Aula de Algoritmos II - Turma 222

1.375 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.375
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
505
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula de Algoritmos II - Turma 222

  1. 1. ALGORITMOS 2Aula – Linguagem C++Professora: Bianca de Almeida DantasCurso: Técnico Integrado em InformáticaTurno: VespertinoData: 14/01/2013
  2. 2. INTRODUÇÃO• Linguagem híbrida: permite utilizar programação estruturada e orientada a objetos.• Bastante utilizada em aplicações científicas.• Sintaxe semelhante a Java, PHP, entre outras.• Um programa em C++ é composto de pelo menos uma função: a função principal.
  3. 3. ESTRUTURA BÁSICA• A função principal de um programa em C++ é definida da seguinte maneira:int main(){ //Instruções do programa .... return 0;}
  4. 4. ESTRUTURA BÁSICA• O corpo principal de um programa em C++ é definido da seguinte maneira: Tipo de retorno é inteiroint main(){ //Instruções do programa .... return 0;}
  5. 5. ESTRUTURA BÁSICA• O corpo principal de um programa em C++ é definido da seguinte maneira: Nome da função principalint main(){ //Instruções do programa .... return 0;}
  6. 6. ESTRUTURA BÁSICA• O corpo principal de um programa em C++ é definido da seguinte maneira: Lista de parâmetros. Neste caso, não há nenhum parâmetro.int main(){ //Instruções do programa .... return 0;}
  7. 7. ESTRUTURA BÁSICA• O corpo principal de um programa em C++ é definido da seguinte maneira:int main(){ //Instruções do programa Delimitam o corpo do .... programa. return 0;}
  8. 8. ESTRUTURA BÁSICA• O corpo principal de um programa em C++ é definido da seguinte maneira:int main(){//Início do programa principal //Instruções do programa .... Indica que o programa chegou ao return 0; fim com sucesso}//Fim do programa principal
  9. 9. PRIMEIRO PROGRAMA• "Hello World" em C++:#include <stdio.h> Biblioteca para permitir usar o printf.int main(){ printf("Hello World!!!!n"); return 0;} O que deve ser Função de impressão. impresso.
  10. 10. SEGUNDO PROGRAMA• "Hello World" em C++ com a leitura do nome do usuário:#include <stdio.h> Leitura do nome digitado.int main(){ char nome[20]; printf("Qual é seu nome?"); scanf("%s ", nome); printf("Olá, %s! Tudo bem?n", nome); return 0;}
  11. 11. SEGUNDO PROGRAMA• "Hello World" em C++ com a leitura do nome do usuário:#include <stdio.h>Especifica que o usuário vaientrar com uma cadeia de Endereço da variávelint main()caracteres terminada com onde o texto vai serENTER.{ armazenado. char nome[20]; printf("Qual é seu nome?"); scanf("%s ", nome); printf("Olá, %s! Tudo bem?n", nome); return 0;}
  12. 12. DECLARAÇÃO DE VARIÁVEIS• Variáveis representam posições da memória e são utilizadas para acessar essas posições de uma forma mais amigável.• Sempre possuem um nome que não pode possuir espaços e pode possuir letras, números e sublinhados. Não pode iniciar com dígitos.• Todas as variáveis devem ser declaradas antes de serem utilizadas pela primeira vez.
  13. 13. TIPOS DE DADOS• As variáveis devem ser declaradas com a sintaxe: TIPO nome_variavel;• Exemplo: um inteiro chamado numero. int numero;
  14. 14. TIPOS DE DADOS• As variáveis ou constantes em C++ possuem SEMPRE um tipo associado.• Um tipo pode ser: • Primitivo • Definido pelo usuário• Os tipos primitivos são definidos pela linguagem de programação e são naturalmente reconhecidos.• Os tipos definidos pelo usuário são descritos dentro de estruturas (registros) e/ou classes.
  15. 15. TIPOS PRIMITIVOS• Os tipos primitivos ou básicos de C++ são: • int: representa um número inteiro. Possui 32 bits. • long: inteiro com 64 bits. • float: real com 32 bits. • double: real com 64 bits. • char: caractere representado com 8 bits. • bool: tipo lógico.
  16. 16. SAÍDA DE DADOS• A saída (impressão) de dados em C++ pode ser feita de diversas maneiras. Em grande parte das vezes, utilizamos a saída padrão.• Uma das funções mais comuns para impressão de dados é o printf, que especifica uma saída formatada.• O printf, em geral, possui pelo menos um parâmetro: a cadeia de caracteres a ser impressa.
  17. 17. SAÍDA DE DADOS• Exemplo:printf("Meu nome é Bianca");• E se o nome "Bianca" estivesse armazenado em uma outra variável (meu_nome)?printf("Meu nome é %s", meu_nome);
  18. 18. SAÍDA DE DADOS• Como pudemos ver, a string que vai ser impressa pode possuir símbolos especiais que especificam o local onde outro valor deve ser impresso.• Alguns desses símbolos especiais são: • %d: inteiro • %f: real • %c: caractere • %s: string• Vamos fazer um programa que leia dois inteiros e imprima o resultado.
  19. 19. EXEMPLO#include<stdio.h>int main(){ int num1, num2; printf("Entre com dois numeros:n"); scanf("%d %d", &num1, &num2); int res = num1 + num2; printf("Soma = %d", res); return 0;}
  20. 20. Saída gerada pela execução do programa anterior para os números 10 e 20.

×