Kuttner

985 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
985
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
30
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Kuttner

  1. 1. Reciclar, Reciclar, Transformar, Transformar, Valorizar Valorizar Lixo Lixo Urbano Urbano Kuttner do Brasil Patrick Pottie 10-08-2009Gerar biogás a partir do lixo orgânico e poda verde
  2. 2. Apresentação da Empresa O Grupo KÜTTNER se desenvolveu a partir de uma empresa de engenharia,fundada em Essen/Alemanha no ano de 1949 pelo Engenheiro Dr. Carl Kuttner,sendo hoje em dia um grupo empresarial internacional com mais de 500funcionários, dedicado à engenharia e construção de instalações industriais. A Kuttner do Brasil foi fundada como empresa afiliada do grupo no ano 1974,sendo estabelecida na atual sede própria em Contagem/MG, onde dispõem detodas facilidades de Projeto, Engenharia e Fabricação.Gerar biogás a partir do lixo orgânico e poda verde
  3. 3. A tecnologia KUTTNER no Brasil e no Mundo Reino Unido (2008) Alemanha (1949) Bélgica (1971) Ucrânia (2005) USA (1997) França (1975) Japão (2004) Espanha (1985) Índia (1997) Taiwan (2004) Brasil (1974) África do Sul Contagem / MG (1974)Gerar biogás a partir do lixo orgânico e poda verde
  4. 4. Serviços e Tecnologia Indústria Tecnologia > Ferro & Aço > Manuseio de Material > Fundição > Tecnologia de Processo > Não-Ferroso > Energia > Mineração > Despoeiramento > Meio Ambiente > Tratamento de Resíduos > Outros > Elétrica e Automação Mercado Serviços > Brasil > Planejamento > Argentina > Projeto > Chile > Transporte > Colômbia > Montagem > Peru > Comissionamento > Instalação “Turnkey”Gerar biogás a partir do lixo orgânico e poda verde
  5. 5. Tecnologia em meio ambiente Despoeiramento e limpeza de gases. Reciclagem de resíduos da indústria siderúrgica. Recuperação de calor. Incineração de lodo de ETE. Tratamento mecânico de lixo urbano. Tratamento biológico do lixo urbano orgânico.Gerar biogás a partir do lixo orgânico e poda verde
  6. 6. Composição tipica de residuossolidos urbanos
  7. 7. Produção de Energia Ecologicamente Limpa em Biometanização Anaeróbica do Lixo Orgânico e Poda Verde pela em associação com aGerar biogás a partir do lixo orgânico e poda verde
  8. 8. Gerar biogás a partir do lixo orgânico e poda verde
  9. 9. Qual tipo de lixo pode ser processado? Fração orgânica do lixo Sobras de sólido urbano restaurantes e indústria alimentíciaÓleo de fritura Ponto Descartes dePoda verde de supermercado RecebimentoGerar biogás a partir do lixo orgânico e poda verde
  10. 10. I Recebimento II Triagem manual de recicláveis III TrituraçãoGerar biogás a partir do lixo orgânico e poda verde
  11. 11. Sistema de separação automatizado IV Pré-tratamento V TransporteGerar biogás a partir do lixo orgânico e poda verde
  12. 12. Estoque intermediário Carregamento BiodigestãoGerar biogás a partir do lixo orgânico e poda verde
  13. 13. Bactérias Geradoras de Gás MetanoGerar biogás a partir do lixo orgânico e poda verde
  14. 14. Gerar biogás a partir do lixo orgânico e poda verde
  15. 15. Controle total de efluentes e emissões em prédio hermeticamente fechadoGerar biogás a partir do lixo orgânico e poda verde
  16. 16. Construção do fermentador (2) (1) (5) (4) (3) (1) Construção do fermentador em concreto estanque (2) Cobertura em aço hermeticamente selada (3) Eixo agitador na parte interna do fermentador (4) Tubos verticais para aquecimento interno do fermentador (5) Tubo de retorno para recirculação do substrato (inoculação)Gerar biogás a partir do lixo orgânico e poda verde
  17. 17. Controle de odores por sistema de exaustão e biofiltroGerar biogás a partir do lixo orgânico e poda verde
  18. 18. Descarga Prensagem CompostoGerar biogás a partir do lixo orgânico e poda verde
  19. 19. Geração de energiaelétrica e térmica Fertilizante liquido Composto Gás veícular GNV Gás natural GNGerar biogás a partir do lixo orgânico e poda verde
  20. 20. Rendimento específico do biogás 800 Rend.Espec.Biogás [Nm³/t de resíduos] 400 350 300 250 200 150 100 50 0Gerar biogás a partir do lixo orgânico e poda verde
  21. 21. Potencial energético Um município com 250.000 habitantes, gerando 180 kg/a de resíduos orgânicos per capita, produz um total de 45.000 t/a de resíduos, permitindo a geração de 6.500.000 Nm3/a de biogás.A energia total contida no biogás corresponde a 35.750 MWh/a, podendo ser convertida em 14.300 MWh/a de energia elétrica e possibilitando o abastecimento de 8.000 domicílios (150 kWh/mês/domicílio).Gerar biogás a partir do lixo orgânico e poda verde
  22. 22. Produtos gerados1 t. Resíduos 100 – 150 Nm3 Biogás (equivalente a 60-100 l. Gasolina)Orgânicos 0,5 t. Composto 300 l. Fertilizante líquidoGerar biogás a partir do lixo orgânico e poda verde
  23. 23. Qual é a autonomia de um veículo movido a combustível produzido em 1 ha?Biogás- KOMPOGAS / KUTTNER 72.000 kmBioetanol 43.000 km(Brasil: cana de açucar)Bioetanol 26.000 km(Europa: trigo, beterraba, milho) Biodiesel 23.000 km (Europa: canola, girassol) Biodiesel 11.500 km (Brasil: soja, mamona, dendê)Gerar biogás a partir do lixo orgânico e poda verde
  24. 24. Geração de Energia através de 1t. de Resíduos Orgânicos » 715 kWh de energia total » 285 kWh de energia elétrica 130 Nm3  4.750 h (200 d) luz lâmpada de 60 W Biogás » 65 m3 de GNV  975 km autonomia para automóvel com consumo de 15 km/m3Gerar biogás a partir do lixo orgânico e poda verde
  25. 25. Município de 250.000 habitantes Módulo triplo: 45.000 t/a de resíduos orgânicos Potência elétrica 1.875 kWel Comprimento 32 m Largura 21,0 m Volume 3.900 m3 Área requerida 5.000 m 2 Balanço energético de cogeração (aprox.) Geração de biogás 6.500.000 Nm 3/aEnergia elétrica 14.300 MWh/a Energia térmica 17.000 MWh/aConsumo próprio 1.300 MWh/a Consumo próprio 2.500 MWh/aExcedente energia Excedente calor 14.500 MWh/aelétrica 13.000 MWh/a ou frio 9.500 MWh/aGerar biogás a partir do lixo orgânico e poda verde
  26. 26. Vantagens proporcionadas pela biometanização• Vantagens do processo: -Redução máxima de peso e do volume dos resíduos a serem destinado ao aterro. - Emissão zero de gás metano e neutro de CO2 ,permitindo a obtenção de Créditosde Carbono. - Obtenção de subprodutos ecologicamente limpos e de fácil comercialização como;composto orgânico e fertilizante líquido. - Processo com alta produção contínua de biogás com base na fermentaçãobiológica da fração do lixo orgânico.Gerar biogás a partir do lixo orgânico e poda verde
  27. 27. - Baixo consumo de água industrial devido à água em circulação gerada noprocesso. - Processo contínuo com baixo custo operacional e de manutenção. -Substituição de combustíveis fósseis. - Dispensa exigências especiais para o subsolo (possibilidade de se construirsobre aterros existentes). - Área reduzida da instalação e facilidade de futuras ampliações devido aoprojeto modular. - Inexistência de emissões de dioxinas, furanos e odores.
  28. 28. - Uso sustentável do lixo doméstico e poda verde pela recuperação do nitrogênio,fósforo e potássio contidos no lixo orgânico. - Redução da poluição ambiental / Eliminação do chorume e sua influência nocivasobre água e solo. - Melhoramento da qualidade do ar pela eliminação da emissão de gases poluentes eodores. - Melhoria das condições de trabalho e da vida dos catadores. - Substituição de combustíveis fósseis / Uso e Comercialização do resultado biogás,energia e GNV.
  29. 29. Gerar biogás a partir do lixo orgânico e poda verde
  30. 30. Reaproveitamento dos Materiais Recicláveis e dos Resíduos com Valor Energético (CDR) Como resultado da separação manual e mecânica dos resíduos sólidos urbanos na etapa inicial do processo de triagem, obtém-se materiais recicláveis (10%), materiais inorgânicos com alto poder calorífico (CDR), que não puderam ser reaproveitados como recicláveis (25%), e outros resíduos inertes que não possuem aplicação definida (5%), completando os resíduos inorgânicos no montante de 40% contido nos resíduos sólidos urbanos.
  31. 31. Triagem manual de recicláveis Valorização dos catadores sob forma de cadastro, treinamento e integração à sociedade por ocasião do importante trabalho desenvolvido na triagem seletiva e comercialização dos resíduos recicláveis, necessário para o êxito do processo biológico de biometanização.Gerar biogás a partir do lixo orgânico e poda verde
  32. 32. Materiais Recicláveis Os materiais recicláveis possuem um grande valor intrínseco e não devem ser descartados em aterros sanitários.Os recicláveis obtidos no processo deseparação e triagem devem serreaproveitados por associações locais decatadores ou usinas de reciclagem,reincorporando-os ao seu ciclo de vidae agregando valor ao material. Além disso,contribui-se para a geração de emprego erenda aos catadores. Associação de catadores de recicláveis
  33. 33. Combustível Derivado do Resíduo (CDR) O CDR possui poder calorífico muito acima da média apresentada pelo resíduo urbano bruto. Na sua composição observa-se baixo teor de umidade, uma vez que não se encontram misturados resíduos orgânicos.Usina térmica para combustão de CDR As aplicações mais frequentes são a combustão emfornos de cimento ou em usinas térmicas de biomassa. Sugere-se,também, a instalação de uma planta de incineração de CDR anexa àplanta Kompogas, otimizando a geração de energia elétrica. Tecnologiaoferecida pela KUTTNER para o tratamento dos gases de incineração.
  34. 34. Resíduos Inertes/ Rejeitos De forma geral, resíduos inertes (rejeitos) não possuem uma aplicação definida, dependendo da sua composição.Destinação de materiais inertes em A.S. Para resíduos de construção civil sugere-se a reciclagem e aplicação em sub-base de pavimentação. Em último caso, os rejeitos são depositados de formaambientalmente correta em aterros sanitários.
  35. 35. VídeoBeneficiamento Pelo Lixo Orgânico
  36. 36. OBRIGADO PELA ATENÇÃO ! Corpo Técnico Giancarlo Trivellato Senac Jabaquara – Av. Do Café, 298 – 04311-000 – São Paulo / SP – Brasil SenacTema10@gmail.com • www.sp.senac.br Patrick Pottie Kuttner do Brasil - Rua Santiago Ballesteros, 610 - 32010-050 - Contagem / MG - Brasil www.kuttner.com.brGerar biogás a partir do lixo orgânico e poda verde

×