SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 30
A Segunda Guerra Mundial
“Cinqüenta anos após o fim da Segunda Guerra
Mundial as sociedades ainda estão sob o choque de
um conflito que as feriu profundamente. Sem dúvida, o
ressentimento das nações se explica pela violência
dos combates, pela vastidão dos dramas humanos,
pela multiplicidade dos crimes cometidos”.
Marc Ferro. História da Segunda Guerra Mundial. São Paulo, Ática, 1995.p.31.
 A brutalidade da guerra provocou a morte de milhões de
pessoas, entre militares e civis. Alguns historiadores
calculam que o conflito produziu cerca de 60 milhões de
mortos, 35 milhões de feridos, 20 milhões de órfãos e 190
milhões de refugiados.
 O que levou à Segunda Guerra Mundial?
Causas
 Primeira Guerra Mundial
( 1914 – 1918) -
Tratado de Versalhes;
 Crise de 29 : Crise do
liberalismo
 Ascensão do
Socialismo;
 Estados Totalitários
 Esquerda / Direita
 Economia da Alemanha - grave
crise,
 Adolf Hitler:
 despertar o sentimento
alemães;
 Apelou para o orgulho nacional;
 Alcançou o poder;
 Fortaleceu o Estado nazista.
 Principais objetivos:
 Desafiar as imposições do Tratado de
Versalhes;
 Romper o domínio internacional dos
países que venceram a Primeira
Guerra.
 A Liga das Nações - incapaz de manter a paz mundial.
 Em termos políticos, era controlada pela Inglaterra e pela
França que se aproveitavam das condições favoráveis para
fortalecer seus impérios coloniais.
 Política de Apaziguamento
 Estados Unidos e a União Soviética não participavam da Liga
das Nações:
 O EUA mantinha uma Política isolacionista;
 Atenções na América Latina e na Ásia.
 A União Soviética foi excluída da Liga das Nações.
 O socialismo soviético era uma espécie de epidemia social que
poderia contaminar os trabalhadores de todo o mundo, destruindo a
“saúde” das classes dominantes. Por isso, a União Soviética foi
isolada pelo chamado cordão sanitário internacional.
POLITÍCA INTERNACIONAL DAS
DITADURAS
 Alemanha, da Itália e do Japão :
 Alto grau de disciplina social;
 Dirigindo seus esforços para a recuperação econômica;
 Desenvolvimento militar.
 Política externa de expansão territorial, militar e econômica.
 Inglaterra e da França:
 Política de apaziguamento, pois se beneficiavam da ordem
internacional em vigor e queriam evitar um novo conflito mundial.
JAPÃO:
Em setembro de 1931-
invasão do reino da
Manchúria.
Guerra contra a China (1935).
Liga das Nações - condena
formalmente o expansionismo
japonês, mas não conseguiu
evitar os conflitos.
ITÁLIA:
Outubro de 1935 - invasão da
Etiópia (Abissínia), no leste da
África.
Maio de 1936, tomaram Adis-
Abeba, a capital da Etiópia, e
Mussolini proclamou o rei
italiano Vítor Emanuel III
imperador da Etiópia.
A Liga das Nações impôs
sanções econômicas à Itália,
bloqueando seu comércio.
jornal La Domenica del Corriere
As empresas petrolíferas dos Estados
Unidos continuaram a vendendo seu
produto ao mercado italiano;
Os alemães lhe forneciam carvão.
Mussolini anexou a Albânia ao
território italiano em abril de 1939.
ALEMANHA: A EXPANSÃO PELA RENÂNIA,
ÀUSTRIA, TCHECOSLOVÁQUIA E POLÔNIA.
 Espaço vital:
 Março de 1936: ocupação da Renânia;
 Reação francesa:
 Elaboraram um estratégia de defesa
prevendo uma guerra de trincheiras;
 Ordenaram a construção de uma longa
fortificação percorrendo a fronteira entre a
França e a Alemanha, conhecida como Linha
Maginot.
Infantaria alemã na Polônia
 Março de 1938, Hitler anexou a
Áustria à Alemanha.
 Pan-germanismo: A Anschluss
foi confirmada por um plebiscito
realizado na Áustria em abril de
1938.
 Reivindicação da anexação da
região dos Sudetos, na
Tchecoslováquia, habitada por 3
milhões de alemães.
Soldados alemãs nas trincheiras
 Conferência de Munique: Hitler e Mussolini, os
primeiros – ministros Neville Chamberlain
(Inglaterra) e Èdouard Daladier (França).
 Os representantes do governo da Tchecoslováquia
foram impedidos de participar da conferência.
 Franceses e ingleses decidiram ceder mais uma vez
às ambições nazistas e concordaram com a
anexação dos Sudetos pela Alemanha.
 Exércitos alemães não só ocuparam a região dos
Sudetos, mas também acabaram invadindo toda a
Tchecoslováquia, em março de 1939.
 França e da Inglaterra não se manifestaram
energicamente contra essas ofensivas nazistas.
 Acreditavam que o grande inimigo do mundo
capitalista era o socialismo da União Soviética.
 Enquanto isso, Hitler Traçava Planos para novas
invasões.
 27/08/1939 - Ribbentrop-Molotov (pacto secreto de não-agressão)
 Stalin e Hitler: ocupar a Polônia e dividi–la entre as duas potências.
 1/ 09/1939, Invasão da Polônia;
 Inglaterra e da França declararam Guerra à Alemanha;
 Início da Segunda Guerra Mundial.
A GUERRA
O palco das operações militares
A Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945) envolveu povos de 58
países das várias regiões do mundo, embora os principais
choques armados tenham sido travados na Europa, no norte da
África e no extremo Oriente.
A Alemanha invade a Polônia Soldados alemães retiram barreira na fronteira da Polônia,
no primeiro dia da Blitzkrieg
A ofensiva alemã
Panzers 1 geração
 Ofensiva das forças nazistas.
 BlitzKrieg:
 rápido avanço dos tanques blindados (Panzers),
 apoiado pela aviação (Lutfwaffe);
 em seguida vinham as tropas de ocupação, consolidando a vitória dos alemães.
Equipe do AZ em 1938. Repare os símbolos nazistas nas
camisas
 Conquista alemãs:
 Dinamarca (9 de abril de 1940) Ataque
combinando forças navais, aéreas e terrestres,
ao qual os dinamarqueses não conseguiram
resistir.
 Holanda (15 de maio de 1940) – a família real
fugia para Londres, formando um governo no
exílio para coordenar a resistência contras os
nazistas.
 Bélgica (28 de maio de 1940) – os exércitos
ingleses e franceses que combatiam no norte do
território belga foram obrigados a se retirar pelo
porto de Dunquerque. Com a rápida chegada dos
exércitos alemães, quase todo o equipamento
militar inglês e francês foi tomado pelos nazistas.
Na retirada, milhares de franceses foram
aprisionados pelos alemães.
 Noruega (10 de junho de 1940) – apesar da
heróica resistência, as tropas norueguesas foram
vencidas pela superioridade dos armamentos dos
alemães. O rei da Noruega fugiu para Londres, e
os nazistas entregaram o poder a Vidkun
Quisling, chefe do Partido Fascista norueguês.
Jornal francês noticiando a invasão simultânea da
Holanda e da Bélgica, deixando o flanco norte das forças
aliadas desprotegido.
França (14 de junho de 1940) –
contornando as defesas francesas
posicionadas na linha Maginot, os
alemães invadiram a França e
ocuparam Paris.
Parte do território francês ficou
diretamente sob o controle nazista,
enquanto na outra parte formou-se
um governo que se colocou com os
alemães, comandado pelo marechal
Pétain e sediado na cidade de
Vichy.
Em oposição ao governo
colaboracionista do marechal
Pétain, organizou – se o grupo
Franceses Livres, liderado pelo
general Charles de Gaulle, que
representava as forças da
resistência francesa ao nazismo.
Por meio da Rádio BBC de Londres,
De Gaulle conclamava os franceses
a lutar contra a ocupação nazista.
 Batalha da Inglaterra (1940 – 1941),
a aviação inglesa, Royal Air Force
(RAF), conseguiu rechaçar os
ataques da Luftwaffe.
 Norte da África - tropas alemãs e
italianas, comandadas pelo general
Rommel, obtiveram significativas
vitórias sobre os ingleses,
ameaçando a dominação britânica
no Egito.
A RESISTÊNCIA EUROPÉIA
 Manifestações pacíficas e
espontâneas da população (como ao
dinamarqueses, que se retiravam
dos bares assim que entrava um
militar alemão)
 Formação de milícias armadas para
lutar diretamente contra os nazistas.
A ENTRADA DA URSS E DOS EUA
 1941 - fato significativo mudou profundamente os rumos da guerra:
 Rompendo acordos anteriores, Hitler decidiu invadir a União Soviética (22 de
junho), o que motivou a reação russa.
 No caso dos Estado Unidos, a decisão de entrar na guerra resultou,
principalmente, do ataque dos japoneses à base militar norte americana de Pearl
Harbor, no Havaí, em 7 de dezembro de 1941.
A EXPASÃO DA GUERRA (1942 – 1945)
 Com a participação das forças militares da União Soviética e
dos Estados Unidos, a guerra ganhou proporções mundiais.
Formaram –se, então, dois grandes blocos em conflitos :
potências do Eixo (Alemanha, Itália e Japão) e potências
aliadas (Inglaterra, Estados unidos e União Soviética).
FRENTE ORIENTAL
 No período de 1941 a 1942, os exércitos alemães, apoiados por
húngaros, finlandeses e italianos, avançaram de modo fulminante pelo
território da União Soviética, aniquilando cerca de um terço de seu
exército. A agressão nazista foi aproveitada pelo governo de Stalin para
fortalece a vontade de resistência da população soviética contra os
invasores.
 As mais terríveis batalhas na segunda Guerra foram travadas na
frente oriental, entre a Alemanha e a União Soviética. Foi na luta contra
os soviéticos que Hitler concentrou a maior parte do exército alemão
(cerca de 65%), seu melhores equipamentos militares e as tropas de
elite nazistas.
 Na luta contra os nazistas morreram mais de 20 milhões de
soviéticos dos quais quase metade eram civis.
 Setembro de 1942, tropas blindadas do
exército alemão entraram em Stalingrado,
onde foi travada uma das mais sangrentas
das batalhas da Segunda Guerra.
 Novembro de 1942, contra – ofensiva do
exército soviético resultou na rendição das
tropas alemãs, em fevereiro de 1943.
 Pela primeira vez na guerra, um general alemão
(Friedrich Paulus) e seu exército foram
obrigados a se render. A batalha de Stalingrado
colocava fim ao mito da invencibilidade alemã.
 Depois dos episódios de Staligrado, os
soviéticos tomaram a iniciativa dos ataques e
foram conquistando, um por um, os territórios
dos paises antes controlados pelos nazistas:
Finlândia, Bulgária, Hungria, Romênia,
Polônia e Tchecoslováquia. Mantendo esse
avanço, os soviéticos foram os primeiros, no
final da guerra, a entrar vitoriosamente em
Berlim.
BOMBARDEIOS SOBRE A
ALEMANHA  Os nortes-americanos: enorme
poder de guerra = Milhares de
navios, tanques, aviões e
toneladas de equipamentos
bélicos
 Em 1942 - bombardeios
aéreos ingleses e norte-
americanos sobre as grandes
cidades alemãs.
LUTAS NA ÀFRICA E NA ITÁLIA
 No norte da África, o general inglês
Montgomery iniciou, em outubro de
1942, a contra – ofensiva às tropas
do general alemão Rommel (Afrika
Korps). Em 13 de maio de 1943, 252
mil soldados alemães e italianos
foram aprisionados.
 Desembarcando na Sicília em junho
de 1943, as tropas aliadas lideradas
por norte – americanos e ingleses,
iniciaram a invasão da Itália.
Mussolini foi preso e afastado do
poder pelo novo governo, chefiado
pelo general Pietro Badoglio, que
assumiu um acordo de paz com
aliados.
 Libertação de Mussolini - Os
nazistas investiram sobre a Itália,
ocupando Roma e liderando o
Duce, que fundou a Republica
Social italiana. Logo depois,
Mussolini voltou a ser preso pelas
tropas italianas da resistência anti-
nazista, sendo imediatamente
executado.
 Os aliados retornaram a
ofensiva em território italiano.
Reconquistando Roma e
avançaram até o norte do país,
onde as tropas alemãs ainda
ofereciam resistência. A Força
Expedicionária Brasileira (FEB),
com um efeito de mais de 25 mil
homens, participou da luta contra
o nazi-fascismo durante essa
campanha na Itália.
O FIM DA GUERRA
 Uma nova frente de combate aos alemães foi
cuidadosamente planejada pelos aliados.
 No dia 6 de junho de 1944, as tropas aliadas
desembarcaram na Normandia (França) e
iniciaram intenso ataque contra as tropas de
alemãs. Esse dia ficou conhecido com “Dia D”
(Dia da Decisão), que na terminologia militar,
passou a significar a data escolhida para a
realização de uma operação importante.
 Mesmo diante da esmagadora pressão dos
adversários, tanto na frente oriental
(soviéticos) como na frente ocidental (ingleses
e norte – americanos), o comando nazista,
situado em Berlim, decidiu lutar até a morte.
Para isso, promoveu uma mobilização maciça
da população alemã, incluindo crianças,
mulheres e idosos. Tribunais militares nazistas
obrigaram a população a lutar.
 Em 25 de abril de 1945, a cidade de Berlim
estava totalmente cercada. Em 30 de abril,
Hitler, sua mulher Eva Braun e Goebbels
(ministro da propaganda) cometeram
suicídio.
 No dia 8 de maio de 1945 e 1946,
instalou – se na cidade alemã de
Nuremberg um tribunal militar
internacional, que condenou os
principais líderes nazistas por crime
contra a humanidade.
O Fim. Bruno Mota

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

SEGUNDA GUERRA MUNDIAL
SEGUNDA GUERRA MUNDIALSEGUNDA GUERRA MUNDIAL
SEGUNDA GUERRA MUNDIALIsabel Aguiar
 
Descolonizaçao da África e da Ásia
Descolonizaçao da  África e da ÁsiaDescolonizaçao da  África e da Ásia
Descolonizaçao da África e da ÁsiaRodrigo Luiz
 
PPT - A 2ª. Guerra de uma forma diferente
PPT - A 2ª. Guerra de uma forma diferentePPT - A 2ª. Guerra de uma forma diferente
PPT - A 2ª. Guerra de uma forma diferentejosafaslima
 
Revolução Russa
Revolução Russa Revolução Russa
Revolução Russa Rose Vital
 
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da ÁsiaImperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da ÁsiaPortal do Vestibulando
 
Período Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda GuerraPeríodo Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda GuerraDouglas Barraqui
 
Unificação italia e alemanha
Unificação italia e alemanhaUnificação italia e alemanha
Unificação italia e alemanhaIsabel Aguiar
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundialFatima Freitas
 
História e Cultura Africana - Aula 3 - A descolonização africana
História e Cultura Africana - Aula 3 - A descolonização africanaHistória e Cultura Africana - Aula 3 - A descolonização africana
História e Cultura Africana - Aula 3 - A descolonização africanaMario Filho
 

Mais procurados (20)

3° ano - Guerra Fria
3° ano - Guerra Fria3° ano - Guerra Fria
3° ano - Guerra Fria
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
 
Ascensão do fascismo e nazismo
Ascensão do fascismo e nazismoAscensão do fascismo e nazismo
Ascensão do fascismo e nazismo
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 
SEGUNDA GUERRA MUNDIAL
SEGUNDA GUERRA MUNDIALSEGUNDA GUERRA MUNDIAL
SEGUNDA GUERRA MUNDIAL
 
Descolonizaçao da África e da Ásia
Descolonizaçao da  África e da ÁsiaDescolonizaçao da  África e da Ásia
Descolonizaçao da África e da Ásia
 
II Guerra Mundial
II Guerra MundialII Guerra Mundial
II Guerra Mundial
 
PPT - A 2ª. Guerra de uma forma diferente
PPT - A 2ª. Guerra de uma forma diferentePPT - A 2ª. Guerra de uma forma diferente
PPT - A 2ª. Guerra de uma forma diferente
 
Era Napoleônica
Era NapoleônicaEra Napoleônica
Era Napoleônica
 
Revolução Russa
Revolução Russa Revolução Russa
Revolução Russa
 
Descolonizacao da Africa e Asia
Descolonizacao da Africa e AsiaDescolonizacao da Africa e Asia
Descolonizacao da Africa e Asia
 
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da ÁsiaImperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
 
Período Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda GuerraPeríodo Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda Guerra
 
Segundo Reinado
Segundo ReinadoSegundo Reinado
Segundo Reinado
 
Unificação italia e alemanha
Unificação italia e alemanhaUnificação italia e alemanha
Unificação italia e alemanha
 
Era vargas
Era vargasEra vargas
Era vargas
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
 
História e Cultura Africana - Aula 3 - A descolonização africana
História e Cultura Africana - Aula 3 - A descolonização africanaHistória e Cultura Africana - Aula 3 - A descolonização africana
História e Cultura Africana - Aula 3 - A descolonização africana
 

Destaque

Nazismo Na Europa G Simao 9e
Nazismo Na Europa G Simao 9eNazismo Na Europa G Simao 9e
Nazismo Na Europa G Simao 9eguestde15028
 
Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.
Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.
Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.Altair Moisés Aguilar
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundialecsette
 
Holocausto e resistência
Holocausto e resistênciaHolocausto e resistência
Holocausto e resistênciaMaria Gomes
 
As Tentativas Da Frente Popular
As Tentativas Da Frente PopularAs Tentativas Da Frente Popular
As Tentativas Da Frente PopularCPH
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialElton Zanoni
 
2ª Guerra Mundial e Holocausto
2ª Guerra Mundial e Holocausto2ª Guerra Mundial e Holocausto
2ª Guerra Mundial e HolocaustoRuben Fonseca
 
Expansão dos Estados Totalitários Fascistas
Expansão dos Estados Totalitários FascistasExpansão dos Estados Totalitários Fascistas
Expansão dos Estados Totalitários FascistasValéria Shoujofan
 
Princípios do nazismo
Princípios do nazismoPrincípios do nazismo
Princípios do nazismoSusana Simões
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitáriosLucas Farias
 
New deal slideshare
New deal slideshareNew deal slideshare
New deal slideshareSunshinefl
 
New Deal
New DealNew Deal
New DealSina_13
 

Destaque (20)

Nazismo Na Europa G Simao 9e
Nazismo Na Europa G Simao 9eNazismo Na Europa G Simao 9e
Nazismo Na Europa G Simao 9e
 
Fascismo e Nazismo
Fascismo e NazismoFascismo e Nazismo
Fascismo e Nazismo
 
Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.
Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.
Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.
 
2ª guerra mundial
2ª guerra mundial2ª guerra mundial
2ª guerra mundial
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 
Holocausto e resistência
Holocausto e resistênciaHolocausto e resistência
Holocausto e resistência
 
Matriz 3ºteste 9º ano 15 16
Matriz 3ºteste 9º ano 15 16Matriz 3ºteste 9º ano 15 16
Matriz 3ºteste 9º ano 15 16
 
O FASCISMO ITALIANO - O NAZISMO
O FASCISMO ITALIANO - O NAZISMOO FASCISMO ITALIANO - O NAZISMO
O FASCISMO ITALIANO - O NAZISMO
 
Ascensão do Nazismo
Ascensão do NazismoAscensão do Nazismo
Ascensão do Nazismo
 
As Tentativas Da Frente Popular
As Tentativas Da Frente PopularAs Tentativas Da Frente Popular
As Tentativas Da Frente Popular
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 
Apresentação O New Deal
Apresentação O New DealApresentação O New Deal
Apresentação O New Deal
 
2ª Guerra Mundial e Holocausto
2ª Guerra Mundial e Holocausto2ª Guerra Mundial e Holocausto
2ª Guerra Mundial e Holocausto
 
Expansão dos Estados Totalitários Fascistas
Expansão dos Estados Totalitários FascistasExpansão dos Estados Totalitários Fascistas
Expansão dos Estados Totalitários Fascistas
 
Frentes populares
Frentes popularesFrentes populares
Frentes populares
 
A guerra civil espanhola
A guerra civil espanholaA guerra civil espanhola
A guerra civil espanhola
 
Princípios do nazismo
Princípios do nazismoPrincípios do nazismo
Princípios do nazismo
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
 
New deal slideshare
New deal slideshareNew deal slideshare
New deal slideshare
 
New Deal
New DealNew Deal
New Deal
 

Semelhante a A Segunda Guerra Mundial: causas e principais eventos (1939-1945

2ª guerra mundial
2ª guerra mundial2ª guerra mundial
2ª guerra mundialflaviosa_
 
2 GUERRA MUNDIAL E A PARTICIPAÇÃO DO BRASIL.pptx
2 GUERRA MUNDIAL E A PARTICIPAÇÃO DO BRASIL.pptx2 GUERRA MUNDIAL E A PARTICIPAÇÃO DO BRASIL.pptx
2 GUERRA MUNDIAL E A PARTICIPAÇÃO DO BRASIL.pptxIzumiLouco
 
Segunda guerra mundial
Segunda guerra mundialSegunda guerra mundial
Segunda guerra mundialguestd2595e
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialLutero Ramos
 
Aula 21 2ª guerra mundial
Aula 21   2ª guerra mundialAula 21   2ª guerra mundial
Aula 21 2ª guerra mundialJonatas Carlos
 
Segunda guerra mundial
Segunda guerra mundialSegunda guerra mundial
Segunda guerra mundialJOCAGAMER1
 
Da crise da democracia à Segunda Guerra Mundial.pptx
Da crise da democracia à Segunda Guerra Mundial.pptxDa crise da democracia à Segunda Guerra Mundial.pptx
Da crise da democracia à Segunda Guerra Mundial.pptxJosGuilhermeZago
 
A segunda guerra mundial
A segunda guerra mundialA segunda guerra mundial
A segunda guerra mundialJanayna Lira
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialAuxiliadora
 
Segunda guerra
Segunda guerra Segunda guerra
Segunda guerra aridu18
 
A segunda guerra mundial início
A segunda guerra mundial inícioA segunda guerra mundial início
A segunda guerra mundial iníciohistoriando
 
Segunda guerra mundial
Segunda guerra mundialSegunda guerra mundial
Segunda guerra mundialparamore146
 
Segunda Guerra Mundial (1939-1945)
Segunda Guerra Mundial (1939-1945)Segunda Guerra Mundial (1939-1945)
Segunda Guerra Mundial (1939-1945)ingeloreroiwas
 
Aula Pós 1a Guerra ao fim 2a guerra
Aula Pós 1a Guerra ao fim 2a guerraAula Pós 1a Guerra ao fim 2a guerra
Aula Pós 1a Guerra ao fim 2a guerraMarcio Bernardes
 
2 guerra mundial(daiane)
2 guerra mundial(daiane)2 guerra mundial(daiane)
2 guerra mundial(daiane)ronualdo
 
2 guerra mundial(daiane)
2 guerra mundial(daiane)2 guerra mundial(daiane)
2 guerra mundial(daiane)ronualdo
 
2 guerra mundial(daiane)
2 guerra mundial(daiane)2 guerra mundial(daiane)
2 guerra mundial(daiane)ronualdo
 

Semelhante a A Segunda Guerra Mundial: causas e principais eventos (1939-1945 (20)

2ª guerra mundial
2ª guerra mundial2ª guerra mundial
2ª guerra mundial
 
2 GUERRA MUNDIAL E A PARTICIPAÇÃO DO BRASIL.pptx
2 GUERRA MUNDIAL E A PARTICIPAÇÃO DO BRASIL.pptx2 GUERRA MUNDIAL E A PARTICIPAÇÃO DO BRASIL.pptx
2 GUERRA MUNDIAL E A PARTICIPAÇÃO DO BRASIL.pptx
 
Segunda guerra mundial
Segunda guerra mundialSegunda guerra mundial
Segunda guerra mundial
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 
Aula 21 2ª guerra mundial
Aula 21   2ª guerra mundialAula 21   2ª guerra mundial
Aula 21 2ª guerra mundial
 
Segunda guerra mundial
Segunda guerra mundialSegunda guerra mundial
Segunda guerra mundial
 
Da crise da democracia à Segunda Guerra Mundial.pptx
Da crise da democracia à Segunda Guerra Mundial.pptxDa crise da democracia à Segunda Guerra Mundial.pptx
Da crise da democracia à Segunda Guerra Mundial.pptx
 
A segunda guerra mundial
A segunda guerra mundialA segunda guerra mundial
A segunda guerra mundial
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 
Segunda guerra
Segunda guerra Segunda guerra
Segunda guerra
 
2 guerra
2 guerra2 guerra
2 guerra
 
SEGUNDA GUERRA MUNDIAL
SEGUNDA GUERRA MUNDIAL SEGUNDA GUERRA MUNDIAL
SEGUNDA GUERRA MUNDIAL
 
A segunda guerra mundial início
A segunda guerra mundial inícioA segunda guerra mundial início
A segunda guerra mundial início
 
Segunda guerra mundial
Segunda guerra mundialSegunda guerra mundial
Segunda guerra mundial
 
Segunda Guerra Mundial (1939-1945)
Segunda Guerra Mundial (1939-1945)Segunda Guerra Mundial (1939-1945)
Segunda Guerra Mundial (1939-1945)
 
Aula Pós 1a Guerra ao fim 2a guerra
Aula Pós 1a Guerra ao fim 2a guerraAula Pós 1a Guerra ao fim 2a guerra
Aula Pós 1a Guerra ao fim 2a guerra
 
2 guerra mundial
2 guerra mundial2 guerra mundial
2 guerra mundial
 
2 guerra mundial(daiane)
2 guerra mundial(daiane)2 guerra mundial(daiane)
2 guerra mundial(daiane)
 
2 guerra mundial(daiane)
2 guerra mundial(daiane)2 guerra mundial(daiane)
2 guerra mundial(daiane)
 
2 guerra mundial(daiane)
2 guerra mundial(daiane)2 guerra mundial(daiane)
2 guerra mundial(daiane)
 

Último

Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxThye Oliver
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfangelicass1
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 

Último (20)

Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 

A Segunda Guerra Mundial: causas e principais eventos (1939-1945

  • 2. “Cinqüenta anos após o fim da Segunda Guerra Mundial as sociedades ainda estão sob o choque de um conflito que as feriu profundamente. Sem dúvida, o ressentimento das nações se explica pela violência dos combates, pela vastidão dos dramas humanos, pela multiplicidade dos crimes cometidos”. Marc Ferro. História da Segunda Guerra Mundial. São Paulo, Ática, 1995.p.31.  A brutalidade da guerra provocou a morte de milhões de pessoas, entre militares e civis. Alguns historiadores calculam que o conflito produziu cerca de 60 milhões de mortos, 35 milhões de feridos, 20 milhões de órfãos e 190 milhões de refugiados.  O que levou à Segunda Guerra Mundial?
  • 3. Causas  Primeira Guerra Mundial ( 1914 – 1918) - Tratado de Versalhes;  Crise de 29 : Crise do liberalismo  Ascensão do Socialismo;  Estados Totalitários  Esquerda / Direita
  • 4.  Economia da Alemanha - grave crise,  Adolf Hitler:  despertar o sentimento alemães;  Apelou para o orgulho nacional;  Alcançou o poder;  Fortaleceu o Estado nazista.  Principais objetivos:  Desafiar as imposições do Tratado de Versalhes;  Romper o domínio internacional dos países que venceram a Primeira Guerra.
  • 5.  A Liga das Nações - incapaz de manter a paz mundial.  Em termos políticos, era controlada pela Inglaterra e pela França que se aproveitavam das condições favoráveis para fortalecer seus impérios coloniais.  Política de Apaziguamento  Estados Unidos e a União Soviética não participavam da Liga das Nações:  O EUA mantinha uma Política isolacionista;  Atenções na América Latina e na Ásia.  A União Soviética foi excluída da Liga das Nações.  O socialismo soviético era uma espécie de epidemia social que poderia contaminar os trabalhadores de todo o mundo, destruindo a “saúde” das classes dominantes. Por isso, a União Soviética foi isolada pelo chamado cordão sanitário internacional.
  • 6. POLITÍCA INTERNACIONAL DAS DITADURAS  Alemanha, da Itália e do Japão :  Alto grau de disciplina social;  Dirigindo seus esforços para a recuperação econômica;  Desenvolvimento militar.  Política externa de expansão territorial, militar e econômica.  Inglaterra e da França:  Política de apaziguamento, pois se beneficiavam da ordem internacional em vigor e queriam evitar um novo conflito mundial.
  • 7. JAPÃO: Em setembro de 1931- invasão do reino da Manchúria. Guerra contra a China (1935). Liga das Nações - condena formalmente o expansionismo japonês, mas não conseguiu evitar os conflitos.
  • 8. ITÁLIA: Outubro de 1935 - invasão da Etiópia (Abissínia), no leste da África. Maio de 1936, tomaram Adis- Abeba, a capital da Etiópia, e Mussolini proclamou o rei italiano Vítor Emanuel III imperador da Etiópia. A Liga das Nações impôs sanções econômicas à Itália, bloqueando seu comércio.
  • 9. jornal La Domenica del Corriere As empresas petrolíferas dos Estados Unidos continuaram a vendendo seu produto ao mercado italiano; Os alemães lhe forneciam carvão. Mussolini anexou a Albânia ao território italiano em abril de 1939.
  • 10. ALEMANHA: A EXPANSÃO PELA RENÂNIA, ÀUSTRIA, TCHECOSLOVÁQUIA E POLÔNIA.  Espaço vital:  Março de 1936: ocupação da Renânia;  Reação francesa:  Elaboraram um estratégia de defesa prevendo uma guerra de trincheiras;  Ordenaram a construção de uma longa fortificação percorrendo a fronteira entre a França e a Alemanha, conhecida como Linha Maginot. Infantaria alemã na Polônia
  • 11.  Março de 1938, Hitler anexou a Áustria à Alemanha.  Pan-germanismo: A Anschluss foi confirmada por um plebiscito realizado na Áustria em abril de 1938.  Reivindicação da anexação da região dos Sudetos, na Tchecoslováquia, habitada por 3 milhões de alemães. Soldados alemãs nas trincheiras
  • 12.  Conferência de Munique: Hitler e Mussolini, os primeiros – ministros Neville Chamberlain (Inglaterra) e Èdouard Daladier (França).  Os representantes do governo da Tchecoslováquia foram impedidos de participar da conferência.  Franceses e ingleses decidiram ceder mais uma vez às ambições nazistas e concordaram com a anexação dos Sudetos pela Alemanha.  Exércitos alemães não só ocuparam a região dos Sudetos, mas também acabaram invadindo toda a Tchecoslováquia, em março de 1939.  França e da Inglaterra não se manifestaram energicamente contra essas ofensivas nazistas.  Acreditavam que o grande inimigo do mundo capitalista era o socialismo da União Soviética.  Enquanto isso, Hitler Traçava Planos para novas invasões.
  • 13.  27/08/1939 - Ribbentrop-Molotov (pacto secreto de não-agressão)  Stalin e Hitler: ocupar a Polônia e dividi–la entre as duas potências.  1/ 09/1939, Invasão da Polônia;  Inglaterra e da França declararam Guerra à Alemanha;  Início da Segunda Guerra Mundial. A GUERRA O palco das operações militares A Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945) envolveu povos de 58 países das várias regiões do mundo, embora os principais choques armados tenham sido travados na Europa, no norte da África e no extremo Oriente. A Alemanha invade a Polônia Soldados alemães retiram barreira na fronteira da Polônia, no primeiro dia da Blitzkrieg
  • 15.  Ofensiva das forças nazistas.  BlitzKrieg:  rápido avanço dos tanques blindados (Panzers),  apoiado pela aviação (Lutfwaffe);  em seguida vinham as tropas de ocupação, consolidando a vitória dos alemães. Equipe do AZ em 1938. Repare os símbolos nazistas nas camisas
  • 16.  Conquista alemãs:  Dinamarca (9 de abril de 1940) Ataque combinando forças navais, aéreas e terrestres, ao qual os dinamarqueses não conseguiram resistir.  Holanda (15 de maio de 1940) – a família real fugia para Londres, formando um governo no exílio para coordenar a resistência contras os nazistas.  Bélgica (28 de maio de 1940) – os exércitos ingleses e franceses que combatiam no norte do território belga foram obrigados a se retirar pelo porto de Dunquerque. Com a rápida chegada dos exércitos alemães, quase todo o equipamento militar inglês e francês foi tomado pelos nazistas. Na retirada, milhares de franceses foram aprisionados pelos alemães.  Noruega (10 de junho de 1940) – apesar da heróica resistência, as tropas norueguesas foram vencidas pela superioridade dos armamentos dos alemães. O rei da Noruega fugiu para Londres, e os nazistas entregaram o poder a Vidkun Quisling, chefe do Partido Fascista norueguês. Jornal francês noticiando a invasão simultânea da Holanda e da Bélgica, deixando o flanco norte das forças aliadas desprotegido.
  • 17. França (14 de junho de 1940) – contornando as defesas francesas posicionadas na linha Maginot, os alemães invadiram a França e ocuparam Paris. Parte do território francês ficou diretamente sob o controle nazista, enquanto na outra parte formou-se um governo que se colocou com os alemães, comandado pelo marechal Pétain e sediado na cidade de Vichy. Em oposição ao governo colaboracionista do marechal Pétain, organizou – se o grupo Franceses Livres, liderado pelo general Charles de Gaulle, que representava as forças da resistência francesa ao nazismo. Por meio da Rádio BBC de Londres, De Gaulle conclamava os franceses a lutar contra a ocupação nazista.
  • 18.
  • 19.  Batalha da Inglaterra (1940 – 1941), a aviação inglesa, Royal Air Force (RAF), conseguiu rechaçar os ataques da Luftwaffe.  Norte da África - tropas alemãs e italianas, comandadas pelo general Rommel, obtiveram significativas vitórias sobre os ingleses, ameaçando a dominação britânica no Egito.
  • 20. A RESISTÊNCIA EUROPÉIA  Manifestações pacíficas e espontâneas da população (como ao dinamarqueses, que se retiravam dos bares assim que entrava um militar alemão)  Formação de milícias armadas para lutar diretamente contra os nazistas.
  • 21. A ENTRADA DA URSS E DOS EUA  1941 - fato significativo mudou profundamente os rumos da guerra:  Rompendo acordos anteriores, Hitler decidiu invadir a União Soviética (22 de junho), o que motivou a reação russa.  No caso dos Estado Unidos, a decisão de entrar na guerra resultou, principalmente, do ataque dos japoneses à base militar norte americana de Pearl Harbor, no Havaí, em 7 de dezembro de 1941.
  • 22.
  • 23. A EXPASÃO DA GUERRA (1942 – 1945)  Com a participação das forças militares da União Soviética e dos Estados Unidos, a guerra ganhou proporções mundiais. Formaram –se, então, dois grandes blocos em conflitos : potências do Eixo (Alemanha, Itália e Japão) e potências aliadas (Inglaterra, Estados unidos e União Soviética).
  • 24. FRENTE ORIENTAL  No período de 1941 a 1942, os exércitos alemães, apoiados por húngaros, finlandeses e italianos, avançaram de modo fulminante pelo território da União Soviética, aniquilando cerca de um terço de seu exército. A agressão nazista foi aproveitada pelo governo de Stalin para fortalece a vontade de resistência da população soviética contra os invasores.  As mais terríveis batalhas na segunda Guerra foram travadas na frente oriental, entre a Alemanha e a União Soviética. Foi na luta contra os soviéticos que Hitler concentrou a maior parte do exército alemão (cerca de 65%), seu melhores equipamentos militares e as tropas de elite nazistas.  Na luta contra os nazistas morreram mais de 20 milhões de soviéticos dos quais quase metade eram civis.
  • 25.  Setembro de 1942, tropas blindadas do exército alemão entraram em Stalingrado, onde foi travada uma das mais sangrentas das batalhas da Segunda Guerra.  Novembro de 1942, contra – ofensiva do exército soviético resultou na rendição das tropas alemãs, em fevereiro de 1943.  Pela primeira vez na guerra, um general alemão (Friedrich Paulus) e seu exército foram obrigados a se render. A batalha de Stalingrado colocava fim ao mito da invencibilidade alemã.  Depois dos episódios de Staligrado, os soviéticos tomaram a iniciativa dos ataques e foram conquistando, um por um, os territórios dos paises antes controlados pelos nazistas: Finlândia, Bulgária, Hungria, Romênia, Polônia e Tchecoslováquia. Mantendo esse avanço, os soviéticos foram os primeiros, no final da guerra, a entrar vitoriosamente em Berlim.
  • 26. BOMBARDEIOS SOBRE A ALEMANHA  Os nortes-americanos: enorme poder de guerra = Milhares de navios, tanques, aviões e toneladas de equipamentos bélicos  Em 1942 - bombardeios aéreos ingleses e norte- americanos sobre as grandes cidades alemãs.
  • 27. LUTAS NA ÀFRICA E NA ITÁLIA  No norte da África, o general inglês Montgomery iniciou, em outubro de 1942, a contra – ofensiva às tropas do general alemão Rommel (Afrika Korps). Em 13 de maio de 1943, 252 mil soldados alemães e italianos foram aprisionados.  Desembarcando na Sicília em junho de 1943, as tropas aliadas lideradas por norte – americanos e ingleses, iniciaram a invasão da Itália. Mussolini foi preso e afastado do poder pelo novo governo, chefiado pelo general Pietro Badoglio, que assumiu um acordo de paz com aliados.
  • 28.  Libertação de Mussolini - Os nazistas investiram sobre a Itália, ocupando Roma e liderando o Duce, que fundou a Republica Social italiana. Logo depois, Mussolini voltou a ser preso pelas tropas italianas da resistência anti- nazista, sendo imediatamente executado.  Os aliados retornaram a ofensiva em território italiano. Reconquistando Roma e avançaram até o norte do país, onde as tropas alemãs ainda ofereciam resistência. A Força Expedicionária Brasileira (FEB), com um efeito de mais de 25 mil homens, participou da luta contra o nazi-fascismo durante essa campanha na Itália.
  • 29. O FIM DA GUERRA  Uma nova frente de combate aos alemães foi cuidadosamente planejada pelos aliados.  No dia 6 de junho de 1944, as tropas aliadas desembarcaram na Normandia (França) e iniciaram intenso ataque contra as tropas de alemãs. Esse dia ficou conhecido com “Dia D” (Dia da Decisão), que na terminologia militar, passou a significar a data escolhida para a realização de uma operação importante.  Mesmo diante da esmagadora pressão dos adversários, tanto na frente oriental (soviéticos) como na frente ocidental (ingleses e norte – americanos), o comando nazista, situado em Berlim, decidiu lutar até a morte. Para isso, promoveu uma mobilização maciça da população alemã, incluindo crianças, mulheres e idosos. Tribunais militares nazistas obrigaram a população a lutar.  Em 25 de abril de 1945, a cidade de Berlim estava totalmente cercada. Em 30 de abril, Hitler, sua mulher Eva Braun e Goebbels (ministro da propaganda) cometeram suicídio.
  • 30.  No dia 8 de maio de 1945 e 1946, instalou – se na cidade alemã de Nuremberg um tribunal militar internacional, que condenou os principais líderes nazistas por crime contra a humanidade. O Fim. Bruno Mota