FISIOLOGIA VEGETALCélulas vegetais possuem características que as diferenciam das células animais: apresentam umenvoltório...
Conteúdo celularPrincipais organelas1. VacúoloDelimitado por uma membrana denominada tonoplasto. Contém água, açúcares, pr...
3. NúcleoConstituida por duas membranas com um espaço entre si e com poros, apresentando duasfunções: regular as reações q...
5, RibossomosSão estruturas formadas por RNA e proteínas sendo que estes podem estar livres nohialoplasma ou presos entre ...
7. MitocôndriasSão estruturas alongadas ou esféricas formadas por duas membranas lipoproteica, a interna sofreinvaginações...
Variedades na alimentação para animais de produção.Brasil, nosso país, apresenta uma imensa variedade de opções paraproduç...
capim elefante oferece maior teor de protéina, chegando a 16% muitoimportante para o bom desenvolvimento do gado de corte ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Pratica biologia 2

306 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
306
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pratica biologia 2

  1. 1. FISIOLOGIA VEGETALCélulas vegetais possuem características que as diferenciam das células animais: apresentam umenvoltório externo rígido (parede celular) e uma orgânela citoplasmática responsável pelafotossíntese (plasto) e grande parte das células vegetais possui uma grande bolsa membranosa naregião central do citoplasma (vacúolo central) que acumula uma substância aquosa de sais eaçúcares.FONTE: www.universitario.com.brParede da célula vegetalA parede da célula vegetal é constituída por longas e resistentes microfibrilas de celulose, sendoque uma microfibrila reúne entre sessenta e setenta moléculas de celulose, cada qual, constituídapor muitas moléculas de glicose, essas microfibrilas de celuloseficam unidas por uma matriz deglicoproteínas e por dois polissacarídeos ( pectina e hemicelulose).FONTE: www.sobilogia.com.br
  2. 2. Conteúdo celularPrincipais organelas1. VacúoloDelimitado por uma membrana denominada tonoplasto. Contém água, açúcares, proteínas; pode-se encontrar ainda compostos fenólicos, pigmentos como betalaínas, antocianinas cristais deoxalato de cálcio, sendo que muitas das substâncias estão dissolvidas formando o suco celular quetem um pH ácido, em células parenquimáticas o vacúolo chega a ocupar 90% do espaço celular eem células especializadas pode ocorrer um único vacúolo. Funções do vacúolo: armazenamento desubstâncias e processo lisossômico (englobam partículas).FONTE: cienciasnatureza.com2. PlastosSão organelas formadas por um envelope de duas membranas que possuem no seu interior umamatriz (estroma), onde fica um sistema de membranas saculiformes achatadas (tilacóides), sendooriginarias dos plastídios possuem DNA e ribossomos, podendo se dividir em três grupos:Cloroplastos: Seu genoma codifica algumas proteínas específicas e contêm clorofila e estãoassociados à fase luminosa da fotossíntese, sendo mais diferenciados nas folhas, sendo que namatriz ocorrem as reações de fixação de gás carbônico para a produção de carboidratos, além deaminoácidos, ácidos graxos e orgânicos, podendo haver formação de amido e lipídios.Cromoplastos: Portam pigmentos carotenoides (amarelos, alaranjados ou avermelhados); sãoencontrados em estruturas coloridas como pétalas, frutos e algumas raízes, sendo que sua origemdescende a partir dos cloroplastos. Leucoplastos: não tem pigmentos; podem armazenar váriassubstâncias (amido, proteínas, lipídios).FONTE: professoresunisanta.br
  3. 3. 3. NúcleoConstituida por duas membranas com um espaço entre si e com poros, apresentando duasfunções: regular as reações químicas que ocorrem dentro da célula, e armazenar as informaçõesgenéticas da célula, sendo que no seu interior se diferencia o nucléolo e a cromatina, e durante adivisão celular, a cromatina se condensa em estruturas com formas de bastão, os cromossomos.FONTE:portalsaofrancisco.com.br4. Complexo de GolgiConstituído de várias unidades menores, os dictiossomos. Cada dictiossomo é composto por umapilha de mais ou menos cinco sacos achatados, de dupla membrana lipoprotéica, sendo que nasbordas dos sacos podem ser observadas vesículas em processo de brotamento, sendocorrelacionado aos processos de secreção, incluindo a secreção da primeira parede que separaduas células vegetais em processo de divisão.FONTE: www.biomania.com.br
  4. 4. 5, RibossomosSão estruturas formadas por RNA e proteínas sendo que estes podem estar livres nohialoplasma ou presos entre si por uma fita de RNA e quando dessa forma se juntam aosaminoácidos do citoplasma para formar cadeias de proteínas.FONTE: professoresunisanta.br6. Retículo endoplasmáticoFormado por um sistema de duplas membranas lipoproteícas, o retículo endoplasmático liso, éconstituído por duas membranas e o retículo endoplasmático rugoso possui ribossomos aderidosdo lado externo. Apresentando como funções facilitar as reações enzimáticas, uma vez que asenzimas se aderem à sua membrana, sintetiza lipídios , regula a pressão osmótica (armazenandosubstâncias em sua cavidade), atua no transporte de substâncias (comunicando-se com acarioteca e com a membrana celular). Já o retículo rugoso desempenha todas as funções do liso etambém sintetiza proteínas pois apresenta ribossomos aderidos a sua membrana.FONTE: www.biomania.com.br
  5. 5. 7. MitocôndriasSão estruturas alongadas ou esféricas formadas por duas membranas lipoproteica, a interna sofreinvaginações, formando cristas mitocondriais que aumentam a superfície de absorção desubstâncias existentes na matriz mitocondrial. Apresentam DNA e tem como função a liberação deenergia para o trabalho celular.FONTE:portalsaofrancisco.com.brREFERENCIA BIBLIOGRAFICA:SOARES, J. L. Biologia, volume único, 2ª ed. Editora Scipione, 1991, São Paulo, SP, 496p.
  6. 6. Variedades na alimentação para animais de produção.Brasil, nosso país, apresenta uma imensa variedade de opções paraprodução de alimentos para os animais de produção de uma forma geral,sendo que estas opções vão das mais tradicionais como as pastagens parapastoreio até as mais inovadoras como a produção de milho hidropônico.Foto de produção de milho hidropônico.FONTE: tecnologiaetreinanemento.com.brFONTE: revistagloborural.globo.comAlém da diversidade de formas de produção também temos uma grandediversidade de plantas para produção desse alimento, e essa diversidade deplantas apresenta variações nutricionais diversas como por exemplo a cana deaçúcar que é rica em energia, mas deficiente em proteína chega a 4%, já o
  7. 7. capim elefante oferece maior teor de protéina, chegando a 16% muitoimportante para o bom desenvolvimento do gado de corte para produção decarne ou gado leiteiro para a produção de leite. Essa variação segue comampla margem e deve ser avaliada na hora da escolha do alimento oferecidopara o animal levando em consideração o tipo de produção desejado.Devemos estudar e conhecer a planta com a qual vamos trabalhar,conhecer suas vantagens e desvantagens, por exemplo o capim elefante éuma espécie de rápido crescimento e de alta produção de biomassa vegetalapresenta um alto potencial para uso como fonte alternativa de energia.Apresenta um sistema radicular bem desenvolvido que poderia contribuir deforma eficiente para aumentar o conteúdo de matéria orgânica do solo,podendo ainda aumentar o sequestro de carbono.Quando pesquisamos a planta a ser usada podemos explorar de formainteligente a produção de forma a beneficiar a produção e o meio ambiente,ganhando economicamente e ambientalmente.Referencias:MORAES, R. A. Consultório Agrícola. Revista Globo Rural, 03/2013.NEVES, A. L. A. Cultivo de Milho Hidropônico para Alimentação Animal,CPT, Viçosa, MG, 2011.

×