BENS VIRTUAIS EM  SOCIAL GAMES   Rebeca Recuero Rebs
BENS VIRTUAIS EM SOCIAL GAMES        REBECA REBS        COMPÓS 2011        GT CIBERCULTURA         O TRABALHO:            ...
BENS VIRTUAIS EM SOCIAL GAMES   REBECA REBS          COMPÓS 2011           GT CIBERCULTURA                                ...
BENS VIRTUAIS EM SOCIAL GAMES                         REBECA REBS          COMPÓS 2011              GT CIBERCULTURA       ...
BENS VIRTUAIS EM SOCIAL GAMES     REBECA REBS          COMPÓS 2011     GT CIBERCULTURA         SOBRE BENS         Circulaç...
BENS VIRTUAIS EM SOCIAL GAMES         REBECA REBS       COMPÓS 2011              GT CIBERCULTURA                          ...
BENS VIRTUAIS EM SOCIAL GAMES   REBECA REBS       COMPÓS 2011       GT CIBERCULTURA       BENS VIRTUAIS                   ...
BENS VIRTUAIS EM SOCIAL GAMES         REBECA REBS           COMPÓS 2011         GT CIBERCULTURA      68%                  ...
BENS VIRTUAIS EM SOCIAL GAMES     REBECA REBS   COMPÓS 2011   GT CIBERCULTURA                                      buscam ...
BENS VIRTUAIS EM SOCIAL GAMES       REBECA REBS      COMPÓS 2011       GT CIBERCULTURA          Bens co m         intençõe...
BENS VIRTUAIS EM SOCIAL GAMES   REBECA REBS   COMPÓS 2011       GT CIBERCULTURA                                           ...
BENS VIRTUAIS EM SOCIAL GAMES   REBECA REBS   COMPÓS 2011   GT CIBERCULTURA          BENS VIRTUAIS DE          REPUTAÇÃO S...
BENS VIRTUAIS EM SOCIAL GAMES   REBECA REBS   COMPÓS 2011   GT CIBERCULTURA          BENS VIRTUAIS DE         SATISFAÇÃO P...
BENS VIRTUAIS EM SOCIAL GAMES   REBECA REBS   COMPÓS 2011   GT CIBERCULTURA    BENS VIRTUAIS FUNCIONAIS* Função do objeto ...
BENS VIRTUAIS EM SOCIAL GAMES        REBECA REBS         COMPÓS 2011      GT CIBERCULTURA                                 ...
BENS VIRTUAIS EM SOCIAL GAMES   REBECA REBS     COMPÓS 2011      GT CIBERCULTURA       ...Bens virtuais estipulam padrões ...
BENS VIRTUAIS EM  SOCIAL GAMES     Obrigada pela atenção.   Rebeca Recuero Rebs            @rebecarebs       rebeca.recuer...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

BENS VIRTUAIS EM SOCIAL GAMES por Rebeca Rebs

2.271 visualizações

Publicada em

Apresentação da XX COMPÓS 2011.

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.271
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.260
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

BENS VIRTUAIS EM SOCIAL GAMES por Rebeca Rebs

  1. 1. BENS VIRTUAIS EM SOCIAL GAMES Rebeca Recuero Rebs
  2. 2. BENS VIRTUAIS EM SOCIAL GAMES REBECA REBS COMPÓS 2011 GT CIBERCULTURA O TRABALHO: O TRAB AL Abord HO: a a aquisiç ão de BEN - Compreender significados da em SOCIAL S VIRTUAI GAMES e r S aquisição de bens virtuais por construção elaciona co da IDENTI m a usuários de social games; DADE VIRT U AL . - Refletir sobre os usos e associações identitárias que motivam jogadores à compra destes bens virtuais; - Propor uma classificação de bens virtuais em social games baseada nos dados adquiridos e na dinâmica do jogo.
  3. 3. BENS VIRTUAIS EM SOCIAL GAMES REBECA REBS COMPÓS 2011 GT CIBERCULTURA SOCIAL GAMES * Jogos casuais: (TAUSEND, 2006 e RAO, 2008) - Baixo tempo de dedicação; - Regras simples; * Atrelados em sites de redes sociais; * Utilizam informações do perfil dos participantes do site; * Publicam informações do jogo na rede; Existem “itens” * Jogos em continuidade; com diversas funcionalidades e * Ações cooperativas - competitivas; que custam $. * Temáticas específicas - avatar.
  4. 4. BENS VIRTUAIS EM SOCIAL GAMES REBECA REBS COMPÓS 2011 GT CIBERCULTURA “Objeto ou produto de posse.” SOBRE BENS... “...possui utilidade ou valor ainda que simbólico.” s doria merca “B e ns são r g r upo s “...despertam necessidade, ainda que simbólica.” d as po va loriza letas d e cia is, rep ssões “Motivam ações para a sua aquisição.” so e expre ifica ções es do s sign sentaç õ “Indicam posições sociais.” de repre EU, 19 74) eitos” (BOUR DI suj “Bens atu sa am no agr a do e preci aos senti d n ti da d os dos suj “A i de truída e s e ao ser v eitos o ns i víduo iço da rea ser c pelos in d lização a pessoal q o pta d de suas .” ue é agre és ições merca dori a.” ga da à atrav s e aquis , 2002) a scolh 002 e GIDDEN S ( HAUG, 199 7) e ,2 ER (SLAT
  5. 5. BENS VIRTUAIS EM SOCIAL GAMES REBECA REBS COMPÓS 2011 GT CIBERCULTURA SOBRE BENS Circulação e presença de bens simbólicos.(BOURDIEU, 1974) Sentidos de propriedade (coletiva e individual).(FORTY, 2007) Valores estéticos e sociais.(HAUG, 1997) TRAJETÓRIAS CULTUAIS - indicam “necessidades” de consumo (FEATHERSTONE, 1995) PRÁTICAS INCIDEM NO MUNDO VIRTUAL ATUAM NA IDENTIDADE VIRTUAL
  6. 6. BENS VIRTUAIS EM SOCIAL GAMES REBECA REBS COMPÓS 2011 GT CIBERCULTURA BENS E A CONSTRUÇÃO SOCIAL Motivações extrínsecas e intrínsecas para o consumo. (BENKLER, 2006) individual coletivo diferenciação m o de o nsu ce ...O c pare Homogeneização e diferenciação b ens r na (SANTOS, 2008) atua ução “fascinação” social pela identidade. (FEATHERSTONE, 1995) str a do con ári i de ntit cial. ato r so
  7. 7. BENS VIRTUAIS EM SOCIAL GAMES REBECA REBS COMPÓS 2011 GT CIBERCULTURA BENS VIRTUAIS A mot ivação PARA ENTENDER a aqu e a si isição gnifica també de be ção p ns atr ara mom avess un do virtua a l. COMPREENDER A DINÂMICA SOCIAL CIRCULAçÃO DE BENS TEM VALORES ESPECÍFICOS DE ACORDO COM O LUGAR E O GRUPO SOCIAL
  8. 8. BENS VIRTUAIS EM SOCIAL GAMES REBECA REBS COMPÓS 2011 GT CIBERCULTURA 68% COMO ? 32% Obser v ação p - 7 me articip se s ante - 10 so cial ga mes- brasileiros Questi onário - usos em 1 4 0- média de idade: 27 (9 - 83) - inter e apro p jo riações ga dores pretaçã de ben- Mais usados: o da s r s esposta dos social gamMini Fazenda (24%) s esCityville (20%)
  9. 9. BENS VIRTUAIS EM SOCIAL GAMES REBECA REBS COMPÓS 2011 GT CIBERCULTURA buscam ns que razeres Be ir p “pos Ben icion s supr ssoais sign ais” pe ifica com Bens co m co mo soci dos Bensma de ais intenções funcionais for tificar i den Principais motivações dos jogadores para adquirir bens virtuais
  10. 10. BENS VIRTUAIS EM SOCIAL GAMES REBECA REBS COMPÓS 2011 GT CIBERCULTURA Bens co m intenções “...acumular pontos e ficar melhor posicionado no funcionais ranking em termos de score.” uscam que bzeres “Sempre quis ter um cavalo branco e aí Bens ir pra supr ssoais tento ter no jogo”. pe “pos Ben icion s “ter um item raro diferencia minha sign ais” ifica com propriedade dos demais.” soci dos ais co mo “gosto de deixar tudo com a minha cara, com as Bensma de cores que mais gosto, com as flores e frutas que for tificar mais gosto, os animais que gostaria de ter” i den
  11. 11. BENS VIRTUAIS EM SOCIAL GAMES REBECA REBS COMPÓS 2011 GT CIBERCULTURA Pro BENS VIRTUAIS DE clas post sific a d DIFERENCIAÇÃO SOCIAL ben açã e s vi o d rtu e ais * Ligados à constituição da identidade individual; * Personalização; * Bens de “diferenciação”; * “Fascinação pela identidade”
  12. 12. BENS VIRTUAIS EM SOCIAL GAMES REBECA REBS COMPÓS 2011 GT CIBERCULTURA BENS VIRTUAIS DE REPUTAÇÃO SOCIAL * Ligados ao desejo e valores de um grupo social; * Bens “posicionais”; * Conferem valores simbólicos - status e poder ; * Normalmente são os de mais difícil aquisição.
  13. 13. BENS VIRTUAIS EM SOCIAL GAMES REBECA REBS COMPÓS 2011 GT CIBERCULTURA BENS VIRTUAIS DE SATISFAÇÃO PESSOAL* Ligados aos desejos particulares do sujeito;* Focam vontades específicas (coisas que alguém gostaria de ter);* Influência das experiências particulares do sujeito;* Oferecem pistas dos gostos, da identidade particular;* Bens que suprem bel-prazeres.
  14. 14. BENS VIRTUAIS EM SOCIAL GAMES REBECA REBS COMPÓS 2011 GT CIBERCULTURA BENS VIRTUAIS FUNCIONAIS* Função do objeto no jogo;* Normalmente possuem valoração espontânea;* Atrelado ao “evoluir” no jogo;* Não são bens vinculados diretamente ao valor identitário;* Valoração ligada à dinâmica proposta pelo game.
  15. 15. BENS VIRTUAIS EM SOCIAL GAMES REBECA REBS COMPÓS 2011 GT CIBERCULTURA AM ES... IAL G Categorias SOC U AI S EM * não estanques; VIRT * mesclam-se;OS BENS ção! mento e peti heci * dependem do co m con s de us, re sujeito! nâ mica stat cial! mo! - Di a p o r po so onsu ru Busc ção no g os de c sujeito! - a ej o do 1. BENS como va loriz zer des onalizaçã signos culturais! tisfa la pers - Sa a pe 2. BENS como - Busc signos produzidos pelos social games! * repetem “jogo” da vida social; * relações de poder e status social visíveis;
  16. 16. BENS VIRTUAIS EM SOCIAL GAMES REBECA REBS COMPÓS 2011 GT CIBERCULTURA ...Bens virtuais estipulam padrões de conduta, valores simbólicos que passam a fazer parte da construção do self dos sujeitos da atualidade e facilitam o acesso para certa realização pessoal (ainda que virtual) a partir da aquisição de bens virtuais. “...acho maravilhoso ver aquelas casas de fazenda. Sempre sonhei em ter na vida real...É a forma que temos de satisfazer, de certa forma, sonhos”.
  17. 17. BENS VIRTUAIS EM SOCIAL GAMES Obrigada pela atenção. Rebeca Recuero Rebs @rebecarebs rebeca.recuero.rebs@gmail.com

×