Surgimento da Internet

17.753 visualizações

Publicada em

O contexto histórico de criação da Internet e da World Wide Web.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
17.753
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
400
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
259
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Surgimento da Internet

  1. 1. A CRIAÇÃO DA INTERNET E o surgimento da World Wide Web
  2. 2. Contexto histórico <ul><li>MUNDO DIVIDIDO PELA GUERRA FRIA </li></ul><ul><ul><li>URSS e EUA disputam o controle do espaço </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>ABRIL 1961 : Vostok 1 leva Yuri Gararin </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>AGOSTO 1961 : Titov filma a Terra do espaço </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Soviéticos estão dois passos à frente dos americanos </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>1957: lançamento da Sputnik 1 e Sputnik 2 (Laika) </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><li>Conseqüências do segundo lugar dos EUA </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Kennedy : homem na Lua ainda na década de 1960 </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Construir sistema de defesa à prova de destruição </li></ul></ul></ul>
  3. 3. Contexto histórico <ul><li>AS ORIGENS DA INTERNET </li></ul><ul><ul><li>Gagarin/Laika: ligados à gênese da rede mundial </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Superioridade militar da União Soviética </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>1957 : Estados Unidos preparam contra-ofensiva </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Agência de Desenvolvimento de Projetos Avançados </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Criar mecanismos de defesa mais avançados/eficientes </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>EUA vulneráveis mesmo com poderio bélico </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Castelos nas montanhas pólvora foguetes </li></ul></ul></ul>
  4. 4. O problema <ul><li>CRIAÇÃO DA ARPA </li></ul><ul><ul><li>Foco em pesquisa tecnológica para fins militares </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Cientistas, universidades e centros de pesquisa </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Problema de comunicação: como colocá-los em linha? </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Possibilidades levantadas: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Telefone ? ineficiente; cientistas trocariam dados </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Documentos confidenciais por correio ? Pouco seguro </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Reunir todos com freqüência no mesmo lugar? Não </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>COMO RESOLVER UM PROBLEMA SIMPLES ? </li></ul></ul>
  5. 5. A solução <ul><li>INTERLIGAR GRUPO POR COMPUTADOR </li></ul><ul><ul><li>Todos recebem as informações de modo seguro </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Ao mesmo tempo e do modo mais rápido possível </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>PROBLEMA </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Computadores da época eram incompatíveis </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Linguagem, programas e configurações próprios </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Tecnologia: longe da comunicação em tempo real </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>SOLUÇÃO : ARPA desenvolve esforço concentrado </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Transmissão eletrônica de dados entre os cientistas </li></ul></ul></ul>
  6. 6. O auxílio <ul><li>PROJETO GANHA UMA AJUDA EXTERNA </li></ul><ul><ul><li>John Licklider: Departamento Computação MIT </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Rede Galática </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Via Láctea: caos, cosmo, planetas, gravidade </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Computadores interagem sem perder individualidade </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Inspiração para as necessidades da ARPA </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Grande rede de computadores interligados </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Acesso de qualquer pessoa de um determinado lugar </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Inserção e retirada de dados sem interferência externa </li></ul></ul></ul></ul>
  7. 7. Ainda a Guerra Fria <ul><li>IDÉIA ATENDE A OUTRA NECESSIDADE </li></ul><ul><ul><li>ARPA: desenvolver um sistema de defesa eficaz </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Como proteger o arsenal de um ataque nuclear? </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Solução: dados repartidos em pequenos pedaços </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Pacotes : informação inteira dividida em fragmentos </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Multiplicada e armazenada em vários computadores </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Computadores localizados em lugares diferentes </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Quebra-cabeças que possibilita recuperar informação </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Se o inimigo interceptasse, não teria idéia do significado </li></ul></ul></ul></ul>
  8. 8. O protocolo <ul><li>O DESENHO DA FUTURA INTERNET </li></ul><ul><ul><li>Licklider define duas regras para equipe ARPA </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Computador: porta de entrada sempre aberta </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Possibilidade de acessos aos dados comuns; privados não </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Acesso do visitante externo não poderia alterar CPU </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Necessidade de uma linguagem de programação comum </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><li>Como transportar os dados de um lado a outro? </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Linhas telefônicas inadequadas ao tráfego de dados </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Grande volume de transmissão de dados </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Tempo muito longo de conexão/transmissão dos dados </li></ul></ul></ul></ul>
  9. 9. O periférico <ul><li>O PAPEL DO MODEM NO PROCESSO </li></ul><ul><ul><li>Transporta dados digitais em sinais analógicos </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Aparelho inventado pela AT&T em 1960 </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Empresa de telefonia interessada no fac-símile </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><li>O que faz um MODEM ? </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Modulador : transforma digital/analógico na saída </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Demodulador : converte analógico/digital na entrada </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Transmissão dos dados em linhas telefônicas </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Reconstrução dos dados no formato original </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Transmitia uma página de texto em quatro minutos </li></ul></ul></ul></ul>
  10. 10. A ligação <ul><li>EUA CONECTADO, DE COSTA-A-COSTA </li></ul><ul><ul><li>1969 : ARPA realiza sua primeira conexão </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Linha telefônica exclusiva com velocidade necessária </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Interligação entre dois computadores com modems </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Transmissão de dados: Massachusetts-Los Angeles </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Linha do tempo da ARPANET </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>1971 : 23 computadores conectados à ARPA </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>1972 : primeira demonstração pública da rede </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>1º Congresso Internacional de Computação e Comunicação </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>40 computadores interligados em diferentes pontos dos EUA </li></ul></ul></ul></ul>
  11. 11. Mapa lógico ARPANET
  12. 12. A explosão <ul><li>APLICAÇÃO FORA CONTEXTO MILITAR </li></ul><ul><ul><li>Efeito multiplicador da exibição pública </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Aumento de pedidos de novos usuários </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Inúmeras sugestões para aperfeiçoar a rede </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Unificar linguagem dos sistemas interconectados </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Necessidade de construir conjunto básico de regras </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Protocolo de Controle de Transmissão/Protocolo Internet </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>VINTON CERF , evangelista-chefe de Internet Google </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Liderou a equipe e sugeriu nome Internet para rede </li></ul></ul></ul>
  13. 13. A explosão <ul><li>ARPANET UNIFICA O PROTOCOLO </li></ul><ul><ul><li>1982 : rede do governo adere ao TCP/IP </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>20 outras redes menores juntam-se à ARPANET </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Falhas de previsão no projeto do governo </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>A rede ficou grande demais em pouco tempo </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Excesso de tráfego gerou lentidão no acesso à rede </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>1982 : o contexto histórico da ARPANET </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Restrita ao circuito acadêmico e para fins científicos </li></ul></ul></ul>
  14. 14. O ápice <ul><li>EFEITOS COLATERAIS DO SUCESSO </li></ul><ul><ul><li>Perda de tempo para achar usuários conectados </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Usuário: conhecimento linhas de código/programação </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Códigos numéricos impossíveis de memorizar </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>A solução emergencial para o problema </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Geração de um endereço pessoal para cada usuário </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Domain Name Server (DNS): gênese do URL </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Inspiração no CEP: domínio específico [ .com , .edu , .gov ] </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Identificação do país de origem do endereço [ .br , .uk , .it ] </li></ul></ul></ul></ul>
  15. 15. A queda <ul><li>ARPANET: REDE DE POUCOS </li></ul><ul><ul><li>Adesão ao sistema custava US$ 250 mil </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Apesar do uso gratuito das informações não-militares </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Impossibilitava acesso de novas escolas/universidades </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>EUA criam Nacional Science Foundation </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Criação da NSFNet para abrigar quem não podia pagar </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Recebe doações de supercomputadores do governo </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Investimento para aumentar capacidade de tráfego </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Eliminar gargalo e lentidão na transmissão de dados </li></ul></ul></ul>
  16. 16. A nova rede <ul><li>NFSNET ROUBA O LUGAR DA ARPANET </li></ul><ul><ul><li>Serviço gratuito; bastava ter computador/modem </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>1985 : mil associados </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>1986 : 5 mil associados </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>1987 : 25 mil associados </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>1990 : 300 mil associados </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Internet permanece um instrumento para poucos </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Necessário entender de linguagem de programação </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Memorizar linhas de código para acessar informações </li></ul></ul></ul>
  17. 17. A Web <ul><li>A REVOLUÇÃO DA INTERFACE GRÁFICA </li></ul><ul><ul><li>Internet ainda era um lugar para poucos </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Conteúdo acadêmico: denso e hermético </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>As pessoas não sabiam direito como usá-la </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Desprezo com a forma: cores/ilustrações </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Criação da interface da World Wide Web </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Desenvolvida por Tim Berners-Lee em 1990 </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Inspirada na Teoria do Hipertexto de Ted Nelson </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Transferência de textos e figuras a partir de programa </li></ul></ul></ul>
  18. 18. A motivação <ul><li>O VELHO DILEMA DA COMUNICAÇÃO </li></ul><ul><ul><li>Berners-Lee tem um problema no CERN </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Centros de pesquisa com ≠ sistemas operacionais </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Desafio : permitir que documentos científicos pudessem ser “lidos” em qualquer computador </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Criar um ambiente que emoldura o conteúdo </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Criou linguagem que podia ser entendida por qualquer computador em qualquer sistema </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>HTML [HiperText Markup Language] </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>HTTP [HiperText Transfer Protocol] </li></ul></ul></ul></ul>
  19. 19. A Web <ul><li>A IMPORTÂNCIA DE BERNERS-LEE </li></ul><ul><ul><li>Criação de um projeto global de hipertexto </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Permitir trabalho interconectado </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Por meio de organizações, links e navegações de páginas </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><li>Bases para a interface estão prontas </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>HTML : convertia informação em hipertexto </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>HTTP : permitia conexão entre computadores </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Faltava o software que rodaria a linguagem </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Programa WorldWideWeb foi criado dezembro 1990 </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Códigos do navegador tornam-se de domínio público </li></ul></ul></ul>
  20. 20. WorldWideWeb
  21. 21. WorldWideWeb
  22. 22. Mosaic
  23. 23. Mosaic Netscape
  24. 24. Netscape 1.22
  25. 25. Netscape 2.02

×