A internet

127 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
127
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A internet

  1. 1. A InternetTIC – Tecnologias deinformação e comunicação Catarina Lopes, nº2 Beatriz Brandão, nº7
  2. 2. Índice:
  3. 3. Introdução:
  4. 4. O que é a Internet ?A Internet, ou NET, é a maior rede de computadores do Mundo, abrangendo todos os países.Uma rede de computadores é um conjunto de dois ou mais computadores interligados, de modo a trocar informação e partilhar recursos.Escrevemos Internet com um «I» maiúsculo por esta ser considerada, precisamente, a «rede das redes».A Internet tornou-se mais popular com o aparecimento da World Wide Web (WWW), em 1992.
  5. 5. Situações de Perigos da internet• A internet é fantástica: podemos aprender, trocar informações, conversar, contactar gente nova, fazer amigos, jogar... É um mundo!• Mas a internet, tal como o mundo real lá fora, também tem gente com más intenções que trata de alguns assuntos complicados de modo muito negativo.• Também tem pessoas que fingem ser quem não são, que querem enganar, que querem fazer mal, que se devem evitar!• Essas pessoas mal formadas são más e podem criar graves problemas a ti, à tua família e até aos teus amigos!• A curiosidade por coisas desconhecidas é natural, saudável e permite crescer, aprender e conhecer o mundo em que vivemos, mas deve ser acompanhada por formação e informação.• A navegação acompanhada por um adulto é uma boa ideia, especialmente se encontramos algo estranho ou que não entendemos, mas... navegar sozinho é mais fixe! : )• Respeita as dicas importantes que estão a seguir e tudo irá correr bem!
  6. 6. • Conteúdos: Pornografia, Racismo, Violência, Droga, Jogos, Informação incorrecta e perigosa.• Contactos: Correio electrónico não desejado [spam] e conversação com estranhos em salas de conversa ( chats ) .• Comércio: Invasão da privacidade através da publicidade não desejada e falta de transparência entre a publicidade e o conteúdo.
  7. 7. Proibido : (• Dar dados pessoais a pessoas que se «conheçam» através da net, para além do e-mail, como, por exemplo, o telefone ou a morada completa. Do mesmo modo, não se devem (nestes casos e sem autorização) dar informações pessoais sobre membros da família ou amigos.• Fazer compras com cartões de crédito.• Dar o número de cartões de crédito ou de quaisquer documentos pessoais.• Copiar documentos (textos, fotografias, etc.) que estejam on-line e utilizá-los sem dizer (escrever) de onde foram retirados ou quem os fez.• Responder a mensagens ou contactos mal educados, provocadores ou que falem de assuntos inadequados.
  8. 8. Permitido : )• Navegar por sites com temas de interesse, utilizando a pesquisa dos vários motores de busca disponíveis.• «Conversar» com outros internautas nos «chats» ou fóruns sobre vários temas.• Receber «Newsletters» regularmente com novidades e informações sobre temas que te interessam, inscrevendo-te em listas de e-mails ou «assinando-as» (se isso não implicar custos).• Enviar mensagens só de texto ou também com fotografias, sons, etc., dando apenas como contacto o e-mail. Dá outros dados, apenas se forem sites apropriados e seguros.• Copiar programas ou música que se encontre disponível gratuitamente na internet.• Fazer a própria página pessoal (ou site) e pôr esses conteúdos on-line.
  9. 9. Métodos de segurança contras os perigos da internet• - Muito cuidado ao fazer downloads e instalações de programas ou documentos da internet. - Muito cuidado também ao abrir documentos e programas recebidos por e-mail, sobretudo se não conhecemos quem os enviou. - Utilizar sempre software anti-vírus actualizado. - Fazer cópias regulares (para discos externos ou CD-ROM) dos documentos que temos no computador. Assim não perdemos as informações que se encontram armazenadas no disco rígido em caso de ataque de um vírus• Para combater este mal há programas que detectam a existência dos vírus depois destes se terem infiltrado num computador, ou, de preferência, antes. Os mais conhecidos são os programas da Panda Software, da Norton e da McAfee.
  10. 10. Conclusão :

×