Competitividade e certificação Efeitos da certificação sobre a competitividade Sergio Figueiredo STI/MDIC
Certificação = barreira de acesso <ul><li>Origem nas exigências da “sociedade”... </li></ul><ul><ul><li>Voluntárias ou </l...
Certificação = barreira de acesso <ul><ul><li>Voluntárias </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Certificação ISO 9001 </li></ul><...
Certificação = barreira de acesso <ul><ul><li>Legítimas </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Serviços e produtos que impõem risc...
Certificação = barreira de acesso <ul><ul><li>Legítimas </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Altíssima probabilidade do risco se...
Certificação × qualidade <ul><li>Qualidade é atender aos requisitos do cliente </li></ul><ul><ul><li>Certificado quer dize...
Certificação × qualidade <ul><li>Qualidade é atender aos requisitos do cliente </li></ul><ul><ul><li>Objetivos e mensuráve...
Certificação × qualidade <ul><li>Competitividade precisa ser em “todos” mercados </li></ul><ul><ul><li>Eficiência produtiv...
Certificação visa... <ul><li>Mão-de-obra </li></ul><ul><ul><li>IELTS </li></ul></ul><ul><ul><li>Habilitação </li></ul></ul...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Competitividade E Certificacao

652 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
652
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
32
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Competitividade E Certificacao

  1. 1. Competitividade e certificação Efeitos da certificação sobre a competitividade Sergio Figueiredo STI/MDIC
  2. 2. Certificação = barreira de acesso <ul><li>Origem nas exigências da “sociedade”... </li></ul><ul><ul><li>Voluntárias ou </li></ul></ul><ul><ul><li>Tornadas compulsórias pelos governos </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Mas, profundamente restringidas após os Acordos de Barreiras Técnicas ao Comércio da OMC </li></ul></ul></ul>
  3. 3. Certificação = barreira de acesso <ul><ul><li>Voluntárias </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Certificação ISO 9001 </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Certificação ABCP de cimento Portland </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Certificação ABIC do café </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Compulsórias </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Segurança de brinquedos </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Carteira de Habilitação </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Vergalhões de aço </li></ul></ul></ul>
  4. 4. Certificação = barreira de acesso <ul><ul><li>Legítimas </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Serviços e produtos que impõem riscos reais ao cidadão, saúde (dirigir desabilitado) </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Justificáveis </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Problemas de consumo e segurança (tendência de comércio de brinquedos de baixa qualidade) </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Explicáveis </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Problemas históricos (qualidade da produção de vergalhões de aço para construção civil) </li></ul></ul></ul>
  5. 5. Certificação = barreira de acesso <ul><ul><li>Legítimas </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Altíssima probabilidade do risco se concretizar em acidente </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Justificáveis </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Concretização do risco decorre de falhas no exercício do poder de Estado (educação e fiscalização) </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Explicáveis </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Barreiras a entrada de novos competidores no mercado </li></ul></ul></ul>
  6. 6. Certificação × qualidade <ul><li>Qualidade é atender aos requisitos do cliente </li></ul><ul><ul><li>Certificado quer dizer que o produto ou serviço atende aos requisitos explicitados numa norma técnica ou regulamento </li></ul></ul><ul><ul><li>Certificação tem a ver com “prover segurança” com relação a requisitos mínimos </li></ul></ul>
  7. 7. Certificação × qualidade <ul><li>Qualidade é atender aos requisitos do cliente </li></ul><ul><ul><li>Objetivos e mensuráveis, logo “regulamentáveis” e verificáveis </li></ul></ul><ul><ul><li>Percepções e necessidades tácitas </li></ul></ul>
  8. 8. Certificação × qualidade <ul><li>Competitividade precisa ser em “todos” mercados </li></ul><ul><ul><li>Eficiência produtiva </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>baixos custos de matérias-primas, mão-de-obra e máquinas e métodos em estado d’arte </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Eficácia mercadológica </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Qualidade e imagem </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Certificações, se e quando trouxerem diferenciação </li></ul></ul></ul></ul>
  9. 9. Certificação visa... <ul><li>Mão-de-obra </li></ul><ul><ul><li>IELTS </li></ul></ul><ul><ul><li>Habilitação </li></ul></ul><ul><ul><li>Soldadores ASME </li></ul></ul><ul><ul><li>Engenheiros ASQ </li></ul></ul><ul><ul><li>Auditores IQA </li></ul></ul><ul><li>Seguros mais baratos </li></ul><ul><li>Economia de novos testes </li></ul><ul><li>Segurança durante a atividade </li></ul><ul><li>Garantia do resultado </li></ul>

×