Brasileros nosEstados UnidosQuem somos?  Quantos somos?    Onde vivemos?      O que fazemos?                    Álvaro Lim...
Introdução: Este documento tem sua origem numa observação feita por um  proeminente brasileiro durante a reunião “Brasile...
II. Quantos somos e onde moramos? O Censo Americano de 2000 contou 212,428 brasileiros morando nos  Estados Unidos. Dados...
 Valor médio das remessas enviadas por brasileiros dos Estados    Unidos para o Brasil: $300 a $400;   Frequência média ...
 Florida com 21% da população      brasileira, era o estado de destino                                    Florida: 324,00...
Maiores Concentrações de Brasileiros - 2007Fonte: 2000, U.S. Census
 Mais de 16 estados brasileiros contribuem para o fluxo emigratório, os  quatro maiores estados de origem dos emigrantes ...
III. Quem somos e o que fazemos?     Idade, Gênero, e Estado Civil                                                        ...
 A distribuição de genêro é quase idêntica para os três grupos. As      mulheres representam 50 por cento de todos os imi...
Cidadania e Tempo de Residência    Os brasileiros tem um grau de naturalização menor do que todos os     imigrantes. Some...
 Isto não é surprendente dado que uma                          Período de Chegada dos Imigrantes    proporção significant...
Proeficiência em Inglês e Grau de Escolaridade         O domínio dos brasileiros sobre a língua Inglesa difere dos outros...
 Enquanto 20 por cento de todos os imigrantes nos Estados Unidos não tem a escola          secundária completa, entre os ...
Participação na Força de Trabalho e Desemprego:        Os brasileiros imigrantes tem um grau de participação maior no    ...
 Os imigrantes brasileiros com os mais diversos níveis de proficiência em Ingles tem um         grau maior de participaçã...
 A taxa de desemprego dos brasileiros em 2007 era somente 3.8 por         cento, comparado com 5.5 por cento para todos o...
Classe de Trabalhador                                                                                                 Empr...
Emprego por Tipo de Ocupação                                                      Emprego por Tipo de Ocupação para os Imi...
 Obviamente, os Brasileiros dos generos masculino e feminino fazem          escolhas profissionais diferentes            ...
Emprego por Indústria        As quatro atividades industriais mais populares entre os trabalhadores         imigrantes br...
 Assim como com as ocupações, a distribuição de emprego por          indústria entre os homen e mulheres brasileiros tamb...
Remuneração Média        Em 2007, entre os trabalhadores de tempo integral ano inteiro, a remuneração média dos         i...
Nível de Pobreza        Tanto as famílias quantos os indivíduos brasileiros tendem a ser menos pobres         do que as p...
Aquisição da Casa Própria        O grau de conquista da casa própria entre os brasileiors difere de todos os imigrantes  ...
IV. Quanto contribuímos economicamente (aqui e lá)?           Contribuição para a Economia dos Estados Unidos:            ...
Referência: U.S. Census Bureau – 2000 Decennial Census, 2000. U.S. Census Bureau – 2005-2007 American Community Survey (...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Brasileiros nos Estados Unidos

909 visualizações

Publicada em

Perfil demográfico e economico dos brasileiros nos Estados Unidos.

Publicada em: Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
909
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Brasileiros nos Estados Unidos

  1. 1. Brasileros nosEstados UnidosQuem somos? Quantos somos? Onde vivemos? O que fazemos? Álvaro Lima - Maio, 2009
  2. 2. Introdução: Este documento tem sua origem numa observação feita por um proeminente brasileiro durante a reunião “Brasileiros no Mundo” na Flórida no ano passado: “… é crucial para a nossa comunidade sabermos quantos somos, quem somos, e o que fazemos…” Nós tentamos aqui responder a estas questões usando os mais recentes dados do Censo Americano, do Banco de Desenvolvimento Interamericano (BID), além das pesquisas feitas por nós: Alvaro Lima & Pete Plastrik 2007; Alvaro Lima & Eduardo Sequeira 2007; Alvaro Lima, Eugenia Garcia-Zanello, & Manuel Orozco 2009; O documento está organizado em três partes:  Quantos somos e onde moramos?  Quem somos e o que fazemos?  Quanto contribuímos economicamente (aqui e lá)?
  3. 3. II. Quantos somos e onde moramos? O Censo Americano de 2000 contou 212,428 brasileiros morando nos Estados Unidos. Dados de 2007 do “American Community Survey” (ACS) calcula que este número seja 342,463 – um aumento de 61%; Estas estimativas subestimam o tamanho da atual população de brasileiros porque não capturam as pessoas que não responderam o censo de 2000. O ACS com a sua amostra pequena cria o mesmo problema; A questão então é quantos brasileiros moram nos Estados Unidos? A melhor forma de responder esta questão é usar os dados de remessa de dinheiro e “transformar” estes dados em estimativas da população; As informações importantes para este cálculo são:  Remessas dos Estados Unidos para o Brasil (2006): De acordo com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), os brasileiros vivendo nos Estados Unidos enviaram $2.7 bilhões para o Brasil;
  4. 4.  Valor médio das remessas enviadas por brasileiros dos Estados Unidos para o Brasil: $300 a $400;  Frequência média de remessas enviadas por brasileiros dos Estados Unidos para o Brasil: 10 a 12 vezes por ano;  Proporção da população brasileira morando nos Estados Unidos que enviam remessas para o Brasil 60% a 70%.Baseado nestes números, podemos estimar que em2007: 803,000 a 1.4 milhões de Brasileiros viviam nos Estados Unidos
  5. 5.  Florida com 21% da população brasileira, era o estado de destino Florida: 324,000 mais popular para os brasileiros em Massachusetts: 250,000 2000; California: 162,000 New York: 147,000  Hoje, Massachusetts tem a maior New Jersey: 147,000 concentração de brasileiros que moram nos Estados Unidos (23%);  Durante a última década, a população brasileira da Nova Jersey ultrapassou esta da California que em 2000 era a terceira maior concentração de Brasileiros: Distribuição dos Brasileiros por Estados (2000) Distribuição dos Brasileiros por Estados (2007) Florida Massachusetts 2% Massachusetts Florida 2% California New Jersey 14% 21% New York 2% 15% California 2% New Jersey 2% 24% New York 2% Connecticut 3% 3% Connecticut Texas 5% 4% Georgia 17% Georgia 5% 10% Maryland 20% Texas 7% Maryland Illinois 11% 11% 9% Pennsylvania 10% Pennsylvania Other States Other StatesFonte: 2007 American Community Survey
  6. 6. Maiores Concentrações de Brasileiros - 2007Fonte: 2000, U.S. Census
  7. 7.  Mais de 16 estados brasileiros contribuem para o fluxo emigratório, os quatro maiores estados de origem dos emigrantes brasileiros são: Minas Gerais; Goiás; São Paulo; Paraná e Santa Catarina: Fonte: Fazendo America, Alvaro Lima & Pete Plastrik, 2007
  8. 8. III. Quem somos e o que fazemos? Idade, Gênero, e Estado Civil Percent Distribuição da Idade dos Imigrantes Brasileiros 16 ( 2007) 14  Em 2007, a idade média dos 12 10 imigrantes Brasileiros nos Estados 8 Unidos era de 35.8 anos – similar a 6 4 média de idade da população nativa 2 e consideravelmente menor do que a 0 85+ 0-4 5-9 10-14 15-19 20-24 25-29 30-34 35-39 40-44 45-49 50-54 55-59 60-64 65-69 70-74 75-79 80-84 dos outros imigrantes (40.2 anos);  No entanto, a distribuição etária dos brasileiros é mais similar a dos outros imigrantes do que da populção nativa. A vasta maioria dos brasileiros e dos outros imigrantes está na idade de trabalho: Percent Distribuição da Idade de Todos os Imigrantes (2007) Percent Distribuição de Idade da População Nativa (2007) 14 9 12 8 7 10 6 8 5 6 4 4 3 2 2 1 0 0 85+ 0-4 5-9 10-14 15-19 20-24 25-29 30-34 35-39 40-44 45-49 50-54 55-59 60-64 65-69 70-74 75-79 80-84 85+ 0-4 5-9 10-14 15-19 20-24 25-29 30-34 35-39 40-44 45-49 50-54 55-59 60-64 65-69 70-74 75-79 80-84Fonte: 2007 American Community Survey
  9. 9.  A distribuição de genêro é quase idêntica para os três grupos. As mulheres representam 50 por cento de todos os imigrantes e 51 por cento dos imigrantes brasileiros e da população nativa;  Os imigrantes brasileiros tem uma propoção maior de pessoas que são casadas (56%) do que esta da população nativa (49%) e menor do que esta da dos outros imigrantes 60%): Estado Civil dos Imigrantes Brasileiros, Todos os Imigrantes, e Distribuição de Gênero dos Imigrantes da Poppulação Nativa, 2007 Brasileiros (2007) (porcentagem que é casada) 70 59.9 60 56.0 48.5 49.0% 50 40 30 51.0% 20 10 0 Male Female Brazilians All immigrants NativesFonte: 2007 American Community Survey
  10. 10. Cidadania e Tempo de Residência  Os brasileiros tem um grau de naturalização menor do que todos os imigrantes. Somente um quarto dos imigrantes brasileiros são cidadãos americanos, enquanto 43 por cento de todos os imigrantes são naturalizados: Grau de Naturalização dos Imigrantes Brasileiros Grau de Naturalização de Todos os Imigrantes, 2007 (2007) 25.2% 42.5% 57.5% 74.8% Naturalized citizen Not a citizen Naturalized citizen Not a citizenFonte: 2007 American Community Survey
  11. 11.  Isto não é surprendente dado que uma Período de Chegada dos Imigrantes proporção significante da população Brasileiros, 2007 imigrante brasileira chegou aos Estados 8.8% Before 1980 Unidos muito mais recentemente do que 11.0% imigrantes de outros países; 1980 to 1989 50.2% 1990 to 1999  Somente 9 por cento dos brasileiros e 2000 to 2007 quase um quarto de todos os imigrantes vieram para os Estados Unidos antes de 30.0% 1980. Em contraste, mais da metade dos imigrantes brasileiros e somente 28 por cento dos outros imigrantes imigraram depois de 2000: Período de Chegada dos Brasileiros Periodo de Chegada dos Imigrantes Brasileiros Imigrantes Que São Naturalizados , 2007 Que Não São Naturializados, 2007 3.3% 12.5% 5.6% 25.2% Before 1980 28.4% Before 1980 1980 to 1989 1980 to 1989 35.1% 1990 to 1999 1990 to 1999 2000 to 2007 62.7% 2000 to 2007 27.2%Fonte: 2007 American Community Survey
  12. 12. Proeficiência em Inglês e Grau de Escolaridade  O domínio dos brasileiros sobre a língua Inglesa difere dos outros imigrantes. Os brasileiros tem uma proporção menor de pessoas que não falam Ingles (8.3%) e destes que falam somente Ingles (9.2%) comparado com 11.2 por cento e 15.6 por cento para todos os imigrantes. No entanto, os brasileiros tem uma proporção maior destes que falam Ingles bem (25.4%) ou muito bem (39.7%) – dois terços - comparado com 53 porcento para os outros imigrantes; Proeficiêcia em Inglês dos Brasileiros e Todos os Imigrantes, 2007 Percentual 50 Brazilians 39.7 All immigrants 40 32.0 30 25.4 21.0 20.1 20 17.4 15.6 11.2 9.2 8.3 10 0 Yes, speaks only English Yes, speaks very well Yes, speaks well Yes, but not well Does not speak EnglishSource: 2007 American Community Survey
  13. 13.  Enquanto 20 por cento de todos os imigrantes nos Estados Unidos não tem a escola secundária completa, entre os brasileiros essa proporção é de somente 10 por cento;  Um terço dos brasileiros tem um diploma da escola secundária, comparado com um quarto de tods os imigrantes e 31 por cento da população nativa;  Os brasileiros também tem uma proporção maior de pessoas com diploma universitário se comparados aos imigrantes em geral e a população nativa. 19 por cento dos brasileiros tem um diploma de graduação, comparado com 16 por cento para todos os outros imigrantes e 18 por cento para os nativos;  A proporção de pessoas com diploma de pós-graduação é similar para os tres grupos: 10 por cento para os brasileiros e os nativos e 11 por cento para todos os imigrantes; Grau de Escolaridade dos Imigrantes Brasileiros, Todos os Imigrantes, e da População Nativa Percent (2007) 40 Brazilians All immigrants Natives 35 30 25 20 15 10 5 0 8th Grade or Less Some High High School Some College Associate Degree Bachelors Graduate Degree School Diploma DegreeFonte: 2007 American Community Survey
  14. 14. Participação na Força de Trabalho e Desemprego:  Os brasileiros imigrantes tem um grau de participação maior no mercado de trabalho do que os nativos e os outros imigrantes:  Tres quartos dos brasileiros maiores de 16 anos fazem parte da força de trabalho, comparado com dois terços de todos os imigrantes e 64 por cento dos nativos;  O grau de participação dos homens na força de trabalho para os três grupos é maior: 86 por cento para os homens brasileiros, 79 por cento dos imigrantes homens, e 69 por cento dos homens nativos participam na força de trabalho;  O grau de participação das mulheres brasileiras é 64 por cento, comparado com 55 por cento para todas as mulheres imigrantes e 59 por cento para mulheres nativas; Participação dos Brasileiros , Todos Imigrantes, e Nativos na Força de Trabalho, 2007 Percent All workers 100 Men 86.3 78.8 Women 80 74.6 66.8 69.1 64.2 64.0 59.2 60 54.7 40 20 0 Brazilians All immigrants NativesFonte: 2007 American Community Survey
  15. 15.  Os imigrantes brasileiros com os mais diversos níveis de proficiência em Ingles tem um grau maior de participação na força de trabalho do que a população imigrante;  Estas discrepancias são particularmente grandes para trabalhadores com habilidades limitadas em Ingles:  Entre os imigrantes que não falam ingles bem, 80 por cento dos brasileiros e 64 por cento de todos os imigrantes participam na força de trabalho;  Da mesm forma, 79 por cento dos brasileiros e 54 por cento de todos os imigrantes que não falam Ingles estão ou empregados ou ativamente procurando trabalho; Participação na Força de Trabalho dos Brasileiros, Todos os Imigrantes, e Nativos , 2007 Percent Brazilians All immigrants 100 80.3 79.2 80 74.8 72.8 72.7 74.0 70.0 64.7 63.8 60 54.0 40 20 0 Yes, speaks only English Yes, speaks very well Yes, speaks well Yes, but not well Does not speak EnglishSource: 2007 American Community Survey
  16. 16.  A taxa de desemprego dos brasileiros em 2007 era somente 3.8 por cento, comparado com 5.5 por cento para todos os imigrantes e 6.5 por cento para os nativos;  Comparações similares se dão para o gênero. A taxa de desemprego entre os brasileiros do sexo masculino, 3.6 por cento, é quase a metade desta na população masculina nativa (6.7 percent);  A taxa de desemprego entre as brasileiras é mais alta 4.6 porcento. No entanto, elas tem uma taxa menor do que as outras imigrantes e da população nativa feminina, com taxas de desemprego de 6.4 e 6.3 por cento, respectivamente; Taxa de Desemprego por Gênero, 2007 Percent Brazilians 10 All immigrants Natives 8 6.5 6.7 6.4 6.3 6 5.5 4.8 4.6 3.8 3.6 4 2 0 Total Men WomenSource: 2007 American Community Survey
  17. 17. Classe de Trabalhador Emprego dos Brasileiros Imigrantes por Classe de Trabalhador, 2007  Os Brasileiros imigrantes tem uma taxa de trabalho 100 autônomo duas vêzes maior do que todos os 79.5 80 imigrantes e trabalhadores nativos. Quase 16 por cento dos Brasileiros trabalham nas suas próprias 60 empresas informais, comparado com somente 7.5 por 40 cento de todos os imigrantes e 6.6 por cento dos nativos; 20 15.8 0.3 4.4 0  Quase 80 porcento dos brasileiros trabalham em Self-employed Private wage Government Unpaid family empresas privadas – uma taxa menor do que a de workers and salary workers workers todos os imigrantes (84 %) e maior do que os 78 por workers cento para os nativos;  Os brasileiros imigrantes trabalham em número menor para o governo do que os nativos e todos os imigrantes. Quatro por cento dos brasileiros trabalham no setor público, comparado com 8 por cento dos demais imigrantes e 16 por cento dos trabalhadores nativos: Emprego de Todos os Imigrantes por Classe de Emprego de Todos os Nativos por Classe de Trabalhador, 2007 Trabalhador, 2007 100 100 84.0 77.6 80 80 60 60 40 40 20 8.3 20 15.6 7.5 0.3 6.6 0.2 0 0 Self-employed Private wage and Government Unpaid family workers salary workers workers workers Self-employed Private wage and Government Unpaid family workers salary workers workers workersFonte: 2007 American Community Survey
  18. 18. Emprego por Tipo de Ocupação Emprego por Tipo de Ocupação para os Imigrantes Brasileiros, 2007 0.1%  Mais de 90 por cento dos 9.2% Service occupations trabalhadores brasileiros estão 15.4% 32.7% concentrados em quatro ocupações: Construction, extraction, maintenance, and repair serviço; construção, extração, occupations manutenção, e reparo; gerência e Management, professional, and related occupations ocupações profissionais; e ocupações relacionads com vendas e cléricais; Sales and office occupations 20.5%  Esta distribuição é diferente de todos Production, transportation, 22.0% and material moving os trabalhadores imigrantes e nativos: occupations Emprego por Tipo de Ocupação para os Nativos, 2007 Emprego por Tipo de Ocupação para Todos os Imigrantes, 2007 0.5% 2.0% 15.6% Service occupations Service occupations 23.1% 12.0% Construction, extraction, 16.4% Construction, extraction, maintenance, and repair maintenance, and repair 9.0% occupations occupations Management, professional, and Management, professional, and related occupations related occupations 27.0% 18.0% Sales and office occupations Sales and office occupations 13.4% 36.0% Production, transportation, and Production, transportation, and material moving occupations 27.2% material moving occupations Farming, fishing, and forestry Farming, fishing, and forestry occupations occupationsFonte: 2007 American Community Survey
  19. 19.  Obviamente, os Brasileiros dos generos masculino e feminino fazem escolhas profissionais diferentes  Construção, extração, manutenção, e ocupações relacionadas são as mais populares entre os trabalhadores do sexo masculino, empregando cerca de 38 por cento. Ocupações no setor de serviço são a segunda opção mais popular entre os trabalhadores homens;  Em contraste, ocupações no setor de serviço são as mais populares entre as brasileiras: Metade de todas as trabalhadoras brasileiras estão no setor de serviços. Admistração, vendas e ocupações clericais são as próximas mais populares ocupações, cada uma empregando pouco mais de 22 por cento das trabalhadoras brasileiras; Emprego por Tipo de Ocupação para os Imigrantes Brasileiros Emprego por Tipo de Ocupação para os Imigrantes Brasileiros - - Homens, 2007 Mulheres 2007 Service occupations 0.1% 5.0% 0.2% Service occupations 12.5% 20.1% 22.1% Construction, extraction, 49.0% Construction, extraction, maintenance, and repair 10.2% maintenance, and repair occupations occupations Management, professional, and Management, professional, and related occupations related occupations Sales and office occupations Sales and office occupations 18.7% Production, transportation, and Production, transportation, and material moving occupations 38.4% material moving occupations 22.7% Farming, fishing, and forestry Farming, fishing, and forestry 1.0% occupations occupationsFonte: 2007 American Community Survey
  20. 20. Emprego por Indústria  As quatro atividades industriais mais populares entre os trabalhadores imigrantes brasileiros nos Estados Unidos são a Construção; Artes, entretenimento, recreação; acomodação e serviços alimentícios; Outros serviços; Serviços profissionais, científicos, gerenciais, administrativos e de adminsitração de detritos: As Quatro Indústrias que Mais Empregam Brasilerios Imigrantes, 2007 Percent 30 22.0 20 13.9 13.7 13.4 11.5 11.7 11.5 10.1 10 7.1 8.2 6.3 4.5 0 Construction Arts, entertainment, and Other services (except public Professional, scientific, and recreation, and administration) management, and accommodation and food administrative and waste services management services  A distribuição dos brasileiros nas diversas indústrias difere dos demais trabalhadores imigrantes e dos nativos. A indústria mais popular entre estes dois grupos são a educação e saúde, que empregam 17 por cento de toda a mão de obra imigrante e 22 por cento dos trabalhadores nativos;Fonte: 2007 American Community Survey
  21. 21.  Assim como com as ocupações, a distribuição de emprego por indústria entre os homen e mulheres brasileiros também difere. As brasileiras estão mais bem representadas em outros serviços, empregando pouco menos de um quarto delas. Os serviços profissionais, científicos, gerenciais, administrativos e de administração de detritos empregam 19 por cento das brasileiras e são a segunda industria mais procurada por elas. As Quatro Indústrias que Mais Empregam Imigrante Brasileros, Todos os Imigrantes, e a população nativa (MULHERES), 2007 Percent Brazilian Immigrants 40 33.2 All Immigrants Natives 30 27.4 22.1 19.1 20 17.4 13.0 10.3 11.6 10.7 8.6 9.3 10 5.0 0 Other services (except public Professional, scientific, and Educational services, and health Arts, entertainment, and administration) management, and care and social assistance recreation, and accommodation administrative and waste and food services management servicesFonte: 2007 American Community Survey
  22. 22. Remuneração Média  Em 2007, entre os trabalhadores de tempo integral ano inteiro, a remuneração média dos imigrantes brasileiros ($31,571) foi um pouco mais alta do que a de todos os trabalhadores imigrantes ($30,357) mas significativamente mais baixa do que a dos trabalhadores nativos ($40,476);  A comparação da remuneração média para os trabalhadores do sexo masculino apresenta resultado similar: enquanto os homens trabalhadores brasileiros ganham mais dos que os imigrantes masculinos, eles ganham somente três quartos da remuneração média dos trabalhadores nativos;  As brasileiras, em contraste, ganham não só menos do que as mulheres nativas, mas também menos do que todos as imigrantes trabalhadoras: Remuneração Média dos Imigrantes Brasileiros, Todos os Imigrantes, e os Nativos, 2007 Brazilians $50,000 All immigrants Natives $40,000 $30,000 $20,000 $10,000 $0 All workers Male workers Female workersFonte: 2007 American Community Survey
  23. 23. Nível de Pobreza  Tanto as famílias quantos os indivíduos brasileiros tendem a ser menos pobres do que as populações imigrantes e nativas;  Em 2007, o nível de pobreza das famílias brasileiras era de 7.1 por cento, comparado com 14.4 por cento para todas as famílias imigrantes e 8.6 por cento para as famílias nativas;  De forma similar, o nível de pobreza individual dos brasileiros é mais baixo (11%), comparado com 15.6 por cento para todos os imigrantes e 12.6 por cento para todos os nativos: Nível de Pobreza das Famílias e dos Indivíduous, 2007 Brazilians All immigrants 20 Natives 15.6 14.4 15 12.6 11.0 10 8.6 7.1 5 0 Family rate Individual rateFonte: 2007 American Community Survey
  24. 24. Aquisição da Casa Própria  O grau de conquista da casa própria entre os brasileiors difere de todos os imigrantes e dos nativos. Os brasileiros tem um grau de propriedade domiciliária maior do que os dois outros grupos – 39 por cento dos brasileiros são proprietários, comparado com 54 por cento de todos os imigrantes e 69 por cento dos nativos;  Os Brasileiros proprietários e aqueles que são inquilinos tem um nível de despesa maior com os custos de habitação do que os imigrantes e nativos. Mais de 55 por cento dos brasileiros proprietários e 49 por cento dos inquilinos tem custos com habitação que são considerados altíssimos (custos mensais com habitação igual ou superior a 30 por cento dos seus rendimentos): Grau de Prorpiedade da Casa Própria dos Proporção da Renda Mensal Gasta com Habitação Brasileiros Imigrantes, Todos os Imigrantes, e os para os Imigrantes Brasileiros, Todos os Percent Nativos, 2007 Percent Imigrantes, e os Nativos, 2007 Brazilians 80 Brazilians 80 69.2 All immigrants All immigrants 60.6 Natives Natives 60 55.4 60 54.4 49.5 50.1 46.7 44.5 45.6 39.4 40 40 30.8 28.5 20 20 0 0 Homeowners Renters Homeowners RentersFonte: 2007 American Community Survey
  25. 25. IV. Quanto contribuímos economicamente (aqui e lá)? Contribuição para a Economia dos Estados Unidos:  628.000 empregos diretos e indiretos criados pelo gastos dos consumidores e empresários brasileiros;  $58 bilhões de contribuição direta para os Produto Interno Bruto (BIP);  $7.5 bilhões pagos em impostos Federais e Estaduais. Contribuição para a Economia Brasileira:  $2.7 billhões em transferência dos Estados Unidos para o Brasil;  $7.1 bilhões em impacto de desenvolvimento relacionado a remessas (3x multiplicador).Source: Fazendo America, Alvaro Lima & Peter Plastrik, 2007
  26. 26. Referência: U.S. Census Bureau – 2000 Decennial Census, 2000. U.S. Census Bureau – 2005-2007 American Community Survey (ACS), 2007. Alvaro Lima, Eugenia Garcia-Zanello & Manuel Orozco – Brazilians in the U.S.: A Look at Migrants and Transnationalism, 2009. Alvaro Lima & Peter Plastrik – A Profile of Brazilian Remitters in Massachusetts, 2007. Alvaro Lima & Peter Plastrik – Fazendo a América, 2007 Alvaro Lima & Eduardo Sequeira – Brazilians in the U.S. and Massachusetts: A Demographic and Economic Profile, 2007. Alvaro Lima – Brazilian Immigrants in Boston, 2007. Alvaro Lima & Peter Plastrik - Leveraging Immigrant Remittances for Development, 2006

×