http://www.quatrocantos.com/lendas/26a_aspartame.htm

                      Os perigos do Aspartame


Sent: Sunday, Septem...
ld_ie990922.htm)

É dificil julgar a veracidade das fatos porque não se trata de artigo
científico mas afirmações de que o...
também o azeite de oliva estava na lista negra dos médicos, há apenas
15/20 anos atrás. Dá pra ser sério?

Se a FDA e a AM...
é uma estrutura com mais de 100 aminoácidos) que realmente algumas
pessoas não conseguem metabolizar e podem ter problemas...
meses eu não tinha mais qualquer traço de vertigem. Acordava muito
bem, sem qualquer tontura. Conversei com vários médicos...
Permita-me relatar a MINHA PRÓPRIA experiência.

Até 1988 residia em um condomínio próximo a B.Hte. Nessa época, saí
de um...
suadeira, disparo no coração, sensação e medo de morrer, tremedeira,
tonteira.

Já passei a ter vontade de viajar novament...
Um abraço.
Marcelo
Belo Horizonte/MG
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aspartame Perigos

1.274 visualizações

Publicada em

Alerta sobre aspartame.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.274
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aspartame Perigos

  1. 1. http://www.quatrocantos.com/lendas/26a_aspartame.htm Os perigos do Aspartame Sent: Sunday, September 02, 2007 5:21 PM Subject: Sobre o artigo do aspartame. Sobre a matéria : http://www.quatrocantos.com/ lendas/ 26a_aspartame.htm Realmente a conclusão é essa mesmo: o que circula é meio lenda meio verídico, mas vale comentar que se deveria incluir que durante a gravidez recomenda-se uma dieta sem fenilalanina para evitar que a substância atravesse a placenta e lese o cérebro futuro bebê. Não sou médica nem pretendo passar essa informação sendo uma verdade absoluta, mas estou grávida e meu médico ginecologista me fez mil recomendações sobre o aspartame. No entanto não fez restrição ao consumo de outro adoçante. Então fica aí a idéia para que em novas pesquisas vocês possam complementar este artigo... dando uma força pras grávidas! ;) beijos Cristina Sent: Thursday, June 28, 2007 9:41 AM Subject: Aspartame Recebi a mensagem abaixo. Consultei o site da quatrocantos e realmente há referência sobre aspartame e esclerose multipla. Ai resolvi procurar por Russel Blaylock e encontrei o mesmo artigo escrito por Nancy Marckle citando Russel Blaylock. Ainda há várias citações sobre este médico neurocirirgião. Não sei se já consultaram mas o documento está disponível em: http://www.jakobi. com.br/aspartame.htm No endereço encontra-se outro artigo da doutora Marckle publicada na revista quot;Isto Équot; de 22/09/1999 (http://acd.ufrj.br/ consumo/ leituras/
  2. 2. ld_ie990922.htm) É dificil julgar a veracidade das fatos porque não se trata de artigo científico mas afirmações de que ocoorrem esta ou aquela patologias nas pessoas que consomem o produto, sem dados experimentais ou epidemiológicos. São como os artigos contra os trangênicos que até hoje foram registrados apenas dois casos de acidentes, uma com soja com gens de castanha do Pará cprovocando alergias e outro causando mais de uma centena de mortes por causa de suprimento de triptofano produzido por bactérias trangênicas. As bactérias produziam triptofano eficientemente mas após determinada concentração do produto, passavam a produzir produtos tóxicos. Até hoje não se registrou nada contra a soja trangênica, motivo de grandes polêmicas no Brasil que os políticos andam faturando sobre o assunto no Congresso. Na verdade, o único problema é as grandes empresas como a Montesanto, tradicional produtora de agrotóxico cuja as patentes caducaram e perceberam o fim da era dos agrotóxicos deterem a propriedade das sementes. Não sei com que interesse, mas provavelmente exista grandes corporações financiando as ONG´s da vida para fazer alardes sobre produtos como aspartame e trangênicos Massami Sent: Saturday, May 26, 2007 12:13 PM Subject: Aspartame Não considero a lista de doenças supostamente divulgada por Betty Martini (?) e que aponta como causa a ingestão deste adoçante, tão exagerada, como sugere o vosso artigo, pois se relaciona apenas às doenças típicas de um sistema nervoso avariado. Não vi nenhuma associação ao nó na tripa gaiteira etc. conforme citado de modo jocoso em vossa página. Também desconheço algum estudo sério que prove o contrário. Vocês conhecem dois vilões do passado: a manteiga e o ovo ? Foram reabilitados recentemente, depois de milhões de mortes causadas pela margarina e pelos remédios contra o colesterol. Lembro ainda, como testemunha pessoal, da época em que além do ovo e da manteiga
  3. 3. também o azeite de oliva estava na lista negra dos médicos, há apenas 15/20 anos atrás. Dá pra ser sério? Se a FDA e a AMA norte-americanas são sujas ? Basta ver os nomes dos dirigentes destas organizações.Confiram na internet. Organizações que defendem e obrigam o emprego de procedimentos assassinos e inefetivos como a quimioterapia e a radioterapia, há mais de 80 anos, não necessitam de maiores credenciais sujas para classificá-las. Lembro de muitos infelizes que me eram caros e que depois de retalhados, envenenados, ludibriados e expoliados moral e financeiramente passaram para as estatísticas médicas como quot;falência múltipla de órgãosquot;, quot;insuficiência respiratóriaquot;, quot;pneumoniaquot; etc. e constam na lista dos curados pela quimio e radio pois suportaram estes quot;tratamentosquot; da medicina quot;modernaquot; por mais de 5 anos. A causa do câncer já foi descoberta (pasmem!!) e só vai sair a público dentro de 30 ou mais anos quando não der mais para ocultar. O problema é que a cura não é patenteável e é barata. Cordiais Saudações, Cassio Sent: Saturday, January 27, 2007 10:20 PM Subject: sobre o aspartame Olá. Primeiro gostaria de parabenizá-lo pela idéia de criar um site para desconstruir esses mitos que rolam pela internet. Bom, meu nome é Thiago, sou estudante de biomedicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Ao ler o texto original eu fiquei com algumas duvidas. O Aspartame seria uma substancia ou uma solução com a mistura de várias substancias? Ele contém metanol? porque se contiver realmente é uma susbtância altamente tóxica, mas não lenta, mata rápido e eu acho pouco provavel que nada tenha sido comentado na mídia sobre isso. Outra questão é sobre o comentário de uma pessoa que fala sobre crise de pânico. É o seguinte, a fenilalanina n é uma enzima, é um aminoácido (pra quem não sabe, enzima é uma proteína e uma proteína
  4. 4. é uma estrutura com mais de 100 aminoácidos) que realmente algumas pessoas não conseguem metabolizar e podem ter problemas neurologicos relacionados. Porém, se a aconteceram esse problemas relatados, ele não deveria culpar o aspartame, deveria culpar o médico que realizou o parto de sua mãe, pois é um exame de praxe após o nascimento nos hospital, a falta dessa enzima se identifica pelo quot;teste do pezinhoquot;, até porque, a fenilalanina não tem só em alimentos dietéticos. Uma coisa estranha é ele relatar esse problema só quando adulto porque o acúmulo de fenilalanina duranta a infancia causa retardamento mental, e é improvavel que ele não tenha ingerido grandes alimentos com tal substância. Bom, é isso, abraços Sent: Friday, June 06, 2003 11:01 PM Subject: Aspartame Prezados Senhores: Concordo com os senhores que existe muita palhaçada e que 90% do que roda na 'net não passa de lixo. Mas não tenho como refugar a minha própria experiência pessoal. Há cerca de 8 anos, comecei a sentir vertigens ao acordar. Levantava- me e sentia tudo rodar. Tinha que voltar para a cama e esperar alguns minutos. Fiquei, obviamente, muito preocupado. Fiz exames com o Dr. Roberto Martinho da Rocha, um dos mais reputados otorrinos do Brasil. Fiz também uma tomografia no Hospital Pedro Ernesto, onde fui muito bem atendido, pois sou professor de Análise Estrutural I e II na Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Não foi detectada uma causa específica para o problema e as vertigens continuavam. Sem nenhuma idéia preconcebida e até mesmo sem qualquer informação sobre a possibilidade do problema estar ligado a algum alimento, comecei a pesquisar na Internet sobre o assunto. Descobri milhares de páginas, que falavam da ligação aspartame&vertigem. Na época, tomava direto, no almoço e no jantar, Coca Light, um produto com aspastarme. Não acreditei muito na ligação, até porque a FDA autorizara o aspartame sem restrições e eu sabia da seriedade e reputação desse órgão do governo americano. Mas como as vertigens continuavam, resolvi, quot;just in casequot;, parar de consumir aspartame. Meus problemas foram diminuindo e em dois
  5. 5. meses eu não tinha mais qualquer traço de vertigem. Acordava muito bem, sem qualquer tontura. Conversei com vários médicos a respeito do assunto e eles me disseram que quot;algunsquot; pacientes não toleram bem o produto. Ou seja, para mim, aspartame é veneno. Cabe aqui lembrar que no Cáucaso (sul da Rússia), onde não são consumidos produtos industrializados, ocorrem os maiores índices de longevidade do planeta. Lá, os macróbios morrem de velhice, quase ou já centenários, sem qualquer traço de câncer. Compare com a saúde dos ricos americanos, consumidores de porcarias industrializadas. Será que não dá para parar e pensar um pouco? Um abraço, Paulo ppinto@rest.com.br www.pauser.hpg.ig.com.br Sent: Monday, December 09, 2002 3:50 PM Subject: Re: Aspartame (Muitissimo Importante) ... Um trecho diz que quot;O New York Times, em 15 de Novembro de 1996, publicou um artigo a respeito de como a Associação Americana de Dietética recebe dinheiro da indústria Alimentícia para endossar seus produtosquot;. Fui no site no New York Times e nada encontrei em todo o ano de 1996: There were no matches for your search quot;American Dietetic Associationquot; in Full Article from 01/01/1996 to 12/31/1996. Grato, Hugo Sent: Sunday, December 23, 2001 9:35 AM Subject: Aspartame X Pânico. Prezado Dr. Gevilacio. Li, com muita curiosidade, sua reportagem na defesa do Aspartame.
  6. 6. Permita-me relatar a MINHA PRÓPRIA experiência. Até 1988 residia em um condomínio próximo a B.Hte. Nessa época, saí de uma vida saudável com muito exercício físico para residir em um apartamento em B. Hte. Claro que com esta mudança de vida, comecei a engordar e portanto, consumir a famosa Coca-Diet... Começou o meu calvário. Um belo dia, veio uma dor no peito, uma sensação de morte, medo terrível. Em 30 dias, sai de um apartamento no 12* andar para um no 1* andar, pelo medo de estar perdendo a razão, tamanha reviravolta em minha vida. Minhas 3 motos, tive de vendê-las, não mais conseguia andar, pelo medo de cair e morrer e bambem pela sensação de tonteira permanente. Consulta daqui, consulta dali, parei na terapia. Diagnóstico? Síndrome do Pânico... Logo eu??? Há dois meses antes do ocorrido, saia de manhã de moto daqui, rodava 570 km até Cabo Frio, resolvia os meus problemas com o meu sócio e às 8:00 da noite já estava de volta aqui depois de mais 570 km... Então, o choque maior foi o meu. Anos de terapia, anti-depressivos, e ataques no trânsito. Bom, uns 3 anos atrás, resolvemos proibir refrigerante aqui em casa durante a semana, a meninada estava abusando. Só nos fins de semana. E aí começou o meu calvário fim-de-semana. Voltava do sítio no domingo a noite péssimo, melhorava nos meio da semana e lá vinha ataque de fim de semana. Achando interessante, até a possibilidade de quot;caveira de burroquot; enterrada lá pelo sítio, conversei a respeito com o meu médico, onde veio a suspeita que a Coca-Cola (meu refrigerante preferido) pudesse estar me fazendo mal, a Coca em geral, nada de pensar na Diet. Daí, passei a evitar a Coca e passei a consumir apenas Guaraná Antártica Diet. Daí, como num passe de mágica, voilá! Sumiu pânico,
  7. 7. suadeira, disparo no coração, sensação e medo de morrer, tremedeira, tonteira. Já passei a ter vontade de viajar novamente, uma felicidade (que o diga minha esposa, coitada...)! Bem, isso era abril/maio de 1998. Quando fomos em férias em janeiro/1999 para Cabo Frio, não encontrei o guaraná Antártica (sacarina) e assim comprei o guaraná Brahma (aspartame). Batata, já diríamos! Bastou terminar o lanche lá em meu apartamento e as vistas começarem a escurecer. Meu cunhado me pegou tipo no ar, já ia caindo, fomos a cozinha e enfiei a cabeça debaixo da torneira, medo sensação de morte, tremedeira, imediatas! Liguei imediatamente para o Dr. Ildeu, meu médico e contei a ele. Aí ele pediu que lesse na garrafa do guaraná a composição do mesmo e o que estava escrito. Sim, lá estava: quot;Cuidado, contém Fenilalaninaquot;. Aí, ele me disse que o Aspartame contem uma enzima que alguns organismos não metabolizam e esta enzima se agrega ao sistema nervoso e provoca distúrbios neurológicos! Pronto, Deus seja louvado, a razão de praticamente 10 anos jogados no lixo estava clara! Acabou-se medo, pânico, sensação de morte, começou a vontade de viajar (e de avião!!!), voltei aos Estados Unidos depois de 15 anos onde residi como estudante de intercâmbio do Rotary, e hoje não dou conta de mim, no mínimo de 2 em 2 semanas tenho de ver uma reta de asfalto senão não vale o fim de semana. NUNCA mais tive qualquer sintoma ou sensação do sintoma da quot;Síndrome de Pânicoquot;. Bom, agora lhe pergunto: Será que foi loucura minha? Imaginei tudo isso ai acima? Testemunhas? Tenho minha esposa, que comeu o pão que o diabo amassou comigo, meus filhos que com os olhos arregalados me viam pelos cantos chorando encolhido de medo e Deus que me fez curioso. Meus parentes que dizem que hoje, só paro amarrado... Claro, o mundo não mais me cabe, preciso viajar, ver, aproveitar 10 anos de quot;pânicoquot; e com a vida no lixo! Este é o meu relato, a minha TERRÍVEL experiência com este tal de Aspartame. Para mim, o mundo viveria muuuuuito melhor sem ele!
  8. 8. Um abraço. Marcelo Belo Horizonte/MG

×