Calculos instalacoes eletricas

589 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
589
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
55
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Calculos instalacoes eletricas

  1. 1. ANEXO IIMemórial de Cálculo – Instalações ElétricasRev.0 (11/02/2010)Pág. 1Banco de BrasíliaAgência CuiabáNovas InstalaçõesMemorial de Cálculo para Projetos deInstalações ElétricasBrasília, 23 de fevereiro de 2010Fox Engenharia e Consultoria Ltda.SIA Sul - Quadra 4C - Bloco D - Loja 37 - Brasília-DF - CEP 71.200-045Tel. (61)2103-9555 - Fax: (61)3234-9757 - www.foxengenharia.com.br - fox@foxengenharia.com.br
  2. 2. ANEXO IIMemórial de Cálculo – Instalações ElétricasRev.0 (11/02/2010)Pág. 2Índice1. Premissas e Parâmetros de Projeto...................................................................................................32. Alimentação Elétrica...........................................................................................................................33. Esquema de Aterramento ..................................................................................................................34. Queda de Tensão...............................................................................................................................35. Temperatura Ambiente.......................................................................................................................46. Divisão das Instalações......................................................................................................................47. Composição e Tabela de Cargas.......................................................................................................47.1 Pontos de Tomada:...................................................................................................................47.1.1 Rede comum.....................................................................................................................47.1.2 Rede No Break..................................................................................................................47.2 Equipamentos de iluminação.....................................................................................................57.2.1 Luminária de sobrepor com aletas..........................................................................................57.2.2 Luminária de sobrepor com aletas..........................................................................................57.2.3 Luminária de sobrepor em parede..........................................................................................57.3 Potência dos Equipamentos de Utilização.......................................................................67.3.1 Tabela de Carga Nominal de Equipamentos Elétricos.............................................67.3.1.1 Fatores de Projeto......................................................................................................78. Influências Externas...........................................................................................................................78.1 Meio Ambiente...........................................................................................................................78.2 Utilização...................................................................................................................................98.3 Construção das edificações.......................................................................................................99. Parâmetros e Dimensionamento do Sistema de Iluminação............................................................109.1 Parâmetros Considerados por Ambiente da Instalação...........................................................1010. Dimensionamento de Condutores e Queda de Tensão..................................................................1011. Normas de Referência:..................................................................................................................11Fox Engenharia e Consultoria Ltda.SIA Sul - Quadra 4C - Bloco D - Loja 37 - Brasília-DF - CEP 71.200-045Tel. (61)2103-9555 - Fax: (61)3234-9757 - www.foxengenharia.com.br - fox@foxengenharia.com.br
  3. 3. Memória de Cálculo – Instalações ElétricasRev. 1 (19/11/2009)Pág. 31.1. Premissas e Parâmetros de ProjetoPremissas e Parâmetros de ProjetoA instalação projetada terá fins comerciais e terá utilização final como agência bancária.No tocante ao dimensionamento das instalações elétricas, foram considerados os parâmetros abaixorelacionados.2.2. Alimentação ElétricaAlimentação Elétrica Tensão Nominal – 220/127 Volts (entre fases e entre fase e neutro) Faixa II (50 V < U <=1000 V entre fases) Frequência Nominal - 60 Hz; Corrente de Curto Circuito Presumida – 15,8 kA.3.3. Esquema de AterramentoEsquema de AterramentoA instalação possui um ponto de alimentação diretamente aterrado (neutro) sendo as massas ligadasa este ponto através de condutores de proteção, configurando um esquema TN.No caso específico desta instalação a função do condutor neutro e do condutor de proteção serãoexecutados por alimentadores distintos, caracterizando um esquema TN-S.4.4. Queda de TensãoQueda de TensãoA instalação atendida por ramal de baixa tensão ( < 1 kV) terá queda de tensão máxima de 5 %desde o ponto de entrega até o circuito terminal.Abaixo indicamos os valores de queda de tensão percentual considerados, baseado no diagramaunifilar da instalação:Fox Engenharia e Consultoria Ltda.SIA Sul - Quadra 4C - Bloco D - Loja 37 - Brasília-DF - CEP 71.200-045Tel. (61)2103-9555 - Fax: (61)3234-9757 - www.foxengenharia.com.br - fox@foxengenharia.com.br2,00% 3,00%QGBT → →QUADROS DEDISTRIBUIÇÃOCARGA DEILUMINAÇÃO ETOMADAS
  4. 4. Memória de Cálculo – Instalações ElétricasRev. 1 (19/11/2009)Pág. 45.5. Temperatura AmbienteTemperatura AmbienteComo temperatura ambiente foi considerada a temperatura média, obtida através do site do INMET,para a região baseada nos últimos doze meses.A temperatura média considerada foi de 35ºC.Este fator foi considerado como índice para cálculos de correção de agrupamento de condutores e deajuste dos dispositivos de proteção, caso a temperatura de ajuste padrão fornecida pelo fabricanteseja diferente da considerada neste cálculo.6.6. Divisão das InstalaçõesDivisão das InstalaçõesA instalação será dividida de acordo com as características das cargas, nos seguintes circuitos dedistribuição: Iluminação; Pontos de Tomadas; Equipamentos de Ar Condicionado; Fonte Auxiliar de Energia Ininterrupta (UPS); Sistema de Circuito Interno de TV;7.7. Composição e Tabela de CargasComposição e Tabela de CargasPara o projeto em questão foram consideradas as seguintes potências unitárias e respectivos fatoresde potência.Obs.: Os parâmetros a seguir baseiam-se nas informações fornecidas pelos fabricantes e definiçõesestipuladas pelo projetista.7.17.1 Pontos de Tomada:Pontos de Tomada:7.1.17.1.1 Rede comumRede comum Potência: 8000 (VA) Nº de Tomadas Atendidas: 32 Fator de potência: 0,87.1.27.1.2 Rede No BreakRede No Break Potência: 7470 (VA) Nº de Tomadas Atendidas: 25 Fator de potência: 0,77Fox Engenharia e Consultoria Ltda.SIA Sul - Quadra 4C - Bloco D - Loja 37 - Brasília-DF - CEP 71.200-045Tel. (61)2103-9555 - Fax: (61)3234-9757 - www.foxengenharia.com.br - fox@foxengenharia.com.br
  5. 5. Memória de Cálculo – Instalações ElétricasRev. 1 (19/11/2009)Pág. 57.27.2 Equipamentos de iluminaçãoEquipamentos de iluminação7.2.17.2.1 Luminária de sobreporLuminária de sobrepor com aletascom aletas Rendimento: 69% Tipo de Lâmpada: T8 de 32 W Número de Lâmpadas: 2 Tipo de Dispositivo de Partida: Reator Eletrônico dimerizável Número de Dispositivos de Partida:1 Fator de Potência: >0,95 THD do Dispositivo de Partida: =<12% Referência: 3580 da ITAIM7.2.27.2.2 Luminária de sobrepor com aletasLuminária de sobrepor com aletas Rendimento: 69% Tipo de Lâmpada: T8 de 16 W Número de Lâmpadas: 2 Tipo de Dispositivo de Partida: Reator Eletrônico dimerizável Número de Dispositivos de Partida:1 Fator de Potência: >0,95 THD do Dispositivo de Partida: =<12% Referência: 3580 da ITAIM7.2.37.2.3 Luminária de sobrepor em paredeLuminária de sobrepor em parede Rendimento: 69% Tipo de Lâmpada: T8 de 32 W Número de Lâmpadas: 2 Tipo de Dispositivo de Partida: Reator Eletrônico dimerizável Número de Dispositivos de Partida:1 Fator de Potência: >0,95 THD do Dispositivo de Partida: =<12% Referência: LPT18 da ITAIMFox Engenharia e Consultoria Ltda.SIA Sul - Quadra 4C - Bloco D - Loja 37 - Brasília-DF - CEP 71.200-045Tel. (61)2103-9555 - Fax: (61)3234-9757 - www.foxengenharia.com.br - fox@foxengenharia.com.br
  6. 6. Memória de Cálculo – Instalações ElétricasRev. 1 (19/11/2009)Pág. 67.3 Potência dos Equipamentos de Utilização7.3.1 Tabela de Carga Nominal de Equipamentos Elétricos Cliente: BRBObs. :1. As tomadas para alimentação de equipamentos específicos, tais como ar condicionado tiposplit, serão consideradas como Tomadas de Uso Específico (TUE) e terão a potêncianominal, FP, nº de fases (nº de condutores) dimensionados de acordo com as característicasdo equipamento, a serem fornecidas pelo projetista de ar condicionado ou fabricante doaparelho.2. As colunas de REDE e No Break (UPS), indicam de onde deverá partir a alimentação docircuito terminal (QFL ou QNB) .3. As potências nominais acima indicadas, representam uma média de parâmetros defabricantes de equipamentos e aparelhos com características similares e de mediçõesefetuadas em campo.Fox Engenharia e Consultoria Ltda.SIA Sul - Quadra 4C - Bloco D - Loja 37 - Brasília-DF - CEP 71.200-045Tel. (61)2103-9555 - Fax: (61)3234-9757 - www.foxengenharia.com.br - fox@foxengenharia.com.brItem Característica da Carga Local de Instalação FPSistema de AlimentaçãoREDE UPS1 Impressora de senha a laser Atendimento 1500 0,7 X2 Microcomputador-caixas Caixas de atendimento 400 0,85 X4 Painel de senha Bateria de Caixas 62,5 0,85 X4 Impressora a laser Toda a agência 1500 0,7 X5 Microcomputador Toda a agência 156 0,8 X X6 TUG – sala técnica Sala T écnica 537 0,8 X7 CFTV Sala T écnica 800 0,8 X X9 Rack Sala T écnica/Auto Atendimento 800 0,8 X X11 Forno microondas Copa 1000 0,8 X12 Cafeteira Copa 1000 1 X13 Tomadas de uso geral Toda a agência 200 0,8 X14 Fechadura de retardo p/cofre Tesouraria 100 0,9 X15 Exaustor Área externa 318 0,8 X16 Central de alarme Sala T écnica 300 0,8 X17 Porta giratória Atendimento 200 1 X18 Terminal de consulta / extrato e saque 400 1 X19 Self 01/02/03 Toda a agência 17765 0,85 X20 Condensadora 01/02 Toda a agência 2938 0,85 XPotência Unit.Média (VA)
  7. 7. Memória de Cálculo – Instalações ElétricasRev. 1 (19/11/2009)Pág. 77.3.1.1 Fatores de ProjetoNo projeto em questão foram considerados os seguintes fatores de projeto: Fator de Demanda QFL – Quadro de Força e Luz: 0,77 Fator de Demanda QNB – Quadro de No Break: 0,85 Fator de Demanda QNB-AA – Quadro de No Break do AA: 0,85 Fator de Demanda QFAC – Quadro de Força do Ar Condicionado: 1 Taxa de terceira harmônica: =<12%8.8. Influências ExternasInfluências ExternasA classificação das influências externas, referentes aos projetos elaborados pela Fox Engenhariapara agências bancárias , atende às prescrições contidas no item 4.2 da NBR 5410 – InstalaçõesElétricas de Baixa Tensão.A seguir apresentamos os quadros resumo específico para cada característica externa, contendo acodificação das influências externas consideradas na concepção do projeto e na execução dasinstalações elétricas da Agência Cuiabá.8.18.1 Meio AmbienteMeio AmbienteItemItem CondiçãoCondição ClassificaçãoClassificação CaracterísticasCaracterísticas ObservaçãoObservação01 Temperatura ambiente AA5 Normal02 Condições climáticas doAmbienteAB 5 – Temperado Temperatura do ar de+5º C a +40º CUmidade Relativa de+5 a +85 %Umidade Absoluta de1 a 25g/m³Locais abrigados com temperaturaambiente controlada03 Altitude AC 1- Normal ≤ a 2000 m04 Presença de Água AD 2- desprezível Existe possibilidade depresença05 Presença de Corpos Sólidos AE 1- desprezível Não existe nenhumaquantidade apreciávelde poeira ou de corposestranhos06 Presença de SubstânciasCorrosivas ou PoluentesAF 1 – desprezível07 Choques Mecânicos AG 1- Fracos Meios que podemproduzir choques deenergia igual ouinferior a 0,25 J08 Vibrações AH 1- Fracas09 Presença de Flora e Mofo AK 1 – desprezível Ausência de riscos dedanos devidos à floraou ao mofoFox Engenharia e Consultoria Ltda.SIA Sul - Quadra 4C - Bloco D - Loja 37 - Brasília-DF - CEP 71.200-045Tel. (61)2103-9555 - Fax: (61)3234-9757 - www.foxengenharia.com.br - fox@foxengenharia.com.br
  8. 8. Memória de Cálculo – Instalações ElétricasRev. 1 (19/11/2009)Pág. 8ItemItem CondiçãoCondição ClassificaçãoClassificação CaracterísticasCaracterísticas ObservaçãoObservação10 Presença de Fauna AL 1 - desprezível Ausência de riscos dedanos devidos à fauna11 Influências Eletromagnéticas,Eletrostáticas ou Ionizantes –Harmônicas e Inter HarmônicasAM 1–2 Redes deBaixa Tensão12 Influências Eletromagnéticas,Eletrostáticas ou Ionizantes –Tensões de sinalizaçãoAM 2-2 Nível Médio Sem requisitosadicionaisInstalações Residenciais,comerciais e Industriais13 Influências Eletromagnéticas,Eletrostáticas ou Ionizantes -Variações de amplitude daTensãoAM 3-1 NívelControlado14 Influências Eletromagnéticas,Eletrostáticas ou Ionizantes –Desequilíbrio de TensãoAM 4 Nível Normal15 Influências Eletromagnéticas,Eletrostáticas ou Ionizantes –Variações de FreqüênciaAM 5 Nível Normal Caso geral, +- 1 Hz de acordo coma IEC 61000-2-216 Influências Eletromagnéticas,Eletrostáticas ou Ionizantes -Tensões Induzidas de BaixaFreqüênciaAM 6 SemClassificaçãoGeradas permanentemente ou naocorrência de faltas – ITU-T17 Influências Eletromagnéticas,Eletrostáticas ou Ionizantes –Componentes contínuas emC.A.AM 7 Semclassificação18 Influências Eletromagnéticas,Eletrostáticas ou Ionizantes -Campos magnéticos RadiadosAM 8-1 Nível Médio Normal Produzidos por linhas de energia,transformadores e outrosequipamentos de frequênciaindustrial e suas harmônicas19 Influências Eletromagnéticas,Eletrostáticas ou Ionizantes –Campos elétricosAM 9-1NívelDesprezívelNormal20 Influências Eletromagnéticas,Eletrostáticas ou Ionizantes -Tensões ou correntes induzidasoscilantesAM 21 – SemClassificação21 Influências Eletromagnéticas,Eletrostáticas ou Ionizantes -Transitórios UnidirecionaisConduzidos, na faixa donanossengudoAM 22-3 Nível alto Equipamento normal Rede de baixa tensão22 Influências Eletromagnéticas,Eletrostáticas ou Ionizantes -Transitórios Unidirecionaisconduzidos , na faixa do microao milisegundoAM 23-1 NívelControladoCircuitos ou instalações equipadascom dispositivos de proteçãocontra sobretensões,transformadores aterradosSituações controladas23 Influências Eletromagnéticas,Eletrostáticas ou Ionizantes -Transitórios OscilantesAM 24 – 1 NívelMédioFenômenos de chaveamentopresente normalmente eminstalações de edificaçõesFox Engenharia e Consultoria Ltda.SIA Sul - Quadra 4C - Bloco D - Loja 37 - Brasília-DF - CEP 71.200-045Tel. (61)2103-9555 - Fax: (61)3234-9757 - www.foxengenharia.com.br - fox@foxengenharia.com.br
  9. 9. Memória de Cálculo – Instalações ElétricasRev. 1 (19/11/2009)Pág. 9ItemItem CondiçãoCondição ClassificaçãoClassificação CaracterísticasCaracterísticas ObservaçãoObservaçãoConduzidos24 Influências Eletromagnéticas,Eletrostáticas ou Ionizantes -Fenômenos Radiados de AltafrequênciaAM 25-1 NívelDesprezível25 Influências Eletromagnéticas,Eletrostáticas ou Ionizantes –descargas eletrostáticasAM 31-1 NívelbaixoNormal Descargas geradasparticularmente por pessoascaminhando sobre carpetessintéticos. Nível depende do tipode carpete e da umidade do ar26 Influências Eletromagnéticas,Eletrostáticas ou Ionizantes –Radiações ionizantesSem Classificação27 Radiação Solar AN - 1 desprezível Intensidade ≤ 500 W/m²28 Descargas Atmosféricas AQ 1 –DesprezíveisNormal29 Movimentação do Ar AR 1 Desprezível Velocidade ≤ 1 m/s30 Vento AS 1 Desprezível Velocidade ≤ 20 ms8.28.2 UtilizaçãoUtilizaçãoItemItem CondiçãoCondição ClassificaçãoClassificação CaracterísticasCaracterísticas ObservaçãoObservação1 Competência das pessoas BA 4 Advertidas Pessoas Advertidas A instalação é mantida porpessoas suficientementeinformadas ousupervisionada por pessoasqualificadas2 Resistência elétrica do CorpoHumanoBB 2 Normal Condições secas3 Contato das Pessoas com opotencial de terraBC 2 Raro Em condições habituais , aspessoas não estão emcontato com elementoscondutivos ou postadassobre superfícies condutivas4 Condições de Fuga dasPessoas em EmergênciasBD 3 Tumultuada Locais de afluência depúblico5 Natureza dos materiaisProcessados ou ArmazenadosBE 1 RiscosDesprezíveis8.38.3 Construção das edificaçõesConstrução das edificaçõesItemItem CondiçãoCondição ClassificaçãoClassificação CaracterísticasCaracterísticas ObservaçãoObservação1 Materiais de Construção CA 1 NãoCombustíveis2 Estrutura das edificações CB 1 RiscosFox Engenharia e Consultoria Ltda.SIA Sul - Quadra 4C - Bloco D - Loja 37 - Brasília-DF - CEP 71.200-045Tel. (61)2103-9555 - Fax: (61)3234-9757 - www.foxengenharia.com.br - fox@foxengenharia.com.br
  10. 10. Memória de Cálculo – Instalações ElétricasRev. 1 (19/11/2009)Pág. 10Desprezíveis9.9. Parâmetros e Dimensionamento do SistemaParâmetros e Dimensionamento do Sistemade Iluminaçãode IluminaçãoNorma de Referência : NBR 5413 Iluminância de InterioresCálculos: ANEXO01_BRB_CUIABA.pdf9.19.1 Parâmetros Considerados por Ambiente daParâmetros Considerados por Ambiente daInstalaçãoInstalaçãoItemItem DescriçãoDescrição DadosDados1 Tipo de Atividade BANCO2 Classe de Tarefa Visual B3 Fatores de Determinação de Iluminância3.1 idade Superior a 55 (anos) Fator: +13.2 velocidade de precisão Importante Fator: 03.3 refletância do fundo de tarefa Superior a 70% Fator: -13.4 soma total dos fatores: 010.10. Dimensionamento de Condutores e Queda deDimensionamento de Condutores e Queda deTensãoTensãoResultadosResultados1 Software utilizado DOC da ABB2 Norma de Referência NBR 5410 - Instalações Elétricas deBaixa Tensão3 Data de Publicação 09/20044 Tabela de resultados Vide tabela abaixo.Fox Engenharia e Consultoria Ltda.SIA Sul - Quadra 4C - Bloco D - Loja 37 - Brasília-DF - CEP 71.200-045Tel. (61)2103-9555 - Fax: (61)3234-9757 - www.foxengenharia.com.br - fox@foxengenharia.com.br
  11. 11. Memória de Cálculo – Instalações ElétricasRev. 1 (19/11/2009)Pág. 11Origem Descrição L [m] Isolante SeçõesBARRAMENTO QGBT 40 EPR 3x(2x70)F + 1x(2x70)N + 1x(2x35)TQGBT QFL 10 EPR 3x(1x35)F + 1x(1x35)N + 1x(1x16)TQGBT QNB 5 EPR 3x(1x10)F + 1x(1x10)N + 1x(1x10)TQGBT QFAC 15 EPR 3x(1x95)F + 1x(1x95)N + 1x(1x50)TQNB QNB-AA 30 EPR 1x(1x4)F + 1x(1x4)N + 1x(1x4)TQNB NO BREAK 5 EPR 3x(1x10)F + 1x(1x10)N + 1x(1x10)TNO BREAK QNB 5 EPR 3x(1x10)F + 1x(1x10)N + 1x(1x10)T11.11. Normas de Referência:Normas de Referência: NBR 5410 Instalações Elétricas de Baixa Tensão° Data de Publicação: 09/2004 NBR 14039 Instalações Elétricas de Média Tensão de 1,0kV a 36,2kV° Data de Publicação: 05/2005 NBR 5413 Iluminância de Interiores° Data de Publicação: 04/1992 NBR 5419 Proteção de Estruturas Contra Descargas Atmosféricas° Data de Publicação: 07/2005 NBR 10898 Sistema de Iluminação de Emergência° Data de Publicação: 09/1999 Norma Regulamentadora do Ministério do Trabalho - NR 10 Segurança em Instalações eServiços em Eletricidade° Data de Publicação: 12/2004Fox Engenharia e Consultoria Ltda.SIA Sul - Quadra 4C - Bloco D - Loja 37 - Brasília-DF - CEP 71.200-045Tel. (61)2103-9555 - Fax: (61)3234-9757 - www.foxengenharia.com.br - fox@foxengenharia.com.br

×