O LADO “CULTO” DA DEEP WEB• Não é fácil nem rápido encontrar conteúdos interessantes na deep web, (as  páginas demoram a s...
O LADO “CULTO” DA DEEP WEB• É possível encontrar bibliotecas de livros raros, serviços de  mensagens instantâneas, aproxim...
PRIVACIDADE• Apesar de parecer tudo muito “livre” na deep web, para acessar  certos conteúdos como fóruns que vão de polit...
PRIVACIDADE• O especialista em segurança digital Jaime Orts Y Lugo afirma  que a teia surgiu de uma necessidade de se obte...
PRIVACIDADE• "O pessoal prefere apontar apenas as coisas ruins, como  contrabandos, drogas, pedofilia, armas, mas estes co...
CAMADAS DA DEEP WEB•   “O lado negro da web” é dividido por aproximadamente 8 camadas que são :•   Level 0 – Common Web - ...
“O LADO NEGRO DA WEB”•   Level 5-Marianas web: O divisor de águas entra a Deep web "falsa" e a legítima web    oculta, aqu...
BIBLIOGRAFIA•   http://www.nytimes.com/2009/02/23/technology/internet/23search.html?pagewanted=all&_r=0•   http://www.mafi...
Camadas da deep web
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Camadas da deep web

15.166 visualizações

Publicada em

2 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
15.166
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
138
Comentários
2
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Camadas da deep web

  1. 1. O LADO “CULTO” DA DEEP WEB• Não é fácil nem rápido encontrar conteúdos interessantes na deep web, (as páginas demoram a serem carregadas devido ao longo caminho que percorrem até chegarem a sua máquina).• Contudo existem ferramentas que nos ajudam a navegar por essa oculta web, ou da Hidden wiki, basta digitar palavras do seu interesse para encontrar conteúdos que vão além de bizarrices, como mutilação e pedofilia. Claro que é preciso cuidado com as palavras e atenção para ler os links listados no resultado de busca.
  2. 2. O LADO “CULTO” DA DEEP WEB• É possível encontrar bibliotecas de livros raros, serviços de mensagens instantâneas, aproximadamente 50GB ou mais de livros sobre religião, psicologia e outros assuntos curiosos, sem contar os acervos de músicas e filmes dois quais não da para saber a procedência. Existe também uma espécie de Yahoo, onde pessoas anônimas perguntam e respondem sobre os mais diversos assuntos e o Tor Status, uma versão privada do Twitter.
  3. 3. PRIVACIDADE• Apesar de parecer tudo muito “livre” na deep web, para acessar certos conteúdos como fóruns que vão de politica a programação é preciso fazer cadastro. Utilizando o Tor Mail você pode realiza-los sem o menor problema, o Tor Mail é um serviço mantido dentro da Onion (nome dado a rede) e possui encriptação e segurança máxima.
  4. 4. PRIVACIDADE• O especialista em segurança digital Jaime Orts Y Lugo afirma que a teia surgiu de uma necessidade de se obter mais privacidade, já que na web normal, tudo o que fazemos pode ser facilmente rastreado. Muita gente acaba usando a DW(Deep Web) simplesmente por não estar de acordo com as regras impostas por gigantes como o Google.• Obviamente, o ambiente reservado também chamou atenção de criminosos, que gostaram da ideia de não serem rastreados, mas, assim como na web tradicional, na DW(Deep Web) nos deparamos com coisas ruins e boas. Basta ter discernimento e cautela para acessá-la.
  5. 5. PRIVACIDADE• "O pessoal prefere apontar apenas as coisas ruins, como contrabandos, drogas, pedofilia, armas, mas estes conteúdos existem para quem procura. Eu entro lá e busco coisas diferentes", defende o especialista. "Não dá para navegar como na surface [web tradicional], clicando em tudo e baixando qualquer arquivo, é preciso cuidado. Mas, as pessoas não devem deixar que o medo as privem de obter privacidade e ter acesso a coisas novas", completa.”
  6. 6. CAMADAS DA DEEP WEB• “O lado negro da web” é dividido por aproximadamente 8 camadas que são :• Level 0 – Common Web - A internet "normal", que todos nós acessamos diariamente;• Level 1 – Surface Web - Um lado mais "escuro" da web, onde ficam sites incomuns, mas que ainda sim pode ser acessado facilmente;• Level 2 – Bergie Web - último level de classe "baixa", aqui encontram-se sites de grupos fechados e que utilizam proxy, Tor ou alguma ferramenta para permitir o acesso;• Level 4-Charter web: A famosa Deep Web, onde se utiliza o Tor para ter acesso, divide-se em duas partes: a primeira são os sites comuns como Hidden Wiki e HackBB, a segunda engloba os sites restritos e de grupos fechados;
  7. 7. “O LADO NEGRO DA WEB”• Level 5-Marianas web: O divisor de águas entra a Deep web "falsa" e a legítima web oculta, aqui se encontram pessoas com um conhecimento mais avançado em computação, verdadeiros hackers, crackers, bankers, a partir desse ponto a coisa fica mais tensa. Há algumas teorias que dizem que ela se divide em mais três levels, que seriam:• Level 1: vídeos e documentos governamentais, sendo uma rede fortemente criptografada e segura;• Level 2: aqui se encontram pessoas que disputam o controle sobre o nível 8. Bilhões de dólares são negociados e tratados.• Level 3: Basicamente onde há o controle tecnológico global, há documentos relacionados com computação quântica, grandes elite hackers, que obviamente não são nem comentados nas mídias andam por aqui, o foco é poder e dinheiro, neste level encontra- se o que quer e o que não quer
  8. 8. BIBLIOGRAFIA• http://www.nytimes.com/2009/02/23/technology/internet/23search.html?pagewanted=all&_r=0• http://www.mafialinux.com/o-que-e-a-deep-web-t136.html• http://deepweb.wikia.com/wiki/Levels_of_the_Deep_Web• http://www.queromedo.com.br/2012/08/as-camadas-da-deep-web-camadas-da-deep-web- camadasdadeepweb.html• https://www.torproject.org/about/overview.html.en• http://www.abovetopsecret.com/forum/thread664550/pg1• http://olhardigital.uol.com.br/produtos/digital_news/noticias/nas-entranhas-da-deep-web-o-que- ha-de-bizarro-na-parte-de-baixo-da-internet• http://olhardigital.uol.com.br/produtos/digital_news/noticias/deep-web-saiba-o-que-acontece-na- parte-obscura-da-internet• http://olhardigital.uol.com.br/produtos/digital_news/noticias/nem-so-de-bizarrices-vive-a-deep- web

×