Trabalho De Ruben Perrulas

6.912 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.912
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
159
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho De Ruben Perrulas

  1. 1. Ruben Perrulas<br />Recursos Energéticos Renováveis<br />
  2. 2. Ruben Perrulas<br /><ul><li>A situação energética em Portugal;
  3. 3. Fontes renováveis e não renováveis:
  4. 4. Vantagens
  5. 5. Desvantagens
  6. 6. A energia eólica;
  7. 7. A energia marmotriz;
  8. 8. A energia geotérmica;
  9. 9. Energia hídrica;
  10. 10. As energias renováveis e o futuro.</li></ul>Em Portugal, produzimos apenas 15% da energia que consumimos. Tudo o resto, importamos do exterior. Esta situação tem consequências directas na nossa economia, uma vez que o custo dos combustíveis fósseis importados encarece a produção de bens e serviços em território nacional. Para além disso tem também implicações sociais, pois representa custos acrescidos para o consumidor e reflecte-se no ambiente, devido à produção crescente de Gases com Efeito de Estufa. <br />
  11. 11. Ruben Perrulas<br /><ul><li>A situação energética em Portugal;
  12. 12. Fontes renováveis e não renováveis:
  13. 13. Vantagens
  14. 14. Desvantagens
  15. 15. A energia eólica;
  16. 16. A energia marmotriz;
  17. 17. A energia geotérmica;
  18. 18. Energia hídrica;
  19. 19. As energias renováveis e o futuro.</li></ul>Fontes Renováveis:<br /><ul><li>O Sol: energia solar
  20. 20. O vento: energia eólica
  21. 21. Os rios e correntes de água doce: energia hidráulica
  22. 22. Os mares e oceanos: energia Marmotriz e energia das ondas
  23. 23. A matéria orgânica: Biomassa
  24. 24. O calor da Terra: energia geotérmica</li></ul>Fontes Não Renováveis:<br /><ul><li>Petróleo
  25. 25. Gás natural
  26. 26. Carvão Mineral
  27. 27. Energia nuclear</li></li></ul><li>Ruben Perrulas<br /><ul><li>A situação energética em Portugal;
  28. 28. Fontes renováveis e não renováveis:
  29. 29. Vantagens
  30. 30. Desvantagens
  31. 31. A energia eólica;
  32. 32. A energia marmotriz;
  33. 33. A energia geotérmica;
  34. 34. Energia hídrica;
  35. 35. As energias renováveis e o futuro.</li></ul>Podem ser consideradas inesgotáveis à escala humana.<br />Permitem reduzir significativamente as emissões de CO2.<br />Reduzem a dependência energética da nossa sociedade face aos combustíveis fósseis.<br />Conduzem à investigação em novas tecnologias que permitam melhor eficiência energética. <br />Não poluem o Ambiente.<br />
  36. 36. Ruben Perrulas<br /><ul><li>A situação energética em Portugal;
  37. 37. Fontes renováveis e não renováveis:
  38. 38. Vantagens
  39. 39. Desvantagens
  40. 40. A energia eólica;
  41. 41. A energia marmotriz;
  42. 42. A energia geotérmica;
  43. 43. Energia hídrica;
  44. 44. As energias renováveis e o futuro.</li></ul>Algumas têm custos elevados na sua implementação, devido ao fraco investimento neste tipo de energia.         <br />Podem causar impactos visuais negativos no meio ambiente.<br />Pode gerar-se algum ruído, no caso da exploração de alguns recursos energéticos renováveis.<br />
  45. 45. Ruben Perrulas<br /><ul><li>A situação energética em Portugal;
  46. 46. Fontes renováveis e não renováveis:
  47. 47. Vantagens
  48. 48. Desvantagens
  49. 49. A energia eólica;
  50. 50. A energia marmotriz;
  51. 51. A energia geotérmica;
  52. 52. Energia hídrica;
  53. 53. As energias renováveis e o futuro.</li></ul>O vento é hoje em dia uma óptima fonte de energia primária para a produção de electricidade, que apresenta custos externos e sociais muito baixos, prevendo-se mesmo que a curto prazo (2005 a 2010) possa ser competitiva com a produzida a partir dos combustíveis fosseis.<br />
  54. 54. Ruben Perrulas<br /><ul><li>A situação energética em Portugal;
  55. 55. Fontes renováveis e não renováveis:
  56. 56. Vantagens
  57. 57. Desvantagens
  58. 58. A energia eólica;
  59. 59. A energia marmotriz;
  60. 60. A energia geotérmica;
  61. 61. Energia hídrica;
  62. 62. As energias renováveis e o futuro.</li></ul>Essencialmente tratam-se de grandes tubos semi-flutuantes de 30 metros, ligados entre si por uma articulação móvel e colocados em série na transversal das ondas. Estas fazem mover um tubo de cada vez, que impele um fluido hidráulico numa movimentação energética suficiente para accionar geradores hidráulicos de electricidade. Trata-se pois de um óleo a alta pressão que acciona motores hidráulicos, os quais fornecem a energia mecânica a geradores eléctricos. <br />
  63. 63. Ruben Perrulas<br /><ul><li>A situação energética em Portugal;
  64. 64. Fontes renováveis e não renováveis:
  65. 65. Vantagens
  66. 66. Desvantagens
  67. 67. A energia eólica;
  68. 68. A energia marmotriz;
  69. 69. A energia geotérmica;
  70. 70. Energia hídrica;
  71. 71. As energias renováveis e o futuro.</li></ul>A Energia Geotérmica é produzida quando água subterrânea é aquecida quando passa por uma região sub superficial de rochas quente (reservatório de calor). A água aquecida ou o vapor resultante do processo é trazido até à superfície por furos feitos propositadamente para o efeito. Este processo pode ser natural ou pode ser introduzido artificialmente.<br />
  72. 72. Ruben Perrulas<br /><ul><li>A situação energética em Portugal;
  73. 73. Fontes renováveis e não renováveis:
  74. 74. Vantagens
  75. 75. Desvantagens
  76. 76. A energia eólica;
  77. 77. A energia marmotriz;
  78. 78. A energia geotérmica;
  79. 79. Energia hídrica;
  80. 80. As energias renováveis e o futuro.</li></li></ul><li>Ruben Perrulas<br /><ul><li>A situação energética em Portugal;
  81. 81. Fontes renováveis e não renováveis:
  82. 82. Vantagens
  83. 83. Desvantagens
  84. 84. A energia eólica;
  85. 85. A energia marmotriz;
  86. 86. A energia geotérmica;
  87. 87. Energia hídrica;
  88. 88. As energias renováveis e o futuro.</li></ul>Nas centrais hidroeléctricas, através de turbinas hidráulicas, associadas a geradores e alternadores é possível converter energia hídrica em energia eléctrica (na maioria dos casos com um rendimento global superior a 90%).<br />
  89. 89. Ruben Perrulas<br /><ul><li>A situação energética em Portugal;
  90. 90. Fontes renováveis e não renováveis:
  91. 91. Vantagens
  92. 92. Desvantagens
  93. 93. A energia eólica;
  94. 94. A energia marmotriz;
  95. 95. A energia geotérmica;
  96. 96. Energia hídrica;
  97. 97. As energias renováveis e o futuro.</li></ul>Portugal tem muito trabalho a realizar de modo a cumprir os objectivos previstos.<br />Nos próximos quatro anos a energia mais utilizada será a eólica.<br />Portugal terá de investir bastante até 2010, para produzir electricidade a partir de energiasrenováveis.<br />
  98. 98. Ruben Perrulas<br />Vídeo<br />
  99. 99. FIM<br />Ruben Perrulas<br />

×