SlideShare uma empresa Scribd logo
www.grupocorreiodosul.com.br
ANO XXv EDIÇÃO Nº 4.871
terça-feira, 8 de março de 2016
R$ 2,00
Grupo
29º 21º
Possibilidade de Pancadas de Chuva
à Tarde - Nebulosidade variável com
pequena chance de chuva pela tarde.
Previsão para hoje Extremo Sul Catarinense
Geral
4Página
Bombeirorelembra
episódioque
marcousuavida
Sufoco
7Página
13Página
Dia da Mulher
Umahistória
defénavidae
demuitasorte
PolíciaCivilrecupera
animaisfurtados
Presoquefugiu
seapresentae
voltaaopresídio
No Pasto
Agora Pra Ficar
Polícia
Candidaturassuicidasdeverãodiminuirem2016
Ex-prefeito de
São João do Sul,Alex
Bianchin (PT), ainda
nãosedecidiusobreo
convite recebido para
se filiar ao PP, ob-
jetivando a disputa
da prefeitura de seu
município este ano.
No mesmo compasso de espera está o
vereadordePassodeTorresJonasSouza
(PT)querecebeuconvitedoPMDBpara
uma disputa executiva pelo partido. A
bem da verdade, o que tantoAlex quan-
to Jonas almejam é serem apoiados na
disputa majoritária deste ano sem se
desfiliaremdoPT.EmSãoJoãoistonão
édetodoimpossíveldeacontecer,atépor-
queoPPjáapoiouoPTemduaseleições
vitoriosas. Já em Passo dificilmente o
PMDBapoiaráumcandidatodeforada
sigla,poispartidojátempré-candidatos
próprios saindo pela culatra.
Ainda no PT
Empresário Mário César Silvé-
rio, o Teco, um dos pré-candidatos do
PP à Prefeitura de Sombrio, diz que
caso seu partido entenda que outro
nome deva concorrer ao executivo,
seu projeto deverá convergir para
o legislativo. “Eu decidi que é hora
de concorrer a um cargo público.
Tudo tem seu momento e o meu é
2016. Claro que gostaria de estar em
uma composição majoritária, mas
se não der, vou tentar uma vaga na
Câmara Municipal”, comenta. Teco
figura ao lado de nomes como o do
ex-presidente da Câmara de Verea-
dores, Hélio Matos, e do empresário
Cristian Rosa, como um dos nomes
do partido para a disputa executiva
deste ano. Por ora, Hélio tem des-
pontado como o preferido do ninho
progressista, que espera ter o PSD
como seu vice. Neste sentido, o sonho
do PP é ter o empresário Ademir da
Silva, o Dema, na dobradinha, que
enfrentará o prefeito Zênio Cardoso
(PMDB).
Bem afim
ForteeSincero
Quase lá
ADVOCACIA EMPRESARIAL
FONE: (48) 3533-0145
“O Congresso Nacional brasileiro é o mais
eficiente do mundo. Ele mesmo rouba,
investiga e dá a sua própria punição”.
Correio do Sul
Terça-feira,
8 de março de 2016
rolando_coelho@hotmail.com
(48) 9945.6787
Millôr Fernandes (1923/2012)
Escritor e chargista brasileiro
Delegadoararan-
guaense Jorge Giral-
di, que já atuou em
várias outras ope-
rações em diversos
municípios de nossa
região,fezumcomen-
tário bastante pro-
ducente, ontem, em
uma rede social. O conteúdo forte, mas
sincero,mereceserreproduzido.“Senho-
res pais, com a atual onda de violência,
inicialmente rogo a vocês que vigiem
mais os seus filhos, notadamente com
quem e por onde andam. Caso seu filho
já esteja envolvido em práticas ilegais,
ouso em afirmar que se forem buscá-lo
na delegacia se confortem, pois haverá
uma nova chance de corrigi-lo, o que
não aconteceria se o encontrares sobre
a mesa gelada do IML”. Como já diziam
os antigos, muito melhor uma verdade
amarga do que uma doce mentira.
Secretaria Executiva da Câmara
de Vereadores de Sombrio fez a leitura,
ontem, do Projeto de Lei que solicita
autorização para que a prefeitura esta-
beleçaparceriaentreoSamaeeaCasan,
visandoarealizaçãodeumagestãocom-
partilhadadosserviçosdeáguaeesgoto
do município. Em princípio o projeto
deverá receber sete votos favoráveis a
sua aprovação e quatro contrários. A
votação em si deve acontecer ainda esta
semana.OntemoprefeitoZênioCardoso
(PMDB) se reuniu com os funcionários
do Samae para detalhar como se darão
as tratativas entre o órgão e a Casan,
tão logo haja a aprovação do projeto.
O prefeito fez questão de ressaltar que
todos os empregos serão preservados e
que também não haverá prejuízos nos
serviços prestados a população. “Esta-
mos fazendo tudo pelo melhor. É o meu
nomequeestáemjogonestanegociação.
Nãovoujogarumavidadetrabalhofora
em uma negociação mal feita. Sombrio
só terá a ganhar com a parceria com a
Casan”, comentou.
possibilidade de Meleiro ter mesmo
quatro candidatos a prefeito, o que
deixaria o resultado da eleição to-
talmente imprevisível.
Maracajá é outro caso sui ge-
neris. O PMDB, que comanda o
município, deverá lançar Vânio
Carradore. Já o atual vice, Everaldo
Pereira (PT), não abre mão de uma
candidatura. Pela oposição oficial,
Arlindo Rocha (PSDB), com o apoio
do PP, já está consolidado como
candidato a prefeito.
É muito interessante observar
que as chamadas candidaturas
suicidas têm diminuído cada vez
mais em nossa região. É claro
que há chances de uma terceira
candidatura em municípios como
Sombrio, Praia Grande, Arroio do
Silva, Balneário Gaivota, dentre
outros. Estas chances, no entanto,
são cada vez menores. E são me-
nores porque ninguém mais está
querendo colocar a cara à tapa por
conta de 300 votos na legenda do
partido. Quem mais fez isto em nos-
sa região, ao longo de nossa história
política, a título de fortalecimento
partidário, foi o PT. No entanto,
o partido enfrenta um problema
gritante de ordem moral junto ao
eleitorado. Ao perder o discurso da
correção administrativa, sobrou ao
PT a retórica da justiça social, que
em Santa Catarina não faz muito
sentido.
Por conta disto, a tendência é
que as candidaturas que por ven-
tura surgirem, sem chances de
eleição, emanem de partidos de ex-
trema esquerda, que façam críticas
ao próprio PT. O problema é que
partidos como o Psol, Rede e PCB
não estão organizados na maioria
de nossos municípios, o que esvazia
francamente a possibilidade de uma
terceira candidatura na maioria dos
municípios aqui no Extremo Sul.
O
desenho político elei-
toral deste ano tem se
mostrado favorável ao
lançamento de mais
de dois candidatos a prefeito em
somente três municípios aqui do
Extremo Sul. Na maioria absoluta
das disputas pela prefeitura, conti-
nuará prevalecendo a velha tática
de um único grupo de oposição ten-
tando derrubar a situação. Todavia,
esta regra não deverá se aplicar a
Araranguá, Meleiro e Maracajá. Em
Araranguá há anos isto já acontece.
As lideranças exercidas pelo PT,
PP e PMDB, de forma isolada, aca-
baram formando grupos políticos
bastante fortes, que dificilmente
conseguirão se entender, em dupla,
para a disputa deste ano. Ainda que
duas destas siglas se unam, é muito
provável que outros partidos nani-
cos lancem nomes na disputa pelo
executivo, como já tem acontecido
há várias eleições. Em princípio, a
Cidade das Avenidas deverá contar
com a candidatura à reeleição do
prefeito Sandro Maciel (PT), e ainda
com as disposições para o pleito do
ex-prefeito Mariano Mazzuco, pelo
PP, e do empresário César Cesa
pelo PMDB.
Em Meleiro o cenário políti-
co também está bem distendido.
Aliás, mais distendido do que se
possa imaginar. A situação tem
apostado no nome do agrônomo Pa-
trício Peruch (PP). Todavia, o atual
vice-prefeito Beno Martins (PDS)
também está tentando emplacar o
seu nome, e neste sentido não se
descarta a possibilidade de que ele
concorra com o apoio da oposição.
No que diz respeito a oposição que
já está consolidada, os nomes dos
empresários Eder Matos, pelo PSB,
e de Ica Costa, pelo PMDB, estão
no páreo há muito tempo. Interes-
sante notar que não é descartada a
tivação. É como alguém
que quer emagrecer e
estabelece logo a meta de
perder 30 quilos. Talvez
fosse mais fácil se o alvo
fosse em princípio perder
três quilos, depois mais
cinco, metas mais fáceis
de alcançar e que uma
vez alcançadas servem
de estímulo para seguir
em frente.
Falando sobre este
assunto, Juliana conce-
deu uma entrevista a
Rádio 93.3 FM, do Gru-
po Correio do Sul, de
onde foram retirados
estes tópicos bastante
pertinentes quanto ao
comportamento do ser
humano. Acompanhe:
Geral 3Correio do Sul
Terça-feira,
8 de março de 2016
Marivânia Farias
> Sombrio
Ocarnaval passou,
as férias acaba-
ram, as aulas recome-
çaram e o ano realmente
iniciou para a maioria
dos brasileiros. Passa-
dos apenas dois meses
de 2016, e muita gente
já não lembra das pro-
messas feitas na virada
do ano.
Por que isso aconte-
ce? Um dos motivos, diz
a psicóloga Juliana da
Rosa Mengue, de Som-
brio, é a escolha de metas
muito altas, que levam
a falta de foco e de mo-
Como manter promessas de ano novo
Correndo Atrás
³Juliana fala da importância de ter metas objetivas
³Projeto de lei pretende alterar a lei municipal
de 2007, quando a própria
Casan deixou de atender
a população sombriense.
“Tínhamoságuadepéssima
qualidade e nem sequer um
metro de rede de coleta de
> Sombrio
‘Vedar por 30 anos
a concessão, venda, sub-
-rogação ou terceirização
do serviço municipal de
abastecimento de água
e tratamento de esgoto’.
Esse é o objetivo do gru-
po intitulado Comitê em
DefesadoSamaedeSom-
brio, contra o que almeja
o prefeito Zênio Cardoso,
de estabelecer contrato
com a Casan.
Através dos vereado-
res da bancada de oposi-
ção, o grupo apresentou
dois projetos, um de Lei
e outro de Emenda à Lei
Municipal, ao legislativo.
Projetos contra Casan já estão na câmara
esgoto. Esses serviços só
se desenvolveram a par-
tir da municipalização”,
insistem os membros que
defendem que não seja
permitida a concessão.
Ambos trazem o texto que
impedeque,pelaspróximas
três décadas, a prefeitura
possa retirar o controle
municipal dos serviços de
tratamento e distribuição
de água, e o recolhimento e
tratamento de esgoto.
De acordo com o Co-
mitê, que conta com re-
presentantes de setores
empresariais, organizações
não governamentais, insti-
tuições sociais, associações
comunitárias e lideran-
ças políticas, a concessão
destes serviços à Casan
trará um retrocesso ao
desenvolvimento do sane-
amento básico que vinha
sendo percebido a partir
Por que é tão difícil
manter as promessas
de ano novo?
Juliana: Quando as
metas são soltas, sem
muito foco, no decorrer
do ano as pessoas vão
se perdendo. Ter metas
é positivo, mas elas não
podem ser feitas no calor
da emoção.
Como não se frus-
trar com metas que não
são alcançadas por
quem logo desanima?
Juliana: É preciso
pensar que tem tempo,o
ano inteiro, e que não se
deve sofrer por anteci-
pação. Deve-se entender
também que no início
do ano quase sempre as
esperanças se renovam
e as pessoas acham que
tudo vai mudar. Aconte-
ce que a mudança depen-
de delas. Elas têm que
mudar. Li uma pesquisa
mostrando que gastamos
em média 30% do nosso
tempo livre com as redes
sociais.Este tempo pode-
ria ser usado para atingir
a meta, como estudar
para um concurso pú-
blico ou fazer atividades
físicas.
Muita gente agora
está numa espécie de
ressaca porque as fes-
tas terminam e sobram
as contas para pagar.
Juliana: Isso acon-
tece mais com quem faz
compras e gastos ani-
mado pelo aspecto emo-
cional, e não prático,
muitas vezes sem ter
condições. O essencial
na vida é planejamento.
O planejamento pode
evitar muito estresse e
angústia.
Quais são as conse-
quências do estresse?
Juliana: Ele mina a
energia da pessoa, afinal,
somos um conjunto de
corpo e mente. Prejudi-
ca até a saúde física e
pode levar a depressão.
Já sabemos que até o
câncer tem um fundo
emocional.
Muita gente sonha
em dar uma guinada
na vida, mudando de
emprego, casa e até de
país. Por que poucos
se animam?
Juliana: Para ter co-
ragem de mudar é bom
entender que não existe
guinada sem medo. E
que podemos ir adiante
mesmo com medo. No
entanto, antes de tomar
uma decisão é preciso re-
fletir e planejar, evitando
agir por impulso. E pen-
se que mais pessoas se
arrependem das decisões
que não tomam do que
das decisões tomadas.
mais voltar. Isso era por
volta de meia-noite, só
conseguíamos ver a costa,
por causa do giroflex das
viaturas”, conta Albino.
Perdidos em alto mar
na escuridão, os bombei-
rosresolveramseamarrar
um ao outro para não
se perderem. “Tentáva-
mos nadar em direção ao
Morro dos Conventos, às
vezes em direção à praia
do Rincão, mas o mar
não nos deixava voltar, só
nos levava para fora, por
causadafortecorrenteza”,
lembra Albino.
Os os dois boiavam
e nadavam, para evitar
a hipotermia. “A gente
sabia que só no outro dia,
quando estivesse claro,
alguémvirianosprocurar.
Passaram 8 horas, está-
vamos exaustos, mas não
podíamos parar de nadar
para não congelar e nem
perder a visão da costa”.
De manhã, por volta
de 8h30min, o mar come-
çou a jogar os bombeiros
Geral4 Correio do Sul
Terça-feira,
8 de março de 2016
Agonia
Gislaine Fontoura deslocaram para a barra
e avistaram uma luz em
alto mar. Na noite escura,
o grupo imaginou que o
veleiro estivesse do lado
de cá do canal da barra.
Para piorar a situação,
Araranguá estava en-
frentando uma enchente
e o rio estava jogando
muita água e madeira
para o mar. Na época, os
bombeiros não tinham
nem Jet Sky nem lancha
e olhavam impotentes a
tripulação pedindo so-
corro, fazendo sinal com
luzes. “Eu e um colega
resolvemos ir a nado. No
princípio, a notícia que tí-
nhamos é de que um casal
e uma criança estavam na
embarcação. O tenente
não quis deixar, mas fo-
mos de encontro à família.
Entramos no mar e quan-
do estávamos há uns cem
metrosdelessentimosque
o mar começou a nos levar
para dentro, caímos na
corrente, fomos para alto
mar e não conseguimos
Sargento Albino e um colega passaram oito horas nadando na escuridão da noite, até serem resgatados no dia seguinte
> ArArAnguá
Em 1997, o sargen-
to do Corpo de
Bombeiros deAraranguá,
Albino João Pedro, de 49
anos,quenaépocaerasol-
dado, estava de folga em
Arroio do Silva quando
soubedeumaembarcação
à deriva na Barra do Rio
Araranguá.SegundoAlbi-
no, por volta de 11h30min
danoite,eleeumcolega,o
cabo Renato, estavam no
posto de guarda-vidas do
Arroio quando receberam
uma ligação avisando que
a Capitânia dos Portos
estava informando so-
bre o barco, que estava a
uma milha mar adentro
comosocupantespedindo
socorro.
Segundo o sargento,
era um veleiro estrangei-
ro que estava com o leme
quebrado. Ele, Renato e
o tenente Vanderlino se
Bombeiro lembra sufoco no mar
Nove Anos Depois
³Episódio ocorrido em 2007 em alto mar marcou a vida de bombeiros até hoje
que seja emitido o alvará
de funcionamento de uma
empresa. Para orientar os
contribuintes a fiscal de
tributos Micheline Fran-
cisco buscou informações
com o Corpo de Bombeiros.
“Independentedotamanho
ouatividadealiberaçãodos
bombeiros precisa estar
nas mãos dos proprietários
antes de iniciar o processo
na prefeitura”, ressalta. A
fiscal reforça que isso é exi-
gênciaemtodoopaís,nãosó
em Maracajá.
Além disso, Michelini
lembra que as empresas já
em funcionamento também
serãovistoriadaspeloCorpo
de Bombeiros para verificar
se já possuem as exigências
> MArAcAjá
Para que os estabele-
cimentoscomerciaisrece-
bam o alvará de funcio-
namento,antesprecisam
ter o Plano de Prevenção
e Combate a Incêndios
aprovado pelo Corpo de
Bombeiros. Esta é uma
exigência nacional que a
prefeitura de Maracajá
adotouporrecomendação
dacorporação.Oassunto
foi tema de uma reunião
entre o comando do Cor-
po de Bombeiros de Ara-
ranguá e funcionários da
prefeitura.
Desde o mês pas-
sado é obrigatório uma
série de licenças para
Prefeitura e bombeiros se unem por lei
de prevenção e combate
a incêndios. “Estamos
orientando os contribuin-
tes de como proceder nes-
ses casos e também para
quem deseja começar um
negócio”, completa.
O primeiro documen-
to exigido é o do Corpo de
Bombeiros, seguido pela
liberaçãodaVigilânciaSa-
nitáriaedepoisoalvaráde
funcionamentoéexpedido.
Também é importante
destacar que antes de
qualquer construção ou
reforma de residências,
comércios e empresas,
o proprietário deve pro-
curar a prefeitura nos
setores de tributos, en-
genharia e fiscalização.
para o Norte e eles foram
em direção à Barra Velha,
no Rincão. Mais tarde
finalmente foram resga-
tados por um helicóptero.
Segundo Albino, a fa-
mília que estava no velei-
ro,já haviasidoresgatada
antes dele e do colega. Os
dois não se encontraram
com a família que tenta-
ram salvar, holandeses
que estavam de férias no
Brasil.
Este mês, por meio de
uma solicitação do vere-
ador Alexandre Rezende
Pereira, o sargentoAlbino
será homenageado na
Câmara de Vereadores de
Araranguá, por sua cora-
gem de arriscar a própria
vida para tentar salvar a
de desconhecidos.
salientou que Madei-
rarenovouaspastoraisda
igreja. “O padreAntônio é
sempre uma benção aqui,
nós, da pastoral catequé-
tica, tivemos muito apoio
dele e será sempre bem
vindoemnossaparóquia”,
“A gente viu um helicóptero pequeninho passar
na costa, depois soubemos que ele pousou na barra,
conversou com o tenente Vanderlino e com os outros
militares que estavam lá e começou a nos procurar no
mar. A gente viu quando
ele levantou da barra, vinha
em nossa direção, depois
se afastava. Nossa, aquilo
dava uma agonia. Não
tínhamos mais força para
nada, dava cãibra direto
nas pernas. Quando está-
vamos em direção à praia
do Rincão, o helicóptero viu
uma embarcação em alto
mar e resolveu ver se nós
estávamos nela, foi quando
eles nos avistaram”.
garante Maria.
A paróquia Nossa Se-
nhora Mãe dos Homens
tem agora como pároco o
padre Alírio Leandro.
Sensibilizado com o
projeto, o presidente da
Aciva,KleberFrigo,anun-
cia publicamente apoio
da entidade à iniciativa.
“Solicitamos aos nossos
associados que colaborem
com este projeto, adqui-
rindo cotas ou até mesmo
comprando exemplares.
Nossa Associação busca
o desenvolvimento da re-
gião e acreditamos que a
colaboração com a edu-
cação infantil é a melhor
maneira de obtermos me-
lhores resultados visando
um futuro mais justo”
destaca.
Quem se interessar
em colaborar com o proje-
to, o telefone para contato
é o (48) 8827.4552.
Geral 5Correio do Sul
Terça-feira,
8 de março de 2016
Apoio com carinho
Cultura
> Região
AAssociação Em-
presarial de Ara-
ranguá e do Extremo Sul
Catarinense (Aciva) vai
apoiar o projeto Carinho
é Bom, desenvolvido pelo
músico e educador ara-
ranguaense Lony Rosa e
pelapsicólogaecoordena-
dora editorial Elise Haas.
O projeto contempla
realização de oficinas
para professores da rede
infantil, produção do li-
vro que traz o nome do
projeto com uma cartilha
ilustrada contendo 16
composições musicais,
três estórias narradas e
também atividades de
colorir e desenhar. ”Nosso
objetivo é semear e difun-
dir uma abordagem ins-
piradora para a educação
infantil de qualidade, com
criatividade, arte e claro,
afeto.Quandovaloresedu-
cacionais como estes são
promovidos na educação
infantil toda a sociedade
é beneficiada com seus
resultados”, ressaltam os
autores.
Acartilhaestáemfase
de produção e conta com
o apoio de diversos parcei-
ros. As próximas etapas
abrangem a impressão da
primeiratiragem,de1.500
exemplares. “Após esta
etapa, serão ofertadas ofi-
cinas e mini cursos à rede
de educadores”, afirmam.
•Jorge Boeira
* Jorge Boeira – é deputado federal por Santa Catarina.
³Reunião da Aciva, que está apoiando o projeto voltado a educação infantil
Antonieta de Barros:
Redescoberta e atual.
Artigo
> ARARAnguá
O Câmpus Araranguá
do Instituto Federal San-
ta Catarina (IFSC) está
com 94 vagas abertas para
cursos de qualificação pro-
fissional. As inscrições são
gratuitasevãoatéodia14.
São 30 vagas para o
curso de Libras Intermedi-
ário, 14 para o de Tecelão
deTecidosPlanose50para
o de Modelagem Plana e
Costura Industrial.
As aulas de Libras in-
IFSC oferece vagas para cursos
termediário serão realiza-
das à noite, às segundas
e quartas, das 18h30 às
22h30. Para se inscrever,
é preciso ter idade mínima
de 18 anos, ensino médio
completo e curso básico de
Libras com no mínimo 80
horas.
Os interessados em
aprender tecelaria terão
que estar disponíveis à
tarde, das 13h30 às 17h30.
Já o curso de Modelagem
Plana e Costura Industrial
terá duas turmas. Uma no
períodovespertino,àsquar-
tas e quintas, das 13h30 às
17h30, e outra no período
noturnoàssegundas,quar-
tas e quintas, das 18h30 às
22h30,naEscolaBásicada
Coloninha.
Ainscrição é gratuita e
éfeitaexclusivamentepela
internetnoendereço:http://
www.ifsc.edu.br/ingresso-
-inicio. Caso o número de
candidatos seja superior
ao número de vagas, será
realizado um sorteio públi-
co que será gravado e dis-
ponibilizado na página do
DepartamentodeIngresso.
A
história da mulher na
sociedade se confunde
com a própria história
da sociedade pelo fato,
dela mulher, ter momentos que não
podem deixar de ser registrados.A
história de Antonieta de Barros, a
catarinense que na década de 30
se elegeu deputada como a primei-
ra afrodescendente do país é um
desses casos de superação, luta,
determinação e de doce e salutar
ousadia.
Educadora, jornalista e política,
Antonieta junta em sua trajetória,
na primeira metade do século 20,
três bandeiras caras ao Brasil do
século 21: educação para todos,
valorização da cultura negra e
emancipação feminina. Por isso,
nada melhor neste 08 de março,
usar a história da deputada filha
de ex escrava que inspira ativistas
negras no Brasil e redescoberta
no documentário Antonieta, da ci-
neasta Flávia Person, para render
homenagens a todas as mulheres
catarinenses e, por extensão de
todo o Brasil.
Mas, redescobrir Antonieta, é
também reconhecer que nestas
terras tidas como de uma região
branca, as oportunidades são
dadas a todos. Em nosso estado,
as desigualdades de gênero e
as discriminações que ainda se
avolumam, sucumbem ao dese-
jo da sociedade catarinense de
constituir-se cada vez mais numa
sociedade plural e igualitária, onde
é vedada qualquer forma de discri-
minação e/ou opressão.
Antonieta é a gênese deste
sentimento. Causa e origem do
empoderamento feminino e na
consequente efetivação de direito
para as mulheres. Não há dúvi-
das que redescobrir Antonieta
de Barros se configura como um
instrumento de comemoração e
de reflexão.
Antonieta foi protagonista em
uma época em que as mulheres,
ainda mais as mulheres negras,
eram relegadas à total submissão
e desempenhavam papel coadju-
vante na sociedade”, como afirma
a professora Gisele Falcari e con-
tribuiu, nas palavras da professora
Alexandra Alencar, doutora em
Antropologia pela Universidade Fe-
deral de Santa Catarina e criadora
do projeto “Outras Antonietas”,
voltado para professoras negras,
para que os negros e negras, que
“no sul do Brasil, sempre tiveram
situação de invisibilidade histórica,
reduzam essa invisibilidade”.
Que outras milhares de “Anto-
nietas” sejam redescobertas Brasil
afora. A luta das mulheres pela
garantia de direitos não se esgota
no dia 08 de março, sim, se reno-
va e fortalece, fazendo-nos crer
que não está longe o dia, em que
a herança maldita do machismo
e do sexismo seja página virada
na história da humanidade. Que o
Estado brasileiro, consoante com
a Constituição Federal, tenha cla-
ro que em relação à mulher não
há espaços para execução de
políticas públicas que não sejam
aquelas comprometidas com a
construção de uma sociedade livre,
justa e solidária; com o fim de todas
as desigualdades de gênero nas
atividades profissionais e políticas
como forma de reparar injustiças
históricas e valorizar a mulher,
sem a qual, não se constrói uma
progressiva e perene cidadania.
Fundado em 5 de Junho de 1990 - Dia Mundial do Meio Ambiente
Jornalista Rolando Christian Sant’ Helena Coelho - Fundador Jornal Correio do Sul
Publicações legais:
tomaz@grupocorreiodosul.com.br
Financeiro
financeiro@grupocorreiodosul.com.br
Comercial:
l48l 3533.0870
comercial@grupocorreiodosul.com.br
Diretor Geral
Jabson Muller
l48l 9955.5313
diretor@grupocorreiodosul.com.br
Diagramação/Arte:
correiodosul@grupocorreiodosul.com.br
Sul Gráfica
sulgrafica@grupocorreiodosul.com.br
Redação:
editor@grupocorreiodosul.com.br
Radio 93FM
radio93fm@grupocorreiodosul.com.br
Circulação/Assinatura
l48l 3533.0870
assinaturas@grupocorreiodosul.com.br
Rua João José Guimarães,176, Centro - Sombrio/SC - Fone: (48) 3533 0870
Editora: GCS Ltda - ME CNPJ 17.467.695/0001-19
C.S. Empresa Jornalística LTDA.
Geral6 Correio do Sul
Terça-feira,
8 de março de 2016
“Esse cenário aponta para a necessidade de uma maior mobilização feminina,
principalmente, para que mais mulheres se coloquem à disposição da política e
concorram às eleições que se aproximam e ocupem as cadeiras disponíveis nas
Câmaras de Vereadores e Prefeituras, no maior número de cidades possíveis.
Trecho do artigo Por mais mulheres na política, da deputada Federal Angela Albino (PCdoB/SC)”
Aliança pelo desenvolvimento
PeloEstado
D
urante evento realizado, ontem, na sede da Federação das Indústrias
(Fiesc),ojornalistaEduardoOinegue,deSãoPaulo,consultordeem-
presas e governos, incluindo o de Santa Catarina, fez uma análise do
cenárionacional.Elepreviuqueaté2018oencolhimentodoProdutoInterno
Bruto (PIB) do Brasil representará a perda de R$ 650 bilhões. “Teríamos que
crescer 6,6% ao ano para alcançar, em 2022, um país que cresceu em média
2,4%.” Para ele, “apesar de Santa Catarina ser uma árvore vigorosa, o estado
não aparece no radar dos grandes investidores”. O presidente do Grupo
RIC, Marcello Petrelli, que promoveu o evento – Construindo Conceitos por
uma Santa Catarina Melhor –, falou da necessidade de uma aliança, en-
volvendo a imprensa, as entidades de classe, os deputados e o governo de
Santa Catarina. Dirigindo-se aos empresários, o governador Raimundo Co-
lombo disse que é preciso somar forças para manter a atividade econômica
e os empregos. “Não se pode só reclamar, só falar mal. Precisamos construir
um cenário de proteção e de crescimento da nossa economia.” O presidente
da Assembleia Legislativa, deputado Gelson Merisio (PSD), destacou a ne-
cessidade de o Estado se adaptar às transformações que estão ocorrendo no
modelo público nacional. Ele destacou três prioridades para Santa Catarina
que colocariam o estado como referência nacional: erradicar a miséria ex-
trema, zerar os índices de analfabetismo e fazer investimento intensivo em
saneamento básico. “Medidas possíveis que ajudariam a melhorar os bons
índices que o Estado já tem.” O presidente da Associação de Diários do In-
terior (ADI-SC), Ámer Felix Ribeiro, e o vice-presidente Executivo,Adriano
da Fonseca Kalil Escada, participaram do encontro.
Deumlado...A semana começa com con-
vocação de manifestações. Ontem à noite
teve Plenária da Frente Brasil Popular, em
Florianópolis. Na justificativa, a afirma-
ção: “O momento é de mobilização, vigília
e resistência”. No final da tarde de hoje,
o PT estadual participará do movimento
pelo Dia Internacional da Mulher, igual-
mente na Capital. Amanhã haverá uma
reunião para discutir o calendário nacio-
nal em defesa do governo de Dilma Rou-
seff e também do ex-presidente Lula, que
prevê manifestações em todas as capitais
no dia 18 e uma grande marcha, em Brasí-
lia, no dia 31.
...edeoutroDe outra parte, entidades do
setor produtivo aderem publicamente às
manifestações anti-corrupção marcadas
para o domingo (13). Caso da Federação
dasCâmarasdeDirigentesLojistas(FCDL
-SC). Em nota distribuída ontem e assina-
da pela diretoria, está escrito: “No próxi-
modia13demarçomilharesdebrasileiros
devem ir às ruas para protestar contra
este cenário, focando nos partidos que
controlam o Governo Federal e os man-
datários da Câmara Federal e Senado”.
Em vídeo postado na página da Fiesc, o
presidentedaentidade,GlaucoJoséCôrte,
refere-sea“umadaspiorescrisesdanossa
história” e manifesta que as “turbulências
oraenfrentadaseaincapacidadedosagen-
tes públicos em lidar com suas consequ-
ências comprometem a competitividade e
o futuro da indústria brasileira”. O vídeo
completo está em https://goo.gl/5DXkam
Andréa Leonora Florianópolis - 08Mar16
Asilossobvigilância
Inibir ações de maus tratos, agressões físicas e
psicológicas em asilos, casas de repouso e cre-
ches públicas e privadas instaladoas em Santa
Catarina é o intuito do PL 0043.1/2016, proto-
colado na Assembleia Legislativa pelo depu-
tado Valmir Comin (PP) nesta segunda-feira
(07). O projeto exige que os estabelecimentos
instalem e mantenham em funcionamento
circuito de câmeras de segurança, sendo que
os mesmos devem ter o recurso de gravação e
armazenamento das imagens por um período
mínimo de trinta dias. Desta forma, além de
coibir qualquer tipo de violência física ou psi-
cológica contra idosos e crianças, oferece tranquilidade aos pais e aos
familiares. A proposta foi motivada pelo caso de agressão contra idosos
em um asilo de Laguna, no Sul do estado.
AgênciaAL
/sebraesc @Sebrae_SC
Para melhorar a gestão e a produtividade e trazer
mais inovação para seu negócio, conte conosco.
SUA VIDA É SE SUPERAR A CADA
DIA? ESTAMOS JUNTOS.
Especial 7Correio do Sul
Terça-feira,
8 de março de 2016
Fé na Vida
Municípiohomenageiamulheres
> ArArAnguá
Aprefeitura deAra-
ranguá, por meio da
SecretariaMunicipalde
Assistência Social, pro-
move nesta terça-feira
homenagem alusiva
ao Dia Internacional
da Mulher. O encontro
reúneparticipantes dos
clubes de mães e idosas
do município, a par-
tir das 13h30min, no
Caverá Country Park.
Na tarde desta segun-
da, a primeira-dama
Rose Maciel e equipe
da Secretaria de Assis-
tência Social estiveram
no local para preparar
o ambiente.
São esperadas mais
de 700 mulheres. Na
programação, está pre-
vista a realização de
uma palestra-show com
o músico Gustavo Balbi-
not. O tema será Amor: A
espiritualidade feminina
geradora da vida. “Rea-
lizamos este evento para
que as e mulheres possam
começarbemoanoemnos-
sosencontros.Écommuita
dedicação e carinho que
receberemos os clubes de
mães e idosas com o obje-
tivo de elevar a autoestima
e renovar as energias em
uma data tão importante”,
declara a primeira-dama.
Para o secretário Edu-
ardo Chico Merêncio, a
homenagem visa valo-
rizar as mulheres que
tanto contribuem para
a sociedade. “Pensamos
em algo que valorize as
mulheres de nosso mu-
nicípio e a função social
que os clubes de mães
cumprem para o gover-
no municipal”, destaca
Chico. Durante a tarde
será entregue aos clubes
de mães materiais para
os trabalhos a serem re-
alizados ao longo do ano.
³Ontem local foi preparado para as convidadas
Marivânia Farias
³Cida fazia política e dezenas de outras coisas ao
mesmo tempo, até aprender a parar e apenas viver
> BAlneário gAivotA
“Eusouumamulher
de muita sorte”.
Quando Maria Apareci-
da Colombo, de 59 anos,
faz esta declaração, e ela
a faz com frequência, é
comum quem a ouve se
espantar. Às vezes até
sente vergonha. Como
pode alguém que há sete
anos enfrenta o câncer
se considerar com sorte?
A resposta vem rápida:
“estou viva e feliz”.
Quando Cida, como
é chamada por amigos e
familiares, descobriu um
nódulo no seio classifica-
do como um carcinoma
invasivo de proliferação
rápida, tratou de aceitar
a doença e se preparar
para vencê-la. Fez mas-
tectomia (retirada do
seio) e aprendeu uma
lição: “é preciso aprovei-
tar melhor a vida, viver
intensamente e entregar
o futuro a Deus”.
O aprendizado, po-
rém, ainda não tinha sido
concluído. Cinco anos
depois novos nódulos
surgiram, desta vez no
fígado e no diafragma.
Era outubro de 2014 e os
médicos avisaram que
tratava-se de uma reci-
diva (retorno do câncer)
incurável. Desde então
Cida voltou a se subme-
ter a sessões de quimiote-
rapia com as agravantes
comuns. O cabelo caiu
e o mal estar a coloca
prostrada por dias. So-
frimento suficiente para
deixar muita gente de-
pressiva ou se queixando
do mundo. Não ela. “Os
sintomas da químio são
terríveis, mas digo uma
coisa muito verdadeira,
a paz que sinto hoje é
maior do que antes”. Isso
se deve, acredita, ao fim
da angústia de sempre
querer mais, ao fim da
correria que muitas ve-
zes a impedia de estar
em contato com os filhos
e netos, ao fim da crença
de que se pode controlar
e fazer tudo.
Cida, que já foi ve-
readora em Balneário
Gaivota, abandonou a
política certa de que não
lhe fazia bem. Abando-
nou também emoções e
sentimentos que associa
a doença, como mágoa e
tristeza. Só não abando-
nou a Igreja Católica e
as amizades. Frequenta
o clube de mães da sua
localidade, Anita Gari-
baldi, e é Ministra da
Palavra, com a função de
ajudar nas celebrações
religiosas quando é reza-
da uma espécie de missa
sem a presença do padre.
“Acho que tive câncer
devido a fatores emocio-
nais”, avalia. Mais uma
boa aula recebida.Acura
pode estar no carinho e
apoio do marido e dos
filhos e na certeza de que
a vida é bela e de que é
mesmo uma mulher de
muita sorte.
História de
uma mulher
de sorte
Entretenimento Novelas - Horóscopo - Diversão
Novelas
Êta mundo bom -18h
Totalmente Demais -19h
A Regra do Jogo -21h
L
ili comenta com Rafael que Germano a traiu com Gilda.
Germano pergunta a Gilda se Eliza é filha dele. Fabinho se
surpreende ao perceber que Cassandra mentiu para ficar a
sós com ele. Gilda leva Dayse e Carlinhos para visitar Eliza. Dino
avisa a Peçanha que já sabe onde será realizada a última prova
do concurso da revista. Débora vê Cassandra beijar Fabinho.
GermanocontaparaJonatasqueDinochegouàcidade.Fabinho
afirma que não irá namorar Cassandra.
D
antas tenta livrar Romeu de suas acusações. Mafalda afirma
aZédosPorcoseEponinaquenuncamaisquerverRomeu.
QuincaseDitasedeclaramumparaooutro,eameninateme
areaçãodeCunegundesaonamorodosdois.Candinhoquestiona
Filomena sobre Fragoso. Sandra percebe que Candinho voltou a
usar seu medalhão. Anastácia dispensa os serviços de Peçanha e
lamentaodesaparecimentodeJack.
A
tenaplanejairàreuniãoqueelegeráonovoPaidafacção,
e Romero teme que seja uma armadilha. Dante e Lara
anunciam seu noivado. Nora decide vender a mansão
e morar com Nelita, Belisa e Kiki em um apartamento.
Ascânio mantém silêncio sobre Romero e Atena, e Dante se
irrita. Juliano comenta com Dante sobre o desaparecimento
de Zé Maria. Adisabeba tenta acalmar Juliano, que sofre com a
prisão deTóia.
Rapidinhas
Correio do Sul Terça-feira, 8 de março de 2016
Áries 21/03 a 20/04
Para você, semana começou boa, bem animada, cheia de
pequenassurpresas--algumasbemboas!Asamizadesconti-
nuampontoimportante,masreservemaistempo,conforme
os dias se seguem, para atividades criativas que permitam
certo isolamento.
Leão 21/07 a 20/08
Sagitário 21/11 a 20/12
Nestes primeiros dias em que Marte transita seu signo a
ânsia é maior. Ainda mais com um eclipse solar chegan-
do com força total e anunciando que chegou a hora de
alteraçõesimportantesnosetorfamiliar.Algopodefindar
deverdade...
Gêmeos 21/05 a 20/06
À hora de um eclipse solar importante para você, é bom
terclaroosentidodoquetemfeitocomsuavidapresente.
Algopodeacontecersemavisoprévionosetorprofissio-
nal, incluindo desgastes com chefes ou clientes. Alguns
errossãodifíceisdeperdoar.
Libra 21/09 a 20/10
QueraproveitarolindoembalodeLuaeVênusemAquário?
É hoje, e vale um trato no visual! Ótimo também para im-
pressionar,cativareganharaaudiência,ocoraçãodochefe
edoseuamor,também.Filhostrazemalegriaseesperanças.
Aquário 21/01 a 18/02
Touro 21/04 a 20/05
A chave para um dia perfeito: coloque seu melhor sorriso
no rosto e deixe passar pequenas provocações, cutucadas
de gente mesquinha e cobranças de chatos. Mire sua
saúde, bem-estar e necessidade de paz de espírito. Fuja de
turbulências.
Virgem 21/08a20/09
Mercúrio e Netuno se aproximam mais e mais, criando
aqueleclimanublado,ondeintuiçãoecaossemisturam
--para você, comportamentos alheios estão ficando
enigmáticos, nebulosos. Espere! Vem vindo reviravolta
numa relação.
Capricórnio 21/12 a 20/01
Ótimodiaparalidarcomassuntosbancários,investimen-
tosedinheiroemgeral--LuaeVênusajudamaverofuturo!
No plano geral, percepções certeiras e algum problema
aoredor.Novidadesnocaminho.Revelaçõesinesperadas.
Câncer 21/06 a 20/07
Climaastralumtantoesquisito--vocêsentenapele,naalma,
noar.Porisso,aatençãoficaprejudicada,poisaintuiçãoestá
falando mais alto. E é bom escutá-la! O assunto é viagem:
mudança de planos vem vindo por aí. Permaneça flexível.
Escorpião 21/10 a 20/11
SoleJúpiteremângulotensoexpandemabusos,extrava-
gâncias,exageros--muitagenteprometeenãofaz;outros
ameaçam, mas nada advém. Tenha cuidado de verdade
comosfilhoseosamores:suaintuiçãonãofalhará.
Peixes 19/02 a 20/03
Com o eclipse solar acontecendo, é esperado que você não
se sinta tão bem como de costume. Distração, irritabilidade,
sintomasesquisitos,fraqueza--diminuaoritmoeescuteseu
organismo.Talvez seja confrontado também.
Lua e Vênus formam hoje último encontro no seu setor
de relacionamentos estáveis --o próximo, só no ano que
vem! Daí, vale muito ser amável, receptivo, conversar
direitinho com seu amor. O mesmo com seus clientes.
Boasorientaçõesdeumconselheiro.
Lua eVênus em seu signo pela última vez neste 2016 --o
próximo, só em 2017! Vá no embalo de beleza e tome
decisõesaseufavor.Vocêtambémpodeesperarcarinho
e algum presente bacana de alguém querido. Reveja
investimentoserenda.
O próximo mês de abril tem tudo para ser
um dos mais importantes da vida de Luiz Mau-
rício Bento Joaquim. Tudo porque o Mau Mau,
participante da edição de 2011 do Big Brother
Brasil, escolheu o dia 14 de abril para lançar sua
biografia, que recebeu o título de Quanto Vale
Um Milhão e Meio?.
Em conversa com a reportagem de OFuxico,
o ex-BBB falou, cheio de entusiasmo e ansiedade,
sobre seu primeiro livro, que, segundo o próprio,
tem como principal objetivo ressaltar a importân-
cia de plantarmos apenas coisas boas, enquanto
estivermos vivos.
“O livro surgiu do acúmulo de várias ano-
tações minhas, dos mais diversos assuntos
possíveis, sobre os quais escrevi, com algumas
críticas e contrastando com meus valores e
minha criação. Acredito que, ao longo da vida,
vamos perdendo muita coisa e que as coisas que
aprendemos, principalmente na infância, devem
ser usadas para criarmos nossa própria visão de
mundo. Estou com 33 anos e quero deixar algo
de bom como legado, principalmente quando se
trata de mudança de atitude.”, afirmou ele.
Expectativas para o lançamento da obra
Além de também falar que, como pratica-
mente tudo hoje em dia, está sujeito a ser alvo
de algumas polêmicas e até críticas, por conta de
sua biografia, o ex-participante aproveitou o mo-
mento para ressaltar a importância dos familiares
e amigos em sua vida, principalmente durante o
processo de realização do livro.
“Meus amigos e minha família enxergam
meu trabalho com uma grandeza maior do que
realmente tem. Eles ficam impressionados, prin-
cipalmentepelaescolhadaspalavras,quepodem
causar um entendimento errado, dependendo de
como são usadas. Estou muito feliz e contente, e
minha família e amigos só me ensinaram coisas
boas. O preconceito ainda está presente, na inter-
net principalmente. Muita gente acredita que não
tenho muito para ensinar, que, por ser ex-BBB,
posso ter tudo, mas esquecem que somos, em
primeiro lugar, seres humanos. Minha vida não
é apenas de aparências”, disse Mau Mau, que,
aliás, está focado na construção de sua pousada,
localizada em Mauá, que está sendo feita em
sociedade com seu próprio irmão.
Tânia DuarTe
Correio do Sul
Terça-feira,
8 de março de 2016
tania@grupocorreiodosul.com.br
facebook.com/tania.duartecoelho
Dia da
Mulher
Ontem à Câma-
ra de Vereadores de
Araranguá promoveu
a sétima sessão do
ano. Já a oitava foi
antecipada em um dia,
sendo realizada hoje,
Dia Internacional da
Mulher. Nesta terça-
-feira, além da sessão
solene, que inicia a
partir das 19h, o pre-
sidente do Legislativo,
Rony da Silva infor-
mou que, no período
da tarde, às mulheres
interessadas poderão
realizar gratuitamen-
te maquiagem, escova
progressiva no cabelo,
limpeza de pele e de-
sign de sobrancelhas.
Estas ações são frutos
da parceria da Câma-
ra de Vereadores com
o Instituto Mix e com
a empresa Mary Kay.
Salto para
Mulher
Como já é tradição
na Associação Empre-
sarial de Araranguá e
do Extremo Sul Cata-
rinense, o Dia Inter-
nacional da Mulher
será comemorado em
grande estilo. Nesta
edição, as convidadas
da Aciva Mulher para
contar suas trajetórias
de empreendedorismo
serão a estilista Pauli
Duarte, do atelier que
leva seu nome, e a em-
presária Dalva Maria
Leite, da Loja Lem-
mer. O evento ocorre
hoje , no auditório da
Associação, a partir
das 19h30min. . Para
maiores informações o
telefone para contato é
o (48) 3522.0973.
48 3533.0762 48 8804.2871
³ DePassodeTorres,abelaCarolineBellettini
Schefferéaaniversariantedapróximaquinta
(10).Parabéns!!!
³ OcasalMarinêsNunesCaetanoeGuelCaetanocompletou35de
casados,BodasdeCoral.Parabéns!!!
³ Primeira-damadeJacinto
Machado,RosângeladeFáveri,ao
ladodeanimadasparticipantesdos
gruposdeterceiraidadedomunicí-
pionavoltaasatividadesdesteano.
Foto:JeanCarlos
³ Prefeito de Araranguá Sandro Maciel esteve de aniversário no sábado (5).
Na foto com a esposa e os filhos. Parabéns!!!
Publicidade10 Correio do Sul
Terça-feira,
8 de março de 2016
Geral 11Correio do Sul
Terça-feira,
8 de março de 2016
> Balneário Gaivota
A Secretaria de Saú-
de de Balneário Gaivota
está padronizando os
atendimentos e ações.
Depois de um ex-
tenso trabalho das en-
fermeiras do município,
nesta última semana
uma nova ferramenta
de trabalho foi colocada
em prática: o documento
de Procedimento Ope-
racional Padrão (POP).
O objetivo básico é o
de garantir, mediante
a padronização, os re-
sultados esperados por
cada tarefa executada,
ou seja, é um roteiro pa-
dronizado para realizar
uma atividade.
De acordo com o
secretário José Luís de
Oliveira Lentz, com a
adesão ao POP, todos os
servidores da saúde re-
alizarão os procedimen-
tos da mesma forma.
O POP define de
forma clara e objetiva
o passo a passo de cada
tarefa dos postos de
saúde, desde a reali-
zação de um curativo
até a esterilização de
equipamentos.
“É uma das ade-
sões mais importantes
dentro de nossa saú-
de em questão de or-
ganização”, comentou
a enfermeira Cássia
Machado, do posto de
saúde central.
Saúde padroniza
atendimentos
³Obras em andamento devem melhorar visual no centro da cidade e depois serão encaminhadas aos bairros
desde a avenida Antônio
Sant’Helena até a Caeta-
no Lumertz, e ainda com
mais600metrosdeasfalto
em direção ao distrito de
Guarita, setor norte do
município,paraficarpron-
ta a via precisa receber o
asfalto entre a Caetano e
a prefeitura.As máquinas
já estão na cidade para a
obra ser realizada.
Antes, porém, a rua
Santos Coelho, paralela
a Getúlio Vargas, recebe
a capa asfáltica, desde a
marginal da BR 101 até
leva a Balneário Gaivota.
Depois, foi a vez da ave-
nida Getúlio Vargas, que
recebeu rede de energia
subterrânea, postes novos
e mais bonitos arquite-
tonicamente, iluminação
de LED e agora tem o
maior calçadão do estado
de Santa Catarina em
construção.
Estasemanacontinua
amelhorianaavenidaNe-
reu Ramos, que receberá
asfalto no último trecho
que resta para sua revita-
lização. Toda reconstruída
> SomBrio
Quem anda pelo
Centro de Som-
brio já nota, há mais de
um ano, as obras que es-
tão sendo realizadas pela
prefeituranarevitalização
de avenidas e ruas. Uma
delas é a rua Caetano
Lumertz, atrás da rodo-
viária, a primeira a ser
completamente revitali-
zada. Além de bastante
utilizadaporquemcircula
pelaáreacentral,aCaeta-
no dá acesso a rodovia que
ObrasviáriascontinuamnoCentro
Mobilidade
a rua Breno Cardoso (rua
da Fruteira Rússia). Em
duas semanas, se o tem-
po colaborar, a empresa
responsável pelos asfal-
tamentos quer terminar
estes trechos, além de
asfaltar também as ruas
João José Guimarães (da
Caetano Lumertz até a
Santos Coelho) e Antônio
Inácio da Rosa (da aveni-
da Getúlio Vargas até a
rua Teodoro Rodrigues de
Oliveira).
A partir daí, restará
a sinalização e o calçadão
da Getúlio, para que as
obras do Roteiro Turís-
tico Religioso de Sombrio
fiquem completamente
prontas.
“O que estamos fa-
zendo no Centro proje-
tam Sombrio para um
futuro de muito ganho
com turismo religioso e
de compras, faz com que
nossos cidadãos tenham
maisemprego,maiorqua-
lidade de vida, locais de
lazer para passear com a
família, sem contar que
eleva a autoestima do
sombriense”, disse o pre-
feito Zênio Cardoso.
Segundo Zênio, logo
serão iniciadas também
realizações nos bairros,
com ruas recebendo me-
lhorias e pavimentações,
especialmente em setores
degrandecirculação,como
os acessos aos bairros Ja-
nuária e São Luiz, e o
bairro São José. “Este há
temposnecessitadeinves-
timentos do poder público
e agora receberá asfalto e
calçamentoempelomenos
cinco ruas”, anuncia.
12 Correio do Sul
Terça-feira,
8 de março de 2016 Publicidade
Polícia 13Correio do Sul
Terça-feira,
8 de março de 2016
³Leandro (centro) se reapresentou no presídio
Romildo Black
Gislaine Fontoura
³Vaca e bezerros foram levados da Gaivota para São João e depois voltaram
de uma propriedade da
praia Sulmar, em Balne-
ário Gaivota.
Na tarde de domingo
os policiais souberam que
o gado estava na proprie-
dade de Valmor Bauer de
Vargas, em Campestre,
interior de São João do
Sul. Eles foram até lá e
encontraram os três ani-
mais furtado e mais um
> Gaivota/São João
Desde quinta-
-feira, a Polícia
Civil de Sombrio inves-
tigava o furto de um
novilho e uma vaca lei-
teira e seu bezerro. Os
animais foram levados
Vaca e bezerros voltam para casa
Depois de Furto
novilho sem identifica-
ção. Todos foram apreen-
didos e Valmor conduzido
a delegacia, onde contou
que tinha comprado os
bichos de Luciel Patrício
Guimarães,da Gaivota.
No domingo mesmo a
Polícia Civil foi atrás de
Luciel e o encontrou em
um rodeio em Sombrio.
Ele confessou ter furtado
Fugitivo volta ao
Presídio Regional
> araranGuá
O interno do Presídio
Regional de Araranguá
(PRA), Leandro Souza da
Silva, se apresentou na
manhã desta segunda-
-feira para terminar de
cumprir sua pena.
De acordo com o dire-
tor do PRA,Adércio Velter,
a direção do presídio man-
teve contato com a família
deLeandro,especialmente
a mãe, e ele resolveu se
apresentar acompanhado
da esposa e do advogado.
Leandro, tem 35 anos,
énaturaldeCriciúma,efu-
giunasprimeirashorasda
manhãdodia22defeverei-
ro. Ele foi condenado pelo
crime de furto e estava
preso desde janeiro de
2014 para cumprir uma
penade5anose4meses
no regime semiaberto
e teria neste mês de
março direito de solici-
tar ao Poder Judiciário
a regressão de regime
para o aberto. Leandro
trabalhava na cozinha
do presídio e dividia
a cela com mais sete
detentos até que fugiu
pulando pelo muro dos
fundos da unidade. As
câmeras de segurança
registraram tudo.
Com seu retorno a
prisão,Leandropassará
novamente pelo período
de 10 dias de adaptação
e a justiça decidirá qual
o regime de pena ele
passará a cumprir.
e vendido os animais.
Luciel relatou que foi
até a propriedade da
vítima com um compar-
sa, cortou os arames e
utilizando um reboque
no carro carregou a vaca
e os bezerros, que foram
vendidos para Valmor.
Como não houve ele e o
receptador responderão
em liberdade.
Ontem a tarde a polí-
cia voltou a propriedade
de Valmor acompanhada
pelo responsável pela De-
fesa SanitáriaAnimal da
regional da Cidasc, Ed-
son Her Dorneles Filho
para verificar a proce-
dência do novilho que foi
encontrado sem brinco
de identificação.
Até que tudo esteja
esclarecido a proprieda-
de está interditada e Val-
mor recebeu prazo para
regularizar a documen-
tação dos animais que
possui. Caso não cumpra
a lei pode ser multado em
até R$1900,00.
14 Correio do Sul
Terça-feira,
8 de março de 2016 Publicidade
Publicidade 15Correio do Sul
Terça-feira,
8 de março de 2016
Publicações Legais16 Correio do Sul
Terça-feira,
8 de março de 2016
EDITAL DE CONVOCAÇÃO
PARA ELEIÇÕES SINDICAIS:
O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sombrio – SSPMS, com base no art.30 de seu
Estatuto, deixa público e convoca os membros aptos para inscrição de chapas que concorrerão às
eleições da nova Diretoria, para o período de três anos, conforme previstas no Estatuto do Sindicato
e no presente Edital.
Art. 1º - A eleição dar-se-á por votação por maioria simples (art.39), a ser realizada no(a) Câmara de
Vereadores de Sombrio, Rua Prof Edy Maciel Cunha, 37, Sombrio - SC, 88960-000, no dia 28 de abril
de 2016, com início às 18:30 horas, impreterivelmente. Caso não seja obtido “quorum” em primeira
convocação, a eleição, em segunda e última votação será realizada das 19:00 horas, do mesmo dia e
local. Todos os sócios, aptos à votar, estão convocados a comparecer no dia da eleição.
Art. 2º - Poderão votar os membros efetivos aptos a voto, observando-se o artigo 31 do Estatuto.
Art. 3ª - A votação se destina a eleger chapa completa (33, §1º), a saber:
Presidente; Vice-Presidente; 1º. Secretário; 2º. Secretário; 1º. Tesoureiro; 2º. Tesoureiro;
Art. 4º- Serão aceitas somente inscrições de chapas completas, conforme Estatuto, disponíveis para
consulta junto à Comissão Eleitoral abaixo designada.
Art. 5º - As inscrições das chapas serão feitas junto à Comissão Eleitoral, na sede do Sindicato, e
diretamente junto aos funcionários da Comissão Eleitoral, e através dos telefones dos mesmos, a partir
do lançamento deste edital, impreterivelmente, até às 18 horas do dia 13 de abril de 2016, ou seja,
quinze dias antes das Eleições (art.33), mediante preenchimento de requerimento, com a apresentação
dos documentos exigidos para o pleito, a saber: Cédula de Identidade, comprovante de residência
de cada membro.
Art.6º A lista das chapas registradas será publicada em 72 horas (art. 35) da data prevista no art.5 º,
acima, havendo prazo para impugnação de cinco dias (35, §1º) , com julgamento em 48 horas (art.35,
§2º).
Art.7º. Quinze dias antes da votação, será publicada lista dos associados votantes, na sede do Sindicato.
Sombrio-SC, 03 de março de 2016
COMISSÃO ELEITORAL:
Nome: Francini Pereira, CPF nº. 056.886.829-30 Telefone: 48-99882565
Nome: Edison Shineider, CPF nº. 578.784.550-15 Telefone: 48-9936-0430
Nome: Juares Pereira Farias, CPF nº. 269.378.080-20 Telefone: 48-9955-5363
Nome: Everton Luiz Santos, CPF nº. 509.484.829-15 Telefone: 48-9616-7270
Publicações Legais 17Correio do Sul
Terça-feira,
8 de março de 2016
Estado dE santa Catarina
Prefeitura MuniciPal de soMbrio
Estado dE santa Catarina
Prefeitura MuniciPal de soMbrio
edital de conVocaÇÃo nº. 007/2016
concurso PÚblico – edital 001/2015 (adMinistraÇÃo)
Pelo presente Edital, o PrEFEito MUniCiPaL dE soMBrio, senhor Zênio Cardoso, vem a público
convocar os candidatos aprovados no Concurso Público – Edital nº 001/2015 (administração) para
o cargo de: Professor de séries iniciais, abaixo relacionados, sendo que os referidos candidatos
deverão comparecerem no prazo de 30 (trinta) dias, no departamento de recursos Humanos da
Prefeitura Municipal de sombrio, munidos dos documentos exigidos pelo Edital do Concurso Público
nº. 001/2015, (administração) para tomar posse:
ProFEssor dE sÉriEs iniCiais
PosiÇÃo insCriÇÃo Candidato
4 98316 Ponaim Cardoso silva
5 97041 thais Valandro Martins Borges
Município de sombrio - sC 07 de março de 2016
Zênio Cardoso - Prefeito Municipal
Portaria nº. 052 de 04 de MarÇo de 2016
noMEia sErVidorEs aProVados PELo ConCUrso PÚBLiCo
EditaL no 001/2015 (adMinistraÇÃo)
o PrEFEito MUniCiPaLdE soMBrio-sC, senhor Zênio Cardoso, no uso da competência privativa
que lhe confere a Lei orgânica do Município de sombrio, de 06 de abril de 1990 combinado com a Lei
nº. 1.414 de 20 de Maio de 2003.
rEsoLVE:
art. 1º. nomear os servidores abaixo relacionados, aprovados no Concurso Público Edital nº. 001/2015
(administração), para o cargo de auxiliar de serviços Gerais, com Carga Horária de 40 (quarenta)
horas semanais, como segue:
noME
Eliane de souza Leite
Fabiana Valnier de Freitas de santana
augusta Cristina Crestani
Enilda Vargas teixeira nichele
Viviane Bristot Possamai
Esta Portaria Entra em vigor na data de sua publicação.
Município de sombrio – sC, 04 de março de 2016.
Zênio Cardoso
Prefeito Municipal
registrada e publicada nesta secretaria em data supracitada
José sidnei Januário
secretário Municipal de Finanças, administração e Planejamento
Publicidade18 Correio do Sul
Terça-feira,
8 de março de 2016
> região
AFesporte reuniu
nesta segunda-
-feira,em Florianópolis,
os representantes de suas
diretorias, gerências e
integradores esportivos
das Agências de Desen-
volvimento Regional. Na
pauta do encontro, que
prossegue até esta terça-
-feira,discussões sobre o
Fesporteplanejaeventosdoano
Terça-feira, 8 de março de 2016
³ 13-25-69-73-75CONCURSO
4.027
QUINA 07/03
³ 01-04-05-06-08
³ 11-12-13-14-15
³ 16-18-20-21-24
CONCURSO
1.332
LOTO FÁCIL
07/03
calendário esportivo 2016,
mudanças de regulamen-
tos das competições da
Fesporte e do caderno de
encargos para os municí-
pios que desejam ser sedes
de eventos esportivos.
Nareuniãotambémfoi
discutida sobre os métodos
dasvistoriastécnicasemci-
dadesquesediarãoasativi-
dades esportivas em 2016.
Diretores e gerentes da
Fesporteprestaramcontas
dasatividades2015eapre-
sentaram um cronograma
de realizações para o ano
que começa. Para o presi-
dentedaentidade,Osvaldo
Juncklaus,encontroscomo
essessãoimportantespara
alinhar as ações entre os
funcionários da Fesporte e
os integradores esportivos.
“Em 2016 teremos um
calendário esportivo de
grandes realizações como
Jogos Abertos de Santa
Catarina (Jasc) em no-
vembro,emTubarão,nosso
últimoeventodoano,eoos
JogosAbertos Paradespor-
tivos de Santa Catarina,
os Parajasc, em abril em
Criciúma, nosso primeiro
evento do ano. E nada
mais salutar que reunir
Fesporte e integradores
esportivos,quesãopessoas
que gerenciam as ações es-
portivasnoEstadodurante
o ano”, destaca Juncklaus.
NeguinhodoAsfalto
voltaaregião
> araranguá
Em nova passagem
pela Cidade das Ave-
nidas (a última ocor-
reu em 2013), o ciclis-
ta Antonio Rogério do
Nascimento, o popular
Neguinho doAsfalto, foi
recepcionado pelo sub-
secretário municipal de
Esportes deAraranguá,
Luciano Pires, na tarde
desta segunda-feira, dia
7, na sede da Prefeitu-
ra. Neguinho doAsfalto
já percorreu 26 países
da África e América
Latina, além de todos
os estados brasileiros,
sob duas rodas. A bici-
cleta é a companheira
inseparável do ciclista
que está na estrada há
25 anos.
“O Neguinho do As-
falto é uma figura conhe-
cida em todo o país e com
uma história de vida
baseada na superação.
Quando soube que es-
taria em Araranguá fiz
questão de recepcioná-
-lo”, declara o subsecre-
tário de Esportes, Lu-
ciano Pires. Nascido em
Corumbá (MS), o ciclista
de 38 anos realiza esta
maratona cumprindo
uma promessa que ele
fez após ficar entre a
vida e a morte quando
ainda era criança. De
Araranguá, Neguinho
do Asfalto segue para
Criciúma nesta terça-
-feira, 8.
terça-feira, 8 de março de 2016
Abertura de novas empresas em até 90 minutos.
Atendimento prioritário com retorno em até 48h.
Atendimento via telefone, e-mail ou sistema próprio.
Acompanhe o processo de registro pelo smartphone.
Ficou ainda mais fácil
abrir sua empresa em SC.
P r o g r a m a S i m p l i f i ca .
O Governo de Santa Catarina, por meio da JUCESC, lançou o
Programa Simplifica. Um pacote de melhorias que agiliza
a abertura de empresas e contribui para o desenvolvimento
do estado. Acesse jucesc.sc.gov.br e simplifique também.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Jornal digital 6 de janeiro de 2017
Jornal digital   6 de janeiro de 2017Jornal digital   6 de janeiro de 2017
Jornal digital 6 de janeiro de 2017
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 25 07-17
Jornal digital 25 07-17Jornal digital 25 07-17
Jornal digital 25 07-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4904_ter_26042016
Jornal digital 4904_ter_26042016Jornal digital 4904_ter_26042016
Jornal digital 4904_ter_26042016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 5046_sex_18112016
Jornal digital 5046_sex_18112016Jornal digital 5046_sex_18112016
Jornal digital 5046_sex_18112016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4982 seg_15082016
Jornal digital 4982 seg_15082016Jornal digital 4982 seg_15082016
Jornal digital 4982 seg_15082016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 17 08-17
Jornal digital 17 08-17Jornal digital 17 08-17
Jornal digital 17 08-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 24-04-17
Jornal digital 24-04-17Jornal digital 24-04-17
Jornal digital 24-04-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 08 08-18
Jornal digital 08 08-18Jornal digital 08 08-18
Jornal digital 08 08-18
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4969_qua_270720162
Jornal digital 4969_qua_270720162Jornal digital 4969_qua_270720162
Jornal digital 4969_qua_270720162
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4983 ter_16082016
Jornal digital 4983 ter_16082016Jornal digital 4983 ter_16082016
Jornal digital 4983 ter_16082016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4958_ter_12072016
Jornal digital 4958_ter_12072016Jornal digital 4958_ter_12072016
Jornal digital 4958_ter_12072016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 26 07-17
Jornal digital 26 07-17Jornal digital 26 07-17
Jornal digital 26 07-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4856 ter 16022016
Jornal digital 4856 ter 16022016Jornal digital 4856 ter 16022016
Jornal digital 4856 ter 16022016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 11 09-2018
Jornal digital 11 09-2018Jornal digital 11 09-2018
Jornal digital 11 09-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 21 11-17
Jornal digital 21 11-17Jornal digital 21 11-17
Jornal digital 21 11-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4973_ter_02082016
Jornal digital 4973_ter_02082016Jornal digital 4973_ter_02082016
Jornal digital 4973_ter_02082016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 07 08-17
Jornal digital 07 08-17Jornal digital 07 08-17
Jornal digital 07 08-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4961_sex_15072016
Jornal digital 4961_sex_15072016Jornal digital 4961_sex_15072016
Jornal digital 4961_sex_15072016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 19 09-2018
Jornal digital 19 09-2018Jornal digital 19 09-2018
Jornal digital 19 09-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 18 07-17
Jornal digital 18 07-17Jornal digital 18 07-17
Jornal digital 18 07-17
Jornal Correio do Sul
 

Mais procurados (20)

Jornal digital 6 de janeiro de 2017
Jornal digital   6 de janeiro de 2017Jornal digital   6 de janeiro de 2017
Jornal digital 6 de janeiro de 2017
 
Jornal digital 25 07-17
Jornal digital 25 07-17Jornal digital 25 07-17
Jornal digital 25 07-17
 
Jornal digital 4904_ter_26042016
Jornal digital 4904_ter_26042016Jornal digital 4904_ter_26042016
Jornal digital 4904_ter_26042016
 
Jornal digital 5046_sex_18112016
Jornal digital 5046_sex_18112016Jornal digital 5046_sex_18112016
Jornal digital 5046_sex_18112016
 
Jornal digital 4982 seg_15082016
Jornal digital 4982 seg_15082016Jornal digital 4982 seg_15082016
Jornal digital 4982 seg_15082016
 
Jornal digital 17 08-17
Jornal digital 17 08-17Jornal digital 17 08-17
Jornal digital 17 08-17
 
Jornal digital 24-04-17
Jornal digital 24-04-17Jornal digital 24-04-17
Jornal digital 24-04-17
 
Jornal digital 08 08-18
Jornal digital 08 08-18Jornal digital 08 08-18
Jornal digital 08 08-18
 
Jornal digital 4969_qua_270720162
Jornal digital 4969_qua_270720162Jornal digital 4969_qua_270720162
Jornal digital 4969_qua_270720162
 
Jornal digital 4983 ter_16082016
Jornal digital 4983 ter_16082016Jornal digital 4983 ter_16082016
Jornal digital 4983 ter_16082016
 
Jornal digital 4958_ter_12072016
Jornal digital 4958_ter_12072016Jornal digital 4958_ter_12072016
Jornal digital 4958_ter_12072016
 
Jornal digital 26 07-17
Jornal digital 26 07-17Jornal digital 26 07-17
Jornal digital 26 07-17
 
Jornal digital 4856 ter 16022016
Jornal digital 4856 ter 16022016Jornal digital 4856 ter 16022016
Jornal digital 4856 ter 16022016
 
Jornal digital 11 09-2018
Jornal digital 11 09-2018Jornal digital 11 09-2018
Jornal digital 11 09-2018
 
Jornal digital 21 11-17
Jornal digital 21 11-17Jornal digital 21 11-17
Jornal digital 21 11-17
 
Jornal digital 4973_ter_02082016
Jornal digital 4973_ter_02082016Jornal digital 4973_ter_02082016
Jornal digital 4973_ter_02082016
 
Jornal digital 07 08-17
Jornal digital 07 08-17Jornal digital 07 08-17
Jornal digital 07 08-17
 
Jornal digital 4961_sex_15072016
Jornal digital 4961_sex_15072016Jornal digital 4961_sex_15072016
Jornal digital 4961_sex_15072016
 
Jornal digital 19 09-2018
Jornal digital 19 09-2018Jornal digital 19 09-2018
Jornal digital 19 09-2018
 
Jornal digital 18 07-17
Jornal digital 18 07-17Jornal digital 18 07-17
Jornal digital 18 07-17
 

Semelhante a Jornal digital 4871_ter_07032016

Jornal digital 08 08-17
Jornal digital 08 08-17Jornal digital 08 08-17
Jornal digital 08 08-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4928_ter_31052016
Jornal digital 4928_ter_31052016Jornal digital 4928_ter_31052016
Jornal digital 4928_ter_31052016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 01 08-17
Jornal digital 01 08-17Jornal digital 01 08-17
Jornal digital 01 08-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 5008 qua_21092016
Jornal digital 5008 qua_21092016Jornal digital 5008 qua_21092016
Jornal digital 5008 qua_21092016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 10 09-2018
Jornal digital 10 09-2018Jornal digital 10 09-2018
Jornal digital 10 09-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 15-03-17
Jornal digital 15-03-17Jornal digital 15-03-17
Jornal digital 15-03-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 14 03-18
Jornal digital 14 03-18Jornal digital 14 03-18
Jornal digital 14 03-18
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 29 08-17
Jornal digital 29 08-17Jornal digital 29 08-17
Jornal digital 29 08-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 17 08-18
Jornal digital 17 08-18Jornal digital 17 08-18
Jornal digital 17 08-18
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4848_ter_02022016
Jornal digital 4848_ter_02022016Jornal digital 4848_ter_02022016
Jornal digital 4848_ter_02022016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 23 de janeiro de 2017
Jornal digital   23 de janeiro de 2017Jornal digital   23 de janeiro de 2017
Jornal digital 23 de janeiro de 2017
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 23 07-18
Jornal digital 23 07-18Jornal digital 23 07-18
Jornal digital 23 07-18
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 12 06-18
Jornal digital 12 06-18Jornal digital 12 06-18
Jornal digital 12 06-18
Jornal Correio do Sul
 
Jornal Correio do Sul 20-01-17
Jornal Correio do Sul 20-01-17Jornal Correio do Sul 20-01-17
Jornal Correio do Sul 20-01-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 03 03-17
Jornal digital 03 03-17Jornal digital 03 03-17
Jornal digital 03 03-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 20 12-16
Jornal digital 20 12-16Jornal digital 20 12-16
Jornal digital 20 12-16
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4949_qua_29062016
Jornal digital 4949_qua_29062016Jornal digital 4949_qua_29062016
Jornal digital 4949_qua_29062016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 09 08-17
Jornal digital 09 08-17Jornal digital 09 08-17
Jornal digital 09 08-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 23-02-17
Jornal digital 23-02-17Jornal digital 23-02-17
Jornal digital 23-02-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 28 07-17
Jornal digital 28 07-17Jornal digital 28 07-17
Jornal digital 28 07-17
Jornal Correio do Sul
 

Semelhante a Jornal digital 4871_ter_07032016 (20)

Jornal digital 08 08-17
Jornal digital 08 08-17Jornal digital 08 08-17
Jornal digital 08 08-17
 
Jornal digital 4928_ter_31052016
Jornal digital 4928_ter_31052016Jornal digital 4928_ter_31052016
Jornal digital 4928_ter_31052016
 
Jornal digital 01 08-17
Jornal digital 01 08-17Jornal digital 01 08-17
Jornal digital 01 08-17
 
Jornal digital 5008 qua_21092016
Jornal digital 5008 qua_21092016Jornal digital 5008 qua_21092016
Jornal digital 5008 qua_21092016
 
Jornal digital 10 09-2018
Jornal digital 10 09-2018Jornal digital 10 09-2018
Jornal digital 10 09-2018
 
Jornal digital 15-03-17
Jornal digital 15-03-17Jornal digital 15-03-17
Jornal digital 15-03-17
 
Jornal digital 14 03-18
Jornal digital 14 03-18Jornal digital 14 03-18
Jornal digital 14 03-18
 
Jornal digital 29 08-17
Jornal digital 29 08-17Jornal digital 29 08-17
Jornal digital 29 08-17
 
Jornal digital 17 08-18
Jornal digital 17 08-18Jornal digital 17 08-18
Jornal digital 17 08-18
 
Jornal digital 4848_ter_02022016
Jornal digital 4848_ter_02022016Jornal digital 4848_ter_02022016
Jornal digital 4848_ter_02022016
 
Jornal digital 23 de janeiro de 2017
Jornal digital   23 de janeiro de 2017Jornal digital   23 de janeiro de 2017
Jornal digital 23 de janeiro de 2017
 
Jornal digital 23 07-18
Jornal digital 23 07-18Jornal digital 23 07-18
Jornal digital 23 07-18
 
Jornal digital 12 06-18
Jornal digital 12 06-18Jornal digital 12 06-18
Jornal digital 12 06-18
 
Jornal Correio do Sul 20-01-17
Jornal Correio do Sul 20-01-17Jornal Correio do Sul 20-01-17
Jornal Correio do Sul 20-01-17
 
Jornal digital 03 03-17
Jornal digital 03 03-17Jornal digital 03 03-17
Jornal digital 03 03-17
 
Jornal digital 20 12-16
Jornal digital 20 12-16Jornal digital 20 12-16
Jornal digital 20 12-16
 
Jornal digital 4949_qua_29062016
Jornal digital 4949_qua_29062016Jornal digital 4949_qua_29062016
Jornal digital 4949_qua_29062016
 
Jornal digital 09 08-17
Jornal digital 09 08-17Jornal digital 09 08-17
Jornal digital 09 08-17
 
Jornal digital 23-02-17
Jornal digital 23-02-17Jornal digital 23-02-17
Jornal digital 23-02-17
 
Jornal digital 28 07-17
Jornal digital 28 07-17Jornal digital 28 07-17
Jornal digital 28 07-17
 

Mais de Jornal Correio do Sul

Jornal digital 20 12-2018
Jornal digital 20 12-2018Jornal digital 20 12-2018
Jornal digital 20 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 19 12-2018
Jornal digital 19 12-2018Jornal digital 19 12-2018
Jornal digital 19 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 18 12-2018
Jornal digital 18 12-2018Jornal digital 18 12-2018
Jornal digital 18 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 17 12-2018
Jornal digital 17 12-2018Jornal digital 17 12-2018
Jornal digital 17 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 14 12-2018
Jornal digital 14 12-2018Jornal digital 14 12-2018
Jornal digital 14 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 13 12-2018
Jornal digital 13 12-2018Jornal digital 13 12-2018
Jornal digital 13 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 12 12-2018
Jornal digital 12 12-2018Jornal digital 12 12-2018
Jornal digital 12 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 11 12-2018
Jornal digital 11 12-2018Jornal digital 11 12-2018
Jornal digital 11 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 10 12-2018
Jornal digital 10 12-2018Jornal digital 10 12-2018
Jornal digital 10 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 06 12-2018
Jornal digital 06 12-2018Jornal digital 06 12-2018
Jornal digital 06 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 05 12-2018
Jornal digital 05 12-2018Jornal digital 05 12-2018
Jornal digital 05 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 04 12-2018
Jornal digital 04 12-2018Jornal digital 04 12-2018
Jornal digital 04 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 03 12-2018
Jornal digital 03 12-2018Jornal digital 03 12-2018
Jornal digital 03 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 30 11-2018
Jornal digital 30 11-2018Jornal digital 30 11-2018
Jornal digital 30 11-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 29 11-2018
Jornal digital 29 11-2018Jornal digital 29 11-2018
Jornal digital 29 11-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 28 11-2018
Jornal digital 28 11-2018Jornal digital 28 11-2018
Jornal digital 28 11-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 27 11-2018
Jornal digital 27 11-2018Jornal digital 27 11-2018
Jornal digital 27 11-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 24 11-2018
Jornal digital 24 11-2018Jornal digital 24 11-2018
Jornal digital 24 11-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 22 11-2018
Jornal digital 22 11-2018Jornal digital 22 11-2018
Jornal digital 22 11-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 21 11-2018
Jornal digital 21 11-2018Jornal digital 21 11-2018
Jornal digital 21 11-2018
Jornal Correio do Sul
 

Mais de Jornal Correio do Sul (20)

Jornal digital 20 12-2018
Jornal digital 20 12-2018Jornal digital 20 12-2018
Jornal digital 20 12-2018
 
Jornal digital 19 12-2018
Jornal digital 19 12-2018Jornal digital 19 12-2018
Jornal digital 19 12-2018
 
Jornal digital 18 12-2018
Jornal digital 18 12-2018Jornal digital 18 12-2018
Jornal digital 18 12-2018
 
Jornal digital 17 12-2018
Jornal digital 17 12-2018Jornal digital 17 12-2018
Jornal digital 17 12-2018
 
Jornal digital 14 12-2018
Jornal digital 14 12-2018Jornal digital 14 12-2018
Jornal digital 14 12-2018
 
Jornal digital 13 12-2018
Jornal digital 13 12-2018Jornal digital 13 12-2018
Jornal digital 13 12-2018
 
Jornal digital 12 12-2018
Jornal digital 12 12-2018Jornal digital 12 12-2018
Jornal digital 12 12-2018
 
Jornal digital 11 12-2018
Jornal digital 11 12-2018Jornal digital 11 12-2018
Jornal digital 11 12-2018
 
Jornal digital 10 12-2018
Jornal digital 10 12-2018Jornal digital 10 12-2018
Jornal digital 10 12-2018
 
Jornal digital 06 12-2018
Jornal digital 06 12-2018Jornal digital 06 12-2018
Jornal digital 06 12-2018
 
Jornal digital 05 12-2018
Jornal digital 05 12-2018Jornal digital 05 12-2018
Jornal digital 05 12-2018
 
Jornal digital 04 12-2018
Jornal digital 04 12-2018Jornal digital 04 12-2018
Jornal digital 04 12-2018
 
Jornal digital 03 12-2018
Jornal digital 03 12-2018Jornal digital 03 12-2018
Jornal digital 03 12-2018
 
Jornal digital 30 11-2018
Jornal digital 30 11-2018Jornal digital 30 11-2018
Jornal digital 30 11-2018
 
Jornal digital 29 11-2018
Jornal digital 29 11-2018Jornal digital 29 11-2018
Jornal digital 29 11-2018
 
Jornal digital 28 11-2018
Jornal digital 28 11-2018Jornal digital 28 11-2018
Jornal digital 28 11-2018
 
Jornal digital 27 11-2018
Jornal digital 27 11-2018Jornal digital 27 11-2018
Jornal digital 27 11-2018
 
Jornal digital 24 11-2018
Jornal digital 24 11-2018Jornal digital 24 11-2018
Jornal digital 24 11-2018
 
Jornal digital 22 11-2018
Jornal digital 22 11-2018Jornal digital 22 11-2018
Jornal digital 22 11-2018
 
Jornal digital 21 11-2018
Jornal digital 21 11-2018Jornal digital 21 11-2018
Jornal digital 21 11-2018
 

Jornal digital 4871_ter_07032016

  • 1. www.grupocorreiodosul.com.br ANO XXv EDIÇÃO Nº 4.871 terça-feira, 8 de março de 2016 R$ 2,00 Grupo 29º 21º Possibilidade de Pancadas de Chuva à Tarde - Nebulosidade variável com pequena chance de chuva pela tarde. Previsão para hoje Extremo Sul Catarinense Geral 4Página Bombeirorelembra episódioque marcousuavida Sufoco 7Página 13Página Dia da Mulher Umahistória defénavidae demuitasorte PolíciaCivilrecupera animaisfurtados Presoquefugiu seapresentae voltaaopresídio No Pasto Agora Pra Ficar Polícia
  • 2. Candidaturassuicidasdeverãodiminuirem2016 Ex-prefeito de São João do Sul,Alex Bianchin (PT), ainda nãosedecidiusobreo convite recebido para se filiar ao PP, ob- jetivando a disputa da prefeitura de seu município este ano. No mesmo compasso de espera está o vereadordePassodeTorresJonasSouza (PT)querecebeuconvitedoPMDBpara uma disputa executiva pelo partido. A bem da verdade, o que tantoAlex quan- to Jonas almejam é serem apoiados na disputa majoritária deste ano sem se desfiliaremdoPT.EmSãoJoãoistonão édetodoimpossíveldeacontecer,atépor- queoPPjáapoiouoPTemduaseleições vitoriosas. Já em Passo dificilmente o PMDBapoiaráumcandidatodeforada sigla,poispartidojátempré-candidatos próprios saindo pela culatra. Ainda no PT Empresário Mário César Silvé- rio, o Teco, um dos pré-candidatos do PP à Prefeitura de Sombrio, diz que caso seu partido entenda que outro nome deva concorrer ao executivo, seu projeto deverá convergir para o legislativo. “Eu decidi que é hora de concorrer a um cargo público. Tudo tem seu momento e o meu é 2016. Claro que gostaria de estar em uma composição majoritária, mas se não der, vou tentar uma vaga na Câmara Municipal”, comenta. Teco figura ao lado de nomes como o do ex-presidente da Câmara de Verea- dores, Hélio Matos, e do empresário Cristian Rosa, como um dos nomes do partido para a disputa executiva deste ano. Por ora, Hélio tem des- pontado como o preferido do ninho progressista, que espera ter o PSD como seu vice. Neste sentido, o sonho do PP é ter o empresário Ademir da Silva, o Dema, na dobradinha, que enfrentará o prefeito Zênio Cardoso (PMDB). Bem afim ForteeSincero Quase lá ADVOCACIA EMPRESARIAL FONE: (48) 3533-0145 “O Congresso Nacional brasileiro é o mais eficiente do mundo. Ele mesmo rouba, investiga e dá a sua própria punição”. Correio do Sul Terça-feira, 8 de março de 2016 rolando_coelho@hotmail.com (48) 9945.6787 Millôr Fernandes (1923/2012) Escritor e chargista brasileiro Delegadoararan- guaense Jorge Giral- di, que já atuou em várias outras ope- rações em diversos municípios de nossa região,fezumcomen- tário bastante pro- ducente, ontem, em uma rede social. O conteúdo forte, mas sincero,mereceserreproduzido.“Senho- res pais, com a atual onda de violência, inicialmente rogo a vocês que vigiem mais os seus filhos, notadamente com quem e por onde andam. Caso seu filho já esteja envolvido em práticas ilegais, ouso em afirmar que se forem buscá-lo na delegacia se confortem, pois haverá uma nova chance de corrigi-lo, o que não aconteceria se o encontrares sobre a mesa gelada do IML”. Como já diziam os antigos, muito melhor uma verdade amarga do que uma doce mentira. Secretaria Executiva da Câmara de Vereadores de Sombrio fez a leitura, ontem, do Projeto de Lei que solicita autorização para que a prefeitura esta- beleçaparceriaentreoSamaeeaCasan, visandoarealizaçãodeumagestãocom- partilhadadosserviçosdeáguaeesgoto do município. Em princípio o projeto deverá receber sete votos favoráveis a sua aprovação e quatro contrários. A votação em si deve acontecer ainda esta semana.OntemoprefeitoZênioCardoso (PMDB) se reuniu com os funcionários do Samae para detalhar como se darão as tratativas entre o órgão e a Casan, tão logo haja a aprovação do projeto. O prefeito fez questão de ressaltar que todos os empregos serão preservados e que também não haverá prejuízos nos serviços prestados a população. “Esta- mos fazendo tudo pelo melhor. É o meu nomequeestáemjogonestanegociação. Nãovoujogarumavidadetrabalhofora em uma negociação mal feita. Sombrio só terá a ganhar com a parceria com a Casan”, comentou. possibilidade de Meleiro ter mesmo quatro candidatos a prefeito, o que deixaria o resultado da eleição to- talmente imprevisível. Maracajá é outro caso sui ge- neris. O PMDB, que comanda o município, deverá lançar Vânio Carradore. Já o atual vice, Everaldo Pereira (PT), não abre mão de uma candidatura. Pela oposição oficial, Arlindo Rocha (PSDB), com o apoio do PP, já está consolidado como candidato a prefeito. É muito interessante observar que as chamadas candidaturas suicidas têm diminuído cada vez mais em nossa região. É claro que há chances de uma terceira candidatura em municípios como Sombrio, Praia Grande, Arroio do Silva, Balneário Gaivota, dentre outros. Estas chances, no entanto, são cada vez menores. E são me- nores porque ninguém mais está querendo colocar a cara à tapa por conta de 300 votos na legenda do partido. Quem mais fez isto em nos- sa região, ao longo de nossa história política, a título de fortalecimento partidário, foi o PT. No entanto, o partido enfrenta um problema gritante de ordem moral junto ao eleitorado. Ao perder o discurso da correção administrativa, sobrou ao PT a retórica da justiça social, que em Santa Catarina não faz muito sentido. Por conta disto, a tendência é que as candidaturas que por ven- tura surgirem, sem chances de eleição, emanem de partidos de ex- trema esquerda, que façam críticas ao próprio PT. O problema é que partidos como o Psol, Rede e PCB não estão organizados na maioria de nossos municípios, o que esvazia francamente a possibilidade de uma terceira candidatura na maioria dos municípios aqui no Extremo Sul. O desenho político elei- toral deste ano tem se mostrado favorável ao lançamento de mais de dois candidatos a prefeito em somente três municípios aqui do Extremo Sul. Na maioria absoluta das disputas pela prefeitura, conti- nuará prevalecendo a velha tática de um único grupo de oposição ten- tando derrubar a situação. Todavia, esta regra não deverá se aplicar a Araranguá, Meleiro e Maracajá. Em Araranguá há anos isto já acontece. As lideranças exercidas pelo PT, PP e PMDB, de forma isolada, aca- baram formando grupos políticos bastante fortes, que dificilmente conseguirão se entender, em dupla, para a disputa deste ano. Ainda que duas destas siglas se unam, é muito provável que outros partidos nani- cos lancem nomes na disputa pelo executivo, como já tem acontecido há várias eleições. Em princípio, a Cidade das Avenidas deverá contar com a candidatura à reeleição do prefeito Sandro Maciel (PT), e ainda com as disposições para o pleito do ex-prefeito Mariano Mazzuco, pelo PP, e do empresário César Cesa pelo PMDB. Em Meleiro o cenário políti- co também está bem distendido. Aliás, mais distendido do que se possa imaginar. A situação tem apostado no nome do agrônomo Pa- trício Peruch (PP). Todavia, o atual vice-prefeito Beno Martins (PDS) também está tentando emplacar o seu nome, e neste sentido não se descarta a possibilidade de que ele concorra com o apoio da oposição. No que diz respeito a oposição que já está consolidada, os nomes dos empresários Eder Matos, pelo PSB, e de Ica Costa, pelo PMDB, estão no páreo há muito tempo. Interes- sante notar que não é descartada a
  • 3. tivação. É como alguém que quer emagrecer e estabelece logo a meta de perder 30 quilos. Talvez fosse mais fácil se o alvo fosse em princípio perder três quilos, depois mais cinco, metas mais fáceis de alcançar e que uma vez alcançadas servem de estímulo para seguir em frente. Falando sobre este assunto, Juliana conce- deu uma entrevista a Rádio 93.3 FM, do Gru- po Correio do Sul, de onde foram retirados estes tópicos bastante pertinentes quanto ao comportamento do ser humano. Acompanhe: Geral 3Correio do Sul Terça-feira, 8 de março de 2016 Marivânia Farias > Sombrio Ocarnaval passou, as férias acaba- ram, as aulas recome- çaram e o ano realmente iniciou para a maioria dos brasileiros. Passa- dos apenas dois meses de 2016, e muita gente já não lembra das pro- messas feitas na virada do ano. Por que isso aconte- ce? Um dos motivos, diz a psicóloga Juliana da Rosa Mengue, de Som- brio, é a escolha de metas muito altas, que levam a falta de foco e de mo- Como manter promessas de ano novo Correndo Atrás ³Juliana fala da importância de ter metas objetivas ³Projeto de lei pretende alterar a lei municipal de 2007, quando a própria Casan deixou de atender a população sombriense. “Tínhamoságuadepéssima qualidade e nem sequer um metro de rede de coleta de > Sombrio ‘Vedar por 30 anos a concessão, venda, sub- -rogação ou terceirização do serviço municipal de abastecimento de água e tratamento de esgoto’. Esse é o objetivo do gru- po intitulado Comitê em DefesadoSamaedeSom- brio, contra o que almeja o prefeito Zênio Cardoso, de estabelecer contrato com a Casan. Através dos vereado- res da bancada de oposi- ção, o grupo apresentou dois projetos, um de Lei e outro de Emenda à Lei Municipal, ao legislativo. Projetos contra Casan já estão na câmara esgoto. Esses serviços só se desenvolveram a par- tir da municipalização”, insistem os membros que defendem que não seja permitida a concessão. Ambos trazem o texto que impedeque,pelaspróximas três décadas, a prefeitura possa retirar o controle municipal dos serviços de tratamento e distribuição de água, e o recolhimento e tratamento de esgoto. De acordo com o Co- mitê, que conta com re- presentantes de setores empresariais, organizações não governamentais, insti- tuições sociais, associações comunitárias e lideran- ças políticas, a concessão destes serviços à Casan trará um retrocesso ao desenvolvimento do sane- amento básico que vinha sendo percebido a partir Por que é tão difícil manter as promessas de ano novo? Juliana: Quando as metas são soltas, sem muito foco, no decorrer do ano as pessoas vão se perdendo. Ter metas é positivo, mas elas não podem ser feitas no calor da emoção. Como não se frus- trar com metas que não são alcançadas por quem logo desanima? Juliana: É preciso pensar que tem tempo,o ano inteiro, e que não se deve sofrer por anteci- pação. Deve-se entender também que no início do ano quase sempre as esperanças se renovam e as pessoas acham que tudo vai mudar. Aconte- ce que a mudança depen- de delas. Elas têm que mudar. Li uma pesquisa mostrando que gastamos em média 30% do nosso tempo livre com as redes sociais.Este tempo pode- ria ser usado para atingir a meta, como estudar para um concurso pú- blico ou fazer atividades físicas. Muita gente agora está numa espécie de ressaca porque as fes- tas terminam e sobram as contas para pagar. Juliana: Isso acon- tece mais com quem faz compras e gastos ani- mado pelo aspecto emo- cional, e não prático, muitas vezes sem ter condições. O essencial na vida é planejamento. O planejamento pode evitar muito estresse e angústia. Quais são as conse- quências do estresse? Juliana: Ele mina a energia da pessoa, afinal, somos um conjunto de corpo e mente. Prejudi- ca até a saúde física e pode levar a depressão. Já sabemos que até o câncer tem um fundo emocional. Muita gente sonha em dar uma guinada na vida, mudando de emprego, casa e até de país. Por que poucos se animam? Juliana: Para ter co- ragem de mudar é bom entender que não existe guinada sem medo. E que podemos ir adiante mesmo com medo. No entanto, antes de tomar uma decisão é preciso re- fletir e planejar, evitando agir por impulso. E pen- se que mais pessoas se arrependem das decisões que não tomam do que das decisões tomadas.
  • 4. mais voltar. Isso era por volta de meia-noite, só conseguíamos ver a costa, por causa do giroflex das viaturas”, conta Albino. Perdidos em alto mar na escuridão, os bombei- rosresolveramseamarrar um ao outro para não se perderem. “Tentáva- mos nadar em direção ao Morro dos Conventos, às vezes em direção à praia do Rincão, mas o mar não nos deixava voltar, só nos levava para fora, por causadafortecorrenteza”, lembra Albino. Os os dois boiavam e nadavam, para evitar a hipotermia. “A gente sabia que só no outro dia, quando estivesse claro, alguémvirianosprocurar. Passaram 8 horas, está- vamos exaustos, mas não podíamos parar de nadar para não congelar e nem perder a visão da costa”. De manhã, por volta de 8h30min, o mar come- çou a jogar os bombeiros Geral4 Correio do Sul Terça-feira, 8 de março de 2016 Agonia Gislaine Fontoura deslocaram para a barra e avistaram uma luz em alto mar. Na noite escura, o grupo imaginou que o veleiro estivesse do lado de cá do canal da barra. Para piorar a situação, Araranguá estava en- frentando uma enchente e o rio estava jogando muita água e madeira para o mar. Na época, os bombeiros não tinham nem Jet Sky nem lancha e olhavam impotentes a tripulação pedindo so- corro, fazendo sinal com luzes. “Eu e um colega resolvemos ir a nado. No princípio, a notícia que tí- nhamos é de que um casal e uma criança estavam na embarcação. O tenente não quis deixar, mas fo- mos de encontro à família. Entramos no mar e quan- do estávamos há uns cem metrosdelessentimosque o mar começou a nos levar para dentro, caímos na corrente, fomos para alto mar e não conseguimos Sargento Albino e um colega passaram oito horas nadando na escuridão da noite, até serem resgatados no dia seguinte > ArArAnguá Em 1997, o sargen- to do Corpo de Bombeiros deAraranguá, Albino João Pedro, de 49 anos,quenaépocaerasol- dado, estava de folga em Arroio do Silva quando soubedeumaembarcação à deriva na Barra do Rio Araranguá.SegundoAlbi- no, por volta de 11h30min danoite,eleeumcolega,o cabo Renato, estavam no posto de guarda-vidas do Arroio quando receberam uma ligação avisando que a Capitânia dos Portos estava informando so- bre o barco, que estava a uma milha mar adentro comosocupantespedindo socorro. Segundo o sargento, era um veleiro estrangei- ro que estava com o leme quebrado. Ele, Renato e o tenente Vanderlino se Bombeiro lembra sufoco no mar Nove Anos Depois ³Episódio ocorrido em 2007 em alto mar marcou a vida de bombeiros até hoje que seja emitido o alvará de funcionamento de uma empresa. Para orientar os contribuintes a fiscal de tributos Micheline Fran- cisco buscou informações com o Corpo de Bombeiros. “Independentedotamanho ouatividadealiberaçãodos bombeiros precisa estar nas mãos dos proprietários antes de iniciar o processo na prefeitura”, ressalta. A fiscal reforça que isso é exi- gênciaemtodoopaís,nãosó em Maracajá. Além disso, Michelini lembra que as empresas já em funcionamento também serãovistoriadaspeloCorpo de Bombeiros para verificar se já possuem as exigências > MArAcAjá Para que os estabele- cimentoscomerciaisrece- bam o alvará de funcio- namento,antesprecisam ter o Plano de Prevenção e Combate a Incêndios aprovado pelo Corpo de Bombeiros. Esta é uma exigência nacional que a prefeitura de Maracajá adotouporrecomendação dacorporação.Oassunto foi tema de uma reunião entre o comando do Cor- po de Bombeiros de Ara- ranguá e funcionários da prefeitura. Desde o mês pas- sado é obrigatório uma série de licenças para Prefeitura e bombeiros se unem por lei de prevenção e combate a incêndios. “Estamos orientando os contribuin- tes de como proceder nes- ses casos e também para quem deseja começar um negócio”, completa. O primeiro documen- to exigido é o do Corpo de Bombeiros, seguido pela liberaçãodaVigilânciaSa- nitáriaedepoisoalvaráde funcionamentoéexpedido. Também é importante destacar que antes de qualquer construção ou reforma de residências, comércios e empresas, o proprietário deve pro- curar a prefeitura nos setores de tributos, en- genharia e fiscalização. para o Norte e eles foram em direção à Barra Velha, no Rincão. Mais tarde finalmente foram resga- tados por um helicóptero. Segundo Albino, a fa- mília que estava no velei- ro,já haviasidoresgatada antes dele e do colega. Os dois não se encontraram com a família que tenta- ram salvar, holandeses que estavam de férias no Brasil. Este mês, por meio de uma solicitação do vere- ador Alexandre Rezende Pereira, o sargentoAlbino será homenageado na Câmara de Vereadores de Araranguá, por sua cora- gem de arriscar a própria vida para tentar salvar a de desconhecidos. salientou que Madei- rarenovouaspastoraisda igreja. “O padreAntônio é sempre uma benção aqui, nós, da pastoral catequé- tica, tivemos muito apoio dele e será sempre bem vindoemnossaparóquia”, “A gente viu um helicóptero pequeninho passar na costa, depois soubemos que ele pousou na barra, conversou com o tenente Vanderlino e com os outros militares que estavam lá e começou a nos procurar no mar. A gente viu quando ele levantou da barra, vinha em nossa direção, depois se afastava. Nossa, aquilo dava uma agonia. Não tínhamos mais força para nada, dava cãibra direto nas pernas. Quando está- vamos em direção à praia do Rincão, o helicóptero viu uma embarcação em alto mar e resolveu ver se nós estávamos nela, foi quando eles nos avistaram”. garante Maria. A paróquia Nossa Se- nhora Mãe dos Homens tem agora como pároco o padre Alírio Leandro.
  • 5. Sensibilizado com o projeto, o presidente da Aciva,KleberFrigo,anun- cia publicamente apoio da entidade à iniciativa. “Solicitamos aos nossos associados que colaborem com este projeto, adqui- rindo cotas ou até mesmo comprando exemplares. Nossa Associação busca o desenvolvimento da re- gião e acreditamos que a colaboração com a edu- cação infantil é a melhor maneira de obtermos me- lhores resultados visando um futuro mais justo” destaca. Quem se interessar em colaborar com o proje- to, o telefone para contato é o (48) 8827.4552. Geral 5Correio do Sul Terça-feira, 8 de março de 2016 Apoio com carinho Cultura > Região AAssociação Em- presarial de Ara- ranguá e do Extremo Sul Catarinense (Aciva) vai apoiar o projeto Carinho é Bom, desenvolvido pelo músico e educador ara- ranguaense Lony Rosa e pelapsicólogaecoordena- dora editorial Elise Haas. O projeto contempla realização de oficinas para professores da rede infantil, produção do li- vro que traz o nome do projeto com uma cartilha ilustrada contendo 16 composições musicais, três estórias narradas e também atividades de colorir e desenhar. ”Nosso objetivo é semear e difun- dir uma abordagem ins- piradora para a educação infantil de qualidade, com criatividade, arte e claro, afeto.Quandovaloresedu- cacionais como estes são promovidos na educação infantil toda a sociedade é beneficiada com seus resultados”, ressaltam os autores. Acartilhaestáemfase de produção e conta com o apoio de diversos parcei- ros. As próximas etapas abrangem a impressão da primeiratiragem,de1.500 exemplares. “Após esta etapa, serão ofertadas ofi- cinas e mini cursos à rede de educadores”, afirmam. •Jorge Boeira * Jorge Boeira – é deputado federal por Santa Catarina. ³Reunião da Aciva, que está apoiando o projeto voltado a educação infantil Antonieta de Barros: Redescoberta e atual. Artigo > ARARAnguá O Câmpus Araranguá do Instituto Federal San- ta Catarina (IFSC) está com 94 vagas abertas para cursos de qualificação pro- fissional. As inscrições são gratuitasevãoatéodia14. São 30 vagas para o curso de Libras Intermedi- ário, 14 para o de Tecelão deTecidosPlanose50para o de Modelagem Plana e Costura Industrial. As aulas de Libras in- IFSC oferece vagas para cursos termediário serão realiza- das à noite, às segundas e quartas, das 18h30 às 22h30. Para se inscrever, é preciso ter idade mínima de 18 anos, ensino médio completo e curso básico de Libras com no mínimo 80 horas. Os interessados em aprender tecelaria terão que estar disponíveis à tarde, das 13h30 às 17h30. Já o curso de Modelagem Plana e Costura Industrial terá duas turmas. Uma no períodovespertino,àsquar- tas e quintas, das 13h30 às 17h30, e outra no período noturnoàssegundas,quar- tas e quintas, das 18h30 às 22h30,naEscolaBásicada Coloninha. Ainscrição é gratuita e éfeitaexclusivamentepela internetnoendereço:http:// www.ifsc.edu.br/ingresso- -inicio. Caso o número de candidatos seja superior ao número de vagas, será realizado um sorteio públi- co que será gravado e dis- ponibilizado na página do DepartamentodeIngresso. A história da mulher na sociedade se confunde com a própria história da sociedade pelo fato, dela mulher, ter momentos que não podem deixar de ser registrados.A história de Antonieta de Barros, a catarinense que na década de 30 se elegeu deputada como a primei- ra afrodescendente do país é um desses casos de superação, luta, determinação e de doce e salutar ousadia. Educadora, jornalista e política, Antonieta junta em sua trajetória, na primeira metade do século 20, três bandeiras caras ao Brasil do século 21: educação para todos, valorização da cultura negra e emancipação feminina. Por isso, nada melhor neste 08 de março, usar a história da deputada filha de ex escrava que inspira ativistas negras no Brasil e redescoberta no documentário Antonieta, da ci- neasta Flávia Person, para render homenagens a todas as mulheres catarinenses e, por extensão de todo o Brasil. Mas, redescobrir Antonieta, é também reconhecer que nestas terras tidas como de uma região branca, as oportunidades são dadas a todos. Em nosso estado, as desigualdades de gênero e as discriminações que ainda se avolumam, sucumbem ao dese- jo da sociedade catarinense de constituir-se cada vez mais numa sociedade plural e igualitária, onde é vedada qualquer forma de discri- minação e/ou opressão. Antonieta é a gênese deste sentimento. Causa e origem do empoderamento feminino e na consequente efetivação de direito para as mulheres. Não há dúvi- das que redescobrir Antonieta de Barros se configura como um instrumento de comemoração e de reflexão. Antonieta foi protagonista em uma época em que as mulheres, ainda mais as mulheres negras, eram relegadas à total submissão e desempenhavam papel coadju- vante na sociedade”, como afirma a professora Gisele Falcari e con- tribuiu, nas palavras da professora Alexandra Alencar, doutora em Antropologia pela Universidade Fe- deral de Santa Catarina e criadora do projeto “Outras Antonietas”, voltado para professoras negras, para que os negros e negras, que “no sul do Brasil, sempre tiveram situação de invisibilidade histórica, reduzam essa invisibilidade”. Que outras milhares de “Anto- nietas” sejam redescobertas Brasil afora. A luta das mulheres pela garantia de direitos não se esgota no dia 08 de março, sim, se reno- va e fortalece, fazendo-nos crer que não está longe o dia, em que a herança maldita do machismo e do sexismo seja página virada na história da humanidade. Que o Estado brasileiro, consoante com a Constituição Federal, tenha cla- ro que em relação à mulher não há espaços para execução de políticas públicas que não sejam aquelas comprometidas com a construção de uma sociedade livre, justa e solidária; com o fim de todas as desigualdades de gênero nas atividades profissionais e políticas como forma de reparar injustiças históricas e valorizar a mulher, sem a qual, não se constrói uma progressiva e perene cidadania.
  • 6. Fundado em 5 de Junho de 1990 - Dia Mundial do Meio Ambiente Jornalista Rolando Christian Sant’ Helena Coelho - Fundador Jornal Correio do Sul Publicações legais: tomaz@grupocorreiodosul.com.br Financeiro financeiro@grupocorreiodosul.com.br Comercial: l48l 3533.0870 comercial@grupocorreiodosul.com.br Diretor Geral Jabson Muller l48l 9955.5313 diretor@grupocorreiodosul.com.br Diagramação/Arte: correiodosul@grupocorreiodosul.com.br Sul Gráfica sulgrafica@grupocorreiodosul.com.br Redação: editor@grupocorreiodosul.com.br Radio 93FM radio93fm@grupocorreiodosul.com.br Circulação/Assinatura l48l 3533.0870 assinaturas@grupocorreiodosul.com.br Rua João José Guimarães,176, Centro - Sombrio/SC - Fone: (48) 3533 0870 Editora: GCS Ltda - ME CNPJ 17.467.695/0001-19 C.S. Empresa Jornalística LTDA. Geral6 Correio do Sul Terça-feira, 8 de março de 2016 “Esse cenário aponta para a necessidade de uma maior mobilização feminina, principalmente, para que mais mulheres se coloquem à disposição da política e concorram às eleições que se aproximam e ocupem as cadeiras disponíveis nas Câmaras de Vereadores e Prefeituras, no maior número de cidades possíveis. Trecho do artigo Por mais mulheres na política, da deputada Federal Angela Albino (PCdoB/SC)” Aliança pelo desenvolvimento PeloEstado D urante evento realizado, ontem, na sede da Federação das Indústrias (Fiesc),ojornalistaEduardoOinegue,deSãoPaulo,consultordeem- presas e governos, incluindo o de Santa Catarina, fez uma análise do cenárionacional.Elepreviuqueaté2018oencolhimentodoProdutoInterno Bruto (PIB) do Brasil representará a perda de R$ 650 bilhões. “Teríamos que crescer 6,6% ao ano para alcançar, em 2022, um país que cresceu em média 2,4%.” Para ele, “apesar de Santa Catarina ser uma árvore vigorosa, o estado não aparece no radar dos grandes investidores”. O presidente do Grupo RIC, Marcello Petrelli, que promoveu o evento – Construindo Conceitos por uma Santa Catarina Melhor –, falou da necessidade de uma aliança, en- volvendo a imprensa, as entidades de classe, os deputados e o governo de Santa Catarina. Dirigindo-se aos empresários, o governador Raimundo Co- lombo disse que é preciso somar forças para manter a atividade econômica e os empregos. “Não se pode só reclamar, só falar mal. Precisamos construir um cenário de proteção e de crescimento da nossa economia.” O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Gelson Merisio (PSD), destacou a ne- cessidade de o Estado se adaptar às transformações que estão ocorrendo no modelo público nacional. Ele destacou três prioridades para Santa Catarina que colocariam o estado como referência nacional: erradicar a miséria ex- trema, zerar os índices de analfabetismo e fazer investimento intensivo em saneamento básico. “Medidas possíveis que ajudariam a melhorar os bons índices que o Estado já tem.” O presidente da Associação de Diários do In- terior (ADI-SC), Ámer Felix Ribeiro, e o vice-presidente Executivo,Adriano da Fonseca Kalil Escada, participaram do encontro. Deumlado...A semana começa com con- vocação de manifestações. Ontem à noite teve Plenária da Frente Brasil Popular, em Florianópolis. Na justificativa, a afirma- ção: “O momento é de mobilização, vigília e resistência”. No final da tarde de hoje, o PT estadual participará do movimento pelo Dia Internacional da Mulher, igual- mente na Capital. Amanhã haverá uma reunião para discutir o calendário nacio- nal em defesa do governo de Dilma Rou- seff e também do ex-presidente Lula, que prevê manifestações em todas as capitais no dia 18 e uma grande marcha, em Brasí- lia, no dia 31. ...edeoutroDe outra parte, entidades do setor produtivo aderem publicamente às manifestações anti-corrupção marcadas para o domingo (13). Caso da Federação dasCâmarasdeDirigentesLojistas(FCDL -SC). Em nota distribuída ontem e assina- da pela diretoria, está escrito: “No próxi- modia13demarçomilharesdebrasileiros devem ir às ruas para protestar contra este cenário, focando nos partidos que controlam o Governo Federal e os man- datários da Câmara Federal e Senado”. Em vídeo postado na página da Fiesc, o presidentedaentidade,GlaucoJoséCôrte, refere-sea“umadaspiorescrisesdanossa história” e manifesta que as “turbulências oraenfrentadaseaincapacidadedosagen- tes públicos em lidar com suas consequ- ências comprometem a competitividade e o futuro da indústria brasileira”. O vídeo completo está em https://goo.gl/5DXkam Andréa Leonora Florianópolis - 08Mar16 Asilossobvigilância Inibir ações de maus tratos, agressões físicas e psicológicas em asilos, casas de repouso e cre- ches públicas e privadas instaladoas em Santa Catarina é o intuito do PL 0043.1/2016, proto- colado na Assembleia Legislativa pelo depu- tado Valmir Comin (PP) nesta segunda-feira (07). O projeto exige que os estabelecimentos instalem e mantenham em funcionamento circuito de câmeras de segurança, sendo que os mesmos devem ter o recurso de gravação e armazenamento das imagens por um período mínimo de trinta dias. Desta forma, além de coibir qualquer tipo de violência física ou psi- cológica contra idosos e crianças, oferece tranquilidade aos pais e aos familiares. A proposta foi motivada pelo caso de agressão contra idosos em um asilo de Laguna, no Sul do estado. AgênciaAL /sebraesc @Sebrae_SC Para melhorar a gestão e a produtividade e trazer mais inovação para seu negócio, conte conosco. SUA VIDA É SE SUPERAR A CADA DIA? ESTAMOS JUNTOS.
  • 7. Especial 7Correio do Sul Terça-feira, 8 de março de 2016 Fé na Vida Municípiohomenageiamulheres > ArArAnguá Aprefeitura deAra- ranguá, por meio da SecretariaMunicipalde Assistência Social, pro- move nesta terça-feira homenagem alusiva ao Dia Internacional da Mulher. O encontro reúneparticipantes dos clubes de mães e idosas do município, a par- tir das 13h30min, no Caverá Country Park. Na tarde desta segun- da, a primeira-dama Rose Maciel e equipe da Secretaria de Assis- tência Social estiveram no local para preparar o ambiente. São esperadas mais de 700 mulheres. Na programação, está pre- vista a realização de uma palestra-show com o músico Gustavo Balbi- not. O tema será Amor: A espiritualidade feminina geradora da vida. “Rea- lizamos este evento para que as e mulheres possam começarbemoanoemnos- sosencontros.Écommuita dedicação e carinho que receberemos os clubes de mães e idosas com o obje- tivo de elevar a autoestima e renovar as energias em uma data tão importante”, declara a primeira-dama. Para o secretário Edu- ardo Chico Merêncio, a homenagem visa valo- rizar as mulheres que tanto contribuem para a sociedade. “Pensamos em algo que valorize as mulheres de nosso mu- nicípio e a função social que os clubes de mães cumprem para o gover- no municipal”, destaca Chico. Durante a tarde será entregue aos clubes de mães materiais para os trabalhos a serem re- alizados ao longo do ano. ³Ontem local foi preparado para as convidadas Marivânia Farias ³Cida fazia política e dezenas de outras coisas ao mesmo tempo, até aprender a parar e apenas viver > BAlneário gAivotA “Eusouumamulher de muita sorte”. Quando Maria Apareci- da Colombo, de 59 anos, faz esta declaração, e ela a faz com frequência, é comum quem a ouve se espantar. Às vezes até sente vergonha. Como pode alguém que há sete anos enfrenta o câncer se considerar com sorte? A resposta vem rápida: “estou viva e feliz”. Quando Cida, como é chamada por amigos e familiares, descobriu um nódulo no seio classifica- do como um carcinoma invasivo de proliferação rápida, tratou de aceitar a doença e se preparar para vencê-la. Fez mas- tectomia (retirada do seio) e aprendeu uma lição: “é preciso aprovei- tar melhor a vida, viver intensamente e entregar o futuro a Deus”. O aprendizado, po- rém, ainda não tinha sido concluído. Cinco anos depois novos nódulos surgiram, desta vez no fígado e no diafragma. Era outubro de 2014 e os médicos avisaram que tratava-se de uma reci- diva (retorno do câncer) incurável. Desde então Cida voltou a se subme- ter a sessões de quimiote- rapia com as agravantes comuns. O cabelo caiu e o mal estar a coloca prostrada por dias. So- frimento suficiente para deixar muita gente de- pressiva ou se queixando do mundo. Não ela. “Os sintomas da químio são terríveis, mas digo uma coisa muito verdadeira, a paz que sinto hoje é maior do que antes”. Isso se deve, acredita, ao fim da angústia de sempre querer mais, ao fim da correria que muitas ve- zes a impedia de estar em contato com os filhos e netos, ao fim da crença de que se pode controlar e fazer tudo. Cida, que já foi ve- readora em Balneário Gaivota, abandonou a política certa de que não lhe fazia bem. Abando- nou também emoções e sentimentos que associa a doença, como mágoa e tristeza. Só não abando- nou a Igreja Católica e as amizades. Frequenta o clube de mães da sua localidade, Anita Gari- baldi, e é Ministra da Palavra, com a função de ajudar nas celebrações religiosas quando é reza- da uma espécie de missa sem a presença do padre. “Acho que tive câncer devido a fatores emocio- nais”, avalia. Mais uma boa aula recebida.Acura pode estar no carinho e apoio do marido e dos filhos e na certeza de que a vida é bela e de que é mesmo uma mulher de muita sorte. História de uma mulher de sorte
  • 8. Entretenimento Novelas - Horóscopo - Diversão Novelas Êta mundo bom -18h Totalmente Demais -19h A Regra do Jogo -21h L ili comenta com Rafael que Germano a traiu com Gilda. Germano pergunta a Gilda se Eliza é filha dele. Fabinho se surpreende ao perceber que Cassandra mentiu para ficar a sós com ele. Gilda leva Dayse e Carlinhos para visitar Eliza. Dino avisa a Peçanha que já sabe onde será realizada a última prova do concurso da revista. Débora vê Cassandra beijar Fabinho. GermanocontaparaJonatasqueDinochegouàcidade.Fabinho afirma que não irá namorar Cassandra. D antas tenta livrar Romeu de suas acusações. Mafalda afirma aZédosPorcoseEponinaquenuncamaisquerverRomeu. QuincaseDitasedeclaramumparaooutro,eameninateme areaçãodeCunegundesaonamorodosdois.Candinhoquestiona Filomena sobre Fragoso. Sandra percebe que Candinho voltou a usar seu medalhão. Anastácia dispensa os serviços de Peçanha e lamentaodesaparecimentodeJack. A tenaplanejairàreuniãoqueelegeráonovoPaidafacção, e Romero teme que seja uma armadilha. Dante e Lara anunciam seu noivado. Nora decide vender a mansão e morar com Nelita, Belisa e Kiki em um apartamento. Ascânio mantém silêncio sobre Romero e Atena, e Dante se irrita. Juliano comenta com Dante sobre o desaparecimento de Zé Maria. Adisabeba tenta acalmar Juliano, que sofre com a prisão deTóia. Rapidinhas Correio do Sul Terça-feira, 8 de março de 2016 Áries 21/03 a 20/04 Para você, semana começou boa, bem animada, cheia de pequenassurpresas--algumasbemboas!Asamizadesconti- nuampontoimportante,masreservemaistempo,conforme os dias se seguem, para atividades criativas que permitam certo isolamento. Leão 21/07 a 20/08 Sagitário 21/11 a 20/12 Nestes primeiros dias em que Marte transita seu signo a ânsia é maior. Ainda mais com um eclipse solar chegan- do com força total e anunciando que chegou a hora de alteraçõesimportantesnosetorfamiliar.Algopodefindar deverdade... Gêmeos 21/05 a 20/06 À hora de um eclipse solar importante para você, é bom terclaroosentidodoquetemfeitocomsuavidapresente. Algopodeacontecersemavisoprévionosetorprofissio- nal, incluindo desgastes com chefes ou clientes. Alguns errossãodifíceisdeperdoar. Libra 21/09 a 20/10 QueraproveitarolindoembalodeLuaeVênusemAquário? É hoje, e vale um trato no visual! Ótimo também para im- pressionar,cativareganharaaudiência,ocoraçãodochefe edoseuamor,também.Filhostrazemalegriaseesperanças. Aquário 21/01 a 18/02 Touro 21/04 a 20/05 A chave para um dia perfeito: coloque seu melhor sorriso no rosto e deixe passar pequenas provocações, cutucadas de gente mesquinha e cobranças de chatos. Mire sua saúde, bem-estar e necessidade de paz de espírito. Fuja de turbulências. Virgem 21/08a20/09 Mercúrio e Netuno se aproximam mais e mais, criando aqueleclimanublado,ondeintuiçãoecaossemisturam --para você, comportamentos alheios estão ficando enigmáticos, nebulosos. Espere! Vem vindo reviravolta numa relação. Capricórnio 21/12 a 20/01 Ótimodiaparalidarcomassuntosbancários,investimen- tosedinheiroemgeral--LuaeVênusajudamaverofuturo! No plano geral, percepções certeiras e algum problema aoredor.Novidadesnocaminho.Revelaçõesinesperadas. Câncer 21/06 a 20/07 Climaastralumtantoesquisito--vocêsentenapele,naalma, noar.Porisso,aatençãoficaprejudicada,poisaintuiçãoestá falando mais alto. E é bom escutá-la! O assunto é viagem: mudança de planos vem vindo por aí. Permaneça flexível. Escorpião 21/10 a 20/11 SoleJúpiteremângulotensoexpandemabusos,extrava- gâncias,exageros--muitagenteprometeenãofaz;outros ameaçam, mas nada advém. Tenha cuidado de verdade comosfilhoseosamores:suaintuiçãonãofalhará. Peixes 19/02 a 20/03 Com o eclipse solar acontecendo, é esperado que você não se sinta tão bem como de costume. Distração, irritabilidade, sintomasesquisitos,fraqueza--diminuaoritmoeescuteseu organismo.Talvez seja confrontado também. Lua e Vênus formam hoje último encontro no seu setor de relacionamentos estáveis --o próximo, só no ano que vem! Daí, vale muito ser amável, receptivo, conversar direitinho com seu amor. O mesmo com seus clientes. Boasorientaçõesdeumconselheiro. Lua eVênus em seu signo pela última vez neste 2016 --o próximo, só em 2017! Vá no embalo de beleza e tome decisõesaseufavor.Vocêtambémpodeesperarcarinho e algum presente bacana de alguém querido. Reveja investimentoserenda. O próximo mês de abril tem tudo para ser um dos mais importantes da vida de Luiz Mau- rício Bento Joaquim. Tudo porque o Mau Mau, participante da edição de 2011 do Big Brother Brasil, escolheu o dia 14 de abril para lançar sua biografia, que recebeu o título de Quanto Vale Um Milhão e Meio?. Em conversa com a reportagem de OFuxico, o ex-BBB falou, cheio de entusiasmo e ansiedade, sobre seu primeiro livro, que, segundo o próprio, tem como principal objetivo ressaltar a importân- cia de plantarmos apenas coisas boas, enquanto estivermos vivos. “O livro surgiu do acúmulo de várias ano- tações minhas, dos mais diversos assuntos possíveis, sobre os quais escrevi, com algumas críticas e contrastando com meus valores e minha criação. Acredito que, ao longo da vida, vamos perdendo muita coisa e que as coisas que aprendemos, principalmente na infância, devem ser usadas para criarmos nossa própria visão de mundo. Estou com 33 anos e quero deixar algo de bom como legado, principalmente quando se trata de mudança de atitude.”, afirmou ele. Expectativas para o lançamento da obra Além de também falar que, como pratica- mente tudo hoje em dia, está sujeito a ser alvo de algumas polêmicas e até críticas, por conta de sua biografia, o ex-participante aproveitou o mo- mento para ressaltar a importância dos familiares e amigos em sua vida, principalmente durante o processo de realização do livro. “Meus amigos e minha família enxergam meu trabalho com uma grandeza maior do que realmente tem. Eles ficam impressionados, prin- cipalmentepelaescolhadaspalavras,quepodem causar um entendimento errado, dependendo de como são usadas. Estou muito feliz e contente, e minha família e amigos só me ensinaram coisas boas. O preconceito ainda está presente, na inter- net principalmente. Muita gente acredita que não tenho muito para ensinar, que, por ser ex-BBB, posso ter tudo, mas esquecem que somos, em primeiro lugar, seres humanos. Minha vida não é apenas de aparências”, disse Mau Mau, que, aliás, está focado na construção de sua pousada, localizada em Mauá, que está sendo feita em sociedade com seu próprio irmão.
  • 9. Tânia DuarTe Correio do Sul Terça-feira, 8 de março de 2016 tania@grupocorreiodosul.com.br facebook.com/tania.duartecoelho Dia da Mulher Ontem à Câma- ra de Vereadores de Araranguá promoveu a sétima sessão do ano. Já a oitava foi antecipada em um dia, sendo realizada hoje, Dia Internacional da Mulher. Nesta terça- -feira, além da sessão solene, que inicia a partir das 19h, o pre- sidente do Legislativo, Rony da Silva infor- mou que, no período da tarde, às mulheres interessadas poderão realizar gratuitamen- te maquiagem, escova progressiva no cabelo, limpeza de pele e de- sign de sobrancelhas. Estas ações são frutos da parceria da Câma- ra de Vereadores com o Instituto Mix e com a empresa Mary Kay. Salto para Mulher Como já é tradição na Associação Empre- sarial de Araranguá e do Extremo Sul Cata- rinense, o Dia Inter- nacional da Mulher será comemorado em grande estilo. Nesta edição, as convidadas da Aciva Mulher para contar suas trajetórias de empreendedorismo serão a estilista Pauli Duarte, do atelier que leva seu nome, e a em- presária Dalva Maria Leite, da Loja Lem- mer. O evento ocorre hoje , no auditório da Associação, a partir das 19h30min. . Para maiores informações o telefone para contato é o (48) 3522.0973. 48 3533.0762 48 8804.2871 ³ DePassodeTorres,abelaCarolineBellettini Schefferéaaniversariantedapróximaquinta (10).Parabéns!!! ³ OcasalMarinêsNunesCaetanoeGuelCaetanocompletou35de casados,BodasdeCoral.Parabéns!!! ³ Primeira-damadeJacinto Machado,RosângeladeFáveri,ao ladodeanimadasparticipantesdos gruposdeterceiraidadedomunicí- pionavoltaasatividadesdesteano. Foto:JeanCarlos ³ Prefeito de Araranguá Sandro Maciel esteve de aniversário no sábado (5). Na foto com a esposa e os filhos. Parabéns!!!
  • 10. Publicidade10 Correio do Sul Terça-feira, 8 de março de 2016
  • 11. Geral 11Correio do Sul Terça-feira, 8 de março de 2016 > Balneário Gaivota A Secretaria de Saú- de de Balneário Gaivota está padronizando os atendimentos e ações. Depois de um ex- tenso trabalho das en- fermeiras do município, nesta última semana uma nova ferramenta de trabalho foi colocada em prática: o documento de Procedimento Ope- racional Padrão (POP). O objetivo básico é o de garantir, mediante a padronização, os re- sultados esperados por cada tarefa executada, ou seja, é um roteiro pa- dronizado para realizar uma atividade. De acordo com o secretário José Luís de Oliveira Lentz, com a adesão ao POP, todos os servidores da saúde re- alizarão os procedimen- tos da mesma forma. O POP define de forma clara e objetiva o passo a passo de cada tarefa dos postos de saúde, desde a reali- zação de um curativo até a esterilização de equipamentos. “É uma das ade- sões mais importantes dentro de nossa saú- de em questão de or- ganização”, comentou a enfermeira Cássia Machado, do posto de saúde central. Saúde padroniza atendimentos ³Obras em andamento devem melhorar visual no centro da cidade e depois serão encaminhadas aos bairros desde a avenida Antônio Sant’Helena até a Caeta- no Lumertz, e ainda com mais600metrosdeasfalto em direção ao distrito de Guarita, setor norte do município,paraficarpron- ta a via precisa receber o asfalto entre a Caetano e a prefeitura.As máquinas já estão na cidade para a obra ser realizada. Antes, porém, a rua Santos Coelho, paralela a Getúlio Vargas, recebe a capa asfáltica, desde a marginal da BR 101 até leva a Balneário Gaivota. Depois, foi a vez da ave- nida Getúlio Vargas, que recebeu rede de energia subterrânea, postes novos e mais bonitos arquite- tonicamente, iluminação de LED e agora tem o maior calçadão do estado de Santa Catarina em construção. Estasemanacontinua amelhorianaavenidaNe- reu Ramos, que receberá asfalto no último trecho que resta para sua revita- lização. Toda reconstruída > SomBrio Quem anda pelo Centro de Som- brio já nota, há mais de um ano, as obras que es- tão sendo realizadas pela prefeituranarevitalização de avenidas e ruas. Uma delas é a rua Caetano Lumertz, atrás da rodo- viária, a primeira a ser completamente revitali- zada. Além de bastante utilizadaporquemcircula pelaáreacentral,aCaeta- no dá acesso a rodovia que ObrasviáriascontinuamnoCentro Mobilidade a rua Breno Cardoso (rua da Fruteira Rússia). Em duas semanas, se o tem- po colaborar, a empresa responsável pelos asfal- tamentos quer terminar estes trechos, além de asfaltar também as ruas João José Guimarães (da Caetano Lumertz até a Santos Coelho) e Antônio Inácio da Rosa (da aveni- da Getúlio Vargas até a rua Teodoro Rodrigues de Oliveira). A partir daí, restará a sinalização e o calçadão da Getúlio, para que as obras do Roteiro Turís- tico Religioso de Sombrio fiquem completamente prontas. “O que estamos fa- zendo no Centro proje- tam Sombrio para um futuro de muito ganho com turismo religioso e de compras, faz com que nossos cidadãos tenham maisemprego,maiorqua- lidade de vida, locais de lazer para passear com a família, sem contar que eleva a autoestima do sombriense”, disse o pre- feito Zênio Cardoso. Segundo Zênio, logo serão iniciadas também realizações nos bairros, com ruas recebendo me- lhorias e pavimentações, especialmente em setores degrandecirculação,como os acessos aos bairros Ja- nuária e São Luiz, e o bairro São José. “Este há temposnecessitadeinves- timentos do poder público e agora receberá asfalto e calçamentoempelomenos cinco ruas”, anuncia.
  • 12. 12 Correio do Sul Terça-feira, 8 de março de 2016 Publicidade
  • 13. Polícia 13Correio do Sul Terça-feira, 8 de março de 2016 ³Leandro (centro) se reapresentou no presídio Romildo Black Gislaine Fontoura ³Vaca e bezerros foram levados da Gaivota para São João e depois voltaram de uma propriedade da praia Sulmar, em Balne- ário Gaivota. Na tarde de domingo os policiais souberam que o gado estava na proprie- dade de Valmor Bauer de Vargas, em Campestre, interior de São João do Sul. Eles foram até lá e encontraram os três ani- mais furtado e mais um > Gaivota/São João Desde quinta- -feira, a Polícia Civil de Sombrio inves- tigava o furto de um novilho e uma vaca lei- teira e seu bezerro. Os animais foram levados Vaca e bezerros voltam para casa Depois de Furto novilho sem identifica- ção. Todos foram apreen- didos e Valmor conduzido a delegacia, onde contou que tinha comprado os bichos de Luciel Patrício Guimarães,da Gaivota. No domingo mesmo a Polícia Civil foi atrás de Luciel e o encontrou em um rodeio em Sombrio. Ele confessou ter furtado Fugitivo volta ao Presídio Regional > araranGuá O interno do Presídio Regional de Araranguá (PRA), Leandro Souza da Silva, se apresentou na manhã desta segunda- -feira para terminar de cumprir sua pena. De acordo com o dire- tor do PRA,Adércio Velter, a direção do presídio man- teve contato com a família deLeandro,especialmente a mãe, e ele resolveu se apresentar acompanhado da esposa e do advogado. Leandro, tem 35 anos, énaturaldeCriciúma,efu- giunasprimeirashorasda manhãdodia22defeverei- ro. Ele foi condenado pelo crime de furto e estava preso desde janeiro de 2014 para cumprir uma penade5anose4meses no regime semiaberto e teria neste mês de março direito de solici- tar ao Poder Judiciário a regressão de regime para o aberto. Leandro trabalhava na cozinha do presídio e dividia a cela com mais sete detentos até que fugiu pulando pelo muro dos fundos da unidade. As câmeras de segurança registraram tudo. Com seu retorno a prisão,Leandropassará novamente pelo período de 10 dias de adaptação e a justiça decidirá qual o regime de pena ele passará a cumprir. e vendido os animais. Luciel relatou que foi até a propriedade da vítima com um compar- sa, cortou os arames e utilizando um reboque no carro carregou a vaca e os bezerros, que foram vendidos para Valmor. Como não houve ele e o receptador responderão em liberdade. Ontem a tarde a polí- cia voltou a propriedade de Valmor acompanhada pelo responsável pela De- fesa SanitáriaAnimal da regional da Cidasc, Ed- son Her Dorneles Filho para verificar a proce- dência do novilho que foi encontrado sem brinco de identificação. Até que tudo esteja esclarecido a proprieda- de está interditada e Val- mor recebeu prazo para regularizar a documen- tação dos animais que possui. Caso não cumpra a lei pode ser multado em até R$1900,00.
  • 14. 14 Correio do Sul Terça-feira, 8 de março de 2016 Publicidade
  • 15. Publicidade 15Correio do Sul Terça-feira, 8 de março de 2016
  • 16. Publicações Legais16 Correio do Sul Terça-feira, 8 de março de 2016 EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA ELEIÇÕES SINDICAIS: O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sombrio – SSPMS, com base no art.30 de seu Estatuto, deixa público e convoca os membros aptos para inscrição de chapas que concorrerão às eleições da nova Diretoria, para o período de três anos, conforme previstas no Estatuto do Sindicato e no presente Edital. Art. 1º - A eleição dar-se-á por votação por maioria simples (art.39), a ser realizada no(a) Câmara de Vereadores de Sombrio, Rua Prof Edy Maciel Cunha, 37, Sombrio - SC, 88960-000, no dia 28 de abril de 2016, com início às 18:30 horas, impreterivelmente. Caso não seja obtido “quorum” em primeira convocação, a eleição, em segunda e última votação será realizada das 19:00 horas, do mesmo dia e local. Todos os sócios, aptos à votar, estão convocados a comparecer no dia da eleição. Art. 2º - Poderão votar os membros efetivos aptos a voto, observando-se o artigo 31 do Estatuto. Art. 3ª - A votação se destina a eleger chapa completa (33, §1º), a saber: Presidente; Vice-Presidente; 1º. Secretário; 2º. Secretário; 1º. Tesoureiro; 2º. Tesoureiro; Art. 4º- Serão aceitas somente inscrições de chapas completas, conforme Estatuto, disponíveis para consulta junto à Comissão Eleitoral abaixo designada. Art. 5º - As inscrições das chapas serão feitas junto à Comissão Eleitoral, na sede do Sindicato, e diretamente junto aos funcionários da Comissão Eleitoral, e através dos telefones dos mesmos, a partir do lançamento deste edital, impreterivelmente, até às 18 horas do dia 13 de abril de 2016, ou seja, quinze dias antes das Eleições (art.33), mediante preenchimento de requerimento, com a apresentação dos documentos exigidos para o pleito, a saber: Cédula de Identidade, comprovante de residência de cada membro. Art.6º A lista das chapas registradas será publicada em 72 horas (art. 35) da data prevista no art.5 º, acima, havendo prazo para impugnação de cinco dias (35, §1º) , com julgamento em 48 horas (art.35, §2º). Art.7º. Quinze dias antes da votação, será publicada lista dos associados votantes, na sede do Sindicato. Sombrio-SC, 03 de março de 2016 COMISSÃO ELEITORAL: Nome: Francini Pereira, CPF nº. 056.886.829-30 Telefone: 48-99882565 Nome: Edison Shineider, CPF nº. 578.784.550-15 Telefone: 48-9936-0430 Nome: Juares Pereira Farias, CPF nº. 269.378.080-20 Telefone: 48-9955-5363 Nome: Everton Luiz Santos, CPF nº. 509.484.829-15 Telefone: 48-9616-7270
  • 17. Publicações Legais 17Correio do Sul Terça-feira, 8 de março de 2016 Estado dE santa Catarina Prefeitura MuniciPal de soMbrio Estado dE santa Catarina Prefeitura MuniciPal de soMbrio edital de conVocaÇÃo nº. 007/2016 concurso PÚblico – edital 001/2015 (adMinistraÇÃo) Pelo presente Edital, o PrEFEito MUniCiPaL dE soMBrio, senhor Zênio Cardoso, vem a público convocar os candidatos aprovados no Concurso Público – Edital nº 001/2015 (administração) para o cargo de: Professor de séries iniciais, abaixo relacionados, sendo que os referidos candidatos deverão comparecerem no prazo de 30 (trinta) dias, no departamento de recursos Humanos da Prefeitura Municipal de sombrio, munidos dos documentos exigidos pelo Edital do Concurso Público nº. 001/2015, (administração) para tomar posse: ProFEssor dE sÉriEs iniCiais PosiÇÃo insCriÇÃo Candidato 4 98316 Ponaim Cardoso silva 5 97041 thais Valandro Martins Borges Município de sombrio - sC 07 de março de 2016 Zênio Cardoso - Prefeito Municipal Portaria nº. 052 de 04 de MarÇo de 2016 noMEia sErVidorEs aProVados PELo ConCUrso PÚBLiCo EditaL no 001/2015 (adMinistraÇÃo) o PrEFEito MUniCiPaLdE soMBrio-sC, senhor Zênio Cardoso, no uso da competência privativa que lhe confere a Lei orgânica do Município de sombrio, de 06 de abril de 1990 combinado com a Lei nº. 1.414 de 20 de Maio de 2003. rEsoLVE: art. 1º. nomear os servidores abaixo relacionados, aprovados no Concurso Público Edital nº. 001/2015 (administração), para o cargo de auxiliar de serviços Gerais, com Carga Horária de 40 (quarenta) horas semanais, como segue: noME Eliane de souza Leite Fabiana Valnier de Freitas de santana augusta Cristina Crestani Enilda Vargas teixeira nichele Viviane Bristot Possamai Esta Portaria Entra em vigor na data de sua publicação. Município de sombrio – sC, 04 de março de 2016. Zênio Cardoso Prefeito Municipal registrada e publicada nesta secretaria em data supracitada José sidnei Januário secretário Municipal de Finanças, administração e Planejamento
  • 18. Publicidade18 Correio do Sul Terça-feira, 8 de março de 2016
  • 19. > região AFesporte reuniu nesta segunda- -feira,em Florianópolis, os representantes de suas diretorias, gerências e integradores esportivos das Agências de Desen- volvimento Regional. Na pauta do encontro, que prossegue até esta terça- -feira,discussões sobre o Fesporteplanejaeventosdoano Terça-feira, 8 de março de 2016 ³ 13-25-69-73-75CONCURSO 4.027 QUINA 07/03 ³ 01-04-05-06-08 ³ 11-12-13-14-15 ³ 16-18-20-21-24 CONCURSO 1.332 LOTO FÁCIL 07/03 calendário esportivo 2016, mudanças de regulamen- tos das competições da Fesporte e do caderno de encargos para os municí- pios que desejam ser sedes de eventos esportivos. Nareuniãotambémfoi discutida sobre os métodos dasvistoriastécnicasemci- dadesquesediarãoasativi- dades esportivas em 2016. Diretores e gerentes da Fesporteprestaramcontas dasatividades2015eapre- sentaram um cronograma de realizações para o ano que começa. Para o presi- dentedaentidade,Osvaldo Juncklaus,encontroscomo essessãoimportantespara alinhar as ações entre os funcionários da Fesporte e os integradores esportivos. “Em 2016 teremos um calendário esportivo de grandes realizações como Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) em no- vembro,emTubarão,nosso últimoeventodoano,eoos JogosAbertos Paradespor- tivos de Santa Catarina, os Parajasc, em abril em Criciúma, nosso primeiro evento do ano. E nada mais salutar que reunir Fesporte e integradores esportivos,quesãopessoas que gerenciam as ações es- portivasnoEstadodurante o ano”, destaca Juncklaus. NeguinhodoAsfalto voltaaregião > araranguá Em nova passagem pela Cidade das Ave- nidas (a última ocor- reu em 2013), o ciclis- ta Antonio Rogério do Nascimento, o popular Neguinho doAsfalto, foi recepcionado pelo sub- secretário municipal de Esportes deAraranguá, Luciano Pires, na tarde desta segunda-feira, dia 7, na sede da Prefeitu- ra. Neguinho doAsfalto já percorreu 26 países da África e América Latina, além de todos os estados brasileiros, sob duas rodas. A bici- cleta é a companheira inseparável do ciclista que está na estrada há 25 anos. “O Neguinho do As- falto é uma figura conhe- cida em todo o país e com uma história de vida baseada na superação. Quando soube que es- taria em Araranguá fiz questão de recepcioná- -lo”, declara o subsecre- tário de Esportes, Lu- ciano Pires. Nascido em Corumbá (MS), o ciclista de 38 anos realiza esta maratona cumprindo uma promessa que ele fez após ficar entre a vida e a morte quando ainda era criança. De Araranguá, Neguinho do Asfalto segue para Criciúma nesta terça- -feira, 8.
  • 20. terça-feira, 8 de março de 2016 Abertura de novas empresas em até 90 minutos. Atendimento prioritário com retorno em até 48h. Atendimento via telefone, e-mail ou sistema próprio. Acompanhe o processo de registro pelo smartphone. Ficou ainda mais fácil abrir sua empresa em SC. P r o g r a m a S i m p l i f i ca . O Governo de Santa Catarina, por meio da JUCESC, lançou o Programa Simplifica. Um pacote de melhorias que agiliza a abertura de empresas e contribui para o desenvolvimento do estado. Acesse jucesc.sc.gov.br e simplifique também.