Energia Nuclear Sim ou Não? Cooltiva-te  Fevereiro 2010
O que é preciso saber antes? Cooltiva-te, Fevereiro 2010 ÁTOMO:  Partícula minúscula constituinte de toda a matéria.
O que é? Cooltiva-te, Fevereiro 2010 Radioactividade
Como acontece? Cooltiva-te, Fevereiro 2010 Urânio
Para que serve? Cooltiva-te, Fevereiro 2010
Mas é seguro? Cooltiva-te, Fevereiro 2010
Sim  ou  Não? <ul><li>Baixa eficiência (só se aproveita 1% da energia libertada da fissão); </li></ul><ul><li>Perigoso a v...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Cooltiva-te :: "Energia Nuclear" por Leonor Martins

1.397 visualizações

Publicada em

Apresentação "Energia Nuclear" realizada por Leonor Martins na Sessão V do projecto Cooltiva-te.

Para mais informações visite:
http://cooltivate.wordpress.com/

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.397
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
588
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cooltiva-te :: "Energia Nuclear" por Leonor Martins

  1. 1. Energia Nuclear Sim ou Não? Cooltiva-te Fevereiro 2010
  2. 2. O que é preciso saber antes? Cooltiva-te, Fevereiro 2010 ÁTOMO: Partícula minúscula constituinte de toda a matéria.
  3. 3. O que é? Cooltiva-te, Fevereiro 2010 Radioactividade
  4. 4. Como acontece? Cooltiva-te, Fevereiro 2010 Urânio
  5. 5. Para que serve? Cooltiva-te, Fevereiro 2010
  6. 6. Mas é seguro? Cooltiva-te, Fevereiro 2010
  7. 7. Sim ou Não? <ul><li>Baixa eficiência (só se aproveita 1% da energia libertada da fissão); </li></ul><ul><li>Perigoso a vários níveis, desde o transporte aos acidentes; </li></ul><ul><li>Em média, uma central nuclear produz 20 m 3 de resíduos perigosos anualmente, quer provenientes da reacção, quer de equipamentos contaminados; </li></ul><ul><li>Sem solução eficaz para a deposição e gestão dos resíduos produzidos; </li></ul><ul><li>Custos de Investimento e Manutenção elevados; </li></ul><ul><li>Necessidade de mão-de-obra especializada; </li></ul><ul><li>Incertezas relativamente à segurança dos trabalhadores das centrais devido à exposição prolongada à radiação. </li></ul><ul><li>Fonte de energia independente das flutuações do mercado do petróleo; </li></ul><ul><li>Das Energias Alternativas, é a mais viável actualmente a nível economico para produção em massa; </li></ul><ul><li>Sem emissões de gases com efeito de estufa; </li></ul><ul><li>Em 2008, havia 430 centrais em todo o mundo a produzir 15% da electricidade consumida mundialmente; </li></ul><ul><li>0,5 Kg de Urânio enriquecido equivalem a 4 milhões de litros de gasolina em termos energéticos; </li></ul><ul><li>Existem minas de Urânio em Portugal, bem como um reactor de investigação; </li></ul><ul><li>Espanha possui centrais nucleares perto da nossa fronteira, colocando-nos em posição de perigo em caso de acidente. </li></ul>Cooltiva-te, Fevereiro 2010

×