Portfolio.

92 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
92
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Portfolio.

  1. 1. erson Med eirosEm
  2. 2. Acho que sou seu pai também.Toda criação possui uma origem.Na Publicidade não é diferente.Você já se perguntou como foram criadas as grandescampanhas publicitárias e de onde vieram as ideias?Do Caos à Criação Publicitária lhe mostra que,no mundo da criação, nada é 100% original.Entenda os processos criativos das principaiscampanhas publicitárias e como as ideias sãoadaptadas em outras criações.Do caos à Criação Publicitária.Ensinando o caótico processo de criar.
  3. 3. N um bairro distante da Zona Sul de São Paulo,Maria brincava com seu irmão, Joãozinho, nacalçada de sua casa. Os dois estavam felizes e sedivertiam muito quando, de repente, viram umacriança correndo, seguida por um homem muitozangado, andando a passos largos. Curiosos, Mariae Joãozinho resolveram ir atrás daquelas pessoas,pra saber o que estava acontecendo e, depois queandaram até a pracinha que havia ali perto,avistaram a criança sentada em um banco,cabisbaixa, tremendo e chorando. O homem, muitonervoso, gritava e fazia gestos, até que um dessesgestos fez a criança cair do banco em que estava.Joãozinho e Maria, muito assustados, voltaramcorrendo para casa, na certeza de que,daquele jeito, devia ser muito difícilviver feliz para sempre.De acordo com a DeclaraçãoUniversal dos DireitosHumanos, ninguém pode sersubmetido à tortura ou aqualquer outro tipo de castigocruel ou desumano.Direitos Humanos. Talvez você nem perceba que elesexistam. Até que alguém os tire de você.
  4. 4. E ra uma vez uma jovem garota, de pele branca como a neve, lábios vermelhos como sangue e cabelospretos como a noite. Em mais um dia de sua rotina, a jovem saiu de sua residência, na zona Oeste de SãoPaulo e chegou ao seu trabalho, próximo à zona Leste. Após terminar todos os seus afazeres, mesmo tendolevado mais de dez horas para conseguir tal façanha, resolveu ir falar com seu chefe. Depois de dois anosde trabalho, ela queria finalmente tirar suas tão merecidas férias. Seu patrão, impaciente, disse:“Infelizmente, não será possível. Estamos com muito trabalho por aqui! Você deve escolher: ou espera maisum pouco para tirar essas suas férias, ou nem precisa voltar amanhã!”. Após essa resposta, nossa jovemvoltou para casa, onde passaria apenas umas 4 horas dormindo, ja que, no dia seguinte, teria mais umalonga jornada de trabalho. De acordo com a Declaração Universal dos Direitos Humanos, todos têm direito a repouso e lazer, à limitação do tempo de trabalho e a férias remuneradasDireitos Humanos. Talvez você nem perceba que eles existam.Até que alguém os tire de você.
  5. 5. H á muito tempo atrás,José presenciou umatragédia, em suapequena cidade,nos confins doNordeste: acasa em quemorava comseus pais, feita de palha, voou para longe, deixando todos sem um teto para passar as noites. Para mudar essasituação, José veio para São Paulo a procura de um bom emprego, que lhe desse dinheiro para sustentar todos.Ao chegar, encontrou uma humilde casa de madeira, em uma comunidade da Zona Norte da cidade. Porém, apósalguns meses de suor e trabalho em uma grande fábrica, José passou por novos apuros: sua casinha foi abaixopor conta de uma forte chuvae. Desesperado, José não sabia a quem recorrer, até que um vizinho lhe disse: “Vailá na prefeitura! Lá tem um pessoal que pode te ajudar!”. Foi assim que ele encontrou a Comissão Municipal deDireitos Humanos. Lá, foi muito bem tratado e recebeu todo o amparo necessário. Após passar algum tempo emum abrigo, hoje José ainda mora na zona Norte, mas agora em um pequeno apartamento da CDHU, feito detijolos e cimento, onde tem toda a proteção para realizar o sonho de ajudar sua família.De acordo com a Declaração Universal dos Direitos Humanos, toda pessoatem direito à residência, em qualquer que seja o Estado.Direitos Humanos. Talvez você nem perceba que eles existam.Mas existem pessoas que cuidam deles pra você.
  6. 6. Links: e Maria:1 - Histó ria de João c X865sdmT4o .c om/watch?v= http:// www.youtube Spot João e Maria: XmrXNEHsM 2- o m/watch?v=q X http://w ww.youtube.c uros 2012: 1JYs cepção calo h?v=lnq3HQW 3 - Spot Re m/watc http://ww w.youtube.co
  7. 7. O brigado.

×