2012 • 2013CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL       Administração - José Maria Marin
Administração                                                         José Maria Marin             REGRAS DE FUTEBOL 2012/...
2012 • 20134                 3                   1                   2         Presidente da CBF com os integrantes da CA-...
PALAVRA DO PRESIDENTE DA CBF                                                Ao público em geral sugiro que                ...
2012 • 2013PALAVRA DO PRESIDENTE DA COMISSÃO DEARBITRAGEM DA CBFCaros Companheiros de                           Em todas a...
Observações gerais sobre as Regras de FutebolModificaçõesDesde que haja aprovação das associações-membro e sempre que seja...
2012 • 2013ÍndiceREGRAS DE FUTEBOL 2012 / 2013                                                                            ...
REGRAS DE FUTEBOL 2012 / 2013                                                                                     PÁGINAS1...
2012 • 2013Regra 1: O Campo de JogoSuperfície de jogo                              O centro do campo será marcadoAs partid...
Regra 1: O Campo de JogoÁrea de meta                                 ponto médio da linha entre os postesSerão traçadas du...
2012 • 2013Regra 1: O Campo de JogoMetas                                        Deverão ter forma quadrada, retan-As metas...
Regra 1: O Campo de JogoA colocação dos postes de meta em relação à linha de meta deve ajustar-seaos seguintes gráficos.Se...
2012 • 2013Regra 1: O Campo de JogoOs postes de meta e o travessão te-        Os postes de meta e os travessõesrão a mesma...
Regra 1: O Campo de JogoO campo de jogoPoste de bandeirinha de canto                                13
2012 • 2013Regra 1: O Campo de Jogo                   Dimensões do campo (em metros)                   Dimensões do campo ...
Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 1)REGRA 1 - O CAMPO DE JOGO                     puder se...
2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 1)meio-tempo e a partir do momento           ...
Regra 2: A BolaCaracterísticas e medidas                     •   a partida será reiniciada com bola                       ...
2012 • 2013Decisões do International F. A. BoardDecisão 1                                     Regra 2. A lista dessas espe...
Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 2)Regra 2 – A bolaBolas adicionaisPoderão ser colocadas ...
2012 • 2013Regra 3: Número de JogadoresNúmero de Jogadores                          antes do início da partida, não serãoU...
Regra 3: Número de Jogadores•   o substituto entrará no campo de           •   se o árbitro tiver paralisado o jogo,    jo...
2012 • 2013Regra 3: Número de JogadoresPor qualquer outra infração a esta            Jogadores e substitutos expulsosregra...
Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 3)REGRA 3 – NÚMERO DE                            o inter...
2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 3)Funcionários oficiais de uma               ...
Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 3)Se um substituto ou um jogador                  substi...
2012 • 2013Regra 4: Equipamento dos jogadoresSegurança                                       mesma cor que a parte das mei...
Regra 4: Equipamento dos jogadoresInfrações / Sanções                             •   o jogador somente poderá retornarPor...
2012 • 2013Regra 4: Equipamento dos jogadoresDecisão 1 do International F A.                             .             O o...
Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 4)REGRA 4 – EQUIPAMENTO DOS                     Os equip...
2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 4)Os árbitros também não podem usar          ...
Regra 5: O ÁrbitroA autoridade do Árbitro                            ao campo de jogo depois que a par-Cada partida será d...
2012 • 2013Regra 5: O Árbitro• atuará conforme as indicações de            Decisões do árbitro  seus árbitros assistentes ...
Decisões do International F.A. BoardDecisão 1                                     •   uma decisão de paralisar ou nãoUm ár...
2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 5)REGRA 5 – O ÁRBITRO                        ...
Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 5)Aplicação da vantagem                          Jogador...
2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 5)    deverá ser advertido com cartão        ...
Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 5)  cometerem mais de uma infração                    va...
2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 5)1. Posicionamento do Árbitro - tiro de saíd...
Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 5)3. Posicionamento do Árbitro - tiro de canto (1)4. Pos...
2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 5)5. Posicionamento do Árbitro - tiro livre (...
Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 5)7. Posicionamento do Árbitro - tiro livre (3)8. Posici...
2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 5)9. Posicionamento do Árbitro - tiro penal  ...
Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 5)Sinais do Árbitro         Tiro livre direto           ...
2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 5)Uso do apito                               ...
Regra 6: Os Árbitros AssistentesDeveres                                       •   quando, nos tiros penais, o golei-Poderã...
2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 6)REGRA 6 – OS ÁRBITROS                      ...
Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 6)2. Posicionamento durante a partidaOs árbitros assiste...
2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 6)3. Tiro de meta1. Os árbitros assistentes d...
Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 6)4. Goleiro solta a bola de suas mãosOs árbitros assist...
2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 6)5. Tiro penalO árbitro assistente deverá po...
Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 6)6. Tiros do ponto penalUm dos árbitros assistentes dev...
2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 6)7. Situações de “Gol – Não gol”Quando um go...
Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 6)Quando um gol for marcado, mas a bola parecer ainda es...
2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 6)8. Tiro de cantoEm um tiro de canto, o árbi...
Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 6)9. Tiro livreEm um tiro livre, o árbitro assistente de...
2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 6)Sinais com a mão ou gestos                 ...
Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 6)Sinais do Árbitro Assistente     Substituição         ...
2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 6)Sinais do Árbitro Assistente   Impedimento ...
Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 6)Técnica da bandeira e trabalho                • se o j...
2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 6)Tiro de canto / Tiro de meta               ...
Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 6)árbitro assistente deverá informar ao          Faltas ...
2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 6)Confronto coletivo                         ...
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Livro de regras futebol 2012 2013
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Livro de regras futebol 2012 2013

21.167 visualizações

Publicada em

1 comentário
4 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
21.167
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
318
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
327
Comentários
1
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Livro de regras futebol 2012 2013

  1. 1. 2012 • 2013CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL Administração - José Maria Marin
  2. 2. Administração José Maria Marin REGRAS DE FUTEBOL 2012/2013Julho 2012Autorizadas pelo International Football Association BoardTodos os direitos desta publicação são reservados.Reprodução ou tradução completa ou parcial, somente com autorizaçãoexpressa da FIFA.Publicação feita pela Confederação Brasileira de Futebol - CBF. Senhores Árbitros, “A arbitragem exige concentração, controle emocional, pleno domínio das regras do jogo, condicionamento físico, bom posicionamento em campo, firmeza nas decisões e, acima de tudo, imparcialidade e entusiasmo. ” “Arbitrar bem é sentir o jogo para possibilitar seu desenvolvimento natural, somente interferindo para cumprimento das regras e, especialmente, de seu espírito. ” “O conceito do Árbitro é sempre considerado antes de cada partida. O trabalho realizado, todavia, é que consolida ou afeta tal conceito. ” CA/CBF Anexo MANUAL DO ASSESSOR DE ARBITRAGEM
  3. 3. 2012 • 20134 3 1 2 Presidente da CBF com os integrantes da CA-CBF Presidente da CBF 1 – José Maria Marin Comissão de Arbitragem – CBF 2 – Aristeu Leonardo Tavares - Presidente 3 – Antonio Pereira da Silva - Vice-Presidente 4 – Dionisio Roberto Domingos - Secretário Departamento de Arbitragem - CBF Sérgio Corrêa da Silva Tradução e Revisão do livro deRegras de Futebol e redação do Manual do Assessor Sérgio Corrêa da Silva - RJ Manoel Serapião Filho - BA Marcio Verri Brandão - SP Almir Alves de Mello - SP Corregedor de Arbitragem Edson Rezende de Oliveira Ouvidor de Arbitragem Paulo Jorge Alves Editoração Eletrônica Conexão Brasil Computação Gráfica Av. Santa Inês, 668 – Mandaqui – São Paulo – SP Tel.: (11) 2994-4754 - Tel/Fax: 2204-1095 2
  4. 4. PALAVRA DO PRESIDENTE DA CBF Ao público em geral sugiro que procure conhecer, ao menos basica- mente, as Regras de Futebol, pois is- so, com certeza, fará crescer a paixão pelo esporte-rei. Finalmente, ao tempo em que agra- deço e parabenizo a Comissão de Ar- bitragem pelo trabalho desenvolvi-Senhores desportistas, do, revelo meu desejo de que este livro sirva de meio para o contínuo Cumprindo dever institucional e desenvolvimento da arbitragem e dodando prosseguimento ao processo futebol penta campeão do mundo.de modernização da arbitragem bra- Rio de Janeiro, agosto de 2012.sileira, apresento-lhes o Livro de Re-gras de Futebol, 2012/2013, devida-mente revisado e atualizado. José Maria Marin Presidente da CBF Aos árbitros recomendo que con-tinuem estudando as regras paraalcance de seu pleno domínio, demodo a lhes possibilitar decisõessempre acertadas e que legitimem osresultados das partidas. Aos jornalistas, jogadores, treina-dores e dirigentes observo que o co-nhecimento das regras lhes possibili-ta desenvolver seus ofícios com maiseficiência e, mais do que isso, me-lhor compreender as decisões dosárbitros, trazendo o saldo positivo deevitar algumas críticas e protestos in-fundados. 3
  5. 5. 2012 • 2013PALAVRA DO PRESIDENTE DA COMISSÃO DEARBITRAGEM DA CBFCaros Companheiros de Em todas as oportunidades queArbitragem, possa apresente-o aos Árbitros mais novos como o instrumento da resolu- É com imenso prazer que me diri- ção das dúvidas que por ventura sur-jo a todos que gravitam no emocio- jam. E com certeza estas surgirão!nante mundo do FUTEBOL para apre- Analise muito suas interpretações,sentar o LIVRO DE REGRAS da CBF pois a sensibilidade em aplicá-las fa-2012/2013. rá a diferença entre os profissionais. Este em língua portuguesa está Saibam que a Comissão de Arbi-atualizadíssimo e traz consigo o ma- tragem confia no vosso trabalho e onual para o Assessor de Arbitragem, apoio do Presidente da CBF José Ma-personagem fundamental no acom- ria Marin tem sido irrestrito aos plei-panhamento da carreira dos Árbitros. tos da arbitragem nacional. Espero que a arte gráfica do LIVRO Tenham atitude, coragem, isenção,DE REGRAS confeccionada com tan- imparcialidade e habilidade na con-to denodo e carinho pelos profissio- dução dos jogos.nais mencionados na contra capa Lembrem-se “DEUS e as LEIS (doagrade. jogo) são as NOSSAS INSEPARÁVEIS Porém o mais importante para os PROTEÇÕES” .senhores Árbitros de futebol é queeste rico conteúdo faça parte do co- Êxito nesta nobre missão de trazertidiano dos senhores. Que sua leitu- justiça para os campos de futebol.ra seja diária e atenta. Que o seu con-teúdo seja discutido por todos os quese interessam pela arbitragem. Este Aristeu Leonardo Tavaresdeve ser o LIVRO de todas as horas! Presidente da CA/CBF. 4
  6. 6. Observações gerais sobre as Regras de FutebolModificaçõesDesde que haja aprovação das associações-membro e sempre que sejam res-peitados os princípios fundamentais, as Regras de Futebol poderão ser modi-ficadas e adaptadas para partidas disputadas por menores de 16 anos, equi-pes femininas, jogadores veteranos (maiores de 35 anos) e jogadores comdeficiência física.São permitidas modificações nos seguintes itens:• dimensão do campo de jogo;• circunferência, peso e material da bola;• distância entre os postes de meta e altura do travessão;• duração dos tempos da partida; e• número de substituições.Modificações em outros itens somente serão permitidas com o consentimen-to específico do International Football Association Board.Homens e MulheresToda referência ao gênero masculino nas Regras de Futebol, tais como árbi-tros, árbitros assistentes, jogadores ou funcionários oficiais equivalerá tantoa homens como a mulheres (para simplificar a escrita e facilitar a compreen-são).Línguas oficiaisA FIFA, em nome do International Football Association Board, publica asRegras de Futebol em inglês, francês, alemão e espanhol, que são as linguasoficiais da instituição. Todavia, havendo divergência entre textos, a redaçãoem inglês será a prevalecente.ChaveUma linha simples e vertical à margem esquerda do texto indica mudança naRegra. 5
  7. 7. 2012 • 2013ÍndiceREGRAS DE FUTEBOL 2012 / 2013 PÁGINASPalavra do Presidente da CBF – José Maria Marin.......................................................... 03Palavra do Presidente da CA/CBF – Aristeu Leonardo Tavares ...................................... 04OBSERVAÇÕES GERAIS SOBRE AS REGRAS DE FUTEBOL .......................................... 051 O CAMPO DE JOGO .................................................................................................... 08 INTERPRETAÇÃO DA REGRA 1 .................................................................................... 152 A BOLA ......................................................................................................................... 17 INTERPRETAÇÃO DA REGRA 2 .................................................................................... 193 NÚMERO DE JOGADORES ......................................................................................... 20 INTERPRETAÇÃO DA REGRA 3 .................................................................................... 234 EQUIPAMENTO DOS JOGADORES ............................................................................ 26 INTERPRETAÇÃO DA REGRA 4 .................................................................................... 295 O ÁRBITRO ................................................................................................................... 31 INTERPRETAÇÃO DA REGRA 5 .................................................................................... 346 OS ÁRBITROS ASSISTENTES ..................................................................................... 45 INTERPRETAÇÃO DA REGRA 6 .................................................................................... 467 DURAÇÃO DA PARTIDA............................................................................................... 63 INTERPRETAÇÃO DA REGRA 7 .................................................................................... 648 INÍCIO E REÍNICIO DE JOGO ....................................................................................... 65 INTERPRETAÇÃO DA REGRA 8 .................................................................................... 679 BOLA EM JOGO E FORA DE JOGO ............................................................................ 68 INTERPRETAÇÃO DA REGRA 9 .................................................................................... 6910 GOL MARCADO............................................................................................................ 70 INTERPRETAÇÃO DA REGRA 10 ................................................................................... 7111 IMPEDIMENTO ............................................................................................................. 72 INTERPRETAÇÃO DA REGRA 11 ................................................................................... 7312 FALTAS E INCORREÇÕES ............................................................................................ 81 INTERPRETAÇÃO DA REGRA 12................................................................................... 84 6
  8. 8. REGRAS DE FUTEBOL 2012 / 2013 PÁGINAS13 TIROS LIVRES............................................................................................................... 95 INTERPRETAÇÃO DA REGRA 13................................................................................... 9814 TIRO PENAL .................................................................................................................. 99 INTERPRETAÇÃO DA REGRA 14................................................................................. 10215 ARREMESSO LATERAL ............................................................................................. 104 INTERPRETAÇÃO DA REGRA 15................................................................................. 10616 TIRO DE META ............................................................................................................ 107 INTERPRETAÇÃO DA REGRA 16................................................................................. 10917 TIRO DE CANTO ..........................................................................................................110 INTERPRETAÇÃO DA REGRA 17 ..................................................................................112PROCEDIMENTOS PARA DETERMINAR O VENCEDORDE UMA PARTIDA OU DE JOGOS DE IDA-E-VINDA ..................................................... 113EXECUÇÃO DE TIROS DO PONTO PENAL ..................................................................... 115INTERPRETAÇÃO DA REGRA (PROCEDIMENTOPARA DETERMINAR O VENCEDOR) ............................................................................... 116A ÁREA TÉCNICA ..............................................................................................................117O QUARTO ÁRBITRO E O ÁRBITRO ASSISTENTE RESERVA ........................................118REGULAMENTO DO INTERNATIONAL FOOTBALL ASSOCIATION BOARD................ 120MANUAL DO ASSESSOR ................................................................................................ 123FOTOS DOS CURSOS REALIZADOS PELA CBF ............................................................138FOTOS DOS EX-PRESIDENTES DA CA-CBF ..................................................................147 7
  9. 9. 2012 • 2013Regra 1: O Campo de JogoSuperfície de jogo O centro do campo será marcadoAs partidas poderão ser jogadas em com um ponto na metade da linhasuperfícies naturais ou artificiais, de de meio-campo, a partir do qual se-acordo com o regulamento da com- rá traçado um círculo com um raio depetição. 9,15 m.A cor das superfícies artificiais deve- Poderão ser feitas marcações fora dorá ser verde. campo de jogo, a 9,15 m do quarto de círculo, sendo uma perpendicularQuando forem utilizadas superfícies à linha lateral e outra à linha de meta,artificiais em partidas de competição para indicar a distância da bola queentre equipes representativas de as- deverá ser observada pelos adversá-sociações afiliadas à FIFA ou em par- rios na execução de tiros de canto.tidas internacionais de competiçãode clubes, a superfície deverá cum- Dimensõesprir os requisitos do conceito de qua- O comprimento da linha lateral serálidade da FIFA, para grama artifi- superior ao comprimento da linha decial, ou do International Artificial Turf meta.Standard, exceto se a FIFA concederautorização especial. Comprimento (linha lateral): mínimo 90 mMarcação do campo máximo 120 mO campo de jogo deve ser retangular Comprimento (linha de meta):e marcado com linhas. mínimo 45 mEssas linhas fazem parte das áreas máximo 90 mque demarcam. Todas as linhas devem ter a mesmaAs duas linhas extremas de marca- largura, que não pode ser superior ação mais compridas são chamadas 12 cm.de linhas laterais, as duas mais cur-tas são chamadas de linhas de meta. Partidas internacionaisO campo de jogo será dividido emduas metades por uma linha de meio- Comprimento (linha lateral):campo, que unirá os pontos médios mínimo 100 mdas duas linhas laterais. máximo 110 m Comprimento (linha de meta): mínimo 64 m máximo 75 m 8
  10. 10. Regra 1: O Campo de JogoÁrea de meta ponto médio da linha entre os postesSerão traçadas duas linhas perpendi- de meta e eqüidistante dos mesmos.culares à linha de meta, a 5,5 m da Fora de cada área penal será traçadoparte interior de cada poste de me- um arco de círculo com um raio deta. Elas adentrarão 5,5 m no campo 9,15 m desde o ponto penal.de jogo e serão unidas por uma linhaparalela à linha de meta. A área deli- Bandeirinhasmitada por estas linhas e a linha de Em cada canto do campo, um postemeta será a área de meta. não pontiagudo será colocado com uma bandeirinha. A altura mínimaÁrea penal desse poste será de 1,5 m.Serão traçadas duas linhas perpendi- Postes com bandeirinhas tambémculares à linha de meta, a 16,5 m da poderão ser colocados em cada ex-parte interior de cada poste de me- tremo da linha do meio de campo, ata. Elas adentrarão 16,5 m no campo no mínimo 1 m da linha lateral.de jogo e serão unidas por uma linhaparalela à linha de meta. A área deli- Quarto de círculomitada por estas linhas e a linha de Um quarto de círculo será traçadometa será a área penal. dentro do campo de jogo, com 1 me- tro de raio, a partir de cada poste deEm cada área penal será marcado um canto.ponto penal, a 11 m de distância do 9
  11. 11. 2012 • 2013Regra 1: O Campo de JogoMetas Deverão ter forma quadrada, retan-As metas serão colocadas no centro gular, redonda ou elíptica e não de-de cada linha de meta. verão constituir nenhum perigo para os jogadores.Consistirão em dois postes verticais,equidistantes dos mastros de canto A distância entre os postes de metae unidos na parte superior por uma será de 7,32 m e a distância da par-barra horizontal (travessão). Os pos- te inferior do travessão ao solo serátes de meta e o travessão deverão de 2,44 m.ser de madeira, metal ou outro mate-rial aprovado. 10
  12. 12. Regra 1: O Campo de JogoA colocação dos postes de meta em relação à linha de meta deve ajustar-seaos seguintes gráficos.Se os postes de meta forem de forma quadrada (vistos de cima), os lados de-vem ser paralelos ou perpendiculares à linha de meta. As laterais do traves-são devem ser paralelas ao plano do terreno do campo.Se os postes de meta forem de forma elíptica (vistos de cima), as partes maislargas devem ser perpendiculares à linha de meta. A parte mais larga do tra-vessão deve ser paralela ao plano do terreno do campo.Se os postes de meta forem de forma retangular (vistos de cima), os ladosmais largos deve ser perpendiculares à linha de meta. O lado mais largo dotravessão deve ser paralelo ao plano do terreno do campo. 11
  13. 13. 2012 • 2013Regra 1: O Campo de JogoOs postes de meta e o travessão te- Os postes de meta e os travessõesrão a mesma largura e espessura, de serão de cor branca.no máximo 12 cm. As linhas de metaterão a mesma largura dos postes de Segurançameta e do travessão. As metas deverão estar fixadas fir-Poderão ser fixadas redes nas metas memente no solo. Poderão ser utili-e no solo atrás dos gols, desde que zadas metas portáteis, desde que seestejam devidamente presas e não cumpra essa exigência.atrapalhem o goleiro. 12
  14. 14. Regra 1: O Campo de JogoO campo de jogoPoste de bandeirinha de canto 13
  15. 15. 2012 • 2013Regra 1: O Campo de Jogo Dimensões do campo (em metros) Dimensões do campo (em jardas)Decisão 1 do International F A. Board .A área técnica deve cumprir os requisitos aprovados pelo International F A. .Board, que estão descritos na seção deste livro, intitulada A área técnica. 14
  16. 16. Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 1)REGRA 1 - O CAMPO DE JOGO puder ser consertado, a partida será reiniciada com bola ao chão, no localMarcação do campo onde a bola se encontrava quando oÉ proibido marcar o campo de jogo jogo foi paralisado, a menos que o jo-com linhas interrompidas ou em sul- go tenha sido paralisado com a bolacos. dentro da área de meta. Neste caso, o árbitro deixará cair a bola na linhaSe um jogador fizer marcas não auto- da área de meta paralela à linha derizadas no campo de jogo com o pé, meta, no ponto mais próximo do lo-ele será advertido com cartão amare- cal onde a bola se encontrava quan-lo por conduta antidesportiva. Se o do o jogo foi paralisado.árbitro notar essa marcação durantea partida, advertirá com cartão ama- Publicidade comercialrelo o infrator por conduta antidepor- Toda publicidade no nível do solo de-tiva assim que a bola estiver fora de verá ser colocada fora do campo dejogo. jogo e, no mínimo, a um (01) metro de distância de suas linhas demarca-Serão utilizadas unicamente as linhas tórias.estipuladas na Regra 1 para marcar ocampo de jogo. A publicidade vertical deverá ser co-Em campos, com superfícies artifi- locada, no mínimo, a:ciais, em que forem praticadas mais • um (01) metro das linhas laterais;de uma modalidade de esporte, as • na mesma distância das linhas decorrespondentes marcações deverão meta que a profundidade das redesser de cores claramente distintas das de meta; elinhas utilizadas para marcar o cam- • a um (01) metro da rede de meta.po de futebol. É proibido todo tipo de publicida-Metas de comercial, seja real ou virtual,Se o travessão quebrar ou for deslo- no campo de jogo, em suas instala-cado do seu lugar, o jogo será para- ções e arredores, incluídas as redeslisado até que tenha sido consertado das metas e as áreas que elas deli-ou recolocado em seu lugar. Se não mitam, e a área técnica, ou a distân-for possível consertar o travessão, a cia inferior de 1 m das linhas laterais,partida deverá ser suspensa. Não se- desde o momento em que as equipesrá permitido o uso de uma corda para entram no campo de jogo até o mo-substituir o travessão. Se o travessão mento em que saem no intervalo do 15
  17. 17. 2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 1)meio-tempo e a partir do momento Logotipos e emblemasem que retornam ao campo de jogo É proibida reprodução real ou virtualaté o término da partida. Particular- de logotipos ou emblemas represen-mente, é proibido o uso de qualquer tativos da FIFA, confederações, as-tipo de publicidade nas metas, redes, sociações-membro, ligas, clubes oupostes de bandeirinhas e nelas pró- outras entidades, no campo de jo-prias. Não será colocado nesses itens go, nas metas, nas redes das metasnenhum equipamento estranho (câ- e áreas que elas envolvem, nos mas-meras, microfones etc.). tros e bandeirinhas de tiro de canto durante o tempo de jogo. 16
  18. 18. Regra 2: A BolaCaracterísticas e medidas • a partida será reiniciada com bola ao chão, executado com uma novaA bola: bola, do local onde a primeira bo-• será esférica la se danificou, a menos que o jo-• será de couro ou qualquer outro go tenha sido paralisado com a bo- material adequado la dentro da área de meta. Neste• terá uma circunferência não supe- caso, o árbitro executará o bola ao rior a 70 cm e não inferior a 68 cm chão na linha da área de meta para-• terá um peso não superior a 450 g lela à linha de meta, no ponto mais e não inferior a 410 g no começo da próximo do local onde a bola subs- partida tituída se encontrava quando o jo-• terá uma pressão equivalente a 0,6 go foi paralisado. – 1,1 atmosferas (600 – 1100 g/cm2) ao nível do mar (8.5 a 15.6 libras). • Se a bola estourar ou se danificar durante a execução de um tiro pe- nal ou de tiro do ponto penal, após ser chutada para frente e antes de tocar em qualquer jogador, no tra- vessão ou nos postes da meta: - O tiro será repetido. Se a bola estourar ou se danificar em um momento em que não esteja em jogo (tiro de saída, tiro de meta, tiro de canto, tiro livre, tiro penal ou arre- messo lateral):Substituição de uma bola defei-tuosa • a partida será reiniciada conforme as Regras.Se a bola estourar ou se danificar du-rante a partida: A bola não poderá ser trocada durante• o jogo será paralisado a partida sem autorização do árbitro. 17
  19. 19. 2012 • 2013Decisões do International F. A. BoardDecisão 1 Regra 2. A lista dessas especificaçõesAlém das especificações da Regra 2, adicionais, características de cadaa aprovação de uma bola para parti- um dos logotipos, deverá ser aprova-das de uma competição oficial, orga- da pelo International F A. Board. Os .nizada pela FIFA ou pelas confedera- institutos que realizam os testes deções, estará sujeita a que essa bola qualidade estarão sujeitos à aprova-contenha um dos três seguintes lo- ção da FIFA.gotipos: Nas competições das associações-• o logotipo oficial membro, o uso de bolas que levem “FIFA APPROVED” um dos três logotipos poderá ser exi-• o logotipo oficial gido. “FIFA INSPECTED”• o logotipo oficial Decisão 2 “INTERNATIONAL MATCHBALL Em jogos de competição oficial orga- STANDARD” nizada sob os auspícios da FIFA, con- federações ou associações-membro, está proibida qualquer publicidade comercial na bola, com exceção dos emblemas da competição, do organi- zador da competição e da marca re-Esses logotipos indicarão que a bo- gistrada autorizada do fabricante. Ola foi oficialmente testada e cumpre regulamento da competição podeas especificações técnicas, diferentes restringir o tamanho e o número des-para cada logotipo e adicionais às es- sas marcas.pecificações mínimas estipuladas na 18
  20. 20. Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 2)Regra 2 – A bolaBolas adicionaisPoderão ser colocadas bolas adicio-nais ao redor do campo de jogo pa-ra uso durante a partida, desde quecumpram as especificações estipula-das na Regra 2 e seu uso esteja sob ocontrole do árbitro 19
  21. 21. 2012 • 2013Regra 3: Número de JogadoresNúmero de Jogadores antes do início da partida, não serãoUma partida será jogada por duas permitidas mais de seis substituiçõesequipes, cada uma formada por no por equipe.máximo onze jogadores, dos quaisum jogará como goleiro. A partidanão começará se uma das equipes ti-ver menos de sete jogadores.Número de Substituições:• Competições OficiaisPoderão ser realizadas no máximotrês substituições por equipe emqualquer partida de competição ofi-cial organizada sob os auspícios daFIFA, das confederações ou das asso-ciações membro.O regulamento da competição deve- Procedimento de substituiçãorá estipular quantos substitutos po- Em todas as partidas, os nomes dosderão ser relacionados, de três a se- substitutos deverão ser entregueste, no máximo. ao árbitro antes do início da parti- da. Todo substituto cujo nome não ti-• Outras Partidas ver sido informado ao árbitro nesseEm partidas de seleções nacionais momento não poderá participar da“A” podem ser realizadas no máximo partida.seis substituições por equipe. Em ou- Para substituir um jogador por umtras partidas, um número maior de substituto, deverão ser observadassubstiuições pode ser realizado, des- as seguintes condições:de que: • o árbitro deverá ser informado an-• as equipes envolvidas cheguem a tes de ser efetuada a substituição um acordo sobre o número máxi- proposta mo de substituições • o substituto não poderá entrar no• o árbitro tenha sido informado an- campo de jogo, até que o jogador a tes do início da partida. ser substituído tenha saído do cam-Se o árbitro não for informado ou as po de jogo, e o substituto tenha re-equipes não chegarem a um acordo cebido o sinal do árbitro 20
  22. 22. Regra 3: Número de Jogadores• o substituto entrará no campo de • se o árbitro tiver paralisado o jogo, jogo somente pela linha de meio o mesmo será reiniciado com um campo e durante uma paralisação tiro livre indireto a favor da equipe do jogo. adversária, do local onde se encon-• uma substituição terminará quan- trava a bola no momento da parali- do o substituto entrar no campo de sação (ver Regra 13 – Posição em ti- jogo. ros livres).• a partir desse momento, o substitu- to se torna um jogador e o jogador Se um substituto relacionado iniciar a quem substituiu se converte em a partida em lugar de outro jogador jogador substituído que estava relacionado como titular,• um jogador substituído não voltará sem que o árbitro tenha sido notifica- a participar da partida do dessa troca:• todos os substitutos estão subme- • o árbitro permitirá que esse substi- tidos à autoridade e jurisdição do tuto relacionado prossiga disputan- árbitro, sejam chamados ou não a do a partida; participar da partida. • não será adotada nenhuma sanção disciplinar contra esse substitutoTroca de goleiro relacionado;Qualquer jogador poderá trocar de • não será reduzido o número deposição com o goleiro, desde que: substituições permitida para a equi-• o árbitro seja informado previamente pe a que esse jogador pertencer; e• a troca se efetue durante uma para- • o árbitro registrará o fato em seu lisação do jogo. relatório.Infrações / Sanções Se um jogador trocar de posição comSe um substituto ou um jogador subs- o goleiro sem a autorização prévia dotituído entrar no campo de jogo sem árbitro:a autorização do árbitro: • o árbitro permitirá que o jogo con-• o árbitro paralisará o jogo (ainda tinue que não imediatamente se tal pes- • o árbito advertirá com cartão ama- soa não interferir no jogo) relo os jogadores envolvidos assim• o árbitro advertirá com cartão ama- que a bola estiver fora de jogo. relo o infrator por conduta antides- portiva e ordenará que ele saia do campo de jogo 21
  23. 23. 2012 • 2013Regra 3: Número de JogadoresPor qualquer outra infração a esta Jogadores e substitutos expulsosregra: Um jogador expulso, antes do tiro• os jogadores envolvidos serão ad- de saída para iniciar uma partida, so- vertidos com cartão amarelo mente poderá ser substituído por um• a partida será reiniciada com um ti- dos substitutos relacionados. ro livre indireto a favor da equipe Um substituto relacionado expul- adversária, do local onde se encon- so antes do tiro de saída para iniciar trava a bola no momento da parali- uma partida ou depois de seu início, sação (ver Regra 13 – Posição em ti- não poderá ser substituído. ros livres). 22
  24. 24. Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 3)REGRA 3 – NÚMERO DE o intervalo do meio-tempo ou an-JOGADORES tes da prorrogação, o procedimen- to de substituição deverá ser com-Procedimento de substituição pletado antes do tiro de saída do• As substituições somente podem segundo tempo ou da prorrogação. ser feitas com o jogo paralisado• O árbitro assistente sinalizará que Pessoas extras no campo de jogo uma substituição foi solicitada.• O jogador que será substituído Agentes externos deverá receber a permissão do ár- Qualquer pessoa não relacionada bitro para sair do campo de jogo, a na lista da equipe como um jogador, menos que já se encontre fora do substituto ou funcionário oficial de mesmo por razões previstas nas uma equipe será considerado agen- Regras do Jogo. te externo, a exemplo de um jogador• O árbitro autorizará a entrada do que foi expulso. substituto no campo de jogo.• Antes de entrar no campo de jogo, Se um agente externo entrar no cam- o substituto deverá esperar que o po de jogo: jogador a ser substituído saia do • o árbitro deverá paralisar o jogo campo de jogo. (mesmo que não imediatamente se• O jogador que será substituído não o agente externo não interferir no é obrigado a sair do campo de jogo jogo) pela linha de meio campo. • o árbitro providenciará a retirada• Em certas circunstâncias, poderá do agente externo do campo de jo- ser retardada a permissão da subs- go e de suas imediações tituição, por exemplo, se um substi- • se o árbitro paralisar a partida, de- tuto não estiver pronto para entrar verá reiniciá-la com bola ao chão no campo de jogo. no local onde a bola se encontra-• Um substituto que não tenha com- va quando o jogo foi paralisado, a pletado o procedimento de substi- menos que o jogo tenha sido para- tuição, entrando no campo de jo- lisado com a bola dentro da área de go, não poderá reiniciar o jogo efe- meta; nesse caso, o árbitro deixará tuando um arremesso lateral ou cair a bola na linha da área de meta tiro de canto. paralela à linha de meta, no ponto• Se um jogador que será substituído mais próximo do local onde a bo- recusar-se a sair do campo de jogo, la se encontrava quando o jogo foi a partida continuará. paralisado.• Se uma substituição é feita durante 23
  25. 25. 2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 3)Funcionários oficiais de uma b) tratar de uma lesão, sangramentoequipe ou para corrigir ou substituir equi-O treinador e os demais oficiais inclu- pamento sujo de sangue;ídos na lista de jogadores (a exces- c) por qualquer outro motivo.são de jogadores e substitutos) sãoconsiderados funcionários oficiais. E retrornar ao campo sem autoriza- ção do árbitro, ele deverá:Se o funcionário oficial de uma equi- • paralisar a partida (mesmo que nãope ingressa no campo de jogo: imediatamente se o jogador não• o árbitro deverá paralisar o jogo interferir no jogo ou se uma vanta- (mesmo que não imediatamente se gem puder ser aplicada) o funcionário oficial da equipe não • advertir com cartão amarelo o joga- interferir no jogo ou se cabe aplicar dor por entrar no campo de jogo uma vantagem) sem sua autorização• o árbitro providenciará a retirada do • ordenar o jogador a sair do campo funcionário oficial do campo de jogo de jogo, caso seja necessário (por e, no caso de sua conduta ser incor- exemplo, por infração à Regra 4). reta, o árbitro deverá expulsá-lo do campo de jogo e de suas imediações Se o árbitro paralisar o jogo, esse se-• se o árbitro paralisar a partida, deve- rá reiniciado: rá reiniciá-la com bola ao chão no lo- • com um tiro livre indireto para a cal onde a bola se encontrava quan- equipe adversária do local onde a do o jogo foi paralisado, a menos que bola se encontrava quando o jogo o jogo tenha sido paralisado com a foi paralisado (ver Regra 13 - Po- bola dentro da área de meta; nesse sição em tiros livres), caso não ha- caso, o árbitro deixará cair a bola na ja nenhuma outra infração de acor- linha da área de meta paralela à li- do com a Regra 12, se o jogador ti- nha de meta, no ponto mais próxi- ver infringido essa regra. mo do local onde a bola se encontra- va quando o jogo foi paralisado. Se um jogador acidentalmente ultra- passar uma das linhas demarcatóriasJogador fora do campo de jogo do campo de jogo, não terá cometidoSe um jogador sair do campo de jogo, nenhuma infração. O fato de sair docom a autorização do árbitro, para: campo de jogo pode ser consideradoa) por em ordem seu uniforme ou como parte de um movimento de jogo. equipamento, ou mesmo retirar al- go não permitido; Substituto ou um jogador substituído 24
  26. 26. Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 3)Se um substituto ou um jogador substituto, jogador substituído ousubstituído entrar no campo de jogo funcionário oficial da equipe quesem permissão: sofreu o gol.• o árbitro deverá paralisar o jogo (mesmo que não imediatamente se Número mínimo de jogadores o jogador em questão não interferir Se o regulamento da competição es- no jogo ou se uma vantagem puder tabelecer que todos os jogadores e ser aplicada) substitutos deverão ser relaciona-• o árbitro deverá advertir com car- dos antes do tiro de saída para ini- tão amarelo o jogador por conduta ciar a partida, e uma equipe inicia o antidesportiva jogo com menos de onze jogadores,• o jogador deverá sair do campo de somente os jogadores relacionados jogo. na súmula antes do início da partida,Se o árbitro paralisar o jogo, deverá poderão completar os onze jogadores.reiniciá-lo com um tiro livre indiretopara a equipe adversária do local on- Apesar de uma partida não poder serde a bola se encontrava quando o jo- INICIADA se qualquer uma das equi-go foi paralisado (ver Regra 13 - Posi- pes tiver menos de sete jogadores,ção em tiros livres). o número mínimo de jogadores em uma equipe, necessário para conti-Gol marcado com pessoa extra nuar uma partida, fica a critério dasdentro do campo de jogo associações-membro. Entretanto, oSe, após ser marcado um gol, o árbi- International F A. Board entende que .tro perceber, antes de reiniciar o jo- uma partida não deve CONTINUARgo, que havia uma pessoa extra no se houver menos de sete jogadorescampo de jogo no momento em que em qualquer uma das equipes.o gol foi marcado o árbitro deveráinvalidar o gol se: Se uma equipe ficar com menos de- a pessoa extra for um agente exter- sete jogadores porque um ou mais no e interferir no jogo jogadores abandonaram delibera-- a pessoa extra for um jogador, damente o campo de jogo, o árbitro substituto, jogador substituído ou não será obrigado a paralisar o jogo funcionário oficial da equipe que imediatamente. Ele poderá, inclusi- marcou o gol. ve, aplicar a vantagem. Nesse caso, o• o árbitro deve validar o gol se: árbitro não deverá reiniciar a partida- a pessoa extra for um agente exter- depois que a bola estiver fora de jo- no e não interferir no jogo go se uma equipe não tiver o núme-- a pessoa extra for um jogador, ro mínimo de sete jogadores. 25
  27. 27. 2012 • 2013Regra 4: Equipamento dos jogadoresSegurança mesma cor que a parte das meiasOs jogadores não utilizarão nenhum sobre a qual estiverem sendo usa-equipamento nem levarão consigo das.nenhum objeto que seja perigoso pa- • caneleirasra si ou para os demais jogadores (in- • calçado.cluindo qualquer tipo de joias). CaneleirasEquipamento básico • deverão estar cobertas completa-O equipamento básico obrigatório de mente pelos meiões.um jogador é composto das seguin- • deverão ser de borracha, plásticotes peças: ou de um material similar adequa-• agasalho ou camisa – caso seja do. usada roupa por baixo da camisa, • deverão oferecer uma proteção a- as mangas dessa roupa deverão ter dequada. a cor principal das mangas da ca- misa ou do agasalho Cores• calção – caso sejam usadas malhas • as duas equipes usarão cores que térmicas interiores, curtas ou lon- as diferenciem entre si e também gas, essas deverão ter a cor princi- do árbitro e dos árbitros assisten- pal dos calções. tes.• meiões – se forem usadas cintas • cada goleiro usará cores que o dife- adesivas ou outro material similar rencie dos demais jogadores, do ár- na parte externa, elas deverão ter a bitro e dos árbitros assistentes. 26
  28. 28. Regra 4: Equipamento dos jogadoresInfrações / Sanções • o jogador somente poderá retornarPor qualquer infração a esta regra: ao campo de jogo quando a bola• não será necessário paralisar o jogo estiver fora de jogo.• o árbitro instruirá o jogador infrator a sair do campo de jogo para colo- Um jogador que foi obrigado a sair car em ordem seu equipamento do campo de jogo por infração a es-• o jogador sairá do campo de jogo, ta regra e retorna ao campo de jogo assim que a bola estiver fora de jo- sem autorização do árbitro, será ad- go, a menos que, nesse momento, vertido com cartão amarelo. o jogador já tenha colocado em or- dem seu equipamento Reinício de jogo• todo jogador, que teve de sair do Se o árbitro paralisar o jogo para ad- campo de jogo para colocar em or- vertir com cartão amarelo o infrator: dem seu equipamento, não poderá • o jogo será reiniciado com um ti- retornar ao campo sem a autoriza- ro livre indireto, executado por um ção do árbitro jogador da equipe adversária, do• o árbitro deve assegurar-se de que local onde a bola se encontrava o equipamento do jogador está em quando o árbitro paralisou a par- ordem antes de autorizá-lo a retor- tida (ver Regra 13 – Posição em ti- nar ao campo de jogo ros livres). 27
  29. 29. 2012 • 2013Regra 4: Equipamento dos jogadoresDecisão 1 do International F A. . O organizador da competição puniráBoard os jogadores que levantarem sua ca-• Os jogadores não deverão mostrar misa para mostrar lemas ou publici- ao público roupas por baixo com dade. O organizador da competição lemas ou publicidade. ou a FIFA punirá a equipe de um jo-O equipamento básico obrigatório gador, cujo equipamento básico obri-não deverá conter mensagens políti- gatório tiver mensagens políticas, re-cas, religiosas ou pessoais. ligiosas ou pessoais. 28
  30. 30. Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 4)REGRA 4 – EQUIPAMENTO DOS Os equipamentos modernos de pro-JOGADORES teção, tais como protetores de cabe- ça, máscaras faciais, protetores deEquipamento básico tornozelo e de braço, feitos de mate-Cores: riais maleáveis, leves e acolchoados• se as camisas dos goleiros tiverem não são considerados perigosos e, a mesma cor e nenhum deles tiver por isso, são permitidos. uma camisa ou agasalho reserva, o árbitro deverá permitir que se ini- Tendo em vista a nova tecnologia cie a partida. que oferece óculos esportivos mais seguros, tanto para o usuário comoSe um jogador perder seu calça- para os demais jogadores, os árbi-do acidentalmente e imediatamente tros deverão mostrar tolerância aodepois jogar a bola e/ou marcar um permitir seu uso, particularmente nogol, não haverá infração e será con- caso de jogadores jovens.cedido o gol, uma vez que a perda docalçado foi acidental. Se uma peça de roupa ou equipa- mento, que foi inspecionado no iní-Os goleiros poderão usar calças com- cio da partida e avaliado como nãopridas como parte de seu equipa- sendo perigoso, tornar-se perigosomento básico. ou for usado de uma maneira peri- gosa durante a partida, seu uso se-Outro equipamento rá proibido.Um jogador poderá usar equipamen-to distinto do básico, desde que seu É proibido o uso de sistema eletrôni-único propósito seja proteger-se fisi- co de comunicação entre jogadorescamente e não represente nenhum e/ou comissão técnica.perigo para si ou para qualquer ou-tro jogador. Joias É estritamente proibido o uso deO árbitro deverá inspecionar toda rou- qualquer joia (colares, anéis, brace-pa ou equipamento diferente do bási- letes, brincos, pulseiras de couro, deco para determinar que não repre- plástico etc.), que deverá ser retira-senta perigo algum. da antes da partida. Não é permitido cobrir as joias com esparadrapo. 29
  31. 31. 2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 4)Os árbitros também não podem usar caso ele não tenha podido ou nãoadereços e/ou joias (exceto o relógio tenha desejado obedecerou aparelho similar para cronometrar • advertir com cartão amarelo o joga-a partida). dor se ele se recusar intencional- mente a obedecer ou, se, mesmoMedidas disciplinares após ter- lhe sido solicitada a reti-Os jogadores deverão ser inspecio- rada do item, o jogador for vistonados antes do início da partida e usando o item novamente.os substitutos antes de entrarem nocampo de jogo. Se um jogador for Se o jogo for paralisado para advertirvisto usando roupa ou joia proibida com cartão amarelo o jogador, serádurante a partida, o árbitro deverá: concedido um tiro livre indireto pa-• informar ao jogador que o item em ra a equipe adversária do local onde questão deve ser retirado a bola se encontrava quando o jogo• ordenar o jogador a sair do cam- foi paralisado (ver Regra 13 – Posição po de jogo na primeira paralisação, em tiros livres). 30
  32. 32. Regra 5: O ÁrbitroA autoridade do Árbitro ao campo de jogo depois que a par-Cada partida será dirigida por um ár- tida tiver sido reiniciadabitro, que terá autoridade total para • permitirá que o jogo continue atéfazer cumprir as Regras do Jogo na- que a bola esteja fora de jogo se,quela partida. em sua opinião, um jogador estiver levemente lesionadoPoderes e Deveres • assegurará que todo jogador comO árbitro sangramento saia do campo de jo-• fará cumprir as Regras do Jogo go; o jogador somente poderá re-• controlará a partida em coopera- tornar depois do sinal do árbitro, ção com os árbitros assistentes e, que deve estar certo de que o san- quando possível, com o quarto ár- gramento parou bitro • permitirá que o jogo continue, se• assegurará que as bolas utilizadas a equipe que sofreu uma infração atendam às exigências da Regra 2 se beneficiar de uma vantagem, e• assegurará que o equipamento dos punirá a infração cometida inicial- jogadores atenda às exigências da mente se a vantagem prevista não Regra 4 se concretizar naquele momento• atuará como cronometrista e to- • punirá a infração mais grave quando mará nota dos incidentes na par- um jogador cometer mais de uma in- tida fração ao mesmo tempo• paralisará, suspenderá ou encerra- • tomará medidas disciplinares con- rá a partida, a seu critério, em caso tra jogadores que cometerem infra- de infração às Regras do Jogo ções puníveis com advertência ou• paralisará, suspenderá ou encerra- expulsão; não será obrigado a to- rá a partida por qualquer tipo de in- mar essas medidas imediatamen- terferência externa te, porém deverá fazêlo assim que• paralisará a partida se, em sua opi- a bola estiver fora de jogo nião, um jogador tiver sofrido uma • tomará medidas contra os funcioná- lesão grave e assegurará que o rios oficiais das equipes que não se mesmo seja transportado para fo- comportarem de maneira correta e ra do campo de jogo; um jogador poderá, a seu critério, expulsá-los do lesionado somente poderá retornar campo de jogo e de seus arredores 31
  33. 33. 2012 • 2013Regra 5: O Árbitro• atuará conforme as indicações de Decisões do árbitro seus árbitros assistentes em rela- As decisões do árbitro sobre fatos re- ção a incidentes que não pôde ob- lacionados ao jogo, incluído o fato de servar um gol ter sido marcado ou não e o• não permitirá que pessoas não au- resultado da partida, são definitivas. torizadas entrem no campo de jogo• determinará o reinício do jogo de- O árbitro somente poderá modificar pois de uma paralisação uma decisão se perceber que a mes-• remeterá às autoridades compe- ma é incorreta ou, a seu critério, con- tentes um relatório da partida, com forme uma indicação de um árbitro informação sobre todas as medi- assistente ou do quarto árbitro, sem- das disciplinares tomadas contra pre que ainda não tiver reiniciado o jogadores e/ou funcionários oficiais jogo ou terminado a partida. das equipes e sobre qualquer outro incidente que tiver ocorrido antes, durante e depois da partida. 32
  34. 34. Decisões do International F.A. BoardDecisão 1 • uma decisão de paralisar ou nãoUm árbitro (ou, quando for o ca- o jogo para permitir que um joga-so, um árbitro assistente ou um dor lesionado seja transportado pa-quarto árbitro) não será respon- ra fora do campo de jogo para sersável por: atendido• qualquer tipo de lesão sofrida por • uma decisão de solicitar que um um jogador, funcionário oficial ou jogador lesionado seja retirado do torcedor campo de jogo para ser atendido• qualquer dano a todo o tipo de pro- • uma decisão de permitir ou não priedade que um jogador use certa indumen-• qualquer outra perda sofrida por tária ou equipamento uma pessoa, clube, companhia, as- • uma decisão (na medida em que sociação ou entidade similar, a qual essa possa ser de sua responsabi- se deva ou possa dever-se a algu- lidade) de permitir ou não a qual- ma decisão que o árbitro tiver to- quer pessoa (incluindo os funcio- mado em conformidade com as nários das equipes e do estádio, o Regras do Jogo ou com o procedi- pessoal da segurança, os fotógrafos mento normal requerido para reali- ou outros representantes dos meios zar, jogar e controlar uma partida. de comunicação) estar presente nas proximidades do campo de jogoEntre tais situações, podem figurar: • qualquer outra decisão que pos-• uma decisão de permitir ou não sa tomar em conformidade com as que uma partida seja disputada em Regras do Jogo ou com seus de- razão das condições do campo de veres, de acordo com o estipula- jogo, de suas imediações, ou das do pelas normas ou regulamentos condições meteorológicas da FIFA, confederação, associação• uma decisão de suspender definiti- membro ou liga, sob cuja jurisdição vamente uma partida por qualquer é disputada a partida. razão• uma decisão sobre a condição das Decisão 2 instalações do campo ou das bolas Em torneios ou competições em que utilizadas durante uma partida, in- for escalado um quarto árbitro, su- cluindo os postes de meta, o tra- as tarefas e deveres deverão estar de vessão e as bandeiras de canto. acordo com as diretrizes aprovadas• uma decisão de paralisar ou não pelo International F Board, descri- .A. uma partida devido à interferência tas nesta publicação. de torcedores ou de qualquer pro- blema nesta área 33
  35. 35. 2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 5)REGRA 5 – O ÁRBITRO dor pega a bola com suas mãos, ima- ginando que o jogo foi paralisado),Poderes e deveres o árbitro deverá paralisar a partidaO árbitro está autorizado a paralisar e reiniciar o jogo com bola ao chãoo jogo se, em sua opinião, a ilumina- no local onde a bola se encontravação artificial for inadequada. quando o jogo foi paralisado, a me- nos que o jogo tenha sido paralisa-Se um objeto arremessado por um do com a bola dentro da área de me-torcedor atingir o árbitro ou um de ta; nesse caso, o árbitro deixará cairseus árbitros assistentes, ou um jo- a bola na linha da área de meta para-gador, ou um funcionário oficial de lela a esta linha, no ponto mais próxi-uma equipe, o árbitro poderá permi- mo do local onde a bola se encontra-tir que o jogo continue, suspender va quando o jogo foi paralisado.o jogo ou encerrar a partida, depen-dendo da gravidade do incidente. Em Se uma bola adicional, um objetoqualquer caso, o árbitro deverá rela- ou um animal entrar no campo detar o incidente ou incidentes e enviá- jogo durante a partida, o árbitro so-los às autoridades competentes. mente deverá paralisar o jogo se a bola, o objeto ou o animal interfe-O árbitro tem autoridade para mos- rir no jogo. A partida deverá ser rei-trar cartões amarelos ou vermelhos niciada com bola ao chão no localdurante o intervalo do meio-tempo e onde a bola da partida se encontra-depois que a partida termina, assim va quando o jogo foi paralisado, acomo durante a prorrogação e a exe- menos que o jogo tenha sido para-cução de tiros do ponto penal, uma lisado com a bola dentro da área devez que a partida permanece sob sua meta; nesse caso, o árbitro execu-jurisdição nesses momentos. tará o bola ao chão na linha da área de meta paralela à linha de meta, noSe o árbitro estiver temporariamente ponto mais próximo do local onde aincapacitado por qualquer motivo, o bola se encontrava quando o jogojogo poderá continuar sob a supervi- foi paralisado.são dos árbitros assistentes até a bo-la sair de jogo. Se uma bola adicional, um objeto ou um animal entrar no campo de jogoSe um torcedor assoprar um apito e durante a partida sem interferir no jo-o árbitro considerar que isso interfe- go, o árbitro ordenará que sejam reti-riu no jogo (por exemplo, um joga- rados assim que seja possível. 34
  36. 36. Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 5)Aplicação da vantagem Jogadores lesionadosO árbitro poderá aplicar a vantagem Quando houver jogadores lesiona-sempre que se cometer uma infração. dos, o árbitro deverá atentar para os seguintes procedimentos:Os árbitros deverão considerar as • permitirá que o jogo prossiga atéseguintes circunstâncias na hora de que a bola esteja fora de jogo se,aplicar a vantagem ou paralisar o jogo: em sua opinião, a lesão for leve• a gravidade da infração; se a infra- • paralisará o jogo se, em sua opi- ção merecer uma expulsão, o árbi- nião, a lesão for grave tro deverá paralisar o jogo e expul- • depois de consultar o jogador lesio- sar o jogador, a menos que ha- nado, autorizará a entrada de um ja uma oportunidade imediata de ou, no máximo, dois médicos no marcar um gol. campo de jogo para avaliar a lesão• a posição onde a infração foi come- e providenciar o transporte segu- tida: quanto mais próxima à meta ro e rápido do jogador para fora do adversária, mais efetiva será a van- campo de jogo tagem. • os maqueiros só devem entrar no• a oportunidade de um ataque ime- campo de jogo com a maca após o diato e perigoso contra a meta sinal do árbitro adversária. • o árbitro deverá assegurar o trans-• o ambiente (temperatura) da partida. porte seguro e rápido do jogador lesionado para fora do campo deA decisão de punir a infração original jogodeverá ser tomada segundos depois • não é permitido atender o jogadorda ocorrência de infração. no campo de jogo • todo jogador que sofre uma feri-Se a infração merecer uma advertên- da com sangramento deve sair docia com cartão amarelo, essa deverá campo de jogo; não poderá retor-ser aplicada na primeira paralisação nar até que o árbitro considere quedo jogo. No entanto, a menos que ha- o ferimento deixou de sangrar; nãoja uma situação clara de vantagem, é é permitido que um jogador userecomendado que o árbitro paralise roupa manchada de sangueo jogo e advirta o jogador imediata- • quando o árbitro autorizar a entra-mente. No caso de NÃO ser aplicada da dos médicos no campo de jo-a advertência com cartão amarelo na go, o jogador deverá sair do cam-primeira paralisação do jogo, o cartão po, seja na maca ou a pé; se o joga-não poderá ser aplicado mais tarde. dor não obedecer essa disposição, 35
  37. 37. 2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 5) deverá ser advertido com cartão mais próximo do local onde a bo- amarelo por conduta antidesportiva la se encontrava quando o jogo foi• um jogador lesionado somente paralisado poderá retornar ao campo de jogo • o árbitro deverá acrescer, ao final depois que a partida tiver sido rei- de cada tempo de jogo, todo o tem- niciada po perdido por causa de lesões• quando a bola estiver em jogo, o • uma vez que o árbitro tenha deci- jogador lesionado poderá retornar dido aplicar um cartão a um joga- ao campo de jogo unicamente pe- dor que esteja lesionado e tenha de la linha lateral; quando a bola esti- deixar o campo de jogo para aten- ver fora de jogo, poderá retornar ao dimento, o árbitro deverá mostrar campo por qualquer linha demar- o cartão antes de o jogador sair do catória campo de jogo.• somente o árbitro está autorizado a permitir que um jogador lesiona- As exceções a esse procedimento se- do retorne ao campo de jogo, inde- rão feitas somente quando: pendentemente de a bola estar ou • um goleiro estiver lesionado não em jogo • um goleiro e um jogador de linha• o árbitro autorizará o retorno de se chocarem e necessitarem de um jogador lesionado ao campo de atendimento imediato jogo se um árbitro assistente ou o • jogadores da mesma equipe se quarto árbitro tiver verificado que o chocarem e necessitarem de aten- jogador está pronto para retornar dimento imediato• se o jogo não tiver sido paralisado • ocorrer uma lesão grave, por exem- por outra razão, ou se a lesão sofri- plo, engolir a língua, choque vio- da pelo jogador não for causada lento entre jogadores, que atinja a por uma infração às Regras do Jo- cabeça, fratura de perna etc. go, o árbitro deverá reiniciar o jo- go com bola ao chão no local on- Mais de uma infração ao mesmo de a bola se encontrava quando o tempo jogo foi paralisado, a menos que o jogo tenha sido paralisado com a • Infrações cometidas por dois ou bola dentro da área de meta; nes- mais jogadores de uma mesma se caso, o árbitro deixará cair a bo- equipe: la ao chão na linha da área de me- - o árbiro deverá punir a infração ta paralela à esta linha, no ponto mais grave quando os jogadores 36
  38. 38. Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 5) cometerem mais de uma infração var o jogo, mas não deverá inter- ao mesmo tempo ferir nele.- o jogo deverá ser reiniciado de • “o que precisa ser visto” não está acordo com a infração mais grave. sempre próximo à bola. O árbitro• Infrações cometidas por jogadores deverá estar atento a: de equipes diferentes: - confrontos individuais agressivos- o árbitro deverá paralisar o jogo e de jogadores distantes da bola reiniciá-lo com bola ao chão no local - possíveis infrações na área para onde a bola se encontrava quando onde se dirige a jogada o jogo foi paralisado, a menos que - infrações ocorridas depois de a bo- o jogo tenha sido paralisado com a la ser jogada para longe. bola dentro da área de meta; nesse caso, o árbitro deixará cair a bola na Posicionamento do árbitro com a linha da área de meta paralela à li- bola fora de jogo nha de meta, no ponto mais próxi- O melhor posicionamento é aquele mo do local onde a bola se encon- em que o árbitro pode tomar a deci- trava quando o jogo foi paralisado. são correta.Todas as recomendações sobre posicionamento em uma par-Posicionamento do árbitro com a tida são baseadas em probabilida-bola em jogo des e deverão ser ajustadas por meioRecomendações: de informações específicas sobre as• o jogo deve se desenvolver entre o equipes, os jogadores e as situações árbitro e o árbitro assistente mais de jogo até aquele momento. próximo da jogada.• o árbitro assistente mais próximo As posições sugeridas nos gráficos da jogada deverá estar no campo a seguir são básicas e recomenda- visual do árbitro. O árbitro utiliza- das aos árbitros. A referência a uma rá um sistema de diagonal amplo. “zona” serve para enfatizar que ca-• uma posição lateral ao jogo ajuda- da posição recomendada constitui, rá o árbitro a manter tanto o jogo na verdade, uma área dentro da qual quanto o árbitro assistente em seu o árbitro estará provavelmente oti- campo visual. mizando sua atuação. Tal zona pode-• o árbitro deve estar suficientemen- rá ser maior, menor ou diferente, de te próximo à jogada, para obser- acordo com as circunstâncias. 37
  39. 39. 2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 5)1. Posicionamento do Árbitro - tiro de saída2. Posicionamento do Árbitro - tiro de meta 38
  40. 40. Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 5)3. Posicionamento do Árbitro - tiro de canto (1)4. Posicionamento do Árbitro - tiro de canto (2) 39
  41. 41. 2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 5)5. Posicionamento do Árbitro - tiro livre (1)6. Posicionamento do Árbitro - tiro livre (2) 40
  42. 42. Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 5)7. Posicionamento do Árbitro - tiro livre (3)8. Posicionamento do Árbitro - tiro livre (4) 41
  43. 43. 2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 5)9. Posicionamento do Árbitro - tiro penal 42
  44. 44. Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 5)Sinais do Árbitro Tiro livre direto Vantagem Tiro livre indireto Expulsão Advertência com (cartão vermelho) cartão amarelo 43
  45. 45. 2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 5)Uso do apito • O apito também NÃO é necessárioO apito é necessário para: para reiniciar o jogo mediante:• iniciar o jogo no 1º e no 2º tempo - tiro livre, tiro de meta, tiro de canto, e também para reiniciá-lo após um arremesso lateral. gol• paralisar o jogo para: O apito que é usado desnecessaria-- conceder um tiro livre ou um tiro mente, com muita freqüência terá penal menos impacto quando for neces-- suspender ou encerrar uma partida sário. Quando o apito for necessário- finalizar os períodos do jogo, devi- para reiniciar o jogo, o árbitro infor- do ao término dos tempos mará claramente aos jogadores que• reiniciar o jogo: o jogo não será reiniciado antes de- nos tiros livres, quando se ordena tal sinal (apito). que uma barreira fique na distância apropriada Linguagem corporal- nos tiros penais A linguagem corporal é uma ferra-• reiniciar o jogo após ter sido parali- menta que o árbitro usará para: sado devido à: • ajudá-lo a controlar a partida- aplicação de um cartão amarelo ou • demonstrar sua autoridade e auto- vermelho controle.- lesão- substituição A linguagem corporal não serve para:• O apito NÃO é necessário para mar- • explicar decisões tomadas. car:• tiro de meta, tiro de canto ou arre- messo lateral- gol (claro) 44
  46. 46. Regra 6: Os Árbitros AssistentesDeveres • quando, nos tiros penais, o golei-Poderão ser designados dois árbitros ro se adiantar além da linha de me-assistentes que terão, sempre sub- ta antes de a bola ser chutada e semetidos à decisão do árbitro o dever a bola ultrapassar a linha de meta.de indicar:• quando a bola sair completamente Assistência do campo de jogo Os árbitros assistentes também aju-• a que equipe pertence o arremes- darão o árbitro a dirigir o jogo con- so lateral ou se é tiro de canto ou forme as Regras. de meta Particularmente, poderão entrar no• quando deverá ser punido um joga- campo de jogo para ajudar a contro- dor por estar em posição de impe- lar que se respeite a distância de 9,15 dimento m.• quando for solicitada uma substi- tuição Em caso de intervenção indevida ou• quando ocorrer alguma infração ou conduta inapropriada de um árbitro outro incidente fora do campo visu- assistente, o árbitro prescindirá de al do árbitro seus serviços e elaborará um relató-• quando forem cometidas infrações rio às autoridades competentes. que possam ver melhor do que o árbitro (isso inclui, em certas cir- cunstâncias, infrações cometidas dentro da área penal) 45
  47. 47. 2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 6)REGRA 6 – OS ÁRBITROS • inspecionar o campo, as bolas aASSISTENTES serem usadas e o equipamento dos jogadores • determinar se problemas comDeveres e responsabilidades equipamento ou sangramento fo-Os árbitros assistentes devem ajudar ram resolvidoso árbitro a dirigir a partida confor- • monitorar o procedimento de subs-me as Regras do Jogo. Eles também tituiçãoassistem o árbitro em todas as outras • manter controle do tempo, dos golstarefas envolvendo a direção da par- e das incorreções.tida, a pedido e sob controle do árbi-tro. Isso, normalmente, inclui respon-sabilidades como:Posicionamento do árbitro assistente e trabalho em equipe1. Tiro de saídaOs árbitros assistentes deverão estar na mesma linha do penúltimo defensor 46
  48. 48. Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 6)2. Posicionamento durante a partidaOs árbitros assistentes deverão colocar-se na linha do penúltimo defensor ouda bola quando esta estiver mais próxima da linha de meta do que o penúl-timo defensor. Os árbitros assistentes deverão sempre estar de frente para ocampo de jogo. 47
  49. 49. 2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 6)3. Tiro de meta1. Os árbitros assistentes deverão primeiramente conferir se a bola está den- tro da área de meta:• Se a bola não estiver no lugar correto, o árbitro assistente não deverá mo- ver-se de sua posição, estabelecerá contato visual com o árbitro e levanta- rá sua bandeira.2. Se a bola estiver colocada no lugar correto dentro da área de meta, o árbi- tro assistente deverá mover-se à margem da área penal para controlar se a bola saiu da área penal (bola em jogo) e se os adversários estão fora des- sa área:• Se o penúltimo defensor executa o tiro de meta, o árbitro assistente deverá mover-se diretamente à margem da área penal.3. Finalmente, o árbitro assistente deverá posicionar-se para controlar a linha de impedimento, que é uma prioridade absoluta. 48
  50. 50. Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 6)4. Goleiro solta a bola de suas mãosOs árbitros assistentes deverão posicionar-se à margem da área penal e con-trolar se o goleiro toca na bola com suas mãos fora dessa área.Uma vez que o goleiro tiver soltado a bola, os árbitros assistentes deverão po-sicionar-se para controlar a linha de impedimento, que é uma prioridade ab-soluta. 49
  51. 51. 2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 6)5. Tiro penalO árbitro assistente deverá posicionar-se na interseção da linha de meta coma área penal. Se o goleiro se mover para frente claramente antes de a bola serchutada e um gol não for marcado, o árbitro assistente deverá levantar suabandeira. 50
  52. 52. Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 6)6. Tiros do ponto penalUm dos árbitros assistentes deverá posicionar-se na interseção da linha demeta com a área de meta. Sua principal função será controlar se a bola ultra-passa a linha de meta.• Quando estiver claro que a bola ultrapassou a linha de meta, o árbitro as- sistente deverá estabelecer contato visual com o árbitro sem fazer qualquer sinal adicional.• Quando um gol for marcado, mas não estiver claro se a bola ultrapassou a linha de meta, o árbitro assistente deverá primeiramente levantar sua ban- deira para atrair a atenção do árbitro e, então, confirmar o gol.O outro árbitro assistente deverá posicionar-se no círculo central para contro-lar o restante dos jogadores de ambas as equipes. 51
  53. 53. 2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 6)7. Situações de “Gol – Não gol”Quando um gol for marcado e não houver dúvida quanto à decisão, o árbitroe o árbitro assistente deverão estabelecer contato visual e o árbitro assistentedeverá, então, correr rapidamente 25-30 metros pela linha lateral em direçãoà linha de meio-campo, sem levantar sua bandeira. 52
  54. 54. Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 6)Quando um gol for marcado, mas a bola parecer ainda estar em jogo, o ár-bitro assistente deve primeiramente levantar sua bandeira para atrair a aten-ção do árbitro e, então, continuar com o procedimento normal de correr rapi-damente 25-30 metros pela linha lateral em direção à linha de meio–campo.Em certas ocasiões, quando a bola não ultrapassar totalmente a linha de me-ta e o jogo continuar normalmente, já que um gol não foi marcado, o árbitroestabelecerá contato visual com o árbitro assistente e este, se necessário, fa-rá um sinal discreto com a mão. 53
  55. 55. 2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 6)8. Tiro de cantoEm um tiro de canto, o árbitro assistente se posicionará atrás do poste de ban-deirinha de canto alinhado com a linha de meta. Nessa posição, ele não deve-rá atrapalhar o executor do tiro de canto. Ele deverá controlar a bola para queesteja devidamente colocada dentro do quarto de círculo. 54
  56. 56. Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 6)9. Tiro livreEm um tiro livre, o árbitro assistente deverá posicionar-se na linha do penúlti-mo defensor, a fim de controlar a linha de impedimento, que é uma priorida-de absoluta. Todavia, se houver um chute direto a gol, ele deverá estar prontopara seguir a trajetória da bola e correr pela linha lateral em direção ao postede bandeirinha de canto. 55
  57. 57. 2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 6)Sinais com a mão ou gestos importante no momento de julgar asComo regra geral, os árbitros assis- situações de impedimento, e ofere-tentes não deverão fazer sinais óbvios cem ao árbitro assistente um melhorcom a mão. Todavia, em alguns ca- campo visual.sos, um sinal discreto com a mão li-vre pode significar um valioso apoio Sinal de “bip”ao árbitro. Recorda-se aos árbitros assisten- tes que o equipamento eletrônicoTal sinal deve ter sido discutido e (“bip”) é um sinal complementar aacordado nas conversas prévias (pla- ser usado somente quando necessá-no de trabalho) à partida. rio, para atrair a atenção do árbitro.Técnica de deslocamento Situações quando o sinal de “bip” éComo regra geral, os árbitros assis- útil:tentes estarão de frente para o cam- • impedimentopo de jogo enquanto se movimentam • faltas (fora do campo visual dopela linha lateral. Os movimentos árbitro)laterais deverão ser usados em dis- • arremessos laterais, tiros de cantotâncias curtas; isso é especialmente e de meta (situações difíceis). 56
  58. 58. Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 6)Sinais do Árbitro Assistente Substituição Arremesso lateral Arremesso lateral para o atacante para o defensor Tiro de meta Tiro de canto 57
  59. 59. 2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 6)Sinais do Árbitro Assistente Impedimento Impedimento Impedimento Impedimento parte próxima centro do campo parte mais afastada do campo do campo Falta cometida por um defensor Falta cometida por um atacante 58
  60. 60. Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 6)Técnica da bandeira e trabalho • se o jogo for paralisado para queem equipe uma ação disciplinar seja tomada,A bandeira do árbitro assistente de- deverá reniciar-se conforme as Re-verá estar sempre visível para o árbi- gras do Jogo (tiro livre, tiro penaltro, desenrolada e para baixo, en- etc.)quanto corre. • se o jogo já tiver sido reiniciado, o árbitro ainda poderá adotar medi-Ao fazer um sinal, o árbitro assis- das disciplinares, porém não puni-tente deverá parar de correr, ficar de rá a infração com tiro livre ou tirofrente para o campo de jogo, estabe- penal.lecer contato visual com o árbitro elevantar a bandeira com movimen- Arremesso lateraltos firmes (não apressados ou exa- Quando a bola ultrapassar a linhagerados). A bandeira será como uma lateral próximo ao árbitro assisten-extensão do braço. te, ele deverá assinalar diretamente para indicar a direção do arremessoO árbitro assistente deverá levantar a lateral.bandeira utilizando a mesma mão queusará para fazer o próximo sinal em Quando a bola ultrapassar a linha la-uma sequência. Se as circunstâncias teral distante do árbitro assistente e amudam e a outra mão deve ser usada decisão do arremesso lateral for ób-para o próximo sinal, o árbitro assis- via, o árbitro assistente deverá tam-tente deverá passar sua bandeira pa- bém assinalar diretamente a direçãora a mão oposta por baixo da cintura. do arremesso lateral.Sempre que o árbitro assistente assi- Quando a bola ultrapassar a linhanalar que a bola saiu do campo de jo- lateral distante do árbitro assistente,go, ele deverá manter esse sinal até mas a bola parecer ainda estar em jo-que o árbitro o veja. go ou se o árbitro assistente estiver em dúvida, então, ele deverá levantarSe o árbitro assistente levantar a sua bandeira para informar ao árbitrobandeira para assinalar uma condu- que a bola está fora de jogo, estabe-ta violenta e o árbitro não perceber lecer contato visual com o árbitro eimediatamente esse sinal: seguir o sinal do árbitro. 59
  61. 61. 2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 6)Tiro de canto / Tiro de meta Se o árbitro não vir a bandeira deQuando a bola ultrapassar a linha de imediato, o árbitro assistente deve-meta próximo ao árbitro assisten- rá manter o sinal até que o árbitro ve-te, ele deverá assinalar diretamente ja ou até que a bola esteja claramen-com sua mão direita (melhor campo te no controle da equipe defensora.visual) para indicar se deve ser con-cedido um tiro de meta ou um tiro de O árbitro assistente levantará suacanto. bandeira com a mão direita para dis- por de uma linha de visão melhor.Quando a bola ultrapassar a linha demeta próximo ao árbitro assistente, Substituiçãomas a bola parecer ainda estar em No caso de uma substituição, o quar-jogo, o árbitro assistente deverá pri- to árbitro deverá informar primeira-meiramente levantar sua bandeira mente o árbitro assistente. O árbitropara informar ao árbitro que a bola assistente deverá, então, fazer o sinalsaiu do campo de jogo, e, então, indi- correspondente para o árbitro, na pri-car se deve ser concedido um tiro de meira paralisação do jogo. O árbitrometa ou um tiro de canto. assistente não precisará deslocar-se até a linha de meio-campo, uma vezQuando a bola ultrapassar a linha de que o quarto árbitro se encarregarámeta distante do árbitro assistente, do procedimento de substituição.sem que ele tenha convicção se foi ti-ro de meta ou tiro de canto, o assis- Se não houver quarto árbitro, o árbi-tente deverá apenas levantar a ban- tro assistente deverá encarregar-sedeira, manter contato visual com do procedimento de substituição.árbitro para saber sua decisão e fa- Nesse caso, o árbitro deverá esperarzer o sinal correspondente. O árbitro até que o árbitro assistente retorne aassistente poderá também assinalar sua posição, antes de apitar para rei-diretamente caso a decisão seja ób- niciar o jogo.via. FaltasImpedimento O árbitro assistente deverá levantarA primeira ação de um árbitro sua bandeira quando uma falta ouassistente depois de uma decisão incorreção for cometida próximo a elede impedimento é levantar sua ban- ou fora do campo visual do árbitro. Emdeira. Em seguida, usará sua bandei- todas as demais situações, ele deverára para indicar a área do campo onde esperar e oferecer sua opinião, quan-ocorreu a infração. do requisitada. Se esse for o caso, o 60
  62. 62. Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 6)árbitro assistente deverá informar ao Faltas fora da área penalárbitro o que ele viu e ouviu, e quais Quando uma falta for cometida forajogadores estiveram envolvidos. da área penal (próxima à demarca- ção da área penal), o árbitro assisten-Antes de assinalar uma infração, o te deverá estabelecer contato visualárbitro assistente deverá assegurar- com o árbitro para ver onde ele es-se que: tá posicionado e que ação ele tomou.• a infração ocorreu fora do campo O árbitro assistente deverá permane- visual do árbitro ou se a visão do cer parado em linha com a área pe- árbitro estava obstruída nal e levantar sua bandeira, se neces-• o árbitro não teria aplicado a van- sário. tagem, caso tivesse visto a infração Em situações de contra-ataque, oQuando uma falta ou incorreção for árbitro assistente deverá ser capazcometida, o árbitro assistente deverá: de informar se uma falta foi cometida• levantar a bandeira com a mesma ou não, se foi dentro ou fora da área mão que usará para assinalar a dire- penal, que é uma prioridade absolu- ção, o que dará ao árbitro uma indi- ta, e que medida disciplinar deverá cação clara de quem cometeu a falta ser tomada.• estabelecer contato visual com o árbitro Faltas dentro da área penal• agitar ligeiramente a bandeira para Quando uma falta for cometida den- frente e para trás (evitando qualquer tro da área penal fora do campo movimento excessivo ou brusco) visual do árbitro, especialmente se• usar o sinal eletrônico de “bip” se , for próxima ao árbitro assistente, necessário. ele deverá primeiramente estabele- cer contato visual com o árbitro pa-O árbitro assistente deverá usar a ra ver onde o árbitro está posicio-técnica de “ver e esperar” a fim de , nado e que decisão ele tomou. Se opermitir que a jogada continue e árbitro não tomou nenhuma decisão,não levantará sua bandeira quando o árbitro assistente deverá levantara equipe contra a qual uma falta ti- sua bandeira, usar o sinal eletrônicover sido cometida se beneficiar com de bip, deslocando-se visivelmenteuma vantagem. Neste caso, é impor- depois ao longo da linha lateral emtante que o árbitro assistente estabe- direção ao poste da bandeirinha deleça contato visual com o árbitro. canto. 61
  63. 63. 2012 • 2013Interpretação das Regras do Jogoe Diretrizes para Árbitros (Regra 6)Confronto coletivo 3 metros no campo de jogo. Ao falar,Em situações de confronto coletivo o árbitro e o árbitro assistente deve-entre jogadores, o árbitro assistente rão estar de frente para o campo demais próximo poderá entrar no cam- jogo para evitar que sejam ouvidospo de jogo para ajudar o árbitro. O por terceiros.outro árbitro assistente deverá tam-bém observar a situação e anotar Distância da barreiradetalhes do incidente. Quando for concedido um tiro livre muito próximo à linha lateral e per-Consultas to do árbitro assistente, ele poderáPara consultas sobre decisões dis- entrar no campo de jogo para ajudarciplinares, o contato visual e um si- a assegurar que a barreira se coloquenal discreto com a mão entre o a 9,15 m da bola. Nesse caso, o árbi-árbitro assistente e o árbitro serão tro deverá esperar até que o árbitrosuficientes em alguns casos. Caso se- assistente retorne a sua posição, an-ja necessária uma consulta direta, o tes de apitar para reiniciar o jogo.árbitro assistente poderá entrar 2 ou 62

×