Palestra no 2° Encontro Mídia e Pesquisa - outubro de 2013

267 visualizações

Publicada em

Conteúdo apresentado na mesa redonda: "Impacto das Novas Tecnologias de Comunicação na Divulgação da Ciência".

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
267
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Palestra no 2° Encontro Mídia e Pesquisa - outubro de 2013

  1. 1. A ciência na internet: cenário atual e perspectivas Joanicy Brito
  2. 2. Mudanças na divulgação da ciência » Internet - amplia o acesso a resultados de pesquisa » Tecnologias web 2.0 - mais pessoas participam da comunicação. #Science Shorty Award Astronauta premiado pela participação expressiva nas redes sociais
  3. 3. Mudanças na divulgação da ciência » Comunicação formal e informal compartilham os mesmos espaços » A comunicação direta entre leigos e cientistas aumenta » Nova lógica de relacionamento com o público aparece » Comunicadores e cientistas começam a se reinventar Programa do webcanal TVCiencia.net
  4. 4. Cientistas comunicadores A midiatização revela cada vez mais cientistas comunicadores 210 Blogs de Ciência no Brasil » Menos de 100 tem posts de 2013 e descrição do perfil do autor » 69 blogs não são de jornalistas (biólogos, físicos, psicólogos) » 28 blogs são de jornalistas (25 de jornal e revista de grande circulação) Fonte: http://revistapesquisa.fapesp.br/2013/09/12/a-conexao-digital/
  5. 5. Para cientistas comunicadores, comunicadores orientadores » Desafios para comunicadores de instituições de pesquisa: produzir conteúdo criativo multimídia, identificar e orientar cientistas sobre boas práticas de comunicação. » É importante oferecer manuais, vídeos tutoriais, media training para cientistas.
  6. 6. Apoio ao uso de mídias sociais Manual de Conduta em Mídias Sociais da Embrapa (2012) » Mostra que redes podem ser usadas profissionalmente » Estimula os empregados a agregarem valor a discussões online » Valoriza o compartilhamento de conteúdos para o avanço e a divulgação da ciência
  7. 7. Além do Facebook e Twitter » A divulgação científica tem ocorrido em redes temáticas voltadas para públicos específicos, como a RepiLeite.
  8. 8. Caso Repileite » A Rede foi lançada em maio de 2011 com o intuito de promover debates sobre a cadeia produtiva leiteira. Recebe mais de 6 mil acessos mensais, de 450 cidades do Brasil e de mais de 35 países. » Reúne 2.504 participantes, entre eles pesquisadores, produtores, agentes de extensão rural, profissionais com graduação, técnicos e estudantes entre 14 a 82 anos, grande parte de fora das capitais do Brasil. » Tudo está público. Quem não se cadastrou pode consultar os conteúdos e acompanhar discussões sobre produção animal, recursos forrageiros e meio ambiente, agronegócio do leite, saúde animal, qualidade do leite, entre outros assuntos
  9. 9. Divulgação científica na Repileite O fórum mais comentado » “Ocitocina ou bezerro na ordenha?” 108 comentários, visto 9.338 vezes . » Questões de interesse geral: dar o hormônio ocitocina para facilitar a decida do leite da vaca pode contaminar o leite? A aplicação da ocitocina induz o parto ou altera a fertilidade da vaca? O hormônio diminui a vida útil do animal? » Algumas respostas foram dadas pelos produtores rurais e validadas pelos pesquisadores. » Quem acompanhou ficou sabendo como funciona na prática uma série de métodos de ordenha, por meio de textos, fotos e vídeos explicativos.
  10. 10. Divulgação científica na Repileite “Ocitocina ou bezerro na ordenha?”
  11. 11. Divulgação científica na Repileite “Ocitocina ou bezerro na ordenha?”
  12. 12. Divulgação científica na Repileite O segundo fórum mais comentado » “Mitos e verdades sobre gases de efeito estufa e pecuária” - 71 comentários e exibido 4.629 vezes » Tratou de metodologias de mensuração de metano entérico, inventário de gases e pesquisas nacionais e internacionais. » Divulgação científica e críticas à mídia
  13. 13. Divulgação científica na Repileite “Mitos e verdades sobre gases de efeito estufa e pecuária”mostrou: » resultados de pesquisa » dados estatísticos » estimativas » argumentos fundamentados sobre questões polêmicas, » apresentação de 103 slides ilustrados, com conteúdo relevante, expostos didaticamente » vídeo com a palestra de cientistas com diferentes ângulos da questão » um chat com pesquisadores sobre um tema discutido no fórum (a dieta de bovinos como recurso para reduzir a emissão de gases de efeito estufa).
  14. 14. Divulgação científica na Repileite “Mitos e verdades sobre GEE e pecuária”
  15. 15. Perspectivas » O que se passa na RepiLeite possivelmente acontecerá com outros temas, com diferentes públicos, usando variadas ferramentas (blog, wikis, galerias de imagens, vídeos, grupos de discussão, chat) » Na Embrapa isso poderá acontecer no novo portal desenvolvido em uma plataforma tecnológica social
  16. 16. Como lidar com as mudanças A Embrapa está atuando com planejamento e acompanhamento. Antes de abrir os perfis corporativos, refletimos sobre: » objetivo » público » conteúdos próprios e criativos » profissionais para produzi-los, para acompanhar e dialogar com quem interagir com a empresa, entre outras questões.
  17. 17. Embrapa no Facebook e Twitter Retorno positivo
  18. 18. Embrapa no Facebook e Twitter Mais de 1.000 compartilhamentos para um post sobre fossa 1.902 clicadas no link para ver a cartilha
  19. 19. Joanicy Brito joanicy@hotmail.com https://delicious.com/joanicy/ciência 1º de outubro de 2013 Obrigada!

×