Tolerância dimensional

9.209 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
9.209
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
473
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tolerância dimensional

  1. 1. Engenharia de Produção Prof.: Alexandre de Cássio Rodrigues alexandre.rodrigues@izabelahendrix.edu.br alexandrerodrigues.engprod@gmail.com TOLERÂNCIA DIMENSIONAL Belo Horizonte, 2013
  2. 2. METROLOGIA Engenharia de Produção TIPOS DE ERROS Máquinas operatrizes Desgastes das ferramentas Instrumentos de medição Leitura do operador Impossibilidade de obter exatidão absoluta das medidas indicadas em projeto TOLERÂNCIA DIMENSIONAL PEÇAS INTERCAMBIÁVEIS  Peças “iguais” dentro de limites pré-estabelecidos;  Substituição simples e rápida.
  3. 3. METROLOGIA Engenharia de Produção TOLERÂNCIA DIMENSIONAL Dimensão nominal: 20 mm Afastamentos: + 0,28 e + 0,18 mm Dimensão máxima: 20,28 mm Dimensão mínima: 20,18 mm Tolerância: 0,10 mm CRITÉRIOS DE ACEITAÇÃO D > 20,28 mm RETRABALHAR 20,18 ≤ D ≤ 20,28 mm ACEITAR D < 20,18 mm REFUGAR, RECICLAR, REUTILIZA R
  4. 4. METROLOGIA Engenharia de Produção Tolerância dimensional é o mesmo que Controle Estatístico de Processos?
  5. 5. METROLOGIA Engenharia de Produção CONTROLE ESTATÍSTICO DE PROCESSO LSE LIE Causa Especial LSC LIC 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Número da Amostra
  6. 6. METROLOGIA Engenharia de Produção EXERCÍCIOS Em cada caso, determine as dimensões nominal, máxima e mínima. Além disso, calcule a tolerância da cota e estabeleça os critérios de aceitação das peças consideradas. A B C
  7. 7. METROLOGIA Engenharia de Produção CONTINUANDO... A B C Que instrumento de medição você indicaria para avaliar a dimensão efetiva dessas peças? É necessário mesmo medir diretamente todas as peças para decidir se devem ou não serem aceitas?
  8. 8. METROLOGIA Engenharia de Produção TIPOS DE AJUSTES FOLGA INTERFERÊNCIA INCERTO
  9. 9. METROLOGIA Engenharia de Produção AJUSTE COM FOLGA FURO Dimensão máxima: 25,21 mm Dimensão mínima: 25,00 mm EIXO Dimensão máxima: 24,80 mm Dimensão mínima: 24,59 mm ANÁLISE: Dimensão máxima do eixo é MENOR que dimensão mínima do furo! AJUSTE COM FOLGA
  10. 10. METROLOGIA Engenharia de Produção AJUSTE COM FOLGA Quanto é a folga máxima? E a folga mínima, quanto vale?
  11. 11. METROLOGIA Engenharia de Produção AJUSTE COM INTERFERÊNCIA FURO Dimensão máxima: 25,21 mm Dimensão mínima: 25,00 mm EIXO Dimensão máxima: 25,41 mm Dimensão mínima: 25,28 mm ANÁLISE: Dimensão máxima do furo é MENOR que dimensão mínima do eixo! AJUSTE COM INTERFERÊNCIA
  12. 12. METROLOGIA Engenharia de Produção AJUSTE COM INTERFERÊNCIA Quanto é a interferência máxima? E a interferência mínima, quanto vale? No setor industrial, que métodos podem ser usados para acoplar eixo e furo sob interferência?
  13. 13. METROLOGIA Engenharia de Produção AJUSTE INCERTO FURO Dimensão máxima: 30,25 mm Dimensão mínima: 30,00 mm EIXO Dimensão máxima: 30,18 mm Dimensão mínima: 30,02 mm ANÁLISE: Não é possível afirmar se o ajuste será SEMPRE com folga ou SEMPRE com interferência! AJUSTE INCERTO
  14. 14. METROLOGIA Engenharia de Produção EXERCÍCIO Avalie o tipo de ajuste correspondente ao acoplamento entre o furo e o eixo mostrados na figura a seguir:
  15. 15. Engenharia de Produção SISTEMAS DE TOLERÂNCIA ABNT/ISO
  16. 16. METROLOGIA Engenharia de Produção NBR 6158  Conjunto de princípios, regras e tabelas que possibilita a escolha racional de tolerâncias e ajustes:  proporciona economia na produção de peças mecânicas intercambiáveis;  especifica precisão da peça. CALIBRADORES
  17. 17. METROLOGIA Engenharia de Produção CAMPOS DE TOLERÊNCIA
  18. 18. METROLOGIA Engenharia de Produção TIPOS DE SISTEMAS FURO-BASE: tolerâncias dos furos permanecem fixas EIXO-BASE: tolerâncias dos eixos permanecem fixas
  19. 19. METROLOGIA Engenharia de Produção AVALIAÇÃO DE AJUSTES SISTEMA FURO-BASE: Dimensão máxima do furo: 40,025 mm Dimensão mínima do furo: 40,000 mm Dimensão máxima do eixo: 39,991 mm Dimensão mínima do eixo: 39,975 mm AJUSTE COM FOLGA
  20. 20. METROLOGIA Engenharia de Produção AVALIAÇÃO DE AJUSTES - EXERCÍCIOS A B C

×