Sebenta atletismo

669 visualizações

Publicada em

sebenta do

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
669
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
27
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sebenta atletismo

  1. 1. CORRERCorrida de velocidade À voz de “aos seus lugares” (figura 2): Ao sinal de partida Partida Partida de Pé 3. Tronco ligeiramente inclinado à (figura 3): (em 2 apoios): frente; 8. Entrar em ação, Vozes de 4. Braços desencontrados com as fazendo a extensão comando? pernas, fletidos a 90º pelos enérgica de ambas as ›› “aos seus cotovelos; pernas; lugares” 5. Pés apoiados pelo terço médio- 9. Avançar primeiro o ›› Sinal Sonoro anterior; pé de trás; (apito) 10. Os braços fazem 1. Colocação uma ação vigorosa, em prévia (figura 1): alternância com as 2. O atleta deve pernas, garantindo o colocar-se 1 equilíbrio e metro atrás da contribuindo para a linha de partida, propulsão numa do corpo. posição ereta e alinhada com o sentido da 6. Peso do corpo distribuído pelas 2 corrida. pernas; 7. Joelhos ligeiramente fletidos; Incli Alinhame Extensã Aceleração nar nto dos o da o segmento perna corp s (pé- de o bacia- impulsã para ombros) o. (Fig. a no 3) fren instante te. de saída. (Fig. 3)
  2. 2. Apoio ativo na Na receção, os O tronco Velocidade máxima zona médio- apoios devem deve estar anterior do realizar-se vertical, pé. próximo da olhando Trajetória dos projeção em frente pés descrevendo um vertical do e sem ciclo anterior, centro de recuar os realizando o gravidade. ombros contacto inicial (Fig. 1) relativame através de uma Na nte ação de cima recuperação à bacia para da perna em (Fig. 4). baixo e da frente suspensão, para trás. a coxa da perna de balanço atinge a horizontal (Fig. 2 e 4);Como concluir Como concluir a ERROSa Corrida Corrida: ›› D e s a c e l e r a r an t e s de ›› Existem 2 formas de ›› Salt a r p a r a a m e t a . P a r a concluir a corrida: co r r e r é pr e c i s o 1) braços alternados ap li c a r for ç a n o sol o p a r a o ou 2) simétricos. pr o p u l s i o n a r pa r a a fre n t e . pe r d e vel o c i d a d e . :
  3. 3. Skipping 1. Apoio ativo na zona médio- 4. A ação do pé de apoio no 6. A recuperação da perna em anterior contacto com o solo deve ser de suspensão deve ser rápida, sem o do pé. cima para baixo e da frente para pé subir mais que o joelho e 2. Na receção, os apoios trás.~ cruzando o joelho contrário, devem realizar-se descrevendo um ciclo anterior. próximo da projeção vertical 5. “Pé armado” (na fase de 7. Movimento dos braços fletidos, do centro de gravidade (Fig. 1 suspensão centrado na articulação do ombro e 3). a ponta do pé deve estar para a (a mão passa ao nível da bacia). 3. Extensão do segmento de frente e para cima). (Fig. 2) impulsão. (Fig. 2)
  4. 4. Corrida de barreiras O troncoAproximação à barreira Correr com deve apoios estar efetuados pela vertical, zona médio- olhando em frente anterior do pé; e sem recuar os ombros relativam ente à bacia. As cinturas escapular (linha dos ombros) e pélvica (Fig.4)barreiraTransposição da (linha das articulações da coxa com a anca) devem permanecer paralelas à barreira; (Fig. 4) isto é não se deve subir um lado destas em relação ao outro Extensã (Fig. 2) Realizar uma O joelho daPerna de impulsão: o da abdução da perna de perna perna, impulsão é de contornando a mantido alto e impulsã barreira; (Fig. orientado o, 4) para a frente manten na receção; do o (Fig. 5) alinham ento dos (Fig. 5) segment os; (Fig. 2)
  5. 5. Perna de ataque: Colocar a (Fig. 4) Procurar o solo Realizar uma receção ao solo, perna de rapidamente, assim com um apoio efetuado no ataque na que o pé da perna terço anterior do pé, evitando a direção do de ataque flexão do membro inferior; deslocame passa a barreira; (Figs. 5 e 6) nto; (Fig. O tronco não deve estar 4) inclinado para trás no momento de receção. (Fig. 5) (Figs. 6)
  6. 6. SALTARSalto em comprimento 1. O aluno deve realizar uma corridaCorrida progressivamente acelerada, com ritmo crescente até à chamada; 2. Correr com apoios dinâmicos; 3. Correr com uma postura erguida, olhando em frente e com os ombros relaxados; 4. Os braços, fletidos a cerca de 90º, ajudam a ação de forma rápida e enérgica; 5. A corrida tem entre 10 e 20 passos, de acordo com a capacidade técnica e condicional do saltador. A chamada é realizada apoiando todo o pé;Chamada (Fig. 6) Durante a chamada, o movimento ativo das pernas deve ser acelerado e ampliado; A coxa da perna livre avança rapidamente até uma posição horizontal, enquanto todas as articulações da perna de chamada (anca, joelho e pé) são estendidas muito ativamente; (Fig. 6 e 7) O tronco mantém-se próximo da vertical, com a cabeça levantada, olhando em frente; (Fig. 6 e 7) Os braços ajudam, acelerando o movimento normal que têm durante a corrida e terminando a chamada com uma breve paragem do seu movimento.Voo Fase A posição Manter o olhar ascende das pernas e dirigido para a frente nte do tronco no ou, eventualmente, final da um chamada, pouco para cima; (Fig. mantém-se 8) durante alguns momentos; (Fig. 8)
  7. 7. Voo Fase A perna de Ambos os joelhos O tronco vai-se descend chamada sobem antes da fechando sobre as ente: flete e extensão das pernas pernas, enquanto os junta-se à para braços fazem um perna livre, a frente; (Fig. 9) movimento circular que continua de cima para a fletida à frente frente; (Fig. e para baixo. (Fig. 9, 9) 10)Queda Os pés entram na areia paralelos e pelos calcanhares; (Fig. 11) Amortecer a queda, fletindo os joelhos após o toque dos calcanhares, permitindo avançar as ancas sobre o local de contacto; (Fig. 11) Os braços continuam o seu movimento para baixo e, agora, para trás – sem contactar o solo.
  8. 8. LANÇARPreparação, em que o atleta pega no engenho e coloca-se na posição inicial; Posição Inicial: Peso do corpo sobretudo Braço esquerdo a na perna direita, calcanhar direito apontar para o local para onde se pretende levantado; lançar Ponta do pé esquerdo alinhada com o calcanhar direito .; Pega: Apoiar o peso na base dos Colocar o peso junto à mandíbula, por dedos, indicador, médio e baixo do queixo, pressionando anelar. contra o pescoço, estando com o braço O dedo polegar e mínimo flectido apenas servem para manter pelo cotovelo, em tensão, e à altura do o ombro; peso em equilíbrio na mão, evitando que ele role por elaBalanço, onde o atleta executa uma série de movimentos que têm como objetivo acelerar o corpo e consequentemente o engenho; passando pela posição deforçaLançamento propriamente dito, altura em que o atleta passa pela “posição de força” e procura transferir a velocidade do corpo para o engenho e; Passar de Posição de Passar o corpo para uma posição Força em que o corpo cima da perna lateral para se assemelha a um esquerda e após uma posição arco retesado antes terminar frontal, pela rotação da de atirar uma flecha de utilizar as pernas anca no e o tronco fazer sentido do extensão do(s) lançamento; braço(s);

×