PLANEJAMENTO 
GRÁFICO 
Iuri Lammel 
iuri.lammel@gmail.com
SOBRE A DISCIPLINA
SOBRE A DISCIPLINA 
• Basicamente: diagramação 
Titulo duas linhas xxx xxxx xxx 
x xxxxxxxxx xxxx xxxx xxx xxx 
Congresso ...
SOBRE A DISCIPLINA 
• Basicamente: diagramação 
• Outra palavra: design editorial
SOBRE A DISCIPLINA 
• Basicamente: diagramação 
• Outra palavra: design editorial 
• Vamos ver os produtos 
impressos de 2...
SOBRE A DISCIPLINA 
• Basicamente: diagramação 
• Outra palavra: design editorial 
• Vamos ver os produtos 
impressos de 2...
DINÂMICA DA AULA
DINÂMICA DA AULA 
• 1º e 2º períodos: teoria 
• 3º e 4º períodos: prática
DINÂMICA DA AULA 
• 1º e 2º períodos: teoria 
• 3º e 4º períodos: prática 
• Material de aula e comunicados: 
página da di...
SISTEMA DE NOTAS 
• 1° bimestre: 
• 2° bimestre:
SISTEMA DE NOTAS 
• 1° bimestre: 
• Trabalho 1: 1,0 
• Trabalho 2: 1,0 
• Trabalho 3: 1,0 
• Prova prática: 2,0 
• Prova t...
SISTEMA DE NOTAS 
• 1° bimestre: 
• Trabalho 1: 1,0 
• Trabalho 2: 1,0 
• Trabalho 3: 1,0 
• Prova prática: 2,0 
• Prova t...
PLANO DE ENSINO
PLANO DE ENSINO 
• Aulas 1 a 7: diagramação
PLANO DE ENSINO 
• Aulas 1 a 7: diagramação 
• Aula 3: trabalho 
• Aula 5: trabalho 
• Aula 7: trabalho
PLANO DE ENSINO 
• Aulas 1 a 7: diagramação 
• Aula 3: trabalho 
• Aula 5: trabalho 
• Aula 7: trabalho 
• Aula 8: provas ...
PLANO DE ENSINO 
• Aulas 1 a 7: diagramação 
• Aula 3: trabalho 1 
• Aula 5: trabalho 2 
• Aula 7: trabalho 3 
• Aula 8: p...
VAMOS PARA 
A AULA
VOCÊ DEVERÁ APRENDER NESTA AULA: 
• O QUE É DIAGRAMAÇÃO 
• AS FUNÇÕES DO DIAGRAMADOR 
• O QUE É PROJETO GRÁFICO 
• O QUE É...
DIAGRAMAÇÃO
DIAGRAMAÇÃO 
• O QUE É? 
É o planejamento e a montagem 
de um layout a ser impresso
DIAGRAMAÇÃO 
• O QUE É? 
Juarez Bahia (livro “Jornal, 
história e técnica”) diz que a 
diagramação é o planejamento, 
enqu...
DIAGRAMAÇÃO 
• O QUE É? 
Hoje, com os computadores, 
o diagramador faz ambos
DIAGRAMAÇÃO 
• O QUE É? 
Para Carlos Alberto Rabaça e 
Gustavo Barbosa (Dicionário da 
comunicação), diagramar é 
“fazer u...
Esta página de 
jornal está bem 
diagramada?
Esta página de 
jornal está bem 
diagramada?
Esta página de 
jornal está bem 
diagramada? 
França localiza os 
destroços do voo 447 
ONU pede investigação de mas-sacre...
Esta página de 
jornal está bem 
diagramada? 
Às vezes, 
não sabemos 
identificar 
quais erros 
estamos 
cometendo na 
dia...
ATIVIDADE! 
Vamos observar a sua atual noção sobre diagramação de jornais
INTERVALO!
VOCÊ DEVERÁ APRENDER NESTA AULA: 
• O QUE É DIAGRAMAÇÃO 
• AS FUNÇÕES DO DIAGRAMADOR 
• O QUE É PROJETO GRÁFICO 
• O QUE É...
O DIAGRAMADOR
O DIAGRAMADOR 
• QUAIS SUAS FUNÇÕES?
O DIAGRAMADOR 
• QUAIS SUAS FUNÇÕES? 
• Planejar rapidamente o layout
O DIAGRAMADOR 
• QUAIS SUAS FUNÇÕES? 
• Planejar rapidamente o layout 
• Montar o layout da página
O DIAGRAMADOR 
• QUAIS SUAS FUNÇÕES? 
• Planejar rapidamente o layout 
• Montar o layout da página 
• Zelar pela clareza d...
O DIAGRAMADOR 
• QUAIS SUAS FUNÇÕES? 
• Planejar rapidamente o layout 
• Montar o layout da página 
• Zelar pela clareza d...
O DIAGRAMADOR 
• QUAIS SUAS FUNÇÕES? 
• Planejar rapidamente o layout 
• Montar o layout da página 
• Zelar pela clareza d...
O DIAGRAMADOR 
• UMA GRANDE 
RESPONSABILIDADE:
O DIAGRAMADOR 
• UMA GRANDE 
RESPONSABILIDADE: 
• Não distorcer a informação 
através de um layout mal 
planejado/executado
O DIAGRAMADOR
O DIAGRAMADOR
O DIAGRAMADOR 
• UMA DÚVIDA: 
• Não pretendo ser diagramador. 
Pr 
eciso aprender diagramação?
O DIAGRAMADOR 
• UMA DÚVIDA: 
• Não pretendo ser diagramador. 
Pr 
eciso aprender diagramação? 
• RESPOSTA: 
• Sim.
O DIAGRAMADOR 
• POR QUÊ? 
• Ao saber de diagramação, o 
r 
epórter/editor enriquece seu 
r 
epertório de elementos que 
f...
O DIAGRAMADOR 
• POR QUÊ? 
• Ao saber de diagramação, o 
r 
epórter/editor enriquece seu 
r 
epertório de elementos que 
f...
O PROJETO GRÁFICO
O PROJETO GRÁFICO 
• É O QUE DETERMINA AS 
CARACTERÍSTICAS VISUAIS DA 
PUBLICAÇÃO IMPRESSA
O PROJETO GRÁFICO 
• É O QUE DETERMINA AS 
CARACTERÍSTICAS VISUAIS DA 
PUBLICAÇÃO IMPRESSA 
• LOGO, A DIAGRAMAÇÃO 
DEPENDE...
O PROJETO GRÁFICO 
• É O QUE DETERMINA AS 
CARACTERÍSTICAS VISUAIS DA 
PUBLICAÇÃO IMPRESSA 
• LOGO, A DIAGRAMAÇÃO 
DEPENDE...
O PROJETO GRÁFICO 
• O RESPEITO AO PROJETO 
GRÁFICO É O QUE MANTÉM 
A PADRONIZAÇÃO GRÁFICA 
DA PUBLICAÇÃO
O PROJETO GRÁFICO 
• O RESPEITO AO PROJETO 
GRÁFICO É O QUE MANTÉM 
A PADRONIZAÇÃO GRÁFICA 
DA PUBLICAÇÃO 
• AO MANTER A P...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Slides aula 1

284 visualizações

Publicada em

Slides aula 1

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
284
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
23
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Slides aula 1

  1. 1. PLANEJAMENTO GRÁFICO Iuri Lammel iuri.lammel@gmail.com
  2. 2. SOBRE A DISCIPLINA
  3. 3. SOBRE A DISCIPLINA • Basicamente: diagramação Titulo duas linhas xxx xxxx xxx x xxxxxxxxx xxxx xxxx xxx xxx Congresso deve aprovar novo pacote em votação nesta quinta Titulo duas linhas xxx xxxx xxx x Congresso deve aprovar novo pacote Titulo duas linhas xxx xxxx xxx x Congresso deve aprovar novo pacote Lorper in hent nul-put lor am, quam dolor sit, con erosto dolor se feugue tis ero eu feuguero odio dolessit praesto dio dio odio consed do esto conse moloreetum venim veraessi. Duismodin eusth facidunt velendre tem dolorem numsan hen-dipit veliquateGait ad do cortion senibh ent at. At, qui erit dunt am quismod dit in ullam dionsed tatum am vendrer sim illametue doloreril ulput adi-pisiorem iure magna faccum dolorperit lorer acilam reuts. Oposição reage Met wisi tatuerilla facillaorem iure mag-na faccum dolorperit lorer acil dolore dolum nummy norem iure magna faccum dolor-perit lorer acil dolore dolum nummy norem iuje magna faccum dolorperit lorer acil dolore dolum nummy nit utatueros num ve- Lorper in hent nul-put lor am, quam dolor sit, con erosto dolor se feugue tis ero eu feuguero odio dolessit praesto dio dio odio consed do esto conse moloreetum venim veraessi. Duismodin eusth facidunt velendre tem dolorem numsan hendipit veliquateGna faccum dolorperit lo-rer acil dolore dolum nummy norem iuje magnait ad do cortion senibh ent at. At, qui erit dunt am quismod dit in ullam dionsed tatum am vendrer sim illametue doloreril ulput adipisiorem iure magna faccum dolor-perit lorer acilam reuts. Oposição reage Met wisi tatuerilla facillaorem iure mag-na faccum dolorperit lorer acil dolore dolum nummy norem iure magna faccum dolor-perit lorer acil dolore dolum nummy norem iuje magna faccum do-lorperit lorer acil dolo-re dolum nummy nit utatueros nuna faccum dolorperit lorer acil dolore dolum nummy norem iuje magn Lorper in hent nul-put lor am, quam dolor sit, con erosto dolor se feugue tis ero eu feuguero odio dolessit praesto dio dio odio consed do esto conse moloreetum venim veraessi. Duismodin eusth facidunt velendre tem dolorem numsan hendipit veliquateGna faccum dolorperit lo-rer acil dolore dolum nummy norem iuje magnait ad do cortion senibh ent at. At, qui erit dunt am quismod dit in ullam dionsed tatum am vendrer sim illametue doloreril ulput adipisiorem iure magna faccum do-lorperit lorer acilam reuts. Oposição reage Met wisi tatuerilla facillaorem iure mag-na faccum dolorperit lorer acil dolore dolum nummy norem iure magna faccum dolor-perit lorer acil dolore dolum nummy norem iuje magna faccum do-lorperit lorer acil dolo-re dolum nummy nit utatueros nuna faccum dolorperit lorer acil dolore dolum nummy Lorper in hent nul-put lor am, quam dolor sit, con erosto dolor se feugue tis ero eu feuguero odio dolessit praesto dio dio odio consed do esto conse moloreetum venim veraessi. Duismodin eusth facidunt velendre tem dolorem numsan hen-dipit veliquateGait ad do cortion senibh ent at. At, qui erit dunt am quismod dit in ullam Lorper in hent nul-put lor am, quam dolor sit, con erosto dolor se feugue tis ero eu feuguero odio dolessit praesto dio dio odio consed do esto conse moloreetum venim veraessi. Duismodin eusth facidunt velendre tem dolorem numsan hen-dipit veliquateGait ad do cortion senibh ent at. At, qui erit dunt Lorper in hent nul-put lor am, quam dolor sit, con erosto dolor se feugue tis ero eu feuguero odio dolessit praesto dio dio odio consed do esto conse moloreetum venim veraessi. Duismodin eusth facidunt velendre tem dolorem numsan hen-lor am, quam dolor sit, con erosto dolor se feugue tis ero eu feuguero odio dolessit praesto d do esto con-se moloreetum venim veraessi. Duismod eu faci-dunt velendre tem dolorem numsan hen-dipit veliquateGait ad do cortion senibh ent XXXXXXX xxxx xxx xxxx xxx xxxx xxx xxxx xxxxxx xxxxx xxx Titulo xxx LEGISLATIVO Oposição promete não “atrapalhar” a votação xxxxx nota Titulo xxx xxxxx nota Titulo xxx xxxxx nota Nota aqui nota aqui Nota aqui nota aqui Nota aqui nota aqui Santa Maria, 22 de abril de 2013 Santa Maria, 22 de abril de 2013
  4. 4. SOBRE A DISCIPLINA • Basicamente: diagramação • Outra palavra: design editorial
  5. 5. SOBRE A DISCIPLINA • Basicamente: diagramação • Outra palavra: design editorial • Vamos ver os produtos impressos de 2 maneiras: • Visão “macro” • Visão “micro”
  6. 6. SOBRE A DISCIPLINA • Basicamente: diagramação • Outra palavra: design editorial • Vamos ver os produtos impressos de 2 maneiras: • Visão “macro” • Visão “micro” • 1º bim.: jornal impresso • 2º bim.: revista impressa
  7. 7. DINÂMICA DA AULA
  8. 8. DINÂMICA DA AULA • 1º e 2º períodos: teoria • 3º e 4º períodos: prática
  9. 9. DINÂMICA DA AULA • 1º e 2º períodos: teoria • 3º e 4º períodos: prática • Material de aula e comunicados: página da disciplina no Moodle
  10. 10. SISTEMA DE NOTAS • 1° bimestre: • 2° bimestre:
  11. 11. SISTEMA DE NOTAS • 1° bimestre: • Trabalho 1: 1,0 • Trabalho 2: 1,0 • Trabalho 3: 1,0 • Prova prática: 2,0 • Prova teórica: 5,0 • 2° bimestre:
  12. 12. SISTEMA DE NOTAS • 1° bimestre: • Trabalho 1: 1,0 • Trabalho 2: 1,0 • Trabalho 3: 1,0 • Prova prática: 2,0 • Prova teórica: 5,0 • 2° bimestre: • Trabalho 1 (Plural): 5,0 • Trabalho 2 (newsletter): 5,0
  13. 13. PLANO DE ENSINO
  14. 14. PLANO DE ENSINO • Aulas 1 a 7: diagramação
  15. 15. PLANO DE ENSINO • Aulas 1 a 7: diagramação • Aula 3: trabalho • Aula 5: trabalho • Aula 7: trabalho
  16. 16. PLANO DE ENSINO • Aulas 1 a 7: diagramação • Aula 3: trabalho • Aula 5: trabalho • Aula 7: trabalho • Aula 8: provas (26/set)
  17. 17. PLANO DE ENSINO • Aulas 1 a 7: diagramação • Aula 3: trabalho 1 • Aula 5: trabalho 2 • Aula 7: trabalho 3 • Aula 8: provas (26/set) • Aulas 10 a 14: revista Plural • Aulas 15 a 17: trabalho newsletter 2º bim
  18. 18. VAMOS PARA A AULA
  19. 19. VOCÊ DEVERÁ APRENDER NESTA AULA: • O QUE É DIAGRAMAÇÃO • AS FUNÇÕES DO DIAGRAMADOR • O QUE É PROJETO GRÁFICO • O QUE É PADRONIZAÇÃO GRÁFICA • O QUE É IDENTIDADE VISUAL
  20. 20. DIAGRAMAÇÃO
  21. 21. DIAGRAMAÇÃO • O QUE É? É o planejamento e a montagem de um layout a ser impresso
  22. 22. DIAGRAMAÇÃO • O QUE É? Juarez Bahia (livro “Jornal, história e técnica”) diz que a diagramação é o planejamento, enquanto a paginação é a montagem da página
  23. 23. DIAGRAMAÇÃO • O QUE É? Hoje, com os computadores, o diagramador faz ambos
  24. 24. DIAGRAMAÇÃO • O QUE É? Para Carlos Alberto Rabaça e Gustavo Barbosa (Dicionário da comunicação), diagramar é “fazer um projeto de distribuição gráfica das matérias a serem impressas de acordo com critérios jornalísticos e visuais”
  25. 25. Esta página de jornal está bem diagramada?
  26. 26. Esta página de jornal está bem diagramada?
  27. 27. Esta página de jornal está bem diagramada? França localiza os destroços do voo 447 ONU pede investigação de mas-sacre na Costa do Marfim Cientistas descobrem novos genes Casa de Celso Russomano é furtada em SP Obama deve anunciar re-eleição Veículo de salvamento em águas profundas localizou pedaços do Airbus da Air France, que caiu há 2 anos JORNAL PLANEJAMENTO 4 de abril de 2011 5 Destroços do avião da Air France, que caiu na costa brasileira no dia 1º de junho de 2009, foram localizados neste domingo, e os investi-gadores revelaram que têm ‘esperanças’ de localizar as caixas-pretas, anunciou o Escritório de Investigações e Análises (BEA), em Paris. O acidente causou a morte dos 228 ocupantes ocupantes da aeronave. “Durante as operações de busca no mar realizadas nas últimas 24 horas e dirigidas pelo WHOI [Woods Hole Oceanographic Institution], a equipe a bordo do navio ‘Alucia’ localizou destroços do avião”, indicou o BEA, encarregado da investigação técnica. Comunicado do órgão francês indica que “informa-ções complementares serão divulgadas no futuro’. Os investigadores têm “esperanças” de encontrar as caixas-pretas do avião, já que os destroços estão “relativa-mente concentrados”, indi-cou à AFP o diretor do BEA, Jean-Paul Troadec. “A notícia favorável é que os destroços estão relativa-mente concentrados. Devido a isso, temos esperanças de encontrar as caixas-pretas”, declarou. O BEA iniciou no dia 25 de março uma quarta fase de buscas no mar para encontrar os destroços do voo AF 447 no oceano Atlântico. As cau-sas exatas da tragédia ainda não foram elucidadas. Questionado sobre o que já foi localizado, Troadec disse que foram encontrados “os motores e algumas partes da asa”. A nova fase de buscas foi iniciada em uma zona de 10 mil km2, ou seja, um raio de 75 km em torno da última posição conhecida do voo AF 447. Nesta etapa, são usados três submarinos robôs do modelo Remus --dois da fun-dação americana Waitt e um do instituto alemão Geomar. Com quatro metros de com-primento e pesando 800 kg, ele são capazes de chegar a 4.000 metros e têm sensores que podem detectar qualquer material da aeronave. Até hoje, apenas 3% da es-trutura do Airbus e 50 corpos haviam sido resgatados. De acordo com o birô francês, a operação de 12,5 milhões de dólares (R$ 20,8 milhões) é financiada pela Airbus e Air France. Com os destroços encon-trados, será iniciada a fase cinco, financiada pelo gover-no francês. Fotógrafo registrou imagens do Airbus A330 dias antes da tragédia Nova York - O secretário-ge-ral da ONU, Ban Ki-moon, pediu a Alassane Ouattara, reconhecido internacional-mente como o vencedor das eleições presidenciais da Cos-ta do Marfim em novembro passado, que investigue as centenas de mortes atribuídas a seus partidários. Ban se disse “preocupado e alarmado” com os relatos de que partidários de Ouattara, que combatem forças leais ao presidente Laurent Gbagbo, que se recusa a deixar o po-der, participaram de um mas-sacre na cidade de Duekoue, no oeste do país. Ouattara Em Abidjan, dura batalha pelo controle de prédios públicos ainda prossegue Cientistas pesquisando as causas genéticas do mal de Alzheimer identificaram cinco novos genes, dobrando o número anterior de genes ligados à doença degenerativa. Se medicamentos ou mudanças de estilo de vida puderem ser criados para combater essas variações genéticas, mais de 60 por cento dos casos de Alzheimer poderão ser prevenidos, segundo os pesquisadores, cujo trabalho foi publicado na revista Nature Genetics, no domingo. Mas essas descobertas devem demorar pelo menos 15 anos, disseram eles. O mal de Alzheimer é a forma mais comum de demência, uma doença cerebral fatal que afeta a memória, o raciocínio, o comportamento e a capacidade de realizar afazeres comuns do dia a dia. A doença vem afetando cada vez mais as sociedades e economias de todo o mundo. “Estamos começando a juntar as peças do quebra-cabeça e a entender melhor” a doença, disse Julie Williams, do Centro de Ge-nética e Genômica. A casa do ex-deputado fe-deral Celso Russomano (PP- -SP), no Morumbi, zona sul de São Paulo, foi invadida por ladrões neste domingo, de acordo com a polícia. Não havia ninguém no imóvel no momento do furto. Uma Bla-zer foi levada da garagem, mas já foi recuperada pela Polícia Militar. A polícia ainda não fez um levantamento de tudo o que foi furtado de dentro da residência. O caso seguiu para registro no 34º DP (Vila Sônia). Até as 23h, investigadores solicitavam aos condomínios vizinhos imagens de câmeras de segu-rança que possam ajudar nas Por Kate Kelland - Reuters O presidente dos Esta-dos Unidos, Barack Obama, possivelmente anunciará na próxima semana seus planos para a reeleição e poderá apresen-tar a do-c umen-tação de c a m p a - nha à Co-m i s s ã o Eleitoral F e d e r a l na segunda-feira, disseram no sábado autoridades de-mocratas. A apresentação à comissão permitirá a Obama, um democrata, iniciar a arre-cadação de fundos. Presidente dos EUA, Barack Obama nega a responsabilidade de seus soldados. O correspondente da BBC Andrew Harding diz que funcionários da ONU encontraram centenas de corpos na cidade, onde a situação permanece muito instável. Segundo Harding, a Cruz Vermelha está enter-rando dezenas de cadáveres em valas comuns. Soldados da ONU estão tentando proteger milhares de civis que se abrigaram numa igreja. Enquanto isso, na maior cidade marfinense, Abidjan, uma dura batalha prossegue.
  28. 28. Esta página de jornal está bem diagramada? Às vezes, não sabemos identificar quais erros estamos cometendo na diagramação França localiza os destroços do voo 447 ONU pede investigação de mas-sacre na Costa do Marfim Cientistas descobrem novos genes Casa de Celso Russomano é furtada em SP Obama deve anunciar re-eleição Veículo de salvamento em águas profundas localizou pedaços do Airbus da Air France, que caiu há 2 anos JORNAL PLANEJAMENTO 4 de abril de 2011 5 Destroços do avião da Air France, que caiu na costa brasileira no dia 1º de junho de 2009, foram localizados neste domingo, e os investi-gadores revelaram que têm ‘esperanças’ de localizar as caixas-pretas, anunciou o Escritório de Investigações e Análises (BEA), em Paris. O acidente causou a morte dos 228 ocupantes ocupantes da aeronave. “Durante as operações de busca no mar realizadas nas últimas 24 horas e dirigidas pelo WHOI [Woods Hole Oceanographic Institution], a equipe a bordo do navio ‘Alucia’ localizou destroços do avião”, indicou o BEA, encarregado da investigação técnica. Comunicado do órgão francês indica que “informa-ções complementares serão divulgadas no futuro’. Os investigadores têm “esperanças” de encontrar as caixas-pretas do avião, já que os destroços estão “relativa-mente concentrados”, indi-cou à AFP o diretor do BEA, Jean-Paul Troadec. “A notícia favorável é que os destroços estão relativa-mente concentrados. Devido a isso, temos esperanças de encontrar as caixas-pretas”, declarou. O BEA iniciou no dia 25 de março uma quarta fase de buscas no mar para encontrar os destroços do voo AF 447 no oceano Atlântico. As cau-sas exatas da tragédia ainda não foram elucidadas. Questionado sobre o que já foi localizado, Troadec disse que foram encontrados “os motores e algumas partes da asa”. A nova fase de buscas foi iniciada em uma zona de 10 mil km2, ou seja, um raio de 75 km em torno da última posição conhecida do voo AF 447. Nesta etapa, são usados três submarinos robôs do modelo Remus --dois da fun-dação americana Waitt e um do instituto alemão Geomar. Com quatro metros de com-primento e pesando 800 kg, ele são capazes de chegar a 4.000 metros e têm sensores que podem detectar qualquer material da aeronave. Até hoje, apenas 3% da es-trutura do Airbus e 50 corpos haviam sido resgatados. De acordo com o birô francês, a operação de 12,5 milhões de dólares (R$ 20,8 milhões) é financiada pela Airbus e Air France. Com os destroços encon-trados, será iniciada a fase cinco, financiada pelo gover-no francês. Fotógrafo registrou imagens do Airbus A330 dias antes da tragédia Nova York - O secretário-ge-ral da ONU, Ban Ki-moon, pediu a Alassane Ouattara, reconhecido internacional-mente como o vencedor das eleições presidenciais da Cos-ta do Marfim em novembro passado, que investigue as centenas de mortes atribuídas a seus partidários. Ban se disse “preocupado e alarmado” com os relatos de que partidários de Ouattara, que combatem forças leais ao presidente Laurent Gbagbo, que se recusa a deixar o po-der, participaram de um mas-sacre na cidade de Duekoue, no oeste do país. Ouattara Em Abidjan, dura batalha pelo controle de prédios públicos ainda prossegue Cientistas pesquisando as causas genéticas do mal de Alzheimer identificaram cinco novos genes, dobrando o número anterior de genes ligados à doença degenerativa. Se medicamentos ou mudanças de estilo de vida puderem ser criados para combater essas variações genéticas, mais de 60 por cento dos casos de Alzheimer poderão ser prevenidos, segundo os pesquisadores, cujo trabalho foi publicado na revista Nature Genetics, no domingo. Mas essas descobertas devem demorar pelo menos 15 anos, disseram eles. O mal de Alzheimer é a forma mais comum de demência, uma doença cerebral fatal que afeta a memória, o raciocínio, o comportamento e a capacidade de realizar afazeres comuns do dia a dia. A doença vem afetando cada vez mais as sociedades e economias de todo o mundo. “Estamos começando a juntar as peças do quebra-cabeça e a entender melhor” a doença, disse Julie Williams, do Centro de Ge-nética e Genômica. A casa do ex-deputado fe-deral Celso Russomano (PP- -SP), no Morumbi, zona sul de São Paulo, foi invadida por ladrões neste domingo, de acordo com a polícia. Não havia ninguém no imóvel no momento do furto. Uma Bla-zer foi levada da garagem, mas já foi recuperada pela Polícia Militar. A polícia ainda não fez um levantamento de tudo o que foi furtado de dentro da residência. O caso seguiu para registro no 34º DP (Vila Sônia). Até as 23h, investigadores solicitavam aos condomínios vizinhos imagens de câmeras de segu-rança que possam ajudar nas Por Kate Kelland - Reuters O presidente dos Esta-dos Unidos, Barack Obama, possivelmente anunciará na próxima semana seus planos para a reeleição e poderá apresen-tar a do-c umen-tação de c a m p a - nha à Co-m i s s ã o Eleitoral F e d e r a l na segunda-feira, disseram no sábado autoridades de-mocratas. A apresentação à comissão permitirá a Obama, um democrata, iniciar a arre-cadação de fundos. Presidente dos EUA, Barack Obama nega a responsabilidade de seus soldados. O correspondente da BBC Andrew Harding diz que funcionários da ONU encontraram centenas de corpos na cidade, onde a situação permanece muito instável. Segundo Harding, a Cruz Vermelha está enter-rando dezenas de cadáveres em valas comuns. Soldados da ONU estão tentando proteger milhares de civis que se abrigaram numa igreja. Enquanto isso, na maior cidade marfinense, Abidjan, uma dura batalha prossegue.
  29. 29. ATIVIDADE! Vamos observar a sua atual noção sobre diagramação de jornais
  30. 30. INTERVALO!
  31. 31. VOCÊ DEVERÁ APRENDER NESTA AULA: • O QUE É DIAGRAMAÇÃO • AS FUNÇÕES DO DIAGRAMADOR • O QUE É PROJETO GRÁFICO • O QUE É PADRONIZAÇÃO GRÁFICA • O QUE É IDENTIDADE VISUAL
  32. 32. O DIAGRAMADOR
  33. 33. O DIAGRAMADOR • QUAIS SUAS FUNÇÕES?
  34. 34. O DIAGRAMADOR • QUAIS SUAS FUNÇÕES? • Planejar rapidamente o layout
  35. 35. O DIAGRAMADOR • QUAIS SUAS FUNÇÕES? • Planejar rapidamente o layout • Montar o layout da página
  36. 36. O DIAGRAMADOR • QUAIS SUAS FUNÇÕES? • Planejar rapidamente o layout • Montar o layout da página • Zelar pela clareza da informação
  37. 37. O DIAGRAMADOR • QUAIS SUAS FUNÇÕES? • Planejar rapidamente o layout • Montar o layout da página • Zelar pela clareza da informação • Zelar pela apuração estética • a foto está ruim? • há excesso de blocos de texto?
  38. 38. O DIAGRAMADOR • QUAIS SUAS FUNÇÕES? • Planejar rapidamente o layout • Montar o layout da página • Zelar pela clareza da informação • Zelar pela apuração estética • a foto está ruim? • há excesso de blocos de texto? • Auxiliar na construção da matéria • box, infográfico, foto, fragmentação
  39. 39. O DIAGRAMADOR • UMA GRANDE RESPONSABILIDADE:
  40. 40. O DIAGRAMADOR • UMA GRANDE RESPONSABILIDADE: • Não distorcer a informação através de um layout mal planejado/executado
  41. 41. O DIAGRAMADOR
  42. 42. O DIAGRAMADOR
  43. 43. O DIAGRAMADOR • UMA DÚVIDA: • Não pretendo ser diagramador. Pr eciso aprender diagramação?
  44. 44. O DIAGRAMADOR • UMA DÚVIDA: • Não pretendo ser diagramador. Pr eciso aprender diagramação? • RESPOSTA: • Sim.
  45. 45. O DIAGRAMADOR • POR QUÊ? • Ao saber de diagramação, o r epórter/editor enriquece seu r epertório de elementos que f ormam uma matéria jornalística
  46. 46. O DIAGRAMADOR • POR QUÊ? • Ao saber de diagramação, o r epórter/editor enriquece seu r epertório de elementos que f ormam uma matéria jornalística • Além disso, o repórter/editor c onsegue expressar melhor suas ideias par a o diagramador
  47. 47. O PROJETO GRÁFICO
  48. 48. O PROJETO GRÁFICO • É O QUE DETERMINA AS CARACTERÍSTICAS VISUAIS DA PUBLICAÇÃO IMPRESSA
  49. 49. O PROJETO GRÁFICO • É O QUE DETERMINA AS CARACTERÍSTICAS VISUAIS DA PUBLICAÇÃO IMPRESSA • LOGO, A DIAGRAMAÇÃO DEPENDE DO PROJETO GRÁFICO
  50. 50. O PROJETO GRÁFICO • É O QUE DETERMINA AS CARACTERÍSTICAS VISUAIS DA PUBLICAÇÃO IMPRESSA • LOGO, A DIAGRAMAÇÃO DEPENDE DO PROJETO GRÁFICO • JÁ O PROJETO GRÁFICO DEPENDE DO PROJETO EDITORIAL
  51. 51. O PROJETO GRÁFICO • O RESPEITO AO PROJETO GRÁFICO É O QUE MANTÉM A PADRONIZAÇÃO GRÁFICA DA PUBLICAÇÃO
  52. 52. O PROJETO GRÁFICO • O RESPEITO AO PROJETO GRÁFICO É O QUE MANTÉM A PADRONIZAÇÃO GRÁFICA DA PUBLICAÇÃO • AO MANTER A PADRONIZAÇÃO GRÁFICA, VOCÊ CONSTROI UMA IDENTIDADE VISUAL

×