Profissão Violinista

3.804 visualizações

Publicada em

Análise ergonomica sobre a atividade de músico violinista.

1 comentário
2 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.804
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
33
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
65
Comentários
1
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Profissão Violinista

  1. 1. TÓPICOS ESPECIAIS EM HUMANIDADES-ERGONOMIA, PLANEJAMENTO E EXECUÇÃO DE PROJETOS MECÂNICOS INDUSTRIAIS Análise ergonômica sobre a atividade de músico violinista de uma orquestra Adriano Batista Engenharia Mecânica – 1º sem. / 2008 CEFET-MG
  2. 2. Objetivo <ul><li>Conhecer melhor como se dão as condições de trabalho na atividade de músico violinista. </li></ul>
  3. 3. Caracterização do sujeito <ul><li>Fábio Moreira, 21 anos, estuda violino desde os 17 anos. </li></ul><ul><li>Músico convidado na Banda Sinfônica da Escola de Música da UFMG. </li></ul>
  4. 4. Particularidades do violino <ul><li>Execução </li></ul><ul><ul><li>Atrito entre as cordas </li></ul></ul><ul><ul><li>Transmissão do som ao corpo do violino </li></ul></ul><ul><li>Posição correta </li></ul><ul><ul><li>Tronco e pernas </li></ul></ul>
  5. 5. Particularidades do violino <ul><li>Posição do violino no corpo </li></ul><ul><ul><li>Ombro esquerdo </li></ul></ul><ul><ul><li>Braço e pé esquerdo alinhados </li></ul></ul><ul><ul><li>Inclinação horizontal </li></ul></ul>
  6. 6. Particularidades do violino
  7. 7. Particularidades do violino <ul><li>Mão esquerda </li></ul>
  8. 8. Particularidades do violino <ul><li>Mão direita </li></ul>
  9. 9. Caracterização da atividade do trabalhador
  10. 10. Organograma funcional
  11. 11. Descrição das atividades <ul><ul><li>Estudar as partituras fornecidas para os próximos eventos </li></ul></ul><ul><ul><li>Seguir as recomendações passadas para a orquestra (pontualidade no horário e local definido dos ensaios/apresentações, usar roupas adequadas para as apresentações </li></ul></ul>
  12. 12. Descrição das atividades <ul><ul><li>Boa participação nos ensaios (média de 3 horas diárias </li></ul></ul><ul><ul><li>Dividir o posto de trabalho com o colega </li></ul></ul><ul><ul><li>Respeitar a hierarquia do naipe e da orquestra em geral </li></ul></ul><ul><ul><li>Devolver as partituras ao arquivo da orquestra </li></ul></ul>
  13. 13. Algumas falas do entrevistado <ul><li>“ Olha, o violino exige muito esforço postural. Primeiro é o jeito que a gente segura o arco, depois o posicionamento com o pescoço e o braço que sustenta o instrumento, sem falar nas outras exigências para tocar. No começo eu tinha muita dor no pescoço e no braço direito”. </li></ul>
  14. 14. Algumas falas do entrevistado <ul><li>“ A memória musical que a gente acumula ao longo da experiência facilita muito, pois a gente acaba absorvendo à parte, e isso nos deixa mais livres na hora de tocar. Sabe, é aquela coisa assim de automatizar os movimentos, e isso requer menor esforço físico e mental”. </li></ul>
  15. 15. Algumas falas do entrevistado <ul><li>“ O fato da gente não ter dedicação exclusiva para a orquestra é difícil, pois a gente precisa se equilibrar entre essa falta de planejamento aqui e os outros compromissos profissionais que temos para complementar a renda. Assim, nem sempre os prazos permitem a elaboração necessária para a gente se preparar para tocar” </li></ul>
  16. 16. Análise da atividade de acordo com cada tema estudado <ul><li>Fundamentos da Biomecânica </li></ul><ul><ul><li>Trabalha a maior parte do tempo na posição sentada com a coluna ereta. </li></ul></ul><ul><ul><li>Pouco esforço físico para a realização do trabalho. </li></ul></ul><ul><ul><li>Objetos de trabalho próximos ao tronco. </li></ul></ul><ul><ul><li>Mãos em formato “circulares”, diminuindo os pontos de tensão. </li></ul></ul>
  17. 17. Análise da atividade de acordo com cada tema estudado <ul><li>Biomecânica da coluna vertebral </li></ul><ul><li>Os esforços sobre a coluna do violinista são muito pequenos durante a sua atividade, uma vez em que não há significante torção ou flexão e nem o levantamento de objetos pesados. </li></ul>
  18. 18. Análise da atividade de acordo com cada tema estudado <ul><li>Ergonomia do trabalho na posição sentada </li></ul><ul><ul><li>posição da estante da partitura é variável, podendo assim ser ajustada para a melhor visualização. </li></ul></ul><ul><ul><li>Foi relatado que geralmente as cadeiras utilizadas não causavam desconforto durante a apresentação. Cadeira de plástico, sem estofado, sem altura regulável e com bordas arredondadas. </li></ul></ul><ul><ul><li>Não há apoio para os pés. </li></ul></ul>
  19. 19. Análise da atividade de acordo com cada tema estudado <ul><li>Conforto térmico, conforto acústico e iluminação </li></ul><ul><ul><li>Ar condicionado gera desconforto durante época do frio </li></ul></ul><ul><ul><li>Luzes intensas durante as apresentações </li></ul></ul><ul><ul><li>Local de ensaio bem isolado </li></ul></ul>
  20. 20. Análise da atividade de acordo com cada tema estudado <ul><li>Organização ergonômica do Layout </li></ul>
  21. 21. Análise da atividade de acordo com cada tema estudado <ul><li>Antropometria </li></ul><ul><li>O maior problema de ordem antropométrica percebido foi o fato de que as cadeiras não possuem mecanismos de ajustes que se adéqüem aos violinistas, o que aumenta as exigências posturais, gerando maior desconforto durante o trabalho. </li></ul>
  22. 22. Análise da atividade de acordo com cada tema estudado <ul><li>Prevenção da falha humana </li></ul><ul><li>O sistema utilizado para prevenir as falhas humanas é o próprio estudo individual e os ensaios realizados em conjunto. </li></ul>
  23. 23. Análise da atividade de acordo com cada tema estudado <ul><li>Fadiga no trabalho </li></ul><ul><li>O estudo e execução do instrumento por um período muito longo e sem pausas pode gerar fadiga física e mental. </li></ul>
  24. 24. Conclusão <ul><li>Verificou-se que a atividade de trabalho dos violinistas na orquestra, além de solicitar exigências físicas, apresenta um forte componente cognitivo e psíquico que, sem dúvida nenhuma, interfere na saúde dos músicos. </li></ul>
  25. 25. Conclusão <ul><li>A “corrida contra o tempo” que se estabelece nessa atividade, muitas vezes, leva o violinista a ultrapassar seus limites físicos na tentativa de atingir a perfeição exigida. </li></ul>
  26. 26. Recomendações <ul><li>Cadeiras que se adaptem as posturas de cada um e com apoio para os pés, visto que a maior parte do tempo o violinista passa na posição sentada. </li></ul><ul><li>Ajuste ideal da iluminação durante a apresentação de maneira que não incomode tanto os músicos. </li></ul><ul><li>Disponibilizar as partituras a serem ensaiadas com maior antecedência. </li></ul>
  27. 27. <ul><li>Obrigado ... </li></ul>...à professora Beatriz ...ao Fábio.

×