • Distinguir ato voluntário de ato reflexo, relacionando-os com o papel do sistema nervoso na regulação homeostática. • Discutir o contributo da ciência e da tecnologia na identificação de doenças do sistema nervoso e o contributo do cidadão na efetivação de medidas que contribuam para o seu bom funcionamento. Aprendizagens Essenciais
  • 3. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Constituintes e funções do sistema nervoso central e periférico O sistema nervoso assegura o comando e a coordenação das funções vitais do organismo além da receção das mensagens sensoriais. É constituído pelo • sistema nervoso central (encéfalo e medula espinal) • pelo sistema nervoso periférico (nervos e gânglios) Sistema nervoso periférico Sistema nervoso central Cérebro Tronco cerebral Cerebelo Medula espinal Nervos Gânglios
  • 4. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Sistema nervoso central (SNC) Encéfalo Medula espinal Encéfalo • Principal órgão do SNC. • Constituído pelo cérebro, tronco cerebral e cerebelo. • Protegido pela caixa craniana e por três membranas, as meninges. • Coordena as atividades das células nervosas. Medula espinal • Porção alongada do SNC que se prolonga desde o tranco cerebral até à região lombar. • Alojada no interior da coluna vertebral. • Efetua a condução do impulso nervoso, entre o encéfalo e os órgãos periféricos.
  • 5. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Sistema nervoso central (SNC) Cérebro Cérebro • Apresenta pregas sinuosas denominadas circunvoluções que aumentam a sua superfície. • Ocupa a parte superior do crânio e é constituído por duas metades, os hemisférios. • Capacitam o indivíduo para funções como a memória, o raciocínio, a comunicação e a aprendizagem.
  • 6. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Sistema nervoso central (SNC) Cérebro Tronco cerebral • Tem como principais funções, o controle da frequência cardíaca, da respiração e da pressão arterial. • Intervém na regulação do sono, da postura, dos movimentos involuntários e de funções associadas aos órgãos dos sentidos. Tronco cerebral
  • 7. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Sistema nervoso central (SNC) Cérebro Hipófise • É através da hipófise e de uma parte do cérebro que se faz a coordenação entre o sistema nervoso e o sistema hormonal. Tronco cerebral Hipófise
  • 8. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Sistema nervoso central (SNC) Cérebro Hipotálamo • Regula a temperatura corporal e as sensações de fome, de sede e de sono e o comportamento sexual. Tronco cerebral Hipófise Hipotálamo
  • 9. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Sistema nervoso central (SNC) Cérebro Cerebelo • Tem como principais funções a manutenção do equilíbrio e a coordenação da atividade muscular. Tronco cerebral Hipófise Hipotálamo Cerebelo
  • 10. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Sistema nervoso periférico (SNP) Nervos cranianos • Transmitem o influxo nervoso de e para o encéfalo e localizam-se preferencialmente nos órgãos dos sentidos, da cabeça e da face. Nervos cranianos
  • 11. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Sistema nervoso periférico (SNP) Nervos raquidianos • Transmitem o influxo nervoso de e para a medula espinal, ramificando-se pelo organismo. Nervos cranianos Nervos raquidianos
  • 12. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Sistema nervoso periférico (SNP) Gânglios nervosos • Pequenos corpos arredondados existentes no trajeto de um nervo. • Apresentam como função coordenar o impulso nervoso. Nervos cranianos Nervos raquidianos Gânglios nervosos
  • 13. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Constituição do neurónio Dendrites • Prolongamentos citoplasmáticos curtos por onde os estímulos são recebidos e encaminhados para o corpo celular. Dendrites
  • 14. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Constituição do neurónio Corpo celular • Onde se localiza o núcleo, a maior parte do citoplasma e os organelos. Dendrites Corpo celular
  • 15. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Constituição do neurónio Axónio • Prolongamentos citoplasmáticos longos responsáveis pela transmissão dos impulsos nervosos provenientes do corpo celular. Dendrites Corpo celular Axónio
  • 16. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Constituição do neurónio Bainha de mielina • Camada lipídica que envolve os axónios com função protetora. Dendrites Corpo celular Axónio Bainha de mielina
  • 17. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Constituição do neurónio Telodendrites • Arborização terminal que corresponde a prolongamentos citoplasmáticos curtos. Dendrites Corpo celular Axónio Bainha de mielina Telodendrites
  • 18. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Tipos de neurónios De acordo com a sua função, podem distinguir-se vários tipos de neurónios Neurónios sensitivos ou aferentes Neurónios motores ou eferentes Neurónios de associação Têm como função transportar as mensagens nervosas de órgãos recetores, como a pele ou os olhos, para o SNC. Têm como função transportar as respostas emitidas pelo SNC até aos órgãos efetores, como os músculos e as glândulas. Estabelecem a ligação entre os neurónios sensitivos e os neurónios motores.
  • 19. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Impulso nervoso Impulso ou influxo nervoso Impulso nervoso • Os neurónios respondem a estímulos transmitindo um sinal eletroquímico através deles até outras células. • Este sinal eletroquímico designa-se impulso ou influxo nervoso.
  • 20. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Impulso nervoso Sinapses Sinapse • A transmissão do impulso nervoso de um neurónio para outro ocorre através das sinapses. • São estruturas que se situam entre as telodendrites e as dendrites do neurónio seguinte. Impulso nervoso
  • 21. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Impulso nervoso Sinapses Neurónio pré-sináptico • Lança um neurotransmissor (substância química) na fenda sináptica. Impulso nervoso Sinapse Neurotransmissores
  • 22. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Impulso nervoso Neurónio pós-sináptico • O neurotransmissor é recebido pelo neurónio pós-sináptico, transmitindo-se assim a informação de um neurónio para o seguinte. Impulso nervoso Sinapse Neurónio pré-sinático Neurotransmissores Neurónio pós-sináptico
  • 23. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Impulso nervoso • A transmissão do neurotransmissor na fenda sináptica é de natureza química, enquanto a transmissão do impulso nervoso ao longo do neurónio é de natureza elétrica. • Os impulsos recebidos pelos nervos aferentes vão ser conduzidos até ao SNC que lhes dá a resposta adequada. Impulso nervoso Sinapse Neurónio pré-sinático Neurotransmissores Neurónio pós-sinático Link YouTube Sinapse
  • 24. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Atos voluntários Ações determinadas pela vontade consciente e que são comandadas pelo cérebro como, escrever, jogar à bola, correr, estudar.
  • 25. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Atos reflexos Atos reflexos que ocorrem em resposta a determinados estímulos e que não dependem da vontade individual.
  • 26. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Ato reflexo 1 - Estimulação de um recetor por um estímulo (pode tratar-se de um agente físico ou químico). 1
  • 27. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Ato reflexo 2 - Transmissão do estímulo pelos nervos sensitivos. 1 2
  • 28. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Ato reflexo 3 - Condução da informação até ao centro nervoso. 1 2 3
  • 29. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Ato reflexo 4 - Processamento da resposta à informação no centro nervoso da espinal medula. 1 2 3 4
  • 30. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Ato reflexo 5 - Os nervos motores transmitem a informação. 1 2 3 4 5
  • 31. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Ato reflexo 6 - Os órgãos efetores reagem. 1 2 3 4 5 6
  • 32. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Homeostasia Capacidade que permite que as características do corpo humano se mantenham dentro de parâmetros constantes.
  • 33. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Termorregulação como exemplo de regulação homeostática Consiste na manutenção da temperatura corporal dentro de valores mais ou menos constantes e é conseguida devido ao papel do sistema nervoso, sendo um exemplo de regulação homeostática.
  • 34. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Termorregulação 1 1 (1) O sensor da temperatura da pele transmite informação de calor. (1) O sensor da temperatura da pele transmite informação de frio.
  • 35. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Termorregulação 1 (2) Na medula, a informação é depois transmitida ao bolbo raquidiano (3) e ao hipotálamo (4) onde é processada. 2 2 3 4 1
  • 36. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Termorregulação 1 (5) Há ligação nervosa ao córtex cerebral tornando o fenómeno consciente. 2 2 3 4 1 5
  • 37. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Termorregulação 1 (6) Há ereção dos pelos e vasoconstrição periférica (7), como reação à informação de frio processada pelo hipotálamo. 2 2 3 4 1 5 6 7
  • 38. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Termorregulação 1 (8) Há relaxamento dos pelos e aumento da sudação (9), como reação à informação de calor processada pelo hipotálamo. 2 2 3 4 1 5 6 7 8 9
  • 39. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Termorregulação 1 Resposta à descida de temperatura 2 2 3 4 1 5 6 7 8 9 Resposta à subida de temperatura
  • 40. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Abaixamento da temperatura do meio • Vasoconstrição. • Contração dos músculos eretores dos pelos. • Tremuras
  • 41. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Aumento da temperatura do meio • Vasodilatação • Relaxamento dos músculos eretores dos pelos • Sede • Sudorese
  • 42. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Doenças podem afetar o sistema nervoso Paralisia Epilepsia Alzheimer Corresponde à perda de função muscular provocada por lesões nas áreas motoras do cérebro ou nas vias nervosas da medula espinal. Caracteriza-se por convulsões recorrentes ou breves episódios de alteração da consciência causada por uma atividade elétrica anormal no cérebro. Caracteriza pela diminuição do número de células cerebrais, resultando na atrofia do tecido cerebral e na deterioração da capacidade mental.
  • 43. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Contributos da ciência e da tecnologia para a saúde do sistema nervoso Potenciais evocados Eletroencefalograma (EEG) Eletromiograma (EMG) Corresponde à perda de função muscular provocada por lesões nas áreas motoras do cérebro ou nas vias nervosas da medula espinal. Caracteriza-se por convulsões recorrentes ou breves episódios de alteração da consciência causada por uma atividade elétrica anormal no cérebro. Caracteriza pela diminuição do número de células cerebrais, resultando na atrofia do tecido cerebral e na deterioração da capacidade mental.
  • 44. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Medidas que contribuem para o bom funcionamento do sistema linfático Pouco stress Vacinação Estimulação cognitiva Descansar suficientemente
  • 45. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Em síntese
  • 46. SUBTEMA S4 4.2 SISTEMA NERVOSO REGULAÇÃO DO ORGANISMO HUMANO EM RISCO MISSÃO: CORPO HUMANO 9
  • 47. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Testa o que sabes 1 | O sistema nervoso central é constituído ... A | pelos gânglios e pelo cerebelo. B | pelos nervos e pelos gânglios. C | pelo encéfalo e pela medula espinal. D | pelo cérebro e pelos nervos.
  • 48. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Testa o que sabes 1 | O sistema nervoso central é constituído ... A | pelos gânglios e pelo cerebelo.. B | pelos nervos e pelos gânglios. C | pelo encéfalo e pela medula espinal. D | pelo cérebro e pelos nervos. Próxima pergunta
  • 49. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Testa o que sabes 1 | O sistema nervoso central é constituído ... Tentar novamente
  • 50. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Testa o que sabes 2 | Na imagem, a letra... A | C representa o axónio e a letra E as dendrites. B | D representa o corpo celular e a letra C a bainha de mielina. C | A representa as telodendrites e a letra B o corpo celular. D | E representa as telodendrites e a letra A as dendrites. 1718854981
  • 51. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Testa o que sabes 2 | Na imagem, a letra... A | C representa o axónio e a letra E as dendrites. B | D representa o corpo celular e a letra C a bainha de mielina. C | A representa as telodendrites e a letra B o corpo celular. Próxima pergunta D | E representa as telodendrites e a letra A as dendrites.
  • 52. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Testa o que sabes 2 | Na imagem, a letra... Tentar novamente
  • 53. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Testa o que sabes 3 | Uma das funções principais do cerebelo é... A | a regulação dos movimentos involuntários. B | o controlo da frequência cardíaca. C | a condução do impulso nervoso. D | a manutenção do equilíbrio.
  • 54. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Testa o que sabes 3 | Uma das funções principais do cerebelo é... A | a regulação dos movimentos involuntários. B | o controlo da frequência cardíaca. C | a condução do impulso nervoso. D | a manutenção do equilíbrio. Próxima pergunta
  • 55. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Testa o que sabes 3 | Uma das funções principais do cerebelo é... Tentar novamente
  • 56. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Testa o que sabes 4 | Uma das funções principais da medula espinal é... A | intervir na regulação do sono e da postura. B | capacitar os indivíduos para funções como a memória. C | regular temperatura corporal. D | conduzir o impulso nervoso.
  • 57. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Testa o que sabes 4 | Uma das funções principais da medula espinal é... Próxima pergunta A | intervir na regulação do sono e da postura. B | capacitar os indivíduos para funções como a memória. C | regular temperatura corporal. D | conduzir o impulso nervoso.
  • 58. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Testa o que sabes 4 | Uma das funções principais da medula espinal é... Tentar novamente
  • 59. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Testa o que sabes 5 | Uma doença que pode afetar o sistema nervoso é ... A | o Alzheimer caraterizado pela perda da função muscular. B | o Alzheimer caraterizado por uma atividade elétrica anormal do cérebro. C | a epilepsia caraterizada por convulsões recorrentes. D | a epilepsia que corresponde a uma forma de demência.
  • 60. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Testa o que sabes 5 | Uma doença que pode afetar o sistema nervoso é ... A | o Alzheimer caraterizado pela perda da função muscular. B | o Alzheimer caraterizado por uma atividade elétrica anormal do cérebro. C | a epilepsia caraterizada por convulsões recorrentes. D | a epilepsia que corresponde a uma forma de demência. Terminar
  • 61. 4.2 SISTEMA NERVOSO MISSÃO: CORPO HUMANO 9 Testa o que sabes 5 | Uma doença que pode afetar o sistema nervoso é ... Tentar novamente
  • 62. SUBTEMA S4 4.2 SISTEMA NERVOSO REGULAÇÃO DO ORGANISMO HUMANO EM RISCO MISSÃO: CORPO HUMANO 9