Minhas Lembranças

431 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Turismo, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
431
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Minhas Lembranças

  1. 1. Professora Jacqueline Português Inglês Emef Padre Aldo da Tofori
  2. 2. Estudei em escola pública sem jamais deixar de idealizar para mim  um futuro mais promissor do que a realidade que me cercava ... A época era outra, a escola era outra e também nós, estudantes, de certa forma éramos outros...
  3. 3. Através de um professor muito amigo,daqueles,que além de ensinar a matéria, contava seus “causos”, falava de seus avanços, problemas, família, história de vida, nos apoiava, aconselhava, cuidava da formatura... tomei conhecimento das faculdades ace$$íveis e principalmente dos cursos com reconhecimento no mercado.
  4. 4. Ao encerrar o Colegial (atual Ensino Médio), ingressei no curso de Letras, aos dezessete anos, numa faculdade particular administrada por padres Salesianos.  
  5. 5.   Já cursava Inglês desde a 5ª. série e sabia que trabalharia com algo relacionado ao idioma, sem pensar muito no Magistério.
  6. 6. Nos anos 80, as moças costumavam namorar, noivar e casar, e assim aconteceu comigo. Então vivíamos numa inflação galopante (acho que vocês nem têm noção do que é isto; era mais ou menos assim –
  7. 7. O dinheiro que você tem hoje para comprar um bem, não é o suficiente para comprá-lo  amanhã, pois certamente este já terá aumentado alguns trocados, então precisávamos estar atentos às aplicações financeiras (“over night”), poupanças, e promoções – pois só assim era possível não ficar tão no prejuízo e conseguir adquirir algo que era importante naquele momento.
  8. 8. De certa forma todo brasileiro era um pouco economista e para me casar eu também banquei a  especialista em finanças... Todo dia de pagamento era aquela fila enorme na frente da tesouraria da faculdade.
  9. 9. Todos queriam falar com o Padre responsável e “chorar as pitangas” a fim de conseguir o perdão da  multa e dos juros por atraso no pagamento da mensalidade e comigo não era diferente... A tática deu certo, todo mês, lá estava eu a confessar ao padre o meu pecado maior
  10. 10. Colocava todo o dinheiro da mensalidade do mês em alguma aplicação financeira, com o lucro, ajuntava para comprar um item que faltava (me lembro perfeitamente de ter adquirido a sandália do casamento!!! Pago algumas parcelas do vestido além de coisinhas a mais...).
  11. 11. Quando o Padre chamava:  “ Próximo”- me enchia de coragem e lembrava do programa do Silvio Santos “ Abram-se As portas da Esperança” e lá ia eu, sem jamais perder a esperança num futuro melhor,
  12. 12. num país melhor, numa sociedade melhor com  educação de qualidade  e acessível a todos...
  13. 13. Editado por Daniele e Géssica 7.ªA e 7.ªE Aluno Monitoras Nossa Escola tem História

×