Reportagem
As maravilhas da Bairrada
Por Ana Pereira e Marcelo Marinho, 8ºE
Nesta nossa reportagem, iremos falar sobre os ...
É feito num forno a lenha, sempre aquecido a cepas velhas ou a vides, onde o pão é
cozido na própria borralha. Esta é uma ...
Água
Para os que preferem a água ao vinho, existe a refrescante e leve água da do
Luso. Esta nasce a 28 °C, na povoação do...
entraram na água. Com uma serapilheira, esfrega-se energicamente toda a zona que
foi mergulhada em água. Procede-se de igu...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

2014 06-24 - reportagem - bairrada - anita e marcelo - 8 e

317 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
317
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
182
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

2014 06-24 - reportagem - bairrada - anita e marcelo - 8 e

  1. 1. Reportagem As maravilhas da Bairrada Por Ana Pereira e Marcelo Marinho, 8ºE Nesta nossa reportagem, iremos falar sobre os tesouros gastronómicos da zona Bairradina, muito conhecida devido ao seu pão, vinhos, água e, claro, ao delicioso e estaladiço leitão assado no forno! O Pão O pão da Bairrada é feito na Mealhada, portanto também se pode chamar “Pão da Mealhada”. É conhecido como o pão de “quatro bicos”, pois é assim o seu apetitoso aspeto, como se pode comprovar com a imagem que a seguir vos mostramos. Pão da Mealhada
  2. 2. É feito num forno a lenha, sempre aquecido a cepas velhas ou a vides, onde o pão é cozido na própria borralha. Esta é uma receita antiga, tendo a massa do pão resultado de uma farinha mais espessa, obtida através da moagem do grão. O pão fica com uma cor mais escurecida e fica também mais consistente. O seu fermento resulta da chamada “massa velha”, que é a massa que sobra sempre da fornada anterior. E eis que dá origem a um pão muito delicioso e que vale, de facto, a pena provar. Vinhos Para os apreciadores de vinhos, são recomendadas diversas quintas e caves, como por exemplo: as Caves Aliança, as Caves Messias, as Caves S. João, as Caves Primavera, a Quinta do Encontro, a Quinta da Mata Fidalga e muitas outras. Estas empresas são consideradas das melhores da Bairrada, com medalhas de prata, ouro e bronze, conquistadas nos concursos de vinhos da Bairrada. Vinho tinto, branco ou até mesmo espumante, tanta diversidade, que deslumbrante! Espumante e vinhos da Bairrada
  3. 3. Água Para os que preferem a água ao vinho, existe a refrescante e leve água da do Luso. Esta nasce a 28 °C, na povoação do Luso e tem origem na água da chuva infiltrada nas rochas designadas por quartzito, rochas brilhantes e macias, que parecem cristais. Nas rochas houve várias fraturas ao longo dos 400 milhões de anos da sua existência, que manteve o armazenamento e circulação da água. A captação da água é feita devido ao surgimento da água à superfície. Esta água não serve só para beber, mas também para fins medicinais. Água do Luso Leitão à Bairrada Esta é sem dúvida a melhor atração da Bairrada. Aliás, é o seu ex-líbris! O leitão é feito de forma única como só os Bairradinos sabem fazer. O leitão é mergulhado em água quente até metade. De seguida, retira-se rapidamente para que não arrefeça e retiram-se-lhe as suas unhas das patas que
  4. 4. entraram na água. Com uma serapilheira, esfrega-se energicamente toda a zona que foi mergulhada em água. Procede-se de igual modo relativamente à parte do leitão que não foi submersa na água. Depois, lava-se o leitão em água fria. Após a sua lavagem, limpa-se o leitão de todas as miudezas e segue-se o seu tempero. Para quem gosta de carne ou para aqueles que apreciam uma pele crocante e muito bem temperada, não existe leitão melhor no mundo do que o da Bairrada! Leitão da Bairrada Cabe-lhe assim experimentar todas estas iguarias. Basta fazer uma paragem na zona da Bairrada e procurar um dos seus restaurantes para degustar todas estas maravilhas gastronómicas. Aliás, estamos à sua espera em qualquer ponto da Bairrada, já assámos o leitão e abrimos uma garrafa de vinho. Do que está à espera? Venha já à Bairrada!

×