NOME


Sophia de Mello Breyner Andresen



      DATA E LOCAL DE NASCIMENTO


      Poetisa e contista portuguesa, nasceu ...
personalidade. O seu avô Jan Henrik Andresen desembarcou um dia no
Porto e nunca mais abandonou esta região, tendo o seu f...
RAZÃO          POR      QUE       COMEÇOU             A     ESCREVER
LIVROS PARA CRIANÇAS




      Sophia de Mello Breyne...
O ambiente da sua infância reflecte-se em imagens e ambientes
presentes na sua obra, sobretudo nos livros para crianças. O...
POESIA


• Publica o 1º livro – “POESIA”
• “DIA DO MAR” – 1ª ed.1947, Ática, 3ªed. 1974, Ática;
• “CORAL” – 1ª ed. 1950, L...
• “ PRAIA in Contos Exemplares “ – 1ª ed, 1962, Moraes Editores; 35ª ed,
 2004, Figueirinhas;
• “ HOMERO in Contos Exempla...
Outras obras da autora:


    Ensaios:


•   1956 - “ A poesia de Cecília Meireles” – Cidade Nova, 4ª Série, nº 6
    Nove...
•   1999 - Prémio Camões (primeira mulher portuguesa a recebe-lo) o maior
        atributo de autores de língua portuguesa...
Sumário:




•   Foto
•   Nome completo
•   Data de nascimento
•   Local de nascimento
•   Educação e estudos
•   Cargos o...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

J.PedroSilva

2.308 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.308
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
43
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

J.PedroSilva

  1. 1. NOME Sophia de Mello Breyner Andresen DATA E LOCAL DE NASCIMENTO Poetisa e contista portuguesa, nasceu no Porto em 1919, no seio de uma família nobre, e aí viveu até aos dez anos, altura em que se mudou para Lisboa. Morreu aos 84 anos no dia 2 de Julho de 2004 no Hospital da Cruz Vermelha. EDUCAÇÃO E ESTUDOS De origem dinamarquesa por parte do pai, a sua educação decorreu num ambiente católico e culturalmente privilegiado que influenciou a sua
  2. 2. personalidade. O seu avô Jan Henrik Andresen desembarcou um dia no Porto e nunca mais abandonou esta região, tendo o seu filho João Henrique comprado a quinta do Campo Alegre. Segundo Sophia essa quinta “foi um território fabuloso com uma grande e rica família servida por uma criadagem numerosa”. Estudou no Colégio do Sagrado Coração de Maria, no Porto. Frequentou o curso de Filologia Clássica na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, mas não o chegou a concluir. Familiarizou-se assim com a civilização grega que profundamente admirou e que aparece também espelhada na sua obra. Em 1946 casou-se com Francisco Sousa Tavares, um jornalista, político e advogado, do qual teve cinco filhos que inspiraram muitas das suas obras infantis. CARGOS OCUPADOS Criada na velha aristocracia portuguesa, educada nos valores éticos e cristãos, dirigente de movimentos universitários católicos, veio a tornar-se uma das figuras mais representativas de uma atitude politica liberal, opondo-se ao regime salazarista (foi fundadora da Comissão Nacional de Socorro aos Presos Políticos) e também após o 25 de Abril, foi deputada à Assembleia Constituinte (1975-1976). Presidiu ao Centro Nacional de Cultura e à Assembleia Geral da Associação Portuguesa de Escritores.
  3. 3. RAZÃO POR QUE COMEÇOU A ESCREVER LIVROS PARA CRIANÇAS Sophia de Mello Breyner é considerada uma das poetisas e escritoras de livros para crianças mais importantes da literatura Portuguesa. Começou a inventar histórias para crianças quando os seus filhos tiveram sarampo. Era Inverno e o médico tinha dito que eles deviam ficar na cama, bem cobertos e bem agasalhados. Para isso era preciso entretê-los o dia inteiro. Primeiro contou todas as histórias que sabia. Depois, comprou alguns livros que tentou ler em voz alta mas não suportou a pieguice da linguagem nem a sentimentalidade da “mensagem“: uma criança é uma criança, não é um pateta. Atirou os livros fora e resolveu inventar. INFLUÊNCIAS DA INFÂNCIA NA ESCRITA DE “A MENINA DO MAR” Sophia procurou a memória daquilo que a tinha fascinado na sua própria infância. Lembrou-se de quando tinha 5 ou 6 anos e vivia numa casa branca na duna, a mãe lhe tinha contado que nos rochedos daquela praia morava uma menina muito pequenina. Como nesse tempo, para ela, a felicidade máxima era tomar banho entre os rochedos, essa menina marinha tornou-se o centro das suas imaginações. E foi a partir desse antigo mundo real e imaginário, que começou a contar a história, a que mais tarde chamou “A Menina do Mar”.
  4. 4. O ambiente da sua infância reflecte-se em imagens e ambientes presentes na sua obra, sobretudo nos livros para crianças. Os verões passados na praia da Granja e os jardins da casa da família ressurgem em evocações do mar ou de espaços de paz e amplitude. QUEM A AJUDOU A ESCREVER HISTÓRIAS PARA CRIANÇAS Quem a ajudou a escrever histórias para crianças foram os seus filhos. Estes faziam perguntas ao mesmo tempo que a mãe ia escrevendo, como por exemplo:”de que cor era o vestido da menina?“; “o que fazia o peixe?”. Com isto eles motivaram-na a escrever contos infantis. LISTA DE LIVROS ESCRITOS Sophia de Mello Breyner Andresen possui uma obra vastíssima, que inclui contos e obras poéticas. Os seus livros relatam as vivências da autora durante a infância.
  5. 5. POESIA • Publica o 1º livro – “POESIA” • “DIA DO MAR” – 1ª ed.1947, Ática, 3ªed. 1974, Ática; • “CORAL” – 1ª ed. 1950, Livraria Simões Lopes; 2ª ed. Portugália; 3ª ed. Galeria S. Mamede; • “NO TEMPO DIVIDIDO” – 1ª ed, 1972, Guimarães Editores; • “MAR NOVO” – 1ª ed, 1958,Guimarães Editores; • “ O LIVRO SEXTO” – 1ª ed, 1962; 6ª ed, 1985 Edições Salamanca; • “ GEOGRAFIA”- 1ª ed, 1967,Ática; 2ª ed, 1972, Ática; • “DUAL” – 1ª ed,1972,Moraes Editores; 3ª ed, 1986,Moraes Editores; • “ O NOME DAS COISAS” – 1ª ed, 1977,Moraes Editores,2ª ed, 1986, Edições Salamanca; • “ NAVEGAÇÕES” – Imprensa Nacional; 2ª ed, 1996, Editorial Caminho; • “ ILHAS “ – 1ª ed, 1989; 2ª ed, 1990, Texto Editora; • “ MUSA “ – 1ª ed, 1994; 3ª ed, 1997, Editorial Caminho; • “ O BÚZIO de CÓS “- 1ª ed, 1997; 2ª ed, 1998,Editorial Caminho; • “OBRA POÉTICA I “1ª ed,1991, 3ª ed, Editorial Caminho PROSA • “AS GRUTAS in O Livro Sexto “ – 1ª ed, 1962; 6ª ed, 1985, Edições Salamanca; • “ CAMINHO DA MANHÃ in O Livro Sexto “ 1ª ed, 1962; 6ª ed, 1985, Edições Salamanca; • “ O JANTAR DO BISPO in Contos Exemplares” – 1ª ed, 1962,Moraes Editores; 35ª ed, 2004, Figueirinhas; • “ A VIAGEM in Contos Exemplares “ – 1ªed, 1962, Moraes Editores; 35ªed,2004, Figueirinhas; • “ RETRATO de MÓNICA in Contos Exemplares “ – 1ª ed, 1962, Moraes Editores; 35ª ed, Figueirinhas;
  6. 6. • “ PRAIA in Contos Exemplares “ – 1ª ed, 1962, Moraes Editores; 35ª ed, 2004, Figueirinhas; • “ HOMERO in Contos Exemplares “ – 1ª ed, 1962, Moraes Editores; 35ª ed, 2004, Figueirinhas; • “ O HOMEM in Contos Exemplares “ – 1ª ed, 1962,Moraes Editores; 35ª ed, 2004, Figueirinhas; • “ OS TRÊS REIS DO ORIENTE in Contos Exemplares” – 1ª ed,1962; 35ªed, 2004, Figueirinhas. CONTOS PARA CRIANÇAS • “ A FADA ORIANA” – 1ª ED, 1958; 12ªed, 1983, Figueirinhas; • “ O CAVALEIRO da DINAMARCA “ – 1ª ed,1964; 21ª ed, 1984, Figueirinhas; • “ O RAPAZ de BRONZE “ – 1ª ed, 1956; 5ª ed, 1978, Moraes Editores; • “ A MENINA do MAR “ – 1ª ed, 1958; 17ª ed, 1984, Figueirinhas; • “ A FLORESTA “ 1ª ed, 1968; 16ª ed,1983, Figueirinhas; • “ A NOITE de NATAL “ – 1ª de, 1985; Ática OUTROS DADOS RELEVANTES Aos dozes anos escreve os primeiros poemas. Entre os 16 e 23 anos tem uma fase excepcionalmente boa na sua produção poética. Distinguida com o prémio Camões em 1999, tornou-se a primeira mulher Portuguesa a receber o mais importante galardão literário da língua Portuguesa. Este prémio foi instituído pelos governos de Portugal e Brasil aos autores que tenham contribuído para o enriquecimento do património literário da língua Portuguesa.
  7. 7. Outras obras da autora: Ensaios: • 1956 - “ A poesia de Cecília Meireles” – Cidade Nova, 4ª Série, nº 6 Novembro; • 1960 – “ Poesia e Realidade “, Colóquio – Revisa de Artes e Letras, nº 8; • 1967 – “ Holderlin ou o lugar do poeta “ , Jornal de Comércio, 30 de Dezembro; • 1975 – “ O Nu na Antiguidade Clássica “, Lisboa, Estúdios Cor; • 1876 – “ Torga, ao Homens e a Terra “, Boletim da Secretaria de Estado da Cultura, Dezembro; • 1980 – “ Luís de Camões, Ensombramentos e Descobrimentos “, Cadernod de Literatura, nº 5; • 1982/1984 – “ A escrita (poesia ) “, Estudos Italianos em Portugal, nº 45/47. Prémios com que foi condecorada: • 1964 - Grande Prémio de Poesia da Sociedade Portuguesa de Escritores, atribuído a quot;Livro Sextoquot;. • 1977 - Prémio Teixeira de Pascoaes • 1983 - Prémio da Crítica, da Associação Internacional de Críticos Literários • 1989 - Prémio D. Dinis, da Fundação da Casa de Mateus • 1990 - Grande Prémio de Poesia Inasset / Inapa • 1992 - Grande Prémio Calouste Gulbenkian de Literatura para Crianças • 1994 - Prémio 50 anos de Vida Literária, da Associação Portuguesa de Escritores • 1996 - Homenageada do quot;Carrefour des Littératuresquot;, na IV Primavera Portuguesa de Bordéus e da Aquitânia • 1998 - Prémio da Fundação Luís Miguel Nava
  8. 8. • 1999 - Prémio Camões (primeira mulher portuguesa a recebe-lo) o maior atributo de autores de língua portuguesa. • 2000 - Prémio Rosália de Castro, do Pen Clube Galego • 2001 - Prémio Max Jacob Étranger • 2003- Prémio Rainha Sofia de Poesia Iberoamericana (atribuido a artistas Ibero/Latinos,na cidade de Oviedo,Principado de Asturias{Espanha}. Traduções pela Autora • 1962 – A Anunciação de Maria, de Paul Claudel, Paris, Ester; • 1962 – O Purgatório, de Dante, Lisboa, Minotauro; • 1964 – Muito Barulho Por Nada, de Willian Shakspeare (inédito ); • 1965 – Hamlet, de Willian Shakespeare, Porto, Lello; • 1967 – Os Reis Magos, Tradução de um poema do Eré Fren, Colóquio – Revista de Artes e Letras, nº43 • 1970 – Quatre Paétes Portugais, Camões, Cesário Verde, Mário de Sá Carneiro, Fernando Pessoa, 2ª ed,Lisboa, Presses Universitaires de France e Fundação Calouste Gulbenhkian; • 1979 – A vida Quotidiana no Tempo de Homero, de Émile Mireaux, Lisboa, Livros do Brasil; • 1980 – Ser Feliz, de Leif Kristianson, Lisboa, ^Presença; • 1981 – Um Amigo, de Leif Kristianson, Lisboa, Presença.
  9. 9. Sumário: • Foto • Nome completo • Data de nascimento • Local de nascimento • Educação e estudos • Cargos ocupados • Razão por que começou a escrever livros para crianças • Influências da infância na escrita de “ A Menina do Mar “ • Quem a ajudou a escrever histórias para crianças • Lista de livros escritos • Outros dados relevantes

×