2ª guerra mundial

7.028 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.028
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
256
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

2ª guerra mundial

  1. 1. 2ª Guerra Mundial
  2. 2. <ul><li>A 2ª Guerra Mundial (1939-1945) resulta do choque entre os interesses das nações que dividiam o mercado internacional desde o fim da 1ª Guerra Mundial (1914-1918) e as pretensões do Estado alemão de conquistar o mundo. </li></ul><ul><li>Alianças militares: Eixo (Alemanha, Itália e Japão) e Aliados (EUA, Inglaterra, França e URSS). </li></ul>Introdução
  3. 3. Blitzkrieg <ul><li>Foi uma estratégia militar usada pelo exército alemão que usava a infantaria, blindados e aviação. </li></ul><ul><li>Os três elementos essenciais eram a o efeito surpresa , a rapidez da manobra e a brutalidade do ataque, e seus objetivos principais eram: a desmoralização do inimigo e a desorganização de suas forças (paralisando seus centros de controle). </li></ul>
  4. 4. Poder Militar Nazista <ul><li>Wehrmacht (termo alemão que significa &quot;Força de Defesa&quot;, e que pode ser entendido como meios/poder de resistência) foi o nome do conjunto das forças armadas da Alemanha durante o Terceiro Reich entre 1935 e 1945 e englobava o Exército ( Heer ), Marinha de Guerra ( Kriegsmarine ), Força Aérea ( Luftwaffe ) e tropas das Waffen-SS (que apesar de não serem da Wehrmacht , eram frequentemente dispostas junto às suas tropas). </li></ul><ul><li>Substituiu a anterior Reichswehr , criada em 1921 após a derrota alemã na I Guerra Mundial. </li></ul><ul><li>Durante os dez anos de sua existência, cerca de 18 milhões de combatentes serviram na Wehrmacht . Aproximadamente 5,3 milhões morreram durante a II Guerra Mundial. </li></ul>
  5. 5. Anexações Territoriais Nazistas <ul><li>O plano de expansão do governo alemão envolvia uma série de etapas. Em 1938, com o apoio da maioria da população austríaca, o governo nazista anexou a Áustria. Em seguida, reivindicou a integração das minorias germânicas que habitavam os Sudetos (região montanhosa da Tchecoslováquia). Como esta não estava disposta a ceder, a guerra parecia iminente. Foi então convocada uma conferência internacional em Munique. Na conferência de Munique, em setembro de 1938, ingleses e franceses, seguindo a política de apaziguamento, cederam à vontade de Hitler, concordando com a anexação dos Sudetos. </li></ul><ul><li>A conferência de Munique prejudicou a Tchecoslováquia, criando mais tensões.            </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Apesar da promessa de não fazer novas exigências caso recebesse a região dos Sudetos , Hitler ocupou o restante da Tchecoslováquia em 1939 e, em seguida, voltou-se contra a Polônia. Passou a exigir então, a anexação à Alemanha do território de Dantzig e da faixa territorial que dava à Polônia saída para o mar, tal como fora fixado no Tratado de Versalhes. </li></ul><ul><li>Em 20 de agosto de 1939, o governo alemão e o governo soviético assinaram um pacto de não-agressão recíproca. Esse pacto previa a anexação de territórios poloneses pela Alemanha e pela União Soviética e garantiu a Hitler a possibilidade de invadir a Polônia sem ameaça de intervenção soviética. </li></ul><ul><li>Em 1º de setembro de 1939, a Alemanha invadiu a Polônia e a dominou após três semanas.     </li></ul>
  7. 7. Conquistas Alemãs <ul><li>Em 1º de setembro 1939, conquistaram a Polônia em 1 mês. </li></ul><ul><li>Em abril de 1940, os alemães voltaram a aplicar a blitzkrieg , invadindo os países bálticos, a Dinamarca e a Noruega. </li></ul><ul><li>Logo depois, Hitler invadiu a França pelos Países Baixos (Holanda, Bélgica). </li></ul><ul><li>Em 1941, a expansão alemã continuava: as nações capitulavam e a guerra avançava, objetivando os Bálcãs. Para socorrer Mussolini, que invadira a Grécia, Hitler expulsou os ingleses da nação grega e de Creta. Bulgária, Iugoslávia, e todo o norte da África caíram sob domínio do Eixo. </li></ul>
  8. 8. Mapa da Europa (1941-1942) <ul><li>Em azul, países do Eixo e zonas ocupadas por eles. </li></ul><ul><li>Em vermelho , países aliados. </li></ul><ul><li>Em branco, países neutros. </li></ul>
  9. 9. Dia D <ul><li>O Dia D, 6 de junho de 1944, foi a data em que ocorreu o desembarque das tropas aliadas na Normandia (noroeste da França). Este dia é considerado por muitos historiadores como o mais importante da Segunda Guerra Mundial. Foi decisivo na vitória dos aliados contra o Eixo (Alemanha, Itália e Japão). O nome oficial deste plano militar era Operação Overlord. </li></ul><ul><li>A região era dominada pelos alemães na chamada Muralha do Atlântico. Os aliados, desembarcaram com mais de 300 mil homens e milhares de armamentos. Os aliados usaram senhas e informações falsas sobre o desembarque, estratégia importante para confundir as tropas alemãs. </li></ul>
  10. 10. <ul><li>Após duras batalhas, a operação Overlord funcionou e os aliados venceram. Esta vitória foi crucial para o avanço dos aliados rumo a vitória sobre a Alemanha em 1945. </li></ul><ul><li>Os soldados das tropas aliadas, que participaram da invasão da Normândia durante no Dia D eram dos seguintes países: Estados Unidos, Reino Unido, Canadá, França (parte livre), Polônia, Austrália, Bélgica, Nova Zelândia, Holanda e Noruega.  </li></ul>
  11. 11. Desembarque de tropas aliadas na Normandia no Dia D
  12. 12. Papel dos EUA <ul><li>Após o ataque de Pearl Harbor, os EUA entraram na guerra. </li></ul><ul><li>Os EUA agiram militarmente em 2 lugares no mundo: no oceano Pacífico (ilhas e países conquistados por japoneses) e na Europa (invadiu pela Normandia, Dia D, e na ilha da Sicília, Itália). </li></ul><ul><li>Bomba Atômica lançada sobre Hiroshima, em 9 de agosto de 1945, pelos americanos. </li></ul>
  13. 13. Papel da URSS <ul><li>Em 22 de junho de 1941, o exército alemão lançaram-se à conquista do território soviético, com a chamada Operação Barbarossa. </li></ul><ul><li>Após a essa ofensiva do Eixo, os soviéticos deslocaram suas divisões para a frente ocidental. </li></ul><ul><li>Só em Stalingrado os soviéticos conseguiram deter os avanços alemães. </li></ul><ul><li>A partir de Dezembro de 1941, em pleno inverno, iniciaram uma grande contra-ofensiva no exército alemão que o fez retroceder até Berlim. </li></ul>
  14. 14. As conquistas dos Aliados <ul><li>No oceano Atlântico, as tropas aliadas conseguiram empreender seus primeiros avanços mediante a vitória contra os sofisticados submarinos alemães. Na região norte da África, um poderoso destacamento alemão chamado Afrika Korps conseguiu pressionar as tropas britânicas rumo à região nordeste da África. Foi quando, no final de 1942, a ação britânica liderada pelo General Montgomery impôs uma forte derrota aos alemães na batalha de tanques de Al Alamein. </li></ul><ul><li>Em 1943, a colisão militar aliada se mobilizou em direção à Península Itálica. Naquele ano, um conjunto de forças militares norte-americanas desembarcou na Itália. Empreendendo uma forte ofensiva na região sul da Itália, os comandantes da cúpula fascista preferiram </li></ul>
  15. 15. <ul><li>tirar Mussolini do poder e entregá-lo ao general Badoglio, responsável pela rendição italiana. </li></ul><ul><li>Já em 1943, os aliados realizaram a Conferência de Teerã. Nesse encontro, o presidente russo Joseph Stálin, o presidente norte-americano Roosevelt e o primeiro-ministro britânico Winston Churchill traçaram um plano para dar fim ao poderio alemão. De acordo com os pontos estabelecidos, os Aliados planejaram o processo de ocupação da Europa Ocidental. No dia 6 de junho de 1944, conhecido como Dia “D”, o comandante Dwight D. Eisenhower capitaneou o desembarque de 36 divisões, 6.400 navios e milhares de aviões na região francesa da Normandia. </li></ul>
  16. 16. Derrota da Alemanha <ul><li>A derrota alemã começou com o Dia D, quando os Aliados invadiram a Normandia com milhares de tropas. E também, com a contra-ofensiva do Exército Vermelho da URSS em Stalingrado. </li></ul><ul><li>Os Soviéticos foram os primeiros a invadir Berlim. </li></ul><ul><li>Uma semana depois da invasão de Berlim, o exercito nazista se rendeu. </li></ul><ul><li>As ruínas do Reichstag (o parlamento nazista), em Berlim, em 1945. </li></ul>
  17. 17. Campos de concentração <ul><li>Entre 1933 e 1945 a Alemanha nazista construiu cerca de 20.000 campos para aprisionar sua milhões de vítimas. Os campos eram utilizados para várias finalidades: campos de trabalho forçado, campos de transição (que serviam como estações de passagem), e como campos de extermínio construídos principalmente, ou exclusivamente, para assassinatos em massa. </li></ul><ul><li>Os prisioneiros dos campos de concentração era judeus, comunistas, social-democratas, ciganos, homossexuais e pessoas acusadas de exibir um comportamento &quot;anti-social“. </li></ul><ul><li>Auschwitz-Birkenau é o principal grupo de campos de concentração da 2ª Guerra. </li></ul>
  18. 18. <ul><li>Entrada do campo de concentração Auschwitz-Birkenau. </li></ul><ul><li>Corpos de judeus empilhados em um campo de concentração. </li></ul>
  19. 19. Grupo: <ul><li>Flávio Siqueira </li></ul><ul><li>Bruno Chalito </li></ul><ul><li>Michael Perfeito </li></ul><ul><li>Renzo Tabachi </li></ul><ul><li>Yan Henrique </li></ul><ul><li>Arthur Soares </li></ul><ul><li>3M4 – Grupo 2 – 2ª Guerra Mundial </li></ul>

×