Anunciarnainternetcomresultado 140822090004-phpapp01

168 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
168
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Anunciarnainternetcomresultado 140822090004-phpapp01

  1. 1. 1
  2. 2. INTRODUÇÃO........................................................................................................................................................................................................... 3 COMO TUDO COMEÇOU......................................................................................................................................................................................... 4 POR QUE ANUNCIAR NA INTERNET?................................................................................................................................................................... 6 POR QUE ANUNCIAR NO GOOGLE?..................................................................................................................................................................... 8 COMO OS LINKS PATROCINADOS DO GOOGLE FUNCIONAM....................................................................................................................... 10 Como funciona o leilão do Google?............................................................................................................................................................11 É possível aparecer no Google e não pagar por clique?...........................................................................................................................11 QUAL A DIFERENÇA ENTRE LINKS PATROCINADOS E SEO?............................................................................................................ 12 Qual é melhor: Links Patrocinados ou SEO? ............................................................................................................................................ 13 OS SEGREDOS DE UMA CAMPANHA DE SUCESSO NO GOOGLE ................................................................................................................ 14 1 – Site......................................................................................................................................................................................................... 14 2 – Índice de Qualidade.............................................................................................................................................................................. 18 3 – Divisão das campanhas........................................................................................................................................................................ 24 4 – Escolha das palavras-chave................................................................................................................................................................. 25 5 – Criação dos anúncios ........................................................................................................................................................................... 36 Outros formatos de anúncios do Google ................................................................................................................................................... 39 POR QUE ANUNCIAR NO FACEBOOK? .............................................................................................................................................................. 42 1 – PRIMEIRO PASSO NO FACEBOOK................................................................................................................................................................ 44 2 – COMO VENDER NO FACEBOOK.................................................................................................................................................................... 45 3 - CRIAÇÃO DE ANÚNCIOS NO FACEBOOK..................................................................................................................................................... 47 a) Criar anúncios para criar/aumentar a base de Fãs............................................................................................................................... 47 b) Escolha de imagens para os anúncios do Facebook............................................................................................................................ 49 c) Criar anúncios para meu site ou Landing Page .................................................................................................................................... 58 d) Criar anúncios para os Fãs e Amigos dos Fãs...................................................................................................................................... 59 e) Criar anúncio de Oferta. ......................................................................................................................................................................... 62 f) Criar anúncios para sua base de e-mails............................................................................................................................................... 65 g) Criando anúncio para visitantes de seu site.......................................................................................................................................... 66 CONCLUSÃO........................................................................................................................................................................................................... 67
  3. 3. 3 Em primeiro lugar, gostaria de agradecer por ter baixado meu E-book. Para você que ainda não me conhece, meu nome é Maurício Fantazzini e trabalho há mais de 10 anos na área web. Realizei diversas atividades nessa área: venda de sites, gerente de atendimento de projetos, diretor de projetos web, palestrante de estratégia na internet e, por fim, em 2010 abri minha empresa para atender clientes que queriam gerar negócios pela internet. Desde então, tenho como principal foco ajudar pequenas e médias empresas a conquistarem novos clientes através de ações na internet. Em todo esse tempo, já investi alguns milhões em reais em publicidade online para centenas de clientes. Nesse período, cansei de analisar campanhas no Google e no Facebook que gastavam dinheiro de forma desordenada e não traziam os resultados desejados. Muitas vezes vi campanhas que, de tão mal configuradas, faziam com que as pequenas empresas parassem de anunciar na internet porque o investimento não trazia resultado. E pior do que isso: fazia com que elas nunca voltassem a investir e, assim, perdiam a possibilidade de fazer anúncios nas melhores ferramentas de publicidade da internet. Sei o que é ser um pequeno e médio empresário no Brasil onde, para todo começo, existem barreiras e dificuldades que devem ser ultrapassadas e que cada centavo do investimento em marketing deve ser assertivo. Esse E-book tem como objetivo orientar o pequeno e médio empresário para que comece ou dê continuidade às suas ações de marketing online de uma forma correta e inteligente. Meu objetivo também é mostrar que é possível ter sucesso trabalhando com ações na internet, mesmo que sua situação atual for muito difícil. Ela vai trabalhar para você, para o seu negócio, para a sua família e será uma ponte para os resultados e para o lucro que você tanto espera. Você pode ter certeza que eu comecei exatamente como você pode estar começando hoje e eu quero contar mais um pouco sobre a minha história, pois quero mostrar que tudo é possível quando seguimos os passos certos.
  4. 4. 4 No inicio de 2009 eu trabalhava em uma agência de Marketing Digital no chamado “Coração Financeiro do Brasil”, na Avenida Paulista. Já em 2006, comecei a trabalhar com anúncios no Google. Aprendi tudo sobre essa ferramenta que, naquela época, já tinha a mesma essência de hoje, no entanto, muita coisa nela mudou de lá para cá. Eu era o responsável pelo desenvolvimento dos projetos online e da publicidade dos clientes, principalmente no Google, já que o Facebook era desconhecido no Brasil. Também dava palestras no local para outras centenas de empresas convidadas. Falava sobre Marketing Digital em geral e em como investir na internet. Mas, apesar do local glamoroso, as coisas não andavam bem na empresa. Após uma série de investimentos mal feitos pelos diretores da agência, passamos a ter problemas financeiros e eu passei a não receber meus salários regularmente. O maior problema é que eu estava prestes a me casar – me casaria em abril de 2009. Mesmo nesse turbilhão, a agência possuía por volta de 40 clientes e gerenciávamos campanhas para diversos segmentos do mercado. Naquela época, a competição era muito menor e poucas empresas utilizavam o Google como uma ferramenta de publicidade (isso, é claro, se compararmos com os dias de hoje). Uma das campanhas que nunca me esqueço de ter gerenciado foi para uma casa de santo em Salvador. Anunciávamos palavras como “trabalho para o amor voltar”, “amor de volta em uma semana”, “desfazer macumba” e por aí vai... Certo dia, eu recebo uma ligação do responsável pela “empresa”, que me disse: “Precisamos encerrar as campanhas. Vamos parar tudo!” E eu, como um bom atendente que era, além de gerenciar as campanhas, segui o protocolo e perguntei: “Gostaria de saber qual o motivo de pararem. As campanhas não apresentam mais os mesmos resultados?” E resposta foi: “As campanhas continuam com os mesmos resultados, mas os espíritos pediram para você parar com elas agora.” Com um pedido desses, parei gentilmente. Mesmo nos piores momentos, eu precisava me divertir com essas situações. Nessa época eu tinha dois empregos para poder pagar todas as minhas contas e as despesas do casamento. Durante o dia eu trabalhava na empresa e durante a noite eu dava aulas de inglês. Minha esposa tinha três empregos. Ela é fisioterapeuta e atendia pacientes em casa, ou mais conhecido como “Home Care”. Além disso, dava aulas de Pilates em uma academia no período noturno e, nos intervalos de horas durante o dia, trabalhava em uma empresa na área administrativa/financeira. Em abril de 2009, eu casei e, durante todo o ano, continuei trabalhando na agência. Os problemas só pioravam e eu – agora recém-casado – não conseguia pagar minhas contas. Foi um momento muito frustrante e embaraçoso por que tive que pedir dinheiro emprestado ao meu pai. Ainda hoje fico tentando imaginar o que ele pensou naquele momento. Talvez “Será que vou ter que manter o meu filho e agora a esposa dele?” ou “Por que quis casar se não consegue pagar suas contas?”. De fato, nunca perguntei o que ele pensou, mas o que aconteceu é que em pouco tempo paguei todo o valor que ele me emprestou. No início de 2010 a situação ficou insustentável e, nesse momento, eu estava com poucas esperanças e procurando um novo emprego. Foi então que três de nossos clientes se uniram e me disseram para cuidar individualmente de suas contas. Parecia um pouco desonesto naquele momento, mas o melhor que eu fiz foi explicar toda a situação para meu diretor. Sabendo que a dívida com meus salários já ultrapassava dois meses e sem expectativas de melhora, ele não só concordou como achou justa minha explicação. Assim, dia 25 de maio de 2010, iniciei minha empresa. Claro que muita coisa mudou desde então, crescemos muito trabalhando com ações online, principalmente com anúncios no Google e no Facebook, e também devido a muitas indicações.
  5. 5. 5 Desejei contar essa história porque sou testemunha de que um bom trabalho em campanha pode fazer sua empresa crescer, atraindo novos clientes. Em todo esse período tive pouco dinheiro para investir, mas investindo da forma certa, fui aos poucos conquistando novos clientes. Além da agência, tenho outra empresa em conjunto com a minha esposa, que vou contar posteriormente e que, em um ano, conquistou mais de 50 clientes ativos utilizando apenas o Google e o Facebook como ferramenta de publicidade. Se você ainda não faz anúncios na internet, quero te dizer que me empenhei ao máximo para passar todas as informações necessárias para que você comece a fazê-lo. Mas se já os faz, tenho certeza que o conteúdo deste livro vai melhorar muito os resultados da sua campanha atual. Em todos esses anos, consegui ajudar muitas empresas a encontrarem o caminho do sucesso com a internet. Não é uma tarefa fácil e muito menos mágica. É preciso planejamento, ação e tempo para você mudar o nível de sua empresa. Mas a boa notícia é que você vai conseguir perceber melhores resultados em pouco tempo. Preciso te dizer uma coisa: Esse E-book só foi escrito graças ao apoio de alguns clientes, mas principalmente de um que por diversas vezes me disse: “Maurício, você mudou minha vida, você mudou a vida de minha empresa. Existem milhares de empresários no Brasil que você precisa ajudar”. Durante os capítulos seguintes, você vai saber quem é esse cliente. Vamos ao que importa?
  6. 6. 6 A internet é o veículo de comunicação que mais cresce no mundo. É óbvio que se você chegou até aqui, foi por causa dela e de suas ferramentas. Mídias como o rádio e a TV são absolutamente caras para investir; e jornais, revistas e classificados não dão o mesmo resultados há anos, pois a cada dia que passa, as pessoas compram menos por essas publicações e utilizam as ferramentas que a internet oferece para buscar produtos e serviços. Quem hoje começa um novo negócio, tem a internet como a ferramenta com o custo de investimento mais baixo. Na internet é possível fazer anúncios com menos de R$ 100,00 por mês e começar a ter resultados. Com apenas R$ 100,00 já é possível fazer a roda girar. Uma das vantagens da internet é a mensuração. Você sabe o quanto está investindo, quantas pessoas estão entrando no seu site através das ferramentas de anúncios e também sabe qual o custo por cada contato recebido pelo site ou por cada ligação que recebe. A internet te oferece ferramentas onde você sabe quanto tempo cada visitante permanece no seu site, quais as páginas que ele navegou e se ele chegou até a página que você quer – que pode ser um “Obrigado pela Compra” ou um “Obrigado pelo envio do Contato”. Outra vantagem que a internet traz é a facilidade de testar anúncios, textos, imagens no site e identificar quais farão o visitante se tornar um interessado e, posteriormente, um cliente. É muito simples e rápido fazer mudanças visuais e comparar os resultados. Já em uma revista, por exemplo, não é possível testar dois anúncios diferentes e saber qual deles irá trazer mais visitas, vendas ou contatos. As principais ferramentas para publicidade na internet para as pequenas e médias empresas que querem vender produtos e serviços são, sem dúvida, o Google e o Facebook. Mas não são as únicas: existem sites como o Mercado Livre (venda de produtos), o Buscapé (comparador de preços para venda de produtos), entra outras. Nesse E-book quero mostrar como você pode aumentar o número de clientes para o seu negócio, sem precisar investir 1 centavo a mais do que já investe. Se você investe em jornais e revistas, PARE AGORA! Se você investe em classificados, pare também! Eu nunca fiz qualquer tipo de anúncio fora da internet para minha empresa de Marketing Online, mas já fiz para outra... Junto com a minha esposa, tenho um Estúdio de Pilates. Abrimos em fevereiro de 2013. Como muitos empresários que estão iniciando um novo negócio, o investimento em reforma, equipamento, materiais e aluguel é alto, por isso, na grande maioria das vezes, o orçamento para investir em marketing tem que ser bem controlado. Pois bem, criei o site do Estúdio de Pilates e comecei os anúncios no Google e no Facebook. Após três meses, uma revista da cidade convenceu minha esposa a anunciar nela. Nesse momento já tínhamos em torno de três a cinco contatos por dia, sendo através de formulário de contato no site ou por ligações. Todos esses contatos eram provenientes do Google e do Facebook. Mesmo tendo uma empresa de publicidade na internet, minha esposa me convenceu (“Eu quero anunciar na revista e ponto final”) a anunciar na revista. Claro que eu não sou bobo, mas os argumentos dela eram muito bons. Enfim, tivemos o trabalho de criar a imagem que iria para a revista e a mesma foi impressa e começou a ser distribuída. Investimos por volta de R$ 2.000,00 em alguns meses de publicações e, em todo esse período, recebemos incríveis três contatos através dela. Com esse mesmo investimento no Google e no Facebook, conseguimos em torno de 250 contatos e ligações no mesmo período. A diferença é gritante e é isso que eu adoro em relação à internet.
  7. 7. 7 Tenho que confessar que, em alguns momentos durante esse primeiro ano com o novo negócio de minha esposa, eu tive que parar as campanhas no Google e no Facebook. Mas foi por um bom motivo: não tínhamos mais horários vagos para novos clientes. Após alguns meses, contratamos professores e novamente não estávamos mais horários disponíveis. Resultado: Precisávamos ampliar nosso espaço. Precisávamos ampliar nosso negócio. Isso aconteceu com o negócio da minha esposa, mas será que pode acontecer com o seu? Minha resposta é: SIM, é possível isso acontecer com o seu negócio. Se você já investe no Google ou no Facebook, quero mostrar como você vai conseguir potencializar os seus resultados. Tudo isso é possível com uma combinação de Google + Facebook + site + dicas essenciais.
  8. 8. 8 O Google é o buscador mais utilizado no Brasil. Você provavelmente faz as buscas que precisa nele. Em 2013, quase 94% dos brasileiros fizeram suas buscas lá. Se todo mundo busca no Google por informações, produtos ou serviços, faz todo sentido sua empresa criar anúncios lá. Para você ter uma ideia desse potencial, tenho clientes que, só com os anúncios do Google, faturam mais de 500 mil reais por mês. Os anúncios do Google ou, como são conhecidos popularmente, os “links patrocinados”, é um tipo de publicidade que dá a mesma oportunidade para pequenas, médias e grandes empresas. Qualquer empresa pode anunciar, iniciando com qualquer investimento. É claro que, quanto maior o investimento, maior a quantidade de cliques que as empresas terão e, consequentemente, maior o número de potenciais clientes que acessarão seu site, no entanto a oportunidade é igual para todas elas. Sua empresa não precisa ter milhares de reais para anunciar em grandes portais como grandes empresas fazem, por exemplo. Antigas, novas, pequenas e grandes empresas podem competir pelas mesmas palavras e ter a oportunidade de conquistar os mesmos clientes. Hoje em dia, a maior dificuldade em anunciar no Google está na concorrência com outras empresas que estão anunciando nas mesmas palavras. Isso faz com que o valor do clique na palavra fique cada vez mais alto e com isso o investimento pode ter que ser aumentado para manter os bons resultados. A boa notícia é que a grande maioria das empresas não tem uma boa campanha de anúncios e não consegue aproveitar todo o investimento que é aplicado no Google. Fazer um anúncio no Google (links patrocinados) não é simplesmente escolher algumas palavras, criá-lo e colocar o link do seu site. É muito mais do que isso! Criar um anúncio no Google envolve estratégia, cuidado na escolha das palavras, testes com os anúncios e informação precisa e direta em seu site. Por isso, mesmo que você tenha anunciado no Google e tenha parado por não ter atraído bons resultados, posso dizer que é hora de voltar! Mesmo que o valor do clique esteja alto e que o investimento seja maior, trabalhando da forma correta, você vai ter contatos, fazer vendas e retornar seu investimento. Para você ter uma ideia, um de meus clientes tem palavras em sua campanha que chegam a custar perto de R$ 15,00 o clique. É isso mesmo: um simples clique pode custar R$ 15,00. Mas isso não é problema quando os contatos chegam e negócios são concretizados. As principais vantagens de anunciar no Google são:  Controle dos resultados: É muito fácil controlar os resultados com o Google. Por um lado, você sabe quanto está investindo e, por outro, sabe a quantidade de contatos e pedidos que está recebendo. Entretanto, é extremamente importante que seu site contabilize os contatos recebidos por formulários e que seus atendentes sempre façam uma pergunta básica: “Onde nos encontrou?”.  Poder de segmentação: Esse é o grande diferencial do Google. Isso é: Que tal pagar por acessos em seu site de pessoas que estão nesse exato momento buscando o que você tem a oferecer? A melhor segmentação é a de palavra-chave. Ou seja, exibir seu anúncio apenas quando uma palavra determinada for buscada. O Google também possui outros tipos de segmentação como sites, sexo, idade e interesses.  Você só paga quando seu anuncio é clicado: Isso seria a mesma situação se você anunciasse em um jornal ou revista e pagasse para quem viu seu anúncio. E mais do que isso: se viu e se essa pessoa estiver interessada no seu produto ou serviço no exato momento.
  9. 9. 9  Você escolhe quanto e quando quer pagar: Outra vantagem de anunciar no Google é poder iniciar e parar a qualquer momento, além de decidir o quando deseja investir a cada dia. O seu risco é quase zero. Isso porque você investe a quantia que quiser, inicia sua campanha e para no momento que decidir. Diferente de uma revista, por exemplo, onde é necessário pagar pela sua tiragem e, se você não tiver um bom resultado, não tem como voltar atrás. Para quem nunca anunciou nos links patrocinados do Google, sua ferramenta de anúncios chama-se AdWords (www.google.com.br/adwords).
  10. 10. 10 Links Patrocinados são anúncios criados na internet para divulgar produtos, serviços e/ou empresas, e que possuem um link em seu conteúdo. Esse link direciona a pessoa interessada pelo produto ou serviço diretamente para um site, hot-site, portal ou qualquer outro meio digital. A ferramenta de Links Patrocinados do Google é o Google AdWords. Ela é, com certeza, a ferramenta mais potente de publicidade na internet, desde que conhecemos a internet da forma que ela é. O Google AdWords tem o objetivo de associar sua publicidade (seus anúncios) com o que o cliente em potencial está procurando (palavras-chave). Quando alguém digita uma palavra-chave no Google, junto aos resultados obtidos, aparecem anúncios comerciais com um link patrocinado que levará o potencial cliente até o site da empresa em questão. No exemplo acima, foi feito uma busca por casas nos Estados Unidos e tivemos, por parte do Google, uma série de respostas de links que estão sendo patrocinados. Os anúncios são exibidos na lateral direita e na parte onde temos um fundo de uma cor diferente ao branco que predomina na tela.
  11. 11. 11 Para exibir um anúncio de sua empresa no Google, é necessário ter uma conta no Google AdWords, escolher as palavras-chave que identificam seus produtos/serviços, criar seus anúncios e ter um site relevante para levar as pessoas até você. No AdWods você determina o quanto quer pagar por cada clique que receber em seus anúncios. A partir desse valor que determinou, que é chamado de CPC (Custo por clique), o Google determinará o posicionamento de seu anúncio em relação aos seus concorrentes. Os links patrocinados do Google funcionam como um leilão de palavras-chave. Quem paga mais pelo clique da palavra-chave, aparece mais no topo, quem paga menos, aparece mais abaixo. O CPC é fator mais importante para a definição do posicionamento dos anúncios, mas existem outros quesitos que também definirão o posicionamento e que veremos no próximo capítulo. Sempre que um anúncio do Google AdWords está qualificado para ser exibido para uma pesquisa, ele passa pelo leilão de anúncios. O leilão determina se o anúncio é realmente exibido ou não e em qual posição ele estará na página. Quando alguém faz uma pesquisa, o sistema do Google AdWords encontra todos os anúncios cujas palavras-chave correspondem à pesquisa. A partir desses anúncios, o sistema ignora todos aqueles que não sejam qualificados, como anúncios segmentados para um país diferente ou que sejam reprovados. Os anúncios restantes (aqueles com lances suficientes) podem ser exibidos, mostrados em uma ordem que se baseia na classificação do anúncio (uma combinação de qualidade e CPC). Sim, isso é possível, mas já não faz parte dos links patrocinados do Google. Existe outro tipo de ação que é chamada de Otimização de Site ou SEO (Search Engine Optimization), como é seu nome em inglês. O SEO consiste no trabalho de posicionamento de páginas nos resultados orgânicos (gratuitos) de pesquisa do Google.
  12. 12. 12 A principal diferença é que no SEO você não paga pelo clique que geram acessos em seu site. Por outro lado, para ter seu site bem posicionado nos resultados da pesquisa é necessário que seu site esteja Otimizado. Essa é uma técnica que não tratarei no meu e-book, mas tenho certeza que é de suma importância que tenha conhecimento sobre esse assunto. Ter um site Otimizado significa construir suas páginas de acordo com os critérios do Google. Existem mais de 200 fatores diferentes que determinam o posicionamento de uma página nas pesquisas gratuitas do Google, a maioria deles é conhecida, porém ninguém sabe ao certo quais os pesos de cada um. Outra diferença em relação ao SEO e aos Links Patrocinados é que atingir um bom posicionamento orgânico no Google pode levar meses. Já em contrapartida, para aparecer na primeira página do Google nos Links Patrocinados, levam-se poucas horas. No SEO não é necessário pagar ao Google para ter seus anúncios exibidos, por outro lado é necessário pagar uma empresa especializada em SEO para que ela faça o trabalho de Otimização em seu site e as demais ações necessárias para conseguir bons posicionamentos. Nos links patrocinados, sua empresa precisa manter um orçamento diário para que os anúncios sejam exibidos. Por outro lado, no SEO, uma vez tendo alcançado um bom posicionamento sua página ficará exposta permanentemente nas respostas do Google até que outras páginas mais relevantes e mais Otimizadas a ultrapassem.
  13. 13. 13 Nenhuma estratégia é melhor do que a outra. Existem pontos positivos e pontos negativos em realizar apenas uma delas. O ideal é que trabalhe como estratégias complementares. Uma vez que o SEO demanda tempo para o posicionamento de palavras, trabalhar com os Links Patrocinados é fundamental para que se consiga posicionar rapidamente seus anúncios e conseguir contatos e vendas imediatamente. Ao mesmo tempo, é ideal iniciar a Otimização no site para que, com o tempo, as páginas fiquem bem posicionadas e consigam cliques sem custo, principalmente no caso de segmentos muito concorridos onde o custo do clique seja alto. Agora que você já tem uma noção básica sobre a ferramenta do Google e de como ela funciona, vou falar sobre os segredos para ter uma campanha de sucesso, conquistar clientes e atingir seus objetivos.
  14. 14. 14 Chegamos ao ponto principal. Neste capítulo, vou descrever as principais ações que você deve entender e realizar para que tenha bons resultados e sucesso em suas campanhas. Antes de conquistar clientes, os passos que serão seguidos pelas pessoas até te conhecer são: fazer uma busca no Google por uma das palavras-chave que selecionou em sua campanha, clicar no seu anúncio nas respostas do Google, acessar o seu site, entrar em contato pelo telefone/formulário ou efetuar uma compra direta. Quando o potencial cliente chegar ao seu site, tudo deve estar funcionando bem e é por isso que quero começar falando sobre esse assunto. O primeiro passo é ter um site que converta visitantes em clientes interessados. A resposta parece simples, mas o que estou acostumado a ver em dezenas e dezenas de sites é que o simples é deixado de lado. Quero listar abaixo alguns passos importantes: É imprescindível que seu site carregue rapidamente. O principal motivo é que você tem de 3 a 6 segundos para chamar a atenção do visitante para que ele permaneça dentro do seu site. Estatísticas apontam que, se o seu site demorar mais de 3 segundos para carregar, 40% das pessoas irão embora. Imagine ter uma campanha no Google e, por não ter um bom carregamento do site, perder 40% dos visitantes. Além disso, um site que demora a carregar dificulta a navegação do usuário, além de irritá-lo. O segundo motivo em relação ao carregamento do site é que a velocidade é determinante para que o Google faça com que seu anúncio apareça acima dos concorrentes ou que você pague um valor por clique menor, mesmo tendo posições parecidas nos resultados do Google. Esse detalhe já é um dos segredos para uma campanha com melhor aproveitamento do investimento. Existem dezenas de ferramentas online onde você pode verificar o carregamento de seu site. Minha sugestão é que você analise como está o carregamento de suas páginas com a ferramenta do Google. Acesse o link abaixo: http://developers.google.com/speed/pagespeed/insights/
  15. 15. 15 Landing Page é a página de destino ou página de entrada. É por onde o visitante chega a um site. Quando um usuário clica em um resultado de busca ou em um anúncio de banner ou links patrocinados, eles são direcionados para as Landing Pages. Quando um internauta acessar uma página de seu site, procurando por seguro para automóveis, por exemplo, não o destine para a Home Page ou para uma página onde você apresenta todos os cinco tipos de seguro que oferece. Seja direto e assertivo. Você precisa ter no seu site uma página para cada tipo de serviço que possua em sua carteira. Em alguns casos, algumas empresas podem oferecer 20 tipos de serviços diferentes. Isso significa que você vai precisar ter 20 páginas diferentes. Isso é necessário porque, quando criar seus anúncios no Google, você vai precisar separá-los nas mesmas categorias de produtos e serviços que possui em seu site. Esse é um conceito que chamamos de Landing Page ou página de aterrissagem. Quando a pessoa que está fazendo uma busca, e sai do Google ao clicar em algum anúncio, ela aterrissa em alguma página. Além de levar a pessoa para uma Landing Page própria de cada produto, essa página ainda precisa ter algumas informações e detalhes importantes para que você consiga um contato ou uma venda. Detalhe o máximo que puder do seu serviço nessa página, inclua imagens e fotos para demonstrar a qualidade que oferece. Dê atenção aos textos, mas tente ser o mais direto possível. As pessoas querem soluções rápidas.
  16. 16. 16 Seu site precisa ter uma versão para smartphones. O que eu quero dizer é que seu site precisa carregar melhor quando alguém acessá-lo pelo celular. Ter um site mobile não é ter um site que abra no celular, mas sim um site que se enquadre na tela pequena. Se seu site abrir no celular da mesma forma que ele abre em um desktop, isso terá que ser mudado. Seu site deve abrir de forma ajustada no smartphone sem que o usuário tenha que ficar dando zoom e rolando a tela para todos os lados para obter informações. Estima-se que 50% dos usuários de smartphones fazem pesquisas todos os dias em seus aparelhos. Outra estimativa alarmante é que, em 2014, o número de smartphones será maior do que o número de computadores no país. Atualmente mais de 80% dos acessos no mundo que o Facebook tem são provenientes de smartphones. As telas ficam cada vez maiores e a facilidade para executar as tarefas básicas que a maioria faz no computador hoje em dia é feita no celular. Não ter um site mobile também vai representar a perda de clientes para seu negócio. A imagem acima é um exemplo do site mobile de um de nossos clientes, o Pet Care. Você poderá entender com perfeição a diferença de abertura entre o site no computador e no celular. Acesse www.petcare.com.br e confira! Deixe que seus clientes falem de você. Em sua Landing Page, separe um local para um ou dois depoimentos de clientes. É muito mais relevante seu cliente descrevendo as qualidades do seu serviço do que você mesmo, não acha?
  17. 17. 17 Além disso, tenha uma página só de depoimentos em seu site. As pessoas podem querer navegar e ver tudo o que seus clientes estão falando de você. Esse tipo de ação eleva sua reputação. Na maioria dos casos, pessoas que buscam produtos ou serviços no Google fazem isso porque não conhecem nenhuma empresa para atendê-las. Ou seja, quando ela entrar em seu site, provavelmente não conhecerá sua empresa, então é melhor ter clientes falando sobre você do que você mesmo. Já vi empresas que queriam iniciar as campanhas no Google e não tinham o telefone no site, ou para piorar, os formulários de contato e orçamento não estavam funcionando corretamente. Em outros casos, os telefones estavam escondidos em rodapés, em fontes de tamanhos pequenos ou em cores quase impossíveis de ler. Muitos donos de sites podem pensar que essas informações são fáceis de encontrar, mas esquecem de que eles só sabem por que navegam lá diversas vezes por semana. Ao contrário de um novo visitante que está entrando pela primeira vez no site e precisa descobrir em poucos segundos onde cada informação está. Por isso facilite o contato de seu cliente. Tenha em destaque o telefone para contato e, além disso, tenha outras opções em destaque como formulário de contato, formulário de orçamento, “ligamos para você”, chat ou qualquer outra forma de facilitar o contato. Muitas pessoas não querem ou não gostam de ligar para pedir informações e orçamentos, então facilite ao máximo e tenha variadas opções de contato. Nos formulários, tenha a menor quantidade de informações possíveis. Quanto maior o formulário, menor a chance de alguém preencher. Como comentei, o carregamento da página pode influenciar no valor do clique que você está pagando no Google e até no posicionamento de seu anúncio. O carregamento da página é um dos itens verificados pelo Google em relação à experiência de página de destino e faz parte do Índice de Qualidade. O Índice de Qualidade de sua palavra vai determinar o preço do clique e posicionamento de seu anúncio. Falaremos sobre ele mais adiante. O Google possui ferramentas que fazem a verificação de cada página de seu site que está sendo anunciado e determina se a experiência do visitante em sua página é boa ou não, e assim ele aumenta ou diminuí a nota do seu Índice de Qualidade, consequentemente melhorando ou piorando seu posicionamento e valor do clique que está pagando no AdWords. Se você tiver feito alterações significativas para melhorar sua experiência na página de destino, isso pode resultar em Índices de Qualidade maiores com o passar do tempo. É possível que você não veja um impacto imediato, mas poderá ver resultados em alguns dias ou semanas. É muito importante entender que todas as mudanças que você deve fazer em seu site ajudarão na captação de contatos e, consequentemente, em vendas. Um site e Landing Pages mal estruturados podem afugentar as pessoas, fazendo com que você perca o valor que pagou para o cliente chegar até o seu site. Quando os visitantes chegarem, temos que fazer de tudo para que eles permaneçam no site, naveguem e entrem em contato.
  18. 18. 18 O Índice de Qualidade é uma estimativa da relevância de seus anúncios, palavras-chave e página de destino para uma pessoa que vê o anúncio. Ter um Índice de Qualidade alto significa que nossos sistemas consideram que o anúncio, a palavra-chave e a página de destino são todos relevantes e úteis para alguém que visualiza seu anúncio. Como já mencionei, o Índice de Qualidade é um fator que tem relação direta com o custo do clique e o posicionamento de seu anúncio. O calculo do Índice de Qualidade do Google vai de 1 até 10. Isso quer dizer que você pode pagar menos por clique do que paga hoje ou pagar menos que seus concorrentes e, além disso, seus anúncios podem ter melhor posicionamento no Google. Minha intenção é que você aprenda o que é o Índice de Qualidade e que o aprimore para obter melhores resultados. Sempre que alguém faz uma pesquisa que aciona seu anúncio, o Google calcula um Índice de Qualidade. Para calcular esse Índice, o Google analisa vários itens diferentes relacionados à sua conta de anúncios. Esses itens são: Taxa de cliques (CTR, na sigla em inglês) de sua palavra-chave: A CTR ou taxa de cliques é o número de cliques recebidos por seu anúncio dividido pelo número de vezes que ele é exibido (impressões). Por exemplo: Se uma palavra que você tem em sua campanha foi buscada 100 vezes, fazendo seu anúncio ser exibido e, dessas 100 vezes, seu anúncio foi clicado 10 vezes, isso quer dizer que seu CTR ou sua taxa de clique será de 10%. - Um pouco mais sobre a CTR ou taxa de cliques Todos os seus anúncios e palavras-chave têm CTRs próprias que você pode visualizar em sua conta. Uma CTR alta é uma boa indicação de que os usuários consideram seus anúncios úteis e relevantes. A CTR é o fator mais importante para o Índice de Qualidade da palavra-chave afetar diretamente os custos e a posição do anúncio. Uma boa CTR é relativa ao que você está anunciando e em quais redes o faz. Você pode usar a CTR para avaliar quais anúncios e palavras-chave apresentam bom desempenho e quais precisam de melhorias. Quanto maior for a correspondência entre as palavras-chave, os anúncios e a sua empresa, maiores serão as chances de um usuário clicar em seu anúncio depois de pesquisar sua frase de palavra-chave.
  19. 19. 19 CTR de sua URL de visualização Sua URL de visualização nada mais é que sua Landing Page. Esse é o link que você inclui no anúncio do Google onde quer que a pessoa vá aterrissar depois de clicar. Seu link também tem uma CTR que é calculada pelo Google. O sistema soma todos os CTRs das palavras que usam a mesma URL e determina qual é o CTR dela. O Google também soma todos os CTRs de todos seus anúncios e de todas as suas palavras e cria um histórico de informações. Quanto melhor for seu histórico de CTRs altos, melhor será a performance de seus anúncios. Nesse momento, o sistema do Google vai até a sua Landing Page para analisar a relevância, transparência e facilidade de navegação dela. Ele vai verificar se você está apresentando na Landing Page o que está anunciando. Além disso, ele verifica também a velocidade de carregamento da sua página para determinar se quem acessar sua página terá agilidade na exibição das suas informações. Por isso que no capítulo anterior tratamos desse assunto. Ele é importante para a qualidade da sua campanha. Ao criar um anúncio, o Google vai verificar também se o texto do seu anúncio é relevante em relação às palavras- chaves que escolheu. Esse é outro item importante onde a palavra-chave que foi buscada deve estar presente no anúncio que é exibido no Google. Ter um anúncio relevante passa por alguns pontos importantes: – Escolha correta das palavras-chave. – Divisão correta dos anúncios dentro da campanha. O desempenho de sua conta nas regiões segmentadas, ou seja, qual o desempenho dos seus anúncios nas cidades ou estados que está anunciando. Como está o desempenho de seus anúncios em diferentes tipos de dispositivos, como computadores/laptops, celulares e tablets (você recebe diferentes Índices de Qualidade para diferentes tipos de dispositivo). Levando todos esses itens em consideração, você conseguirá melhorar seu Índice de Qualidade e gastar menos. E, em conjunto com características corretas em seu site, você vai investir menos e obter mais clientes.
  20. 20. 20 O CTR é o fator de maior peso no Índice de Qualidade. Mas por que ele é tão importante assim? A lógica do Google é a seguinte: O personagem de maior importância para o Google é o usuário, então se os usuários clicam mais em um anúncio do que em outro é porque estão encontrando o que procuram. Quanto maior o número de cliques em relação às vezes que seu anúncio é impresso pelo usuário, maior será o seu CTR. Isso quer dizer que o Google garante um Índice de Qualidade maior para os anúncios que são mais clicados em relação aos anúncios menos clicados. Logo, anúncios que são mais clicados, vão de encontro com a busca do usuário e, se vão de encontro com a busca do usuário, quer dizer que estão oferecendo o que eles querem. E se oferecem o que as pessoas estão buscando, o Google aumenta o Índice de Qualidade da palavra e do anúncio. O Índice de Qualidade interfere de duas formas: 1 – Posicionamento do seu anúncio. 2 – Valor que você paga pelo clique. Com o valor do CPC que você estipulou para a sua palavra, o Google usa o Índice de Qualidade para calcular o AdRank. Ele é quem determina a posição de seu anúncio. Vamos supor que temos quatro anunciantes da palavra-chave “seguro automotivo”, com os seguintes custos por clique (CPC). Empresa 1 – R$ 4,00 o CPC Empresa 2 – R$ 3,00 o CPC Empresa 3 – R$ 2,00 o CPC Empresa 4 – R$ 1,00 o CPC Agora vamos supor o Índice de Qualidade de cada um, sendo: Empresa CPC Índice de Qualidade Empresa 1 R$ 4,00 2 Empresa 2 R$ 3,00 3 Empresa 3 R$ 2,00 6 Empresa 4 R$ 1,00 8
  21. 21. 21 Dessa forma o Google calcula o AdRank multiplicando o valor do CPC pelo Índice de Qualidade e teremos: Empresa CPC Índice de Qualidade AdRank Empresa 1 R$ 4,00 o CPC 1 4 Empresa 2 R$ 3,00 o CPC 3 9 Empresa 3 R$ 2,00 o CPC 6 12 Empresa 4 R$ 1,00 o CPC 8 8 Com esse resultado, a posição do anúncio no Google será: Empresa CPC Índice de Qualidade Empresa 3 AdRank 12 Empresa 2 AdRank 9 Empresa 4 AdRank 8 Empresa 1 AdRank 4* * (por ter um Índice de Qualidade baixo, o anúncio pode nem ser exibido) A forma que o Google determina o CPC (Custo por clique) é um pouco mais complexa. Mas vou resumir porque um Índice de qualidade alto determina um valor de CPC mais baixo. O valor que você pagará por clique é determinando pelo AdRank do anunciante abaixo, dividido pelo seu Índice de Qualidade. Lembre-se que o AdRank é calculado multiplicando o valor do CPC com o Índice de Qualidade. Usando um exemplo prático, vamos considerar que o anunciante com posicionamento abaixo de seu anuncio tenha um AdRank = 8. Se o seu Índice de Qualidade for 7, o Google calculará: 8/7 = 1,14. No entanto, se o seu Índice de Qualidade for 10, o valor que pagará será resultado da conta 8/10, ou seja: 0,80. Se você tiver interesse em se aprofundar em como o Google processa todos esses cálculos e ordena o valor por clique e posicionamento do anúncio, recomendo que assista ao vídeo abaixo: http://www.youtube.com/watch?v=ABb6hAdFfR4
  22. 22. 22 Você pode verificar seu Índice de Qualidade na guia palavras-chave dentro de sua campanha no AdWords. Existem algumas maneiras de verificar seu Índice de Qualidade, como mostrado a seguir.  Clique na guia Campanhas na parte superior da página.  Selecione a guia Palavras-chave.  Clique no balão branco ao lado do status de qualquer palavra-chave para ver os detalhes sobre o Índice de qualidade da palavra-chave em questão. Você verá classificações para taxa de cliques esperada (CTR), relevância do anúncio e experiência na página de destino.  Clique na guia Campanhas na parte superior da página.  Selecione a guia Palavras-chave.  Localize a coluna Índice de Qualidade na tabela de estatísticas. Se essa coluna não estiver presente em sua tabela, você poderá adicioná-la da seguinte forma: o Clique no menu suspenso Colunas na barra de ferramentas acima da tabela de estatísticas. o Selecione Personalizar Colunas. o Selecione Atributos. o Clique em Adicionar ao lado de Índice de qualidade. o Clique em Salvar.
  23. 23. 23
  24. 24. 24 Antes de criar suas campanhas dentro da ferramenta do AdWords, é essencial fazer um planejamento da estrutura das mesmas. Como eu disse, é necessário ter uma página no site para cada produto ou serviço diferente que sua empresa ofereça: a Landing Page. Da mesma forma, dentro de sua conta de AdWords, é primordial ter uma divisão de grupos de anúncios dentro de suas campanhas. Cada grupo de anúncio deve ter palavras-chaves relacionadas com seu produto ou serviço e também anúncios relacionados unicamente com essas palavras e produtos/serviços. Um grande erro cometido – e muito comum no momento da criação de campanhas – é criar apenas um grupo de anúncio, adicionar todas as palavras-chaves de todos os produtos juntos e criar um único anúncio que levará as pessoas que clicarem em uma mesma página no site, que na maioria das vezes é a Home. Para você entender melhor a explicação acima, quero simular uma campanha fictícia de uma empresa de seguros. Vamos dizer que essa empresa faz três tipos de seguros: seguro automotivo, seguro de vida e seguro residencial. Criaremos uma campanha “Seguros” e, dentro da campanha, precisamos ter três grupos de anúncios diferentes:  Seguro automotivo  Seguro de vida  Seguro residencial Para o grupo de anúncios de seguro automotivo, devemos ter apenas palavras relacionadas com esse seguro. Seguindo a mesma lógica das palavras, agora é necessário criar os anúncios que deverão ter o título e seu texto relacionado com o serviço de seguro automotivo e que, ao clicar, a pessoa seja levada até a Landing Page que fala somente sobre ele. Dessa forma teríamos: Grupo de anúncio: Seguro automotivo. Palavras-chave do grupo de anúncio seguro automotivo: seguro automotivo. seguro auto. seguro para carro. seguro para carros. seguro de automóvel etc. Anúncio de seguro automotivo (exemplo de anúncio): Seguro Auto Seguro automotivo mais barato é aqui! Preços Imbatíveis. Cote agora mesmo. Essa mesma lógica deve ser seguida nos demais grupos de anúncios. Toda essa configuração tem a intenção de dar mais relevância para o anúncio e para a página de destino no momento em que suas palavras-chaves são buscadas. Quanto mais relevante, maior será o seu Índice de
  25. 25. 25 Qualidade e, consequentemente, mais baixo seu CPC (Custo por clique) e melhor o posicionamento de seu anúncio. Se essa lógica não for seguida (o que pode acontecer e o que já vi diversas vezes em campanhas que analisei), a solução é criar um único grupo de anúncios. Nesse caso, teríamos uma grande bagunça e perda de qualidade. Veja por que: Imagine termos um único grupo de anúncios, com todas essas palavras: seguro automotivo. seguro auto. seguro para carro. seguro para moto. seguro de vida. seguro para motos. seguro pessoal. seguro para motocicletas. Para uma busca por qualquer dessas palavras, o Google poderia exibir o anúncio: Seguro Auto www.seguroauto.com.br/ Seguro automotivo mais barato é aqui! Preços Imbatíveis. Cote agora mesmo. Agora, imagine se alguma pessoa buscar “Seguro de Vida” e esse anúncio for exibido. Duas coisas podem acontecer: a primeira é que se anúncio pode ser clicado, mas sua Landing Page não falará desse assunto. Assim, a pessoa vai embora e você já pagou pelo clique. A segunda coisa que pode acontecer é seu anúncio quase nunca ser clicado. Então sua palavra-chave e seu anúncio terão uma taxa de clique baixa, prejudicando o CPC que você vai pagar e colocando seus anúncios em posições bem abaixo do que poderiam ter. Agora que você já sabe como estruturar sua campanha, está na hora de escolher as palavras corretas para inclui- las em seus grupos de anúncio. A escolha errada de palavras-chaves pode fazer com que você desperdice até 70% do seu investimento ou, como eu costumo dizer, fazer com que você rasgue dinheiro. É necessário escolher as palavras certas. Quanto mais específicas, melhor. Seguindo o exemplo de uma empresa de seguros automotivos, as palavras que você não deve usar seriam: seguro, seguros, carro, franquia, franquia automóveis etc. Como você pode ver acima, são palavras muito amplas e que não tem necessariamente relação direta com o serviço da empresa. Isso porque existem diversos tipos de seguros que a empresa pode não trabalhar. Nesse caso, o correto é escolher palavras mais precisas, como citei no item anterior, como: seguro automotivo, seguro para automóveis, seguro auto etc. Além disso, é primordial conhecer o que o Google chama de “correspondência de palavra-chave”. Existem alguns tipos de correspondência de palavra-chave e as principais são:
  26. 26. 26 Correspondência ampla: Permite a apresentação do seu anúncio para pesquisas em expressões semelhantes e variações relevantes. • Exemplo: Gatinhos. • Pesquisas que podem corresponder: gatinhos, fotografias de gatinhos, adotar um gatinho. Modificador de correspondência ampla: Permite a apresentação do seu anúncio para pesquisas que incluem a palavra-chave de correspondência ampla ou variações aproximadas da mesma. • Exemplo: +adotar +gatinho • Pesquisas que podem corresponder: adotar um gatinho, como adotar um gatinho, melhor gatinho para adotar. Correspondência de expressão: Permite a apresentação do seu anúncio apenas para pesquisas que incluem a expressão exata ou variações aproximadas da mesma, com palavras adicionais antes ou depois. • Exemplo: “Adotar um gatinho”. • Pesquisas que podem corresponder: adotar um gatinho, adotar um gatinho em São Paulo, como adotar um gatinho. Correspondência exata: Permite a apresentação do seu anúncio apenas para pesquisas que incluem a expressão exata ou variações aproximadas da mesma e mais nenhuma palavra. • Exemplo: [adotar um gatinho] • Pesquisas que podem corresponder: adotar um gatinho. Correspondência negativa: Assegura que seu anúncio não será apresentado para qualquer pesquisa com esse termo. • Exemplo: -grátis. • Pesquisas que não corresponderão: adoção de gatinhos grátis, calendários de gatinhos grátis, quem quer gatinhos grátis. Incluir apenas palavras amplas é O MAIOR ERRO DE UMA CAMPANHA! Mesmo quando você utiliza palavras especificas como “seguro para carro”, por exemplo, isso pode ser um grave erro. O motivo é que seu anúncio seria exibido para buscas como: “é seguro comprar um carro em dezembro?” ou “fotos de carros de seguro”. Ou seja, o sistema exibirá os anúncios para qualquer busca que tenha essas palavras ou qualquer outra busca que o sistema entenda que tenha relação com essas palavras. Isso faz com que seu anúncio seja exibido para buscas irrelevantes ao que realmente deseja, fazendo com que gere cliques indesejáveis e que, consequentemente, você rasque dinheiro. O mais indicado é você utilizar apenas palavras–chave exatas, ou seja, seu anuncio será exibido somente quando as palavras certas forem exibidas. Para isso, você precisa pesquisar todas as possíveis combinações de palavras- chave que sejam ideais para acionar seus anúncios. Portanto, é fundamental utilizar uma ferramenta do Google chamada Planejador de Palavra-Chave. Essa ferramenta vai te dar inúmeras opções de palavras para ter em seus grupos de anúncios.
  27. 27. 27 No caso de utilizar apenas palavras exatas, o planejador de palavra-chave te ajudará a encontrar todas as possibilidades de busca para o seu produto ou serviço. No exemplo acima, encontrei as principais palavras para a minha campanha de pilates em Guarulhos. Se utilizasse apenas a palavra ampla “pilates”, poderia ter cliques em buscas como: “pilates emagrece” “aparelhos de pilates” “acessórios para pilates” “dvd de pilates” etc. Como decidi utilizar palavras exatas e não vou usar a palavra “pilates”, preciso ter na minha campanha palavra por palavra que sejam importantes para meu negócio, como: “pilates em Guarulhos” “aulas de pilates” “fazer aula de pilates” “studio de pilates” “studio de pilates em Guarulhos” etc. Todas estas buscas fariam meu anúncio ser exibido caso eu tivesse a palavra “pilates” da forma ampla em meu grupo de anúncios, mas eu também teria centenas de buscas indesejáveis. Assim, mais uma vez, aconselho que utilizem apenas palavras-chave exatas.
  28. 28. 28 O lado ruim de utilizar apenas palavras-chave negativas é que, se você esquecer alguma palavra importante para seu negócio, seu anúncio não será exibido. Com esse modelo, você terá que fazer buscas constantes por novas palavras, além de ficar “antenado” em formas de buscas diferentes para seu produto ou serviço. Isso não quer dizer que é proibido a utilizar outras correspondências de palavras-chave como ampla e de expressão. Mas, para isso, você deve utilizar obrigatoriamente as palavras negativas. As palavras negativas inibem a exibição de seus anúncios, caso uma palavra de seu grupo de anúncio for buscada, mas tenha um termo dentro das palavras negativas. Vamos ver o exemplo abaixo, para ficar mais fácil o entendimento: Caso você tenha em seu grupo de anúncio a palavra-chave ampla ou de expressão “televisão 42 polegadas”, seu anúncio seria exibido em buscas como: fotos de televisão 42 polegadas, suporte para televisão 42 polegadas ou manual de televisão 42 polegadas Samsung. Nesses casos, está óbvio que em nenhuma das busca existe uma intenção direta de uma compra. Para evitar que seu anúncio seja exibido e que ele ganhe cliques indesejáveis, você precisa usar as palavras-chaves negativas. Nessa lista seria necessário incluir as palavras: foto, fotos, imagem, imagens, suporte, manual etc. A grande maioria das empresas nunca teve esse cuidado na criação e configuração de suas campanhas. Assim, eu posso afirmar que muitos milhões de reais já foram gastos inadequadamente nas campanhas do Google. Mesmo você pensando que as pessoas não clicam em anúncios que não condizem com o que estão buscando, posso te garantir que você está errado.
  29. 29. 29 É uma dica importante utilizar palavras-chave com erros de português – se você não se importar em ter clientes que escrevem errado ou que simplesmente tiveram um erro de digitação inesperado, claro. Por que não exibir anúncios para uma busca “ifone”? Eu não me importo em ter a palavra “istudio de pilates” em minhas campanhas. Já trabalhei com campanhas para o Speedy da Vivo. O Speedy é uma banda larga da operadora Vivo para o estado de São Paulo. Nesse caso, tínhamos palavras-chaves muito distintas do nome real que geravam uma grande quantidade de cliques. Na verdade, a palavra-chave que mais resultada em cliques era “speed”. Veja outras palavras que utilizávamos: “spedy” “sped” “ispidy” “espeed” etc.
  30. 30. 30 Alguns exemplos de desperdício de dinheiro Um de meus clientes que vende convites de casamento já passou por isso. Quando analisei a primeira vez suas campanhas, vi que tiveram centenas de cliques indesejáveis e que gastavam muito dinheiro em vão. A culpa foi da má escolha de palavras-chave. Para você ter uma ideia, a palavra-chave “casamento” fazia parte da campanha. Com isso, buscas como: docinhos para casamento, buffet para casamento, flores para casamento etc., acionaram os anúncios e resultarem em centenas de cliques. De um investimento de R$ 1.000,00 que ele fazia por mês, eu constatei que por volta de R$ 700,00 estavam sendo gastos com buscas irrelevantes para o seu negócio. Essa é a maior armadilha da ferramenta do Google. Muito cuidado na escolha de suas palavras: isso pode determinar o sucesso ou o fracasso de sua campanha! A ferramenta é muito poderosa, mas exige muito conhecimento para configurá-la, caso contrário, você terá apenas péssimas lembranças do Google. Por outro lado, se você já é anunciante e ainda não conhecia todos esses detalhes, suas chances de melhorar seus resultados são nítidas e certeiras. Exemplos comuns de erros e desperdício de investimento Separei abaixo mais alguns exemplos de campanhas com problemas da configuração e seleção de palavras-chave. Na busca por bola de basquete, podemos ver um anúncio de brindes com o título: Bolas Customizadas. A busca que fiz não indica que eu quero um brinde, certo?
  31. 31. 31 Nesse exemplo, onde busquei por enfeites para casamento, podemos observar alguns anunciantes trabalhando de forma equivocada. O primeiro da coluna da direita é o anúncio sobre chinelos e o segundo é a Casa da Fazenda que está oferecendo um buffet para casamento.
  32. 32. 32 Aqui eu busquei apenas por estética. É uma busca ampla onde poderia querer apenas informações sobre estética. Mas vamos dizer que eu estava procurando uma clínica. Neste caso, podemos ver uma empresa oferecendo aparelhos para estética. Esse é o risco de utilizar palavras amplas na campanha.
  33. 33. 33 Na busca por “carro para alugar”, uma das empresas utilizou como título do anúncio o nome dela. Isso é uma má ideia, uma vez que perderá a relevância da palavra-chave com o anúncio e, consequentemente, terá um baixo Índice de Qualidade, resultando em um custo maior por clique e perda de posição.
  34. 34. 34 Se estivesse buscando um trabalho de veterinário, me depararia com um anúncio de uma faculdade. Mais um erro comum. A utilização da palavra negativa “trabalho” resolveria esse problema. O ideal mesmo seria utilizar apenas palavras-chave exatas.
  35. 35. 35 Mas um erro comum em relação à utilização de palavras-chave amplas. Quero ver fotos de carros, apenas. As empresas devem estar tendo cliques nesses anúncios e perdendo uma boa parte do investimento. Esses são resultados que obtive em alguns minutos de buscas no Google. Você pode notar que os exemplos incluem pequenas, médias e empresas gigantes. As empresas gigantes podem ter dinheiro de sobra para tal desperdício, mas tenho certeza que você gostaria de utilizar cada centavo para atrair clientes que realmente se interessem pelo seu produto, pagando o mínimo possível pelo clique.
  36. 36. 36 Criar bons anúncios é mais um passo para uma campanha que resulte em contatos e clientes. Relembrando o que falamos até agora: seu anúncio será criado referenciando apenas o produto ou serviço do seu grupo de anúncio. Ele não pode ser genérico, ou seja, não pode falar de todos os produtos ou ter o nome de sua empresa no título. O anúncio que você deve criar, precisa ter informações relacionadas às palavras-chaves que fazem parte de seu grupo. Mas o que é necessário ter em um anúncio? Veja algumas dicas do Google: Destaque o que torna sua empresa, produto ou oferta algo único: Frete grátis? Grande variedade? Fale isso para as pessoas. Evidencie os recursos ou as áreas que destacam sua empresa da concorrência. Se você tiver algo especial a oferecer, tenha a certeza de que seus clientes vejam. As pessoas normalmente estão procurando tomar uma decisão sobre algo. Dê a elas o que precisam para tomar suas decisões. Por exemplo: se você está oferecendo um desconto de 10% por tempo limitado ou tem um produto exclusivo, informe seus clientes. Você está vendendo algo? Diga a eles o que eles podem comprar. Você está oferecendo um serviço? Diga a eles o que eles receberão. Verbos fortes como Compre, Ligue hoje mesmo, Peça, Procure, Inscreva-se ou Peça uma cotação dizem para seus clientes o que se espera deles ao chegarem a seu website. Os anúncios de texto bem-sucedidos tendem a conter palavras que correspondem à pesquisa de uma pessoa. Se você incluir uma de suas palavras-chave no anúncio de texto, poderá chamar a atenção das pessoas que a pesquisaram e mostrar que seu anúncio está relacionado ao que elas querem. Além disso, a palavra-chave usada por você será exibida em negrito em seu anúncio, assim como acontece nos resultados de pesquisa, o que deixa mais óbvia a relevância do anúncio. Suponhamos que você inclua a palavra- chave “câmeras digitais” no título de seu anúncio, como “Comprar câmeras digitais”, e um cliente pesquise câmeras digitais. O título de seu anúncio será exibido em negrito, como “Comprar câmeras digitais”. O título do anúncio também poderia ser exibido em negrito se um consumidor procurasse comprar câmeras SLR, como “Comprar Câmeras Digitais”, porque “comprar” e “câmeras” correspondem às palavras no termo de pesquisa do consumidor. Observe a página do website a qual você está vinculando o anúncio, chamada de “página de destino”. Veja se as promoções ou os produtos em seu anúncio estão incluídos nessa página. Diga às pessoas o que elas podem esperar quando clicam no anúncio. Se os visitantes não encontrarem o que esperam ver ao acessar seu site, eles poderão sair.
  37. 37. 37 Quando os consumidores estão em movimento, determinadas informações podem ser mais úteis para eles (como o local da loja ou o número de telefone) ou uma mensagem em especial pode chamar a atenção. Você pode exibir aos clientes que são usuários de celular, seu número de telefone ou um mapa com o local de sua empresa usando as extensões de chamada (também chamadas de recurso “clique para ligar”) ou as extensões de local. Assim, os clientes terão as informações de que precisam para realizar uma ação enquanto vão de um lugar para outro. Além disso, considere a criação de anúncios adicionais personalizados para celulares, como um texto que destaque preços especiais para celular, descontos ou um URL de visualização Otimizado para celular. Crie de três a quatro anúncios por grupo de anúncios e faça experiências com mensagens diferentes para ver qual delas tem melhor desempenho com seus clientes. O Google AdWords pode mostrar automaticamente os anúncios de melhor desempenho em um grupo de anúncios com uma frequência maior. Assim, a adivinhação acaba e você pode aproveitar o que aprendeu com suas experiências. Por exemplo: se os três aspectos que fazem com que sua empresa se destaque são o frete grátis, os descontos sazonais e os pré-pedidos exclusivos, crie anúncios diferentes que destaquem cada um desses recursos e veja qual deles funciona melhor. Dica: Usar letras maiúsculas na primeira letra de cada palavra do título do anúncio ajuda a destacá-las. Para tornar um anúncio mais relevante ainda, você pode usar uma ferramenta que o Google oferece chamada código de inserção de palavra-chave. Ao inserir um código em seu anúncio, o Google é capaz de trocar o texto que você criou pela palavra-chave buscada pelas pessoas. Mas isso só funciona se você tiver essa palavra em sua campanha. Para ficar mais claro, funciona assim: Você criou o anúncio abaixo: Compre {KeyWord: Chocolate} URL de visualização: www.example.com Doces artesanais em Salvador Frete grátis acima de R$ 50,00 Nesse caso, o termo {KeyWord: Chocolate} é o código de inserção de palavra-chave. Se a palavra chocolate amargo for buscada e ela fizer parte das palavras-chave que você escolheu, seu anúncio deverá aparecer dessa forma: Compre Chocolate Amargo www.example.com Doces artesanais em Salvador Frete grátis acima de R$ 50,00 Isso fará com que seu anúncio se torne mais relevante, pois apresentará exatamente o que foi buscado pelo usuário.
  38. 38. 38 Assim, nós fechamos um ciclo de configurações em sua campanha, que é: Grupo de anúncio específico + palavras-chaves que referenciam o produto ou serviço do grupo de anúncio + anúncio específico do produto/serviço + Landing Page apenas sobre o produto. Essa lógica fará com que sua campanha tenha um bom Índice de Qualidade porque você está anunciando as palavras certas, com bons anúncios e boa Landing Page. Tudo isso resultará em investimentos menores, sem desperdício de dinheiro e em mais clientes em potencial, pois seu site está mais preparado para recebê-los. Vá em frente, siga todos os passos e encontrará o resultado que almeja. Avalie o desempenho de sua campanha com frequência: Teste e alterne suas campanhas para conseguir os resultados desejados. Examine o desempenho de seu anúncio para ajudar a descobrir as melhores formas de atingir suas metas. Se você observar seus anúncios, com o passar do tempo poderá notar alterações na taxa de cliques ou na taxa de conversão. Por exemplo: se você descobrir que os clientes não estão reagindo a uma determinada frase de chamariz no texto de seu anúncio, exclua o anúncio e tente algo diferente. É tudo questão de experimentar.
  39. 39. 39 Agora que você possui todas as informações que tornarão seus anúncios mais relevantes e poderá pagar menos por clique, crie sua conta ou edite suas campanhas atuais. Ao mesmo tempo em que editar suas campanhas, não se esqueça de analisar as condições de seu site. Lembre-se: um depende do outro para garantir o sucesso que deseja. Caso ainda não tenha uma conta no AdWords, crie a sua e comece da forma correta e rumo ao sucesso! Além dos anúncios na busca, o Google oferece uma série de outras opções de anúncios dentro de sua ferramenta. Não irei me aprofundar nelas nesse E-book, mas estou preparando novos materiais onde quero detalhá-las ao máximo para que você possa entender e utilizar em suas estratégias, sempre acompanhando as melhores práticas para que tenha bons resultados com baixo investimento. Nesse momento, quero que conheça os outros formatos que você poderá trabalhar. Rede de Display do Google A Rede de Display do Google reúne milhões de websites parceiros: de páginas de notícias e blogs a até websites do Google, incluindo o Gmail e o YouTube. Isso quer dizer que você pode criar anúncios dentro do AdWords para serem exibidos em milhões de sites pela internet. Com a Rede de Display do Google, você escolhe sites com assuntos relacionados com os produtos e serviços para que seus anúncios sejam exibidos nesses sites. Além de poder exibir anúncios de texto, como na pesquisa do Google, é possível também exibir banners (gráficos) onde você pode incluir textos, imagens, fotos e o logo da sua empresa. Com a Rede de Display, você pode também selecionar suas palavras-chave e seus anúncios serão exibidos em páginas de blogs ou páginas de notícias que contenham as palavras selecionadas. Para trabalhar bem e ter bons resultados com a rede de display da mesma forma que na busca do Google, é necessário tomar alguns cuidados para que seus anúncios não sejam exibidos em sites para crianças, sites de jogos, de download e até sites com conteúdo inapropriado. Anúncios de texto em websites Anúncios gráficos em websites Anúncios em websites para celulares
  40. 40. 40 Anúncios no Youtube Como o Google Adwords, você também pode exibir seus anúncios no Youtube. Além de poder exibir anúncios de textos e de banner dentro do Youtube, você pode colocar um vídeo no seu canal e anunciá-lo. Para exibir anúncios de textos e anúncios gráficos (banners) dentro do Youtube, tudo o que tem a fazer é criar uma campanha de Display no Google AdWords e escolher o Youtube como o site onde seu anúncio deve ser exibido. Por outro lado, se tiver um vídeo da sua empresa ou de algum produto, você pode anunciá-lo e ele pode ser exibido dentre os canais e buscas do Youtube. Quantas vezes você já acessou o Youtube e teve que assistir a uma propaganda antes do vídeo em si ser carregado? Esse é uma das opções de anúncios que o AdWords oferece. Além disso, você pode escolher palavras-chave e, quando elas forem buscadas, seu anúncio pode aparecer no resultado de busca do Youtube. Por fim, seu anúncio também pode ser exibido na lateral direita de outro vídeo semelhante ao seu.
  41. 41. 41
  42. 42. 42 A rede social possui 105 milhões de brasileiros conectados, sendo 83 milhões de usuários ativos por mês e 52 milhões de usuários ativos diários no país. Dentre essas 53 milhões de pessoas que acessam o Facebook diariamente, estão consumidores em potencial que ficam muito tempo navegando na rede social. Onde existem pessoas, existem oportunidades de negócios, certo? Existem atualmente milhares de grandes empresas, consultores, autônomos, pequenos empresários etc., ganhando dinheiro e crescendo seus negócios com o Facebook. Anunciar no Facebook é diferente do Adwords, pois você irá direcionar seus anúncios para públicos pré-definidos como: – Por Sexo – Por Escolaridade – Por Idade – Por Região – Por Estado Civil – Por interesses, como por exemplo: - Marketing Digital - Advogados - Viajantes - Amantes de Futebol E qualquer outro interesse que imaginar. Isso, além de outras formas mais avançadas como: – Anúncios para quem visitou seu site. – Anúncios para pessoas cadastradas em sua lista de e-mail. – Anúncios para pessoas com perfil parecido dos seus fãs. Outra grande vantagem de fazer anúncios no Facebook é criar uma base de fãs para que eles possam te conhecer e fazer negócio com sua empresa. A partir do momento que você cria uma base de fãs e se relaciona com ela
  43. 43. 43 periodicamente, mais você estreita esse relacionamento com as pessoas. No momento que essa pessoa precisar de um produto ou serviço que você ofereça, a probabilidade de sua empresa ser lembrada é muito grande. Quando você tem uma base de fãs, você pode oferecer a eles promoções, novidades e ofertas irresistíveis, além de facilitar a comunicação. Além disso, você poderá criar anúncios específicos para seus fãs e os amigos deles, potencializando mais os resultados. Outra forma de utilização dos anúncios do Facebook é a captação de e-mails. Muitas empresas criam Landing Pages onde oferecem excelentes ofertas ou informações relevantes em troca do e-mail. Assim, criam uma base de e-mails com o Facebook para se relacionarem futuramente. As vantagens não são poucas, mas é preciso traçar bem sua estratégia e objetivos. Por isso, é sempre bom lembrar que: As pessoas não estão no Facebook para comprar. Elas querem se divertir, se relacionar e passar o tempo quando estão entediadas. A rede social é uma ferramenta de entretenimento. O segredo nesse caso é definir uma estratégia de publico para exibir seus anúncios e para que curtam sua Fan Page.
  44. 44. 44 O primeiro passo no Facebook é criar a Fan Page da sua empresa. Para isso, você precisa ter um perfil pessoal. Para criá-lo é muito fácil, acesse esse link e siga o passo-a-passo: https://www.facebook.com/pages/create Não se esqueça de, ao criar sua Fan Page, cadastrar as principais informações como endereço, telefone e e-mail. Cadastre também seu logo e prepare uma boa imagem de capa. Se você já possui uma Fan Page, confira se possui todas as informações cadastradas corretamente. A partir do momento que decidiu estar no Facebook é importante fazer posts constantes. A quantidade vai depender do que está oferecendo, mas é altamente indicado que não faça dezenas de posts por dia. Mas voltando ao assunto mais importante (que são os anúncios no Facebook), quero te mostrar como criar uma base de fãs que sejam clientes em potencial e como criar anúncios gerem clientes para seu negócio.
  45. 45. 45 A pergunta que mais me fazem em relação ao Facebook é essa: “Como eu vendo meus produtos no Facebook?”. A resposta é simples: Atraia um público relevante, se relacione com eles oferecendo informações de valor e venda. Mas como fazer isso? Tenho algumas dicas abaixo. Imagine que esteja começando do zero, que tenha menos de 100 likes em sua Fan Page ou que vai criá-la amanhã. A primeira coisa a fazer é atrair um público que se interesse pelo seu produto ou serviço para sua Fan Page. Mas como fazer isso? Você deve seguir alguns passos. Lembre-se de levar um tráfego de pessoas de volta ao Facebook com a caixa de “Curtir” no seu site (Like Box), links em posts e e-mails. Com certeza você já entrou em diversos sites que tenham links para o Facebook ou as conhecidas Like Box, como esta: Inclua a Like Box no seu site e nas páginas de seu blog e incentive as pessoas a conhecerem sua Fan Page. O segundo passo é criar anúncios para sua lista de e-mail. Se tiver uma lista de e-mail de clientes que conquistou ao longo do tempo de sua empresa, você pode criar anúncios no Facebook que serão direcionados para esse público curtir sua Fan Page. Essa é uma nova opção da ferramenta de anúncios no Facebook. Ela é conhecida como Website Custom Audience e permite que você crie anúncios para as pessoas que visitaram seu site. Os públicos semelhantes permitem atingir novas pessoas que possivelmente estariam interessadas em seus negócios porque são similares a uma lista de clientes importantes para você. Os públicos semelhantes ajudam a atingir pessoas similares aos seus clientes atuais para aquisição de fãs, registro no site, compras fora do Facebook, reivindicações de cupons e percepção da marca.
  46. 46. 46 A partir do momento que você criou uma Fan Page para seu negócio, você precisa se relacionar com as pessoas te seguem. Com esse relacionamento, você ganha confiança para poder vender. Mas como conseguir a confiança das pessoas? Compartilhe informações relevantes! Parece óbvio, mas você não pode pular esse passo. Pense no que seu cliente quer ver, ouvir e ler. Qual informação o ajudará em seu dia-a-dia pessoal ou profissional? Quais informações você tem que ele precisa saber e que vai ajudá-lo? É esse tipo de informação que você vai precisar compartilhar. Coletar e-mails é um passo para manter um relacionamento através de mensagens. O ponto em relação ao Facebook é que ele é uma ótima ferramenta para te ajudar a coletar e-mails. Algumas formas fáceis de coletar e-mails são através da criação de um e-book. Um e-book é um livro digital onde você pode escrever sobre um determinado assunto de seu mercado que pode ajudar diversas pessoas e pedir o e- mail do cliente em troca do download. Depois de seguir os passos anteriores, você só vai precisar criar anúncios para esses clientes e oferecer suas ofertas.
  47. 47. 47 A partir de agora vou detalhar um pouco mais sobre a criação dos anúncios para o crescimento da base de fãs em sua Fan Page e também para criar anúncios para vender seus produtos ou serviços. Além disso, vou dar uma série de dicas para que você possa investir o mínimo possível e ter o maior retorno que puder. O primeiro passo é definir quem é seu público-alvo. Você precisa saber a localização dele, o sexo, a idade, escolaridade e seus interesses. Mesmo que não faça qualquer tipo de segmentação e coloque seu anúncio no ar, sua Fan Page certamente receberá likes. E isso não é um bom sinal! De que adianta ter milhares de likes em sua Fan Page se as pessoas que te seguem não poderão ser um cliente em potencial? Então foque no seu público ideal, mesmo que a quantidade seja menor. Para ter um exemplo prático, vou mostrar como trabalhei na segmentação do público para a empresa de Pilates da minha esposa. A Fan Page é: https://www.facebook.com/UnikePilatesStudio?fref=ts
  48. 48. 48 Atualmente temos quase 4 mil curtidores na Fan Page. Com certeza poderíamos ter mais de 100 mil likes caso quiséssemos chamar a atenção, por exemplo, de mulheres que se preocupam com saúde. Por outro lado, definimos outro tipo de público: Sexo: Homens e Mulheres Localização: Guarulhos (cidade onde se localiza o estúdio) Grau de escolaridade: Todos Estado civil: Todos, exceto ensino médio Idade: De 20 a 55 anos Interesses: Pilates e Academia Além dessa segmentação, trabalhamos com outros anúncios com algumas mudanças: Sexo: Apenas mulheres. As mulheres ainda são as principais praticantes de pilates. Escolaridade: Pilates não é como academia. As aulas são muito mais personalizadas, o que torna o valor mensal maior. Por isso trabalhamos também com o grau de escolaridade superior. Com essa segmentação, o Facebook só exibiu anúncios para esse perfil de pessoas, que foi o perfil que achamos mais adequado para receber nossa publicidade. Após selecionarmos o perfil, o que queremos é que esse público curta nossa Fan Page com o menor custo por curtir possível. Esse é um dado importante para acompanhar: Qual será o valor por curtir na minha Fan page? A escolha das imagens e textos corretos influenciará nisso.
  49. 49. 49 Então vamos para o segundo passo para criar um ótimo anúncio: escolher imagens adequadas e um texto que leve a pessoa a curtir a Fan Page. Para a imagem é importante pensar: Qual a imagem chamaria a atenção desse público que eu selecionei? No caso do Estúdio de Pilates selecionamos imagens de pessoas fazendo exercícios, fazendo Pilates em equipamentos específicos e pessoas cuidando da saúde em locais com belas paisagens. Ao criar um anúncio, o Facebook permite que você selecione até seis imagens. O ideal é que se utilize essa quantidade que a ferramenta permite. Quanto mais imagens, melhor! E isso se deve a uma explicação simples: a imagem é o que chama atenção das pessoas no Facebook para que elas leiam os textos. Quanto mais chamativa a imagem e quanto mais ela tenha relação com o seu público, mais chances ela tem de resultar em likes para sua Fan Page. Esse é o ponto onde é melhor incluir as seis imagens diferentes no momento que criamos um anúncio. Após colocar seu anúncio no ar, você vai poder ver qual imagem está gerando mais likes para sua Fan Page e quais delas geram likes com valores baixos. Nesse momento, o que você vai precisar fazer é pausar os anúncios com as imagens com resultado ruim e manter a imagem que te dá um valor por curtir mais baixo. Caso não ache que o custo por like está baixo, pause todas as campanhas e escolha novas imagens. Faça esse processo até encontrar um valor ideal. Mesmo podendo fazer o texto com até seis imagens e deixando apenas um anúncio ativo depois que você descobrir qual está te dando o melhor custo por curtir, eu tenho algumas dicas de como essa imagem deve ser para que você tenha bons resultados, baseado nas centenas de anúncios que já criei para meus clientes. Vamos lá: Procure utilizar imagens com cores que contrastam com o fundo branco do Facebook. Além disso, escolher cores que também contrastem com o azul da barra do topo do Facebook pode dar um destaque ao seu anúncio. Além disso (essa eu considero a dica mais importante), procure imagens que tenham cores que contrastam dentro dela. Teste uma imagem com roxo e verde, vermelho e amarelo, laranja e azul-claro, por exemplo. Além de contrastar com o Facebook, ela atrairá a atenção, pois contrasta com ela própria. Teste também imagens com bordas que contrastam com o azul do Facebook. Na escolha da imagem, procure modelos que sejam de fácil entendimento visual. Não aconselho utilizar imagens que fiquem com muita informação visual.
  50. 50. 50 O fundo do Facebook é branco, então imagens com fundo branco chamarão pouca ou nenhuma atenção, assim terão poucos cliques e poucos likes. Teste utilizar pequenos textos na imagem. Por exemplo: Eu Amo Pilates. Quem ama pilates pode curtir minha Fan Page e é um potencial cliente. Imagens com rostos e com olhar direto chamam muita atenção. Dependendo da sua empresa, teste imagens com rostos atraentes. Não é possível definir o valor que pagará por pessoa que curtir sua Fan Page. Quando criamos um anúncio para curtir, o Facebook vai cobrar pelas vezes que os anúncios são exibidos. A ferramenta do Facebook tem a inteligência de exibir seus anúncios para as pessoas que tenham maior tendência em curtir sua Fan Page. Eles utilizam todas as informações coletadas de cada pessoa para conseguir determinar quais os perfis tem mais chances de realizar essa ação. Por isso é muito importante seguir todos os passos anteriores. Quanto mais chamativo seu anúncio for, mais vezes ele será curtido em relação às vezes que ele é exibido e assim seus likes terão valores mais baixos. Nesse caso, por experiência, te digo que não deve pagar mais do que R$ 0,10 por curtir. Caso esteja pagando um valor maior, pause seus anúncios e crie outros. Temos cases onde já pagamos menos de 1 centavo por curtir e, na grande maioria das vezes, o valor que conseguimos para nossos clientes gira em torno de R$ 0,05. É importante saber que para chegarmos a esse valor, criamos dezenas e até centenas de anúncios. Cada um com testes diferentes de imagens e textos. Quando atingimos um valor adequado em algum anúncio, pausamos os demais e aumentamos o investimento naquele de melhor conversão. A seguir quero dar algumas dicas que vão ajudar ainda mais a aumentar sua base de likes, investindo o menor valor possível. Para cada nova campanha de Curtir que iniciar, coloque o orçamento de apenas R$ 1,00. Com esse valor você já vai saber quanto custará os likes para as imagens e textos que selecionou.
  51. 51. 51 É melhor ter 10 campanhas diferentes com R$ 1,00 de investimento do que uma campanha de R$ 10,00. Parece não fazer sentido, mas faz. O Facebook controla o orçamento de uma forma diferente, se nós compararmos com Google. O valor do investimento é dividido pelas 24 horas do dia. Então, com o menor investimento para investir durante o dia, no caso de um anúncio a R$ R$ 1,00, o sistema tende a ser mais preciso em exibir os anúncios para quem realmente tem o perfil para curtir sua Fan Page. Essa dica é uma extensão da dica 2. Nunca inicie uma campanha na parte da tarde ou à noite. Se iniciar às 22:00hs, por exemplo, o Facebook vai gastar todo o dinheiro em 2 horas. Para isso, ele vai ser menos assertivo nas exibições e o resultado não será bom no primeiro dia. O melhor a fazer é criar o anúncio e programar para que ele inicie a meia-noite do próximo dia. Monitore diariamente suas campanhas. Um anúncio que pode estar com um bom resultado hoje, pode ter uma queda repentina de qualidade no dia seguinte. Costumo dizer que anúncios no Facebook tem prazo de validade. Por isso, é necessário sempre criar novos anúncios para que sua campanha não perca performance. Agora que possui todas as dicas, vá em frente e criei seus anúncios e aumente sua base de fãs qualificados!
  52. 52. 52 Temos diversos cases que trabalhamos esses conceitos para aumentar a base de fãs. Por outro lado, aumentar a base de fãs é apenas um primeiro passo, pois a partir do momento que você possui fãs em sua Fan Page, você precisa se relacionar com eles, construir um processo de confiança e passar informações de valor sobre os seus produtos ou serviços. Veja abaixo alguns desses cases que trabalhamos esses conceitos para aumentarmos a base de fãs:
  53. 53. 53 O Pet Care é o maior Hospital Veterinário da América Latina. Iniciamos o trabalho para a conquista de seguidores em 2012. Atualmente, a Fan Page possui mais de 2 milhões de fãs. Hoje temos a oportunidade de nos relacionarmos com todas essas pessoas, oferecendo todo tipo de informação sobre cuidados com Pets, além de contar casos de pacientes que passaram pelas unidades e falar de tudo que oferecem.
  54. 54. 54 A Engravida é uma Clínica de Reprodução Humana em São Paulo, Campinas, ABC e Santos. Hoje conta com mais de 912 mil fãs e também temos a oportunidade de nos relacionarmos com eles através de posts sobre tudo que envolve a fertilidade feminina.
  55. 55. 55 O Planeta das noivas é uma loja virtual de produtos para noivas e madrinhas. Hoje, com mais de 360 mil likes, falamos de tudo sobre o universo das noivas, tentando facilitar suas vidas com dicas e informações preciosas. Não deixamos de lado, no entanto, a promoção dos produtos oferecidos na loja.
  56. 56. 56 O Viajar Barato é um grande site brasileiro de turismo que oferece grandes promoções do mercado para hotéis, passagens aéreas e pacotes de viagens.
  57. 57. 57 Mais importante do que a quantidade de pessoas que são fãs dessas páginas, é o público selecionado. Em todas elas você vai poder observar o alto grau de participação das pessoas nos posts. Além da participação, o que é mais importante são as pessoas que levamos até o site quando é feito um post com link. A partir desse momento, a pessoa está apta a conhecer melhor sua empresa e comprar o que está oferecendo. Lembre-se, por fim, que o importante é a qualidade do público e não a quantidade. Obviamente que se você conseguir a maior quantidade de pessoas dentro de seus publico, melhor ainda.
  58. 58. 58 Agora que você já tem seu publico definido, criar anúncios para seu site é uma tarefa mais fácil. Ao criar anúncios para seu site, não se esqueça de seguir todos os mesmos passos que mencionei para a criação de anúncios para aumentar a base de likes em sua Fan Page. O texto e a imagem continuam tendo a mesma importância. Além de trabalhar bem o texto e as imagens, não se esqueça das etapas que mencionei em capítulos anteriores a respeito de seu site e sua Landing Page. Uma das formas mais utilizadas em anúncios para Landing Pages no Facebook é para a captação de e-mails. E isso funciona muito bem! Fazer uma oferta irresistível no anúncio e levar a pessoa até uma página pedindo o e-mail para poder entregar essa oferta funciona muito bem. Ao criar um anúncio para seu site, você vai precisar determinar qual é a Landing Page que deseja levar seus potenciais consumidores. Não se esqueça de todas as características de Landing Page que falamos nos capítulos sobre o Google. As mesmas terão importância para o contato ou compra do cliente que sai do Facebook. A tendência inicial é que o clique no Facebook será mais barato do que os cliques no Google. Esse valor será determinado pela sua taxa de cliques. Anúncios com a maior quantidade de cliques em relação às vezes que é exibido tendem a ter valores por cliques mais baixos. Daí a importância de ter boas imagens. As imagens que chamam mais atenção das pessoas as fazem lerem os textos e, consequentemente, clicarem no anúncio.
  59. 59. 59 Quando você aumenta sua base de fãs em sua Fan Page, não significa que todos os posts que publicar serão visualizados por todas as pessoas que curtiram sua página. Isso acontece principalmente porque o Facebook decide quem vê ou não sua publicação, mesmo que o usuário seja seu seguidor. Isso é determinado pelo robô do Facebook chamado Edge Rank. Em resumo, o que determina o que um fã vê ou não de suas publicações é o quanto ele engaja com sua Fan Page. Ou seja: se ele curte, comenta ou compartilha seus posts. O Edge Rank já sofreu mudanças desde sua criação. A última foi no segundo semestre de 2013 onde o Facebook criou alguns novos sistemas e novas regras para a exibição dos posts no Feed de Notícias. Por isso, é importante criar anúncio para os seus fãs. Isso certifica que todos ou a grande maioria visualizará suas postagens. A vantagem de criar anúncios para os fãs é que eles já conhecem sua empresa e Fan Page. As chances de interação, clique, contato ou compra são bem maiores. O Facebook oferece algumas formas de criar anúncios para os fãs. Na verdade, qualquer anúncio que criar você pode definir como público-alvo seus fãs. Abaixo separei os modelos mais utilizados. Você pode iniciar um anúncio de cliques para o site e selecionar apenas seus fãs como alvos desses anúncios. No momento de segmentar seu público, você deve fazer o direcionamento de conexões avançadas e incluir pessoas conectadas apenas em sua Fan Page, como detalho na imagem abaixo:
  60. 60. 60 Além disso, você pode incluir como público-alvo os amigos de seus fãs. Para isso, você deve selecionar a opção destacada abaixo. Veja que o alcance potencial aumentou de pouco mais de 3 mil pessoas para mais de 1 milhão de pessoas.
  61. 61. 61 Outra opção é fazer um post de alguma oferta em sua Fan Page e depois transformar esse post em anúncio. Nesse exemplo, não se esqueça de incluir no texto do post o link para seu site. Esse tipo de anúncio é o de Envolvimento de Publicação de Página. A imagem abaixo é de um anúncio de post da Kanui onde eles criaram um anúncio a partir de um post que fizeram na Fan Page. Note que utilizaram a foto do produto e incluíram um link para o site.
  62. 62. 62 Se você tem um produto ou serviço e quer fazer uma boa oferta ou promoção, você pode utilizar esse tipo de anúncio. Nesse caso, as pessoas que visualizarem essa oferta no Feed de Notícias, devem reivindicá-la. O exemplo acima é de como a oferta aparecerá no Feed de Notícias das pessoas. Ao apertar o botão “get offer” ou, em português como foi traduzido pelo Facebook, “reivindicar oferta”, a pessoa receberá um e-mail com a confirmação e irá até seu estabelecimento para adquirir o que sua empresa ofereceu. Você pode também oferecer um link para seu site com um produto em promoção. Imagine um restaurante que pode oferecer bebidas gratuitas na compra de um jantar, ou na compra de um temaki a pessoa ganha outro, ou até mesmo em uma troca de óleo quem reivindicou ganha uma lavagem. Esses são simples exemplos, mas eu poderia citar mais algumas dezenas. Com certeza alguma oferta se encaixa para sua empresa.
  63. 63. 63 Na ferramenta de anúncio do Facebook, você deverá escolher a opção de Obtenção de Ofertas como a imagem acima. Depois defina sua oferta. Em seguida, escolha a data de validade da oferta e adicione termos especiais sobre ela ou um link, caso necessário. Por fim, escolha seu público e publique sua oferta!
  64. 64. 64
  65. 65. 65 Se você tem uma base de e-mails de clientes, você pode direcionar anúncios do Facebook para eles. O Facebook permite fazer o upload dessa lista, criando uma audiência. No momento que criar seus anúncios, você poderá direcioná-los especificamente para esse público. Dessa forma, quem tiver o mesmo e-mail de login no Facebook, verá os anúncios que você criou. No momento que estiver criando seu anúncio e estiver selecionando o público, clique na opção “Crie um novo público personalizado”. O Facebook abrirá a tela abaixo e, a partir daí, você terá um passo a passo de como fazer o upload de sua lista de e-mails. Com essa lista criada, você pode criar anúncios para que essas pessoas curtam sua Fan Page e assim você poderá estreitar o relacionamento com elas. Além disso, você pode criar promoções e ofertas exclusivas para ser exibidas apenas para elas. Essa é mais uma tática para você alcançar quem já é seu cliente – ou potenciais clientes – e poder vender mais. Crie uma boa oferta, publique seu anúncio e acompanhe o resultado.
  66. 66. 66 No início de 2014, o Facebook lançou mais uma opção para anúncios em sua ferramenta. Agora é possível criar anúncios para pessoas que já visitaram seu site. Imagine poder exibir anúncios dentro do Facebook, direcionados para todas as pessoas que acessaram seu site. Com essa nova possibilidade, você vai poder recapturar os visitantes para que voltem ao seu site e confirmem uma compra ou o que realmente façam um contato ou um pedido de orçamento. Além disso, é possível criar e direcionar diferentes anúncios para pessoas que acessaram páginas específicas de seu site, por exemplo: pessoas que acessaram uma página sobre seguro de automóveis poderá ver anúncios diferentes de quem acessou a página de seguros residenciais. Outra possibilidade é oferecer descontos exclusivos ou promoções únicas para essas pessoas. É mais fácil vender para as pessoas se elas já conhecem sua empresa. Então aproveite essa oportunidade e crie diferentes anúncios para esse público seleto. Nesse formato, o Facebook vai te oferecer um código para colocar em todas as páginas do seu site. A partir daí, ele vai “marcar” todas as pessoas que o acessarem. No momento que for criar anúncios no Facebook, você poderá segmentar seu público para pessoas que visitaram seu site. Para todos os tipos de anúncios que criar, continue tendo em mente as características em relação a imagens, textos e ofertas. Crie sempre modelos diferentes de anúncios para as mesmas intenções.
  67. 67. 67 Utilizar anúncios do Google e do Facebook é uma excelente oportunidade de captação de clientes e crescimento de negócios para sua empresa. Por outro lado, vi diversas empresas que já fizeram anúncios e não tiveram o resultado que esperavam. Mas não posso afirmar que são 100% dos casos que cometeram erros graves e que as fizeram perder dinheiro e sua confiança na ferramenta. Fazer anúncios no Google e no Facebook exige conhecimento, exige que quem faça estude as ferramentas e fique “antenado” nas novidades que elas oferecem. Mesmo tendo suporte da equipe do Google, não garanto que sua campanha estará 100% eficaz. A equipe do Google não vai a fundo em todas as campanhas que analisam. Eles podem te ajudar, podem de dar caminhos possíveis, mais dificilmente vão falar com você sobre a utilização maciça de palavras-chave amplas ou se aprofundar nas palavras-chave negativas de suas campanhas. Em alguns casos, já analisei campanhas criadas pela equipe do Google que geravam prejuízo para um de meus clientes. Então, confie na sua intuição e no seu conhecimento. Esse E-book não é um fim, mas sim um novo começo para que você possa criar campanhas, melhorar seu site e aumentar seus resultados. Um começo de novas pesquisas e ajustes em seus anúncios. Continuar pesquisando e entendendo as novidades é fundamental. As ferramentas de publicidade do Google e Facebook promovem mudanças constantes. É possível que nesse momento já tenhamos novidades que não existiam quando escrevi esse E-book. Então fique atento! Minha missão é continuar oferecendo informações relevantes e importantes para seu negócio. E muitos e-books ainda virão. Obrigado por ter me acompanhado até aqui. Sucesso e até a próxima! Maurício Fantazzini.

×