As 10 
melhores 
Todos os dias, cada vez mais executivos e comunicadores procuram recursos para localizar conteúdo em mult...
Quando tiver essas informações em mãos, você estará pronto para nossas 10 melhores práticas de localização de multimídia p...
4 
Aprovar e depois atualizar custa caro em qualquer situação, mas é especialmente custoso na localização de multimídia: u...
8 
A tradução do áudio geralmente começa sem um script, o que significa que o produto gravado final pode ser o único conte...
Na revisão 
É cada vez menos aceitável oferecer apenas a palavra escrita. Não subestime o valor de ser recompensado com me...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

As 10 melhores práticas de localização de multimídia para a América Latina

285 visualizações

Publicada em

Por mais tentadora que seja a ideia de alcançar mais de 600 milhões de novos clientes, gerentes de marketing e profissionais de conteúdo que pretendem publicar vídeos, webinars, treinamentos on-line e documentação interativa deveriam tomar muito cuidado ao se aventurar na localização de multimídia. Os desafios de se gerenciar um projeto de localização são de natureza técnica e cultural: produzir conteúdo usando tecnologia de ponta, enquanto inúmeras diferenças culturais são levadas em conta.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
285
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

As 10 melhores práticas de localização de multimídia para a América Latina

  1. 1. As 10 melhores Todos os dias, cada vez mais executivos e comunicadores procuram recursos para localizar conteúdo em multimídia para a América Latina. Considerando os custos de produzir esse conteúdo e o tamanho da base de clientes em potencial na região, é muito provável que sua empresa já esteja seguindo essa tendência. Por mais tentadora que seja a ideia de alcançar mais de 600 milhões de novos clientes, gerentes de marketing e profissionais de conteúdo que pretendem publicar vídeos, webinars, treinamentos on-line e documentação interativa deveriam tomar muito cuidado ao se aventurar na localização de multimídia. Os desafios de se gerenciar um projeto de localização são de natureza técnica e cultural: produzir conteúdo usando tecnologia de ponta, enquanto inúmeras diferenças culturais são levadas em conta. Mas não tenha medo, pois esses desafios não são insuperáveis! Na verdade, se você seguir alguns princípios, sua empresa poderá criar conteúdo multimídia relevante e gratificante que será aceito pelo novo público latino-americano com o mesmo entusiasmo que ele é aceito pelos clientes em seu mercado local. É por isso que reunimos as melhores recomendações para localizar seu conteúdo multimídia para a América Latina, sem perder a cabeça durante o processo. Lembre-se dessa regra simples para projetos de localização para a América Latina: Aprenda primeiro, localize depois. Separe um tempo para aprender sobre a região e seus mercados específicos antes de começar seus esforços de tradução, pois eles variam enormemente, e um passo mal dado poderia prejudicar a reputação, a base de clientes e a receita de sua empresa. Você vai querer ter as respostas para essas perguntas: Como a história modelou a visão e o idioma local? Qual a língua falada por eles, e quais os sotaques e dialetos? Existem preferências por tom e imagens? Os latino-americanos preferem ouvir uma narração ou ler a legenda? práticas de localização de multimídia para a América Latina
  2. 2. Quando tiver essas informações em mãos, você estará pronto para nossas 10 melhores práticas de localização de multimídia para a América Latina: 1 Os leitores localizam mentalmente seu texto em seu próprio sotaque, tom e ritmo. Eles aplicam suas preferências culturais ao texto, desde que esteja escrito corretamente. Geralmente não pensamos sobre isso, mas trata-se de um serviço gratuito que os leitores oferecem a todo material localizado. No entanto, os elementos multimídia de imagem e áudio forçam o público a ouvir e ver o conteúdo pelos olhos de quem produz, e não de quem consome. Por isso é preciso ter cuidado para encontrar a qualidade de voz, o sotaque e o gênero certos para localizar sua mensagem de verdade. Para incorporar essas qualidades ao seu conteúdo multimídia localizado, você deve trabalhar com um fornecedor de tradução e localização que seja especialista em América Latina, que entenda quem é o seu público-alvo e o que funciona neste mercado específico. Ele pode fornecer informações culturais específicas e várias opções de vozes para narração a fim de garantir que você encontre o tom perfeito para sua marca e mensagem. Com tanta cultura, garanta que seu fornecedor é um especialista 2 Agora que o convencemos a encontrar um fornecedor que lhe ofereça inúmeras opções, é hora de recomendar que você se certifique que o talento de narração seja proveniente da região latino-americana que deseja alcançar. As variantes do espanhol diferem muito umas das outras e cada país tem seu próprio tom, vocabulário e até mesmo ritmo de falar. Embora todos os brasileiros falem o mesmo idioma, os sotaques variam de uma região para outra. Em se tratando de um país cujo território é praticamente metade da América Latina, essa é uma questão que não deve ser ignorada. 3 Entender os gostos e normas locais é essencial para localizar conteúdo multimídia. Sem conhecimento local, você arrisca suposições amplas e radicais sobre o poder atrativo de seu conteúdo, mesmo que algumas generalizações sejam verdade. Na América Latina, por exemplo, muitas culturas são mais matriarcais que na Ásia e nos EUA; assim, narrações com vozes femininas são mais bem aceitas. Além disso, diferente de alguns públicos europeus e norte-americanos, a maioria dos latino-americanos está bem acostumada com legendas. Isso significa que você poderá decidir fazer uma narração com voz feminina ou colocar apenas legendas, mas até que você ou seu fornecedor de localização tenham feito a pesquisa necessária, não há como ter certeza. Conteúdo local requer vozes locais Este mundo é das mulheres
  3. 3. 4 Aprovar e depois atualizar custa caro em qualquer situação, mas é especialmente custoso na localização de multimídia: uma alteração no idioma, no tom ou nas imagens pode se propagar por toda a tradução, desde os scripts até o vídeo ou áudio gravado. Tempo adicional de estúdio pode ser dispendioso, seu talento de voz selecionado pode ficar doente ou atrasar seu vídeo pode fazer com que ele perca viralidade. Crie uma regra padrão para todos os seus revisores internos: quando o trabalho estiver aprovado, ele está aprovado - nenhuma alteração preferencial ou insignificante será permitida. Para economizar tempo e dinheiro, nada de mudanças cosméticas 5 Na América Latina, tamanho é documento Lembre-se que muitas culturas latino-americanas se sentem confortáveis com legendas e às vezes até as preferem à narração com voz sobreposta. Mas se seu webinar de treinamento ou vídeo com instruções exigir áudio localizado, certifique-se que você entende as características do idioma-alvo para garantir que o vídeo, a apresentação de slides, as imagens de fundo ou o texto na tela permaneçam sincronizados com a narração. As traduções do inglês para o português e para o espanhol podem acrescentar até 20% de tempo à duração da gravação. Para responder a essa expansão, você precisará reescrever o texto do áudio ou modificar o ritmo das imagens na edição final. 6 Erros acontecem, garanta a sua voz Anteriormente recomendamos que as empresas gerenciem os custos do projeto de multimídia exigindo o término do trabalho e as aprovações finais antes de iniciar o trabalho de localização. Mas às vezes são necessárias alterações pós-produção. Quaisquer alterações no áudio depois de já ter sido gravado são custosas, mas elas ficam ainda mais caras se seu talento de voz não estiver disponível regravar, já que você terá que começar do zero com outro talento. Então verifique se no contrato que você assinar com seu fornecedor de localização há um período razoável de tempo para correções e atualizações. E com o mesmo talento de voz! 7 Guia de pronúncia: seu texto, sua voz Você já sabe que é importante fornecer um guia de estilo para que seu tradutor garanta a fraseologia correta e adesão às suas escolhas. Em localização de multimídia, é ainda mais importante fornecer um guia de pronúncia, já que suas palavras não serão apenas vistas, mas serão ouvidas também. Inclua os nomes de marcas, termos técnicos, acrônimos, termos em inglês que não devem ser traduzidos e qualquer outra coisa fora do normal no guia de pronúncia. Se possível, agende uma revisão especial com a equipe e com o talento a fim de garantir que suas escolhas foram bem compreendidas.
  4. 4. 8 A tradução do áudio geralmente começa sem um script, o que significa que o produto gravado final pode ser o único conteúdo localizado disponível. Se tiver tempo e puder arcar com o custo extra, peça que seu fornecedor transcreva o conteúdo original e entregue-o com o texto traduzido, especialmente se você precisar localizá-lo para outros idiomas. Além da transcrição, recomendamos que você peça que as marcações de tempo sejam incluídas no texto. Enquanto a transcrição do conteúdo permite que ele seja usado no futuro, as marcações de tempo ajudam os engenheiros de vídeo a sincronizar o áudio com as imagens durante a pós-produção. Transcrição, tempos e tradução 9 Com as transcrições, você pode economizar em grandes projetos de localização de multimídia aproveitando ao máximo a experiência de seu fornecedor com memórias de tradução, mas há também benefícios adicionais. Publicar com seu vídeo a versão em texto do áudio traduzido ajuda na otimização de mecanismos de busca (SEO) e melhora a acessibilidade de pessoas com audição reduzida. Além disso, as transcrições podem incluir metadados para ajudar com a indexação nos sistemas de gerenciamento de conhecimento e de conteúdo, e você pode aproveitá-las para artigos, postagens em blogs e outros materiais promocionais para apoiar suas campanhas de marketing. O texto é o melhor amigo de seu áudio 10 As empresas de tradução trabalham duro para garantir a produção de um conteúdo localizado de excelência, mas você não deve confiar seu valioso material apenas a esses processos internos. Antes de publicar um trabalho localizado, peça a um especialista local que verifique sua precisão. Em uma era de mídias sociais e em um mundo tão fácil de compartilhar, um erro no texto, no tom, na pronúncia ou nas imagens pode escalar de um pequeno lapso para um pesadelo de relações públicas quase que instantaneamente. Empresas maiores com um distribuidor local ou filial podem trabalhar com recursos internos para controlar a qualidade (QA). Para empresas menores pode ser necessário contratar um terceiro para fazer as revisões ou pedir ao fornecedor de localização que providencie um QA externo. Para acertar na primeira, uma segunda revisão
  5. 5. Na revisão É cada vez menos aceitável oferecer apenas a palavra escrita. Não subestime o valor de ser recompensado com melhores rankings e estatísticas pelos motores de busca. A PRNewswire revelou que conteúdo multimídia é compartilhado 3,5 vezes mais vezes que o texto estático e que garante 5 vezes mais visualizações por post. Com essas recompensas fica mais fácil calcular, justificar e aderir à localização de conteúdo multimídia. Entretanto, ao lidar com conteúdo multimídia, sua empresa deve levar em consideração questões como tom, pronúncia e contexto para garantir que o conteúdo tão cuidadosamente produzido no idioma original também carregue o efeito e a mensagem desejados no mercado-alvo. Ao seguir essas melhores práticas quando localizar seu conteúdo de multimídia para a América Latina você terá meio caminho andado. Só ficará faltando encontrar o parceiro de localização certo para cruzar a linha de chegada.

×