Trabalho realizado por : Lou Blackwell
Nº: 23
Turma: Vocacional
A palavra Halloween tem origem na Igreja católica.
Vem de uma tradição contraída do dia 1 de Novembro, o Dia de Todos os
S...
O Dia das Bruxas (Halloween é o nome original na língua inglesa) é um evento
tradicional e cultural, que ocorre nos países...
Era uma festa com vários nomes: Samhain (fim de
verão), Samhein, La Samon, ou ainda, Festa do Sol.
Mas o que ficou mesmo f...
O Halloween marca o fim oficial do verão e o início do ano-
novo.
Celebra também o final da terceira e última colheita do
...
A brincadeira de "doces ou travessuras" é
originária de um costume europeu do
século IX, chamado de "souling" (almejar).
N...
Estados Unidos
Espanha
Irlanda
México
Tailândia
O HALLOWEEN PELO MUNDO
Desde 1800, quando os imigrantes irlandeses e escoceses levaram suas
festividades de Halloween para a América do Norte, a ...
Como no Brasil, comemora-se o Dia de Todos os Santos em
1º de novembro e Finados no dia seguinte.
As pessoas usam as datas...
A Irlanda é considerada como o país de origem do Halloween. Nas
áreas rurais, as pessoas acedem fogueiras, como os celtas ...
No dia 1º comemora-se o Dia dos Anjinhos, ou Dia dos
Santos Inocentes, quando as crianças mortas antes do
batismo são rele...
Nesse país, existe o festival Phi Ta Khon, comemorado com música e
desfiles de máscaras acompanhados pela imagem de Buda.
...
A abóbora: Simboliza a fertilidade e a sabedoria.
A vela: Indica os caminhos para os espíritos do outro plano
astral.
O ca...
As moedas: Devem ser recolhidas no final da festa para serem
doadas aos necessitados.
Os bilhetes: Com os pedidos, devem s...
Laranja - Cor da vitalidade e da energia que gera força.
Os druidas acreditavam que nesta noite, passagem para
o Ano Novo,...
A história do halloween
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A história do halloween

1.338 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.338
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
65
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A história do halloween

  1. 1. Trabalho realizado por : Lou Blackwell Nº: 23 Turma: Vocacional
  2. 2. A palavra Halloween tem origem na Igreja católica. Vem de uma tradição contraída do dia 1 de Novembro, o Dia de Todos os Santos, é um dia católico de observância em honra de santos. Mas, no século V DC, na Irlanda Céltica, o verão oficialmente se concluía em 31 de Outubro. O feriado era Sachai, o Ano novo Céltico. Mas os estudiosos dizem que a palavra Halloween surgiu da seguinte forma: O nome é, na realidade, uma versão encurtada da Noite de Todos os Santos, a véspera do Dia de Todos os Santos . "Hallow" é uma palavra do inglês antigo para "pessoa santa" e o dia de todas as "pessoas santas" é apenas um outro nome para Dia de Todos os Santos, o dia em que os católicos homenageiam todos os santos. Com o tempo, as pessoas passaram a se referir à Noite de Todos os Santos, "All Hallows' Even", como "Hallowe'en", e mais tarde simplesmente "Halloween". ORIGEM DA PALAVRA „‟HALLOWEEN‟‟
  3. 3. O Dia das Bruxas (Halloween é o nome original na língua inglesa) é um evento tradicional e cultural, que ocorre nos países anglo-saxónicos, com especial relevância nos Estados Unidos, Canadá, Irlanda e Reino Unido, tendo como base e origem as celebrações dos antigos povos, sendo que não existe ao certo referências precisas de onde surgiram essas celebrações. A HISTORIA DO HALLOWEEN
  4. 4. Era uma festa com vários nomes: Samhain (fim de verão), Samhein, La Samon, ou ainda, Festa do Sol. Mas o que ficou mesmo foi o escocês Hallowe'en. Uma das lendas de origem celta fala que os espíritos de todos que morreram ao longo daquele ano voltariam à procura de corpos vivos para possuir e usar pelo próximo ano. Os celtas acreditavam ser a única chance de vida após a morte. Os celtas acreditaram em todas as leis de espaço e tempo, o que permitia que o mundo dos espíritos se misturassem com o dos vivos.
  5. 5. O Halloween marca o fim oficial do verão e o início do ano- novo. Celebra também o final da terceira e última colheita do ano, o início do armazenamento de provisões para o inverno, o início do período de retorno dos rebanhos do pasto e a renovação de suas leis.
  6. 6. A brincadeira de "doces ou travessuras" é originária de um costume europeu do século IX, chamado de "souling" (almejar). No dia 2 de novembro, Dia de Todas as Almas (ou Finados aqui no Brasil), os cristãos iam de vila em vila pedindo "soul cakes" (bolos de alma), que eram feitos de pequenos quadrados de pão com groselha. Para cada bolo que ganhasse, a pessoa deveria fazer uma oração por um parente morto do doador. Acreditava-se que as almas permaneciam no limbo por um certo tempo após sua morte e que as orações ajudavam-na a ir para o céu. “DOCES OU TRAVESSURA”
  7. 7. Estados Unidos Espanha Irlanda México Tailândia O HALLOWEEN PELO MUNDO
  8. 8. Desde 1800, quando os imigrantes irlandeses e escoceses levaram suas festividades de Halloween para a América do Norte, a festa tem se desenvolvido consideravelmente. A conexão da festa com o Dia de Todos os Santos e o Dia de Finados ficou praticamente deixada de lado, e muitas novas tradições seculares se desenvolveram. Para as crianças, fantasiar-se e sair pelas casas fazendo a brincadeira do "travessuras ou gostosuras" ainda é o maior evento. A maioria das famílias nos Estados Unidos e no Canadá participam, mesmo porque não querem correr o risco de pequenos vandalismos. Muitos adultos se fantasiam e participam com seus filhos de festas a fantasia e concursos. O HALLOWEEN NOS ESTADOS UNIDOS
  9. 9. Como no Brasil, comemora-se o Dia de Todos os Santos em 1º de novembro e Finados no dia seguinte. As pessoas usam as datas para relembrar os mortos, decorando túmulos e lápides de pessoas que já faleceram. O HALLOWEEN EM ESPANHA
  10. 10. A Irlanda é considerada como o país de origem do Halloween. Nas áreas rurais, as pessoas acedem fogueiras, como os celtas faziam nas origens da festa e as crianças passeiam pelas ruas dizendo o famoso “tricks or treats” (doces ou travessuras). O HALLOWEEN NA IRLANDA
  11. 11. No dia 1º comemora-se o Dia dos Anjinhos, ou Dia dos Santos Inocentes, quando as crianças mortas antes do batismo são relembradas. O Dia dos Mortos (El Dia de los Muertos), 2 de novembro, é bastante comemorado no México. As pessoas oferecem aos mortos aquilo que eles mais gostavam: pratos, bebidas, flores. Na véspera de Finados, família e amigos enfeitam os túmulos dos cemitérios e as pessoas comem, bebem e conversam, esperando a chegada dos mortos na madrugada. Uma tradição bem popular são as caveiras doces, feitas com chocolate, marzipã e açúcar. O HALLOWEEN NO MÉXICO
  12. 12. Nesse país, existe o festival Phi Ta Khon, comemorado com música e desfiles de máscaras acompanhados pela imagem de Buda. Segundo a lenda, fantasmas e espíritos andam entre os homens, sendo que a festividade acontece no primeiro dia das festas budistas. O HALLOWEEN NA TAILÂNDIA
  13. 13. A abóbora: Simboliza a fertilidade e a sabedoria. A vela: Indica os caminhos para os espíritos do outro plano astral. O caldeirão: Fazia parte da cultura, como mandaria a tradição. Dentro dele, os convidados devem atirar moedas e mensagens escritas com pedidos dirigidos aos espíritos. A vassoura: Simboliza o poder feminino que pode efectuar a limpeza da energia negativa. Equivocadamente, pensa-se que ela servia para transporte das bruxas. O Gato preto: Símbolo da capacidade de meditação e recolhimento espiritual, autoconfiança, independência e liberdade. Plena harmonia com o Universo. Símbolos típicos do Halloween
  14. 14. As moedas: Devem ser recolhidas no final da festa para serem doadas aos necessitados. Os bilhetes: Com os pedidos, devem ser incinerados para que aquilo que é solicitado através da mensagem escrita seja mais rapidamente atendido, pois se elevará através da fumaça. A aranha: Simboliza o destino e os fios que tecem suas teias, o meio, o caminho e suporte para seguir em frente. Os morcegos: Simbolizam a clarividência, pois eles conseguem ver além das formas e das aparências, sem a necessidade da visão ocular. Conseguem captar as formas e as distâncias através de sua própria energia, emitindo sinais ultra-sónicos. O sapo: Está ligado à simbologia do poder da sabedoria feminina, símbolo lunar e atributo dos mortos e de magia feminina.
  15. 15. Laranja - Cor da vitalidade e da energia que gera força. Os druidas acreditavam que nesta noite, passagem para o Ano Novo, espíritos de outros planos se aproximavam dos vivos para vampirizar a energia. vital encontrada na cor laranja. Preto - Cor sacerdotal das vestes de muitos magos, bruxas, feiticeiras e sacerdotes em geral. - Cor do mestre. Roxo - Cor da magia ritualística.

×