Principais duvidas sobre memória de aprendizado.

1.302 visualizações

Publicada em

O que significa auto aprendizado para o sistema de injeção eletrônica?
Como o sistema de injeção e ignição identifica problemas de funcionamento de sensores e atuadores?

Como é compensado um problema que não tem sensor para indicar, por exemplo pressão da bomba de combustível alterada ou combustível aduterado?
Se o sistema corrige o problema por que o motor apresenta falha?

Como é possível saber se o sistema sofreu correção?
Qual o significado do fator de correção BLM de curto prazo e de logo prazo?

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.302
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Principais duvidas sobre memória de aprendizado.

  1. 1. http://tudosobreautomobilistica.blogspot.com.br/O que significa autoaprendizado para o sistema de injeçãoeletrônica?Sabe-se que para que o motor tenha um bom rendimento énecessário um conjunto de fatores, tais como: correta pressão decompressão do motor, pressão de alimentação da bomba decombustível, tensão de alimentação da UCE, sensores e atuadores,chicote elétrico, qualidade do combustível entre outros. Um veículonovo pode até ser que todos esses fatores estejam em ordem,porem no decorrer do funcionamento ocorre alterações, que devemser corrigidas, pra que não comprometa o bom funcionamento domotor.Dessa forma o sistema de injeção e ignição eletrônica possuemuma faixa de ajuste que compensa distorções de funcionamento,conhecido como auto aprendizado.Como o sistema de injeção e ignição identifica problemas defuncionamento de sensores e atuadores?Os sensores e atuadores operam dentro de uma faixa de tensão,corrente ou frequência, etc, considerados plausíveis, quando essafaixa normal de operação é ultrapassada, o componente éconsiderado como defeituoso, deixando de ser utilizado pelosistema, na maioria dos sistemasé acendida uma lâmpadaindicando que há defeito, sendo armazenado um código de defeitocorrespondente; para que o veiculo possa ser conduzido á umaoficina é adotado uma estratégia (recovery) para manter o motorem funcionamento.Se o componente está defeituoso porem operadodentro dafaixa considerado normal, como esse problema é identificado?Nesse caso o resultado será uma combustão inadequada pois ou osensor ou o atuador não operou como deveria. Acombustão nãoserá perfeita, podendo ser rica ou pobre, que é identificado pelosensor de oxigênio e tomado as providencias necessárias para acorreção, porem uma mudança brusca e repentina não é ajustadode imediato, o ajuste ocorrerá dentro de um limite.Em que atende a norma OBD II o ajuste é indicado pelo sistemasindicando o quanto o sistema sofreu ajuste, podendo servisualizado através do scanner ; integrador BLM(BlockLearnMemory) em alguns caso atuador de marcha lenta eprincipalmente o sensor oxigênio (O2).tudosobreautomobilistica@hotmal.com
  2. 2. http://tudosobreautomobilistica.blogspot.com.br/Como é compensado um problema que não tem sensor paraindicar, por exemplo pressão da bomba de combustívelalterada ou combustível aduterado?Da mesma forma que em defeitos em sensores, atuadores ouchicote elétrico, onde o defeito provoca mistura rica ou pobre, ouseja é conferido o resultado da combustão, e corrigido o tempo deinjeção (TI) para compensar.Se o sistema corrige o problema por que o motorapresenta falha?Por dois motivos ou o problema é muito significativo ou ainda oproblema não se repetiu em uma frequência num prazo necessáriapara que houvesse a correção, tudo tem um limite ou umprocedimento predeterminado pelo fabricante.Como épossível saber se o sistema sofreu correção?Como dito anteriormente, através da observação do integrador BLM(BlockLearnMemory) em alguns caso atuador de marcha lenta eprincipalmente o sensoroxigênio (O2) ambos tem 256 posições deadaptação um motor e sistema 100% o valor fica nas posiçãocentral, ou seja, 128, valores 10% acima ou 10% abaixo da casacentral (128) indicar algum componente com problema, identificadopelo sensor de oxigênio; e corrigido pelo tempo de injeção, avançode ignição, e maior ou menor fluxo de ar para manter a marchalenta ( BLM motor de passo) se houver.tudosobreautomobilistica@hotmal.com
  3. 3. http://tudosobreautomobilistica.blogspot.com.br/Qual o significado do fator de correção BLM de curto prazo ede logo prazo?Também conhecida como leitura de diagnóstico, o integrador acurto prazo - Indica o quanto o o eixo integrador de O2 ou oIntegrador do motor de passo (correção da marcha lenta) se alterouem relação ao padrão central de memória (128), para problemasrecentes e presentes. O valor é expressona maioria da vezes, emporcentagem, indicando o quanto o sistema foi alterado em relaçãoà posição central dos 128Correção do integrador a longo prazo–indica que houve umaalteração em relação ao padrão central de memória (128) indicaque o problema é contínuo e está presente por maior tempo, Da mesma forma na maioria da vezes, em porcentagem, onde ovalor indica a gravidade do problema e o temo que o problemaexiste, e indica o quanto o sistema foi alterado em relação à casacentral 128; essa alteração é mais significativa para o sistema, ouseja, deve sem levado mais em consideração.COCLUSÃO:Se a combustão não for à esperada pelosistema, se possível é ajustado paramelhorar as condições de funcionamento(aprendizado), para facilitar o diagnosticomuitos sistema disponibilizam a informaçãointegrador BLM, dessa formaé identificadoque há problema e deve ser corrigido,lembrando que após a correção, para que osistema volte a operar como próximo dacasa 128, deve-se zerar os parâmetros autoadaptativos através do scanner.tudosobreautomobilistica@hotmal.com

×