SlideShare uma empresa Scribd logo

Jornal digital 04 12-17

Jornal Correio do Sul

1 de 24
Baixar para ler offline
Tentativa de
assalto frustrada
termina em
prisão
Confira fotos das
programações de
natal nas cidades
da região
Boxeador agride
casal com barra
de ferro e mata
uma das vítimas
CORREIO DO SULANO XXVI EDIÇÃO Nº 5.305 R$ 2,00SEGUNDA-FEIRA, 4 DE DEZEMBRO DE 2017
www.grupocorreiodosul.com.br
26º19º
Chuvas Isoladas - Muitas
nuvens com curtas aberturas
e chuvas isoladas.
Previsão para hoje
Extremo Sul Catarinense
prisãoprisão
Boxeador agrideBoxeador agride
Segurança - Pág 15
TentativaTentativa dedede
Especial - Pág 5
uma das vítimasuma das vítimas
Segurança - Pág 17
Extremo Sul Catarinense
assalto frustradaassalto frustrada
Tentativa
Segurança - Pág 15
assalto frustrada
termina emtermina em
prisão
Boxeador agride
casal com barracasal com barra
de ferro e matade ferro e mata
uma das vítimasuma das vítimas
prisãoprisão
Boxeador agrideBoxeador agride
uma das vítimas
assalto frustradaassalto frustrada
TentativaTentativa
Segurança - Pág 15Segurança - Pág 15Segurança - Pág 15Segurança - Pág 15
MOTOCICLISTA
PERDE A VIDA
EM COLISÃO COM TÁXI
EM BALN. GAIVOTA
LulaeBolsonaroseisolamnaliderança
Mais vaga
Possibilidade do deputado federal Jorge
Boeira (PP) concorrer como candidato a
vice-governador Paulo Bauer (PSDB),
abrindo a vaga à Câmara Federal para o
deputadoestadualJoséMiltonScheffer(PP),
cria outro fato novo no Sul do Estado. É que
caso Zé Milton concorra a federal no lugar
de Boeira, a candidatura do PPàAssembleia
Legislativa,peloExtremoSuldoEstado,fica
aberta. Vaga que é histórica, e que já teve
representantes como Afonso Guizo e Leo-
degar Tiscoski. Em princípio o contingente
eleitoral de nossa região seria absorvido pela
candidatura à reeleição do deputado estadual
Valmir Comin (PP). De todo modo, é só
um líder progressista de expressão aqui do
Extremo Sul bater o pé que sua candidatura
à Assembleia Legislativa estaria garantida.
Ótima oportunidade para que o próprio
Leodegar Tiscoski volte ao cenário político
eleitoral. Com esta geografia política, teria
uma eleição para lá de garantida.
Júlio vice
Corre à boca miúda nos bastidores da política
catarinense que ex-deputado estadual Júlio
Garcia tem pretensões bem maiores do que a
de disputar novamente a Assembleia Legis-
lativa. Sua incursão pelo Estado com o de-
putado federal João Rodrigues (PSD) teria a
verdadeira intenção de solidificar seu próprio
nome para uma composição majoritária em
2018. Muito bem relacionado com o PMDB,
JúlioGarciaestaria,defato,almejandoavaga
de candidato a vice-governador numa chapa
encabeçada por um peemedebista. Ele seria
uma espécie de ponto de equilíbrio entre as
pretensas candidaturas de Gelson Merísio
(PSD) e João Rodrigues à majoritária. Seu
nome pretensamente apaziguaria os ânimos
dentro do PSD, que supostamente comporia
como vice do PMDB, caso, de fato, PSDB
e PP fechem dobradinha, com Paulo Bauer
ao governo e Jorge Boeira a vice. Vale lem-
brar que Merísio e João Rodrigues têm se
degladiado dentro do PSD pelo comando da
majoritária do partido ano que vem, o que é
péssimo para os planos do governador Rai-
mundo Colombo (PSD) de chegar ao Senado
Federal. Júlio pode ser, de fato, a solução,
caso o caminho seja o PMDB.
ADVOCACIA EMPRESARIAL
FONE: (48) 3533-0145
E
x-presidente Lula da Silva
(PT) e o deputado federal
fluminense Jair Bolsonaro
(PSC) estão totalmente
desprendidos dos demais
pré-candidatos à Presidência da República,
de acordo com pesquisa Data Folha, divul-
gada durante o final de semana. Em todos os
cenários onde os dois constam juntos como
candidatos, os demais postulantes ao Palácio
do Planalto ficam bem atrás.
No cenário mais provável, com todos
os principais nomes da política nacional
disputando a Presidência, Lula aparece
com 34% das intenções de voto, e Bolso-
naro com 17%. A terceira colocação cabe
a Marina Silva (Rede) com 9%, seguida de
Geraldo Alckmin (PSDB) e Ciro Gomes
(PDT), com 6% cada. O ex-ministro do STF
Joaquim Barbosa (S/P) tem 5% e Álvaro
Dias (Podemos) 3%. Outras candidaturas
nanicas, somadas aos votos brancos, nulos
e indecisos completam os cem por cento dos
entrevistados.
Em um outro cenário sem Joaquim Bar-
bosa, Lula vai a 36% e Bolsonaro cai para
16%. Marina Silva fica com 10% eAlckmin
e Ciro Gomes com 7% cada. Já Álvaro Dias
emplaca 4%. O ex-presidente lidera em todas
as situações em que é colocado como candi-
dato. Com ele fora da disputa, esta liderança
recai automaticamente sobre Jair Bolsonaro.
Isto pode acontecer caso a segunda instân-
cia da Justiça Federal julgue procedente a
sentença dada pelo juiz Sérgio Moro, que
condenou Lula à nove anos e meio de prisão
por corrupção passiva e lavagem de dinheiro,
no caso do triplex do Guarujá. Neste caso ele
seria pego pela Lei da Ficha Limpa, fincando
inelegível por oito anos.
Do ponto de vista da geopolítica, Lula e
Bolsonaro não são uma ameaça um ao outro.
Quem de fato pode atrapalhar os planos de
ambos é o governador de São Paulo, Geraldo
Alckmin, que deverá se consolidar como
o principal candidato de centro do pleito
presidencial do ano que vem. Consolidada
a candidatura de Lula, ele estará facilmente
no segundo turno, pois possui um eleitorado
cativo composto por nunca menos que 30%
dos brasileiros. Todavia, se o segundo turno
for disputado com Alckmin, seus planos de
voltar à presidência ficam bastante compro-
metidos, pois muito provavelmente o PMDB
estará aliado ao tucano já no primeiro turno,
e não mais ao PT.
Perigo maior ainda sofre Bolsonaro, que
fica diretamente ameaçado de sequer chegar
ao segundo turno, justamente pela provável
aliança entre PSDB e PMDB, que daria
uma acentuada capilaridade à candidatura
tucana, representada pela chamada base de
sustentação partidária. Base esta que Bolso-
naro não possui, por não estar filiado a um
partido forte. Iniciada a campanha,Alckmin
é um candidato que chega facilmente aos
20% das intenções de voto, o que já deixaria
Bolsonaro fora da segunda etapa da eleição
caso ele não aumente seu percentual de for-
ma significativa nos próximos meses. Com
Bolsonaro fora do segundo turno, seus votos
tendem a migrar de forma espontânea para
Alckmin, já que os chamados bolsonaristas
são anti-petistas natos, o que faz do tucano
o principal rival de Lula, mesmo estando
hoje com percentuais na casa dos seis, sete
por cento.
Todas as demais candidaturas não
ameaçaram nem Lula, nem Bolsonaro, pois
são representadas meramente por projetos
ideológicos, e não por estrutura partidária.
Neste sentido, Marina Silva, Ciro Gomes,
Joaquim Barbosa, Álvaro Dias e outro rosá-
rio de candidatos que deverão surgir, serão
meramente figuras decorativas no processo
eleitoral do ano que vem. A pesquisa Data
Folha foi realizada nos dias 20 e 29 de no-
vembro, entrevistando 2765 eleitores em 68
municípios brasileiros. A margem de erro é
de 2% e o nível de confiança de 95%.
César Cesa
Presidente do PMDB de Araranguá, César
Antônio Cesa, diz que não pretende, “de
forma alguma”, forçar uma candidatura
sua à prefeitura da Cidade das Avenidas
em 2020. De acordo com ele, o desafio de
disputar novamente o executivo será aceito,
“desde que haja consenso dentro do partido
neste sentido”. Conforme César, se um outro
nome de expressão da sigla tiver a intenção
da disputa o próximo pleito municipal exe-
cutivo, terá seu total apoio, “como já teve
Anísio Prêmoli no ano passado”. De acordo
com o presidente peemedebista, seu partido
tem reais chances de retomar o comando do
executivo araranguaense, “desde que esteja
unido e faça uma boa coligação”. No resumo
da ópera, César Cesa quer começar a deixar
claro, desde já, que está disposto a concorrer
à prefeitura, como fez em 2012, desde que a
lógica e a razão sejam maiores que as forças
ocultas que têm norteado o PMDB ao longo
dos últimos vinte anos.
Céu e inferno
Situação civil do ex-presidente Lula da Silva
(PT) chega a ser hilária. Liderando todas as
pesquisas de intenção de votos, ele tem gran-
des chances de retornar ao cenário político
nacional por cima da carne seca, podendo,
até mesmo, voltar a presidir o país. Por outro
lado, se oTribunal Regional Federal de Porto
Alegre confirmar a sentença de primeira ins-
tância proferida pelo juiz Sérgio Moro, que
condenou Lula à nove anos e meio de cadeia
por corrupção passiva e lavagem de dinheiro
nocasodotriplexdoGuarujá,oex-presidente
irá para atrás das grades, a exemplo de diver-
sos de seus companheiros, como Zé Dirceu,
José Genoíno e João Vaccari Neto. Em
princípio, o julgamento do processo de Lula
em segunda instância deverá acontecer em
fevereiro. Todos os indícios, de fato, levam
a crer que ele ganhou o tal triplex de presente
da Construtora OAS, em troca de favores
recebidos pela empresa dentro do Governo
Federal durante sua gestão. O problema é
que falta a tal prova cabal, que possibilite o
sentenciamentoinconteste.Nofimdascontas,
será um julgamento meramente político, que
poderá ser contrário, ou a seu favor, de acordo
com o humor do momento.
Rolando Christian CoelhoRolando Christian Coelho
JORNAL CORREIO DO SUL
Segunda-Feira, 4 de Dezembro de 2017
rolando_coelho@hotmail.com (48) 99945.6787
POLÍTICA
“Nossa vida é meramente uma questão de perspectiva
do mundo. Há pessoas que choram por saber que as
rosas têm espinho. Há outras que sorriem por saber que
os espinhos têm rosas”
Machado de Assis (1839/1908)
Escritor brasileiro
3Geral Jornal Correio do Sul
Segunda-Feira, 4 de Dezembro de 2017
O
Secretário de
Estado da As-
sistência Social,
Trabalho e Habitação, Depu-
tado Estadual Valmir Comin,
acompanhado de equipe téc-
nica da SST, foi o convidado
de mais uma edição do Dia de
Ação de Governo naAgência
de Desenvolvimento Regio-
nal (ADR) deAraranguá, que
aconteceu nesta sexta-feira,
com um amplo roteiro que
abrangeu os municípios de
Araranguá, Maracajá, Melei-
ro e Morro Grande.
A ação iniciou com uma
reunião na sede daAssociação
dos Municípios do Extremo-
-Sul (Amesc), que contou
com ampla participação de
autoridades e secretários mu-
nicipais deAssistência Social
dos 15 municípios, além de
representantes de órgãos e
entidades. O encontro foi
coordenado pelo secretário
executivo daADR, Heriberto
Afonso Schmidt e pela geren-
te de planejamento regional
e apoio a políticas públicas,
Dione Helena Ramos Cesa.
O secretário de Assis-
tência Social destacou que
Ações
Aids diminui mas ainda preocupa
Diadegovernorendeobraevistorias
Os postos de saúde de
Sombrio ofereceram na sexta-
-feira, 1º de dezembro, Dia
Mundial de Combate à Aids,
durante todo o dia, o teste rápi-
docapazdedetectarapresença
dovírusHIVempoucosminu-
tos. A síndrome que apavorou
o mundo na década de 1980 e
que desde então passou a ser
continuamente combatida,
hoje não assusta mais e voltou
a crescer.
O objetivo da ONU (Or-
ganização das Nações Unidas)
é de que até 2020 a contami-
nação pela Aids seja reduzida
a números insignificantes em
todo o mundo, porém, o que
se percebe na prática não é tão
animador. A responsável pelo
Serviço deAtendimento Espe-
cializado (SAE) de Sombrio,
enfermeira Cristiane Isoppo
Coelho, explica que é preo-
cupante o avanço da doença,
principalmente entre homens
com idade de 17 a 24 anos.
“Eles não consideram isso um
problema”, diz.
Como no seu surgimento,
o vírus se espalha mais em
meio a homens que fazem
sexo com outros homens. A
realidade agora, no entanto,
é diferente, talvez até mais
difícil de encarar, devido a
maior aceitação que este tipo
deexperiênciaadquiriu.“Tudo
é encarado com naturalidade,
porque a vida pode continuar
normal,desdequeotratamento
correto seja feito”, acrescenta
a técnica em enfermagem
do SAE Patrícia Martins de
Oliveira. O jeito é investir
cada vez mais em prevenção
e torcer por bom resultado.
Conforme Cristiane, no ano
passado eram diagnosticados
de dois a três novos casos de
Aids por mês no município, e
este ano baixou para um caso
a cada dois meses. No total, o
ServiçoEspecializadodeSom-
brio acompanha 110 pacientes.
Outras doenças sexual-
mente transmissíveis também
estão deixando os órgãos de
saúde em alerta, como a sífilis,
que já é considerada epidemia
em Santa Catarina. Evitar to-
das elas é possível, através do
uso de preservativo ao manter
relações sexuais. E não se
iludir com a suposta facilidade
do tratamento, que é gratuito
pelo SUS. “Ainda são doenças
perigosas e toda medicação,
que precisa ser tomada para
sempre, tem condições adver-
sas”, lembra Cristiane.
Marivânia Farias
Sombrio
Secretário Comin vistoriou obras de Cras na região e anunciou nova obra
Patrícia(esquerda) e Cristiane atuam tentando conscientizar sobre prevenção à Aids
o trabalho da secretaria, por
meio das políticas públicas
da pasta, das coordenadorias
estaduais e conselhos, tem
como meta fortalecer as ações
de prevenção. “Nosso com-
promisso é com as pessoas.
O trabalho da secretaria visa a
facilitação do acesso ao mer-
cado de trabalho, a geração
de emprego e renda, o acesso
ao direito humano, à alimen-
tação adequada e saudável, o
acesso a condições dignas de
moradia e o aprimoramento
da gestão das políticas”, des-
tacou Comin. Também foram
apresentadas ações de outros
setores por seus responsáveis.
A equipe vistoriou o ter-
reno que receberá o Cras
(Centro de Referência de
Assistência Social) de Mara-
cajá, localizado no bairro Vila
Beatriz, cujas obras iniciarão
na próxima semana, e que
contam com investimento do
Governo do Estado no valor
de R$ 361.816,97. Na região
da ADR, o município de
Sombrio também contará com
novo Cras, cuja construção
iniciou há cerca de um mês.
A nova estrutura do Cras
de Meleiro, inaugurada pelo
Governo do Estado em 2016
também recebeu a visita de
Comin, equipe da SST e da
ADR. Segundo a coordenado-
ra Agda Scarsanella, a estru-
Região
G.C.S LTDA - ME
Comercial:
l48l 3533.0870
comercial@grupocorreiodosul.com.br
Diretor Geral
diretor@grupocorreiodosul.com.br
Redação:
Aline Bauer
editor@grupocorreiodosul.com.br
Publicações legais:
tomaz@grupocorreiodosul.com.br
Financeiro
financeiro@grupocorreiodosul.com.br
Radio 93FM
radio93fm@grupocorreiodosul.com.br
Diagramação/Arte:
Erivaldo Ferreira (Aldo)
cristian@grupocorreiodosul.com.br
Sul Gráfica
sulgrafica@grupocorreiodosul.com.br
Circulação/Assinatura
l48l 3533.0870
assinaturas@grupocorreiodosul.com.br
tura proporciona a realização
de capacitações, cursos e
reuniões. No local, são aten-
didas mensalmente cerca de
100 pessoas em situação de
vulnerabilidade social.
O roteiro do Dia deAção
de Governo finalizou em
Morro Grande. Em solenida-
de na Prefeitura Municipal,
o secretário anunciou ao
prefeito Valdionir Rocha, ao
vice-prefeito Eduir Marcelo,
entre outras lideranças, a
construção de novo Centro de
Referência, que será licitado
em breve. “Estamos muito
felizes com esta notícia. Hoje
a sede do nosso Cras fica
em uma estrutura alugada”,
agradeceu o prefeito.
O secretário executivo
da ADR, destacou que esta
foi uma ação muito produ-
tiva. “Quero parabenizar ao
secretário Comin e toda sua
equipe, que compartilharam
com os representantes da
região importantes dados e
informações sobre seus se-
tores. O Dia de Ação de Go-
verno cumpriu mais uma vez
com seu papel, de aproximar
o governo central às demais
regiões do Estado”, concluiu
Schmidt.
4 PublicidadeJornal Correio do Sul
Segunda-Feira, 4 de Dezembro de 2017
É Natal!!!É Natal!!!
5Especial JORNAL CORREIO DO SUL
Segunda-Feira, 4 de Dezembro de 2017
Em diversos municípios da região, já
começaram as programações de natal.
Com muita luz, magia e alegria, a melhor
época do ano trouxe às ruas o encanto
em diferentes atividades. Acompanhe
algumas imagens do natal pelo vale.
Natal Verão inicia com
desfile de misses
Público acompanha abertura
do 1º Natal Encantado
A
abertura do Natal Verão de Araranguá aconteceu na sexta-feira, na Praça Hercí-
lio Luz, no Centro da cidade. A festividade iniciou por volta das 20 horas, com
uma solenidade oficial, onde se fizeram presentes autoridades municipais, como
o prefeito de Araranguá, Mariano Mazzuco Neto, a primeira-dama e secretária
de Assistência Social e Habitação, Maria Alice Aguiar, entre outros secretário e
diretores municipais.
A banda municipal de Araranguá tocou músicas natalinas e em seguida a miss e o mister Santa
Catarina, acompanhados de Rodrigo Lisboa, coordenador da beleza de Santa Catarina, subiram ao
palco e Rodrigo entregou as faixas 2018 para as misses da região, sendo que a primeira faixa foi
entregue pelo prefeito Mariano. Logo após receberem as faixas, as misses realizaram um desfile.
O Show Luzes e Vozes, com coral infanto-juvenil do Cras de Araranguá e a apresentação de
Presépio Vivo encantaram os presentes. As festividades foram encerradas com a apresentação da
bandaAutoReverse, que tocou clássicos antigos.
No sábado, segundo dia de Natal Verão, a programação se estendeu para o balneário Morro dos
Conventos,cominícioporvoltadas19horas,ocoraldaCasaLarIrmãCarmemencantouospresentes,
emseguidaaduplaKellyeAlessandroeabandaCartãoPostalsubiramaopalco,animandoopúblico.
Ainda no sábado, teve programação na Praça Central deAraranguá, apresentações de Terno de Reis,
Grupo ExpressãoArt, Grupo Herança Gaúcha e show com Sara Maciel.
No domingo foi a vez da principal atração das festividades natalinas. A chegada do Papai Noel
aconteceu por volta das 19 horas e o prefeito Mariano entregou as chaves de Araranguá para São
Nicolau, diante de um grande público. Logo após, por volta das 20 horas, a Praça Hercílio recebeu
o Show de Corais.
Nesta segunda-feira, a programação continua com apresentação das escolas municipais, a partir
das 19 horas, na Praça Hercílio Luz, no Centro deAraranguá.
F
oi aberto no sábado, o 1º Natal Encantado de Jacinto Machado, no sábado. A Praça
Capitão Jorge Tramontin, no Centro da cidade, ficou tomada pelo público, que foi
conferir de perto a decoração natalina, as atrações e o momento mais esperado: a
chegada do Papai Noel.
Após a cerimônia as luzes do Natal foram acesas, deixando a Praça Capitão
Jorge Tramontin e a Praça da Igreja Matriz ainda mais bonitas.Aprimeira atração da noite foi o Coral
Show Criança Feliz, seguido pela apresentação do Tenor Kauê Mateus Belletini.
Porvoltade22h30min,aOrquestraEssênciadoLouvordaAssembleiadeDeusdeJacintoMachado
tocou uma peça natalina anunciando a chegada do Papai Noel, que veio de jeep, sendo acompanhado
pelas alunas das escolas municipaisAlbino Zanatta eArizona.
No palco o prefeito Gaiola entregou a chave da cidade ao bom velhinho e abriu oficialmente o
1º Natal Encantado de Jacinto Machado.Anoite foi encerrada com o show da dupla Yonara e Jardel.
Gislaine Fontoura
Jacinto Machado
Jacinto Machado
Araranguá
Araranguá
Praia Grande
Praia Grande
Turvo
Turvo
6 PublicidadeJornal Correio do Sul
Segunda-Feira, 4 de Dezembro de 2017

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Jornal digital 16 de janeiro de 2017
Jornal digital   16 de janeiro de 2017Jornal digital   16 de janeiro de 2017
Jornal digital 16 de janeiro de 2017Jornal Correio do Sul
 

Mais procurados (20)

Jornal digital 01 10-2018
Jornal digital 01 10-2018Jornal digital 01 10-2018
Jornal digital 01 10-2018
 
Jornal digital 4941_sex_17062016
Jornal digital 4941_sex_17062016Jornal digital 4941_sex_17062016
Jornal digital 4941_sex_17062016
 
Jornal digital 16 de janeiro de 2017
Jornal digital   16 de janeiro de 2017Jornal digital   16 de janeiro de 2017
Jornal digital 16 de janeiro de 2017
 
Jornal digital 4879_sex_18032016
Jornal digital 4879_sex_18032016Jornal digital 4879_sex_18032016
Jornal digital 4879_sex_18032016
 
Jornal digital 09 08-17
Jornal digital 09 08-17Jornal digital 09 08-17
Jornal digital 09 08-17
 
Jornal digital 4865_seg_29022016
Jornal digital 4865_seg_29022016Jornal digital 4865_seg_29022016
Jornal digital 4865_seg_29022016
 
Jornal digital 4905_qua_27042016
Jornal digital 4905_qua_27042016Jornal digital 4905_qua_27042016
Jornal digital 4905_qua_27042016
 
Jornal digital 23 11-17
Jornal digital 23 11-17Jornal digital 23 11-17
Jornal digital 23 11-17
 
Jornal digital 31 07-18
Jornal digital 31 07-18Jornal digital 31 07-18
Jornal digital 31 07-18
 
Jornal digital 4931_sex_03062016
Jornal digital 4931_sex_03062016Jornal digital 4931_sex_03062016
Jornal digital 4931_sex_03062016
 
Jornal digital 4904_ter_26042016
Jornal digital 4904_ter_26042016Jornal digital 4904_ter_26042016
Jornal digital 4904_ter_26042016
 
Jornal digital 08 12-17
Jornal digital 08 12-17Jornal digital 08 12-17
Jornal digital 08 12-17
 
Jornal digital 4938_ter_14062016
Jornal digital 4938_ter_14062016Jornal digital 4938_ter_14062016
Jornal digital 4938_ter_14062016
 
Jornal digital 20 10-17
Jornal digital 20 10-17Jornal digital 20 10-17
Jornal digital 20 10-17
 
Jornal digital 4968_ter_26072016
Jornal digital 4968_ter_26072016Jornal digital 4968_ter_26072016
Jornal digital 4968_ter_26072016
 
Jornal digital 4993 ter_29082016
Jornal digital 4993 ter_29082016Jornal digital 4993 ter_29082016
Jornal digital 4993 ter_29082016
 
Jornal digital 4956_sex_08072016
Jornal digital 4956_sex_08072016Jornal digital 4956_sex_08072016
Jornal digital 4956_sex_08072016
 
Jornal digital 07 08-17
Jornal digital 07 08-17Jornal digital 07 08-17
Jornal digital 07 08-17
 
Jornal digital 4923_seg_23052016
Jornal digital 4923_seg_23052016Jornal digital 4923_seg_23052016
Jornal digital 4923_seg_23052016
 
Jornal digital 5003 qua_14092016
Jornal digital 5003 qua_14092016Jornal digital 5003 qua_14092016
Jornal digital 5003 qua_14092016
 

Semelhante a Jornal digital 04 12-17 (20)

Jornal digital 17 10-17
Jornal digital 17 10-17Jornal digital 17 10-17
Jornal digital 17 10-17
 
Jornal digital 29 11-2018
Jornal digital 29 11-2018Jornal digital 29 11-2018
Jornal digital 29 11-2018
 
Jornal digital 02 10-17
Jornal digital 02 10-17Jornal digital 02 10-17
Jornal digital 02 10-17
 
Jornal digital 06 08-18
Jornal digital 06 08-18Jornal digital 06 08-18
Jornal digital 06 08-18
 
Jornal digital 15-03-17
Jornal digital 15-03-17Jornal digital 15-03-17
Jornal digital 15-03-17
 
Jornal digital 4961_sex_15072016
Jornal digital 4961_sex_15072016Jornal digital 4961_sex_15072016
Jornal digital 4961_sex_15072016
 
Jornal digital 4871_ter_07032016
Jornal digital 4871_ter_07032016Jornal digital 4871_ter_07032016
Jornal digital 4871_ter_07032016
 
Jornal digital 06 11-17
Jornal digital 06 11-17Jornal digital 06 11-17
Jornal digital 06 11-17
 
Jornal digital 12 06-18
Jornal digital 12 06-18Jornal digital 12 06-18
Jornal digital 12 06-18
 
Jornal digital 26 01-18
Jornal digital 26 01-18Jornal digital 26 01-18
Jornal digital 26 01-18
 
Jornal digital 6 de janeiro de 2017
Jornal digital   6 de janeiro de 2017Jornal digital   6 de janeiro de 2017
Jornal digital 6 de janeiro de 2017
 
Jornal digital 26 06-17
Jornal digital 26 06-17Jornal digital 26 06-17
Jornal digital 26 06-17
 
Jornal digital 28 12-16
Jornal digital 28 12-16Jornal digital 28 12-16
Jornal digital 28 12-16
 
Jornal digital 18 12-17
Jornal digital 18 12-17Jornal digital 18 12-17
Jornal digital 18 12-17
 
Jornal digital 09 06-17
Jornal digital 09 06-17Jornal digital 09 06-17
Jornal digital 09 06-17
 
Jornal digital 29 11-17
Jornal digital 29 11-17Jornal digital 29 11-17
Jornal digital 29 11-17
 
Jornal digital 25 07-17
Jornal digital 25 07-17Jornal digital 25 07-17
Jornal digital 25 07-17
 
Jornal digital 31 07-17
Jornal digital 31 07-17Jornal digital 31 07-17
Jornal digital 31 07-17
 
Jornal digital 26 07-17
Jornal digital 26 07-17Jornal digital 26 07-17
Jornal digital 26 07-17
 
Jornal digital 07 09-17
Jornal digital 07 09-17Jornal digital 07 09-17
Jornal digital 07 09-17
 

Mais de Jornal Correio do Sul (20)

Jornal digital 20 12-2018
Jornal digital 20 12-2018Jornal digital 20 12-2018
Jornal digital 20 12-2018
 
Jornal digital 19 12-2018
Jornal digital 19 12-2018Jornal digital 19 12-2018
Jornal digital 19 12-2018
 
Jornal digital 18 12-2018
Jornal digital 18 12-2018Jornal digital 18 12-2018
Jornal digital 18 12-2018
 
Jornal digital 17 12-2018
Jornal digital 17 12-2018Jornal digital 17 12-2018
Jornal digital 17 12-2018
 
Jornal digital 14 12-2018
Jornal digital 14 12-2018Jornal digital 14 12-2018
Jornal digital 14 12-2018
 
Jornal digital 13 12-2018
Jornal digital 13 12-2018Jornal digital 13 12-2018
Jornal digital 13 12-2018
 
Jornal digital 12 12-2018
Jornal digital 12 12-2018Jornal digital 12 12-2018
Jornal digital 12 12-2018
 
Jornal digital 11 12-2018
Jornal digital 11 12-2018Jornal digital 11 12-2018
Jornal digital 11 12-2018
 
Jornal digital 10 12-2018
Jornal digital 10 12-2018Jornal digital 10 12-2018
Jornal digital 10 12-2018
 
Jornal digital 06 12-2018
Jornal digital 06 12-2018Jornal digital 06 12-2018
Jornal digital 06 12-2018
 
Jornal digital 05 12-2018
Jornal digital 05 12-2018Jornal digital 05 12-2018
Jornal digital 05 12-2018
 
Jornal digital 04 12-2018
Jornal digital 04 12-2018Jornal digital 04 12-2018
Jornal digital 04 12-2018
 
Jornal digital 03 12-2018
Jornal digital 03 12-2018Jornal digital 03 12-2018
Jornal digital 03 12-2018
 
Jornal digital 30 11-2018
Jornal digital 30 11-2018Jornal digital 30 11-2018
Jornal digital 30 11-2018
 
Jornal digital 28 11-2018
Jornal digital 28 11-2018Jornal digital 28 11-2018
Jornal digital 28 11-2018
 
Jornal digital 27 11-2018
Jornal digital 27 11-2018Jornal digital 27 11-2018
Jornal digital 27 11-2018
 
Jornal digital 24 11-2018
Jornal digital 24 11-2018Jornal digital 24 11-2018
Jornal digital 24 11-2018
 
Jornal digital 22 11-2018
Jornal digital 22 11-2018Jornal digital 22 11-2018
Jornal digital 22 11-2018
 
Jornal digital 21 11-2018
Jornal digital 21 11-2018Jornal digital 21 11-2018
Jornal digital 21 11-2018
 
Jornal digital 20 11-2018
Jornal digital 20 11-2018Jornal digital 20 11-2018
Jornal digital 20 11-2018
 

Jornal digital 04 12-17

  • 1. Tentativa de assalto frustrada termina em prisão Confira fotos das programações de natal nas cidades da região Boxeador agride casal com barra de ferro e mata uma das vítimas CORREIO DO SULANO XXVI EDIÇÃO Nº 5.305 R$ 2,00SEGUNDA-FEIRA, 4 DE DEZEMBRO DE 2017 www.grupocorreiodosul.com.br 26º19º Chuvas Isoladas - Muitas nuvens com curtas aberturas e chuvas isoladas. Previsão para hoje Extremo Sul Catarinense prisãoprisão Boxeador agrideBoxeador agride Segurança - Pág 15 TentativaTentativa dedede Especial - Pág 5 uma das vítimasuma das vítimas Segurança - Pág 17 Extremo Sul Catarinense assalto frustradaassalto frustrada Tentativa Segurança - Pág 15 assalto frustrada termina emtermina em prisão Boxeador agride casal com barracasal com barra de ferro e matade ferro e mata uma das vítimasuma das vítimas prisãoprisão Boxeador agrideBoxeador agride uma das vítimas assalto frustradaassalto frustrada TentativaTentativa Segurança - Pág 15Segurança - Pág 15Segurança - Pág 15Segurança - Pág 15 MOTOCICLISTA PERDE A VIDA EM COLISÃO COM TÁXI EM BALN. GAIVOTA
  • 2. LulaeBolsonaroseisolamnaliderança Mais vaga Possibilidade do deputado federal Jorge Boeira (PP) concorrer como candidato a vice-governador Paulo Bauer (PSDB), abrindo a vaga à Câmara Federal para o deputadoestadualJoséMiltonScheffer(PP), cria outro fato novo no Sul do Estado. É que caso Zé Milton concorra a federal no lugar de Boeira, a candidatura do PPàAssembleia Legislativa,peloExtremoSuldoEstado,fica aberta. Vaga que é histórica, e que já teve representantes como Afonso Guizo e Leo- degar Tiscoski. Em princípio o contingente eleitoral de nossa região seria absorvido pela candidatura à reeleição do deputado estadual Valmir Comin (PP). De todo modo, é só um líder progressista de expressão aqui do Extremo Sul bater o pé que sua candidatura à Assembleia Legislativa estaria garantida. Ótima oportunidade para que o próprio Leodegar Tiscoski volte ao cenário político eleitoral. Com esta geografia política, teria uma eleição para lá de garantida. Júlio vice Corre à boca miúda nos bastidores da política catarinense que ex-deputado estadual Júlio Garcia tem pretensões bem maiores do que a de disputar novamente a Assembleia Legis- lativa. Sua incursão pelo Estado com o de- putado federal João Rodrigues (PSD) teria a verdadeira intenção de solidificar seu próprio nome para uma composição majoritária em 2018. Muito bem relacionado com o PMDB, JúlioGarciaestaria,defato,almejandoavaga de candidato a vice-governador numa chapa encabeçada por um peemedebista. Ele seria uma espécie de ponto de equilíbrio entre as pretensas candidaturas de Gelson Merísio (PSD) e João Rodrigues à majoritária. Seu nome pretensamente apaziguaria os ânimos dentro do PSD, que supostamente comporia como vice do PMDB, caso, de fato, PSDB e PP fechem dobradinha, com Paulo Bauer ao governo e Jorge Boeira a vice. Vale lem- brar que Merísio e João Rodrigues têm se degladiado dentro do PSD pelo comando da majoritária do partido ano que vem, o que é péssimo para os planos do governador Rai- mundo Colombo (PSD) de chegar ao Senado Federal. Júlio pode ser, de fato, a solução, caso o caminho seja o PMDB. ADVOCACIA EMPRESARIAL FONE: (48) 3533-0145 E x-presidente Lula da Silva (PT) e o deputado federal fluminense Jair Bolsonaro (PSC) estão totalmente desprendidos dos demais pré-candidatos à Presidência da República, de acordo com pesquisa Data Folha, divul- gada durante o final de semana. Em todos os cenários onde os dois constam juntos como candidatos, os demais postulantes ao Palácio do Planalto ficam bem atrás. No cenário mais provável, com todos os principais nomes da política nacional disputando a Presidência, Lula aparece com 34% das intenções de voto, e Bolso- naro com 17%. A terceira colocação cabe a Marina Silva (Rede) com 9%, seguida de Geraldo Alckmin (PSDB) e Ciro Gomes (PDT), com 6% cada. O ex-ministro do STF Joaquim Barbosa (S/P) tem 5% e Álvaro Dias (Podemos) 3%. Outras candidaturas nanicas, somadas aos votos brancos, nulos e indecisos completam os cem por cento dos entrevistados. Em um outro cenário sem Joaquim Bar- bosa, Lula vai a 36% e Bolsonaro cai para 16%. Marina Silva fica com 10% eAlckmin e Ciro Gomes com 7% cada. Já Álvaro Dias emplaca 4%. O ex-presidente lidera em todas as situações em que é colocado como candi- dato. Com ele fora da disputa, esta liderança recai automaticamente sobre Jair Bolsonaro. Isto pode acontecer caso a segunda instân- cia da Justiça Federal julgue procedente a sentença dada pelo juiz Sérgio Moro, que condenou Lula à nove anos e meio de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, no caso do triplex do Guarujá. Neste caso ele seria pego pela Lei da Ficha Limpa, fincando inelegível por oito anos. Do ponto de vista da geopolítica, Lula e Bolsonaro não são uma ameaça um ao outro. Quem de fato pode atrapalhar os planos de ambos é o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, que deverá se consolidar como o principal candidato de centro do pleito presidencial do ano que vem. Consolidada a candidatura de Lula, ele estará facilmente no segundo turno, pois possui um eleitorado cativo composto por nunca menos que 30% dos brasileiros. Todavia, se o segundo turno for disputado com Alckmin, seus planos de voltar à presidência ficam bastante compro- metidos, pois muito provavelmente o PMDB estará aliado ao tucano já no primeiro turno, e não mais ao PT. Perigo maior ainda sofre Bolsonaro, que fica diretamente ameaçado de sequer chegar ao segundo turno, justamente pela provável aliança entre PSDB e PMDB, que daria uma acentuada capilaridade à candidatura tucana, representada pela chamada base de sustentação partidária. Base esta que Bolso- naro não possui, por não estar filiado a um partido forte. Iniciada a campanha,Alckmin é um candidato que chega facilmente aos 20% das intenções de voto, o que já deixaria Bolsonaro fora da segunda etapa da eleição caso ele não aumente seu percentual de for- ma significativa nos próximos meses. Com Bolsonaro fora do segundo turno, seus votos tendem a migrar de forma espontânea para Alckmin, já que os chamados bolsonaristas são anti-petistas natos, o que faz do tucano o principal rival de Lula, mesmo estando hoje com percentuais na casa dos seis, sete por cento. Todas as demais candidaturas não ameaçaram nem Lula, nem Bolsonaro, pois são representadas meramente por projetos ideológicos, e não por estrutura partidária. Neste sentido, Marina Silva, Ciro Gomes, Joaquim Barbosa, Álvaro Dias e outro rosá- rio de candidatos que deverão surgir, serão meramente figuras decorativas no processo eleitoral do ano que vem. A pesquisa Data Folha foi realizada nos dias 20 e 29 de no- vembro, entrevistando 2765 eleitores em 68 municípios brasileiros. A margem de erro é de 2% e o nível de confiança de 95%. César Cesa Presidente do PMDB de Araranguá, César Antônio Cesa, diz que não pretende, “de forma alguma”, forçar uma candidatura sua à prefeitura da Cidade das Avenidas em 2020. De acordo com ele, o desafio de disputar novamente o executivo será aceito, “desde que haja consenso dentro do partido neste sentido”. Conforme César, se um outro nome de expressão da sigla tiver a intenção da disputa o próximo pleito municipal exe- cutivo, terá seu total apoio, “como já teve Anísio Prêmoli no ano passado”. De acordo com o presidente peemedebista, seu partido tem reais chances de retomar o comando do executivo araranguaense, “desde que esteja unido e faça uma boa coligação”. No resumo da ópera, César Cesa quer começar a deixar claro, desde já, que está disposto a concorrer à prefeitura, como fez em 2012, desde que a lógica e a razão sejam maiores que as forças ocultas que têm norteado o PMDB ao longo dos últimos vinte anos. Céu e inferno Situação civil do ex-presidente Lula da Silva (PT) chega a ser hilária. Liderando todas as pesquisas de intenção de votos, ele tem gran- des chances de retornar ao cenário político nacional por cima da carne seca, podendo, até mesmo, voltar a presidir o país. Por outro lado, se oTribunal Regional Federal de Porto Alegre confirmar a sentença de primeira ins- tância proferida pelo juiz Sérgio Moro, que condenou Lula à nove anos e meio de cadeia por corrupção passiva e lavagem de dinheiro nocasodotriplexdoGuarujá,oex-presidente irá para atrás das grades, a exemplo de diver- sos de seus companheiros, como Zé Dirceu, José Genoíno e João Vaccari Neto. Em princípio, o julgamento do processo de Lula em segunda instância deverá acontecer em fevereiro. Todos os indícios, de fato, levam a crer que ele ganhou o tal triplex de presente da Construtora OAS, em troca de favores recebidos pela empresa dentro do Governo Federal durante sua gestão. O problema é que falta a tal prova cabal, que possibilite o sentenciamentoinconteste.Nofimdascontas, será um julgamento meramente político, que poderá ser contrário, ou a seu favor, de acordo com o humor do momento. Rolando Christian CoelhoRolando Christian Coelho JORNAL CORREIO DO SUL Segunda-Feira, 4 de Dezembro de 2017 rolando_coelho@hotmail.com (48) 99945.6787 POLÍTICA “Nossa vida é meramente uma questão de perspectiva do mundo. Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho. Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas” Machado de Assis (1839/1908) Escritor brasileiro
  • 3. 3Geral Jornal Correio do Sul Segunda-Feira, 4 de Dezembro de 2017 O Secretário de Estado da As- sistência Social, Trabalho e Habitação, Depu- tado Estadual Valmir Comin, acompanhado de equipe téc- nica da SST, foi o convidado de mais uma edição do Dia de Ação de Governo naAgência de Desenvolvimento Regio- nal (ADR) deAraranguá, que aconteceu nesta sexta-feira, com um amplo roteiro que abrangeu os municípios de Araranguá, Maracajá, Melei- ro e Morro Grande. A ação iniciou com uma reunião na sede daAssociação dos Municípios do Extremo- -Sul (Amesc), que contou com ampla participação de autoridades e secretários mu- nicipais deAssistência Social dos 15 municípios, além de representantes de órgãos e entidades. O encontro foi coordenado pelo secretário executivo daADR, Heriberto Afonso Schmidt e pela geren- te de planejamento regional e apoio a políticas públicas, Dione Helena Ramos Cesa. O secretário de Assis- tência Social destacou que Ações Aids diminui mas ainda preocupa Diadegovernorendeobraevistorias Os postos de saúde de Sombrio ofereceram na sexta- -feira, 1º de dezembro, Dia Mundial de Combate à Aids, durante todo o dia, o teste rápi- docapazdedetectarapresença dovírusHIVempoucosminu- tos. A síndrome que apavorou o mundo na década de 1980 e que desde então passou a ser continuamente combatida, hoje não assusta mais e voltou a crescer. O objetivo da ONU (Or- ganização das Nações Unidas) é de que até 2020 a contami- nação pela Aids seja reduzida a números insignificantes em todo o mundo, porém, o que se percebe na prática não é tão animador. A responsável pelo Serviço deAtendimento Espe- cializado (SAE) de Sombrio, enfermeira Cristiane Isoppo Coelho, explica que é preo- cupante o avanço da doença, principalmente entre homens com idade de 17 a 24 anos. “Eles não consideram isso um problema”, diz. Como no seu surgimento, o vírus se espalha mais em meio a homens que fazem sexo com outros homens. A realidade agora, no entanto, é diferente, talvez até mais difícil de encarar, devido a maior aceitação que este tipo deexperiênciaadquiriu.“Tudo é encarado com naturalidade, porque a vida pode continuar normal,desdequeotratamento correto seja feito”, acrescenta a técnica em enfermagem do SAE Patrícia Martins de Oliveira. O jeito é investir cada vez mais em prevenção e torcer por bom resultado. Conforme Cristiane, no ano passado eram diagnosticados de dois a três novos casos de Aids por mês no município, e este ano baixou para um caso a cada dois meses. No total, o ServiçoEspecializadodeSom- brio acompanha 110 pacientes. Outras doenças sexual- mente transmissíveis também estão deixando os órgãos de saúde em alerta, como a sífilis, que já é considerada epidemia em Santa Catarina. Evitar to- das elas é possível, através do uso de preservativo ao manter relações sexuais. E não se iludir com a suposta facilidade do tratamento, que é gratuito pelo SUS. “Ainda são doenças perigosas e toda medicação, que precisa ser tomada para sempre, tem condições adver- sas”, lembra Cristiane. Marivânia Farias Sombrio Secretário Comin vistoriou obras de Cras na região e anunciou nova obra Patrícia(esquerda) e Cristiane atuam tentando conscientizar sobre prevenção à Aids o trabalho da secretaria, por meio das políticas públicas da pasta, das coordenadorias estaduais e conselhos, tem como meta fortalecer as ações de prevenção. “Nosso com- promisso é com as pessoas. O trabalho da secretaria visa a facilitação do acesso ao mer- cado de trabalho, a geração de emprego e renda, o acesso ao direito humano, à alimen- tação adequada e saudável, o acesso a condições dignas de moradia e o aprimoramento da gestão das políticas”, des- tacou Comin. Também foram apresentadas ações de outros setores por seus responsáveis. A equipe vistoriou o ter- reno que receberá o Cras (Centro de Referência de Assistência Social) de Mara- cajá, localizado no bairro Vila Beatriz, cujas obras iniciarão na próxima semana, e que contam com investimento do Governo do Estado no valor de R$ 361.816,97. Na região da ADR, o município de Sombrio também contará com novo Cras, cuja construção iniciou há cerca de um mês. A nova estrutura do Cras de Meleiro, inaugurada pelo Governo do Estado em 2016 também recebeu a visita de Comin, equipe da SST e da ADR. Segundo a coordenado- ra Agda Scarsanella, a estru- Região G.C.S LTDA - ME Comercial: l48l 3533.0870 comercial@grupocorreiodosul.com.br Diretor Geral diretor@grupocorreiodosul.com.br Redação: Aline Bauer editor@grupocorreiodosul.com.br Publicações legais: tomaz@grupocorreiodosul.com.br Financeiro financeiro@grupocorreiodosul.com.br Radio 93FM radio93fm@grupocorreiodosul.com.br Diagramação/Arte: Erivaldo Ferreira (Aldo) cristian@grupocorreiodosul.com.br Sul Gráfica sulgrafica@grupocorreiodosul.com.br Circulação/Assinatura l48l 3533.0870 assinaturas@grupocorreiodosul.com.br tura proporciona a realização de capacitações, cursos e reuniões. No local, são aten- didas mensalmente cerca de 100 pessoas em situação de vulnerabilidade social. O roteiro do Dia deAção de Governo finalizou em Morro Grande. Em solenida- de na Prefeitura Municipal, o secretário anunciou ao prefeito Valdionir Rocha, ao vice-prefeito Eduir Marcelo, entre outras lideranças, a construção de novo Centro de Referência, que será licitado em breve. “Estamos muito felizes com esta notícia. Hoje a sede do nosso Cras fica em uma estrutura alugada”, agradeceu o prefeito. O secretário executivo da ADR, destacou que esta foi uma ação muito produ- tiva. “Quero parabenizar ao secretário Comin e toda sua equipe, que compartilharam com os representantes da região importantes dados e informações sobre seus se- tores. O Dia de Ação de Go- verno cumpriu mais uma vez com seu papel, de aproximar o governo central às demais regiões do Estado”, concluiu Schmidt.
  • 4. 4 PublicidadeJornal Correio do Sul Segunda-Feira, 4 de Dezembro de 2017
  • 5. É Natal!!!É Natal!!! 5Especial JORNAL CORREIO DO SUL Segunda-Feira, 4 de Dezembro de 2017 Em diversos municípios da região, já começaram as programações de natal. Com muita luz, magia e alegria, a melhor época do ano trouxe às ruas o encanto em diferentes atividades. Acompanhe algumas imagens do natal pelo vale. Natal Verão inicia com desfile de misses Público acompanha abertura do 1º Natal Encantado A abertura do Natal Verão de Araranguá aconteceu na sexta-feira, na Praça Hercí- lio Luz, no Centro da cidade. A festividade iniciou por volta das 20 horas, com uma solenidade oficial, onde se fizeram presentes autoridades municipais, como o prefeito de Araranguá, Mariano Mazzuco Neto, a primeira-dama e secretária de Assistência Social e Habitação, Maria Alice Aguiar, entre outros secretário e diretores municipais. A banda municipal de Araranguá tocou músicas natalinas e em seguida a miss e o mister Santa Catarina, acompanhados de Rodrigo Lisboa, coordenador da beleza de Santa Catarina, subiram ao palco e Rodrigo entregou as faixas 2018 para as misses da região, sendo que a primeira faixa foi entregue pelo prefeito Mariano. Logo após receberem as faixas, as misses realizaram um desfile. O Show Luzes e Vozes, com coral infanto-juvenil do Cras de Araranguá e a apresentação de Presépio Vivo encantaram os presentes. As festividades foram encerradas com a apresentação da bandaAutoReverse, que tocou clássicos antigos. No sábado, segundo dia de Natal Verão, a programação se estendeu para o balneário Morro dos Conventos,cominícioporvoltadas19horas,ocoraldaCasaLarIrmãCarmemencantouospresentes, emseguidaaduplaKellyeAlessandroeabandaCartãoPostalsubiramaopalco,animandoopúblico. Ainda no sábado, teve programação na Praça Central deAraranguá, apresentações de Terno de Reis, Grupo ExpressãoArt, Grupo Herança Gaúcha e show com Sara Maciel. No domingo foi a vez da principal atração das festividades natalinas. A chegada do Papai Noel aconteceu por volta das 19 horas e o prefeito Mariano entregou as chaves de Araranguá para São Nicolau, diante de um grande público. Logo após, por volta das 20 horas, a Praça Hercílio recebeu o Show de Corais. Nesta segunda-feira, a programação continua com apresentação das escolas municipais, a partir das 19 horas, na Praça Hercílio Luz, no Centro deAraranguá. F oi aberto no sábado, o 1º Natal Encantado de Jacinto Machado, no sábado. A Praça Capitão Jorge Tramontin, no Centro da cidade, ficou tomada pelo público, que foi conferir de perto a decoração natalina, as atrações e o momento mais esperado: a chegada do Papai Noel. Após a cerimônia as luzes do Natal foram acesas, deixando a Praça Capitão Jorge Tramontin e a Praça da Igreja Matriz ainda mais bonitas.Aprimeira atração da noite foi o Coral Show Criança Feliz, seguido pela apresentação do Tenor Kauê Mateus Belletini. Porvoltade22h30min,aOrquestraEssênciadoLouvordaAssembleiadeDeusdeJacintoMachado tocou uma peça natalina anunciando a chegada do Papai Noel, que veio de jeep, sendo acompanhado pelas alunas das escolas municipaisAlbino Zanatta eArizona. No palco o prefeito Gaiola entregou a chave da cidade ao bom velhinho e abriu oficialmente o 1º Natal Encantado de Jacinto Machado.Anoite foi encerrada com o show da dupla Yonara e Jardel. Gislaine Fontoura Jacinto Machado Jacinto Machado Araranguá Araranguá Praia Grande Praia Grande Turvo Turvo
  • 6. 6 PublicidadeJornal Correio do Sul Segunda-Feira, 4 de Dezembro de 2017
  • 7. Em evento, realizado na quinta-feira, integrantes dos 21 clubes de mães de Jacinto Machado celebraram o encerramento dasatividadesdesteano.Forammesesdeatividades,aprendizado e conhecimento, em que as cerca de 400 mães desenvolveram trabalhos manuais. Parte dos panos de pratos confeccionados pelas integrantes dos Clubes de Mães foi doado àApae e ao Hospital São Roque. "Agradecemos a doação, que irá se transformar em ajuda para a manutenção da instituição", afirmou o presidente da Apae, Nei Marcon. AsecretáriadeDesenvolvimentoSocialedaFamília,Regina Patel, destacou a importância dos encontros e agradeceu a opor- tunidadedeacompanhardepertoostrabalhosdosgrupos."Tenho admiração por cada uma de vocês, que se reúnem semanalmente para um momento de integração e aprendizado". Ainda participou do encontro a assistente social da Amesc, Rosangela Paulino Alexandrino, que passou para as integrantes dos clubes de mães informações sobre o Sistema Único de As- sistência Social (Suas). Ao final do evento as mães tiveram uma confraternização com muita dança e um delicioso café. O Sine de Balneário Arroio do Silva buscou parceria com o Senac de Araranguá e oportunizou um workshop sobre elaboração de currículo e orientação profissional. A capacitação aconteceu no auditório da saúde e reuniu dezenas de pessoas interessadas. Durante a tarde foram repassadas dicas importantes e que fazem a diferença para quem tem o interesse em entrar no mercado de trabalho. As dicas e as orientações foram repassadas pelo coordenador do Senac deAraranguá,Aislan Hainzenreder. Em Arroio do Silva o Sine fica localizado na lateral da prefeitura e oferece diversos serviços, entre eles: segu- ro desemprego, procura de vagas e cadastramento dos trabalhado- res. Maiores in- formaçõespodem ser obtidas atra- vés do telefone (48) 3526 1535. Clubes de Mães encerram ano com confraternização Workshop sobre orientação profissional é realizado no Arroio P or mais inusitado que possaparecer, os consulto- res externos, internos e balconistas da Cooperja, foram convidados a participar de uma Tarde de Campo sobre pastagem em uma fazenda à beira mar. A atividade aconteceu na Fazenda São Carlos, de propriedade do cliente Paulo Roberto Vellinho Ely, em Balneário Arroio do Silva. Cerca de 30 pessoas estiveram presentes na tarde da última quinta-feira. O evento foi organi- zado pelo departamento técnico da Cooperja, em conjunto com a Fecoagro e empresa Dow AgroSciences. O terreno que parece não ser propício para a cultura de pastagens, pois existe a presença acentuada de sal, atingiu uma qualidade extrema e hoje é case de sucesso entre os produtores rurais. "Foi uma tarde excelente, onde todos perceberam na prática que com uso de sementes adequadas, manejo correto da pastagem e tecnologias empregadas de forma eficiente é possí- vel altas produtividades. O objetivo principal é treinar a equipe JORNAL CORREIO DO SUL Segunda-Feira, 4 de Dezembro de 2017 Um momento de oração também promove belas imagens, como a mulher que oferece flores em gratidão à Nossa Senhora, em Passo de Torres Presidente da Câmara de Vereadores de Araranguá, Viriato Afonso, sobre aplicativo para controlar transporte na balsa "Assim como todos os serviços que hoje em dia estão se modernizando, o da balsa não é diferente. Temos que usar a tecnologia a nosso favor.” Tarde de Campo reúne consultores da Cooperja para repassar aos clientes e associados a in- formação mais precisa possível, para que estes alcancem resul- tados positivos em suas planta- ções", destaca a coordenadora do evento, Taíse Paganini. Durante a tarde o gerente da fazenda e veterinário,Adriano, apresentou o histórico da propriedade e a atual produtividade. Foipossívelaprendercomasdificuldadeseacertosdosadminis- tradores, o que a Cooperja agradece imensamente.As conversas seguiram pela linha técnica, sobre variedades, manejo, sistema de irrigação e animais de alto nível.
  • 8. EntretenimentoEntretenimentoNovelas - Horóscopo - Diversão Cruzadinha Novelas M aria Vitória escapa ilesa da explosão e Tomaso se sente ali- viado. Edgar comenta com Olímpia que acredita que Otávio esteja envolvido na explosão do navio. Maria Vitória lamenta ter sua via- gem adiada. Teodoro cum- primenta o Ministro por não divulgar que a explosão foi, na verdade, um atentado. Tomaso confessa a Guiseppe que Otávio foi o autor da bomba. Vicente repreende Otávio. Celina insiste que Artur vá jantar em sua casa. Felícia desconfia da ausência de Lucerne. Tempo de Amar -18h X avier avisa ao policial que a mala que estava no carro acidentado faz parte do roubo do Cario- ca Palace. Pedrinho revela a Antônia e a Domênico que Timóteo o roubou no pas- sado, e os surpreende ao contar que o ex-doleiro tem um filho. Eric se irrita por Sabine não lhe avisar que Bebeth viajaria para a Suíça. Xavier conta a Eric que a quarta mala de Pedrinho foi encontrada. Cristóvão questiona Dom so- bre seus sentimentos por Tânia. Maria Pia acusa Lourenço de ter se aproximado dela só para prender Athaíde. C lara despista Fabiana. Duda chega a Pedra Santa e conhece Le- andra. Sophia reclama de Diego. Mariano tenta ser romântico com Sophia. Nádia aparece no garimpo e Diego fica envergonhado. Fabiana se surpreende com os conhe- cimentos e modos de Clara. Juvenal visita Estela. Duda vai até o bordel. Janete avisa a Clara que Ronaldo assedia as funcionárias. Duda compra o bordel e conta parte de sua história para Leandra. Leandra explica o esquema da socie- dade misteriosa e Duda pede que ela mantenha o acordo. OOutroLadodoParaíso-21h Pega Pega - 19h Rapidinhas Áries 21/03 a 20/04 21/04 a 20/05 21/05 a 20/06 21/06 a 20/07 21/07 a 20/08 21/08 a 20/09 21/09 a 20/10 21/10 a 20/11 21/11 a 20/12 21/12 a 20/01 21/01 a 20/02 21/02 a 20/03 Leão HoróscopoHoróscopo Sagitário Gêmeos Libra Aquário Touro Embora as mudanças climáticas mexam com você, se manterá de forma estável. Será exigido a tomar a inciativa, deve aceitar esse desafio. O sol fará toda a diferença no aspecto financeiro. Use um pouco da sua capacidade intuitiva. Se apegará em um único objeto mais do que o comum. O seu aspecto materialista estará em alta neste momento. Deve estar em conexão mais com capricórnio que esplandecerá um pouco mais o seu apego pelas pessoas. Falar pode ser um bom aliado para novas con- quistas. Porém procure ter uma postura que passe mais fácil. Irá passar uma certa dualidade devido a Júpiter exercer influenciar maior do que a da água. Evite se contradizer pense antes de agir. Deve se dedicar um pouco mais ao lar.As pessoas que convivem com você sentirão uma energia diferente em você. Marte causará muitas emoções positivas durante o seu dia. Foque mais no carinho e no afago familiar. Seu coração irá bater mais forte, sentirá uma forte energia de alguém que não esperava. É provável que essa pessoa seja de aquário. Provavelmente pela influência de Netuno em Saturno durante todo o seu dia. O seu jeito de fazer as coisas de forma metódica pode deixar outras pessoas incomodadas. Tente usar um pouco mais de praticidade nas suas tarefas. Terá ajuda Urano neste sentido, não desperdice essa chance de mudar. Estará espiritualmente em busca da paz interior. Precisará ter um forte equilíbrio emocional para tanto. O Sol e Marte podem atrapalhar este seu projeto de sossego. O Ar será um bom aliado, por isso aproveite o contato com a natureza. Haverá um certo magnetismo com Câncer que é difícil de explicar no momento.Aintensidade neste dia será muito forte. Procure segurar um pouco a sua ansiedade. Tente evitar também, transformar tudo isso em possessividade. Ficará um pouco pensativo durante o andamento do dia. Porém tudo caminhará da forma mais tranquila possível. Seu bom humor também irá estar presente o que te ajudará a realizar tudo aquilo que você tanto gosta. Levará um pouco do seu profissionalismo para a vida pessoal. Pode ajudar e muito nas suas rela- ções. Será uma grande realização se conseguir unir as duas coisas de forma tão serena. Sentirá uma força extra nos seus ossos. Não estará tão quieto como outros dias. Haverá uma influência negativa sobre Saturno. Sua ex- centricidade, porém estará exaltada. Fará com que algumas pessoas queiram estar mais perto de você. Não obstante deve passar bem. Apresentará um forte sentido de dignidade. Enten- derá muito bem e reconhecerá os seus equívocos. Isto significa que a Lua está ajudando você neste sentido de reflexão. O romantismo irá voltar a resplandecer no seu coração. Virgem Capricórnio Câncer Escorpião Peixes A noite do último sábado (2) foi embalada por muita música boa, no Rio de Janeiro. Sandy se apresentou no espaço Vivo Rio, com a turnê Meu Canto, que está rodando o Brasil e agitando os fãs das mais diferentes idades. A esposa do músico Lucas Lima foi pura simpatia e empolga- ção, durante a performance.A cada música do setlist, a cantora dava um show de interpretação e emoção. O pubico foi à loucura e ficou super comovido com a apresentação da diva brasileira. Donos de uma linda história de amor, César Tralli e Ticiane Pinheiro disseram o tão sonhado “sim”, ainda no último sábado (2), em uma ceri- mônia super caprichada, linda, cheia de alegria e marcada pela emoção, realizada em Campos do Jordão, interior de São Paulo. Como não podia deixar de ser, diversos famosos fizeram questão de aproveitar o fim de semana para prestigiar a união do casal.Depois de muito mistério, envolvendo seu vestido de noiva, a apresenta- dora do Hoje em Dia, da Record TV, brilhou em seu grande dia, com um modelo com mangas e todo cheio de detalhes em renda e transparen- tes, elabora- do por Lethi- cia Bronstein. JORNAL CORREIO DO SUL Segunda-Feira, 4 de Dezembro de 2017
  • 9. 9Ecologia Jornal Correio do Sul Segunda-Feira, 4 de Dezembro de 2017 Natureza Plantas protegem trechos da Rocinha da erosão ‘Praia Limpa’ retira entulhos de orla Os taludes resultantes das obras de implantação e pavimentaçãodaBR-285/RS/ SCdevemserestabilizadosde maneira eficiente para evitar a erosão e possíveis escorrega- mentos. Atualmente, as prin- cipais medidas de proteção realizadas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) no seg- mento catarinense, em Timbé do Sul, são o tratamento das superfícies com cobertura vegetal e a instalação de dis- positivos de drenagem das águas pluviais. A equipe de supervisão ambiental (STE S.A.) monitora todo o pro- cesso por meio do Programa de Monitoramento e Controle de Processos Erosivos e de Contenção de Instabilidades de Encostas e Taludes e do Programa de Recuperação de Áreas Degradadas e Passivos Ambientais. Os taludes podem ser de corte e de aterro. Os de corte seformamquandoasencostas são escavadas ou detonadas, já os de aterro são oriundos da deposição de material. No trecho de serra, o Consórcio responsável pelas obras exe- cuta a revegetação dos taludes já conformados através da hidrossemeadura nos cortes, técnica que se vale da apli- cação de uma solução com sementes, insumos e outros aditivos. Lançada por um jato de alta pressão, essa massa forma uma camada que, além de fixar as sementes e demais componentes, funciona como um escudo contra a ação das intempéries. Já nos taludes de aterro a previsão é o uso de placas de grama. Técnicos da Gestora Ambiental atuam de forma a constatar eventuais pro- cessos erosivos em taludes sem tratamento, bem como o monitoramento daqueles que receberam medidas de prote- ção. Segundo o especialista ambiental Francisco Feiten, “asatividadesdeestabilização dos taludes devem ocorrer tão logo os mesmos estejam conformados, visando mi- nimizar impactos negativos ocasionados, principalmente, pela chuva e pelo escoamento superficial das águas.” A manhã de sábado, foidemobilização em prol do meio ambiente. Muitas pessoas par- ticiparam do mutirão ‘Praia Limpa’emBalneárioArroiodo Silva.Aação foi realizada pela prefeitura que mobilizou todas assecretariasmunicipais,além de contar com o importante envolvimento da comunidade. Os participantes se reuni- ram às 7h da manhã na praça central e foram divididos em dois grandes grupos que reali- zaram a retirada de lixo e entu- lhos ao longo da orla nos lados sul e norte. No percurso foram encontrados muitos restos de construção, além de madeira, garrafas, latas, plásticos e até mesmo móveis. A iniciativa foi promovi- da com o intuito de retirar da natureza o que não pertence à ela, bem como despertar a conscientização ambiental. “Ações como esta são im- portantes para conscientizar as pessoas. Acho que cada um tem que fazer a sua parte. Quem suja tem também que limpar, tem que ter consciên- cia disso”, ressaltou Aderilde Madalena, que mora no bairro JardimAtlântico e foi uma das Timbé do Sul Arroio do Silva União e parceria fizeram da praia um lugar limpo e ainda mais bonito primeiras a chegar no mutirão, fazendo questão de contribuir com o meio ambiente. Duranteaação,asecretaria deobrasdeusuportecomágua, sacos para lixo, protetor solar e caminhõesqueacompanharam pararetirarosentulhosmaiores. O mutirão foi considerado um sucesso pela grande mobiliza- ção que contou, inclusive, com aparticipaçãodosjovensprote- tores ambientais do município. “Agradecemos cada um que se mobilizou e esteve pre- sente no mutirão. Reforçamos que o lixo deve ser jogado no lixo, não no chão e muito menos na beira da praia. Pre- Em alguns pontos susce- tíveis à erosão está sendo rea- lizada a contenção da encosta pormeiodemurosdepedraar- rumada,métodoqueaproveita omaterialrochosoproveniente das escavações. Já a execu- ção da drenagem superficial ocorre tanto na serra quanto no contorno de Timbé do Sul, com destaque para instalação devaletasdeproteçãodecorte e o seu respectivo enleiva- mento com placas de grama. Há ainda outros dispositivos comosarjetas,dissipadoresde energia e descidas d’água que complementam o sistema de drenagem superficial. O obje- tivo dos mesmos é interceptar e conduzir as águas de forma a resguardar a segurança e a estabilidade da rodovia. cisamos fazer a nossa parte”, frisou o prefeito Juscelino da Silva Guimarães, o Mineiro. Novos mutirões deverão ser realizados pelaAdministra- çãoMunicipalemparceriacom as comunidades interessadas que não foram beneficiadas com esta ação. Nesta tem- porada um maior número de lixeiras serão distribuídas ao longo da orla.
  • 10. 10 PublicidadeJornal Correio do Sul Segunda-Feira, 4 de Dezembro de 2017
  • 11. 11Segurança Jornal Correio do Sul Segunda-Feira, 4 de Dezembro de 2017 História Repetida A entrada de um jovem no mundo do crime D epois de idas e vin- das, foi preso pela P o l í c i a Civil de Sombrio na metade desteano,AlanHonório,de18 anos, capturado em Balneário Rincão onde estava escondido junto de sua companheira. O rapaz teria sido liberado in- devidamente de um abrigo de menores do município de Cri- ciúma,ondeestavaapreendido peloenvolvimentonamortede Carlos Vieira Valentin, de 45 anos. Ainda pesa sobre Alan as acusações de assassinato, ocultação de cadáver e furto. Nesta matéria, caro leitor, você verá um resumo das his- tórias de criminalidade. Quase todas são parecidas, mas em cada uma, há um momento crucial em que o menor de Abordamos a história de Alan, na foto sendo apreendido, como a de tantos jovens que entram no mundo do crime idade fez uma escolha errada, algo que impactará para sem- pre sua vida e de suas vítimas. Ao observar a quantidade de menores que estão nesse mundo obscuro do crime, a reportagem resolveu contar a história de Alan para ilustrar a de tantos outros. No dia 16 maio, o jovem completou 18 anos, e já não escapa mais im- pune de seus atos criminosos. A família de Alan veio morar no ano 2000 em Bal- neário Gaivota, onde busca- va iniciar uma vida melhor. Ali ganharam um terreno da prefeitura e puderam colocar uma casa de madeira que foi reformada. Nesse tempo, o pai de Alan se envolveu em pro- blemas com a Justiça, abando- nando a família e fugindo para o Rio Grande do Sul. Segundo relatos de pes- soas que conviveram com o rapaz, Alan desde muito novo era trabalhador, e che- gava a faltar à escola para ajudar nas carroças de Balne- ário Gaivota, puxando areia e entulho. Desde pequeno conseguia fazer seu próprio dinheiro, e segundo conta seu padrasto,ajudava em casa. O tempo foi passando e o rapaz foi crescendo. Ali começaram os problemas. Alan começou e se enturmar com más companhias e se envolver em pequenos deli- tos quando ainda menor de idade, entre eles o furto de um porco, que na época foi morto por ele, então com 12 anos, e seus comparsas. Segundo professores e funcionários da Escola Darcy Ribeiro, apesar de faltar mui- to às aulas, e trocar de escola periodicamente indo para o Rio Grande do Sul e voltan- do, o rapaz nunca levou uma suspensão e nem se envolveu Balneário Gaivota A família O criminoso em algo que chamou atenção, sendo considerado pelos pro- fissionais da instituição como muito trabalhador. Em conversa com poli- ciais que conhecem a história, eles explicaram que quando Alan começou a andar com o outro menor que participou da morte de Carlos, já não morava mais com a mãe. Vivendo na casa de conhe- cidos, mostrava uma forte inclinação para a criminali- dade, realizando pequenos delitos. Tal comportamento chegou ao conhecimento do Poder Judiciário da comarca de Sombrio, que vendo que o adolescente já estava em zona de risco, o encaminhou para o EJA (Educação de Jovens e Adultos). Alan fre- quentou apenas duas aulas e também foi indicado para o curso profissionalizante de informática oferecido por um programa instituído pelo Judiciário. Segundo relatos, nessa época o jovem surpre- endeu, pois estava dedicado ao curso. Após a formatura, conseguiu uma vaga para trabalhar na prefeitura de Balneário Gaivota, onde comparecia todos os dia bem arrumando e parecendo estar tendo uma vida normal. No entanto, a fase tran- quila durou pouco tempo. Em determinado momento, Alan não quis mais ficar no traba- lho e a assistência social do município, que conhecia sua trajetória, o monitorava à dis- tância, auxiliando a família. A mãe de Alan preferiu não se manifestar, deixando seu atual esposo, um pin- tor, relatar a convivência da família. O homem disse que o enteado era tranquilo e trabalhador, e que devido às más companhias, acabou se envolvendo em proble- mas com a polícia, mas que dentro de casa seria um bom rapaz. Alan tem seis irmãos, e um deles foi preso no mês de maio no assalto em um despachante no município de Ermo. Seu pai está foragido. O irmão mais velho mora em Balneário Gaivota e não tem problemas com a lei, traba- lha, tem três filhos e muitas vezes era quem ia buscar o irmão, então menor, na de- legacia.Alan ainda tem mais três irmãos, sendo que dois moram com sua mãe, e uma vive em sua cidade natal. Alan entrou cada vez mais no mundo do crime, sendo apreendido várias vezes com drogas e por furtos.Após investigação,aPolíciaCivilde Sombrio chegou até ele como um dos autores do assassinato de Carlos Vieira Valentin, de 45 anos, que desapareceu no dia 18 de dezembro de 2016. Segundo as investigações, Alan ainda teria esquartejado e escondido os restos mortais da vítima. O crime teria sido motivado pelo não pagamen- to do serviço da garota de programa Cheron Oliveira, que pediu na época para Alan e um outro rapaz fazerem a cobrança. Os dois mataram Carlos, esconderam o corpo, roubaram o carro, levando- -o para o Rio Grande do Sul onde venderam e dividiram o dinheiro. Alan acabou sendo capturado ainda menor de ida- de após um assalto com troca de tiros com a polícia em Iça- ra.Acredita-se que devido aos crimes e negociações, Alan já tenha relação com facções criminosas de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul. Os finais de histórias como esta, acabam quase sempre sendo os mesmos. Ainda quase me- ninos, muitos terminam mor- tos ou condenados a uma vida atrás das grades, envolvidos com drogas e tendo inimigos perigosos no mundo do crime. Finais que precisam ser mu- dados, em uma ação conjunta da sociedade, da Justiça e de políticas públicas.
  • 12. 12 PublicidadeJornal Correio do Sul Segunda-Feira, 4 de Dezembro de 2017
  • 13. P arece que foi ontem, mas a pastelaria de Hélio Rocho de Matos, ou simplesmente Hélio da Pastelaria, já está quase com 30 anos. Para ele, foi um caminho longo e cheio de apren- dizado, para Sombrio, o lugar é um marco no centro da cidade. Hélio é todo coração, apaixonado pela esposa Maria Helena de Matos e os três filhos, carinhoso com o próximo e nutre um amor incondicional pela cidade onde nasceu. Histórias, são várias. Ele já foi bombeiro comunitário, membro de associações, foi presidente do HDJ, ajudou times no setor de esporte, sempre atuante na sociedade sombriense. Para Hélio, não basta existir. É preciso viver. JORNAL CORREIO DO SUL Segunda-Feira, 4 de Dezembro de 2017 ALISSANDRA PAGANINI ali@grupocorreiodosul.com.br facebook.com/alissandrapaganini EmpresarialEmpresarial Concom Sou natural do bairro Concom, a Boa Esperança. Nasci e me criei aqui. Estive seis anos no Rio Grande do Sul, mas voltei para cá. Admiro muito os amigos que temos aqui. Infância Arteiro, talvez, eu não era. Eu era meio chorão, dengoso. Mas tive uma infância boa. Eu era um pouco tímido, não era muito de me arriscar, tinha os pés no chão, era mais reservado. Somos em dez irmãos, mais um falecido. Fiz só o primário e me arrependo um pouco disso. Eu sempre digo: Nunca deixe de estudar. Na vida lá na frente, se não tiver a formação, faz falta. Pastelaria Em uma troca de ideias em família, em 1988, tivemos a iniciativa de abrir a pastelaria. A gente já fazia alguma coisa dentro da família, mas quisemos abrir para outras pessoas. A primeira encomenda foi para a inauguração do Banco do Brasil. Na mesma semana, a Soninha, que foi uma incenti- vadora da pastelaria. E seguimos o caminho. Fomos abrindo espaço, com salgadinho, tortas, tudo para aniversários, linhas de congelados, além de ter pronto para o cliente com a lanchonete, a partir de 1995 ou 1996. A receita é caseira, buscamos de mãe e sogra. E hoje continua o mesmo pro- cesso, pensando em ampliar um pouco mais, buscando parceria com clientes que são amigos, e passaram a nos incentivar cada vez mais. Filhos Temos um grupo de amigos que trabalha na pastelaria em prol do lugar. Hoje eu me afastei um pouco, e a pastelaria está com os filhos, Gierre, Gisele e Felipe. Os filhos com- pletam esse quadro da gente. É engraçado que na família sempre tem um tropeço, mas é um jeito de Deus nos ensinar a abraçar mais os filhos, os amigos. De geração em geração De todo um processo, que começou comigo fazendo o pri- meiro aninho dos filhos, hoje faço para a geração seguinte e estou quase fazendo para os filhos dessa geração. Hoje estamos descansando, eu e a minha esposa.Apareço para matar a saudade dos amigos, das pessoas que participam do dia a dia da pastelaria. Social Meorgulha,mesintofelizemterfeitoestaparte.Meucoração me manda muito, e a gente faz com carinho.As pessoas têm um carinho por nós, e eu acho muito importante você dar atenção, ajudar as pessoas. Tenho muito mais a agradecer aos amigos e as pessoas da região e da minha cidade. Amor Casei emTubarão. Encontrei com ela em Estância Velha, no Rio Grande do Sul, mas ela vivia em Tubarão. Temos uma história bonita, e agradeço sempre a visão que ela me mos- tra da vida. Eu tenho que agradecer muito a Maria Helena. Sucesso com sabor de afeto e trabalho Fé Sempre busque a Deus. Ele sempre te ajuda. Ele nos dá a família para nos ajudar na caminhada, completar a vida. Netos O sétimo tá a caminho. Fazem a gente ficar mais bobo, mais babão.Osnetosvêmcompletaravidadagente.Opouquinho mais de tempo que a gente tem, dedica a eles. Estamos sempre na correria com os filhos, já para os netos já estamos nos aposentando, e estamos mais domados com a vida. Sombrio Hoje Sombrio, para mim, é só agradecer. Eu sempre penso por Sombrio, independente da sigla partidária. A política é engraçada. Você precisa dela para fazer uma caminhada, mas quando você conquista, tem que ter carinho pelas pes- soas, o respeito. Isso me fez ter grande amigos. Eu sou do partido de Sombrio.
  • 14. 14 PublicidadeJornal Correio do Sul Segunda-Feira, 4 de Dezembro de 2017 14 PublicidadeJornal Correio do Sul Sexta-Feira, 25 de Agosto de 2017
  • 15. 15Geral Jornal Correio do Sul Segunda-Feira, 4 de Dezembro de 2017 Fatalidade Tentativa de assalto é frustrada após troca de tiros Homem morre após colisão Nanoitedestaquinta-feira, dia 30, por volta das 22 horas a Polícia Civil deArroio do Silva recebeu a informação de que havia ocorrido uma tentativa de roubo, em uma residência, no Centro do balneário, com o objetivodesubtrairumacamio- nete Toyota Hilux. As vítimas, um casal de veranistas do Rio Grande do Sul,chegaramemcasaequando amulherdesceudoveículopara abriroportão,umPrisma,decor branca, deixou dois indivíduos armados em frente à casa. Na posse de uma pistola, um deles colocou a arma na cabeça do homem, que estava dentro do carro, exigindo o veículo. Ohomementregouascha- ves, entretanto o assaltante que assumiu a direção do veículo não conseguiu manobrar a ca- mionete, por ser de câmbio automático, as vítimas gritaram por socorro e neste momento, umvizinho,funcionáriodosetor deSegurançaPública,observou que se tratava de um assalto. De posse de uma pistola, o vizinho deu voz de parada aos crimino- sos e neste momento iniciou-se uma troca de tiros. Os marginais, após a ten- tativa frustrada de roubar a Hilux, fugiram a pé, sendo que um deles foi atingido com um disparo, provavelmente na região da nádega. Testemunhas visualizaramomomentoemque o comparsa resgatou a dupla, com o mesmo veículo em que deixou os colegas em frente à residência das vítimas. Os delegados Marlon Bos- se, coordenador da Central de Plantão Policial (CPP) e da Delegacia de Polícia Municipal (Dpmu) de Arroio do Silva e Vandilson Moreira da Silva, coordenador da 1ª Delegacia de Polícia de Araranguá (DP) e plantonista na noite dos fatos, assimquesouberamdatentativa de assalto, se dirigiram para o local dos fatos e colheram informações preliminares junto às vítimas e testemunhas. A Polícia Militar também se fez presente no local da ocorrência e, de acordo com o delegado Marlon, prestou apoio funda- mentalparaalocalizaçãodove- ículo suspeito, o qual estaria na favela do Ucca, emAraranguá. Os policiais se deslocaram para Araranguá e encontraram na Favela do Ucca, o veículo utilizado no crime, sendo que esteestavacomomotoraqueci- do.Foramrealizadasdiligências investigatórias, localizando-se a residência do proprietário do carro,emconversacomaesposa dele, os policiais descobriram que o dono do Prisma havia sa- ídoeretornadohápoucotempo. A mulher entregou a chave do veículo para os delegados e em seu interior foram encontradas N a tarde de do- mingo, a colisão lateral entre um táxi e uma moto tirou a vida deAndréScheffer,de39anos, morador de Balneário Gai- vota. O acidente ocorreu por volta das 16 horas, naAvenida Beira Mar, em frente ao res- taurante Onda Azul (ponto de referência), em Balneário Gaivota. Segundo informações, a vítima pilotava sua mo- tocicleta Honda, de grande porte, seguindo sentido norte na avenida, quando o táxi que estava na frente da moto também no sentido norte, na tentativa de fazer um retorno para acessar a pista no sentido contrário, provocou a colisão. André colidiu na porta do motorista, sendo socorrido em estado grave pelo Corpo de Bombeiros e levado ao hospital Dom Joaquim de Sombrio, onde não resistiu. O corpo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML) de Araranguá, onde será necropsiado e posterior- mente liberado para a família. APolíciaMilitar,PolíciaCivil e IGP estiveram no local do acidente que reuniu centenas de curiosos. Nas redes sociais, mui- tas pessoas lamentaram a tragédia, chamaram atenção para as altas velocidade e imprudência no trânsito. Em menos de um mês, foram três Balneário Gaivota Gislaine Fontoura Arroio/Araranguá marcas de sangue. Novas dili- gências foram empreendidas e dentro de um barraco, ainda na Favela do Ucca, foi encontrado o suspeito, escondido embaixo da cama de uma criança. Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao proprietário do Prisma, em ato contínuo novas diligências foram realizadas, com apoio da PM e de agentes daDivisãodeInvestigaçãoCri- minal(DIC)deAraranguá. Em uma residência, no bairro Pau Pega, em Araranguá, foi loca- lizado outro suspeito de estar envolvido no crime, o qual, supostamente, tentou dirigir a camionete, ainda foram encon- tradas várias marcas de sangue e roupas sujas de sangue na casa, além de outros indícios do elemento, que foi baleado no local dos fatos e ainda não foi localizado. Suspeitos e testemunhas foram encaminhados à CPP de Araranguá e os dois homens, ambos de 21 anos, foram autu- adosemflagrantepelodelegado Vandilson, pelos crimes de roubo tentado, tentativa de ho- micídioeassociaçãocriminosa. Odelegadoplantonistatambém representoupelaprisãopreven- tiva dos marginais. Um adolescente, morador da Favela do Ucca, que escon- deu o proprietário do veículo em sua residência, foi autuado emflagrantepelapráticadeAto Infracional, análogo ao crime de favorecimento pessoal. O veículo utilizado no roubo foi apreendido e encaminhado para a perícia e, conforme o delegado Vandilson, a parti- cipação do Instituto Geral de Perícias (IGP), foi fundamental para confirmar que as manchas eram de sangue. Na tarde desta sexta-feira, o Poder Judiciário de Araranguá deferiu o pedido de prisão preventiva dos dois suspeitos de terem cometido o assalto. acidentes registrados com motos de grande porte na região.André tinha adquirido a motocicleta vermelha com a qual se acidentou, há poucos dias.
  • 16. 16 GeralJornal Correio do Sul Segunda-Feira, 4 de Dezembro de 2017 [PeloEstado] - A menos de um ano das próximas eleições gerais, quais as metas do TRE-SC para esse período? Antonio M. Rocha - O Planeja- mento Operacional para as Elei- ções de 2018 está em fase de revi- são e será aprovado ainda neste ano. Nele constam todas as ati- vidades e principais eventos das eleições, tanto na Sede do TRE -SC como nas Zonas Eleitorais, incluindo aspectos como a for- mação de equipes, capacitação, cadastro de eleitores, registro de candidatos, logística de urnas, votação, totalização, etc. As me- tas que constam em suas diretri- zes incluem, além das questões usuais relacionadas à segurança, transparência, economicidade e celeridade, também a sustenta- bilidade, por meio da redução de uso e distribuição de materiais impressos, e o aumento da par- ticipação direta da comunidade na realização do pleito, com a ampliação das oportunidades de voluntariado. [PE] - Por que as eleições, neste momento do país, ganham ainda mais importância? Antonio M. Rocha - As eleições de 2018 ganham importância peculiar, diante do desastre que as ideias neoliberais de desmon- te do Estado (reduzindo-o para que a confiança, o emprego e o crescimento voltem) provoca- ram no Brasil nos últimos anos. Precisamos pensar um outro modelo para o Estado brasilei- ro. Faz-se necessário um am- plo debate, sério e consistente, quanto ao caminho que quere- mos tomar, sempre com o devi- do cuidado para que o discurso nacionalista, protecionista e populista — de direita ou de es- querda — não prevaleça, o que Nas eleições gerais de 2010 e de 2014, a Associação de Diários do Interior (ADI-SC) executou o Projeto Eleições para a cobertura do pleito. A parceria que se viu em alguns momentos das eleições de 2014, do Grupo RIC com a ADI-SC, ganhou o reforço do SC Portais para 2018. Os planos, que envolvem matérias especiais, pesquisas eleitorais e reportagens, foram apresentados no dia 21 de novembro ao desembargador Antonio do Rêgo Monteiro Rocha, presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SC), que aprovou e elogiou a iniciativa. Afinal, o pool de comunicação vai levar notícias confiáveis a todos os catarinenses. A primeira prévia eleitoral, realizada pelo Instituto Mapa, já foi divulgada pelo conjunto de veículos. O mesmo acontece com esta entrevista exclusiva, que será publicada simultaneamente pelos veículos do Grupo RIC, pela rede ADI-SC de impressos e pelo SC Portais. Nela, o desembargador fala de suas expectativas, desfaz boatos que se propagam nas mídias digitais e chama os eleitores à consciência. Natural de Teresina (PI), Antonio M. Rocha é graduado em Ciências Jurídicas e Sociais (PUC-PR) e pós-graduado em Ciências Jurídicas (UFCS). Ingressou na magistratura como juiz substituto em 1980, foi empossado como juiz efetivo em 1999 e eleito desembargador do Tribunal de Justiça em 2002. Exerceu, ainda, a suplência deste TRE, na vaga de Desembargador, no período de fevereiro de 2014 a fevereiro de 2016. Foi vice- presidente e corregedor regional eleitoral da Justiça Eleitoral catarinense no período de março de 2016 a março de 2017, quando tomou posse como presidente. pode eventualmente acontecer, considerando a evidente tendên- cia que já se percebe na Europa e nos Estados Unidos. [PE] - Que papel a imprensa deve exercer na cobertura do maior evento democrático do país? Antonio M. Rocha - Consideran- do o atual momento político do nosso país, a imprensa, mais do que nunca, deve exercer seu papel social de fiscalização do pleito, contribuindo para visibilidade e transparência das campanhas eleitorais. Nesse sentido, são lou- váveis as iniciativas como as da Associação de Diários do Interior de Santa Catarina e do Grupo RIC, que já disponibilizaram ao TRE-SC todas as suas plata- formas de mídia para dar ampla divulgação ao processo eleitoral. [PE] - Qual a sua maior preocu- pação com o processo eleitoral de 2018 em Santa Catarina? Antonio M. Rocha - Não há preo- cupação em especial, mas apenas a expectativa de que a Justiça Eleitoral e os demais órgãos de fiscalização do processo eleitoral possam avançar na apuração dos gastos de campanha, de modo a impedir a interferência do poder econômico nas eleições. [PE] - As denúncias de corrup- ção podem levar a um maior ín- dice de votos brancos, nulos e abstenções? Ou, ao contrário, a população tende a participar mais e escolher melhor seus re- presentantes? Antonio M. Rocha - É o que se espera: que o conhecimento e a divulgação dessas práticas nada republicanas, que têm crescido cada vez mais e se institucionali- zado, levem a uma séria reflexão do eleitor quanto à importância do seu papel no regime democrá- tico. Porém, o número de votos nulos, brancos e abstenções já cresceu no último pleito e penso ser uma tendência, a partir do descrédito do eleitorado no siste- ma eleitoral, nos políticos e nos partidos, a sua grande maioria envolvida com essas quadrilhas que assaltam há anos o povo bra- sileiro. As estratégias para esti- mular o eleitor a participar são desenvolvidas e conduzidas com o auxílio da Escola Judiciária Eleitoral de Santa Catarina, a exemplo das Ações de Cidadania, como a campanha “A Vitória da Democracia”, que relacionou as Eleições de 2016 a temas de di- reitos humanos, cidadania e po- lítica, mediante a exposição de vídeos de divulgação e de apre- sentação, distribuição de carti- lha impressa e na versão eletrôni- ca, além da divulgação nos meios de comunicação e redes sociais. [PE] - Há boatos que propagam a ideia de que o voto nulo em um determinado percentual pode anular as eleições. Qual a verdade sobre isso? Antonio M. Rocha - A confusão entre voto nulo e nulidade da eleição normalmente acontece em razão do trecho do artigo 224, que diz que: Se a nulidade atingir a mais de metade dos votos do País nas eleições presidenciais, do Estado nas eleições federais e estaduais ou do Município nas eleições municipais, julgar-se-ão prejudicadas as demais votações e o Tribunal marcará dia para nova eleição dentro do prazo de 20 (vin- te) a 40 (quarenta) dias. No entanto, os votos nulos (do eleitor, na urna) não são ca- pazes de anular uma eleição, pois não são considerados válidos. Votos nulos e brancos são excluí- dos do cálculo que dá o resultado do pleito, ou seja, não são con- siderados pela Justiça Eleitoral na hora da totalização. E tam- bém não contam para nenhum candidato. Dessa forma, mesmo que mais de 50% dos eleitores votem nulo ou branco a eleição não será anulada, pois o resul- tado será definido pelo restante dos eleitores que efetivamente votaram, que escolheram al- gum candidato. Por outro lado, há, de fato, algumas situações em que a Justiça Eleitoral pode anular uma eleição, mas isso só ocorre se a própria Justiça Elei- toral considerar nulos mais de 50% dos votos — excluindo os nulos (do eleitor na urna) e os em branco —, nos casos em que, por exemplo, o registro do can- didato que obteve mais de 50% dos votos é cassado, hipótese em que não poderia ele, a rigor, estar concorrendo. Nesse contexto, a Justiça Eleitoral anulará todos os votos por esse candidato re- cebidos e convocará a população para nova eleição. Contudo esses votos seriam anulados depois da eleição, por decisão da Justiça Eleitoral, o que é diferente de quando o cidadão decide votar nulo ou o faz por engano. [PE] - O país passa por um mo- mento difícil, com restrição de gastos e investimentos, isso pode prejudicar o processo eleitoral de alguma forma? Antonio M. Rocha - O TRE-SC realiza o planejamento orçamen- tário das Eleições a partir do mapeamento das atividades a serem desenvolvidas ao longo do processo. Diante das restrições de- correntes do momento que o país atravessa, foram desenvolvidas so- luções para a realização das Elei- ções a um menor custo, sem perda de qualidade, a exemplo do que ocorreu em 2016, quando houve um corte de 32% no orçamento. [PE] - O TSE tem feito recomen- dações aos TREs? O que o senhor pode destacar? Antonio M. Rocha - O TSE é o órgão central do orçamento da Justiça Eleitoral, competindo- lhe demandar justificadamente ao Poder Executivo os valores que comporão o Projeto de Lei Orçamentária Anual. Para tan- to, a Corte Superior realiza um trabalho coordenado junto aos tribunais regionais, em que são discutidos problemas comuns e compartilhadas soluções que possam ser replicadas nacional- mente, visando à otimização do uso dos recursos. [PE] - Que mensagem o senhor quer transmitir aos eleitores? Antonio M. Rocha - A mensagem que gostaria de deixar para os eleitores é a de que eles estejam seguros de que a Justiça Eleito- ral de Santa Catarina — assim como em todo o Brasil —, se- guindo a sua tradição mais cara, conduzirá o processo eleitoral em nosso Estado para concluir a apuração com sucesso, traduzida na rapidez, eficiência, segurança e, principalmente, na consistên- cia dos dados, para refletir, com lisura, a vontade popular deposi- tada nas urnas. Que o eleitor também faça a sua parte, escolhendo crite- riosamente seus candidatos, rechaçando aqueles envolvidos em escândalos de corrupção, e, principalmente, que repense a cultura infelizmente tão enrai- zada, de venda ou troca de seu voto por benefícios individuais imediatos, em detrimento de toda a coletividade. “O eleitor deve escolher criteriosamente seus candidatos” Por Andréa Leonora redacao@peloestado.com.br ProjetoEleições2018
  • 17. 17Segurança JORNAL CORREIO DO SUL Segunda-Feira, 4 de Dezembro de 2017 Covardia PM prende foragido que deu nome errado para conseguir liberdade ConselhoTutelaredespachantesãoarrombados Boxeador ‘Casca’ golpeia casal e mata uma das vítimas Na tarde de sexta-feira, dia1º,aPolíciaMilitardeMa- racajáprendeuumforagidoda Justiça. O marginal estava fo- ragido do presídio deTubarão e foi preso em Criciúma, com drogasearmas.Comojádevia àJustiça,deuonomedoirmão aos policiais e ao Judiciário, sendo liberado em audiência de custódia. Após descobrirem que o criminoso apresentou identi- dade falsa, a PM de Maracajá o encontrou transitando tran- As conselheiras tutelares de Sombrio foram avisadas na manhã de domingo através de funcionários do despachante que funciona em anexo ao conselho, que a casa onde ficam os dois escritórios foi arrombada. Segundo as conselheiras, os bandidos teriam acessado a casa pelo Conselho Tutelar, onde vasculharam gavetas de todas as salas fazendo uma grande bagunça, e posterior- quilamente próximo à igreja matrizdomunicípioeocaptu- rou. O foragido foi conduzido mente como tinha um porta lacrada que dava acesso ao despachante, os bandidos arrombaram a abertura, che- gando ao estabele- cimento, buscando alguma coisa que pudesse ser furtada. O despachante tam- bém foi revirado. Após averigua- ção, foi visto que apenas R$ 50,00 que estavam no escritório da empresa foram furtados.Tambémfoicogitada a possibilidade dos bandidos para o presídio SantaAugusta, de Criciúma, onde deve ficar até nova decisão judicial. terem invadido o local para furtar documentos do trabalho do Conselho ou até mesmo atas de documentos de carro em branco. As conselheiras relataram que fica- ram muito preocu- padas, até porque a maioria dos produtos que se tem no con- selho são frutos de doação, e correram o risco de serem furtados já que a sala do con- selhotemasegurançabastante vulnerável. U m homicídio e uma tentativa de homicídio foram registrados nos primeiros mi- nutos da madrugada deste do- mingo. O autor dos crimes é o boxeadorClaudineiRodrigues Lacerda, o ‘Casca’. Conforme os órgãos de segurança pública, por volta da meia noite, o boxeador ‘Casca’ foi até a casa da ex- -mulher de 25 anos, que mora na rua Paulo Hahn, no bairro Mato Alto em Araranguá. Querendo conversar, começou a bater nas janelas e porta. A ex-mulher que tem medida protetiva contra o agressor, entrou em contato com a tia, a qual tinha como mãe, pedindo socorro. Desesperada, Elenita Rosa Rodrigues, de 46 anos, mais conhecida como ‘Lita’, ligou para a Polícia Militar informando que o ex-marido de sua ‘filha’ estava na casa fazendo ameaças. Elenita e o companheiro Luciano da Sil- va, de 43 ano,s que moram no bairro Santa Bárbara, próximo ao Aravest (ponto de referên- cia), foram ao local tentar ajudar e quando chegaram e tentaram intervir, foram for- temente agredidos por Casca, que estava com uma barra de ferro. Após agredir as vítimas, as deixando em estado grave, Casca fugiu em um Citroën de cor prata, levando consigo o objeto usado nas agressões. Quando a PM chegou ao lo- cal, percebeu que as vítimas estavam gravemente feridas e acionou o Corpo de Bombei- ros para socorrer o casal. Elenita foi encontrada deitadaemviapública,incons- ciente e apresentando diversas lesões na cabeça e rosto. Já Luciano estava sentado na rua, consciente, sinais vitais alte- rados, apresentando diversos ferimentos na cabeça, rosto e fratura nos braços. As vítimas foram socor- ridas e encaminhadas ao Hos- pital Regional de Araranguá. Elenita não resistiu aos fe- rimentos e morreu minutos depois, na unidade hospitalar. Luciano continua internado em estado grave. Apesar das incessantes buscas realizadas pela Polícia Militar,atéomomentooboxe- ador não foi localizado. Os crimes de homicídio e tentativa de homicídio passam a ser investigados pela Polícia Civil, que não registrava um homicídio na cidade, há três meses. Fonte: Contra o Crime Araranguá Gislaine Fontoura Maracajá Sombrio *PARCELAS À PARTIR DE R$458,89 CONSÓRCIOS PARA IMÓVEIS INVISTA NOS SEUS PROJETOS DE FORMA ECONÔMICAE SEGURA www.consorciomenegalli.com.br Conhecido no esporte, Casca agora está foragido
  • 18. 18 Publicações LegaisJornal Correio do Sul Segunda-Feira, 4 de Dezembro de 2017 EDITAL DE INTIMAÇÃO ARLINDO EDÍLIO DA ROSA, Titular do TABELIONATO DE NOTAS E PROTESTOS DE TÍTULOS desta Comarca de Sombrio, situado na Av. Nereu Ramos, 1300 - Fone (48) 3533-0318 - CEP 88960-000, atendimento das 08:00h - 12:00h e 14:00h - 18:00h, faz saber na forma da Lei aos que o presente EDITAL virem, que se encontram nesse tabelionato para serem protestados, decorrido o prazo legal de 03 (três) dias úteis, por não terem sido encontrados nos endereços fornecidos, ou por se recusarem a tomar conhecimento, os títulos cujos responsáveis estão abaixo discriminados. Ficam esclarecidos, também, de que nesse mesmo prazo poderão apresentar resposta escrita, que não impedirá a lavratura do protesto. PROT. APRESENTANTE / CNPJ DEVEDOR / CNPJ Prot: 163704; Devedor(es): ALISSON MACHADO ANTONIO 04840986916 - 28.492.146/0001-10, End: Av. Nereu Ramos, 1375, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: PERFORMANCE TRADING IMPORTACAO EXPORTACA; Sac: PERFORMANCE TRADING IMPORTACAO EXPORTACA; Tit: NF 065401A ; Apr: BANCO BRADESCO S A; VEN: 27/11/2017; Esp: Duplicata Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 1.219,51 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 56,58. Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 33,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 56,58. Prot: 163567; Devedor(es): CARLOSADRIANO RECH - 699.974.700- 87, End: Rua Oceano, 937, Balneario Gaivota;Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: GABRIELA FERREIRA CLEZAR 06032938913; Sac: GABRIELA FERREIRA CLEZAR 06032938913; Tit: 421501 ; Apr: BANCO COOPERATIVO DO BRASIL S.A.; VEN: 10/10/2017; Esp: Duplicata de Prestação de Serviços por Indicação Comprovante ESTADO DE SANTA CATARINA MUNÍPIO DE TRUVO Aviso de Licitação Processo de Licitação nº 48/2017 - Pregão Presencial nº 48/2017 Objeto:FornecimentodeMaterialdeLimpezaeHigiene,GásdeCozinha e Gêneros Alimentícios para rede Municipal de Educação. Entrega dos envelopes: até as 07h45min do dia 15/12/2017 Abertura da Sessão: á partir das 08:00 horas do dia 15/12/2017 Informações e cópia do edital: Departamento de Compras e Licitações da Prefeitura Municipal deTurvo, sito a Rua Nereu Ramos, 609 – Centro – Turvo/SC, no horário das 07:30 as 11:30 e das 13:30 as 17:00 horas em dias úteis. Fone (48) 3525-8100. Turvo – SC – 01 de dezembro de 2017. Nestor Reco Pregoeiro ESTADO DE SANTA CATARINA MUNÍPIO DE TRUVO DECRETO Nº 103 DE 01 DE DEZEMBRO DE 2017 “Abre Crédito Suplementar ao Orçamento Vigente da Prefeitura Municipal e dá outras providências”. MOACIR FRANCISCO TEIXEIRA, Prefeito Municipal de São João do Sul, Estado de Santa Catarina, no uso de suas atribuições legais e de acordo com o Art. 6º da Lei nº 1796 de 12 de dezembro 2016 (Lei Orçamentária); DECRETA: Art. 1º - Fica determinada a abertura de crédito adicional suplementar no valor de R$ 62.000,00 (sessenta e dois mil reais), para cobertura de dotações do orçamento vigente da Prefeitura Municipal, conforme seguem: 0501 – SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO 12.306.0128.2035 – Alimentação Escolar 3.3.90.00.00.00.00.00.3080 – Aplicações Diretas.........R$ 20.000,00 0901 – SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E SERVIÇOS 15.452.0124.2010 – Manutenção da Iluminação Pública 3.3.90.00.00.00.00.00.3080 –Aplicações Diretas...............R$ 30.000,00 09 – SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E SERVIÇOS 02 – FUNDO MUNICIPAL DE SANEAMENTO BÁSICO 17.512.0135.2058 – Manutenção do Fundo Municipal de Saneamento Básico 3.3.90.00.00.00.00.00.3080 –Aplicações Diretas................R$ 12.000,00 TOTAL..............................................R$ 62.000,00 Art. 2º - Para cobertura das dotações do artigo primeiro será utilizado recurso ordinário de superávit financeiro, verificado no exercício anterior. Art. 3º - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Gabinete do Prefeito Municipal de São João do Sul, 01 de dezembro de 2017. MOACIR FRANCISCO TEIXEIRA Prefeito Municipal Publicado e registrado nesta Secretaria ao primeiro dia do mês de dezembro do ano de dois mil e dezessete. TAISE DOS SANTOS ALVES Secretária Municipal de Administração e Finanças ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE BALNEÁRIO ARROIO DO SILVA Decreto n° 170, de 30 de novembro de 2017. Estabelece NOVO HORÁRIO DE TRABALHO E EXPEDIENTE nOS ÓRGÃOSINTEGRANTESDAADMINISTRAÇÃODIRETAEINDIRETA do Município DE BALNEÁRIO ARROIO DO SILVA, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O Prefeito Municipal Juscelino da Silva Guimarães, no uso de suas atribuições legais conferidas no disposto dos Incisos I, XXII e XXVI do Artigo 58, da Lei Orgânica do Município, e CONSIDERANDO que compete ao Chefe do Poder Executivo dispor sobre a organização e funcionamento da administração municipal e ainda o direito aos Municípios de Legislar sobre assuntos de interesse local, nos termos do Inciso I, do Artigo 30 da Constituição Federal; CONSIDERANDO que aAdministração Pública rege-se, dentre outros, pelosprincípiosdalegalidade,impessoalidade,moralidade,publicidade e eficiência, conforme determina o Artigo 37, da Constituição Federal; CONSIDERANDOqueécompetênciadoChefedoExecutivoMunicipal regulamentar o horário de funcionamento das repartições públicas municipais, objetivando a garantia de prestação dos serviços públicos municipais e a promoção de um serviço diferenciado, com maior qualidade e agilidade. CONSIDERANDO que se encontra vigente o chamado Expediente em Regime Especial nas Repartições Públicas do Município de Balneário Arroio do Silva, fazendo-se necessária a readequação do Horário de Trabalho e Expediente nos Órgãos integrantes da Administração Direta e Indireta, pela proximidade do início da Temporada de Verão 2017/2018,hajavistaoaumentoconsideráveldademandapopulacional que necessita dos serviços municipais na alta temporada; CONSIDERANDOanecessidadedeadaptaçãodehoráriosalternativos para melhor atender os turistas e a populaçãoArroiosilvense, facilitando o acesso as repartições públicas durante o período matutino e vespertino; CONSIDERANDO finalmente, o evidente interesse público e necessidade administrativa, na questão, D E C R E T A: Art. 1º Fica estabelecido o Novo Horário de Trabalho e Expediente nos Órgão Públicos integrantes da Administração Direta e Indireta do Município de Balneário Arroio do Silva, no período de 04 de dezembro de 2017 a 05 de março de 2018, que funcionarão nos horários estabelecidos a seguir: SECRETARIAS HORÁRIOS ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS Das 8h às 12h e das 13h30min às 17h30min OBRAS, VIAÇÃO E SERVIÇOS URBANOS Das 7h às 11h e das 13h às 17h PLANEJAMENTO URBANO, IND. E COMÉRCIO Das 8h às 12h e das 13h30min às 17h30min EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTES Das 8h às 12h e das 13h às 17h DESENVOLVIMENTO SOCIAL Das 8h às 12h e das 13h às 17h TURISMO, PESCA, AGRIC. E MEIO AMBIENTE Das 8h às 12h e das 13h30min às 17h30min SAÚDE Setor Administrativo – Das 8h às 12h e das 13h às 17h Unid. de Saúde Paulo Lupinn – Das 7h às 19h Unid. de Saúde Marinho M. de Souza – Das 7h às 18h Unid. de Saúde Angelo Manoel Borges – Das 8h às 16h Unid. de Saúde Valter Oliveira – Das 7h30min às 16h30min Vigilância Sanitária – Das 8h às 12h e das 13h30min às 17h30min Vigilância Epidemiológica – Das 13h às 19h Art. 2º Excepcionalmente, em virtude do Recesso Escolar, fica estabelecido o Horário deAtendimentoAdministrativo da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes que funcionará de segunda a sexta-feira das 12h às 18h, no período compreendido de 18 de dezembro de 2017 a 05 de fevereiro de 2018. Art. 3º Ao Conselho Tutelar representado por seus Conselheiros fica estabelecido Regime de Plantão, a fim de garantir o funcionamento do Órgão em período integral observada e respeitada as normativas e diretrizes do Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA. Art. 4º É vedado aos Secretários e/ou Diretores atribuir jornada de trabalho diferenciada no âmbito de seus respectivos setores, que não estejam em consonância com as disposições deste Decreto. Art. 5ºApós o encerramento das atividades laborativas das respectivas repartições, deverá os servidores providenciar o desligamento de todos os equipamentos elétricos e eletrônicos utilizados no setor, sob pena de responsabilidade funcional. Parágrafoúnico.Duranteohoráriodeexpediente,osservidoresdeverão atender para o uso racional de energia elétrica, combustíveis, telefones e materiais de consumo em geral e a utilização da rede de internet somente para fins de interesse do Município. Art. 6ºASecretaria deAdministração e Finanças avaliará mensalmente o impacto das medidas ora adotadas sobre a efetiva observância na economia dos recursos públicos, bem como, sobre a eventual queda de produtividade e qualidade dos serviços públicos nas áreas alcançadas por este Decreto. Art. 7º O cumprimento do Novo Horário de Trabalho e Expediente de que trata oArtigo 1º, será comprovado mediante o Registro Obrigatório de Ponto Eletrônico nos seus respectivos Órgãos, o qual servirá inclusive para fins de fiscalização quanto a pontualidade e assiduidade do Servidor Público. Art. 8º A inobservância às regras dispostas no presente Decreto culminará ao Servidor infrator a incidência nas sanções impostas pelo Estatuto e o Regime Jurídico dos Servidores Públicos Municipais, por desrespeito ao dever funcional. Art. 9º Fica o Departamento de Pessoal encarregado de proceder às anotações que se façam necessárias ao cumprimento do presenteAto. Art. 10 Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, produzindo seus efeitos a partir de 04 de dezembro de 2017. Art. 11 Revogam-se as disposições em contrário, especialmente o Decreto Municipal nº 179, de 25 de novembro de 2016. Prefeitura Municipal de Balneário Arroio do Silva, em 30 de novembro de 2017. JUSCELINO DA SILVA GUIMARÃES Prefeito Municipal Registrado e Publicado o presente Decreto na Secretaria de Administração e Finanças, em 30 de novembro de 2017. FELIPE KELLER Secretário de Administração e Finanças de prestação dos serviços; Val: R$ 141,50 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 103,95.Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 50,65 - Condução R$ 36,80 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 103,95. Prot: 162658; Devedor(es): GEANDRO CARDOSO DA SILVA - 827.676.539-49, End:Av. Damásio Peres, 462, Santa Rosa do Sul;Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: HYGOR SILVEIRADASILVA; Sac: ; Tit: 0002605-19.2007.8.24.0069/02 ; Apr: KARINA SILVEIRA; VEN: 03/10/2017; Esp: titulo sentença judicial; Val: R$ 28.608,26 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 56,58.Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 33,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 56,58. Prot: 163667; Devedor(es): LUCIMAR DE MORAES - 030.366.519-00, End: Quinta Avenida, 1725, Balneario Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: CONTRA TEMPO MODAS LTDA - EPP; Sac: CONTRA TEMPO MODAS LTDA - EPP; Tit: 32316 ; Apr: FCDL; VEN: 08/11/2017; Esp: Nota Promissória; Val: R$ 888,03 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 84,68. Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 50,65 - Condução R$ 17,53 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 84,68. Prot: 163566; Devedor(es): MARIA CAROLINA DOS SANTOS DE OLIVEIRA - 112.150.679-84, End: Rua 13, 1123, Balneario Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: GABRIELA FERREIRA CLEZAR 06032938913; Sac: GABRIELA FERREIRA CLEZAR 06032938913; Tit: 00010 ; Apr: BANCO COOPERATIVO DO BRASIL S.A.; VEN: 10/10/2017; Esp: Duplicata de Prestação de Serviços por Indicação Comprovante de prestação dos serviços; Val: R$ 73,60 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 84,68.Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 50,65 - Condução R$ 17,53 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 84,68. Prot:163663;Devedor(es):TATIANEFREITASNARDES-054.793.489- 06, End: Rua Seis, 625, Balneario Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: SAMUEL CIRIMBELLI EPP; Sac: SAMUEL CIRIMBELLI EPP; Tit: 2645 ; Apr: FCDL; VEN: 11/11/2015; Esp: Duplicata Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 988,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 84,68. Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 50,65 - Condução R$ 17,53 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 84,68. Certifico, para os devidos fins, que o presente edital foi afixado no mural da serventia em: 04/12/2017. Sombrio - SC, 04/12/2017 ARLI ANTONIO SOUZA DA ROSA Escrevente Substituto
  • 19. 19Publicidade Jornal Correio do Sul Segunda-Feira, 4 de Dezembro de 2017
  • 20. 20 PublicidadeJornal Correio do Sul Segunda-Feira, 4 de Dezembro de 2017
  • 21. 21Publicidade Jornal Correio do Sul Segunda-Feira, 4 de Dezembro de 2017 Av. Papa João XXIII, 438, Parque das Avenidas, Sombrio - SC
  • 22. Galo vence o Grêmio, termina em 9º e vai torcer pelo Fla por vaga na Libertadores Porto Alegre 02-14-23-26-32-43 04-21-29-36-38-42 CONCURSO 1.725 DUPLA SENA 02/12 08-39-60-62-71 CONCURSO 4.5146 QUINA 02/12 06-17-33-48-50-57 CONCURSO 1.993 MEGA SENA 02/12 JORNAL CORREIO DO SUL Segunda-Feira, 4 de Dezembro de 2017 C om muito sofrimen- to, chuva e apagão, o Atléti- co-MG precisou se esforçar muito mais do que imagina- va para vencer um Grêmio praticamente Sub-19 por 4 a 3, no Independência, e seguir sonhando com uma vaga na Libertadores 4 a 3 (veja os melhores momentos no vídeo acima). O triunfo em casa fez o Galo terminar o Campeonato Brasileiro em nono lugar, superando apenas o Botafogo na última rodada. Enquanto oAtlético-MG jogava a vida, o Grêmio apenas cumpria tabela após o título da Libertadores e já pensava no Mundial de Clu- bes. Debaixo de muita chuva, os atleticanos celebraram a virada dramática e a nona colocação, que faz o Galo depender de um título do Flamengo para ir para a Li- bertadores 2018. Jean Pyerre, Pepê e Batista fizeram os gols do valente Grêmio, enquanto Elias, Fred e Otero (duas ve- zes) marcaram para o Galo, que agora terá que secar um rival histórico para ir à sexta Libertadores seguida. Futebol entre amigos AEC empata na 1ª decisão da LARM Araranguá A 69ª edição do Campe- onato Regional da LARM, teve início nesse domingo. Araranguá e Caravaggio fi- zeram um grande jogo digno de final e empataram em 2 x 2, no estádio da Montanha, em Nova Veneza. Ficou tudo para a decisão do titulo no próximo domingo, dia 10, no estádio Manoel Gregório em Araranguá. Mais de 500 torcedores do “mais querido do sul” foram à Nova Veneza incentivar o AEC no jogo. Mesmo jogando fora, o Araranguá esteve vencendo duas vezes o adversário, mas cedeu o empate nos acrésci- mos do primeiro e depois no segundotempo.Oplacardeixa tudo aberto em condições de titulo para as duas equipes na final,ondeteremoscertamente umas das maiores finais de Campeonato Regional da LARM na história. O AEC abriu o placar aos 37 minutos do 1º tempo, Os garotos do timeAmigos doArthur jogaram na semana passada contra a escolinha do Grêmio de Sombrio.Arthur e seus colegas de futebol são treinados pelo pai do menino,Ademir de Oliveira. com o volante Renan Maia. O Caravaggio empatou no ulti- mo lance do 1º tempo aos 49 minutos, com o centro-avante Alan Miguel. No 2º tempo logo aos 3 minutos novamente o volante Renan Maia marca para o Araranguá. E depois, após chances desperdiçadas de liquidar a partida, o AEC sofreu o empate novamente nos acréscimos, o zagueiro Leonardo do Caravaggio em- patou aos 47 minutos, e deu vida a equipe de NovaVeneza, para o jogo da volta. Há baixa confirmada na equipe do técnico Geraldo Aurélio Spricigo para a deci- são, será Renan Maia (foto), autor dos dois gols do time na partida, que está suspenso após ter sido expulso no jogo. Durante a semana será de preparação ao grupo de joga- dores. Uma mobilização total será feita emAraranguá. Tudo para levar o maior número de torcedores possíveis ao bairro Santa Catarina, no próximo domingo a partir das 16hs. A expectativa é de 4 mil pessoas estejam na final, torcendo para oAEC rumo ao tão sonhado e dedicado titulo do Regional da LARM. Para ser campeão, o Ara- ranguádependedeumavitória por qualquer placar no tempo normal. Ou empate e depois o mesmo na prorrogação, dá o titulo ao time da cidade das avenidas por ter melhor cam- panha na competição. Sombrio
  • 23. Brasileirão Série A 23Esporte Jornal Correio do Sul Segunda-Feira, 4 de Dezembro de 2017 Escolinha da Amja encerra ano com torneio Sombrio U m torneio de fute- bol suíço disputado por quatro times, encerrou na manhã de sábado, as atividades deste ano da escolinha da Associa- ção de Moradores da Januária (Amja). Os treinos comanda- dos pelo técnico Celito Ce- chinel, com crianças e adoles- centes com idade entre 7 e 17 anos, recomeçam em março. Adespedida mereceu uma festa em que todos foram vencedores e receberam me- dalhas. O presidente da Asso- ciação, Silvano Cláudio Pe- reira, deu uma boa notícia aos jovens jogadores. No retorno, em 2018, deve estar concluído o campo de futebol suíço em obras na sede da Amja. Será mais um incentivo para que os moradores do bairro prati- quem atividades físicas. Os atletas da escolinha já tiveram um bom incentivo nesta temporada, com cinco deles sendo aproveitados nos times daAmja que disputaram o campeonato sombriense. Foi a primeira vez que isso acon- teceu e a intenção do técnico é usar ainda mais a turminha da base nas competições. O diretor de esportes da associação, Danilson Barbosa Vicente, lembra que o futebol é a maior tradição da Amja. "Sempre esteve no foco e ajuda a criar vínculos entre os participantes", explica. Para as crianças, como Mateus Borba, de 9 anos e Jhonatas Gabriel, 10, além de fazer amizades, a escolinha alimenta a paixão pelo fute- bol, assim como para Rayssa Laurindo Ferreira, 12, a única menina no torneio de sábado. Para eles, tudo é diversão e uma forma saudável de passar o tempo.
  • 24. SEGUNDA-FEIRA, 4 DE DEZEMBRO DE 2017