Aparecida de Goiânia, 24 de Fevereiro de 2014.
Professor: Jailson Silva

Disciplina: Geografia

Série: 8º Ano Turma: B
Rot...
Mas não é só o roteiro que torna Liga da Justiça: A Nova Fronteira um grande filme. A animação é primorosa,
dando identida...
Atividade avaliativa bimestral!
A guerra fria
“… A guerra fria[...] É uma verdadeira guerra global não
declarada. Obedece ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Atividade liga d_justiça_a_nova_fronteira

298 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
298
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Atividade liga d_justiça_a_nova_fronteira

  1. 1. Aparecida de Goiânia, 24 de Fevereiro de 2014. Professor: Jailson Silva Disciplina: Geografia Série: 8º Ano Turma: B Roteiro de atividade - Esta atividade multidisciplinar requer dos executores (alunos), uma atenção em especial, pois, sua estruturação se da em quatro momentos: 1. Aula explicativa e exercícios sobre sistemas socioeconômicos “capitalismo e socialismo”. – já realizados. 2. Assistir o filme: LIGA DA JUSTIÇA: A Nova Fronteira. 3. Reflexão e debate sobre os elementos presente na narrativa do desenho. 4. Execução e elaboração de um painel contendo algum conflito geopolítico pelo mundo nos tempos atuais. Filme: LIGA DA JUSTIÇA: A nova fronteira. DC: A Nova Fronteira, HQ publicada no Brasil em 2006 como uma minissérie em duas edições, escrita e desenha porDarwyn Cooke, foi uma das melhores HQs dos últimos anos, conseguindo ser adulta, abordar política e apresentar um tom de nostalgia, remetendo aos grandes clássicos da Era de Prata, tudo isso ao mesmo tempo. Com uma trama complexa, provavelmente ninguém imaginaria que tal história pudesse ser adaptada para um filme, mas foi exatamente isso que foi feito pelas mãos da Warner neste ano. Dirigido por Dave Bullock e roteirizado pelo próprio Cooke e Stan Berkowitz, o longa-metragem animado Liga da Justiça: A Nova Fronteira, assim como a HQ, se tornou um clássico instantâneo. Alguns podem até estranhar a inserção do nome da Liga da Justiça no título, mas na verdade essa mudança foi inteligente, afinal DC: A Nova Fronteira não é um nome atrativo para quem não acompanha quadrinhos fielmente. Nos anos 50, o sentimento anticomunismo se intensifica nos Estados Unidos, resultando até em paranóia, o que leva o governo a ir contra os super-heróis, com a desculpa de que não é possível confiar em homens mascarados, que podem muito bem ser espiões. A geração anterior de heróis sai de cena, mas uma nova começa a surgir bem a tempo de enfrentar uma ameaça grandiosa, conhecida como O Centro. Diversos heróis tentam ligar as pistas que apontam tal ameaça, ao mesmo tempo em que têm que se proteger de seu próprio governo. Tal como na HQ, o filme se concentra principalmente nos heróis Caçador de Marte, Flash e Lanterna Verde, três dos maiores símbolos da Era de Prata da DC Comics nos quadrinhos. O desenrolar dos fatos tem poucas diferenças com a obra original, crédito, é claro, de Cooke, que participou ativamente da adaptação. Seguimentos como o abatimento do Homem-Hora, a gênese de Aço e as missões dos Desafiadores do Desconhecidosão mostrados rapidamente, algumas vezes como pano de fundo de cenas mais importantes; enquanto personagens menores nem dão as caras. Ainda assim, trata-se muito provavelmente da adaptação mais fiel já vista, conseguindo até mesmo melhorar certos momentos. Exemplo disso é a própria ameaça da trama. O Centro, que no filme se torna mais clara e direta, sem tantos rodeios. www.colegiodecisao.com.br –Fones – Centro: 3517-6000/ Ap. de Goiânia: 3097-3776
  2. 2. Mas não é só o roteiro que torna Liga da Justiça: A Nova Fronteira um grande filme. A animação é primorosa, dando identidade aos personagens, criando ótimos movimentos nas cenas de ação, com grande dinâmica. Sem sombra de dúvidas ajudou muito o fato da arte original de Cooke apresentar traços e cores que remetem diretamente ao mundo da animação. A equipe de dubladores é de primeira, sintetizando muito bem as principais características de cada personagem. Alguns nomes famosos participam, como David Boreanaz (Lanterna Verde), Lucy Lawless (MulherMaravilha), Kyle MacLachlan(Superman) e Brooke Shields (Carol Ferris). Vale a pena chamar a atenção para uma curiosidade: King Faraday, o agente governamental que é o antagonista do Caçador de Marte, tem a voz de Phil Morris, que interpreta o mesmo Caçador de Marte no seriado Smallville. Fonte: http://hqmaniacs.uol.com.br/principal.asp?acao=materias&cod_materia=557 . Acessado em 23 de fevereiro de 2014, 15h33min. - Elementos a serem analisados: • Narrativa do filme, • Período em que a história acontece, • Contexto vivido pelo mundo durante o período narrado, • Conflito geopolítico implícito no filme, • Debate sobre fronteiras, • Informações implícitas no filme. Atividade a ser desenvolvida em grupos “cinco alunos por grupo” - A partir dos elementos estudados até o presente momento, os alunos, em grupo irão realizar uma pesquisa sobre possíveis conflitos existentes no mundo. - Roteiro: 1. Pesquisar possíveis conflitos no mundo atual, 2. Localizar geograficamente os países envolvidos neste conflito, (utilizar um mapa). 3. Levantar quais países fazem parte deste(s) conflito(s), 4. Contexto histórico: motivos, quando começou, países envolvidos, possíveis diálogos de paz ou perspectivas de mais conflitos. 5. Possível envolvimento com o período de guerra fria, 6. Ligação com alguma superpotência mundial. - Confecção: As informações deverão ser exibidas em um cartaz e apresentado a classe no dia 07 de Março de 2014. WWW.Colegiodecisao.com.br –Fones – Centro: 3517-6000/ Ap. de Goiânia: 3097-3776
  3. 3. Atividade avaliativa bimestral! A guerra fria “… A guerra fria[...] É uma verdadeira guerra global não declarada. Obedece a um planejamento e tem objetivo a conquistar, desperta entusiasmo e medo em grupos sociais e reações contrárias na opinião pública.” (Castello Branco). WWW.Colegiodecisao.com.br –Fones – Centro: 3517-6000/ Ap. de Goiânia: 3097-3776

×