Quiromancia – O Destino Expresso pelas Mãos – 29.11.2009

                                              Ciganos
* Quiroman...
1) F ALANGETA : ligada a “causa”, ao espírito,
o “mercúrio” dos alquimistas


2) F ALANGINHA : ligada a “Lei”, ao plano
in...
SINAIS

S I N A I S V E R T I C A I S que acompanham o sentido de um dedo, linha, monte ou são vistos
verticalmente quando...
Representam proteção e estabilidade no setor que são encontrados.
  As “Grades” formam muitos quadrados com o cruzamento d...
L INHA V ITAL                 L INHA C EREBRAL                  LINHA   DO   CORAÇÃO




LINHA    DO   DESTINO            ...
LINHA      NOS   DEDOS     E NOS   MONTES                       O UTRAS L I N H A S




                             HORÁR...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Quiromancia - O Destino Expresso pelas Mãos

4.361 visualizações

Publicada em

1 comentário
10 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.361
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
89
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
489
Comentários
1
Gostaram
10
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Quiromancia - O Destino Expresso pelas Mãos

  1. 1. Quiromancia – O Destino Expresso pelas Mãos – 29.11.2009 Ciganos * Quiromancia: História Oculta Atlântida Quantidade de Dedos * História Experiências (Raças/Dedos) – Interpretando as Mãos Trinas: Dedos e Polegar – 12 + 2 – Mão Direita x Mão Esquerda – Formato Dedos e Mãos – Textura / Temperatura / Umidade – Os Dedos e os Montes – Correspondências e Vibrações Astrológicas – Os Sinais Verticais / Horizontais – Grades, Triângulos, Quadrados, Estrelas, Retificações, Ascendente e Descen- dente – As 4 Linhas Principais: Vital – Cerebral – Coração – Destino – As 3 Linhas Secundárias: Sol – Mercúrio – Intuição * Outras Linhas: Urano/Casamento, Netuno/Pulseira R AÇAS M ÃES : a 1 Etapa – Adâmica = 1 Dedo 2 a Etapa – Hiperbórea = 2 Dedos CAUSA – LEI – EFEITO 3 a Etapa – Lemúria = 3 Dedos Nos Dedos das Mãos 4 a Etapa – Atlântida = 4 Dedos 5 a Etapa – Ariana = 5 Dedos C O R R E L A Ç Õ E S D O S S E T E P L A N E TA S NAS M ÃOS – V IBRAÇÕES P OLEGAR – Vênus – Relacionamentos, Poder Financeiro e Material I NDICADOR – Júpiter – Conexões Espirituais M ÉDIO – Saturno – Concentração, Organização, Disciplina, Discernimento A NULAR – Sol – Brilho, Alegria, Felicidade, Entusiasmo M INIMO – Mercúrio – Mental, Comunicação M ONTE DA L UA (D EDO DE M ERCÚRIO ) – Sentimentos, Psique, Emocional 3 L O C A I S C O M M A RT E : 1 o M O N T E D E M A RT E (Entre Polegar e Indicador) – (Dedo de Júpiter) – Ponto de Vigor, Energia 2 M ARTE (Entre Monte da Lua e Dedo Mínimo) – (Dedo de Mercúrio) – Para Direcionar O a Força, Vontade 3 M ARTE (No Centro da Palma da Mão – Desenho da Constelação Individual) O P OLARIDADE (E SQUERDA E D IREITA ) – Mão Direita Potencializa / Mão Esquerda Protege
  2. 2. 1) F ALANGETA : ligada a “causa”, ao espírito, o “mercúrio” dos alquimistas 2) F ALANGINHA : ligada a “Lei”, ao plano intermediário, o “enxofre”dos alquimistas 3) F ALANGE : ligada ao “efeito”, ao corpo, a manifestação mais densa, o “sal” dos alquimistas
  3. 3. SINAIS S I N A I S V E R T I C A I S que acompanham o sentido de um dedo, linha, monte ou são vistos verticalmente quando mão é analisada: São positivos e fluentes... fortalecem a vibração do local que são localizados. S I N A I S H O R I Z O N TA I S que cruzam o sentido de um dedo, linha, monte ou são vistos horizontalmente quando mão é analisada: São desafiadores e representam obstruções na vibração do local analisado. SINAIS QUE FORMAM “G RADES ”: São indícios de que existem distúrbios e confusões intensas na vibração do local que são identificados (falta de rumo e sentido). SINAIS QUE FORMAM TRIÂNGULOS: São indícios de harmonia, sensibilidade, compaixão e muitas vezes dependendo do grau de consciência “espiritualidade”. S INAIS QUE FORMAM C RUZES (cuidado para não confundir com triângulos): Percebam que não é “fechado ou formado” o triângulo como no exemplo anterior e também não deve considerar uma cruz o “cruzamento de linhas”. Normalmente são indícios de desafios e provações “fortes” que a pessoa passa no setor que estão posicionadas. S INAIS QUE FORMAM Q UADRADOS (cuidado para não confundir com Grades):
  4. 4. Representam proteção e estabilidade no setor que são encontrados. As “Grades” formam muitos quadrados com o cruzamento das linhas verticais e horizontais, não confundir com um quadrado, que normalmente aparece de forma isolada como na ilustração acima. SINAIS QUE FORMAM ESTRELAS: Demonstram “muita força, intensidade e até mesmo poder” no lugar que estão posicionadas. Dependendo do nível de consciência da pessoa pode tanto ser usado para o “bem como para o mal”. As estrelas são formadas no máximo com o encontro de “uma linha com vários pequenos traços conjuntos” (ilustração acima). RAMIFICAÇÕES ASCENDENTES NAS LINHAS: Contribuem e auxiliam na força vibracional da linha. RAMIFICAÇÕES DESCENDENTES NAS LINHAS: Restringem o fluxo vibracional da linha, ocasionando perda de força. TIPOS DE TRAÇADOS DAS LINHAS – L I N H A S C O M T R A Ç O S F O RT E S E F U N D O S : Vitalidade, materialidade, força, presença (por mais que não sejam exteriorizados existem). – L INHAS COM T RAÇOS F INOS E D ELICADOS : Sensibilidade, forças internas, interioridade. – L I N H A S E N C A D E A D A S : Representam oscilações e devaneios...sempre dois ou mais caminhos seguidos. – L I N H A S I N T E R R O M P I D A S : Interrupções com mudanças constantes, transformações inesperadas nos caminhos.
  5. 5. L INHA V ITAL L INHA C EREBRAL LINHA DO CORAÇÃO LINHA DO DESTINO LINHA DO SOL LINHA DE MERCÚRIO L INHA DA I NTUIÇÃO T E M P O (I D A D E ) DAS LINHAS T E M P O L INHA D ESTINO
  6. 6. LINHA NOS DEDOS E NOS MONTES O UTRAS L I N H A S HORÁRIOS PA R A UTILIZAÇÃO DOS ANÉIS HORA SEGUNDA TERÇA QUARTA QUINTA SEXTA SÁBADO DOMINGO 0A1 SATURNO SOL LUA MARTE MERCÚRIO JÚPITER VÊNUS 1 ÀS 2 JÚPITER VÊNUS SATURNO SOL LUA MARTE MERCÚRIO 2 ÀS 3 MARTE MERCÚRIO JÚPITER VÊNUS SATURNO SOL LUA 3 ÀS 4 SOL LUA MARTE MERCÚRIO JÚPITER VÊNUS SATURNO 4 ÀS 5 VÊNUS SATURNO SOL LUA MARTE MERCÚRIO JÚPITER 5 ÀS 6 MERCÚRIO JÚPITER VÊNUS SATURNO SOL LUA MARTE 6 ÀS 7 LUA MARTE MERCÚRIO JÚPITER VÊNUS SATURNO SOL 7 ÀS 8 SATURNO SOL LUA MARTE MERCÚRIO JÚPITER VÊNUS 8 ÀS 9 JÚPITER VÊNUS SATURNO SOL LUA MARTE MERCÚRIO 9 ÀS 10 MARTE MERCÚRIO JÚPITER VÊNUS SATURNO SOL LUA 10 ÀS 11 SOL LUA MARTE MERCÚRIO JÚPITER VÊNUS SATURNO 11 ÀS 12 VÊNUS SATURNO SOL LUA MARTE MERCÚRIO JÚPITER 12 ÀS 13 MERCÚRIO JÚPITER VÊNUS SATURNO SOL LUA MARTE 13 ÀS 14 LUA MARTE MERCÚRIO JÚPITER VÊNUS SATURNO SOL 14 ÀS 15 SATURNO SOL LUA MARTE MERCÚRIO JÚPITER VÊNUS 15 ÀS 16 JÚPITER VÊNUS SATURNO SOL LUA MARTE MERCÚRIO 16 ÀS 17 MARTE MERCÚRIO JÚPITER VÊNUS SATURNO SOL LUA 17 ÀS 18 SOL LUA MARTE MERCÚRIO JÚPITER VÊNUS SATURNO 18 ÀS 19 VÊNUS SATURNO SOL LUA MARTE MERCÚRIO JÚPITER 19 ÀS 20 MERCÚRIO JÚPITER VÊNUS SATURNO SOL LUA MARTE 20 ÀS 21 LUA MARTE MERCÚRIO JÚPITER VÊNUS SATURNO SOL 21 ÀS 22 SATURNO SOL LUA MARTE MERCÚRIO JÚPITER VÊNUS 22 ÀS 23 JÚPITER VÊNUS SATURNO SOL LUA MARTE MERCÚRIO 23 ÀS 24 MARTE MERCÚRIO JÚPITER VÊNUS SATURNO SOL LUA

×